SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
PROF. FLÁVIO ALEXANDRE
CLIMAS BRASILEIROS
O clima do Brasil sofre algumas influências:
situa-se majoritariamente na faixa de baixas
latitudes (0º e 30º);
Maritimidade na porção oriental;
Continentalidade na porção centro-ocidental;
Relevos baixos;
Dinâmica atmosférica influenciada pelas 5
massas de ar;
Grande extensão territorial.
É um diagrama
formado pela
superposição da
quantidades mensais
de chuva, e de uma
curva, que mostra a
evolução da
temperatura média ao
longo dos meses do
ano.
 Temperaturas médias elevadas o ano
todo;
 Baixa amplitude térmica;
 Alto índice pluviométrico;
 Alto índice de umidade do ar.
 Abrange as regiões Centro-Oeste, Nordeste e
Sudeste;
 Temperaturas Elevadas;
 Duas estações do ano bem definidas;
 O inverno é ameno e seco;
 Verão quente e chuvoso.
 Área de 840.000 Km²;
 Abrange o sertão Nordestino;
 Temperaturas médias elevadas;
 Chuvas escassas e irregulares.
 Semelhante ao clima
tropical;
 Apresenta temperaturas
mais amenas;
 Situa-se em áreas mais
elevadas da região
Sudeste.
 Se estende do Rio Grande do Norte ao
Paraná;
 Temperaturas médias elevadas;
 Chuvas bem distribuídas;
 Influência da massa polar atlântica (mPa)
durante o inverno.
 Localiza-se ao sul do Trópico de Capricórnio;
 Temperaturas mais baixas do país;
 As chuvas são bem distribuídas.
Köppen
 RANGEL. Bruno. Disponível em:
<http://pt.slideshare.net/04031303/aula-sobre-climas-do-brasil?
qid=eb5a2427-a7f7-4e9f-a7b4-
d3205ea997b8&v=qf1&b=&from_search=6>. Acesso em:
22/09/2014.
 SILVA, Edilson Adão Cândido da & JUNIOR, Laércio Forquim.
Geografia em Rede. São Paulo: FTD, 2013.
 SLIDESHARE. Disponível em:
<http://pt.slideshare.net/moajr2/climas-5298977?qid=20d4302b-
abc3-4be4-bebc-0d24c1974f46&v=default&b=&from_search=3>.
Acesso em: 15/09/2014.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Aula sobre climas do Brasil concurso IBGE - Prof Rafael Gatto
Aula sobre climas do Brasil concurso IBGE - Prof Rafael GattoAula sobre climas do Brasil concurso IBGE - Prof Rafael Gatto
Aula sobre climas do Brasil concurso IBGE - Prof Rafael Gatto
 
Climas do-brasil
Climas do-brasilClimas do-brasil
Climas do-brasil
 
Clima Brasileiro
Clima BrasileiroClima Brasileiro
Clima Brasileiro
 
Clima do brasil
Clima do brasilClima do brasil
Clima do brasil
 
Clima no-Brasil 2º ano
Clima no-Brasil  2º  anoClima no-Brasil  2º  ano
Clima no-Brasil 2º ano
 
Clima
ClimaClima
Clima
 
Climas do brasil
Climas do brasilClimas do brasil
Climas do brasil
 
A Diversidade Dos Climas No Nosso Planeta
A Diversidade Dos Climas No Nosso PlanetaA Diversidade Dos Climas No Nosso Planeta
A Diversidade Dos Climas No Nosso Planeta
 
Tipos de clima
Tipos de clima  Tipos de clima
Tipos de clima
 
Tipos de Clima
Tipos de ClimaTipos de Clima
Tipos de Clima
 
Massas de ar
Massas de ar   Massas de ar
Massas de ar
 
Climatologia do brasil
Climatologia do brasilClimatologia do brasil
Climatologia do brasil
 
Climas do mundo
Climas do mundoClimas do mundo
Climas do mundo
 
http://profeduardosilva.blogspot.com/
http://profeduardosilva.blogspot.com/http://profeduardosilva.blogspot.com/
http://profeduardosilva.blogspot.com/
 
Climas e climogramas do brasil
Climas e climogramas do brasilClimas e climogramas do brasil
Climas e climogramas do brasil
 
Tipos de Clima
Tipos de ClimaTipos de Clima
Tipos de Clima
 
Tipos de clima
Tipos de climaTipos de clima
Tipos de clima
 
Aula sobre climas do brasil
Aula sobre climas do brasilAula sobre climas do brasil
Aula sobre climas do brasil
 
Clima da Região Norte
Clima da Região NorteClima da Região Norte
Clima da Região Norte
 
Diversidade Climática Mundial
Diversidade Climática MundialDiversidade Climática Mundial
Diversidade Climática Mundial
 

Semelhante a Climas Brasileiros em

Semelhante a Climas Brasileiros em (20)

Clima do brasil
Clima do brasilClima do brasil
Clima do brasil
 
Clima brasileiro
Clima brasileiroClima brasileiro
Clima brasileiro
 
Quadro climatobotânico do brasil reginaldo 3 o ano
Quadro climatobotânico do brasil  reginaldo 3 o anoQuadro climatobotânico do brasil  reginaldo 3 o ano
Quadro climatobotânico do brasil reginaldo 3 o ano
 
climas do brasil.pdf
climas do brasil.pdfclimas do brasil.pdf
climas do brasil.pdf
 
Climas do Brasil - Um estudo sobre os climas do Brasil
Climas do Brasil - Um estudo sobre os climas do BrasilClimas do Brasil - Um estudo sobre os climas do Brasil
Climas do Brasil - Um estudo sobre os climas do Brasil
 
climas do brasil e seus respectivos biomas
climas do brasil e seus respectivos biomasclimas do brasil e seus respectivos biomas
climas do brasil e seus respectivos biomas
 
Clima ,hidrografia e vegetação
Clima ,hidrografia e vegetaçãoClima ,hidrografia e vegetação
Clima ,hidrografia e vegetação
 
Clima do brasil
Clima do brasilClima do brasil
Clima do brasil
 
dominios morfoclimaticos.ppt
dominios morfoclimaticos.pptdominios morfoclimaticos.ppt
dominios morfoclimaticos.ppt
 
Clima e regioes subtropical e outros
Clima e regioes subtropical e outrosClima e regioes subtropical e outros
Clima e regioes subtropical e outros
 
Seminário clima
Seminário climaSeminário clima
Seminário clima
 
Climatologia e as grandes paisagens
Climatologia e as grandes paisagensClimatologia e as grandes paisagens
Climatologia e as grandes paisagens
 
Tipos De Clima
Tipos De ClimaTipos De Clima
Tipos De Clima
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
Catho
CathoCatho
Catho
 
1 biomas
1   biomas1   biomas
1 biomas
 
Climatologia no brasil
Climatologia no brasilClimatologia no brasil
Climatologia no brasil
 
Clima e vegetação do Brasil
Clima e vegetação do BrasilClima e vegetação do Brasil
Clima e vegetação do Brasil
 
Clima e Vegetação
Clima e VegetaçãoClima e Vegetação
Clima e Vegetação
 
CLIMARE
CLIMARECLIMARE
CLIMARE
 

Mais de Flávio Alexandre (15)

Egito
EgitoEgito
Egito
 
A pontuação
A pontuaçãoA pontuação
A pontuação
 
Climas no brasil
Climas no brasilClimas no brasil
Climas no brasil
 
Aula de vargas
Aula de vargasAula de vargas
Aula de vargas
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Estudando para o enem! 2
Estudando para o enem! 2Estudando para o enem! 2
Estudando para o enem! 2
 
Ditadura Militar
Ditadura MilitarDitadura Militar
Ditadura Militar
 
Introdução à Citologia
Introdução à CitologiaIntrodução à Citologia
Introdução à Citologia
 
Geografia introdução
Geografia   introduçãoGeografia   introdução
Geografia introdução
 
07 sociedade colonial
07 sociedade colonial07 sociedade colonial
07 sociedade colonial
 
06 período do ouro no brasil
06 período do ouro no brasil06 período do ouro no brasil
06 período do ouro no brasil
 
05 africanos no brasil
05 africanos no brasil05 africanos no brasil
05 africanos no brasil
 
04 indígenas brasileiros
04 indígenas brasileiros04 indígenas brasileiros
04 indígenas brasileiros
 
03 economia colonial
03 economia colonial03 economia colonial
03 economia colonial
 

Último

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxalessandraoliveira324
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 

Climas Brasileiros em

  • 2. O clima do Brasil sofre algumas influências: situa-se majoritariamente na faixa de baixas latitudes (0º e 30º); Maritimidade na porção oriental; Continentalidade na porção centro-ocidental; Relevos baixos; Dinâmica atmosférica influenciada pelas 5 massas de ar; Grande extensão territorial.
  • 3.
  • 4. É um diagrama formado pela superposição da quantidades mensais de chuva, e de uma curva, que mostra a evolução da temperatura média ao longo dos meses do ano.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.  Temperaturas médias elevadas o ano todo;  Baixa amplitude térmica;  Alto índice pluviométrico;  Alto índice de umidade do ar.
  • 16.
  • 17.  Abrange as regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste;  Temperaturas Elevadas;  Duas estações do ano bem definidas;  O inverno é ameno e seco;  Verão quente e chuvoso.
  • 18.
  • 19.
  • 20.  Área de 840.000 Km²;  Abrange o sertão Nordestino;  Temperaturas médias elevadas;  Chuvas escassas e irregulares.
  • 21.
  • 22.
  • 23.  Semelhante ao clima tropical;  Apresenta temperaturas mais amenas;  Situa-se em áreas mais elevadas da região Sudeste.
  • 24.
  • 25.
  • 26.  Se estende do Rio Grande do Norte ao Paraná;  Temperaturas médias elevadas;  Chuvas bem distribuídas;  Influência da massa polar atlântica (mPa) durante o inverno.
  • 27.
  • 28.
  • 29.  Localiza-se ao sul do Trópico de Capricórnio;  Temperaturas mais baixas do país;  As chuvas são bem distribuídas.
  • 30.
  • 31.
  • 33.
  • 34.  RANGEL. Bruno. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/04031303/aula-sobre-climas-do-brasil? qid=eb5a2427-a7f7-4e9f-a7b4- d3205ea997b8&v=qf1&b=&from_search=6>. Acesso em: 22/09/2014.  SILVA, Edilson Adão Cândido da & JUNIOR, Laércio Forquim. Geografia em Rede. São Paulo: FTD, 2013.  SLIDESHARE. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/moajr2/climas-5298977?qid=20d4302b- abc3-4be4-bebc-0d24c1974f46&v=default&b=&from_search=3>. Acesso em: 15/09/2014.