Avaliação no Ensino Superior
Disciplina Avaliação: níveis e concepções
avaliativas no ensino superior
Fernando Lopes Cézar...
Avaliação
“ A avaliação é um julgamento de valor sobre manifestações relevantes
da realidade, tendo em vista uma tomada de...
Conceitos importantes segundo HAYDT, 1995.
Testar
• Submeter a um teste
ou experiência;
• Verificar o
desempenho de algo
o...
Auto avaliação
• Processo congnitivo;
• Professor ou aluno faz um julgamento por si mesmo e para si mesmo;
• Objetivo de b...
Instrumentos de
avaliação
• Instrumentos de
recursos utilizados
para coleta e análise
de dados no
processo ensino e
aprend...
• Conjunto de tarefas e trabalhos do
aluno organizado em um
determinado período e por fim um
instrumento de avaliação.
Por...
Avaliação no Ensino Superior
Segundo Libênio (1991) a avaliação não pode ser restrita apenas a
provas e notas, mas deve se...
TRI
Teoria de resposta
ao item
Tipo de modelagem
estatística utilizada em
medidas psicométricas,
principalmente na área de...
Avaliação no Ensino a Distância
Comunicação aluno
professor através de
chats, mensagens
eletrônicas e fóruns;
Inibe
constr...
Bibliografia
• RÉGINER, Jean Claude- A auto avaliação na prática pedagógica – Revista
diálogo educacional
• HAYDT, Regina ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Avaliação no ensino superior

500 visualizações

Publicada em

Avaliação no ensino superior.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação no ensino superior

  1. 1. Avaliação no Ensino Superior Disciplina Avaliação: níveis e concepções avaliativas no ensino superior Fernando Lopes Cézar Simone Burin Chu Maio, 2015
  2. 2. Avaliação “ A avaliação é um julgamento de valor sobre manifestações relevantes da realidade, tendo em vista uma tomada de decisão” Luckesi(1996). • Faz parte do ensinar e do aprender; • Deve ser sempre constante e contínua;
  3. 3. Conceitos importantes segundo HAYDT, 1995. Testar • Submeter a um teste ou experiência; • Verificar o desempenho de algo ou de alguma coisa. Medir • Determinar a quantidade, extensão ou grau de algo; • Seu resultado será representado numericamente. Avaliar • Julgar ou fazer uma apreciação de alguém ou de alguma coisa; • Coleta de dados qualitativos e quantitativos.
  4. 4. Auto avaliação • Processo congnitivo; • Professor ou aluno faz um julgamento por si mesmo e para si mesmo; • Objetivo de buscar um melhor conhecimento pessoal, de sua atuação e do seu aperfeiçoamento. (RÉGINER, 2002)
  5. 5. Instrumentos de avaliação • Instrumentos de recursos utilizados para coleta e análise de dados no processo ensino e aprendizagem; Técnicas de avaliação • Observação; • Inquirição; • Pesquisa; • Auto avaliação; • Portifólio; • Testagem. Instrumentos • Fichas; • Questionários, escala de atitudes, entrevista; • Textos, relatórios e sociograma; • Textos, relatórios, leitura e registros; • Registros de auto avaliação • Provas oral e escrita; • Prova dissertativa e objetiva.
  6. 6. • Conjunto de tarefas e trabalhos do aluno organizado em um determinado período e por fim um instrumento de avaliação. Portifólio • Pode ser considerado a versão on line do portifólio e também vai compreender os trabalhos realizado pelo aluno. Webfólio
  7. 7. Avaliação no Ensino Superior Segundo Libênio (1991) a avaliação não pode ser restrita apenas a provas e notas, mas deve ser compreendida como uma ação pedagógica global e cumprir três funções didático pedagógicas: Função diagnóstica • Avalia o conhecimento prévio dos alunos e características individuais Função formativa • Aplicada durante o processo de ensino; • Mostra e rendimento do aluno, deficiências e possíveis alterações necessárias no processo de ensino Função somativa • Classifica o aluno conforme seus níveis de aproveita- mento
  8. 8. TRI Teoria de resposta ao item Tipo de modelagem estatística utilizada em medidas psicométricas, principalmente na área de avaliação de habilidades e conhecimentos, Utilizadas em provas como TOEFEL e Enem Leva em consideração o item particularmente, sem relevar escores totais. Seus resultados dependem de cada item que o compõe. ARAÚJO, 2009
  9. 9. Avaliação no Ensino a Distância Comunicação aluno professor através de chats, mensagens eletrônicas e fóruns; Inibe constrangimentos do aluno em expressar opiniões diante do professor Mudança comportamental no processo de aprendizagem Santos, 2012
  10. 10. Bibliografia • RÉGINER, Jean Claude- A auto avaliação na prática pedagógica – Revista diálogo educacional • HAYDT, Regina C. Avaliação do Processo Ensino – Aprendizagem. 5.ed. São Paulo: Ática, 1995. • LUCKESI, Cipriano C. Avaliação da Aprendizagem Escolar. 4. ed. São Paulo: Cortez,1996. • LIBÂNEO, J. C. Didática: São Paulo: Cortez. 1991. • ARAÚJO, Aparecida Candido. Teoria de Resposta ao Item. Rev Esc Enferm, 2009; 43. • SANTOS, João Francisco. Avaliação no Ensino a Distância. Revista Iberoamericana de Educación. 2012.

×