5 passos-para-ganhar-dinheiro-na-internet

524 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
524
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5 passos-para-ganhar-dinheiro-na-internet

  1. 1. Sumário Apresentação do Autor................................................................................................................. 4 Passo 1 – Criar um blog................................................................................................................. 6 O que é um blog? ...................................................................................................................... 6 Como abrir um blog?................................................................................................................. 7 1# - Contrate um domínio para seu blog .............................................................................. 7 2# - Hospede seu blog em uma empresa.............................................................................. 7 3# - Configure o seu blog ...................................................................................................... 8 Passo 2 – Criar Conteúdo de Qualidade........................................................................................ 9 Conteúdo em Texto................................................................................................................. 10 Ganhar visibilidade no Google ............................................................................................ 10 Viralização nas Redes Sociais .............................................................................................. 11 Exemplo: Eu......................................................................................................................... 11 Conteúdo em Vídeo ................................................................................................................ 12 Texto + Vídeo = Combinação Perfeita................................................................................. 12 + Dinheiro = Blogs + YouTube ............................................................................................. 12 Exemplo: Michael Oliveira................................................................................................... 13 Passo 3 – Monetizar seu conteúdo com Google Adsense .......................................................... 14 O que é o Google Adsense? .................................................................................................... 14 Como funciona o pagamento no Google Adsense?................................................................ 14 É possível ganhar muito dinheiro com Google Adsense? ....................................................... 16 Passo 4 – Ganhar dinheiro sendo afiliado................................................................................... 17 O que é ser um afiliado? ......................................................................................................... 17 Como ser um afiliado de sucesso?.......................................................................................... 18 Blogs x E-mail Marketing..................................................................................................... 18 Tráfego gratuito .................................................................................................................. 19 Tráfego pago ....................................................................................................................... 19 Passo 5 – Criar o seu próprio infoproduto .................................................................................. 22 Como funciona a criação de um eBook?................................................................................. 22 Como criar um eBook de Sucesso? ......................................................................................... 23 Qualquer pessoa pode criar eBooks?...................................................................................... 23 Crie um eBook de Sucesso em 30 Dias! .................................................................................. 24 Bônus – Alex Vargas: o empreendedor digital que fatura R$50.000 por mês............................ 25
  2. 2. Passo 1 – Criar um blog........................................................................................................... 25 Passo 2 – Criar conteúdo de qualidade................................................................................... 26 Passo 3 - Monetizar seu conteúdo com Google Adsense ....................................................... 26 Passo 4 - Ganhar dinheiro sendo afiliado................................................................................ 27 Passo 5 - Criar o seu próprio infoproduto............................................................................... 28
  3. 3. Apresentáçáo do Autor Victor Palandi nasceu em São Paulo, capital, em 17 de abril de 1995. Aos 10 anos, iniciou a produção de seu primeiro livro, que veio a ser chamado de “As Grandes Aventuras de Roberto Bozo”. Apesar de mal escrito e com histórias pouco interessantes, esta experiência precoce permitiu que Victor Palandi fizesse uma escolha em sua vida: trabalhar com comunicação. Assim, dois anos mais tarde, após um convite de um colega, ele começou a escrever na internet para um blog chamado “Futeboteco - Futebol com Boteco”. Em sua coluna, ele abordava assuntos ligados à história do Futebol, principalmente sobre esquemas táticos. Vendo que poderia utilizar seus textos e seu tempo para ganhar dinheiro, Victor Palandi encontrou um blog que estava procurando por redatores para diversos clubes de futebol, dentre eles, o Corinthians. Este foi o passo decisivo para que ele se desse conta de que poderia realmente lucrar com isso, já que logo no primeiro mês, alguns artigos trouxeram um retorno de 30 reais com o Google AdSense. Apesar de pouco, era o triplo de sua mesada! Ainda em busca de outras maneiras de ganhar dinheiro com esta habilidade que aos poucos surgia, Victor Palandi encontrou um blog de dicas que procurava por redatores. Além disso, começou a se cadastrar em plataformas freelancer, para produzir mais textos e ganhar ainda mais dinheiro. Rapidamente, sua renda saltou para algumas centenas por mês, o que significava um abrupto aumento salarial na vida de um adolescente. No entanto, ele não parou por aí. Depois de bastante tempo trabalhando apenas como freelancer, decidiu, ao lado de Leonardo Caprara, abrir um blog. Assim nasceu o InfoDiretas. Este projeto abriu as portas do que a internet pode, de fato, proporcionar. Em 10 meses, o blog alcançou 1 milhão de visualizações, além de diversas experiências interessantes, como credenciamento de imprensa para diversos eventos, entrevistas com celebridades, como o Vitor Belfort, e muito mais. Aos 16/17 anos, Victor Palandi estava se divertindo como nunca e ganhando dinheiro com isso. Todavia, outro momento de ruptura marcou sua carreira: o domínio do InfoDiretas foi banido. Por razões nunca muito bem entendidas, o blog simplesmente parou de funcionar. Desta maneira, ele foi obrigado a encontrar outras saídas. Tirá-lo da zona de conforto fez com que ele pudesse criar novos blogs e trabalhar de vez como redator para terceiros. Este ano de 2013 foi marcado pela profissionalização de seu trabalho. Com diversos blogs operando 24 horas por dia, vários redatores escrevendo diariamente para
  4. 4. seus trabalhos e estudando em dobro para aprender ainda mais sobre técnicas de redação e afins, Victor Palandi pôde chegar a este momento marcante de sua carreira.
  5. 5. Pásso 1 – Criár um blog Onde tudo começa? Com blogs. Apesar de muitos profissionais ainda tentarem mudar isso, estabelecendo outras formas de iniciar seus ganhos na internet, nenhuma estratégia mostrou- se tão sustentável e rentável quanto os blogs. Eles são perfeitos para uma pessoa começar a trabalhar na internet, pois engloba uma série de questões, o que traz experiência muito rapidamente. Para ficar mais claro:  Um blog precisa de conteúdo, então, o blogueiro aprende Webwriting aos poucos;  Um blog precisa de visitas, então, o blogueiro aprende o básico de SEO e vai evoluindo;  Um blog precisa vender, então, o blogueiro aprende o mínimo de Marketing Digital;  Um blog precisa criar relacionamentos com os leitores, então, o blogueiro aprende a trabalhar com e-mail marketing. Percebe? Iniciar seu trabalho na internet dessa maneira fará com que você cresça “na marra”, ou, então, nunca lucrará o suficiente na web para ser feliz. Agora que entendemos isso, vamos começar a falar sobre a criação de blogs, propriamente dito. O que é um blog? Também chamado de site (apesar de haver diferenças), um blog é um espaço online, onde é publicado conteúdo, que são visualizados por pessoas, gerando uma troca: conteúdo gratuito por ganhos em publicidade para o blogueiro. Nesse eBook, não falaremos em hobby. O objetivo aqui é fazer você ganhar dinheiro na internet de maneira justa, honesta e duradoura; hobbies não costumam dar tão certo (há exceções, claro). Um blog é, também, uma ferramenta para a utilização de diversas estratégias. Com ele, você será capaz de atingir o público ideal para o que você realmente deseja. Perceba: um blog não é um fim em si mesmo. Seu objetivo é facilitar para que você obtenha resultados mais facilitados. Por exemplo, há um curso muito interessante e você quer vende-lo como afiliado (falaremos sobre afiliação em outro capítulo). Há diversas maneiras de alcançar essa meta, não é verdade? Você pode fazer um panfleto com o link do site e entregar nas ruas! Mas isso é rentável? Certamente, não. Um blog, em contrapartida, facilita, e muito, a venda de cursos online, pois os visitantes são as pessoas interessadas no assunto do infoproduto (produto informatizado, ou seja, que não é físico) e o gasto financeiro é irrisório. Outro exemplo é querer deixar seu nome mais famoso, ganhar notoriedade. Há diversas maneiras de atingir esse objetivo, mas o blog é uma das melhores ferramentas, tanto no mundo off-line quanto no online. Portanto, tudo pode parecer gratuito, mas na verdade a recompensa é ganhar fama, que se traduz em mais clientes e reconhecimento.
  6. 6. Como abrir um blog? A pergunta que não quer calar é exatamente essa acima. Se você está tendo o primeiro contato com esse Universo por meio desse eBook, já aviso que não é fácil aprender a criar blogs, não. Sou sincero, pelo menos. O caminho é simples, mas isso não significa que você faz do dia para a noite sem estudo algum. Eu te ajudarei com os primeiros passos, para você ter uma breve noção do que fazer, depois passo a bola para o meu amigo Gustavo Freitas, que colocará a mão na massa com você, ok? Então, vamos ao pequeno tutorial! 1# - Contrate um domínio para seu blog Nada de .blogspot, .wordpress, .wix ou o diabo gratuito que escolher. Você quer ganhar dinheiro com a internet? Então, alugue um domínio profissional. Nada mais lindo, limpo e sério do que ter um site.com, .com.br, .net, .org ou algo do gênero. Se você pensa que o preço é absurdo, fique sossegado, pois não precisará pagar nada além de R$ 2,50 por mês. Verdade! São apenas 30 reais por ano, para ter um domínio profissional e que seja condizente com o seu projeto. Você pode colocar o seunome.com, caso deseje ganhar notoriedade; nomecriativo.com, para fixar na mente das pessoas; ou palavrachave.com, no caso de querer trabalhar especificamente com um assunto. Não é bem uma receita de bolo; você pode dar o nome que quiser para o seu domínio. Mas o apelo é para você pagar 30 reais por ano, a fim de ter algo mais profissional. Esse valor citado pode ser encontrado na Hostgator, empresa que eu utilizo para aluguel dos domínios. Clique aqui e alugue seu domínio 2# - Hospede seu blog em uma empresa Com o domínio em mãos, você precisará coloca-lo no ar, por meio de uma hospedagem. Também não é nada muito complicado assim. Eu também utilizo a Hostgator, para deixar tudo em um único polo e ter menos trabalho. O preço da hospedagem também não é nada exorbitante: apenas R$ 9,90 por mês. Então, somando, você terá um gasto de R$ 12,40 por mês, ou R$ 0,41 por dia, para colocar um blog profissional no ar. Além disso, quando ele estiver operando, facilmente você pagará esse investimento e tirará lucros bem mais altos. Quem não tem (ou não quer) gastar R$ 12,40 por mês com internet, dificilmente terá resultados satisfatórios. Clique aqui e conheça mais sobre a hospedagem
  7. 7. 3# - Configure o seu blog Essa é a parte mais difícil, por assim dizer. Agora, é preciso configurar todo o seu blog, desde template, plugin até publicações e muito mais. O mais complicado disso tudo é configurar de modo que você consiga lucros no futuro, ou seja, algo profissional mesmo. Aqui, fica difícil eu falar. Gastaria mais de 1 livro somente para explicar o mais básico de tudo. É trabalhoso, sim, não vou negar. Afinal, o que é fácil nessa vida? Estou sendo completamente honesto com você nesse eBook, pois quero ver você caindo na real. Chega de dinheiro fácil, isso não existe. Lembra quando eu citei o Gustavo Freitas? É nesse tópico que eu passo a bola para ele. Problogger há 5 anos, ele é ex-professor universitário e ex-servidor público. Largou ambos para se dedicar exclusivamente à internet. Em todo esse tempo, já teve dezenas de blogs e hoje é um dos mais famosos blogueiros de toda a língua portuguesa (Brasil e Portugal). Caso tenha dúvidas, coloque seu nome no Google e veja a sua reputação. Sabendo que muitas pessoas têm dificuldades em criar blogs, o Gustavo desenvolveu um curso ensinando homens e mulheres de todas as idades e rendas a criar blogs lucrativos. No curso, eu digo que ele explicou de tal modo que até criança entende, pois foram muitas imagens e vocabulário extremamente simples. Mas antes, eu gostaria que você assistisse ao vídeo em que ele mostra os 6 erros que TODOS cometem ao tentar ganhar dinheiro com blogs. Assim, você já começará seu trabalho, evitando esses equívocos tão costumeiros, mas dolorosos. Assista ao vídeo clicando aqui Estamos apenas no primeiro capítulo do eBook, hein? Mas esse é o mais importante, pois é o pilar. Não dá para colocar as outras estratégias e planos em prática, sem ter um blog bem estabelecido, para ser o suporte de tudo. Qualquer dúvida, você já sabe. Basta me mandar um email! Responderei com o maior prazer. Política de Transparência do Victor Palandi  Eu sou cliente da Hostgator. Tenho domínios e plano de hospedagem na empresa.  Eu assisti ao vídeo do Gustavo Freitas sobre os 6 erros que TODOS cometem ao tentar ganhar dinheiro com blogs.
  8. 8. Pásso 2 – Criár Conteudo de Quálidáde O segundo passo para você começar a construir o seu império na internet é resolver a questão do conteúdo. As pessoas tentam trocar os pés pelas mãos o tempo todo; falam sobre ganhar dinheiro na internet, lucrar, viver da renda e toda essa ladainha que conhecemos, mas se esquecem dos tijolinhos disso tudo. É impossível ter qualquer tipo de sucesso, sem trabalhar com conteúdo de qualidade. IM- POS-SÍ-VEL. Simples assim. Perceba que o cara que está querendo te vender algo, oferece valor a ti, de alguma maneira, ou seja, te fornece conhecimento. Em seu negócio, você deve fazer o mesmo. E da maneira como achar melhor. Eu gosto bastante de escrever, pois é uma forma que eu me achei de explicar tudo o que eu desejo, de maneira controlada, direta e sem grandes equívocos. No entanto, há quem não goste, e prefira criar vídeos. Independente de qual forma achar melhor, o importante é você trazer um diferencial na vida dos visitantes do seu blog. Por isso, é preciso estudar sobre o assunto que deseja trabalhar! Eu vou ser chato aqui, mas a verdade é que você precisa fugir do assunto que gosta. E por que digo isso? Simples: para distanciar do hobby. Alguns vão dizer: “Mas ao fazer o que gostamos, nos destacamos!”. E tem razão! Eu não discordo disso. Mas há uma grande diferença entre utilizar o que você gosta com inteligência e abrir um blog para escrever as abobrinhas que gosta. Pense em seu projeto como um negócio. Ele precisa gerar renda, devolver o investimento e trazer um retorno de capital contínuo. Isso pode ser possível mesmo tratando como hobby, mas é mais difícil. Se você focar com seriedade em assuntos que você ache que serão mais promissores, certamente terá mais chances de sucesso. Eu tenho projetos que acho bastante tosco, na minha visão. São coisas que eu não ligo e nem sabia do que se tratavam, até eu abrir o blog. E eles são rentáveis! Carro, por exemplo, é um nicho com boa rentabilidade no Google AdSense (Explicaremos em breve), e eu trabalho com ele, por essa razão, não porquê eu gosto, realmente. Bom, acho que esse ponto ficou claro. Então, vamos voltar ao foco. Mesmo você trabalhando com algo que não seja da sua área de conhecimento, o esforço se faz necessário. Estudar, para trazer mais conteúdo de valor aos seus visitantes, é fundamental! Mais do que isso: a maneira como você aborda os assuntos em seu blog também faz a diferença. Vou dividir esse capítulo em algumas partes, para facilitar ao máximo o seu entendimento. Desligue-se do que esteja fazendo, pois vai ser necessária bastante atenção!
  9. 9. Conteúdo em Texto O mais famoso meio de divulgar conhecimento é por textos. Os artigos presentes em milhões de blogs espalhados por todo o Mundo comprovam a sua eficácia! Portanto, funciona muito bem, e deve ser utilizado. Caso você não seja tão bom com as palavras, tem a possibilidade de contratar redator freelancer, mas isso implicará em maiores custos. O ideal é que você dê um jeito e se vire nos 30! De qualquer forma, escrever por escrever não funciona para nada. Eu vejo pessoas que iniciam seus projetos, escrevem meia dúzia de textos porcarias e ainda reclamam que não têm visualizações. Meu amigo, existem milhares de blogs sobre o mesmo assunto que o seu! Você precisa ser melhor que todos eles, simples assim. Além disso, precisa facilitar para ser encontrado. Abaixo, você verá as duas maneiras mais eficientes para geração de visitas aos seus blogs. Ambas funcionam muito bem e podem ser utilizados em conjunto! Então, entenderá porque escrever por escrever é perda de tempo. Ganhar visibilidade no Google Chamada de visita orgânica, os visitantes provenientes do Google são os melhores para o seu negócio. Eles são os que estão mais propensos a comprar de sua loja, ler seus artigos, ver seus vídeos e tomar qualquer tipo de ação (Curtir sua página, assinar sua lista, comentar, etc). No entanto, o caminho é complicado. A concorrência está bastante grande e engolindo a todos, diariamente. Portanto, além de escrever com qualidade, precisa redigir de forma que o Google encontre seu texto e o coloque em uma boa posição nas buscas. O nome disso é SEO (Search Engine Optimization). Eu não sou nenhum perito nessa arte e o intuito desse livro não é falar sobre tal, mas darei algumas dicas para você compreender o que ele significa na prática. Utilize o Google AdWords Uma pessoa que deseja descobrir sobre como criar filhos, provavelmente escreverá “como criar filhos” na barra de buscas do Google. É lógico e intuitivo! Isso significa que você terá muito mais sucesso se trabalhar em prol dessa palavra-chave, entende? Mesmo que o seu texto fale sobre como criar filhos, se você não expuser esse termo no título e ao longo do texto, dificilmente o Google saberá que o seu artigo é o ideal para a pessoa que está pesquisando. Ajude-o! Para descobrir quais são os termos mais buscados, a nossa dica (de ) é que você acesse o Google AdWords. Essa ferramenta é utilizada pelos anunciantes. Eles escolhem os termos dos quais desejam ver seus anúncios sendo veiculados, para atingir o público certo. Ele traz o número de pesquisa para diversas palavras-chave. Basta que você escreva lá o que está relacionado ao seu nicho, e saberá exatamente o que as pessoas estão buscando e a quantidade de buscas.
  10. 10. Por exemplo, se você abrir um blog no nicho de criação de filhos, pode jogar termos como “filhos”, “criar filhos”, “crianças”, “cuidar de crianças” e muito mais. Todas as palavras que forem aparecendo, você salva em um bloco de notas. Então, ao fim, terá uma lista com os assuntos buscados pelas pessoas, e já escreverá voltado para elas. A recomendação máster é que você escreva para um público, pois escrever esperando que haja um público é tentar achar agulha em palheiro, e pode dar errado. Viralização nas Redes Sociais Outra maneira de conseguir muitas visitas é por meio das redes sociais. Hoje, não há uma pessoa com acesso à internet que não tenha uma conta sequer no G+, Facebook ou Twitter! Logo, elas viraram um ótimo meio de atingir o seu público-alvo. O Facebook é o mais rentável dentre todos. Graças às páginas e grupos, a possibilidade de atingir milhões de pessoas é instantânea. No entanto, precisa colocar a mão no bolso e pagar. Vale a pena? Vale! Mas é preciso saber trabalhar com marketing digital, antes de sair gastando os tubos. A forma gratuita de gerar visitas por meio das redes sociais é viralizando. O que isso significa? Transformar o seu conteúdo em um post que seja compartilhado por centenas ou milhares de pessoas! Essa divulgação gratuita permite que muitas pessoas cheguem ao seu projeto de uma hora para a outra. Seja inovador! Para tornar o seu texto, viral, a melhor maneira é inovando. Escrever mais do mesmo não fará com que as pessoas compartilhem com os amigos, não é mesmo? Tente se lembrar dos últimos conteúdos que você publicou em seu mural. Provavelmente tinha algum texto muito legal, fora do normal ou com um assunto atípico ou bem explorado. Enfim, ter sucesso aqui é um pouco complicado. Afinal, não é sempre que estamos inspirados para criar um texto que seja tão lido e adorado pelas pessoas. Mas recomendo que nunca pare de tentar! Sempre que criar algum artigo fora do comum, coloque uma sementinha no Facebook e Twitter. Algumas delas vão crescer e criar galhos em milhares de perfis; outras ficarão estagnadas, mas você não terá perdido nada. Exemplo: Eu Um exemplo de profissional que trabalha com conteúdo em texto e obtém sucesso sou eu mesmo. Modéstia à parte, minha caminhada e destaque na internet se deu pela produção de textos. Estou há anos nesse mercado e sempre adquirindo novas experiências. Minha vontade era me tornar jornalista, por isso me especializei em WebWriting (e agora estudando CopyWriting). Eu escrevi um eBook sobre produção de conteúdo para internet. Seu nome é “Redator de Sucesso”, e eu entrego gratuitamente. Você tem a oportunidade de lê-lo sem pagar nada! Falando em viral, esse livro foi recomendado pelo Vitamina Publicitária, uma das maiores
  11. 11. páginas e sites da internet sobre publicidade do Brasil, além de aparecer em uma série de outros blogs [Escreva “Redator de Sucesso” no Google para constatar]. Clique aqui e faça o download do Redator de Sucesso Conteúdo em Vídeo Um dos profissionais mais bem-sucedidos do Brasil no campo da internet é o Érico Rocha. Ele gerou muitos milhões de reais com sua perspicácia e tino para negócios. O mais interessante é que ele não tem muita intimidade com a língua portuguesa (ele mesmo assume), mas compensa com a sua capacidade em fazer vídeos realmente muito bons. Em algum momento, o Érico disse que nunca entregou nada escrito à sua audiência. Todos os produtos foram em vídeos, o que mostra como essa estratégia pode ser muito lucrativa. Vale ressaltar que ele sempre investiu em tráfego pago. Logo, sempre gastou um alto volume financeiro em seus negócios. Vídeos são muito bons, mas existe maior dificuldade para conseguir boas colocações no Google, por exemplo. Texto + Vídeo = Combinação Perfeita Por isso, uma das melhores estratégias para otimizar os seus negócios é combinar vídeos com textos. Uma pesquisa mostrou que páginas as quais contém ambos conseguem maior destaque no Google! Além disso, muitas pessoas têm preguiça de ler, não é verdade? Ou, então, acha monótono demais. Nesses casos, o vídeo vai ser perfeito para agarrar esse visitante, e fazer com que ele goste de você. Outro ponto positivo é a empatia. O Érico Rocha está gravando vídeos todos os dias, para seus seguidores. Todo santo dia, lá está ele falando alguma coisa, levando de 5 a 10 minutos. Eu assisto à grande maioria, e posso dizer que, naturalmente, criei empatia com ele. Nem o conheço, mas essa atitude aumenta a minha confiança nele e as chances de eu adquirir algum de seus produtos. Percebe? Tanto textos quanto vídeos têm seus pontos negativos e positivos, mas utilizando ambos ao mesmo tempo, você só terá a ganhar em seu blog. Você pode gravar vídeos expondo o seu rosto ou apenas utilizando slides e narrando, o que é bem interessante também. + Dinheiro = Blogs + YouTube O bom dos vídeos, também, é que o blog pode faturar em dobro. Como assim? Com artigos, você monetiza junto aos parágrafos. Agora, se você utiliza vídeos junto com os textos, poderá monetizar as gravações, também! Isso porque o YouTube permite que você coloque anúncios antes de iniciar seu filminho ou durante do vídeo, no rodapé. Quanto mais visualizações você obtiver, maiores serão seus faturamentos!
  12. 12. Exemplo: Michael Oliveira Um exemplo de profissional especializado em video marketing é o Michael Oliveira. Famoso em todo o Brasil, ele é exemplo em excelência quando falamos em monetização de vídeos. Seus projetos faturam milhares e milhares de reais, portanto, sua experiência é exemplar. O seu estúdio é lindo! De fato, não há ninguém no Brasil com suas qualidades em edição e marketing por meio de vídeos. Fera, mesmo. Por isso, o seu curso “Como Ganhar Dinheiro no YouTube” é um dos mais vendidos do país. Obviamente, todos que desejam aprender sobre video marketing já vão direto ao mestre, e ele entrega tudo o que propõe a ensinar. Caso deseja aprender mais sobre conteúdo em vídeo, conheça o material do Michael Oliveira. Clique aqui e veja o curso Como Ganhar Dinheiro no Youtube Política de Transparência do Victor Palandi  O eBook Redator de Sucesso é meu e eu entrego gratuitamente, de fato.  Não sou aluno do Michael Oliveira. O texto foi baseado em entrevistas, artigos e vídeos que assisti.
  13. 13. Pásso 3 – Monetizár seu conteudo com Google Adsense Chegamos, enfim, ao passo que todos gostam: dinheiro. O mais engraçado é que as pessoas costumam pular o começo e chegar direto aqui, pois só pensam em lucrar, lucrar e lucrar. No entanto, sem uma base sólida, fica difícil, de fato, ganhar dinheiro na internet. Um blog bonito, com boa usabilidade, bem organizado é fundamental, assim como um conteúdo enriquecedor, bem escrito e variado, para satisfazer os anseios dos visitantes. Apenas com ambos trabalhando muito bem, você é capaz de ganhar dinheiro de verdade com ele. Por isso, a monetização ficou para o passo 3 e se estenderá até o passo 4, totalizando dois módulos com duas maneiras diferentes de lucrar na internet. A verdade é que não existe um melhor ou pior: tudo depende de cada blogueiro. Então, vamos começar. O passo 3 aborda a monetização do seu blog a partir do programa de afiliados mais famoso do Mundo, o Google Adsense. Ele existe há muito tempo e faz parte de uma das maiores empresas de tecnologia do planeta, portanto, sua magnitude e sua qualidade são grandiosas. O que é o Google Adsense? O Google Adsense é uma plataforma de veiculação de anúncios publicitários que permite aos blogueiros colocarem blocos de propaganda em seus artigos e/ou vídeos. Ele funciona da seguinte maneira: uma empresa automotiva cria um anúncio para seu carro e pede para que o mesmo seja veiculado em sites de automóveis, para atingir o público ideal para o seu negócio. Você tem um blog de sedans, por exemplo, então, automaticamente, ao inserir o anúncio, o Google veicula a propaganda do carro em seu site. Dessa maneira, todos saem ganhando: a empresa, com a publicidade; o Google, com uma porcentagem do investimento; e você, com a porcentagem restante. Por ser uma empresa estadunidense, o pagamento é em dólar, o que ajuda ainda mais você a aumentar sua lucratividade. E o mais legal de tudo é que ele funciona de uma maneira bastante simples: ao se cadastrar na plataforma, você escolhe o tamanho do bloco de anúncios que deseja e o Google já cria rapidamente um código para você inserir em seu blog. Basta colocar, e pronto: o próprio sistema escolhe as propagandas que vão ao ar. Como funciona o pagamento no Google Adsense? Como eu já falei, a contagem é feita em dólar, que depois é convertido para real, e você sai ganhando o dobro do que viu no painel. Mas como surge o dinheiro na sua conta? Simples: ao colocar o anúncio, as pessoas verão e poderão ou não clicar sobre ele. Quando isso acontece, automaticamente é contabilizado um clique para você, assim como um determinado valor monetário.
  14. 14. Aqui é a parte mais difícil de entender: quanto ganharei por clique? Ninguém é capaz de responder ao certo. O Google troca os anunciantes dos blocos constantemente, visando maior lucro e maior segmentação. Resumindo: a montadora de carros que pagar mais pelo seu espaço ganhará a oportunidade de aparecer em seu blog automotivo naquele momento. Portanto, ela pode ter pagado 10 centavos ou 1 real pelo clique, e isso incidirá diretamente no quanto você vai receber. Por isso, existem nichos, ou seja, assuntos de blogs que pagam mais caro por clique recebido. Eles são as famosas galinhas dos ovos de ouro, mas não são tão fáceis de serem descobertos ou são muito concorridos. Um bom exemplo é o nicho de seguros. Todos que estão na internet há algum tempinho sabem que seguradoras pagam muito bem por clique efetuado. No entanto, pesquise no Google alguns termos de seguro (Seguro auto, seguro casa, seguro família, etc). Você perceberá que os primeiros resultados são de sites de seguradoras, muito difíceis de serem batidos. Logo, você pode abrir um site de seguros, mas será complicado conseguir visitantes para eles, por conta da concorrência matadora. Mas voltando ao sistema de pagamento do Google. Até agora, falei que é em dólar, por clique no anúncio e com valor variado, dependendo do anúncio que aparecer e do quanto a empresa pagou por ele. Outro ponto importante de ser dito é a necessidade das visualizações. Um clique no Adsense rende “pouco”: de 20 a 60 centavos de reais, em média. Por isso, o que realmente importa é o volume de cliques. Multiplique esse número por 100 vezes, e você chegará em 20~60 reais. Consiga esse valor por dia, e você terá mais de um salário mínimo por mês, talvez até o dobro ou mais. Logo, você tem que trabalhar pensando nas visitações, pois os cliques saem como consequência. No entanto, você já deve ter sacado que não adianta colocar os anúncios no rodapé da página, pois nenhum santo vai clicar neles, não é verdade? Você deve coloca-los no topo, nos lugares mais vistos, para que eles não passem despercebidos. Uma dica muito comum é de colocar um quadrado na primeira dobra da página, ou seja, no topo, sem que a pessoa precise descer a barra de rolagem para vê-lo. Para medir a efetividade do local do anúncio, você pode utilizar o CTR como base. Ele nada mais é do que uma porcentagem que mostra quantos cliques ocorre a cada 100 visualizações. Quanto maior o número, mais dinheiro para você. O mesmo acontece com o outro fator: RPM. Ele expressa em dólares quanto você está ganhando a cada 1000 visualizações. Para tal, ele utiliza o custo por clique médio (CPC) junto ao CTR. Por exemplo, se você tem CTR de 1% (1 clique a cada 100 visualizações) e cada clique está rendendo, em média, US$ 0,13, seu RPM será de US$ 1,30, pois é o que você ganha a cada 1000 visualizações com esses dados. Ele varia bastante, mas serve como medida para comparações.
  15. 15. É possível ganhar muito dinheiro com Google Adsense? Essa é uma pergunta que muitos iniciantes fazem quando conhecem o programa ou quando veem aquelas propagandas mentirosas milagrosas que dizem: “Dona de casa ganha 3 mil reais com o Google trabalhando 3 horas por dia em casa”. Respondendo de maneira concisa, é possível, sim, ganhar muito dinheiro com Google Adsense. Mas o que é “muito”? Isso varia de pessoa para pessoa. Um profissional que ganha um salário mínimo por mês talvez ache “muito” ganhar o dobro com o Adsense em seus blogs. Outros querem que “muito” seja 50 mil reais. Eu não estou aqui para enganar ninguém. O Google Adsense é uma ferramenta fantástica e muito fácil de ser utilizada. O mais difícil, no entanto, está em conseguir visitas, pois a concorrência entre os blogs está grande e os famosos portais estão monopolizando. De todo modo, ao realizar os dois primeiros passos com excelência, você, invariavelmente, conseguirá tráfego suficiente para conseguir uma boa fonte de renda com seus blogs. Ainda hoje há pessoas que ganham muito dinheiro com o Adsense. Um deles é o Jonathan Taioba. Ele é um empreendedor digital, dono de diversos sites e projetos, onde utiliza o Adsense como fonte de renda. Ele é considerado um dos principais entendedores de Google Adsense do Brasil, faturando 4 dígitos por dia com o sistema. Isso dá dezenas de milhares de reais por mês. Eu joguei a bola e te mostrei como é o Google Adsense e como ele funciona, mas eu não tenho cacife para te ajudar a ganhar tanto dinheiro assim. Por isso, se você quer aprender as manhas e ouvir os conselhos do Taioba, recomendo que assista ao vídeo que ele está divulgando na internet. O Segredos do Adsense ensinou milhares de pessoas a terem sucesso com o Google Adsense, e você pode ser o próximo. Reserve alguns minutinhos do seu dia para ver o vídeo e entender um pouco do que ele faz para lucrar tão alto. Clique aqui para assistir ao vídeo do Jonathan Taioba Política de Transparência do Victor Palandi  Eu utilizo o Google Adsense em meus projetos.  Eu já assisti ao vídeo gratuito do Jonathan Taioba sobre o Google Adsense.
  16. 16. Pásso 4 – Gánhár dinheiro sendo áfiliádo Agora, na contramão do Google Adsense, há a venda de infoprodutos, a grande febre do momento que vai, sem dúvida nenhuma, crescer ainda mais nos próximos anos. A verdade é que o Brasil ainda está atrasado nesse quesito. A popularização da internet foi tardia e marcada por muitos golpes: pessoas tentando roubar senha e números do cartão de crédito. O resultado foi que as pessoas ficaram com medo de comprar online. Além disso, nem todas os brasileiros tinham acesso, o que diminuía o volume de investimento em marketing por parte das empresas. Hoje, vivenciamos um tempo de mudanças. Pessoas de todas as idades estão utilizando a internet para ganhar dinheiro. Uns têm o intuito de complementar a renda, enquanto outros buscam na web o seu trabalho formal. Dessa maneira, mais pessoas estão realizando compras na internet, passando o cartão de crédito sem tanto medo e utilizando a web diariamente, a todo o momento. Inevitavelmente, a venda de produtos informatizados também cresceu, ou seja, os cursos online, eBooks e vídeos passaram a ser vendidos de uma maneira muito mais contundente. Para aproveitar esse mercado, nasceram os infoprodutores. O que são eles? Pessoas, como eu e você, que viram na internet a oportunidade de ganhar dinheiro ensinando outras pessoas. Por exemplo, um profissional de contabilidade pode criar um curso sobre o assunto, e vender às pessoas que desejam aprender sobre tal. As facilidades são muitas:  O investimento é zero;  Sem pressão;  Fácil de desenvolver;  Fácil de atingir o público interessado... Então, todos que detém algum conhecimento decidiram mostra-lo ao público, nascendo, assim, um mercado bastante aquecido de infoprodutos. Essa introdução toda foi para chegar até aqui: você tem a oportunidade de lucrar sobre os produtos das outras pessoas. O que é ser um afiliado? Mesmo que você não tenha conhecimento sobre alguma área, você pode ganhar dinheiro. Como? Vendendo o produto dos infoprodutores. Funciona da seguinte maneira: Eu crio um curso sobre emagrecimento. Você tem um blog sobre saúde em geral, com uma boa audiência. O que a gente faz? Uma espécie de parceria. Você apresenta o meu curso para os seus visitantes e, em troca, recebe uma porcentagem pelas vendas.
  17. 17. Supondo que o meu curso custe R$ 100, eu posso te pagar R$ 50 por cada venda que conseguir realizar. Nós dois saímos ganhando, pois eu não teria acesso aos seus visitantes, se você não me ajudasse; e você não teria um produto tão bom para apresentar, se eu não tivesse criado. Além disso, uma terceira pessoa sai ganhando: o comprador, que, sem dúvida, passará a emagrecer graças ao meu curso. É disso que a internet precisa! Mais pessoas se ajudando, para que todas cheguem a um denominador comum, que é a felicidade. Resumindo: ser afiliado é vender o curso de outra pessoa, ganhando uma comissão sobre o valor total do produto. Acredite no que eu digo: há pessoas que faturam milhares e milhares de reais apenas fazendo isso. Como ser um afiliado de sucesso? Ser um afiliado de sucesso demanda dedicação. Sim, não há outra palavra, porque não é uma tarefa difícil, não, mas é complexa. Envolve uma série de conhecimentos que devem ser utilizados de maneira conjunta, para que o resultado seja o melhor possível. Eu vou abordar alguns dos principais pontos relacionados à afiliação, de modo que você compreenda um pouco desse extenso universo do Marketing Digital. A ideia aqui é sanar suas principais dúvidas, para que saiba exatamente como procurar aquilo que deseja. Vamos lá! Blogs x E-mail Marketing As duas melhores maneiras de trabalhar como afiliado é tendo blog e trabalhando com e-mail marketing. O lado bom é que ambos combinam muito bem, o que aumenta a sua chance de ter sucesso. Os blogs servem, basicamente, para atrair os visitantes. Eles leem sobre o assunto, se interessam e ficam mais propensos a comprar o infoproduto. Já o e-mail marketing serve para você não perder essa propensão. A pessoa tá querendo, mas você sabe como é, né? Contas para pagar, um pouco de desconfiança e tal. No entanto, pode ser que amanhã ela tome a decisão de adquiri-lo, logo, se você tem o e-mail dela, pode manter esse contato e ajuda-la a fazer a melhor escolha na hora certa. Clique aqui para aprender sobre e-mail marketing Eu friso bem isso: ajudar o cliente. Muitas pessoas olham apenas para as comissões e o dinheiro, e se esquecem de que há uma pessoa que investiu naquilo que você recomendou. Por isso, é importante que você se afilie apenas aos melhores eBooks, vídeos ou cursos, de modo a não decepcionar ninguém, ok? Voltando, para não perder o foco... Com os blogs, então, você terá leitores que gostarão do seu texto, colocarão seu endereço eletrônica na tua caixa de e-mail marketing e você manterá um contato bem direto, para ajuda-la no que for preciso.
  18. 18. Essa fórmula é simples, percebe? E bastante eficaz! No entanto, para ter esses passos sendo seguidos, você precisa de visitantes. Sem audiência, não tem como conseguir o e-mail das pessoas, muito menos vender algum infoproduto. E é nesse ponto que o tráfego se divide em dois: gratuito e pago. Eu vou abordar cada um deles abaixo. Espero que você entenda melhor! Tráfego gratuito Esse é o tipo de tráfego que todos desejam. Não precisa pagar nada, é extremamente qualificado e tem a capacidade de enriquecer. Perfeito, não é? E é mesmo! No entanto, para conseguir é muito complicado. Esse tipo de tráfego acontece por meio do Google, Facebook, Twitter e todos que você não precisa colocar a mão no bolso. O melhor de todos é do Google, mas também é o mais difícil. Pense comigo: há 10 resultados na primeira página do buscador e existem milhares e milhares de sites muito similares. Apenas uma ínfima parcela consegue ficar nessa seleção! Além disso, para complicar ainda mais, as pessoas costumam clicar nos primeiros resultados... E quais costumam ser eles? Portais, Wikipédia, Youtube, não é mesmo? Logo, está realmente difícil conseguir visitas pelo Google. Outro tráfego muito bom é pelo Facebook por meio das Páginas de Fãs. Ele estava bombando, fantástico e muito lucrativo, até que o Mark cortou o alcance das páginas, o que diminuiu drasticamente o retorno. Por exemplo, uma página de 1 milhão de fãs hoje pode colocar apenas 5 mil pessoas no site da pessoa, o que é bem menos que antigamente. O ponto positivo é que são gratuitos. Se você conseguir o primeiro resultado no Google, terá muitos acessos sem precisar pagar nada; e se tiver uma boa página no Facebook, terá acessos gratuitos também. A desvantagem, além da dificuldade, é o tempo em si. Demora para colocar um artigo na primeira página do Google, quem dirá colocar entre os primeiros! Isso sem contar que um texto só não faz verão; é preciso ter vários artigos bem colocados para gerar resultados. Quanto ao Facebook, criar uma página de 1 milhão de fãs demora muito tempo, o que acaba diminuindo sua atratividade. Tráfego pago O tráfego pago, em contrapartida, está sendo muito utilizado para venda de infoprodutos, tanto por parte do infoprodutor quanto por parte do afiliado. E as razões são as mais diversas! A principal delas é a velocidade com a qual os resultados aparecem. No tráfego gratuito, você tem que esperar, esperar e esperar. Já com o tráfego pago, não. Os visitantes surgem no mesmo instante que a sua campanha vai ao ar, o que acelera os ganhos. Outro ponto positivo é a possibilidade de faturar mais alto. Você investiria 1 mil reais agora mesmo? Não dá para responder de maneira inteligente sem saber qual será o ROI esperado, ou seja, o retorno sobre o investimento. Se você investir 1 mil reais e ganhar 2 mil reais, vale a pena, não?
  19. 19. Por isso, o tráfego pago vem ganhando um grande espaço. Todavia, ainda é um objeto pouco clarificado. As pessoas tem aversão ao risco. Perceba: você fica feliz por muito mais tempo quando ganha 500 reais ou triste por muito mais tempo quando perde 500 reais? A sensação de perda é muito mais forte do que a sensação de felicidade, então, preferimos não correr o risco de “fracassar” do que de ter “sucesso”. Mas se você estudar o suficiente para gerar lucros com o tráfego pago, certamente terá resultados muito mais espetaculares. Quer um exemplo? O Romualdo Cronemberger, um dos principais nomes de afiliação do Brasil, foi o afiliado que mais vendeu um curso chamado “Fórmula de Lançamento”. Ele mandou cerca de 800 pessoas para a lista de e-mail marketing do Érico Rocha, o infoprodutor. Se nós calcularmos que ele gastou, por exemplo, 1 real com cada pessoa da lista, terá investido 800 reais. Mas vamos chutar mais alto, supor que ele investiu 10 reais por cada uma dessas pessoas, então, terá pago 8 mil reais. Parece muito? Ele faturou 100 mil reais em 1 semana com o Fórmula de Lançamento. Não é brincadeira, não! Agora vamos imaginar se ele tivesse feito um blog, esperado o Google indexar, colocar na primeira página e tudo mais. Daria tempo? Melhor: ele conseguiria lucrar tudo isso? Então, muitas vezes nem sempre o gratuito é a melhor opção. Eu recomendo que você trabalhe com ambos ao mesmo tempo. Crie um blog e espere por tráfego gratuito. No entanto, não dependa dele. Invista em tráfego pago, para ter resultados imediatos. Pense sempre no ROI, e o sucesso será inevitável. Outro afiliado de muito sucesso é uma mulher. Ela se chama Cris Franklin, e é um dos principais nomes da área. Sua capacidade em gerar resultados com tráfego pago também é espetacular, fruto de muita experiência que ela adquiriu ao longo dos anos. Eles sabem como trabalhar com Facebook Ads, Google AdWords e compra de anúncios em blogs. Por isso, juntos decidiram ensinar as pessoas tudo que descobriram ao longo do tempo. O objetivo deles é fazer com que os espectadores de seu vídeo faturem entre R$ 50 e R$ 500 por dia sendo afiliados e utilizando tráfego pago. O nome dessa iniciativa é Top Afiliados, justamente porque eles são top afiliados e querem que você seja também. O vídeo está disponível no site deles, e você pode conferir agora mesmo. Clique aqui para assistir ao vídeo do Top Afiliados A venda de infoprodutos é o futuro da internet Mundial, então, se você quer ter um negócio honesto e de sucesso na internet, é preciso trabalhar com esse mercado. A afiliação é o melhor meio de começar, pois você pega um produto de qualidade já feito e apresenta para sua audiência, seja por meio de blog ou e-mail marketing. Além disso, os resultados são rápidos e muito lucrativos, principalmente se você aprender a gerar tráfego pago. No entanto, o gratuito também pode te ajudar bastante, principalmente se o seu projeto já tiver um longo tempo de estrada.
  20. 20. Utilizando o Google Adsense e a afiliação em seus projetos online, o céu é o limite para você estabelecer uma renda em casa de maneira séria e segura, sem nenhuma pilantragem, que é o mais importante de tudo isso. Política de Transparência do Victor Palandi  Eu sou afiliado.  Eu já assisti ao vídeo gratuito do Top Afiliados.
  21. 21. Pásso 5 – Criár o seu proprio infoproduto Vamos recapitular: você abre um blog, coloca conteúdo de qualidade, monetiza esse conteúdo com Adsense e produtos como afiliado, e trabalha com e-mail marketing para segurar os visitantes. Até o passo 4, você já seria capaz de ganhar dinheiro na internet calmamente. No entanto, você pode aumentar ainda mais seus resultados trabalhando com um produto próprio! E os motivos são muitos:  Liberdade nas vendas;  Escolha do preço;  Interação com clientes;  Notoriedade na área de atuação;  Desenvolvimento da didática. Os 5 motivos acima mostram o quão enriquecedor é trabalhar com um infoproduto próprio. Por isso, se você nunca cogitou essa ideia, eu estou aqui para mostrar a você esse universo, assim como provar que você é mais do que capacitado para criar um infoproduto. Como funciona a criação de um eBook? Tudo na internet se resume em bytes, ou seja, não existe nada material, é tudo digital. Isso significa muitas coisas, dentre elas que as vendas em bytes não precisam de estoque físico, o que já elimina uma grande dor de cabeça. Outro ponto é que os produtos informatizados cortam os custos. Vamos colocar esses dois fatores em um exemplo. Uma editora de livros físicos precisa ter um estoque para guardar todas as suas obras, não é verdade? Uma editora de eBooks, não. Ela publica e guarda no próprio servidor. Quando há uma compra, a editora de livros físicos precisa de um funcionário para levar até o local de entrega. Já a editora de eBooks, não. A compra é feita, a liberação do livro digital é automática e não é necessário ninguém intermediando. Percebe como esse é o futuro? O próprio Google está levando ao mundo a ideia dos eBooks, que vem sendo muito aceita. Estatísticas e notícias mostram a satisfação dos livros digitais por parte das pessoas, principalmente porque o número de detentores de tablets e smartphones está crescendo exponencialmente. Um bom exemplo de como esse mercado tem tudo para dar certo é o nascimento de uma biblioteca nos Estados Unidos da América composta por milhares de livros... digitais! Sim, eles instalaram diversas centrais com monitores, onde a pessoa escolhe a obra e a lê digitalmente. Pouparam espaço, cortaram muitos custos e enriqueceram com mais cultura!
  22. 22. A criação de um eBook acontece por meio de uma simples página do Word. Não existe segredo! Você digita e salva, assim como eu estou fazendo nesse exato momento. Isso que você está lendo é um livro digital, que não me custou dinheiro algum, apenas tempo. Então, você escreve e salva como PDF, para depois lançar ao mercado e esperar as vendas. Parece tão simples, mas vamos com calma... Esse processo é assim mesmo, mas há diversos pontos nessa reta que merecem destaque. Como criar um eBook de Sucesso? Digitar no Word é fácil, e transformar em PDF, mais ainda. Mas o que escrever em seu livro? Essa é uma questão complexa de se responder. A verdade é que existem metodologias para criação de livros, de modo que a pessoa possa criar 10, 20, 30 ou 40 obras durante sua carreira, sem grandes esforços. Veja que os grandes escritores da História já escreveram muitos livros. O mais interessante é que muitos deles acabam se tornando best-sellers, repetindo o feito várias vezes, mostrando que não foi sorte. Isso significa que eles são gênios? Longe disso! Eles apenas entenderam como é essa tal metodologia para escrever livro seguido de livro, e todos com muita qualidade. Resumindo para você entender melhor, a criação de livros se assemelha a fazer bolo. Você tem uma receita e sabe que ela funciona muito bem. O que você pode fazer? Bolo atrás de bolo, sempre com muita qualidade. Troca o recheio, a cobertura, mas mantém o cerne da receita imutável. O mesmo acontece com os livros. Eu sou, por exemplo, um psicólogo especializado em idosos. Em vez de criar um único produto sobre psicologia para terceira idade, eu ramifico esse assunto em 10 temas:  Como controlar o nervosismo;  Seja feliz aos 70 anos de idade;  Mantenha sua confiança inabalável;  Dê um fim às dores em 10 dias;  E assim por diante... Então, eu começo a produzir. Crio uma “receita” e escrevo todos dentro do mesmo molde. É esse o segredo para desenvolver vários cursos repletos de informações valiosas, sem se estressar. Assim, poderei multiplicar meus ganhos e ajudar meus leitores de uma forma muito mais completa e eficaz. Qualquer pessoa pode criar eBooks? Sim! Não há outra resposta mais clara para essa pergunta. A verdade é que todos nós somos bons em alguma coisa, não importa o grau de escolaridade, idade ou profissão; sempre temos algum conhecimento que nos diferencia das outras pessoas.
  23. 23. Eu costumo dar dois exemplos para elucidar essa questão: um pedreiro e uma dona de casa, duas profissões que são marginalizadas pela população. Ambos são extremamente capazes de criar infoprodutos de muito sucesso. Sabe por quê? Simples: eles detêm conhecimentos que são raros. Muitos homens não têm tempo de treinar as habilidades manuais com as ferramentas, ou, então, não têm conhecimento suficiente sobre os equipamentos e produtos utilizados. Já as mulheres, por trabalharem o dia todo fora de casa, em muitos casos, podem se interessar em aprender a lavar e passar roupa, limpar a casa e cuidar dos filhos, com muito mais agilidade. Resumindo, ambos podem lançar cursos em suas respectivas áreas, ensinando esses públicos- alvo que descrevi acima. Perceba como essas duas profissões que são vistas com maus olhos pelos brasileiros podem se tornar ótimos instrumentos de utilização no mundo dos infoprodutos. O melhor de tudo é que o pedreiro pode criar seu curso durante a noite e sem investir um único centavo, assim como a dona de casa. Não há pré-requisitos e todos podem ter sucesso! Um bom exemplo disso é o Fabiano Silva. Ele era instrutor de autoescola como qualquer outro. Então, percebeu que muitas pessoas tinham medo de dirigir. Com muita frequência, ele ajudava seus alunos a dar a volta por cima, então, viu a chance de criar um curso sobre isso. Assim nasceu um dos principais infoprodutos do Brasil, que vendeu milhares de cópias e deixou-o rico. Crie um eBook de Sucesso em 30 Dias! Ao desenvolver o seu próprio infoproduto, você poderá trabalhar com afiliação, Adsense e seu curso, criando assim uma base mais estável em seus negócios, ramificando suas fontes de renda e adquirindo outro patamar na internet. A boa notícia é que você pode criar um eBook de sucesso em apenas 30 dias. Eu decidi oferecer uma série de dicas gratuitas, muito mais completas do que você viu até aqui, para que as pessoas possam adquirir independência financeira. Eu mostro qual é essa tal receita de bolo, para desenvolver dezenas de livros e cursos ao longo da carreira. Muitas pessoas atestaram minha metodologia e vêm utilizando no dia a dia. Você também pode se beneficiar dela! Clique aqui e receba minhas dicas gratuitas para criar seu eBook E assim encerramos o nosso livro... Ou não?! Eu decidi dar mais um capítulo para você. Esse bônus está espetacular e vai te mostrar uma pessoa que lucra de verdade utilizando os 5 passos que eu descrevi até o momento. Então, fique comigo mais um pouquinho! Política de Transparência do Victor Palandi  O Crie um eBook de Sucesso em 30 Dias foi desenvolvido por mim.
  24. 24. Bonus – Alex Várgás: o empreendedor digitál que fáturá R$50.000 por mes Eu falei todos os 5 passos para você ganhar dinheiro na internet, mas apenas colocar as informações na teoria não ajuda ninguém. Talvez, até o momento, você tenha ficado com dúvidas, desconfiança ou achado que é tudo besteira. Eu sou uma pessoa que ganha dinheiro dessa forma, mas o meu exemplo pode não ser o suficiente para você acreditar em mim. Então, o ideal é trazer outras pessoas que faturam com o sistema que eu te falei. Não há uma figura melhor para ilustrar isso do que o Alex Vargas, um dos mais bem-sucedidos empreendedores digitais do Brasil. O moço hoje fatura mais de dezenas de milhares de reais por mês aplicando os 5 passos que eu descrevi ao longo desse livro. Isso serve de inspiração para todos nós, que ansiamos por um faturamento anual de 6 ou 7 dígitos. Então, conhecendo um pouco de sua história e conferindo as suas dicas, nós ficaremos aptos a crescer e chegar ao tamanho do sucesso que merecemos. Vamos entender melhor a trajetória do Alex Vargas! Passo 1 – Criar um blog O primeiro passo, ou seja, a melhor maneira de sentir o que é a internet é criando um blog. E o Alex Vargas não pulou essa etapa: boa parte de seu sucesso hoje é proveniente dessa dica. Ele apresenta cerca de 40 blogs em sua empresa, todas com alto desempenho e apresentando boa lucratividade. A grande virtude disso é que esses 40 projetos ficam online 24 horas por dia e 7 dias por semana. Logo, trazem lucros a todo o momento, sem precisar trabalhar ativamente neles todos os dias. Os blogs, então, permitem que ele tenha todo um suporte para desenvolver as outras áreas dos passos seguintes. E melhor do que isso: seus ovos estão em várias cestas. Você já ouviu a expressão mais famosa das finanças pessoais? “Não deixe todos os ovos na mesma cesta”. Se você tem um blog só, ele pode apresentar um problema e te falir. Se você tiver 40 blogs, as chances de todos apresentarem problemas ao mesmo tempo são mínimas. Faça como o Alex: ramifique, aposte em vários projetos. Mas cuidado: não fique aflito e afobado demais. É preciso saber como trabalhar com vários blogs simultaneamente. Se você não tem um profissional de qualidade para te instruir, nem tente!
  25. 25. Passo 2 – Criar conteúdo de qualidade O segundo passo aborda a criação de conteúdo de qualidade. Eu sou especialista em conteúdo para web, assim como o Alex Vargas. E posso te dizer que ele é fera! Desenvolveu uns truques e técnicas que estão repercutindo bastante na internet. Ele assegura que escreve textos de qualidade em minutos, seguindo passos simples. Isso quebra aquele tabu que eu sempre bato na tecla, em todos os meus vídeos e textos, de que criar artigos muito bons requer um dom; com treinamento e técnicas adequadas, qualquer pessoa é capaz. O Alex também é muito bom com vídeos, responsáveis por mais da metade do seu faturamento. Pense comigo: você acha que ele ganharia tanto dinheiro se não entregasse valor às pessoas? Ele só consegue audiência qualificada para seus blogs, porque tem textos e vídeos qualificados para tal. Tudo está intimamente ligado! Na internet, não tem como fingir ser bom; ou é ou não é. O seu faturamento está intimamente ligado à sua habilidade em entregar conhecimento aos seus leitores. Passo 3 - Monetizar seu conteúdo com Google Adsense Lembra que eu falei que o Google Adsense é o mais famoso programa de afiliados do Mundo? Foi levantado que ele gera bilhões de dólares anualmente! Uma ínfima parcela disso já é o suficiente para vivermos felizes. O Alex Vargas é um profissional de internet que utiliza o Adsense, obviamente. E ele fatura um valor bastante interessante, apesar de não ser a sua principal fonte de renda. Como eu já expliquei, é preciso muito tráfego para lucrar com essa plataforma, então, são poucos que conseguem gerar muito dinheiro. E como “muito” é relativo, eu deixo a você uma imagem de um dos faturamentos do Alex com o Google Adsense: Mais de 5 mil reais por mês não é nada mal, concorda? É mais do que a média salarial brasileira, e isso somente com os seus anúncios de Adsense. O que eu quero mostrar é que a possibilidade de lucrar com o Google é real! Basta ter dedicação e perseverança, para não desistir e lutar pelo seu espaço.
  26. 26. Passo 4 - Ganhar dinheiro sendo afiliado Esse é o ponto que levou o Alex Vargas a faturar dezenas de milhares de reais mensalmente. A venda de infoprodutos está enriquecendo muitas pessoas e é uma realidade já. Ninguém ainda se acostumou com a ideia de que é possível ganhar tanto dinheiro na internet, por isso tudo anda meio obscuro. De todo modo, a vantagem da afiliação sobre o Adsense é o volume de visitas necessário para trazer lucros. Uma única pessoa que visitar seu blog pode te gerar 100 reais, por exemplo, porque ela pode comprar o produto em questão. Com o Google Adsense, o máximo que você pode ganhar é 1 real, a partir de 1 clique. Percebe como são opostos bem diferentes? Um blog com 1000 visitas diárias pode fazer 200 reais por dia, por exemplo, ou até mais. Agora, imagina ele, que tem 40 blogs de alta performance? Os resultados estão em suas duas contas abaixo:
  27. 27. Isso mostra que eu, você ou qualquer outra pessoa pode trabalhar como afiliado e ganhar dinheiro na internet. Ele era um brasileiro esforçado como nós, que teve a dedicação de ir atrás do próprio sonho: liberdade tempo e espaço. Utilizando seus blogs e tráfego pago, pôde chegar a valores muito bons e extremamente merecedores! Passo 5 - Criar o seu próprio infoproduto Por fim, após alcançar os valores acima, ganhar dezenas de milhares de reais por mês e se tornar um empreendedor digital bem-sucedido, ele desenvolveu seu primeiro infoproduto. Escreveu um livro onde mostra o que fez para alcançar tais valores. Ele criou esse eBook grátis, que já foi lido por milhares de pessoas, e também um vídeo gratuito, para ajudar ainda mais. O seu conhecimento é tão grande, que ele é capaz de criar muitos outros vídeos e livros com o que sabe! Saiba que você também pode ler e assistir aos seus infoprodutos gratuitamente. Para tal, tudo que precisa fazer é entrar em seu site: Clique aqui para baixar o eBook e assistir ao vídeo gratuito Conclusão Esse capítulo bônus teve como intuito mostrar a você que muito mais do que teoria, todos os passos que eu te mostrei funcionam na prática. Os resultados sólidos e constantes dificilmente aparecerão de uma hora para a outra, mas como todo negócio, ele se desenvolverá com o tempo. Só quero fazer um alerta de que tudo que eu falei aqui é voltado para quem quer empreender digitalmente e que realmente gosta disso. Eu costumo lidar diariamente com pessoas que estão adentrando na web, e o que eu percebo é que elas fazem por desespero ou em busca de dinheiro fácil. Isso não vai funcionar!
  28. 28. Você tem que enxergar tudo que eu disse até aqui de maneira séria e profissional. É como se você fosse abrir um shopping, loja física ou estabelecimento comercial, mas na internet. Não é porque está na web que as regras são diferentes. Espero que tenha gostado da nossa jornada e que esse eBook tenha te ajudado a se aproximar dos resultados que tanto deseja. Qualquer dúvida ou sugestão, mande-me um e-mail: victorpalandi@gmail.com. Um grande abraço e até breve! Política de Transparência do Victor Palandi  Eu li o eBook gratuito do Alex Vargas  Eu assisti ao vídeo gratuito do Alex Vargas Calma aí... Eu tenho uma surpresa para você! Continue lendo...
  29. 29. Adquirá quálquer curso e gánhe 1 bonus ESPECIAL! Ao longo desse livro, fui explicando variados conceitos e dando diversas dicas, mostrando o caminho para você ganhar dinheiro na internet. Em alguns momentos, eu mostrei alguns vídeos e eBooks que complementam o que eu explico. Esses materiais gratuitos fazem parte de cursos muito mais completos e enriquecedores, como você já deve ter percebido. Então, se o seu objetivo de verdade é estabelecer um negócio de sucesso na internet, eu aconselho você a investir nisso. Perceba que durante a nossa vida, nós investimento em vários momentos. A faculdade é o exemplo mais claro! Pagamos mais de 50 mil reais por um curso de graduação, para ficarmos capacitados a exercer a profissão. Na internet, não existe tal necessidade por um diploma, o que é ótimo, pois todos têm a capacidade e o direito de faturar. Além disso, por aqui, a experiência conta bastante e não precisamos de um diploma para provar às pessoas que realmente entendemos do que falamos. E isso nos dá liberdade para investir naquilo que realmente queremos aprender, sem aquela necessidade descabida por diploma. Na faculdade, aprendemos muita coisa que não faz sentido algum e que pode ser que nem usemos no mercado de trabalho. Ao contrário do empreendedorismo digital, em que escolhemos o que queremos estudar, sabendo que aquilo realmente nos ajudará. O que eu quero mostrar é que você pode investir pouco dinheiro na internet e receber muito mais no futuro. Os materiais que inseri ao longo desse livro são de extrema qualidade e impulsionaram os resultados de dezenas de milhares de pessoas! Mas eu também quero te ajudar... Ao adquirir QUALQUER curso, de qualquer um dos links que eu recomendei nesse livro, você receberá um material de minha autoria GRATUITAMENTE. É um bônus im-per-dí-vel, que vai te ajudar a ter resultados ainda melhores. Esse bônus que eu vou te enviar é surpresa, mas tenho certeza que vai te deixar extremamente contente. Ele, individualmente, poderia custar mais de R$ 150. O bônus está ligado ao que falamos por aqui, portanto, impulsionará os seus resultados. Para exemplificar, é o seguinte:  Você clica agora mesmo no link do curso que você deseja adquirir que está nesse livro;  Realiza a compra;  Quando o pagamento cair e você receber o curso, entre em contato comigo victorpalandi@gmail.com;
  30. 30.  Eu respondo a sua mensagem com o meu bônus! Simples, rápido e sem estresse. Você sabe quem eu sou e que comigo é tudo preto no branco. Então, se você ficou interessado por algum curso desse livro, não perca essa oportunidade! Será 2 em 1. Desejo todo o sucesso do Mundo para você! Até a próxima...

×