Aparelho urogenital das aves

1.773 visualizações

Publicada em

biologia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.773
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aparelho urogenital das aves

  1. 1. APARELHO UROGENITAL DAS AVES
  2. 2. Sistema urinário • Nas aves, o sistema urinário é composto por rins metanéfricos, ureteres e cloaca. Geralmente as aves apresentam rins trilobados, ou seja, dividido em três lobos. As aves não apresentam bexiga urinária, com exceção das avestruzes, e a urina é formada nos rins, que são pares e grandes. Ao sair dos rins, a urina passa pelos ureteres e vai para a cloaca, onde será eliminada. (KARDONG, 2006). Assim como os répteis, as aves excretam seus dejetos nitrogenados na forma de ácido úrico (uricotelismo), ao contrário dos mamíferos e anfíbios, que eliminam seus resíduos na forma de ureia. O ácido úrico é concentrado principalmente na cloaca, onde é misturado com o material fecal. Também há de excreção de produtos no desenvolvimento embrionário e fetal das aves, nos ovos. Nesse caso, os resíduos permanecem no interior do ovo.
  3. 3. Sistema reprodutor • Sistema reprodutor masculino O sistema reprodutor masculino é formado pelos testículos, dutos arquinéfricos, órgãos copuladores e cloaca
  4. 4. Testículo • As aves apresentam um par de testículos suspensos na parede dorsal do celoma através do mesórquio, um mesentério. Os testículos apresentam duas funções: a produção de espermatozoides e a secreção de hormônios. O principal hormônio secretado é a testosterona, responsável pelas características sexuais secundárias e por aumentar o impulso sexual dos machos. Os espermatozoides são formados na parede do lúmen dos túbulos seminíferos, sendo armazenados no próprio lúmen e no epidídimo. Assim como na maioria dos vertebrados, os testículos das aves se localizam no abdômen. Os machos apresentam o duto arquinéfrico, responsável por transportar os espermatozoides dos testículos para a cloaca.
  5. 5. Órgão copulador • As aves possuem dois tipos de órgãos copuladores masculinos. Algumas espécies apresentam dilatações penianas, onde tais estruturas se dilatam durante a cópula, transferindo o sêmen da cloaca do macho para a cloaca da fêmea. Outros animais apresentam um pênis verdadeiro, sustentado por uma haste erétil, onde o macho o insere na cloaca da fêmea. O pênis apresenta um sulco espermático ao longo do seu comprimento. Algumas espécies de patos apresentam câmaras linfáticas na base do pênis, responsáveis pelo mecanismo de ereção nesses animais. Independente da anatomia do órgão copulador, o macho deve introduzir os espermatozoides diretamente no oviduto da fêmea, pois o espermatozoide precisa fecundar o óvulo antes que este seja envolvido pela casca do ovo.
  6. 6. Cloaca • A cloaca participa de três funções básicas: cópula, defecação e urinação. Músculos potentes são responsáveis por controlar as diversas aberturas que se abrem na cloaca, provenientes do intestino, rins e gônadas. A cloaca é formada por três estruturas: o coprodeu é a região mais proximal, responsável por receber os resíduos oriundos do intestino. O urodeu é o compartimento medial da cloaca, e recebe os produtos dos dutos genital e urinário. O compartimento distal é o proctodeu, responsável pela cópula (KARDONG, 2006). A morfologia da cloaca varia entre os diversos grupos das aves, porém, todas apresentam uma bursa cloacal (bursa de Fabrício), que desempenha funções imunes.
  7. 7. Sistema reprodutor feminino • Este sistema é composto pelo ovário, dutos genitais, oviduto e útero
  8. 8. Ovário • As aves possuem dois tipos de órgãos copuladores masculinos. Algumas espécies apresentam dilatações penianas, onde tais estruturas se dilatam durante a cópula, transferindo o sêmen da cloaca do macho para a cloaca da fêmea. Outros animais apresentam um pênis verdadeiro, sustentado por uma haste erétil, onde o macho o insere na cloaca da fêmea. O pênis apresenta um sulco espermático ao longo do seu comprimento. Algumas espécies de patos apresentam câmaras linfáticas na base do pênis, responsáveis pelo mecanismo de ereção nesses animais. Independente da anatomia do órgão copulador, o macho deve introduzir os espermatozóides diretamente no oviduto da fêmea, pois o espermatozóide precisa fecundar o óvulo antes que este seja envolvido pela casca do ovo.
  9. 9. Cloaca • A cloaca participa de três funções básicas: cópula, defecação e urinação. Músculos potentes são responsáveis por controlar as diversas aberturas que se abrem na cloaca, provenientes do intestino, rins e gônadas. A cloaca é formada por três estruturas: o coprodeu é a região mais proximal, responsável por receber os resíduos oriundos do intestino. O urodeu é o compartimento medial da cloaca, e recebe os produtos dos dutos genital e urinário. O compartimento distal é o proctodeu, responsável pela cópula (KARDONG, 2006). A morfologia da cloaca varia entre os diversos grupos das aves, porém, todas apresentam uma bursa cloacal (bursa de Fabrício), que desempenha funções imunes.

×