Reprodução%20 humana[1]

2.148 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
152
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reprodução%20 humana[1]

  1. 1. SISTEMA REPRODUTOR HUMANO
  2. 2. SISTEMA REPRODUTOR
  3. 3. Uretra Epidídimo Testículo Escroto Vesícula Seminal Próstata Pénis Canal Deferente Escroto Pénis Orifício da Uretra SISTEMA REPRODUTOR
  4. 4. Vesícula Seminal Próstata Escroto Testículo Epidídimo Uretra Pénis Canal Deferente SISTEMA REPRODUTOR
  5. 5. SISTEMA REPRODUTOR Tipo Órgãos Caracterização e funções Gónodas ou Glândulas Sexuais Testículos Produzem os espermatozóides e estão situados no escroto; Vias Genitais Epidídimos Responsáveis pelo armazenamento e maturação dos espermatozóides; Canais Deferentes São muito delgados e conduzem os espermatozóides dos testículos às vesículas seminais. Uretra Canal de condução da urina e do esperma para o exterior;
  6. 6. SISTEMA REPRODUTOR Tipo Órgãos Caracterização e funções Glândulas Anexas Vesículas Seminais Produzem uma secreção nutritiva para a sobrevivência dos espermatozóides; Próstata Produz o líquido prostático - secreção que facilita o movimento dos espermatozóides; Juntamente com a secreção das vesículas seminais formam o esperma. Órgãos Sexuais Externos Pénis Órgão Sexual responsável pela expulsão do esperma e da urina. Escroto Espécie de bolsa cuja função é a de proteger os testículos que se encontram no seu interior;
  7. 7. SISTEMA REPRODUTOR
  8. 8. SISTEMA REPRODUTOR
  9. 9. Ovário Vagina Útero Trompa de Falópio SISTEMA REPRODUTOR
  10. 10. Trompa de Falópio Ovário Útero Uretra Vagina SISTEMA REPRODUTOR
  11. 11. SISTEMA REPRODUTOR Tipo Órgãos Caracterização e Funções Gónodas ou Glândulas Sexuais Ovários São do tamanho de uma amêndoa e neles se produzem os óvulos. Vias Genitais Trompas de Falópio São ovidutos, ou seja, conduzem os óvulos ao útero. Nas Trompas de Falópio ocorre a Fecundação. Útero É do tamanho de uma pêra, oco, de paredes muito musculadas e elásticas. Tem como função o acolhimento do novo ser durante o tempo de gestação. Vagina Tem como função receber o pénis durante a penetração, onde é depositado o esperma. Permite a passagem do fluxo menstrual para o exterior e permite o nascimento.
  12. 12. SISTEMA REPRODUTOR Tipo Órgãos Caracterização e Funções Órgãos Sexuais Externos Vulva Orifício Genital - Conexão da vagina para o exterior por onde é libertado o fluxo menstrual e a saída da criança durante o parto; Orifício Urinário – por onde é expulsa a urina; Clitóris – proporciona à mulher prazer sexual; Lábios superiores e inferiores – protegem a vagina de infecções bacterianas e ajudam na lubrificação;
  13. 13. SISTEMA REPRODUTOR
  14. 14. OVULAÇÃO <ul><li>A ovulação ocorre quando um óvulo maduro é libertado do ovário e lançado pela trompa de Falópio, encontrando-se assim disponível para ser fertilizado. A parede do útero fica mais espessa e coberta com uma mucosa protectora para se preparar para fertilizar o óvulo. Se não existir fecundação a mucosa da parede uterina irá ser expulsa. </li></ul>
  15. 15. MENSTRUAÇÃO <ul><li>Depois da ovulação, as hormonas transformam o endométrio (&quot;forro&quot; do útero) que se torna mais espesso, com muitos vasos sanguíneos. Estas transformações têm como objectivo preparar o útero para receber o ovo (óvulo fertilizado). Esta é a fase da &quot; preparação do ninho &quot; para o início de uma gravidez. </li></ul><ul><li>Se não houver uma gravidez , </li></ul><ul><li>rompem-se e soltam-se os vasos </li></ul><ul><li>sanguíneos do endométrio, começa a </li></ul><ul><li>hemorragia e ocorre a menstruação . </li></ul><ul><li>Pode durar entre 2 e 7 dias. </li></ul>
  16. 16. FECUNDAÇÃO <ul><li>Dos cerca de 90 milhões de espermatozóides que se encontram numa ejaculação, entre 300 a 500 chegam às trompas e apenas um deles irá fecundar o óvulo. Os espermatozóides chegam ao óvulo em menos de 15 minutos. </li></ul><ul><li>Se durante a relação sexual um espermatozóide encontra um óvulo nas trompas de Falópio e se une a ele, produz-se a fecundação . </li></ul>
  17. 17. NIDAÇÃO <ul><li>O ovo desloca-se ao longo da trompa de Falópio demorando entre 5 a 7 dias a atingir a parede uterina. Neste trajecto podem observar-se vários estados apresentados pelo embrião nesse período de tempo que decorre desde o estado de ovo até à implantação no endométrio – nidação . </li></ul>
  18. 18. EVOLUÇÃO DO OVO <ul><li>O ovo ao desenvolver-se, não dá somente origem ao embrião. O endométrio fica mais espesso e origina os anexos embrionários indispensáveis para o crescimento e desenvolvimento de um novo ser ao longo dos nove meses seguintes - gravidez . </li></ul><ul><li>Tem a duração de cerca de 280 dias ou 40 semanas, podendo variar de mulher para mulher. </li></ul>
  19. 19. EVOLUÇÃO DO OVO <ul><li>Ao longo da gravidez, o único ponto de contacto entre mãe e filho é a placenta , que é uma espécie de placa muito irrigada onde terminam os vasos sanguíneos do cordão umbilical . É através da placenta e do cordão umbilical que o embrião recebe nutrientes mas também liberta os seus produtos de excreção. </li></ul><ul><li>A protecção contra os choques e dissecação é assegurada pelo âmnio e líquido amniótico . </li></ul>
  20. 20. Desenvolvimento do embrião <ul><li>O desenvolvimento do embrião evolui ao longo de várias fases: </li></ul><ul><li>durante os primeiros dois meses começa a esboçar-se a formação dos diversos órgãos. </li></ul><ul><li>ao fim do 2º mês o embrião mede cerca de 3 cm e só pesa algumas dezenas de gramas); </li></ul><ul><li>4 semanas 8 semanas </li></ul>
  21. 21. Desenvolvimento do feto <ul><li>por volta do 3º mês apresenta membros e órgãos já definidos e aparenta mesmo forma humana. Nessa altura, o embrião passa a designar-se por feto . </li></ul><ul><li>O seu crescimento de 1,5 mm por dia é muito rápido, de tal modo, que se continuasse a crescer a esse ritmo após o nascimento atingiria, aos cinco anos de idade, os 3 metros de altura; </li></ul>
  22. 22. Desenvolvimento do feto <ul><li>do 3º ao 6º mês os órgãos completam a sua formação e o feto adquire proporções mais regulares, mantendo, contudo, a cabeça bastante volumosa. Os seus movimentos começam a ser sentidos pela mãe. </li></ul><ul><li>Feto com 5 meses </li></ul>
  23. 23. O parto <ul><li>por volta dos nove meses, o bebé, já totalmente formado, está pronto para nascer. </li></ul><ul><li>Tem lugar o parto. </li></ul>
  24. 24. Fases do parto <ul><li>Na primeira fase do parto o colo do útero alarga-se e, geralmente, dá-se a saída do líquido amniótico – é aquilo a que vulgarmente se chama o “rebentar das águas”. </li></ul>
  25. 25. Fases do parto - nascimento <ul><li>Em seguida, as paredes do útero começam a contrair-se cada vez com mais força, a frequência das contracções aumenta, o colo do útero e a vagina dilatam-se até que o feto, é expulso para o exterior. </li></ul>

×