A relacao entre a industria sucroalcooleira e o estado brasileiro

355 visualizações

Publicada em

Defesa do projeto para monografia - um estudo entre as relações do setor Sucroalcooleiro e o Governo Federal.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
355
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A relacao entre a industria sucroalcooleira e o estado brasileiro

  1. 1. A RELAÇÃO ENTREA INDÚSTRIA SUCROALCOOLEIRA E O ESTADO BRASILEIRO ALUNO: FLÁVIO RAFAEL DE GUSMÃO DO NASCIMENTO PROFESSOR ORIENTADOR: MARCOSTARGINO
  2. 2. • A busca por fontes renováveis de energia e a instabilidade do petróleo; •O etanol como alternativa de uma nova fonte energética; •A relação entre o Governo e a indústria Sucroalcooleira; •Criação do Proálcool; •Expectativas do setor Sucroalcooleiro.
  3. 3. •Como reduzir o impacto das decisões do governo no setor sucroalcooleiro? •O setor realmente age pelas leis de mercado, sem interferência estatal? •Que tipo de investimentos o setor ainda requer para garantir sua real independência, em relação à influência estatal?
  4. 4. Analisar como tem sido a relação entre o Estado brasileiro e o setor sucroalcooleiro, considerando desde a fundação do Proálcool até os dias atuais.
  5. 5. • Expor, através de conceitos econômicos, como tem sido a ligação entre a indústria sucroalcooleira e Estado Brasileiro; • Analisar o impacto das decisões do Governo Federal em relação ao setor de combustíveis; • Identificar quais benefícios financeiros o Brasil pode adquirir com a redução da emissão de CO2, considerando o protocolo de Kyoto.
  6. 6. • Projeto de caráter exploratório, tratando-se de uma pesquisa bibliográfica, como também tem características de um projeto descritivo, já que observa fatos, analisa-os, classifica-os e interpreta- os, sem intervenção do pesquisador; • Sobre abordagem, classificamos como qualitativo, já corresponde a interpretação de fenômenos e a atribuição de significados que são básicas no processo de pesquisa qualitativa. Onde os dados obtidos serão analisados indutivamente e as informações obtidas não podem ser quantificáveis;
  7. 7. • Quanto aos procedimentos, dar-se relevância a pesquisa teórica, já que possui o objetivo de ampliar generalizações, definir leis mais amplas, estruturar sistemas e modelos teóricos; • A elaboração do texto deu-se a partir de pesquisas realizadas em livros e meios eletrônicos.
  8. 8. Cadeia Produtiva da Agroenergia, 2007; Etanol a revolução verde e amarela, 2008; Proálcool: Mecânica operacional e condições de financiamento, 1977; Venda a termo para crédito de carbono, 2005.
  9. 9. CAPÍTULO I – INTRODUÇÃO CAPÍTULO II – EXPOSIÇÃO,ATRAVÉS DE CONCEITOS ECONÔMICOS, DE COMO TEM SIDOA RELAÇÃO ENTREA INDÚSTRIA SUCROALCOOLEIRA E O ESTADO BRASILEIRO CAPÍTULO III – ANÁLISE DO IMPACTO DAS DECISÕES DO GOVERNO FEDERAL PARA O SETOR DE COMBUSTÍVEIS CAPÍTULO IV – IDENTIFICAÇÃO DOS BENEFÍCIOS FINANCEIROSQUE O BRASIL PODEADQUIRIRCOMA REDUÇÃO DA EMISSÃO DE CO2, CONSIDERANDOO PROTOCOLO DE KYOTO CAPÍTULOV – CONCLUSÃO REFERÊNCIAS
  10. 10. BRASIL. Departamento Industrial e de Investimentos. Banco do Nordeste do Brasil. Proálcool: Mecânica operacional e condições de financiamento. Fortaleza, 1977. 28 p. BRASIL. Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação. Presidência da República (Comp.). Artigo 11 - Mecanismo financeiro. Disponível em: <http://www.mct.gov.br/index.php/content/view/28743/Artigo_11 ___Mecanismo_financeiro.html>. Acesso em: 13 nov. 2012. BUAINAIN, Antonio Márcio; BATALHA, Mário Otávio (Comp.). Cadeia Produtiva da Agroenergia. 3ª Brasília: Iica: Mapa/spa, 2007. 110 p. (Agronegócios).
  11. 11. SILVA, Ozires; FISCHETTI, Decio. Etanol a revolução verde e amarela. 1ª São Paulo: Bizz Comunicações e Produções, 2008. 264 p. VALOR ECONÔMICO (Brasil). Venda a termo para crédito de carbono. Disponível em: <http://www.biodieselbr.com/noticias/creditos- de-carbono/venda-a-termo-para-credito-de- carbono-05-07-05.htm>. Acesso em: 13 nov. 2012.
  12. 12. OBRIGADO!

×