Morfologia e ultra-estrutura          de algas
Características das algas   Fotoautotróficas.   Muitas algas são móveis ou possuem um estágio    móvel durante o seu cic...
Importância das Algas:   Renovação do oxigênio na atmosfera-    planctônicas - 90% da fotossíntese do    planeta.   O fi...
Importância das Algas:   O fitoplâncton emite para a atmosfera    moléculas do gás dimetil-sulfeto (DMS),    que reage co...
Importância das Algas:   As carapaças de diatomáceas formam o    diatomito ou terra de diatomáceas, usada    como abrasiv...
Importância das Algas:   As algas microscópicas e unicelulares –    Euglenophyta, Chrysophyta e Pyrrophyta – são    objet...
Euglenofitas              Autótrofos por fotossíntese.              Presença de cloroplastos.              Maioria de á...
Pirrofitas                Dinoflagelados.                Autótrofos por fotossíntese.                Maioria marinhas. ...
Exemplos de Dinoflagelados
Crisofitas ou Bacilarofitas                Algas douradas.                Autótrofos por fotossíntese.                M...
Clorofíceas         Algas unicelulares e          multicelulares         Autótrofos; clorofilas a e c         Amido com...
Exemplos de Clorofíceas
Dinoflagelados    A classe possui cerca de 2100 espécies,    abundantes e de alta produtividade no    plâncton marinho. A...
Dinoflagelados   Os fatores ambientais que favorecem  a reprodução    são: temperaturas superficiais altas, elevado    co...
São simbiontes de muitos organismos, como esponjas, águas-vivas,anêmonas-do-mar, tunicados, corais, polvos, lulas, gastróp...
Clorofíceas:Chlorella está amplamente distribuída em água doce, salgada e no solo. Foia primeira alga a crescer em cultura...
Cianofíceas ou Cianobactérias   -   Conhecidas vulgarmente como algas verde-       azuladas.   -   Como as bactérias, são ...
Exemplos de cianofíceas      Lyngbya                    Nostoc                                OscillatoriaAnabaena
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 4 continuação unidade i

3.151 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.151
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 4 continuação unidade i

  1. 1. Morfologia e ultra-estrutura de algas
  2. 2. Características das algas Fotoautotróficas. Muitas algas são móveis ou possuem um estágio móvel durante o seu ciclo de vida. São geralmente classificadas conforme as seguintes características:  Natureza e propriedade de pigmentos.  Natureza dos produtos de reserva e armazenamento.  Tipo, número, inserção e morfologia de flagelos.  Composição química e características físicas da parede celular.  Morfologia e características das células e talos.
  3. 3. Importância das Algas: Renovação do oxigênio na atmosfera- planctônicas - 90% da fotossíntese do planeta. O fitoplâncton - sustenta - a cadeia de alimentação Fornecem substâncias como ágar, celulose, iodo, alginato etc, as quais são aproveitadas de forma importante pela indústria.
  4. 4. Importância das Algas: O fitoplâncton emite para a atmosfera moléculas do gás dimetil-sulfeto (DMS), que reage com oxigênio e água formando o ácido sulfúrico. Essas gotículas de ácido servem de núcleos de condensação para a formação de mais de 90% das nuvens do planeta. Desempenham, portanto, importante papel no clima terrestre.
  5. 5. Importância das Algas: As carapaças de diatomáceas formam o diatomito ou terra de diatomáceas, usada como abrasivo, filtros e na fabricação de explosivos. Determinadas algas como as pirrófitas (dinoflagelados), podem formar as marés vermelhas, eliminando substâncias tóxicas que matam outros seres. Formam associações com fungos, ou seja, os liquens.
  6. 6. Importância das Algas: As algas microscópicas e unicelulares – Euglenophyta, Chrysophyta e Pyrrophyta – são objeto de estudo da Microbiologia, assim como as formas unicelulares das Chlorophyta. As algas marrons (Phaeophyta) e as vermelhas (Rhodophyta) são estudadas na Botânica. As algas possuem clorofila a como seu pigmento fotossintético primário, assim como pigmentos carotenóides acessórios. Membros de Euglenophyta e Pyrrophyta não possuem parede celular. Outras algas possuem parede celular composta por sílica, celulose, outros polissacarídeos ou ácidos orgânicos.
  7. 7. Euglenofitas  Autótrofos por fotossíntese.  Presença de cloroplastos.  Maioria de água doce.  Componente importante do fitoplâncton.  Vacúolo pulsátil para controle osmótico.  Estigma para percepção de luz.  Paramilo como reserva.  Locomoção por um flagelo.  Reprodução assexuada por cissiparidade.
  8. 8. Pirrofitas  Dinoflagelados.  Autótrofos por fotossíntese.  Maioria marinhas.  Locomoção por dois flagelos.  Presença de bioluminescência.  Reserva: amido e óleos.  Reprodução assexuada por cissiparidade.  Responsáveis pela maré vermelha.  Algas unicelulares coletivamente denominadas plâncton, ou organismos de livre flutuação.  Alguns produzem neurotoxinas.
  9. 9. Exemplos de Dinoflagelados
  10. 10. Crisofitas ou Bacilarofitas  Algas douradas.  Autótrofos por fotossíntese.  Marinhas. Sem cílios ou flagelos.     Parede celular impregnada de sílica formando uma “carapaça” (frústula).  Gotas de óleo como reserva.  Reprodução assexuada por cissiparidade ou sexuada por conjugação.  Diatomitos: depósitos de frústulas usados na fabricação de cosméticos, filtros, cerâmicas, pastas de dente.
  11. 11. Clorofíceas  Algas unicelulares e multicelulares  Autótrofos; clorofilas a e c  Amido como reserva de alimento  Com etapas biflageladas; flagelos do mesmo tamanho  Volvox, Chlamydomonas, Gonium
  12. 12. Exemplos de Clorofíceas
  13. 13. Dinoflagelados  A classe possui cerca de 2100 espécies, abundantes e de alta produtividade no plâncton marinho. Alguns indivíduos são altamente tóxicos, e estas toxinas são potentes neurotoxinas. As marés vermelhas (consistem da floração tóxica)  são causadas pelo Gymnodinium breve.
  14. 14. Dinoflagelados Os fatores ambientais que favorecem  a reprodução são: temperaturas superficiais altas, elevado conteúdo de nutrientes, baixa salinidade, e mar calmo. Doenças respiratórias, gastrointestinais e neurológicas – registradas em pessoas que nadaram em águas de maré vermelha – são associadas às toxinas produzidas por G. breve. Estas algas dizimam peixes e  moluscos, e seus consumidores diretos, como golfinhos, aves e outros mamíferos.
  15. 15. São simbiontes de muitos organismos, como esponjas, águas-vivas,anêmonas-do-mar, tunicados, corais, polvos, lulas, gastrópodos, tubelários ecertos tipos de protistas. São os principais representantes da produçãofotossintética que possibilita a formação de corais. No caso de simbiosescom corais, os dinoflagelados produzem glicerol ao invés de amido, para anutrição dos corais. Os corais que dependem de luz (pela atividadefotossíntética das algas) se formam em atém 60 metros de profundidade.
  16. 16. Clorofíceas:Chlorella está amplamente distribuída em água doce, salgada e no solo. Foia primeira alga a crescer em cultura, sendo usada extensivamente emestudos que revelaram algumas das etapas básicas da fotossíntese.Atualmente está sendo investigada como fonte potencial de alimentaçãopara humanos. Os japoneses a processam num pó branco sem sabor, ricoem vitaminas e proteínas, que pode ser misturado com farinha para opreparo de alimentos.Também foi estudada como meio de produção de energia, onde a algacresce junto com uma bactéria que converte o amido por ela produzido emlipídio. Gêneros parecidos com Chlorella, são encontradas vivendo emsimbiose com protozoários de água doce, esponjas, hidras e alguns vermesachatados.
  17. 17. Cianofíceas ou Cianobactérias - Conhecidas vulgarmente como algas verde- azuladas. - Como as bactérias, são organismos procariotos, cujas células não apresentam sistemas de membranas internas nas organelas citoplasmáticas. - Amplamente distribuídas no solo, água doce e em ambientes marinhos. Podem viver em associação (fixadoras de nitrogênio) - Grande variedade de formas e arranjos, de cocos unicelulares a bacilos e mesmo filamentos longos e multicelulares.
  18. 18. Exemplos de cianofíceas Lyngbya Nostoc OscillatoriaAnabaena

×