Substâncias fundamentais alunos

3.345 visualizações

Publicada em

Aula sobre substâncias fundamentais ministrada por Profª Flavia Parente no CEATA

Publicada em: Saúde e medicina
2 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.345
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
398
Comentários
2
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Substâncias fundamentais alunos

  1. 1. Substâncias FundamentaisCirculação Energética Profª Flavia Macedo Parente www.acupunturaenergetica.com.br flavia@acupunturaenergetica.com.br
  2. 2. Medicina Ocidental X Medicina Oriental
  3. 3. OCIDENTAL ORIENTAL METODOLOGIA Análise Precisa Teórica e Sistemática Entendimento Intelectual e Aplicação de Regras. Captação de “UM TODO”Prático e Sintético Entendimento pragmático e Aplicação Simbólica. TENDÊNCIA Científica, enfatizando as particularidades e os fenômenos Filosófica, enfatizando a totalidade e a essência (substância). CARACTERÍSTICAS científica, analítica, tópica, cirúrgica, heteropática, teorética, preventiva, socializada, bacteriológica, experimental, celular, objetiva e química,Indutiva, Absoluta, Materialista, fragmentada e especializada filosófica, sintética, holística, interna, confirmatória, empírica, individual, preventiva, experimental, experiencial, humoral, subjetiva, natural, dedutiva, Relativa, Pragmática e Abstrata. ESTUDO Detalha o que é aparente e os acontecimentos Clareia o que está escondido
  4. 4. Diagnóstico em MTC 8 critérios(interno/externo, plenitude/vazio, calor/frio, hiper/hipofunção) Substâncias fundamentais Zang fu Etiopatogenia(Fatores Externos, Fatores Internos, Fatores Intermediários)
  5. 5. Substâncias Fundamentais A MTC considera a função do corpo e da mente como resultado da interação de determinadas substâncias vitais. Algumas delas são materiais como os Fluidos Corpóreos e outras totalmente imateriais como a Mente Constituem a visão chinesa de corpo-mente Este não é visto como um mecanismo, mas como um círculo de energia e substâncias vitais interagindo umas com as outras para formar o organismo
  6. 6. Substâncias Fundamentais Qi Xue Jing Shen Jin Ye Energia Sangue Essência ou Energia Ancestral Espírito ou consciência Líquidos Orgânicos
  7. 7. Qi O Qi é uma energia que se manifesta simultaneamente sobre os níveis físico e espiritual, assim como, é um estado constante de fluxo em estados variáveis de agregação Arroz Vapor
  8. 8. Huai Nan Zi (122 a.C.) “O Tao originou-se do Vazio e o Vazio produziu o universo. O universo produziu o Qi... O que era leve e limpo levantou-se para tornar-se o céu e o que era pesado e turvo solidificou-se para formar a Terra” De acordo com estes filósofos antigos a vida e a morte não são nada em si mesmas, mas uma agregação e dispersão do Qi.
  9. 9. Funções do Qi Transformação Transporte Manutenção Ascendência Proteção Aquecimento
  10. 10. Qualidades do Qi Yuan Qi Gu Qi Zong Qi Zhen Qi (Wei Qi e Ying Qi)
  11. 11. Yuan Qi Yuan Qi (Qi Original) 原= OriginalO Qi original tem sua origem no Rim; É a Essência em forma de Qi, portanto é o fundamento de todas as energias Yin e Yang do organismo. É reabastecido pelo Qi pós-celestial e apresenta muitas funções, É a força motriz que movimenta as atividades funcionais de todos os sistemas, É a base do Qi do Rim, facilita o refinamento e transformação de Qi e também ajuda na produção de Xue (Sangue)
  12. 12. Gu Qi Gu Qi (Qi dos Alimentos) 谷= Grão Representa o primeiro estágio na transformação dos alimentos em Qi O alimento penetra e é decomposto pelo Estômago (Wei), sofrendo posterior transformação pelo Baço-Pâncreas (Pi). O Qi dos alimentos produzido pelo Baço é a base inicial para produção de todo Qi e Xue. Porém ainda é uma forma dura de Qi, não podendo ser utilizado neste momento pelo organismo. Posteriormente, o Qi dos alimentos é transportado pelo Baço em ascendência para o Pulmão (Fei), a fim de produzir formas mais refinadas de Qi. Parte do Qi dos alimentos também é transportado ao Rim para manter o Jing.
  13. 13. Zhong Qi Zhong Qi (Qi Torácico) 中=Centro É formado pela reunião do Qi puro (Qing Qi ou Qi do ar) inalado pelos pulmões e o Qi dos alimentos (Gu Qi), após este ascender para o Pulmão. É uma forma mais refinada de Qi, sendo útil para todo o organismo. O Qi torácico nutre o Coração (Xin) e o Pulmão (Fei), aumentando e promovendo suas funções, controla a fala e a força da voz, e promove a circulação sanguínea para as extremidades. O Qi torácico e o Qi original (Yuan Qi) auxiliam-se mutuamente O Qi torácico descende para auxiliar o Rim, e o Qi original flui em ascendência para auxiliar a respiração e catalisar o refinamento do Qi torácico em Zhen Qi (Qi verdadeiro)
  14. 14. Zhen Qi Zhen Qi (Qi Verdadeiro) 真= Verdadeiro É o estágio final do processo de refinamento e transformação do Qi Formado no Pulmão, a partir do Qi torácico, através da ação do Qi original. O Zhen Qi assume duas formas diferentes: Ying Qi (Qi nutritivo) Wei Qi (Qi Defensivo)
  15. 15. Ying Qi Ying Qi (Qi nutritivo): 营=Nutrição Energia de característica Yin. Circula internamente e obtém relações extremamente estreitas com o Xue (Sangue), fluindo com este para os vasos sanguíneos e naturalmente para os meridianos. Percorre com o Xue, a grande circulação energética, nutrindo os sistemas internos.
  16. 16. Wei Qi Wei Qi (Qi Defensivo) 卫= DefensivoCaracterística Yang, circula por todo o corpo, exteriormente pela pele e músculos. Sua principal função consiste em defender a superfície corpórea contra os fatores patogênicos externos (Xie). Além disso, aquece, hidrata e nutre parcialmente a pele e os músculos, controla a abertura e fechamento dos poros, regula a temperatura corpórea e aquece os Zang-Fu. Apesar de ser controlada pelo Pulmão, sofre grande influência tanto do Qi dos alimentos, quanto da Essência e do Qi original.
  17. 17. 血Xue (Sangue) O Xue é uma forma de Qi muito denso e material, havendo um relacionamento muito próximo entre eles, sendo o Xue a parte Yin e o Qi a parte Yang. O Qi gera, movimenta e controla o Xue, por isso é considerado o comandante do Sangue. Por outro lado, o Sangue nutre e providência a base material e “densa” ao Qi, sendo chamado “a mãe do Qi”.
  18. 18. Xue No Coração, através do Fogo do Coração, o Qi dos alimentos é transformado em Sangue, auxiliado pelo Qi original. Outra forma de produção de Xue ocorre através da formação da medula óssea pelo Jing do Rim (Shen). Parte do sangue que não é utilizado pelo organismo, é armazenada no Fígado (Gan), o qual libera o sangue em função das necessidades.
  19. 19. Xue O Xue tem a função de nutrir o organismo, complementar a ação nutriente do Qi e proporcionar o fundamento material para a Mente (Shen). Dessa forma o Xue envolve e abriga a Mente, permitindo que esta floresça .
  20. 20. ar Essência dos Alimentos (Gu Qi) Zhong Qi Zheng Qi Yuan (Verdadeiro) Wei Qi Ying Qi Ying (Nutrição) Sangue (Xue) Alimentos e bebidas Baço/Pâncreas Estômago Jing Medula Medula óssea Pulmão Tórax Coração e Pulmão Rins (Shen) Formação de Qi e Xue
  21. 21. Jing A Essência é como um fluido derivado de um processo de refinamento ou destilação, extraída de alguma base mais dura, sendo uma substância muito preciosa para ser cuidada e guardada. A Essência transforma-se lenta e gradualmente ao longo dos tempos, sendo estocada no Rim (Shen). Nos livros de Medicina Chinesa, é utilizado em três contextos diferentes com significados levemente distintos.
  22. 22. Jing Pré-celestial Representa a energia ancestral (genética), nutre o embrião e o feto durante a gravidez, sendo derivada do Rim da mãe. É a origem do Qi, Xue, Yin e Yang do corpo. O Jing ancestral não pode ser renovado, devendo ser preservado.
  23. 23. Jing Pós-celestial Conhecida como Essência adquirida, é formada após o nascimento através do Gu Qi (Qi dos alimentos) e do ar, podendo ser restabelecida.
  24. 24. Jing do Rim É um tipo específico de Qi, a qual deriva tanto da Essência pré-celestial como da pós-celestial, sendo parcialmente restabelecida pela Essência pós-celestial. Circula principalmente nos oito vasos extraordinários, determinando o crescimento, reprodução, desenvolvimento, maturação sexual, concepção e gravidez. Seu declínio natural durante a vida conduz a diminuição da energia sexual e fertilidade .
  25. 25. O Jing produz a medula, a qual é a matriz comum da medula óssea, do cérebro e da medula espinhal. O Jing e o Qi são considerados o fundamento material da Mente (Shen), e juntos formam os “Três Tesouros”, como são conhecidos pela Medicina Tradicional Chinesa
  26. 26. Shen Shen engloba mente (alma), espírito e essência. Tem dois aspectos:- Shen -Mente –indica a atividade do pensamento, consciência, insight e memória: todas dependem do coração. Shen -Espírito –indica o complexo de todos os cinco aspectos mentais, emocionais e espirituais do ser humano.
  27. 27. A (trans)formação do Shen
  28. 28. Jin Ye (Fluidos Corpóreos) 津液 Esses fluidos englobam a totalidade dos líquidos normais do corpo Abrangendo as diferentes secreções: Líquidos do estômago, das articulações, e também as excreções Ligadas aos Zang-Fu (Órgãos e Vísceras), por exemplo: Lágrima, suor e urina.
  29. 29. Os Fluidos (Jin) Parte leve, sutil e rara dos líquidos somáticos, circula na superfície do corpo, seguindo o Qi defensivo (Wei Qi), por isso está sob o controle do Pulmão.
  30. 30. Os Líquidos (Ye) Parte mais pesada, turva e viscosa dos líquidos somáticos, circula no interior do corpo, nos vasos seguindo o Qi nutritivo (Ying Qi) e nutrindo as articulações, cérebro e medula.
  31. 31. Jin Ye A principal função dos fluidos corpóreos é de lubrificar e alimentar o organismo A parte externa é reservada a ação dos Fluidos (Jin) e a interna dos Líquidos (Ye). Constitui o Xue (Sangue) e lhe fornece a parte aquosa, enriquece o Jing (Essência), a medula e o cérebro, e por fim, mantêm o equilíbrio do Yin e Yang, obtendo um bom funcionamento dos Zang-Fu.
  32. 32. Formação de Jin Ye Alimentos e bebidas BP e Estômago Separação em frações mais Densas e mais leves Jin Ye Impuro
  33. 33. Substâncias Fundamentais Substância Zang Fu Associados Funções Distribuição Qi P, R, BP Mover,aquecer,transformar,proteger, reter e nutrir Jing Luo e Xue Mai Xue C,F,BP Nutrir e umedecer Xue Mai e Jing Luo Jin Ye R,P,BP Umedecer e Nutrir Todo Corpo Jing R Ativar transformações, controlar crescimento, desenvolvimento e reprodução Vasos MaravilhososJing LuoArmazenada noMing Men Shen C Vitalizar corpo e Mente Reside no Xin
  34. 34. Aspectos Yin e Yang das Substâncias Fundamentais Substância Aspecto Yang Aspecto Yin Qi WeiAquecer e proteger: PELE, MÚSCULOS E SUPERFÍCIE DO CORPO Yong(Ying) Nutrir: ZANG-FU E TECIDOS Jin Ye JinUmedecer, aquecer e nutrir: PELE E MÚSCULOS YeUmedecer e nutrir : ZANG- FU, ARTICULAÇÕES,OSSOS, CÉREBRO E ORIFÍCIOS Jing FogoAquecimento e energização Ativação das transformações, crescimento,desenvolvimento, reprodução ÁguaFluidificação e Nutrição: Bases Materiais para formação de Medula, Cérebro e Xue.
  35. 35. Substâncias Fundamentais 2 Energias Renováveis : Ar e Alimentos 1 Energia Inata e não renovável: Jing A má produção, distribuição, circulação e o consumo exagerado ou desregrado dessas energias acarretam no surgimento de desequilíbrios que se manifestam em padrões.
  36. 36. Jing Luo –Circulação de energia JING:-Caminho, Via, Canal, Meridiano LUO:-Ramo, Conexão, Colateral, Rede JING LUO –Sistema ou rede de canais invisíveis que transportam o Qi e o Xue pelo corpo todo. Compara-se a rede hídrica, com suas nascentes, reservatórios subterrâneos, rios principais, afluentes e canais de conexão integrando todas as partes do corpo: Sistemas Internos –Órgãos (Zang) e Vísceras (Fu) aos membros Sistemas Internos entre si Dimensões do corpo entre si (alto e baixo, direita e esquerda, anterior e posterior, centro e periferia) Sistemas internos a órgãos sensoriais, zonas cutâneas específicas
  37. 37. Origem da Teoria dos Meridianos Empírica:-Acontecimentos envolvendo ferimentos e reações orgânicas Treinamentos Taoistas(Chi Gong):– experimentaram sensações de energia percorrendo determinados trajetos e ou visualizações de fibras luminosas em si próprios ou nos outros.
  38. 38. Meridianos Nomenclatura e Classificação Doze meridianos regulares ou principais ou ordinários Oito meridianos extraordinários Meridianos secundários O nome completo de cada um dos doze meridianos regulares é composto de três partes: Mão ou pé Yin (Taiyin, Shaoyin e Jueyin) ou yang (Taiyang, Yangming e Shaoyang) Um órgão zang-fu
  39. 39. Formas de união dos meridianos Alto e baixo –meridianos com as mesmas características yin ou yang e funções semelhantes Acoplados –meridianos com características yin ou yang contrárias, fazem parte do mesmo elemento
  40. 40. Distribuição dos 12 meridianos na superfície do corpo Curso próprio Bilaterais 3 Yin da mão 3 Yang da mão 3 Yin do pé 3 Yang do pé
  41. 41. Meridianos Ordinários P –Taiyin da mão BP –Taiyin do pé C –Shaoyin da mão R –Shaoyin do pé Pe (CS)–Jueyin da mão F –Jueyin do pé IG –Yangming da mão E –Yangming do pé ID –Taiyang da mão B –Taiyang do pé TA -Shaoyang da mão VB –Shaoyang do pé
  42. 42. Meridianos Secundários Meridianos Tendinomusculares: são 12, originando-se do ponto Ting dos meridianos principais Meridianos colaterais (Luo Longitudinais ou de Conexão):Cada um dos 12 meridianos regulares possui um colateral, estes, adicionados aos dois colaterais dos meridianos Du e Ren e ao colateral principal do baço, formam os 15 colaterais. Meridianos Luo Transversais: são 12, unem os canais de energia principais acoplados, com a finalidade de manter as relações interior/exterior e exterior/interior entre esses canais, isto é, unem os canais Yang aos canais Yin e vice-versa. Meridianos Distintos(Divergentes): têm origem no trajeto dos canais de energia principais conduzem energia defensiva (Wei), localizados num plano intermediário entre os MTM e os MP, penetram pelas grandes articulações (ombros, quadris, joelhos), apresentam pontos de junção, circulam na profundidade, nos órgãos e vísceras correspondentes, atravessam o coração e terminam todos no VG20.
  43. 43. Os 8 Meridianos Extraordinários Du Mai(administrar) Ren Mai(responsabilidade) Chong Mai(vital) Dai Mai(cinta) Yangqiao Mai(qiao = calcanhar) Yinqiao Mai Yangwei Mai(wei = conexão) YinweiMai
  44. 44. Pontos de Acupuntura Pontosdos14 Meridianos São361aotodo,paressimétricos(ReneDu–sozinhos).Algunspossuemfunçõesespecíficasesãoclassificadosdeacordocomsualocalizaçãoefunção:Yuan,Luo,Shu,Xi,Shudorsais,MuFrontais. Pontos Extraordinários Descobertosnotranscorrerdaprática.Temlocalizaçãodefinidamasnãoestãolistadosnossistemados14meridianos. PontosAshi Pontosdelicadosousensíveis,presentesemcertasdoenças.Nãopossuemnemnome,nemlocalizaçãodefinida.“Ondeexisteumpontodolorido,existeumpontodeacupuntura”(Neijing)
  45. 45. Metal –Intestino Grosso e Pulmão
  46. 46. Terra –Estômago e Baço Pâncreas
  47. 47. Fogo –Intestino Delgado e Coração
  48. 48. Fogo –Triplo Aquecedor e Pericárdio
  49. 49. Água -Bexiga e Rim
  50. 50. Madeira –Vesícula Biliar e Fígado
  51. 51. VG e VC
  52. 52. Boa Sorte!

×