O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

FGV DAPP - Open Data Index Rio: Discutindo transparência na gestão pública

539 visualizações

Publicada em

Open Data Index Rio: Discutindo transparência na gestão pública.

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas (FGV DAPP) em parceria com a Open Knowledge Brasil (OKBR), lança a primeira edição do “Índice de Dados Abertos para Cidades – Rio de Janeiro”. O levantamento é uma ferramenta de avaliação e identificação de gargalos, de forma a orientar os municípios em relação ao aprimoramento de suas políticas de dados abertos.
Confira a matéria do FGV Notícias sobre o lançamento do Open Data Index Rio: http://bit.ly/2pLNd8W

Evento na íntegra:
YouTube - http://bit.ly/2pOyDvm
Facebook - http://bit.ly/2pe0BPi

Os relatórios do Índice de Dados Abertos 2017 para o Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, iniciativa fruto da parceria entre a FGV DAPP - Diretoria de Análise de Políticas Públicas e a Open Knowledge Brasil - Rede pelo Conhecimento Livre, estão disponíveis nos links a seguir:

#ODIBrasil – bit.ly/2qDSM7m
#ODISaoPaulo – bit.ly/2pLkPnf
#ODIRio – bit.ly/2pCV5sR

Publicada em: Governo e ONGs
  • Seja o primeiro a comentar

FGV DAPP - Open Data Index Rio: Discutindo transparência na gestão pública

  1. 1. ÍNDICE
 DEDADOS
 ABERTOS
 PARA CIDADESRiodeJaneiro
  2. 2. A FGV/DAPP
 A parceria FGV/DAPP e OKBr O Open Data Index Resultados do Índice Rio de Janeiro Recomendações Conclusão SUMÁRIO1. 2. 3. 4. 5. 6.
  3. 3. AFGV/DAPP1.
  4. 4. APARCERIA FGV/DAPPEOKBR 2.
  5. 5. Levantamento das Informações para avaliação do Brasil Concretização do ODI para cidades Aplicação em São Paulo e Rio de Janeiro 
 Objetivo: avaliar o estado da política de dados abertos dos municípios e provê-los com ferramentas para aprimorar tal política
  6. 6. OOPENDATAINDEX3.
  7. 7. DIMENSÕES ◦ Mapas da cidade
 ◦ Leis em vigor
 ◦ Limites administrativos
 ◦ Concentração de Poluentes
 ◦ Qualidade da Água ◦ Previsão do Tempo
 ◦ Registro de Empresas
 ◦ Propriedade da Terra
 ◦ Gastos Públicos

  8. 8. ◦ Orçamento Público
 ◦ Resultados Eleitorais
 ◦ Estatísticas Socioeconômicas
 ◦ Localizações ◦ Compras Públicas DIMENSÕES ◦ Atividade Legislativa
 ◦ Escolas Públicas
 ◦ Estatística do Crime
 ◦ Transporte Público
  9. 9. CRITÉRIOS ◦ Declaração de licença dos dados
 ◦ Livre acessibilidade
 ◦ Disponibilidade dos dados sem custos financeiros ◦ Download completo da base
 ◦ Atualização
 ◦ Formatos abertos ◦ Completude da base
 ◦ Facilidade de uso da base
 ◦ Facilidade de se encontrar os dados
  10. 10. OODI RIODEJANEIROhttp://br-cities.survey.okfn.org/place/rj
  11. 11. 4.RESULTADOS DOÍNDICE RIODEJANEIRO
  12. 12. AAVALIAÇÃODOODIDE2016 PARARIODEJANEIROINDICA UMAPONTUAÇÃODE 27%dosbancosdedadosavaliados (5de18)foramconsideradosabertos 80%
  13. 13. Qualidade da água Registro de Empresas Orçamento Público Gastos Públicos Resultados Eleitorais Estatísticas Socioeconômicas Leis em Vigor Limites Administrativos Atividade Legislativa Escolas Públicas Previsão do Tempo Transporte Público Mapas da Cidade Estatísticas criminais Localizações Concentração de Poluentes Compras Públicas Executivo Executivo Executivo Executivo Municipal Estadual Executivo Executivo Executivo Executivo Municipal Municipal Federal Federal Municipal Federal Municipal Federal Executivo Executivo Legislativo Executivo 6 1 1 1 1 2 2 2 2 Executivo Executivo Executivo Executivo Executivo Municipal Estadual Municipal Municipal Municipal Municipal Municipal 5 4 4 3 3 3 RANKING 1 2 5 6 7 3 4 DIMENSÕES DO ÍNDICE GARGALOS ENCONTRADOS PODER RESPONSÁVEL NÍVEL FEDERATIVO 0 0 COMPARAÇÃO DASDIMENSÕES
  14. 14. FREQUÊNCIA DEIDENTIFICAÇÃO DEPROBLEMAS RANKING 1 2 3 4 5 6 GARGALOS MAPEADOS FREQUENCIA DE IDENTIFICAÇÃO DOS GARGALOS Dificuldade de trabalhar dados Licença não transparente Download da base completa indisponível Desatualizado Dataset incompleto Dificuldade de localizar dados Indisponibilidade de formato aberto Acesso restrito 9 8 8 6 4 3 1 1 ˆ
  15. 15. Em geral, encontramos proporcionalmente mais problemas de usabilidade do que de processo USABILIDADEEPROCESSO USABILIDADE PROCESSO Dataset incompleto Acesso restrito Dificuldade de trabalhar dados Licença não transparente Dificuldade de localizar dadosDataset desatualizado Download da base completa indisponível Indisponibilidade de formato aberto
  16. 16. PRIORIDADES DATASETS ACESSO RESTRITO DATASET INCOMPLETO Localizações NA NA Previsão do Tempo Transporte Público Registro de Empresas Propriedade de Terra Concentração de Poluentes Qualidade da Água 1 1 1 1 1 11 0 0 0 0 0 NA NA as de Disponibilizado pela Prefeitura Disponibilizado por outros entes 11
  17. 17. 5.RECOMENDAÇÕES
  18. 18. BOASPRÁTICAS Estatísticas Criminais: consolidação das informações em um único portal com alto grau de granularidade. A ferramenta é intuitiva e os dados estão sempre atualizados. bases completas, atualizadas, em formatos abertos, com clareza nos metadados e licenças de uso, fáceis de encontrar e transformar em análises.
  19. 19. FOCODEATENÇÃO Dentre as bases encontradas, a que apresentou maior incidência de problemas foi a de Qualidade da Água: Processo Dificuldade para localizar informações
 Download da base completa indisponível Usabilidade Incompletude do dataset
 Indisponibilidade de dados em formato aberto (PDF)
 
 Dados desatualizados
 Dificuldades na usabilidade dos dados z
  20. 20. SINCRONIZAÇÃODAS DIMENSÕESDOÍNDICE Padronização das formas de entrega e apresentação dos dados e metadados Desenho de estratégias de atuação para toda a administração pública municipal
 Atualização do portal municipal de transparência data.rio com a inclusão das bases identificadas Integração com portal dados.gov.br do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão
  21. 21. PLANOMUNICIPAL DEDADOSABERTOS Subsidiar diretrizes estratégicas de fomento aos dados abertos municipais com insumos do relatório ODI
  22. 22. IMPLEMENTAÇÃODEFORMAS INOVADORASDEAPRESENTAÇÃO DASINFORMAÇÕES Metodologia de visualização de dados
  23. 23. 6.CONCLUSÃO
  24. 24. EFEITOSINTERNOS Gestão mais eficiente Instrumento de cobrança de resultados das unidades EFEITOSEXTERNOS Accountability e controle social Retorno da sociedade civil Imagem e referência internacional

×