Orçamento

362 visualizações

Publicada em

iparque

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
362
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
118
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orçamento

  1. 1. !Parque - Parque pan a Inovação em ciencia, Tecnologia o saúde, an. , SA. JIMRIUE Plano de Atividades e Orçamento 2015 Í lLJÀÂiiÊQUE COIMIRA Plano de Atividades e Orçamento 2015
  2. 2. , ! Porque - Parque par¡ o Inovngio om Cilada, Tecnologia o saúde, mu. , 5.4. , . D l I-@ÍPÀRGEEE Plano de Atividades e Orçamento 2015 Proposta de Piano de Atividades e Orçamento 2015 para aprovação em Assembleia Geral
  3. 3. !Parque - Parque para c Inonxo em dando, Tecnologia e saúde, eu. , 5.4. v5 PARQUE (yum « "s q¡ m_ Plano de Atividades e Orçamento 2015_ Nx íicorcs 1. INTRODUÇÃO . ... ... ... ... ... ... ... .. . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..4 2. ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO . ... ... ... . ... ... ... . . ... .. 3. ATNIDADES PREVISTAS PARA 2015 . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..6 3.1 Business Center Leonardo Da Vinci . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . .6 3.2 Edificio empresarial Nicola Tesla . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . .7 3.3 Infraestruturas da segunda fase . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . .8 3.4 Colaboradores . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..9 3.5 Acessibilidades . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . .9 3.6 Condominio . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ..9 3.7 Comunicação e Marketing . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 10 3.8 Atividade Comercial . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. . . 10 3.9 Empresas residentes . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . . 11 4. EVOLUÇÃO ECONOMICA PREViSÍVEL DA ATIVIDADE . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 12 5. AGRADECIMENTOS . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . . 14
  4. 4. s_ ! Parque - Parque por¡ I IIIOIIIÇTD em Ciência, fecnologlc e Saúde, E. M., S. A. lAQQlÍPARIíUE Plano de Atividades e Orçamento 2015 1. Iidrnoouçño A sociedade iParque - Parque para a Inovação em Ciência, Tecnologia e Saúde, E. M., S. A. tem como objecto social “dinamizar e apoiar pólos de inovação tecnológica, incubadoras de empresas e outras iniciativas associadas ao desenvolvimento económico, empreendedorismo, inovação e investigação' e tem por missão: - Contribuir para o desenvolvimento económico-social da região de Coimbra, nomeadamente nas suas vertentes empresarial e tecnológica; - Promover o crescimento económico local e regional; - Desenvolver atividades empresariais integradas no contexto de politicas económicas estruturais de desenvolvimento tecnológico; - Promover o empreendedorismo de base Iocal, articulando com a região envolvente; - Garantir a prestação de serviços ou a gestão de atividades que exijam avuitados investimentos na criação ou no desenvolvimento de infraestruturas. Em concreto, a sociedade é responsável por implementar, administrar e dinamizar o parque de ciência e tecnologia Coimbra iParque (doravante designado como IParque). O iParque é um projeto vital para a cidade de Coimbra e para a sua região. Esta importância é explicitamente reconhecida no Plano Estratégico de Coimbra, que enquadra o lParque nas dinâmicas de excelência do vector Empreendedorismo e Inovação e o considera como uma das principais ações da política de promoção empresarial que, por sua vez, é fulcrai para atingir a visão da cidade de Coimbra como centro de excelência nas áreas da saúde, da ciência, da educação e da investigação e como território para a fixação de pessoas e empresas, estabelecida no Plano. Na mesma linha, o atual Plano Diretor Municipal (PDM) de Coimbra (1.3 revisão, 2014) classifica o iParque como uma oportunidade (Relatório, p. 15), o seu desenvolvimento como um projeto fundamental para o crescimento económico de Coimbra, com base nas sinergias entre empresas e ensino superior (idem, pp. 16- 17) e ainda como "área estruturante" enquanto "espaço de acolhimento privilegiado para empresas de elevado valor acrescentado e intensidade tecnológica" (idem, p. 52).
  5. 5. É). !Parque - Porque par¡ a Inovoçlo em Ciência, Tecnologia o saúde, E. M., S. A. IPAROUE “hill Nesta perspectiva, o Coimbra iParque pretende: - Criar condições para a fixaão de empresas de base científica e tecnológica e a atração de investimentos, capazes de dinamizar a atividade económica e de criar emprego; - Promover a inovação e contribuir para a fixação na cidade e na região do conhecimento gerado nas instituições cientificas associadas e de quadros qualificados; - Trabalhar em rede com as ofertas complementares na cidade e na região, tirando partido das sinergias criadas quer com os parceiros empresariais quer com as entidades de I&D. Tendo por base a situação económico-financeira que atualmente se vive no pais, a sociedade iParque entende que, necessariamente, tem de estar na primeira linha do esforço nacional de ajustamento, intensificando esforços de controlo e de redução de gastos. Em 2015, esta orientação incidirá essencialmente no controlo e redução dos custos de operação do Business Center Leonardo da Vinci - que em seis meses atingiu praticamente a sua ocupação máxima! - e na adaptação da estratégia de investimento, que apesar de se manter na essência, pois é vital para a boa prossecução dos desígnios da iParque e da sua capacidade económica/ equilibrio financeiro a médio/ longo prazo, deverá ser repensada em termos de prioridades e prazos de concretização. Em particular, a execução e o financiamento do edifício empresarial Nicola Tesla e da expansão da área loteável do parque (Fase ZA), deverão ser analisados no âmbito do novo programa-quadro estratégico nacional. Por último, salienta-se que a atual ocupação do iParque corresponde a cerca de 100 empregos, número que devem' mais do que duplicar durante o ano de 2015, para um pouco mais de 250 empregos, com o pleno funcionamento do Business Center Leonardo Da Vinci e das empresas em vias de instalação (em particular, da AIRC). 2. ENQUADRAM ENTO MACROECONÕMICO A atividade económica mundial abrandou ao longo dos últimos anos e são influenciados pela conjunção de fenómenos, como sejam os desequilíbrios estruturais Plano de Atividades e Orçamento 201 “à
  6. 6. p_ ! Porque - Par-quo por: t: Inovoão om Ciência, Tecnologia o Saúdo, E. M., , e a¡ 'Ts-. QIPAROUE Piano de Atividades e Orçamento 2015 N t. das economias desenvolvidas, as dinâmicas do ciclo produtivo e a instabilidade nos mercados financeiros. A nível nacional, no próximo ano o Governo espera cumprir o acordado com a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu, e o Fundo Monetário Intemacional relativamente às metas do défice orçamental e divida pública. As Grandes Opções do Plano e o Orçamento para 2015 serão pois um documento de continuidade, gerido num quadro de adversidades, que determinará decisões, atitudes e comportamentos, diferentes daqueles que se exigem em periodos normais de crescimento. É de salientar que a insuficiência de progressos significativos na resolução do problema do défice público, a recessão económica e o forte endividamento da economia portuguesa constituem fatores limitatlvos no acesso ao financiamento por parte do Estado e das empresas. 3. ATIVIDADES PREVISTAS PARA 3015 O ano de 2015 marcará decisivamente a entrada numa nova fase de desenvolvimento do iParque. Enquanto que nos anos anteriores a preocupação fundamental estava relacionada com as obras das infraestruturas e do business center, as atividades previstas para 2015 focam essencialmente o reforço da comunicação e marketing e das ações de captação de investimento, empresas e empregos. Em termos de investimento da sociedade, pretende dar-se continuidade ao plano, naturalmente revisto por força da situação económico-financeira que se vive. 3.1 Business Center Leonardo Da Vinci o Business Center Leonardo da Vinci entrou em funcionamento em Junho de 2014, logo com uma taxa de ocupação superior a 50%. A enorme procura dos espaços de escritório, por parte das empresas, manteve-se nos meses seguintes, afirmando o business center como um espaço de referência na cidade, agradável para trabalhar, num ambiente favorável à inovação e ao desenvolvimento de negócios. Os auditórios foram também extensamente utilizados, designadamente para ações de formação. Tendo sido “vitima do seu próprio sucesso" a sociedade iParque vê-se atualmente confrontada com o “desafio” - lançado por uma reputada empresa tecnológica de
  7. 7. 1D ! Parque - Parque para o Inovaçlo em ciência, neurologia e saúdo, E. M., S. A. a _JÍPAREQHE Piano de Atividades e Orçamento 2D1 Coimbra - de proceder à expansão dos espaços de escritório para o terraço coberto do Piso 2, para poder acomodar a referida empresa. r Alçados Nascente e Norte do business center (salientando o terraço coberto do Piso 2) 3.3 Edifício empresarial idicola Tesla Não tendo sido executado no ámbito do Programa Operacional Regional MaisCentro, o edifício Nicola Tesla mantém-se como um projeto fundamental para a estratégia e a viabilidade económica da iParque. A relevância da concretização do edificio Nicola Tesla é ainda inequivocamente reforçada pela experiência de sucesso da sociedade, na colocação dos espaços de escritório do Business Center Leonardo da Vinci. Propõe-se assim, para 2015, a realização de uma revisão do projeto deste edificio, tendo por base a experiência do business center, e a análise do enquadramento deste projeto no próximo Programa Quadro 2014-2020.
  8. 8. ar-. !Porque - ? Fique para": a Inavaçco em mondo, Tecnologfr' e saúde, E. M., S. A. ? íqefiangg Plano de Atividades e Orçamento zmrÉâí/ C W I . ' , '› g'. l xívx: M5/ l' i ' . .. * ' r A' V. - i* ' ' nã' M! x ¡ í N jr . 7 Fachada principal do Edificio Nicola Tesla (conforme projeto) 3.3 Infraestruturas da segunda fase 0 desenvolvimento do projeto iParque foi programado, desde o início, segundo duas fases principais. Tendo em conta a conjuntura económica do país e a consequente diminuição das verbas disponíveis do MaisCentro, a iParque apresentou uma proposta de reprogramação da Fase 2 das infraestruturas, consistindo na sua divisão em três subfases, mas não foi possível Implementar nem a primeira destas subfases - a subfase 2A - durante a vigência deste programa. Verifica-se que: - 67% da área de lotes disponível para instalação de empresas (da Fase 1) já se encontra vendida, o que limita significativamente a quantidade e a diversidade da oferta do iParque; - As infraestruturas (viárias, de abastecimento de água e saneamento, energia, etc. ) que irão servir os lotes da subfase ZA já se encontram parcialmente executadas; - O iParque já recebeu uma carta de Intenção de aquisião de um dos lotes abrangidos pela Fase ZA; - A não execução da subfase ZA das infraestruturas prejudica significativamente o acesso e a entrada no Coimbra iParque, pelo facto dos armamentos e respectivos passeios não estarem inteiramente concluídos. Nesta medida, a iParque mantém a pretensão de implementar a fase 2 das infraestruturas, de forma gradual, de acordo com as três subfases definidas e tendo
  9. 9. kl, !Parque - Parque para: a Inovcgío em Ciência, Tecnologia a saúde, E. M., S. A. v A . s lC. -~ 'eiÍPÂROUE Plano de Atividades e orçamento 2015 Cilrlllll por base um equilíbrio racional da oferta e da procura, no próximo Programa-Quadro 2014-2020. 3.4 Colaboradores A opção pela manutenção de uma estrutura de colaboradores manifestamente reduzida - atualmente, de apenas 2 elementos - e consequente recurso a prestação de serviços extemos deverá ser mantida em 2015. 3.5 Acessibilidades O Coimbra iParque não é atualmente servido por transportes colectivos. Em 2015 será reforçado o pedido (já anteriormente efectuado) aos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) para disponibilização do serviço público de transporte rodoviário de passageiros no interior do iParque, com o objectivo de permitir uma ligação regular entre o iParque e os principais pólos urbanos da cidade de Coimbra, com uma frequência adequada, naturalmente mais intensa nos periodos de ponta da manhã e da tarde. Pretende-se também analisar a possibilidade de ligação do Coimbra iParque a Condeixa-a-Nova. 3.6 Condominio A constituição do condominio do iParque deverá ocorrer previsivelmente durante o ano de 2015. À Administração do Condomínio do iParque irá caber assegurar a gestão e dinamização do parque, nos termos e condições que, em cada momento, entender mais convenientes e adequadas ao seu funcionamento, pautando-se pelas boas regras de gestão e transparência. Dentro desta sua atividade e durante o periodo que ela perdurar, a Administração do condomínio do iParque oferecerá os serviços que, em cada momento, entender convenientes e adequados, de que venha a dispor e sempre dentro das suas possibilidades, nomeadamente, das suas possibilidades económico-financeiras. Os espaços que venham a ser classificados como espaços comuns do iParque irão ser administrados pelo condominio do iParque.
  10. 10. ÍQIFARQUE Plano de Atividades e Orçamento 2015 'O' ! Parque - Parque , para a Inovação em Ciência, Tecnologia e saúde, E. M., S. A. à 3.7 Comunicação e Marketing Com a entrada em pleno funcionamento do Business Center Leonardo Da Vinci, o iParque entra decisivamente numa nova fase de desenvolvimento, cujo maior propósito será a dinamização e internacionalização. Neste contexto, a comunicação e marketing tomam-se ainda mais relevantes. Em 2015, pretende-se: - Intensiñcar a comunicação; - Atualizar com maior regularidade o website institucional; - incrementar os press releases; - Promover um melhor uso dos canais de comunicação mais inovadores, de que se salienta a página de facebook do iParque; - Reforçar a interação com as empresas residentes no iParque; - Fomentar a interação com os parceiros da rede (CMC, UC, IPN, etc. ); - Desenvolver a rede de contactos e parceiros internacionais, em especial no que diz respeito aos Paises de lingua oficial portuguesa, Alemanha e paises nórdicos, China, Estados Unidos da América e Canadá. 3.8 Atividade Comercial Em 2015, em conjugação com o reforço da comunicação e marketing, a atividade comercial será intensificada. No que diz respeito aos seis lotes de teneno ainda disponiveis, os principais segmentos-alvo serão: - Empresas da região de Coimbra, em expansão/ internacionalização, com base tecnológica e inovadora; - Empresas portuguesas de referência, com base tecnológica e inovadora; - Empresas intemacionais de base tecnológica e inovadora; - Entidades I&DT. Em relação aos serviços prestados no business center e tendo em conta a elevada taxa de ocupação dos espaços de escritório, o fooo incidirá em: - Aumentar o número de empresas/ associações em regime de Escritório Virtual; - Diversificar os serviços de Data Center. 10
  11. 11. - *e e- : Parque - Parque para a Inovação em Glenda, Tecnologia e saúde, E. M., S. A. V. -JÍPARNÍUE Plano de Atividades e Orçamento 2015 “kh naun _ Deverão também realizar-se esforços de organização e atração de eventos, congressos, workshops e ações de formação. A atividade comercial irá desenrolar-se da seguinte forma: - Gra njear contactos; - Gerar oportunidades; - Gerir candidaturas. 3.9 Empresas residentes Um dos grandes desígnios para 2015 será o reforço das relações com as empresas residentes, e em vias de instalação, no iParque. A interação com as empresas deverá passar por: «- Apoiar a comunicação das empresas; - Ajudar à resolução de problemas, quer no âmbito do condominio do iParque quer do business center Leonardo da Vinci; - Promover e angariar eventos de interesse às empresas (congressos, formação, etc. ) ; - Envoiver as empresas na estratégia de desenvolvimento do iParque. 11
  12. 12. b ! Parque - Parque para a Inovação em Ciencia, Tecnologia e Saúde, E. M., S. A. 'Íàaliüilglâç Plano de Atividades e Orçamento 2015 . .L 4. EvoLuçÃo ECOECÓEÇICÀ PREViSÍVEL DA ATIVIDADE 4.1. Mapa previslonal de Tesouraria f¡ ai_ . . ; iñsnoua Mapa Previsão Tesoura-ria 2015 Investimento Reformulação Projeto Tesla - Fase i Sit : li m: Ampliação ser. Vinci- Fase l 15a um: infraestruturas - Fase li- A 1 «ER MLM Total dc investimento 1CffLfjD, FL“ R. Humanos Assessoria Juridica Serviços Auditoria Funcionamento Edifícis; F. S.E. Trt( 1 í “espesi TS Correntes litígio Juros Emo. 6,5 M: neemkolsos de empréstimos 5,5 M E p Tatui Necessldaaiei; _ 2M EURO¡ 157 $854 Receitas «Ile Condominio Vendas e ? JQSÍRQÕQS de serviços - Receitas crsnccssãí: Edf. Vinci BEL tm LM Jura: : Aplicações Financeiras - Ve . vidas Lotes Fase l 178 355,5¡ veniêias Lrtes Fase ii- A Incentiwís Reformulação - Fase l 17?! no.1!! Incentivos infraestruturas - Fase li- A 11354311305_ 7 Total Formosas Í -: f/ Iticli-Iliíifc' l. '- Aí: -. - 7 1 457 210,01 Saldo rindo 12
  13. 13. m ! Parque - Parque par¡ o Inovaçlo em ciência, Tecnologia e Saúde, E. M., : :menus Plano de Atividades e orçamento 2015 UNA 1.1. Demonstração de Resultados Previsional Demonstração Resultados Previsionai 2015 lí 'ARGUE CCI! ! ll R. HUMHHOS Assessoria Jurídica serviços Auditoria Funcionamento Edificio F. S.E. Tutor" : Despesas Correr¡ tes ' migra »ronco Juros Emp. 5,5 ME 15735854 Amortização Anual infraestrutu ras 2273450¡ Amortizaão Anual Edif Vinci 2:13 42.2.15! Toro! Outros Despesas Total Desses os Vendas de Lotes Variação Stocks Incentivo tus. Vendidos) Receitas de Condominio Receitas «concessão Edf. Vinci Toto¡ Receitas Correntes t 15453115 - 17¡ 0215C 33 33327 88080,” í 173 841,52 l Isa ? sua _ 172m2: 3 129 315,50 incentivos Infraestruturas- Fase l incentivos Edifício Vinci Total Outras ? estreitos Resultado Corrente Resultado extraordinários Resumido Brercfcio 432 613, 70 - 551 330,31 13
  14. 14. .D ! Parque - Parque para a InovaçCo om Chinelo, Tecnologia e saúde, E. M., S. A. fkxeli-'Al-'rogulls Plano de Atividades e orçamento 2915 5. AG RBD ECI FAÍEPETOS Não pode a Administração terminar sem uma palavra de agradecimento ao Município de Coimbra como agente fulcrai do projeto iParque bem como aos demais acionistas (Universidade de Coimbra, SI Vales, ACIC, BES, IBEROPARK, CRITICAL Software, IPN, ISA, SUCH, CEC e CNC) e a todas as empresas e entidades residentes no parque e parceiras do projeto. Coimbra, 24 Setembro de 2014 O Conselho de Administração, Jg"rl'i'íí *il çwf António Jose Magalhaes Card) (Dr. António Júlio Silva Veiga Simão) 14

×