---                                                                www.vocesa.com.bfi1


                                 ...
VOCÊEMEVOLUÇÃO
             I ceosdo futuro
< segunda
        carreira ceosdofuturoI produtividade>omportamento>rtigo>
   ...
ual, exatamente, é o preço para                                  pintaram uma vida cor-de-rosa, na qual



   Q
          ...
VOCÊ EM EVOLUÇÃO                               I   ceosdofuturo
 < segunda
         carreira ceosdofuturoI produtividade>o...
..
~



         nais eletrônicos do ltaú, está consciente                        vos profissionais. Quer ficar comigo? É ...
VOCÊEM EVOLUÇÃO I                                       ceos
                                                            d...
levo meu filho até a creche da empresa e                    ENTENDA PROGRAMA
                                             ...
VOCÊ EM EVOLUÇÃO                  I                   ceosdofuturo
< segunda
        carreira ceosdofuturoI produtividade>...
minha realização pessoal no trabalho.                     tou de férias, mas tenho de ficar conecta-
Quando eu atinjo um o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fj Voce Sa Ceo Do Futuro Fev06

1.198 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Fj Voce Sa Ceo Do Futuro Fev06

  1. 1. --- www.vocesa.com.bfi1 " (' ~, . PESQUISA EXCLUSIVA ~;' Josias Cordeiroa d Silva,34 anos,gerente da Perdigão em São Paulo: salário 30% VOCÊS/A DESCOBRIU maior no novo emprego 67432 VAGAS EM56GRANDES EMPRESAS. VEJAEMQUAL DELAS .VOCÊ UER Q TRABALHAR CasasBahiaI PetrobrasIMBRIOdebrecht IIBMIWal-MartIPerdigão ICarrefourí 1 .... I CoopercentralAuroraITranspetroIPontoFrioIKraftFoodsICopell8etronorte IGrupoAndréMaggiI I LGISouza Cruz ICemig I CSNI Panarello I Weg I Usiminas I COAI Lojas Pemambucanas I ! Bridgestone-FirestoneIRenault ICelesc IMRSITelemigCelularIManaus Energia ICST-ArceIor I j I Caramuru ICosipa I TV Globo I CEEEI Chesf Iltaipu Binacionall HP I CNHI CB.G I Esso I .. :E l oC .... TupyIShellllnfraero I RexamIComgás I Betrobrás ICaraíba Metais ICopesull Syngenla J. ... CI :z >< Foi Adubos Trevo I Suzano Petroquimica I Samarco I Cotia Trading ITractebel Energia IALEI 111": I! -- A , li . VOCEVAIQUERERTRABALHARATETARDE Umamesadiferentetodamanhã. ontrole C individual etemperatura. d Lanchonete ligada à rede para vo(ê ler e-mailenquanto relaxa.Futuro?Não.Já é realidadepara muita gente
  2. 2. VOCÊEMEVOLUÇÃO I ceosdo futuro < segunda carreira ceosdofuturoI produtividade>omportamento>rtigo> I c a o preçodo Quinzeexecutivoscom potencialparaserpresidente de empresadizemquanto aceitampagarparachegaraotopo POR FABIANA COR~ FOTOS RAULJUNJOR E DANJELA TOVIANSKY SUCESSOPRECOCE EM BUSCADOEQUILíBRIO . da Panalpina, -- - São Paulo (SP), solteiro, sem filhos - CRISTIANO KOGA, Z1 anos, gerente nacional de vendas -------- . RÚDlNB KAi..íi: 31 anos, gerente-geraI da con1a America M(NjJ da Nokia,México, casado, sem filhos Cristiano ummenino é prodígio. longe da famifla. Metódico.ele Duranteum jogo de tênis, com ouba", diz. Atualmente, ele Aos 23 anos, o administrador tem metas de carreira objetivas: apenas anos, oengenheiro 28 está na filial mexicanada Nokia, de empresasde Bauru(SP) em cincoanos quer ser CEO. eletroeletrônícopaurlSlano empresafinlandesade telefone assumiusua primeira equipe M mesmo tempo, procura Rúdineisentiu umaforte celular,paraonde se mudou na Panalpina, empresa suíça de equilibrar o trabalho, a famõJa, dor de cabeça. Foi vitima de em 2004. Eo ano começou logístIca, onde está até hoje. Um a namorada - e o golfe. Para um aneurisma cerebral causado, com novidades por lá. Passou ano depois, outro desafio: ele foi ele, o esporte traz vantagens ao segundo o moolCO, estresse. por à gerênciageralda conta da convidado para trabalhar na filial trabalho, pois requer paciência, Hoje,aos 31 anos, mesmocom AmericaMovil, m dos maiores u do México.Teve uma noite para um desafio para quem tem um multo trabalho, impõe limites aos cfmntes da Nokia. E casou-se decidir, mas recusou a proposta: perfil como o dele. "Sou multo horários."Setrabalho multoem emumapraia. "Só eueela. não se sentia preparado e ficaria agitado",diz.PorRenataAvedIanI umasemana,diminuoa carga na Foilindo!"Por RenalaAved"l8I1i 42 _.VOCI!SiU:IIm.br I fevereiro 2006
  3. 3. ual, exatamente, é o preço para pintaram uma vida cor-de-rosa, na qual Q quem está determinado a ser o o equih'brio entre vida pessoal eprofissio- presidente de uma empresa? &- nal parecia totalmente possível Pensei: ou sa foi a pergunta que fizemos essesprofissionaisjá se acostumaram à co- aos 15executivosescolhidosna quinta edi- brança e ao excesso de trabalho ou estão ção do programa CEO do Futuro (leia tão empenhados. éin Chegarao topo que mais no quadro Entenda o Programa CEO não se importam com os aspectos nega- do Futuro), durante debate promovido na tivos dessa jornada. Mas como? Se a falta sede da Editora Abril, em São Paulo, em de qualidade de vida foi a reclamação rei- dezembro. Os eleitOs, na maioria jovens nante mesmo entre os funcionários das executivos de grandes empresas, lidam 150 Melhores Empresas para VocêTraba- com estresse e pressão, passam muito tem- lhar, a maior pesquisa de clima organiza- po longe da família e precisam estar aten- cional do país, publicada em 2005? Com tos à saúde, para que ela não seja vencida o desenrolar da conversa, nossos executi- pelo estresse. Um preço não muito baixo, vos abriram a guarda. Há, sim, um preço portanto. Mas nossos sabatinados reluta- que se paga para conseguir um objetivo ram em admitir. No começo do debate, profissional tão ambicioso. Quem quiser 11;-~'~.;;";~",;i:':." DESAFIO PLANEJADO GARRAECABELO COR-DE-ROSA . RUBENSANroN!Õ anos, ~ JUNIOR,:ri .ALESSAtiDRA MIRANDA,33 anos,!/I!I'ente sênior da área de de consumer cara da Bayer, Venezuela, casado, dois filhos pesquisa e inovaçãoda NaIura, São Paulo(SP),casada, um filho o paulistano Rubens planejou levaram um passo adiante na O que você faria se seu marido cabelo todo mês. Quando posou sua caneira para estar preparado caneira: trabalhar fora do país. dissesse que queria largar para a foto acima, tinha feito para assumir um negócio Hojecuida da área de consumo uma sólida caneira no mercado mechas cor-de-rosa. Na época, antes dos 40. Nessa trajetória, da Bayer na Venezuela e de financeiro para estudar dois meses atrás, estava na aprendeu um pouco de tudo um orçamento de 24 milhões psicologia? A cariocaAlessandra Unilever,mas havia recebido uma dentro de uma empresa. de euros e 60 funcionários. Na bancou a idéia. "Toda a famffia proposta e estava de mudança O que diz respeito a orçamento última avaliação de performance, sairia ganhando se ele estivesse para a empresa de cosméticos e controle de gastos virou sua o tratamento justo do líder foi mais feliz", diz. 8a é um trator. Natura. "Não sou do tipo que preferência. "Tenho capacidade ponto de destaque. "Me relaciono Não se incomoda em trabalhar deixo a vida me levar. Prefiro de síntese e foco nos números", defonnatransparente." 12 horas por dia, desde que escrever minha própria história", diz. Essas competências o PorJuJianaDe Mari tenha um objetivo claro. Muda o diz Alessandra. PorAn178 ias D fevereiro 2006 I_.vocesa.com.br 43
  4. 4. VOCÊ EM EVOLUÇÃO I ceosdofuturo < segunda carreira ceosdofuturoI produtividade>omportamento>rtigo> I c a - como estimulante para quem se candida- tar. os salários e bônus dessa turma já são PRESSÃO EESTRESSEAZEMPARTE F de fazer inveja. Alguns dos 15 CEOs do DAVIDA, DIZEMELES. IMPORTANTE O Futuro levam para casa cerca de meio mi- ÉAPRENDER LIDARCOMISSO A llião de reais por ano em salários, bônus e mais beneficios. AS ESCOlHAS. ão se pode ter tudo, cla- N ter uma trajetória como a deles pode ter ro. E nossos candidatos à presidência têm uma idéia das dificuldades que vai encon- de escolher o que priorizar o tempo to- trar ao ler uma seleção dos melhores tre- do. O trabalho está quase sempre em pri- , chos do debate, logo abaixo. E depois, ao meiro lugar, mas eles insistem que dão ver o perfil de cada um, vai saber também conta do recado. Para isso, têm de fazer r das vantagens de virar o número 1da em- escolhas. O paulistano Dárcio Fabri, de presa. Por fim, um detalhe que funciona 34 anos, gerente de marketing para ca- >. CEO DO PRESENTE wís DB.AM OlNBRA, 35 anos, presidente da Refrescos DE Guararapes. TRABALHO . EMPRIMEIRO wís FERNANOO LUGAR FONSECA, 35 anos, diretor da divisão médica Jaboatão dos Guararapes (PE). casado, dois filhos cardiovascuIar da Jo/mson & Johnson, México, solteiro Aochegar para a entrevista, equilíbrio entre vida profissional A prioridade do paulistanoluís luís olhaparao relógio várias a últimaetapa de avaliação e pessoal (sua mulher já teve de Femando o trabalho. Durante é vezes. ãoé pressa.Sou N " dos candidatos a CEOs do se desligar duas vezes do oitoanosdesuacarreira deixou ansioso mesmoD. diz.Essa Futuro, o cariocaLuisfoi logo empregopara acompanhá-lo) de tirar férias - emborahoje qualidade reflete se emsua avisando: "Acabei deser desse jeito, mas busca aproveitar faça queslãodelas. esmo M nas trajetória. onnado F em promovidoD. CEOdo Futuro O os inIBrVaIos de uma forma férias,porém, ãodesliga. m n E arquitetura,ele passouparaa em queslãojá é um CEO do saudável, assistindo a DVOs dezembro, folgano Brasil,ele de áreadeInformática, coordenou presente.De diretor financeiro com a familia, estudando italiano passou otempotododecelular a fusão de uma multinacionale da Norsa, engarrafadora da ou lendo relatóriosno avião(sim, os ligadoeconsuIIavae-mails ocupou cargo demarketing um Coca-Q)Ja emFortaleza, Luís ele acha isso divertido!). Como comregularidade. "Neste atéchegar oposto a atualno passou presidente da Refrescos a presidente, ele quer disseminar momento acontece ofechamento México, ondeé diretorda Guararapes, m Pernambuco, e a cultura de sucessão. "Acho doano,nãodãparasaire se Johnson &Johnson. Agora, stá e outra franquia da eoca-Gola. que isso é fundamental para a desligar etudoagoraD, d ÓIZ. deolhonaEuropa. "Mastambém Essaé sua quarta mudança de empresa e para o crescimento Quem paraomoçologo olha pensoem voltar ao Brasil, Tenho Estado emcincoanos. dmite A do profissionaJD, diz. percebe quea ansiedade éuma saudades de falarportuguês." que é muito ódícil manter o Por Oanfela Diniz de suascaracterísticas.Inquieto, PorFablanaConêa 44 mm.br Ifevereiro 2006
  5. 5. .. ~ nais eletrônicos do ltaú, está consciente vos profissionais. Quer ficar comigo? É o do que escolheu. "Eu optei por treinar preço, eu digo. Mas temos também obje- triatlo várias vezes por semana em vez de tivos em comum e vamos construí-Ios escolher uma vida :f.nniliarou social mais juntos': diz, sem culpa, Melissa AlvesWer- intensa. Se não for assim, não consigo me neck, de 33 anos, gerente de projetos 10- dedicar ao esporte e ao trabalho ao mes- gísticos da América Latina Logística, a mo tempo': diz o paulistano, que é sol- ALL.Aloísio endossou uma polêmica le- teiro e sem filhos. ~o que escolhas pes- vantada no debate. "Sim, é mais fácil en- soais podem esperar, acontecem a qual- contrar outra mulher do que outro em- quer hora. Carreira não': diz o paulista prego de presidente." Ele foi sincero, mas , t Aloísio Xerfan, de 27 anos, gerente global não encontrou respaldo na mesa. Wagner de suprimentos da Basf. Paiva, de 39 anos, gerente-geral para o Mercosul da Colbras, empresa de São Pau- I CASAMENTO E ALHOS."Desde que conhe- lo que fabrica cápsulas para medicamen- ci meu marido, ele sabe dos meus objeti- tos, deu sua opinião como um ex-médi- SIMPLESEOBJETIVO FÔLEGODEATLETA . FABIoJORGE C8.EGU1M. õrre!or administrativo 32 anos. da Totvs, São Paulo (SP). casado . ÁlYARO gerente 0UV8RA, anos, 'Sl da Kraft, Recife (PE). casado Por causa dos seus 1,90 metro, Microsiga, Fábio trabalhou na A primeiravista,o engenheiro profissionais.Exigente,elegosta Fábio, paulistade Santo André, expansãoda rede de franquias mecânico cariocaÁlvaro pode de estimular eusfuncionários s foi jogador de vôlei durante 12 noBrasil naAmérica Latina. e parecer mtantoinquieto. as u M a sesuperar sempre."Paraisso, anos. A vida de atleta durou até Com tantas bolas dentro, foi nãoseengane. Álvarosabe oque orientoparaqueseconcentrem que duas lesões no joelho o promovido, em2004,a diretorda quere estásempre deolhono emseuspontos fortes". tiraram da quadra. Se ficou Totvs, holding que controla a futuro.Se começou naNestlé, conta.Álvarotrabalha 12 horas chateado,masnão perdeu Microsiga. Concluiu três MBAse passou pela80mbrile hácinco pordia,massepreocupa com o ânimo.A experiêncianas começou umquarto. Parei por " anosestánaKraft, ultinacional m afamília. darmaisespaço Para quadras lhe ensinou a ser causadas viagens", explica. americana e alimentos. d à agendapessoal, leachou e competitivo. "Eu me desafio Casado, ele não está disposto a Háumanoe meio, lvaro Á deu umasolução simples eficiente. e o tempo todO", diz. Em 2003, trabalhar mais de 12 horas por inícioa umprojeto pilotoquese Vendeu ocarroda esposa - entrou para um curso de teatro dia."Isso é Improdutivoe exige transformoua novaunidade n de os doisvãotrabalharnomesmo para melhorar a entonação da muito do corpoe da mente", diz. negócios aKraftnoNordeste. d - carro e inscreveu casalem o voz. "As pessoas não sabem "E é precisoestar bem disposto Hoje, lecomanda e essaunidade, aulasconjuntas etênis."Agora d quando dou umabroncaou faço para marcar pontos no trabalho." queficaemPemambuco. temosmaistempo juntos." um elogio", diz. Em dez anos de Por Marcos Gusmão Sobsuabatutaestão140 Por José Eduardo Costa fevereiro 20061 www.vocesa.com.br 4S
  6. 6. VOCÊEM EVOLUÇÃO I ceos dofuturo < segundaarreira caosdofuturoI produtividade>omportamento>rtigo> c I c a Quem tem crianças em casa tem um outro assunto para cuidar. "Fui viajar para FALTADE TEMPO PARA A FAMíLIA? a Argentina e ligava para meu filho, de 2 ELES REPETEM A VELHA MÁXIMA DE QUE anos, perguntando se estavatudo bem. Eu percebia que ele entendeu. Estou criando QUANTIDADE NÃO É QUALIDADE uma criança independente': diz Melissa. A dedicação - ou a falta dela - aos pe- quenos esteveem pauta durante boa parte do debate. RubensAntonio Jr.,de 37 anos, co. "Já vi essa situação: no fim da vida, responsável por uma unidade de negócios ninguém pede para chamar o cara dos re- da Bayer em Caracas, na Venezuela,apro- cursos humanos ou o gerente do banco. veita o tempo dentro do avião para jogar Eles pedem para chamar a família. É pa- videogame. "Meu filho me cobra isso. E, ra ela que se apela nos momentos críti- para agradar a minha menina, tento sa- cos. Por isso é importante priorizá-Ia:' ber tudo sobre a Barbie': diz Rubens. "Eu . -- - ~~-~-_._._._- VANESSA TORRES,36 anos, gerente-geraI de desenvolvimento de projetos da Companhia Vale do Rio Doce, Santa Luzia (MG), solteira ---~---- . MEUSSAAlVES WERNECK, 33 anos, gerente de negócios Men:osuI da ALl, CUritiba (PR), casada. um filho da unidade Durante umpasseio porCanaã dasprofissionaisedestaque d "Nãotemosumpassado licença-maternidade,foi dosCarajásPA), mdezembro ( e ládentro. hD P emengenharia paraapresentar,masumfuturo convidada arasergerente p de de 2001, mineira a Vanessauviu o antesdos30anos, mfeito u paraconstruir." Foicomessa projetoslogísticos inteligência e umapergunta dopresidente a d paraqualquer m,elaainda u propostadetrabalho queoentão demercado. Antes mesmo de companhia, Roger gnelli, obre A s temespecialização naescola presidente AméricaLatina da voltaraotrabalho, elissa M já a exploraçãoeníquel aregião. d n francesa Ensead.Nosfinsde Logística(ALL), Alexandre contratava rofissionaisarasua p p "Elemeincentivou apresentar a semana, noentanto, passa"dos Behring,conquistou engenheira equipe. emculpa. Trabalho 2 a S " 1 umestudo deviabilidade entro d milhões aoscentavos", como química mineira Melissa.Era " horas pordia,masquando estou detrêsmeses", iz.Aprovado o d n gostadedizer, trabalha e naONG umaoportunidade única:azer f commeufilhomededico ele". a anopassado, projeto o receberá fundada pelamãe, ueministra q partedeumahistória quesó diz.Elaacaba deserpromovida investimentos de1,2bilhão cursosparaa populaçãoarente. c tinhaumapágina",embra l ela. a gerentedenegócios ad A dedólares. Vale, uenão q "Mas,seasemana cansativa, foi Já fazseisanosquea executiva unidade Mercosul evaisedividir exploravaíquel téentão, n a saiodeSanta Luzia pego e semudou paraCUritiba,onde entreaArgentina o Brasil. e quersetomarumadasmaiores umaviãoparaa CosIa ficaa sededaAIL Deanalista "Quero sera locomotiva as d domundo emalguns anos. doSauípe". diz.Elapode. elapassou gerente a derecursos decisões",anuncia. EVanessa, tomou-se claro, uma Por Fabiana Conêa Em humanos qualidade. plena Por Daniela de LacenJa e 46 www.vocesa.com.brlfevereiro 2006
  7. 7. levo meu filho até a creche da empresa e ENTENDA PROGRAMA O CEODOFUTURO sento com ele por 15 minutos de manhã': diz a carioca Alessandra Miranda, de 33 o programa CEO do Futuro. em sua quinta edição, é uma parceria entre a revista VOCÊ SIA,a Kom/Ferry Intemational, especializada em seleção de executivos, e anos, gerente sênior de pesquisa e inova- o ProFuturo,programa da Fundação Instituto de Administração (FIA),de São Paulo. ção da Natura. O objetivo é identificar jovens executivos com perfil para chegar à presidência de uma empresa. A escolha é feita em três fases. Na primeira, os 270 inscritos o TEMPO. Tempo é artigo de luxo para tiveram seus currículos analísados pela Korn/Ferry.Na segunda fase, responderam esses 15 executivos. Para conseguir dar a um teste que avalia estilo de gestão, comportamento ético e outros aspectos. conta do trabalho, dos eventos, da famí- Na terceira, foram entrevistados pelos três parceiros do projeto. Não há um número lia e dos estudos, eles se desdobram. "Co- fixo de profissionais selecionados a cada ano. Desta vez, chegou-se a 15, sendo três mulheres. De 20 a 24 de março, o grupo participa do curso Formação de mo passo metade do ano viajando, mui- lideres, promovido pelo ProFuturo,que conta com aulas ministradas por professores tas vezes aproveito para ler no aeroporto, da FIAe presidentes de empresas.O curso foi criado especialmente para os CEOs entre um vôo e outro': diz Vanessa Tor- do Futuro e hoje é aberto ao público. Quem se interessou pode se inscrever por res, de 36 anos, gerente-geral de projetos meio do site da fundação (www.fia.com.br/profuturo). da mineradora Valedo Rio Doce, em San- - QUEMSABE FAZACONTECER -- ---- - COMOPÉNAESTRADA . ODÉRCIO ClARO, 35 anos,gerente sênior da EDS do Brasil, São Paulo (SPI, casado, uma filha . MARCO LOPES, 36 anos, gerente Rio de Janeiro (RJj, solteiro de marketing corporativo da 11M, Em1999,o paulistano dércio O resolvido rapidamente." Odércio Quandoriança, engenheiro Brasil esde c O d 2001.Aos36 anos, passou porumaprova defogo. fezespecialização naFundação e administrador gaúcho Marco noivo deCaroline, Marco é Consultor daT-Systems doBrasil, Getulio Vargas MBAna e Lopes viviasemudando: gerente demarketing corporativo doDeu1sche Telekom Group, foi Universidade daCalifómia, nos o paierafuncionário oBanco d daempresa ecoordena quipes e escalado paradesenvolver um Estados nidos. U Desde 2004 doBrasil costumavaer e s emtodoopaís. Oprocesso e " d novosistema deprodução arap estánaEDS, emSãoPaulo. transferido paradiferentes integração é difícil, mastemsido a fábricadaMercedes-Benz no Ésuaa contadaTelefônica Estados. Jáadulto, arco M repetiu muitoprodutivo fazercomque Brasil. ma U falhanoprojeto emtodaaAmérica Latina. essatrajetória. orou M em todasasregiões participem das implicava umamultadiáriade Aempresa responde or30% p diversas cidades brasileiras, decisões", conta. ompetitivo, C 50000reais.Edeupanelogo dofaturamentoaEDS d na alémde passarseismeses eletrabalha de10a 12horas noteste.Enquantouaequipe s região. dércio O liderauma nosEstados nidos. U Dessas pordiae também nãodámoleza corrigia erro, elefoiempurrar o equipede200profissionais ea andançasodas, icouuma t f paraseutime.Masconfiano peças decaminhõesaranão p cadadiadescobre importância a grande capacidadee d trabalho dosprofissionais sabe e interromper produção. a "Esse deouvi-ios.Meesforço " para adaptação, essencialparaa delegar. "Merealizafazeras é meuestilodetrabalho, faço serumlíderpresente", afirma. carreira quevemdesenvolvendo pessoas arem melhor esi", d o d acontecer",diz."Oproblema foi Por MarcosGusmão naáreademarketing da11M afirma. Por Oanielade LacerrJa fevereiro 2006 Iwww.vocesa.com.br 47
  8. 8. VOCÊ EM EVOLUÇÃO I ceosdofuturo < segunda carreira ceosdofuturoI produtividade>omportamento>rtigo> I c a Natura. Parajustificar o tempo passado fora decasaelonge dafamília, quaseto- ALGUNSDESSES EXECUTIVOS GANHAM dos batem na tecla de que quantidade MAISDER$500 000 PORANO.O PREÇO não é qualidade.'(O que temos de ques- ÉALTO, ASO SALÁRIO M TAMBÉMÉ tionar é sequem trabalha com a gente tem o mesmoprazeremtrabalhar 14ho- raspor dia, como nós. Temosde cuidar também do equih'brio dos outros", diz OdércioClaro,35 anos,gerentesênior ta Luzia,Minas Gerais."Eu não tento ser da EDS do Brasil. 120%o tempo todo emnenhumaáreada minha vida.Masfaçoo possível:eio cer- l PRAZER. Com tanto trabalho e tantasta- cade40livrospor anÚ) onverso c commeu refas,onde é que elesencontram prazer? marido todasasnoites e,seprecisar,leio Acertou quem pensouno próprio traba- e-mail demadrugada~ Alessandra, a diz d lho. Aloísio é direto. "Hoje eu encontro - I - UM JEITODIFERENTE DESER .ALOÍSIOERFAN, X geiemelobal e~ 27anÕs. g d e contratos da Bast.SãoPaulo {SPI, solteiro - - . OÁRCIO FABRI, 34 anos, gerente do Itaú, São Paulo (SP), solteiro de marketing para canais eletrônicos o paulistaAloísionãovaiao conseguir." Desde osegundo ano o engenheiroletrônico e "Tenho espaço paracrescer cinema, ãolê livrosquenão n dafaculdade deadministração paulistano ãrelo D destoado dentro daempresa." Em2001 sejamdenegócios, nãousaos elejá queriaocupar maposição u ambiente sisudodoBanco ltaú, Dárcio paraosEstados nidos foi U finsdesemana paradiversão. nadiretoria deumaempresa. ondetrabalha. e temorelha S fazerumMBA emWharton, uma Seus amigos selimitamao Enãohesitaria seoferecessem furada, osta g demúsica dasmaisrenomadasscolas e e d núcleo doMBAdaFundação amanhã umaposição parair à eletrônica(teveumabanda até negócios omundo. curso d O Getulio Vargas aosfuncionários IncrJa, e porexemplo. AoconIrárIo. 1996)e usaumpequeno foi patrocinadoelobanco p desuaequipe. Trabalhaed Irianomesmo minuto aprontar cavanhaque diferente, logo e Dáreio vottouparao Brasil 14a 16horas pordiae dorme asmalas. ácincoanosnaBasf, H abaixo daboca. emurnamoto T comumamissão: ficarcadavez apenas . E,apesar esóter 5 d Aloísio passou já porquatro Harley-Davldson quevale40000 maispmmdo~ntroded~o 2:Tanos, leachatudoisso e áreas nãovêa horadeocupar e reais. refere P morar emcasa doItaú.Eeleestádirecionando normal. "Avidapessoal vai umespaço maior. Hoje, enho " 1 alugada comprar própria, a a e suacarreira paraisso:querser existirindependentemente da umafatia",dizele."Quero faztriaUo.Nunca proibido " fui de referência norelacionamento idade", firma."Ocontrário a não. aplicar queacredito o numa sercomosou",diz.Ocasamento comosclientes. án:io D diz Seeuquiserrecuperar carreira empresa a inteira. ssodeveser I como lIaújá duradezanos, asm queestáprontoparaa tarefa. daquia alguns anos, osso p não maravilhoso." Por DanieIa Diniz elenãoachaissomuitotempo. Por tIneDias A 48 www.vocesa..com.Iwl fevereiro 2006
  9. 9. minha realização pessoal no trabalho. tou de férias, mas tenho de ficar conecta- Quando eu atinjo um objetivodentro da do. Se não fosse assim, não conseguiria empresa.é uma realizaçãopessoal:' sair da empresa nessa época do ano': diz Luís Femando Fonseca, diretor da divi- PONTO RNAL Depoisdepartiápar da con- são médica cardiovascular da Johnson & versa com esses profissionais, fiquei com Johnson no México. Uma frase de Cris- a impressão de que o maior prazer desse tiano Koga, de 27 anos, da Panalpina, re- pessoal é mesmo passar a maior parte do sume a idéia. "Quando estou de férias, dia no escritório. Sem surpresas, pois es- dou uma escapadinha para ler e-mails de se dado corresponde aos perfis traçados trabalho. Digo ao pessoal que vou dar uma pela consultoria Kom/Ferry para avaliar volta e abro o computador." ~ a turma. A capacidade de trabalhar sob pressão, a competitividade e o focona car- - I Acesseosile eleia reira fazem parte da personalidade deles - e do perfil de quem já chegou lá. "Es- maistred10sdo debate dosCEOsdo Futuro ~ ELES CHEGARAM JÁ LÁ Alguns CEOsdo Futuro já são presidentes De acordo com a experiência de J quem conhece o DNAde um pre- I sidente de empresa, muitos dos ; I eleitos no programa CEOdo Fu- turo deste ano devem ocupar o , posto máximo nas corpo rações em breve. Um deles, Luís Olivei- ra, alcançou a presidência da Re- frescos Guararapes antes mesmo da seleção de 2006 chegar ao fim. EWagner Paiva,que era da Stiefel, . agora é gerente-geral para o Mer- DECISÃO SAUDÁVEL cosul da Colbras, da área farma- cêutica.Das turmas passadas,João .WAGNER PAlVA, 39 anos. gerente-geraI para o MercosuI da CoIbrns, Ramires,colegade luís na Refres- São Paulo (SP), casado cos Guararapes, já chegou lá.De- Médico de formação, nos coma equipe. "Omaisdiffcil pois de passar pela filial de Per- primeiros anos de vida nocaminho atéo topo éter nambuco, foi ocupar a presidên- opaulistano agner certeza profissional, W dequeestou levando cia da Coca-Cola em Cingapura. percebeuuetinhamaisvocação juntoaspessoasertas. reciso q c P Alexandre Bonfim saiu da dire- paraosdilemas executivos do gastarempo t selecionando toria da Assist,do grupo Telefôni- queparaoconsultório. oje, os e colocandosbonsnas H a o ca, para ser CEOda Pitney Bowles 39 anos,oexecutivo oaplica melhores osições", p dizWagner. raciocínioistêmico s Odesafio desero número 1 Semco,uma das empresas dogru- damedicina paraentender os chegou noInfclodesteano. po Semco, na área de tecnologia reflexos e longo d prazodesuas Wagner acertoucoma da informação. Na Amway,a mul- decisões líder. "Minha como brasileiraColbras,fabricante tinacional da área de cosméticos, formaçãoacabou medando ma decápsulas elatinosas u g André Raduan, que fez parte da grande vantagem éo competitiva", paramedicamentos: novo primeira turma de CEOsdo Futu- acredita. ara P Wagner, essas gerenfe-geraJ daempresa rO,em 2000, ocupa a primeira p0- competências sesobressaem parao Mereosul. sição do organograma. principalmente nahoradelidar PorJuliana DeMarf fevereiro2006I _.vocesa.com.br 49

×