FACULDADE DE TECNOLOGIA IBRATEC DE JOÃO PESSOA - IDEZ
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MARKETING DIGITAL
MARKETING DE CONTEÚDO: U...
2
Introdução
Na pesquisa "2013 Brazil Digital Future in Focus¹", dados apontam que
o maior público brasileiro na web são o...
3
1. O Surgimento da internet, das plataformas de redes sociais e o seu
crescimento no Brasil
Na década de 60, durante a G...
4
2. A ligação entre redes sociais e futebol no Brasil e no Mundo
Com a presença massiva dos brasileiros na internet e nas...
5
A Fan Page do Manchester United foi mais além e, ao perceber o
aumento na quantidade de fãs que tem português como língu...
6
estabelecida uma meta de 123 mil tweets. Ou seja, para liberar o novo site do
São Paulo, eram necessários 123 mil posts ...
7
3. Início do futebol em Pernambuco e história dos principais clubes
No início do século XX, era comum que jovens pernamb...
8
A partir daí, Sport e América revezaram o posto de campeão até o ano
de 1928, sendo 06 (seis) títulos para os rubro negr...
9
concluíram as obras de ampliação e a capacidade passou a ser de 20 mil
pessoas. Em 1953 houve novo mutirão visando o cin...
10
parcela dos torcedores é atingida e impactada por estratégias de Marketing
Digital.
4. A comunicação entre as marcas e ...
11
Já de acordo com Felipe Teixeira, gerente de marketing do Náutico, em
2013 o clube passará por uma mudança no marketing...
12
charges do técnico e dos 11 (onze) jogadores escolhidos foi colocado no hall
de entrada da Ilha do Retiro.
O Sport tem ...
13
Pernambucano de 2010, totalizando 05 (cinco) jogos, sendo 03 (três) deles
contra o Sport e 02 (dois) contra o Santa Cru...
14
6 Conclusão
Foi realizado pelo site Only Esportes10
um levantamento sobre os 20
sites de times de futebol mais acessado...
15
Porém, apesar de o Sport ter ultrapassado os 180 mil likes, o Santa Cruz ter
alcançado os 45 mil e o Náutico ter conqui...
16
REFERÊNCIAS
ARPANET, disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/ARPANET>
História da internet, disponível em:
<http:/...
17
História do Sport Club do Recife, disponível em:
<http://www.sportrecife.com.br/clube/index.cf>
História do Sport Club ...
18
ANEXOS
ANEXO I - Entrevista realizada por email com Marcela Lima, Gerente de
Marketing do Sport Club do Recife em 2013....
19
ANEXO II – Entrevista com Felipe Teixeira, Gerente de Marketing do Clube
Náutico Capibaribe em 2013.
1. Quando o Nautic...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Marketing de conteúdo: estudo do uso de conteúdo como forma de interação no facebook, feita pelos times de futebol de pernambuco.

356 visualizações

Publicada em

Neste TCC do MBA em Marketing Digital, foi abordado o uso do conteúdo no Facebook por Sport Recife, Santa Cruz e Náutico como forma de interagir e se relacionar com o público.

Publicada em: Marketing
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
356
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marketing de conteúdo: estudo do uso de conteúdo como forma de interação no facebook, feita pelos times de futebol de pernambuco.

  1. 1. FACULDADE DE TECNOLOGIA IBRATEC DE JOÃO PESSOA - IDEZ CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MARKETING DIGITAL MARKETING DE CONTEÚDO: Um estudo dos diferentes usos de conteúdo como forma de interação no Facebook, feita por clubes de futebol de Pernambuco. Fernando Lemos Turza Ferreira ORIENTADOR: Ricardo Oliveira JOÃO PESSOA 2013
  2. 2. 2 Introdução Na pesquisa "2013 Brazil Digital Future in Focus¹", dados apontam que o maior público brasileiro na web são os jovens (18-24 são 18% e 25-34 são 30%) que passam, em média, 27 horas online por mês (maior envolvimento da américa latina). Destas 27 horas, 36% do tempo é de acesso às redes sociais, dentre as quais se destaca o Facebook, com 93% da preferência dos usuários. Somando-se à grande cobertura que o Facebook proporciona no Brasil, temos o futebol como principal esporte do país, sendo considerado a paixão nacional. É neste ambiente que se desenrola a ideia que mostra a importância dos diferentes usos de conteúdo como forma de interação no Facebook, feita por clubes de futebol de Pernambuco. Gerar conteúdo de boa qualidade é essencial para confirmar a efetividade do trabalho de Marketing de Relacionamento aplicado no ambiente digital. “O Marketing de Relacionamento tem como finalidade desenvolver e administrar relações de confiança e de longo prazo com os clientes” (Cobra, Marcos. 2010, p.11) ou no caso, com os torcedores. Clubes de futebol ao redor do mundo buscam aprimorar a comunicação feita pela internet a fim de atingir pessoas que possam vir a se tornar fãs, torcedores, sócios ou simpatizantes. E, é claro, fidelizar os que já o seguem, seja através da realização de campanhas de sócios ou veiculação de conteúdo exclusivo nas plataformas de redes sociais. O objetivo deste trabalho, por tanto, é analisar a presença dos times do futebol pernambucano através do conteúdo gerado e das suas ações de marketing digital executadas no Facebook. ___________________ 1 Pesquisa ComScore: “2013 Brazil Digital Future in Focus”. Disponível em: <http://www.comscore.com/por/Insights/Blog/Principais_tendencias_que_estao_moldando_o_c enario_digital_no_Brasil>
  3. 3. 3 1. O Surgimento da internet, das plataformas de redes sociais e o seu crescimento no Brasil Na década de 60, durante a Guerra Fria surgiu a ARPANet. Rede de compartilhamento de dados da ARPA (Advanced Research Projects Agency), um órgão do Departamento de Defesa dos Estados Unidos que acabou por tornar-se a precursora da internet. Tratava-se de uma rede de troca de informações que não fosse comprometida em caso de ataque soviético. A rede tinha como principal objetivo evitar a concentração de dados em um único lugar e interligar as bases militares e os departamentos de pesquisa, facilitando a troca de informações. Em 1969, algumas Universidades (Stanford, Santa Barbara e Utah), passaram a ter acesso à ARPANet. A internet chegou ao Brasil em 1988, através de um projeto de estabelecer contato com algumas universidades ao redor do mundo, dentre elas, as que faziam parte da ARPANet. O projeto tinha o nome de Bitnet (Because is Time do Network) e conectava a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa – SP) a um laboratório em Chicago. A partir de então, o crescimento da internet no Brasil tem sido estratosférico. Segundo pesquisa realizada pelo Ibope² em 2012, são mais de 94 milhões de internautas, o que, segundo informações veiculadas no site da revista INFO, fazem do Brasil o 5º país com maior quantidade de usuários conectados³. A febre do compartilhamento de informações nos sites de redes sociais teve início por volta de 2003, quando o Fotolog virou mania entre os jovens brasileiros. Em 2004, foi lançado o Orkut. Em Junho do mesmo ano, os brasileiros já eram maioria dentre o número de usuários, chegando a ultrapassar a marca dos 10 milhões. Também em 2004, foi criado o Facebook, mas esta plataforma de rede social só ultrapassou o Orkut em número de usuários no Brasil e no mundo, em 2011. ________________ 2 Pesquisa do IBOPE disponível em: <http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/paginas/acesso-a- internet-no-brasil-atinge-94-milhoes-de-pessoas.aspx> 3 Matéria Revista INFO disponível em: <http://info.abril.com.br/noticias/internet/brasil-e-o-quinto- pais-mais-conectado-do-mundo-22042012- 7.shl?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+NoticiasINFO- Internet+(Not%C3%ADcias+INFO+-+Internet)>
  4. 4. 4 2. A ligação entre redes sociais e futebol no Brasil e no Mundo Com a presença massiva dos brasileiros na internet e nas plataformas de redes sociais, as empresas passaram a prezar por uma comunicação estrategicamente planejada com o seu público alvo, pois “o uso corporativo das mídias sociais tem como intuito promover os produtos, agrupar os simpatizantes e promover ações de ativação que geram interação com os usuários.” (VITORINO, Marcelo. 2011)4 Gerar conteúdo de qualidade atrai a atenção do internauta e manter um relacionamento de interação faz com que o usuário se identifique ainda mais com o produto ou marca em questão. A necessidade de se comunicar com os torcedores passou a fazer parte da realidade dos times de futebol, que optaram por fazer uso das plataformas de redes sociais para difundir as suas mensagens. Segundo matéria no portal TechTudo5 , em 2011 o site português Futebol Finance, divulgou o “Futebol Facebook Rankings”, um estudo que aponta os times de futebol com maior quantidade de seguidores neste site de rede social. Na época, o Barcelona encabeçou a lista com mais de 20 milhões de fãs, seguido por Manchester United e Real Madrid, com 19,3 milhões e 18,9 milhões, respectivamente. Após nova análise das Fan Pages dos times citados, é possível perceber que o número de fãs do Barcelona dobrou e até Fevereiro de 2013, são mais de 40 milhões, enquanto o do Real Madrid supera a marca dos 36 milhões e o Manchester United, pouco mais de 31 milhões. O conteúdo postado nestas páginas também chama atenção. Os três clubes fazem uso de conteúdos exclusivos, como fotos de concentração e informações sobre os times e procuram pedir a opinião dos fãs, a fim de incentivar a interação. ____________________ 4 Artigo: “Presença digital: do briefing ao relatório”, disponível em: <http://www.slideshare.net/Circuito4x1/presena-digital-do-briefing-ao-relatrio-marcelo-vitorino- circuito4x1cgr> 5 Matéria “Os times de futebol mais populares da internet”, disponível em: http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2011/09/os-times-de-futebol-mais-populares- da-internet.html
  5. 5. 5 A Fan Page do Manchester United foi mais além e, ao perceber o aumento na quantidade de fãs que tem português como língua nativa, optou por fazer um post contemplando esse público em 20 de Fevereiro de 2013. A postagem foi a primeira de uma série e gerou mais de 600 curtidas e 650 comentários. Figura 1: Manchester faz postagem em português No Brasil há algumas ações de Marketing que se destacam no ambiente on-line. O São Paulo Futebol Clube foi um dos primeiro times brasileiros a lançar uma campanha efetiva em uma plataforma de rede social. Em 15 de março de 2011, deu início a uma campanha promovendo o lançamento do seu novo site no Twitter. Com o propósito de superar o maior público em jogos do São Paulo no estádio do Morubi (122.209 torcedores), foi _______________ Figura 1: Print do dia 22/02/2013. Disponível em: <http://www.facebook.com/manchesterunited>
  6. 6. 6 estabelecida uma meta de 123 mil tweets. Ou seja, para liberar o novo site do São Paulo, eram necessários 123 mil posts únicos com a expressão #NovoSiteSoberano. Devido ao engajamento dos torcedores são paulinos, rapidamente o assunto atingiu o topo dos trending topics mundial (assuntos mais falados do Twitter). Figura 2: Repercussão da ação de lançamento do novo site do São Paulo FC. O site Globoesporte.com inovou ao criar o torcidômetro6 , um aplicativo que mede a quantidade de torcedores que curtem as páginas no Facebook criadas pela Globo para cada time. Até Fevereiro de 2013, quem lidera o ranking é o Flamengo, com mais de 1 milhão de curtidas e em seguida, o Corinthians com 823 mil. Os times pernambucanos Sport (14º com 78 mil curtidas), Santa Cruz (16º com 50 mil curtidas) e Náutico (22º com 25 mil curtidas), estão entre os mais bem colocados. As Fan Pages oficiais dos clubes pernambucanos, entretanto, contam com uma quantidade de curtidas superior. Em Fevereiro de 2013, a do Sport7 alcança 167 mil, a do Santa Cruz8 tem 39.540 e a do Náutico9 24 mil. ____________________ 6 Torcidômetro está disponível em: <http://globoesporte.globo.com/futebol/torcidometro.html> 7 Fan page do Sport disponível em: <http://ww.facebook.com/sportclubdorecife > 8 Fan page do Santa Cruz disponível em: <http://wwwfacebook.com/santacruzpe> 9 Fan page do Náutico disponível em: <http://wwwfacebook.com/nauticope>
  7. 7. 7 3. Início do futebol em Pernambuco e história dos principais clubes No início do século XX, era comum que jovens pernambucanos frequentassem universidades na Inglaterra e foi com o regresso de um desses jovens que teve início a prática do esporte que, mais tarde viria a ser conhecido como paixão nacional. Guilherme de Aquino Fonseca, ao retornar para a cidade do Recife, em 1903, trouxe na bagagem o material necessário para a prática do esporte, tais como: bola, chuteiras e apitos. O jovem buscou o apoio do Clube Náutico Capibaribe, instituição fundada em 1901 por praticantes de remo, o esporte que contava com a participação dos jovens da cidade na época. A resposta foi negativa, mas Guilherme de Aquino não desistiu e depois de muita luta, em 13 de maio de 1905, foi fundado o Sport Club Recife. O primeiro time de futebol do estado de Pernambuco. O Sport adotou as cores vermelho e preto e carregava em seu escudo elementos que faziam alusão aos mais variados esportes, mas o brasão era muito complexo e não trazia consigo as cores do clube. Em 1919, após expedição pelo Pará, que tinha um cenário futebolístico mais desenvolvido e conquista do troféu Leão do Norte, o Sport passou a adotar o leão como mascote e utilizar as cores rubro negras no brasão. Em 1909, o Clube Náutico Capibaribe, na figura do então presidente Thomaz Comber, decidiu rever o seu estatuto e participar dos esportes terrestres. As cores adotadas foram o vermelho e o branco. Em referência às cores e ao bairro, o time ficara conhecido como alvirrubro dos Aflitos. O futebol passou a se popularizar entre a elite da cidade e em 1914, foi fundado o Santa Cruz Futebol Clube, sustentando justamente a ideia contrária, de que todos poderiam praticar o esporte e não apenas a elite. O seu primeiro uniforme foi estrategicamente escolhido para mostrar o ideal do clube. As cores branco e preto tinham como objetivo representar os adeptos de todas as raças, pois até então negros e mestiços eram proibidos de fazer parte do elenco dos demais times. Anos mais tarde o time incluiu o vermelho no uniforme e passou a ser conhecido como tricolor do Arruda. Em 1915 aconteceu o primeiro campeonato Pernambucano. Sport e Náutico se recusaram a participar, mas a disputa não deixou de acontecer e teve como campeão e vice o Flamengo do Recife e o Santa Cruz.
  8. 8. 8 A partir daí, Sport e América revezaram o posto de campeão até o ano de 1928, sendo 06 (seis) títulos para os rubro negros do Sport e 04 (quatro) para o alviverde América. Na década de 60, o time alvirrubro teve os seus anos de glória. Sagrou-se hexacampeão estadual, conquistando o título entre os anos de 1963 a 1968. Alcançou ainda o excelente vice campeonato brasileiro no ano de 1967, perdendo a final para o Palmeiras e tornando-se o primeiro time do Norte/Nordeste a participar de uma edição da Taça Libertadores da América, em 1968. Os anos 70 foram os anos áureos do Santa Cruz. Em 1972 inaugurou o seu estádio, em 1973 tornou-se pentacampeão estadual (a maior sequência do clube até então) e em 1975 conseguiu o seu melhor resultado no campeonato brasileiro da primeira divisão, chegando às semifinais após vencer o Palmeiras - SP nas oitavas de finais e o poderoso Flamengo – RJ nas quartas de finais. O Santa Cruz foi derrotado nas semi finais pelo Cruzeiro – MG, que mais tarde tornara-se vice campeão ao perder a disputa do título para o Internacional – RS. A partir da década de 90, foi a vez do Sport se destacar. O Sport, que já havia conquistado o título da primeira divisão em 1987 em um contestado campeonato que teve a ausência de Flamengo e Internacional das fases finais, sagrou-se campeão brasileiro da segunda divisão em 1990. Em âmbito estadual, até o final da década, o Sport ganhou 08 (oito) dos 11 (onze) títulos que foram disputados, sendo 05 (cinco) deles seguidos (de 1996 a 2000), alcançando o seu segundo pentacampeonato da história e contribuindo para o aumento de novos seguidores. 3.1Sport, Santa Cruz, Náutico e o poder de arrastar multidões Com o passar dos anos e o desenvolvimento do esporte em Pernambuco e em todo o território nacional, os clubes pernambucanos que passaram a se destacar foram Náutico, Sport e Santa Cruz. O Sport, mais uma vez mostrando-se pioneiro, inaugurou a sua sede social em 1937 e passou a mandar jogos no campo da Ilha do Retiro. Em 1950, indicado para sediar o jogo entre Chile e Estados Unidos pela Copa do Mundo que aconteceria no Brasil, a sede do Sport passou por sua primeira reforma. Em um verdadeiro mutirão, provando a paixão dos rubro negros, os torcedores
  9. 9. 9 concluíram as obras de ampliação e a capacidade passou a ser de 20 mil pessoas. Em 1953 houve novo mutirão visando o cinquentenário do clube que aconteceria em 1955. O então presidente, Adelmar da Costa Carvalho teve grande participação financeira nas obras. Em forma de gratidão, o estádio do Sport Club Recife passou a carregar o seu nome. Passadas várias reformas, o maior público já registrado foi de 56.875 pessoas, em jogo que valeu o tricampeonato pernambucano contra o Porto de Caruaru. A capacidade atual é de 35.000 pessoas. Em 1939 foi construído o estádio Eládio de Barros Carvalhos, que mais tarde viria a ser conhecido como Estádios dos Aflitos, devido ao bairro em que está localizado. O estádio dos Aflitos é a sede do Clube Náutico Capibaribe e hoje tem capacidade para 20 mil pessoas, mas o público recorde é de 31.065 em partida que terminou com empate de 2 a 2 entre Náutico e Sport, em 1968. Mesmo ano em que o Náutico sagrou-se hexacampeão estadual. Em 1943, o Santa Cruz, que já havia passado por vários bairros da cidade do Recife, decidiu fixar sede no bairro do Arruda. Em 1954, o clube deu início à construção da sua casa (estádio). O presidente, José do Rego Maciel, foi responsável por atrair investidores do Banco de Pernambuco - BANDEPE para viabilizar a obra do estádio e da sede social do clube. Em 1965 o estádio passou por sua primeira reforma. Na década de 70, em pleno governo militar, época de obras grandiosas como a construção do Maracanã (RJ), Mineirão (MG), Fonte Nova (BA) e Castelão (CE), o poder público visava construir um novo estádio em Pernambuco. José do Rego Maciel teve participação incisiva neste processo e conseguiu empréstimos junto ao BANDEPE para a ampliação do estádio do Santa Cruz. Assim como aconteceu com o Sport, a torcida tricolor participou da “Campanha do tijolo” onde, por meio de doações, contribuiu para ampliar o estádio que, mais tarde viria a carregar o nome do ex- presidente do clube. O estádio José do Rego Maciel ficou conhecido como “Mundão do Arruda” e o maior público já registrado foi de 96.200 pessoas em 1993, em jogo entre Brasil e Bolívia pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 1994. A partida terminou com uma goleada de 6 a 0 da seleção brasileira. Atualmente o estádio do Arruda tem capacidade para 60 mil pessoas. Enxergando a necessidade de se comunicar com a multidão de torcedores fanáticos e conquistar novos sócios, os clubes pernambucanos passam a investir em comunicação com o seu público alvo e uma importante
  10. 10. 10 parcela dos torcedores é atingida e impactada por estratégias de Marketing Digital. 4. A comunicação entre as marcas e o seu publico alvo na internet Ainda que o conteúdo televisivo atraia um alto número de espectadores no Brasil, a interação proporcionada é quase zero. Já na internet, os usuários deixaram de ser apenas espectadores e passaram a interagir com as marcas. O internauta também é gerador de conteúdo e formador de opinião. Ou seja, o público alvo não recebe passivamente o conteúdo direcionado a ele, mas pode fazer críticas positivas ou negativas. Agora, além de alvo, o público passa a ser um meio de comunicação e gerador de mídia, pois a tendência é compartilhar informações que concorde ou se identifique com a sua rede de amigos que tendem a seguir a mesma linha de raciocínio. Para manter uma comunicação efetiva com o público na internet, é necessário estar atento às ações de marketing de relacionamento, que tem como objetivo a conquista e a conversão do público. Para transformar o conteúdo gerado em engajamento, é preciso um conhecimento profundo do público que se relaciona com a marca e um programa contínuo de marketing de relacionamento. Como afirma Martha Gabriel, “ao invés de trabalhar apenas com campanhas isoladas, o ambiente digital permite criar plataformas contínuas de interação, que engajam o público e não apenas o atinge.” (GABRIEL, Martha. 2010, p.110) 5.1 Os clubes pernambucanos e os sites de redes sociais Sport e Náutico passaram a se preocupar com o que era dito por seus torcedores nos sites de redes sociais a partir de 2010, mas nenhum dos dois opta por utilizar o monitoramento das menções feitas aos clubes. Segundo Marcela Lima, gerente de Marketing do rubro negro, os responsáveis pelas postagens nos sites de redes sociais procuram utilizar uma linguagem que se aproxime do torcedor e o tipo de conteúdo que gera mais interação por parte dos usuários são fotos de bastidores, pós-jogos e alguns conteúdos exclusivos.
  11. 11. 11 Já de acordo com Felipe Teixeira, gerente de marketing do Náutico, em 2013 o clube passará por uma mudança no marketing esportivo digital, pois pela primeira vez terá uma verba específica para tal. No alvirrubro, os sites de redes sociais são alimentados tanto pelo marketing, quanto pela assessoria de imprensa. A linguagem utilizada depende do responsável pelo post. A assessoria cuida das postagens mais ligadas ao dia a dia do futebol profissional e dos esportes amadores, já o departamento de marketing faz atualizações com promoções e campanhas de incentivo ao torcedor. Em ambos os casos, os posts que geram maior interação por parte dos torcedores são os relacionados a brindes e promoções. Os clubes pernambucanos evoluíram em relação ao marketing e consequentemente ao Marketing Digital aplicado nos sites de redes sociais. De fevereiro a abril de 2013, é possível notar o crescimento do número de likes das Fan pages oficiais. 5.2 Os clubes pernambucanos e algumas ações de marketing vitoriosas Os clubes pernambucanos, buscando profissionalizar os departamentos de marketing, investiram na contratação de profissionais ao invés da nomeação de dirigentes, como era feito anteriormente. Em 2008, o Sport contratou a catarinense Kelli Jahn, que já havia trabalhado no Juventude (RS) e no Atlético (PR), para ser gerente de marketing. A partir de então, o clube passou a desenvolver ações estrategicamente planejadas pelo departamento de marketing, tais como distribuir nas arquibancadas bandeiras nas cores do clube e com a logo do fornecedor de material esportivo e campanhas de valorização dos sócios, visando aumentar o quadro de contribuintes do clube, bem como oferecer prioridades e regalias aos que aderissem à campanha. Com a profissionalização do marketing do Sport, surge uma campanha que interliga os meios ON e OFF-LINE. Em 2011, o departamento de marketing realizou uma pesquisa para formar a “Seleção histórica” do Sport. Após a apuração de mais de 200 mil votos por intermédio do Twitter, do site oficial e de urnas colocadas em dias de jogos, o time dos sonhos dos rubro negros foi apresentado em uma coletiva de imprensa. Um painel interativo com as
  12. 12. 12 charges do técnico e dos 11 (onze) jogadores escolhidos foi colocado no hall de entrada da Ilha do Retiro. O Sport tem evoluído e realizado algumas promoções nas plataformas de redes sociais que atraíram a atenção da torcida rubro negra e da mídia. Um exemplo é a campanha veiculada em 2012: “Doador Sport”. Foram desenvolvidos vários vídeos com mensagens de incentivo à doação de órgãos, além ainda de um aplicativo no Facebook onde os torcedores rubro negros podem criar as suas carteirinhas de doadores de órgãos. Figura 3: App da campanha “Doador Sport” Em 2010, o Náutico investiu em campanhas de marketing vitoriosas. O time da Rosa e Silva lançou a promoção do “Dia do alvirrubro”, onde os sócios poderiam ter um dia de lazer completo nas dependências do clube, além de visitar vestiários e conhecer jogadores. Em parceria com o patrocinador Shineray, eram realizados torneios de disputas de pênaltis ao longo do ano e no final, o vencedor faturava uma moto ou quadriciclo da marca. Outra ação de sucesso foi o “Vermelho de luta”. Criada pelo departamento de marketing em parceria com as Tintas Iquine, a campanha visava transformar o estádio em um caldeirão vermelho. Segundo o gerente de Marketing do Náutico, Felipe Teixeira, a campanha foi realizada na reta final do
  13. 13. 13 Pernambucano de 2010, totalizando 05 (cinco) jogos, sendo 03 (três) deles contra o Sport e 02 (dois) contra o Santa Cruz. A ideia foi simular um movimento vindo das maiores lideranças das arquibancadas. Na ocasião, a torcida fez uma campanha através das redes sociais, incentivando o time a jogar com o uniforme completamente vermelho, fazendo alusão ao trecho do hino do clube que diz: “Da união de duas cores mágicas, nasceu a força e a raça. Vermelho de luta, branco de paz.” A campanha teve repercussão e contou com a adesão da torcida, gerando posts espontâneos nas diveras plataformas de redes sociais, dentre elas o Twitter. Figura 4: Print da hashtag #vermelhodeluta A Iquine contratou um grupo de promotoras que pintava o rosto dos torcedores na entrada dos jogos. O jogador Derley, que tinha bastante identificação com o clube e com a torcida, chegou a aderir o movimento vindo das arquibancadas e entrar em campo com o rosto todo pintado de vermelho. Figura 5: Torcida alvirrubra adere à campanha #vermelhodeluta
  14. 14. 14 6 Conclusão Foi realizado pelo site Only Esportes10 um levantamento sobre os 20 sites de times de futebol mais acessados do país. O blog de esportes do jornal Diário de Pernambuco complementou o estudo e verificou a posição de Náutico e Santa Cruz no ranking nacional. O Sport aparece em 16º, sendo o primeiro representante do nordeste, já o Náutico, figura na 22ª posição, enquanto o Santa Cruz está em 35º. Este fato chama a atenção para a necessidade de um planejamento estratégico de marketing digital bem aplicado, pois é inegável o aumento da exposição dos clubes de futebol de todo o Brasil e também de Pernambuco, bem como do tempo que os usuários desprendem com as redes sociais. No estudo “O fanático por futebol11 ”, a agência TailTarget fez um levantamento de dados e mapeou as ações de um torcedor por 24 horas, mostrando que está sempre conectado e acessando informações do time de coração, independente da plataforma disponível, seja ela mobile, notebook ou desktop, ou da hora do dia. A internet é um ambiente onde o público, que antes era alvo, torna-se mídia e passa de mero receptor para crítico e (re)produtor de conteúdo. Portanto, é imprescindível gerar conteúdo de qualidade, a fim de provocar a interação deste público e fidelizá-lo para torná-lo advogado da marca. É corriqueiro o uso de conteúdo exclusivo relacionado aos vestiários e bastidores dos times de futebol para atrair a atenção dos torcedores. Contribui inclusive para que as Fan pages oficiais tornem-se a principal fonte de veiculação de notícias referentes a determinado clube, pois a imprensa passa a buscar informação nas fontes oficiais. Promoções e brindes também são bastante utilizadas pelos departamentos de marketing de Sport e Náutico, já o Santa Cruz não realiza ações desta natureza na sua Fan page oficial. De Fevereiro a Abril de 2013, é notável o amadurecimento dos trabalhos realizados pelos times pernambucanos no Facebook. ____________________ 10 Only Esportes: Disponível em: <http://www.onlyesportes.com.br/2013/03/os-sites-de-clubes- brasileiros-mais.html> 11 Pesquisa “O fanático por futebol” disponível em: <http://www.tailtarget.com/blog/infograficos/o-fanatico-por-futebol-estudo/> Print em 05/04/2013, disponível em: <http://www.facebook.com/sportclubdorecife>, <http://www.facebook.com/santacruzpe> e < http://www.facebook.com/nauticope>
  15. 15. 15 Porém, apesar de o Sport ter ultrapassado os 180 mil likes, o Santa Cruz ter alcançado os 45 mil e o Náutico ter conquistado mais 4 mil curtidas, chegando aos 28 mil seguidores, o desenvolvimento e a execução do planejamento digital ainda deixam a desejar. Os clubes mantém plataformas de redes sociais com endereços diferentes e as exploram ainda de forma amadora, quando poderiam obter resultados mais significativos. Também deixam a desejar no aspecto inovação. Figura 4: Print das Fan pages dos clubes pernambucanos
  16. 16. 16 REFERÊNCIAS ARPANET, disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/ARPANET> História da internet, disponível em: <http://pt.wikiversity.org/wiki/Introdu%C3%A7%C3%A3o_%C3%A0s_Redes_de _Computadores/Hist%C3%B3ria_da_Internet> Internet e suas definições, disponível em: <http://www.slideshare.net/elversoncardozo/algumas-definies-1443011> Chegada da internet no Brasil, disponível em: <http://www.setelagoas.com.br/component/content/article/73-vagner/1752-a- chegada-da-internet-no-brasil> Pesquisa IBOPE, disponível em: <http://www.ibope.com.br/pt- br/noticias/paginas/acesso-a-internet-no-brasil-atinge-94-milhoes-de- pessoas.aspx> Revista INFO: “O Brasil é o quinto país mais conectado do mundo”, disponível em: <http://info.abril.com.br/noticias/internet/brasil-e-o-quinto-pais-mais- conectado-do-mundo-22042012- 7.shl?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+ NoticiasINFO-Internet+(Not%C3%ADcias+INFO+-+Internet)> Torcidômetro, disponível em: <http://globoesporte.globo.com/futebol/torcidometro.html> Presença digital: do briefing ao relatório, disponível em: <http://www.slideshare.net/Circuito4x1/presena-digital-do-briefing-ao-relatrio- marcelo-vitorino-circuito4x1cgr> Os times de futebol mais populares da internet, disponível em: <http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2011/09/os-times-de-futebol- mais-populares-da-internet.html>
  17. 17. 17 História do Sport Club do Recife, disponível em: <http://www.sportrecife.com.br/clube/index.cf> História do Sport Club do Recife, disponível em: <http://www.sportnet.com.br/variedades/clube? História do Sport Club do Recife, disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Sport_club_do_recife> História do Santa Cruz Futebol Clube, disponível em: <http://www.santacruzpe.com.br/historia/> História do Clube Náutico Capibaribe, disponível em: <http://www.nautico- pe.com.br/nautico/historia.aspx> Os campeões do futebol pernambucano, disponível em: <http://www.campeoesdofutebol.com.br/pernambuco.html> História do Estádio do Arruda (José do Rêgo Maciel), disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_Jos%C3%A9_do_Rego_Maciel> História do Estádio da Ilha do Retiro (Adelmar Costa Carvalho), disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_Adelmar_da_Costa_Carvalho> História do Estádio dos Aflitos (Eládio de Barros Carvalho), disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1dio_El%C3%A1dio_de_Barros_Carval ho> Redes sociais na internet. RECUERO, Raquel. Porto Alegre: Sulina, 2010. Marketing na era digital. GABRIEL, Martha. São Paulo: Novatec Editora, 2010. O novo marketing. COBRA, Marcos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.
  18. 18. 18 ANEXOS ANEXO I - Entrevista realizada por email com Marcela Lima, Gerente de Marketing do Sport Club do Recife em 2013. 1. Quando o Sport enxergou a real necessidade de passar a fazer parte do Facebook? O Sport começou a se preocupar massivamente em como o Clube era visto nas Redes Sociais em meados de 2010. 2. Qual o direcionamento dado às postagens? Tem que ser usada uma linguagem formal ou pode ser usada linguagem coloquial? Tentamos que a abordagem seja assimilada pela maior parte dos torcedores que seguem o Sport nas Redes Sociais, varia também com relação ao conteúdo das postagens e da intenção que temos ao fazer a publicação. 3. Qual o tipo de conteúdo postado na fanpage que gera mais interação por parte dos torcedores? Geralmente fotos de bastidores, pós jogos e conteúdo exclusivo de uma forma geral nos dão um maior retorno da torcida. 4. É feito um trabalho de análise das menções ao nome do Sport? Há um trabalho voltado para resolver o problema de cada torcedor individualmente? Tentamos ao máximo resolver o problema de cada um dos torcedores que nos procuram, se não temos a resposta naquele momento, vamos atrás e retornamos para o seguidor com a resposta do que foi questionado. 5. Tem algum case de sucesso que a equipe se espelhe? Se sim, qual? Fizemos análise junto aos grandes clubes do mundo que se preocupam com as mídias como Barcelona, Real Madrid, Manchester City, Liverpool e outros.
  19. 19. 19 ANEXO II – Entrevista com Felipe Teixeira, Gerente de Marketing do Clube Náutico Capibaribe em 2013. 1. Quando o Nautico enxergou a real necessidade de passar a fazer parte do Facebook? O Náutico está nas redes sociais (Twitter e Facebook) desde 2010. Estas duas redes, sempre foram alimentadas tanto pela assessoria de imprensa do Clube (com informações mais ligadas ao dia a dia do futebol profissional e dos esportes amadores) como pelo departamento de marketing (com promoções e campanhas de incentivo ao torcedor). Em 2012, começamos a utilizar também o Instagram. Porém, até 2012, nunca se tinha dado a atenção necessária a essas ferramentas pelo fato do Clube não priorizar isso financeiramente falando. A partir deste ano (2013) teremos uma verba específica para isso e aí sim, conseguiremos desenvolver mais essas ferramentas. 2. Qual o direcionamento dado às postagens? Tem que ser usada uma linguagem formal ou pode ser usada linguagem coloquial? Em postagens feitas pela assessoria de imprensa, geralmente é utilizada uma linguagem mais formal. Já quando os posts são feitos pelo Marketing, tentamos utilizar uma linguagem que chegue mais perto do nosso torcedor. 3. Qual o tipo de conteúdo postado na fanpage que gera mais interação por parte dos torcedores? Sem dúvidas são os sorteios de brindes. 4. É feito um trabalho de análise das menções ao nome do Náutico? Há um trabalho voltado para resolver o problema de cada torcedor individualmente? Tentamos responder o máximo de torcedores que conseguimos. Mas infelizmente a demanda é muito grande as vezes passa alguma coisa despercebida. Quanto a análise das menções as nome Náutico, não é feito nada nesse sentido. 5. Tem algum case de sucesso que a equipe se espelhe? Se sim, qual? Em relação a Clubes de futebol do Brasil, gostamos muito do que o Santos FC faz em suas mídias sociais. Já em relação à marcas que atuam no futebol brasileiro, acho que o case de maior sucesso é a campanha da Brahma Clubes. Eles realmente fazem um trabalho muito bem feito. Como todo mundo erra, eles também já cometeram suas gafes. Mas sem dúvida a campanha é um sucesso.

×