SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
GUIA MÉDICO
Fidelize e aumente o
número de pacientes
A arte dos
relacionamentos
exponenciais
Sumário
3
4
5
6
9
10
11
12
A evolução do relacionamento
Introdução
Humanização / Fidelização
Relacionamento por vários meios
Mobilidade de informações
Por onde começar
Importância de follow-up
Conclusão
Introdução
Ainda no século IV a.C., Hipócrates,
considerado por muitos como um
dos homens mais importantes
da história da saúde, disse que a
relação médico-paciente é “alicerce
fundamental da medicina”. Tão antiga
quanto à história da profissão, ela é
essencial para que o médico possa
exercer com excelência e maestria a
sua prática.
Se olharmos para um passado não
tão distante, encontramos a figura
do médico da família. Era habitual
a existência de uma relação bem
estreita entre o médico, pacientes
e seus familiares. Era comum para
o profissional acompanhar todos
os membros da família ao longo
de toda a vida. Embora esse hábito
profissional esteja quase que em
desuso, vemos hoje a importância
que a aproximação do médico com
os seus pacientes pode proporcionar
para o tratamento de alguma
patologia e sua fidelização.
A medicina, por ter um caráter nem
um pouco objetivo, só funciona se
o profissional entender o contexto
do doente, além da doença. O uso
do relacionamento médico paciente
com propósitos terapêuticos exige
certos conhecimentos e habilidades.
Além de uma boa formação médica,
é preciso entender o paciente
como pessoa, colocar a condição
humana do paciente acima de
tudo e, principalmente, é essencial
o conhecimento das ciências do
comportamento. O segredo da
importância de se ter boas relações
com pacientes é, na verdade, trocar
o paradigma de curar pelo de cuidar.
O seu sucesso na profissão, vai
acontecer quando você aprender a
cuidar dos pacientes.
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
3
A evolução do
relacionamento
Mesmo sendo um profissional
altamente capacitado para prever
e conter avanços de patologias, um
médico não é diferente de qualquer
outro profissional que precisa
“vender” o seu serviço. Para a sua
prática, é preciso ter pacientes e
para isso, algumas estratégias de
comunicação são bem vindas.
O relacionamento com a sua rede
de pacientes deve começar antes
mesmo da primeira consulta. Mesmo
que o seu consultório ou clínica
já seja conhecido, as técnicas de
comunicação online podem oferecer
os melhores benefícios da web. A
personalização do atendimento é
o primeiro passo. Assim como no
universo da internet, as pessoas
procuram atendimento customizado.
Por isso, é preciso que o médico
desenvolva uma identidade visual na
web.
Um site desenvolvido com layout
moderno, com versões para tablets e
smartphones,éumadaspremissasda
estratégia. É por ali que o seu paciente
vai consultar informações sobre você,
por isso, é preciso disponibilizar várias
maneiras de interação. Pode ser
marcação de consultas, atendimento
online para dúvidas, glossário com
os termos médicos mais utilizados.
O importante é atrair e manter o seu
público fiel.
A interação com os pacientes e com
as pessoas que o procuram no meio
digital pode ser a maneira mais fácil
de angariar novos pacientes. Envios
periódicos de email marketing
também podem ajudar a conquistar
uma carteira de cliente bem fiel.
Um site desenvolvido com
layout moderno, com versões
para tablets e smartphones,
é uma das premissas da
estratégia.
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
4
Humanização
/ Fidelização
Sentir empatia por outra pessoa
significa que podemos, por um
momento, nos colocar no lugar
dela e, por meio dessa identificação
temporária, experimentar a situação
sob o ponto de vista dela. Ela não
significa uma identificação em longo
prazo com outra pessoa, é apenas
uma experiência temporária que
ajuda na compreensão mútua
melhor. Por isso, a empatia é uma das
características mais marcantes dos
grandes profissionais clínicos e é de
extrema importância para manter a
sua rede de pacientes e conseguir a
indicação de novos.
Para a condução eficaz da prática
médica, é importante que a
capacidade de empatia do médico
seja utilizada plenamente com o
paciente em todas as interações,
seja diagnósticas ou terapêuticas.
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
5
Relacionamento
por vários meios
42% 48%
SegundooMinistériodaComunicação
Social, até 2015, no Brasil a internet é
o terceiro meio de comunicação mais
popular, perdendo somente para TV e
Rádio.Deacordocomolevantamento,
42% já consideram a internet como o
meio de comunicação mais utilizado
e quase metade dos brasileiros (48%)
já a utiliza diariamente.
É fato que a internet precisa estar
contemplada no plano de negócios
do seu consultório. As mídias sociais
são canais amplamente utilizados por
pacientes para obter informações
sobre saúde e mostram que, mais do
que nunca, médicos precisam ser tão
digitalmente alfabetizados quanto
seus pacientes.
No atual cenário de relações sociais
digitais, médicos precisam estar na
mídia social para desenvolverem
e protegerem suas próprias
reputações, bem como para entender
as fontes disponíveis e como elas
podem ser usadas. São inúmeras
as redes e a cada dia uma nova é
lançada. Seja Facebook, Whatsapp,
Twitter, Snapchat ou Periscope, o
mais importante é atentar para “como
seus contatos te enxergam?” e “quem
é você nas redes sociais?”.
Consideram a
internet como o meio
de comunicação mais
utilizado
Utilizam a internet
diariamente
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
6
Saiba mais sobre as redes
sociais de suas vantagens:
O Facebook é uma rede social que permite
conversar com amigos e compartilhar mensagens,
links, vídeos e fotografias. A principal vantagem
da ferramenta, criada em 2004, é que nela é
possível ter uma página profissional, o que
pode aproximar e atrair seu paciente, seja com
um relacionamento mais direcionado ou com
compartilhamento de conteúdos que gerem valor
no dia a dia deles.
É uma espécie de pequeno blog onde os usuários
têm até 140 caracteres para escrever sobre
qualquer assunto. O Twitter hoje é um fenômeno
com mais de 8 milhões de adeptos (e crescendo
a cada dia) e você pode disponibilizar muita
informação relevante ao seu público lá.
É um aplicativo de mensagens instantâneas
para smartphones. Com ele, os usuários podem
se comunicar com seus contatos que também
têm esse software em seus smartphones, sem
precisar telefonar ou enviar SMS. Ou seja, você
proporcionaráumaboaexperiênciaaopaciente
uma que o fará reduzir custo em contatos com
você.
Facebook
Twitter
WhatsApp
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
7
É uma rede social de fotos. Diferentemente de
outras redes sociais, o conteúdo compartilhado
no Instagram só pode ser visualizado através de
seu aplicativo para dispositivos móveis. O serviço
virou febre entre os internautas e já angariou
centenas de milhões de usuários.
É um aplicativo de troca de mensagens, fotos
e vídeos bastante similar ao Whatsapp. O foco
fica por conta da troca dos famosos Snaps, que
são as fotos ou vídeos instantâneos gravados
através do próprio aparelho, seja publicamente
ou direcionado, então pode ser utilizado como
meio de divulgação de dicas interessantes.
É a nova mania entre usuários de iPhone e
smartphones Android, com o aplicativo, é possível
fazer transmissões ao vivo via Wi-Fi e 3G para
compartilhar o que você está fazendo com os seus
seguidores.
O mais importante em todas elas é tomar cuidado
com o que e onde publicar, pois da mesma
maneira com a qual você pode se destacar
positivamente e atrair muitos pacientes, as pessoas
podem entender o que publicou ambiguamente e
consequentemente manchar sua imagem.
Instagram
Snapchat
Periscope
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
8
Mobilidade de
informações
A tecnologia é inerente à medicina.
Uma depende da outra. Entre
as vantagens, além de novos
equipamentos e exames cada vez
mais elaborados, ela permite o
acesso a informações, independente
de onde você estiver. Além da
combinação tecnologia e mobilidade
ter massificado um mercado de
aplicativos voltados à saúde e bem
estar, que foi fomentado pela grande
adesão dos smartphones e tablets,
ela permite ao médico ter acesso a
informações de seus pacientes em
tempo real.
Padronizado e digital, o PEP
(Prontuário Eletrônico do Paciente)
contribui substancialmente para o
processo de atenção à saúde por
parte do médico. A ferramenta
oferece ao profissional o acesso a
um rol completo de informações
sobre o paciente (com imagens
e resultados de exames). Para o
médico, o PEP, na essência de seu
conceito eletrônico, significa mais que
uma ferramenta de rotina de trabalho.
Se bem implementado ele permite a
disponibilidade da informação para
acesso, com controles de segurança,
privacidade e a confidencialidade do
paciente.
Ou seja, com o PEP em mãos, você
consegue tirar dúvidas dos seus
pacientes, fazer indicações e até saber
informações mais aprofundadas sobre
ele de qualquer lugar, facilitando a
customização do relacionamento com
ele.
A ferramenta oferece
ao profissional o acesso
a um rol completo de
informações sobre o
paciente.
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
9
Por onde começar
O primeiro passo para fidelizar
pacientes é definir claramente quem
você quer atender. E não há nada
de mal nesse processo. Definir um
público-alvo não significa abrir mão
de outros perfis de pacientes. Para
estabelecer um relacionamento de
confiança, duradouro e recíproco, é
preciso conhecê-los.
É importante saber quem você vai
atender, onde estão essas pessoas
e, por último, mas não menos
importante, como se comunicar
com elas.
Pode não parecer, mas essa
segmentação é necessária para
criar estratégicas eficazes de
comunicação. Se antes era possível
massificar o conteúdo e mensagem,
o cenário atual já não permite isso.
Informações como idade, sexo,
nível de escolaridade e aspectos
geográficos, comportamentais e
econômicos permitem ao médico
desenvolver um planejamento de
marketing de relacionamento mais
eficaz. Hoje, saber o que e para quem
comunicar é essencial para o sucesso
do negócio, mesmo na medicina.
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
10
Importância
de follow-up
A expressão follow-up significa
em português seguimento,
acompanhamento ou retorno.
Em um consultório, assim como
em uma empresa, o que eleva a
satisfação de um cliente/paciente
é o que o fideliza.
Em tempos de propaganda “post-a-
post” em redes sociais, blogs e sites
de reclamações; o paciente se sente
muito confortável para mostrar a sua
insatisfação e é muito fácil evitar isso.
Ao invés de optar por uma defesa,
caso seu nome acabe por figurar
negativamente nesses ambientes,
o melhor é atuar com uma equipe
ativa que se preocupa com a busca
incessante em prestar o melhor
serviço e ter certeza de que o paciente
tenha a melhor experiência possível.
O follow-up de uma consulta, por
exemplo, pode ser feito pelo médico,
respondendo por e-mail as dúvidas
do cliente, ver o que ele achou e
propor melhorias. O e-mail é menos
invasivo e interrompe menos que o
telefone e pode ser uma ferramenta
útil quando não existe urgência.
Outro método muito válido de se
conseguir este tipo de “feedback” é
através de pesquisas de satisfação,
que inclusive pode ser anônima,
assim os pacientes podem se sentir
mais à vontade para serem sinceros
e exporem todos os pontos positivos
e a melhorar.
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
11
Conclusão
Um dos talentos de um médico é
entender o paciente como pessoa
colocando acima de tudo a sua
condição humana. Sabendo que a
doença é uma intercorrência, às vezes
incurável, o seu papel muitas vezes é
controla-la. Independente do caráter
da doença, o importante é cuidar do
paciente. Nesse contexto, o contato
recorrente é importante.
Além da consulta ou do retorno,
é importante usar de diferentes
maneiras para manter contato
com o seu paciente. Fazer ligações
periódicas para saber o como está
indo o tratamento, checar se ele
teve algum efeito colateral devido a
medicação ou até mesmo para se ter
uma conversa informal podem ser
eficientes.
Usar o conhecimento sobre ele
também pode funcionar. Que
paciente não ficaria feliz de saber
que o seu médico lembra de
datas importantes como o seu
aniversário, por exemplo? Manter um
cadastro com informações básicas,
como nome, telefone e endereço,
atualizados a cada visita, fica muito
fácil entrar em contato depois. Essa
“preocupação” fideliza todo tipo de
paciente, e além de ser uma forma
barata é de extrema eficácia.
É muito importante destacar que
pacientessatisfeitoscostumamindicar
você para todos que perguntarem se
tem uma indicação para determinada
especialidade ou problema, porém
um paciente insatisfeito fará questão
de falar para o máximo de pessoas a
má experiência que teve.
Então, se sua meta é multiplicar
o número de pacientes e tornar
seu consultório mais rentável,
aconselhamos que preze sempre
em realizar o melhor atendimento
possível e manter um ótimo
relacionamento com seus
pacientes.
[Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais
12
GUIA MÉDICO
Fidelize e aumente o
número de pacientes
A arte dos
relacionamentos
exponenciais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicas
A importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicasA importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicas
A importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicasSenior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Marketing Digital para Dentistas
Marketing Digital para DentistasMarketing Digital para Dentistas
Marketing Digital para DentistasMarina Lara Soria
 
Apresentação Case Projeto Rede que Faz Bem Unimed
Apresentação Case Projeto Rede que Faz Bem UnimedApresentação Case Projeto Rede que Faz Bem Unimed
Apresentação Case Projeto Rede que Faz Bem UnimedJanderson Araujo
 
[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço público
[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço público[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço público
[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço públicoAndré Augusto Damasceno Mendes
 
Guia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociais
Guia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociaisGuia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociais
Guia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociaisBlogotipos - Diário das Marcas
 
Http _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saude
Http  _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saudeHttp  _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saude
Http _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saudecmft
 

Mais procurados (14)

Como usar o whats app para captar converter e fidelizar pacientes
Como usar o whats app para captar converter e fidelizar pacientesComo usar o whats app para captar converter e fidelizar pacientes
Como usar o whats app para captar converter e fidelizar pacientes
 
Dicas de facebook para dentistas
Dicas de facebook para dentistasDicas de facebook para dentistas
Dicas de facebook para dentistas
 
A importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicas
A importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicasA importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicas
A importância do marketing de relacionamento para consultórios e clínicas
 
Marketing Digital para Dentistas
Marketing Digital para DentistasMarketing Digital para Dentistas
Marketing Digital para Dentistas
 
Estratégias básicas de marketing odontológico
Estratégias básicas de marketing odontológicoEstratégias básicas de marketing odontológico
Estratégias básicas de marketing odontológico
 
Publicidade e propaganda na odontologia
Publicidade e propaganda na odontologiaPublicidade e propaganda na odontologia
Publicidade e propaganda na odontologia
 
4 acoes de marketing digital para dentistas
4 acoes de marketing digital para dentistas4 acoes de marketing digital para dentistas
4 acoes de marketing digital para dentistas
 
Guia de marketing digital para dentistas
Guia de marketing digital para dentistasGuia de marketing digital para dentistas
Guia de marketing digital para dentistas
 
Apresentação Case Projeto Rede que Faz Bem Unimed
Apresentação Case Projeto Rede que Faz Bem UnimedApresentação Case Projeto Rede que Faz Bem Unimed
Apresentação Case Projeto Rede que Faz Bem Unimed
 
3 dicas de marketing para cirurgiões plásticos
3 dicas de marketing para cirurgiões plásticos3 dicas de marketing para cirurgiões plásticos
3 dicas de marketing para cirurgiões plásticos
 
[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço público
[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço público[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço público
[PROGRAMAÇÃO] Como Implantar uma gestão de mídias sociais no serviço público
 
Marketing odontologico no instagram
Marketing odontologico no instagramMarketing odontologico no instagram
Marketing odontologico no instagram
 
Guia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociais
Guia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociaisGuia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociais
Guia de-boas-praticas-em-gestao-do-atendimento-e-relacionamento-em-redes-sociais
 
Http _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saude
Http  _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saudeHttp  _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saude
Http _www.mariopersona.com.br_profissionais_de_saude
 

Semelhante a A arte dos relacionamentos médicos

Trabalho impacto das tecnologias digitais
Trabalho   impacto das tecnologias digitais Trabalho   impacto das tecnologias digitais
Trabalho impacto das tecnologias digitais Luana de Souza Fernandes
 
Como a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de Pacientes
Como a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de PacientesComo a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de Pacientes
Como a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de PacientesJackeline Carvalho
 
Bright: posicionamento da empresa a nível mundial
Bright: posicionamento da empresa a nível mundial Bright: posicionamento da empresa a nível mundial
Bright: posicionamento da empresa a nível mundial Hernâni Zão
 
O marketing como diferencial na gestão pública de saúde
O marketing como diferencial na gestão pública de saúde O marketing como diferencial na gestão pública de saúde
O marketing como diferencial na gestão pública de saúde Rogerio Catanese
 
Educação para o Trabalho ENVIAR.pptx
Educação para o Trabalho ENVIAR.pptxEducação para o Trabalho ENVIAR.pptx
Educação para o Trabalho ENVIAR.pptxFabianoDoVale
 
marketing saúde pública
marketing saúde públicamarketing saúde pública
marketing saúde públicaDavi Arantes
 
Apresentação projeto my ooni
Apresentação projeto my ooniApresentação projeto my ooni
Apresentação projeto my ooniRafael Ranzolin
 
Comunicação Empresarial - Definição clássica
Comunicação Empresarial -  Definição clássicaComunicação Empresarial -  Definição clássica
Comunicação Empresarial - Definição clássicaMauro de Oliveira
 

Semelhante a A arte dos relacionamentos médicos (20)

Trabalho impacto das tecnologias digitais
Trabalho   impacto das tecnologias digitais Trabalho   impacto das tecnologias digitais
Trabalho impacto das tecnologias digitais
 
Como o marketing médico funciona
Como o marketing médico funcionaComo o marketing médico funciona
Como o marketing médico funciona
 
Como a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de Pacientes
Como a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de PacientesComo a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de Pacientes
Como a Telemedicina está Impulsionando uma Melhora nos Resultados de Pacientes
 
DocPad - saúde online
DocPad - saúde onlineDocPad - saúde online
DocPad - saúde online
 
Bright: posicionamento da empresa a nível mundial
Bright: posicionamento da empresa a nível mundial Bright: posicionamento da empresa a nível mundial
Bright: posicionamento da empresa a nível mundial
 
Comunicação na internet para clínicas e consultórios
Comunicação na internet para clínicas e consultóriosComunicação na internet para clínicas e consultórios
Comunicação na internet para clínicas e consultórios
 
Médicos - Como Maximizar as Indicações em Tempos de Internet.pdf
Médicos - Como Maximizar as Indicações em Tempos de Internet.pdfMédicos - Como Maximizar as Indicações em Tempos de Internet.pdf
Médicos - Como Maximizar as Indicações em Tempos de Internet.pdf
 
Medico - Como fidelizar pacientes do seu consultorio medico.pdf
Medico - Como fidelizar pacientes do seu consultorio medico.pdfMedico - Como fidelizar pacientes do seu consultorio medico.pdf
Medico - Como fidelizar pacientes do seu consultorio medico.pdf
 
O marketing como diferencial na gestão pública de saúde
O marketing como diferencial na gestão pública de saúde O marketing como diferencial na gestão pública de saúde
O marketing como diferencial na gestão pública de saúde
 
3 acoes de marketing digital para medicos que captam mais pacientes
3 acoes de marketing digital para medicos que captam mais pacientes3 acoes de marketing digital para medicos que captam mais pacientes
3 acoes de marketing digital para medicos que captam mais pacientes
 
Educação para o Trabalho ENVIAR.pptx
Educação para o Trabalho ENVIAR.pptxEducação para o Trabalho ENVIAR.pptx
Educação para o Trabalho ENVIAR.pptx
 
Conselhos de marketing para médicos e profissionais de saúde
Conselhos de marketing para médicos e profissionais de saúdeConselhos de marketing para médicos e profissionais de saúde
Conselhos de marketing para médicos e profissionais de saúde
 
guia_marketing_medico.pdf
guia_marketing_medico.pdfguia_marketing_medico.pdf
guia_marketing_medico.pdf
 
marketing saúde pública
marketing saúde públicamarketing saúde pública
marketing saúde pública
 
Apresentação projeto my ooni
Apresentação projeto my ooniApresentação projeto my ooni
Apresentação projeto my ooni
 
TELEODONTOLOGIA.pptx
TELEODONTOLOGIA.pptxTELEODONTOLOGIA.pptx
TELEODONTOLOGIA.pptx
 
Aula TICS 13.05.09
Aula TICS 13.05.09Aula TICS 13.05.09
Aula TICS 13.05.09
 
6 dicas para atrair mais pacientes para sua clinica.pdf
6 dicas para atrair mais pacientes para sua clinica.pdf6 dicas para atrair mais pacientes para sua clinica.pdf
6 dicas para atrair mais pacientes para sua clinica.pdf
 
Comunicação Empresarial - Definição clássica
Comunicação Empresarial -  Definição clássicaComunicação Empresarial -  Definição clássica
Comunicação Empresarial - Definição clássica
 
Marketing boca a boca para dentistas.pdf
Marketing boca a boca para dentistas.pdfMarketing boca a boca para dentistas.pdf
Marketing boca a boca para dentistas.pdf
 

A arte dos relacionamentos médicos

  • 1. GUIA MÉDICO Fidelize e aumente o número de pacientes A arte dos relacionamentos exponenciais
  • 2. Sumário 3 4 5 6 9 10 11 12 A evolução do relacionamento Introdução Humanização / Fidelização Relacionamento por vários meios Mobilidade de informações Por onde começar Importância de follow-up Conclusão
  • 3. Introdução Ainda no século IV a.C., Hipócrates, considerado por muitos como um dos homens mais importantes da história da saúde, disse que a relação médico-paciente é “alicerce fundamental da medicina”. Tão antiga quanto à história da profissão, ela é essencial para que o médico possa exercer com excelência e maestria a sua prática. Se olharmos para um passado não tão distante, encontramos a figura do médico da família. Era habitual a existência de uma relação bem estreita entre o médico, pacientes e seus familiares. Era comum para o profissional acompanhar todos os membros da família ao longo de toda a vida. Embora esse hábito profissional esteja quase que em desuso, vemos hoje a importância que a aproximação do médico com os seus pacientes pode proporcionar para o tratamento de alguma patologia e sua fidelização. A medicina, por ter um caráter nem um pouco objetivo, só funciona se o profissional entender o contexto do doente, além da doença. O uso do relacionamento médico paciente com propósitos terapêuticos exige certos conhecimentos e habilidades. Além de uma boa formação médica, é preciso entender o paciente como pessoa, colocar a condição humana do paciente acima de tudo e, principalmente, é essencial o conhecimento das ciências do comportamento. O segredo da importância de se ter boas relações com pacientes é, na verdade, trocar o paradigma de curar pelo de cuidar. O seu sucesso na profissão, vai acontecer quando você aprender a cuidar dos pacientes. [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 3
  • 4. A evolução do relacionamento Mesmo sendo um profissional altamente capacitado para prever e conter avanços de patologias, um médico não é diferente de qualquer outro profissional que precisa “vender” o seu serviço. Para a sua prática, é preciso ter pacientes e para isso, algumas estratégias de comunicação são bem vindas. O relacionamento com a sua rede de pacientes deve começar antes mesmo da primeira consulta. Mesmo que o seu consultório ou clínica já seja conhecido, as técnicas de comunicação online podem oferecer os melhores benefícios da web. A personalização do atendimento é o primeiro passo. Assim como no universo da internet, as pessoas procuram atendimento customizado. Por isso, é preciso que o médico desenvolva uma identidade visual na web. Um site desenvolvido com layout moderno, com versões para tablets e smartphones,éumadaspremissasda estratégia. É por ali que o seu paciente vai consultar informações sobre você, por isso, é preciso disponibilizar várias maneiras de interação. Pode ser marcação de consultas, atendimento online para dúvidas, glossário com os termos médicos mais utilizados. O importante é atrair e manter o seu público fiel. A interação com os pacientes e com as pessoas que o procuram no meio digital pode ser a maneira mais fácil de angariar novos pacientes. Envios periódicos de email marketing também podem ajudar a conquistar uma carteira de cliente bem fiel. Um site desenvolvido com layout moderno, com versões para tablets e smartphones, é uma das premissas da estratégia. [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 4
  • 5. Humanização / Fidelização Sentir empatia por outra pessoa significa que podemos, por um momento, nos colocar no lugar dela e, por meio dessa identificação temporária, experimentar a situação sob o ponto de vista dela. Ela não significa uma identificação em longo prazo com outra pessoa, é apenas uma experiência temporária que ajuda na compreensão mútua melhor. Por isso, a empatia é uma das características mais marcantes dos grandes profissionais clínicos e é de extrema importância para manter a sua rede de pacientes e conseguir a indicação de novos. Para a condução eficaz da prática médica, é importante que a capacidade de empatia do médico seja utilizada plenamente com o paciente em todas as interações, seja diagnósticas ou terapêuticas. [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 5
  • 6. Relacionamento por vários meios 42% 48% SegundooMinistériodaComunicação Social, até 2015, no Brasil a internet é o terceiro meio de comunicação mais popular, perdendo somente para TV e Rádio.Deacordocomolevantamento, 42% já consideram a internet como o meio de comunicação mais utilizado e quase metade dos brasileiros (48%) já a utiliza diariamente. É fato que a internet precisa estar contemplada no plano de negócios do seu consultório. As mídias sociais são canais amplamente utilizados por pacientes para obter informações sobre saúde e mostram que, mais do que nunca, médicos precisam ser tão digitalmente alfabetizados quanto seus pacientes. No atual cenário de relações sociais digitais, médicos precisam estar na mídia social para desenvolverem e protegerem suas próprias reputações, bem como para entender as fontes disponíveis e como elas podem ser usadas. São inúmeras as redes e a cada dia uma nova é lançada. Seja Facebook, Whatsapp, Twitter, Snapchat ou Periscope, o mais importante é atentar para “como seus contatos te enxergam?” e “quem é você nas redes sociais?”. Consideram a internet como o meio de comunicação mais utilizado Utilizam a internet diariamente [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 6
  • 7. Saiba mais sobre as redes sociais de suas vantagens: O Facebook é uma rede social que permite conversar com amigos e compartilhar mensagens, links, vídeos e fotografias. A principal vantagem da ferramenta, criada em 2004, é que nela é possível ter uma página profissional, o que pode aproximar e atrair seu paciente, seja com um relacionamento mais direcionado ou com compartilhamento de conteúdos que gerem valor no dia a dia deles. É uma espécie de pequeno blog onde os usuários têm até 140 caracteres para escrever sobre qualquer assunto. O Twitter hoje é um fenômeno com mais de 8 milhões de adeptos (e crescendo a cada dia) e você pode disponibilizar muita informação relevante ao seu público lá. É um aplicativo de mensagens instantâneas para smartphones. Com ele, os usuários podem se comunicar com seus contatos que também têm esse software em seus smartphones, sem precisar telefonar ou enviar SMS. Ou seja, você proporcionaráumaboaexperiênciaaopaciente uma que o fará reduzir custo em contatos com você. Facebook Twitter WhatsApp [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 7
  • 8. É uma rede social de fotos. Diferentemente de outras redes sociais, o conteúdo compartilhado no Instagram só pode ser visualizado através de seu aplicativo para dispositivos móveis. O serviço virou febre entre os internautas e já angariou centenas de milhões de usuários. É um aplicativo de troca de mensagens, fotos e vídeos bastante similar ao Whatsapp. O foco fica por conta da troca dos famosos Snaps, que são as fotos ou vídeos instantâneos gravados através do próprio aparelho, seja publicamente ou direcionado, então pode ser utilizado como meio de divulgação de dicas interessantes. É a nova mania entre usuários de iPhone e smartphones Android, com o aplicativo, é possível fazer transmissões ao vivo via Wi-Fi e 3G para compartilhar o que você está fazendo com os seus seguidores. O mais importante em todas elas é tomar cuidado com o que e onde publicar, pois da mesma maneira com a qual você pode se destacar positivamente e atrair muitos pacientes, as pessoas podem entender o que publicou ambiguamente e consequentemente manchar sua imagem. Instagram Snapchat Periscope [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 8
  • 9. Mobilidade de informações A tecnologia é inerente à medicina. Uma depende da outra. Entre as vantagens, além de novos equipamentos e exames cada vez mais elaborados, ela permite o acesso a informações, independente de onde você estiver. Além da combinação tecnologia e mobilidade ter massificado um mercado de aplicativos voltados à saúde e bem estar, que foi fomentado pela grande adesão dos smartphones e tablets, ela permite ao médico ter acesso a informações de seus pacientes em tempo real. Padronizado e digital, o PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente) contribui substancialmente para o processo de atenção à saúde por parte do médico. A ferramenta oferece ao profissional o acesso a um rol completo de informações sobre o paciente (com imagens e resultados de exames). Para o médico, o PEP, na essência de seu conceito eletrônico, significa mais que uma ferramenta de rotina de trabalho. Se bem implementado ele permite a disponibilidade da informação para acesso, com controles de segurança, privacidade e a confidencialidade do paciente. Ou seja, com o PEP em mãos, você consegue tirar dúvidas dos seus pacientes, fazer indicações e até saber informações mais aprofundadas sobre ele de qualquer lugar, facilitando a customização do relacionamento com ele. A ferramenta oferece ao profissional o acesso a um rol completo de informações sobre o paciente. [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 9
  • 10. Por onde começar O primeiro passo para fidelizar pacientes é definir claramente quem você quer atender. E não há nada de mal nesse processo. Definir um público-alvo não significa abrir mão de outros perfis de pacientes. Para estabelecer um relacionamento de confiança, duradouro e recíproco, é preciso conhecê-los. É importante saber quem você vai atender, onde estão essas pessoas e, por último, mas não menos importante, como se comunicar com elas. Pode não parecer, mas essa segmentação é necessária para criar estratégicas eficazes de comunicação. Se antes era possível massificar o conteúdo e mensagem, o cenário atual já não permite isso. Informações como idade, sexo, nível de escolaridade e aspectos geográficos, comportamentais e econômicos permitem ao médico desenvolver um planejamento de marketing de relacionamento mais eficaz. Hoje, saber o que e para quem comunicar é essencial para o sucesso do negócio, mesmo na medicina. [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 10
  • 11. Importância de follow-up A expressão follow-up significa em português seguimento, acompanhamento ou retorno. Em um consultório, assim como em uma empresa, o que eleva a satisfação de um cliente/paciente é o que o fideliza. Em tempos de propaganda “post-a- post” em redes sociais, blogs e sites de reclamações; o paciente se sente muito confortável para mostrar a sua insatisfação e é muito fácil evitar isso. Ao invés de optar por uma defesa, caso seu nome acabe por figurar negativamente nesses ambientes, o melhor é atuar com uma equipe ativa que se preocupa com a busca incessante em prestar o melhor serviço e ter certeza de que o paciente tenha a melhor experiência possível. O follow-up de uma consulta, por exemplo, pode ser feito pelo médico, respondendo por e-mail as dúvidas do cliente, ver o que ele achou e propor melhorias. O e-mail é menos invasivo e interrompe menos que o telefone e pode ser uma ferramenta útil quando não existe urgência. Outro método muito válido de se conseguir este tipo de “feedback” é através de pesquisas de satisfação, que inclusive pode ser anônima, assim os pacientes podem se sentir mais à vontade para serem sinceros e exporem todos os pontos positivos e a melhorar. [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 11
  • 12. Conclusão Um dos talentos de um médico é entender o paciente como pessoa colocando acima de tudo a sua condição humana. Sabendo que a doença é uma intercorrência, às vezes incurável, o seu papel muitas vezes é controla-la. Independente do caráter da doença, o importante é cuidar do paciente. Nesse contexto, o contato recorrente é importante. Além da consulta ou do retorno, é importante usar de diferentes maneiras para manter contato com o seu paciente. Fazer ligações periódicas para saber o como está indo o tratamento, checar se ele teve algum efeito colateral devido a medicação ou até mesmo para se ter uma conversa informal podem ser eficientes. Usar o conhecimento sobre ele também pode funcionar. Que paciente não ficaria feliz de saber que o seu médico lembra de datas importantes como o seu aniversário, por exemplo? Manter um cadastro com informações básicas, como nome, telefone e endereço, atualizados a cada visita, fica muito fácil entrar em contato depois. Essa “preocupação” fideliza todo tipo de paciente, e além de ser uma forma barata é de extrema eficácia. É muito importante destacar que pacientessatisfeitoscostumamindicar você para todos que perguntarem se tem uma indicação para determinada especialidade ou problema, porém um paciente insatisfeito fará questão de falar para o máximo de pessoas a má experiência que teve. Então, se sua meta é multiplicar o número de pacientes e tornar seu consultório mais rentável, aconselhamos que preze sempre em realizar o melhor atendimento possível e manter um ótimo relacionamento com seus pacientes. [Guia Médico] A arte dos relacionamentos exponenciais 12
  • 13. GUIA MÉDICO Fidelize e aumente o número de pacientes A arte dos relacionamentos exponenciais