Aula sistema digestorio

2.561 visualizações

Publicada em

Slides da aula sobre sistema digestório para o Ensino Médio, com foco no vestibular.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.561
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula sistema digestorio

  1. 1. Sistema Digestório
  2. 2. Sistema digestório Língua Glândula salivar (sublingual) Glândula salivar (submandibular) Faringe Glândula salivar (parótida) Esôfago Fígado Estômago Pâncreas Colo descendente (intestino grosso) Reto Ceco Apêndice vermiforme Ânus Jejuno (intestino delgado) Vesícula biliar Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  3. 3. Digestão e deglutição Esôfago Alimento Língua Epiglote Laringe Proeminência laríngea (pomo-de-adão) Faringe Traqueia Palato mole Epiglote fechando a traqueia. Esôfago Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  4. 4. Digestão no estômago Componentes do estômago humano, em diferentes escalas de ampliação Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  5. 5. Ativação de três enzimas pancreáticas envolvidas na digestão Digestão no Intestino delgado Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  6. 6. Controle nervoso e hormonal da digestão Principais hormônios relacionados ao controle da digestão Vesícula biliar Fígado Estômago Pâncreas Duodeno Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  7. 7. Suco digestório Enzimas pH ótimo Substratos Produtos Saliva Amilase salivar Neutro Polissacarídios Maltose e glicose Suco gástrico Pepsina Ácido Proteínas Peptonas Renina Ácido Caseína solúvel Caseína insolúvel Suco pancreático Quimotripsina Alcalino Proteínas e peptonas Oligopeptídios Tripsina Alcalino Proteínas e peptonas Oligopeptídios Amilopsina Alcalino Polissacarídeos Maltose e glicose RNase (ribonuclease) Alcalino RNA Nucleotídeos DNase (desoxirribonuclease) Alcalino DNA Nucleotídeos Lípase Alcalino Lipídios Ácidos graxos e glicerol Suco entérico Carboxipeptidase Alcalino Oligopeptídios Aminoácidos Aminopeptidase Alcalino Oligopeptídios Aminoácidos Dipeptidase Alcalino Dipeptídios Aminoácidos Maltase Alcalino Maltose Glicose Sacarase Alcalino Sacarose Glicose e frutose Lactase Alcalino Lactose Glicose e galactose Principais enzimas digestivas humanas Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  8. 8. Absorção de nutrientes Estrutura da parede do intestino delgado . Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  9. 9. Absorção no intestino grosso e defecação Representação do intestino grosso em corte Colo transversal Colo ascendente Íleo Apêndice vermiforme Ceco Reto Ânus Fezes Colo descendente Papila ileal Amabis, José Mariano, 2004; Martho, Gilberto Rodrigues, 2004; Ed. Moderna
  10. 10. (Unesp 2015) No gráfico, as curvas 1, 2 e 3 representam a digestão do alimento ao longo do aparelho digestório.
  11. 11. É correto afirmar que as digestões de proteínas, de lipídios e de carboidratos estão representadas, respectivamente, pelas curvas a) 1, 2 e 3. b) 2, 1 e 3. c) 2, 3 e 1. d) 3, 2 e 1. e) 1, 3 e 2.
  12. 12. (Fuvest 2015) A figura abaixo mostra órgãos do sistema digestório humano.
  13. 13. Identifique com a letra correspondente, nomeando-o, a) o órgão cuja secreção contém bicarbonato de sódio, além de várias enzimas digestivas; b) o principal órgão responsável pela absorção de nutrientes; c) o órgão em que se inicia a digestão de proteínas; d) o órgão que produz substâncias que auxiliam a digestão de gorduras, mas que não produz enzimas.
  14. 14. 9. (Enem 2014) Um pesquisador percebe que o rótulo de um dos vidros em que guarda um concentrado de enzimas digestivas está ilegível. Ele não sabe qual enzima o vidro contém, mas desconfia de que seja uma protease gástrica, que age no estômago digerindo proteínas. Sabendo que a digestão no estômago é ácida e no intestino é básica, ele monta cinco tubos de ensaio com alimentos diferentes, adiciona o concentrado de enzimas em soluções com pH determinado e aguarda para ver se a enzima age em algum deles. O tubo de ensaio em que a enzima deve agir para indicar que a hipótese do pesquisador está correta é aquele que contém
  15. 15. a) cubo de batata em solução com pH = 9 b) pedaço de carne em solução com pH=5 c) clara de ovo cozida em solução com pH=9 d) porção de macarrão em solução com pH=5 e) bolinha de manteiga em solução com pH=9 O tubo de ensaio em que a enzima deve agir para indicar que a hipótese do pesquisador está correta é aquele que contém
  16. 16. (Unifesp 2015) Recomenda-se frequentemente aos vestibulandos que, antes do exame, prefiram alimentos ricos em carboidratos (glicídios) em vez de gorduras (lipídios), pois estas são digeridas mais lentamente. Além da função energética, os carboidratos exercem também funções estruturais, participando, por exemplo, dos sistemas de sustentação do corpo de animais e vegetais. a) Cite duas estruturas, uma no corpo de um animal e outra no corpo de um vegetal, em que se verifica a função estrutural dos carboidratos. b) Ao chegar ao duodeno, as gotas de gordura são processadas por agentes não enzimáticos e por uma enzima em especial. Identifique estes agentes e esta enzima, mencionando a ação de cada um.
  17. 17. (Unicamp 2015) A vaca é um ruminante, cujo estômago tem compartimentos onde ocorre o processo de digestão da celulose. Esse processo é auxiliado por microrganismos. a)Que tipo de relação biológica existe entre a vaca e esses outros seres vivos? Justifique. b) Que nutrientes do mesmo grupo da celulose os humanos conseguem digerir?
  18. 18. (Ufrgs 2014) O gráfico abaixo apresenta a taxa de reação de três diferentes enzimas em função do pH, em seres humanos. Com base no gráfico, considere as seguintes afirmações. I. A enzima 1 pode ser a pepsina, pois sua atividade máxima ocorre em meio ácido. II. A enzima 2 pode ser a amilase salivar, pois sua atividade máxima ocorre em um meio próximo ao neutro.
  19. 19. Com base no gráfico, considere as seguintes afirmações. I. A enzima 1 pode ser a pepsina, pois sua atividade máxima ocorre em meio ácido. II. A enzima 2 pode ser a amilase salivar, pois sua atividade máxima ocorre em um meio próximo ao neutro. III. A enzima 3 pode atuar no duodeno, pois sua atividade máxima ocorre em pH básico. Quais estão corretas?

×