• É correto definir esterilização como um conjunto de 
operações destinadas a eliminar ou matar todas as 
formas de microo...
Ideal: 
• Quando a “EFICÁCIA” é demonstrada 
mediante uma Validação 
• Quando é “SEGURO” para o usuário e 
pacientes/clien...
Seção III 
Dos Equipamentos 
Art. 37 Deve ser realizada qualificação de instalação, 
qualificação de operação e qualificaç...
Sistema de esterilização por formaldeído é 
chamado no mundo de “Esterilização a Baixa 
Temperatura” (Entre +60ºC a +78ºC)...
Vapor de água a Baixa Temperatura (60- 78º C) 
+ Formoldeído somente a 2% 
H2CO 
Inativa as células por coagulação das pro...
LIQUÍDO 
PASTILHAS PÓ
Ciclo +600 C: 3,5 horas 
Ciclo +780 C: 2 horas
NÃO TECIDO GRAU MÉDICO 
HIDROFÍLICO / HIDROFÓBICO 
PAPEL GRAU CIRÚRGICO 
CONTEINERES
Cabo bipolar 
Endoscópios Flexíveis 
Transductor de RX 
Cabo óptico 
Óptica 
Óptica processada em caixa de plástico 
Sonda...
ABNT NBR 15659:2009 - Esterilização de 
produtos para saúde - Esterilizadores de 
vapor a baixa temperatura e formaldeído ...
É um dever de todos e 
um direito do paciente. 
Demonstração de 
respeito
Desafio da utilização do formaldeído no reuso de
Desafio da utilização do formaldeído no reuso de
Desafio da utilização do formaldeído no reuso de
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Desafio da utilização do formaldeído no reuso de

319 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desafio da utilização do formaldeído no reuso de

  1. 1. • É correto definir esterilização como um conjunto de operações destinadas a eliminar ou matar todas as formas de microorganismos, de um material ou substância ? MODERNA CONCEITUAÇÃO • Processo pelo qual os microorganismos são mortos a tal ponto que não seja mais possível detecta-los no meio de cultura padrão no qual previamente haviam proliferado. • Convencionalmente considera-se um artigo estéril quando a probabilidade de sobrevivência dos microorganismos é menor do que 1:1.000.000 (10-6) (Bruch & Bruch).
  2. 2. Ideal: • Quando a “EFICÁCIA” é demonstrada mediante uma Validação • Quando é “SEGURO” para o usuário e pacientes/clientes • Quando o “CUSTO” é relevante ao material processado.
  3. 3. Seção III Dos Equipamentos Art. 37 Deve ser realizada qualificação de instalação, qualificação de operação e qualificação de desempenho, para os equipamentos utilizados na limpeza automatizada e na esterilização de produtos para saúde, com periodicidade mínima anual. Parágrafo único. Sempre que a carga de esterilização apresentar desafios superiores àquela utilizada na qualificação de desempenho, esta qualificação deve ser refeita.
  4. 4. Sistema de esterilização por formaldeído é chamado no mundo de “Esterilização a Baixa Temperatura” (Entre +60ºC a +78ºC) adequado para os mataríais termossensíveis que não suportam as temperaturas habituais da esterilização por vapor.
  5. 5. Vapor de água a Baixa Temperatura (60- 78º C) + Formoldeído somente a 2% H2CO Inativa as células por coagulação das proteínas e metilação de ácidos nucleicos
  6. 6. LIQUÍDO PASTILHAS PÓ
  7. 7. Ciclo +600 C: 3,5 horas Ciclo +780 C: 2 horas
  8. 8. NÃO TECIDO GRAU MÉDICO HIDROFÍLICO / HIDROFÓBICO PAPEL GRAU CIRÚRGICO CONTEINERES
  9. 9. Cabo bipolar Endoscópios Flexíveis Transductor de RX Cabo óptico Óptica Óptica processada em caixa de plástico Sonda ecográfica intra-operatória Caixa de plástico de instrumental MIS
  10. 10. ABNT NBR 15659:2009 - Esterilização de produtos para saúde - Esterilizadores de vapor a baixa temperatura e formaldeído - Requisitos e métodos de ensaio Item 6.2 – eficácia de desabsorção A eliminação de formoldeído da câmara do esterilizador e da carga na etapa de desvaporização do ciclo deve reduzir a concentração dos resíduos de formoldeído em / sobre os artígos processados num valor inferior a 200 g. No anexo D da norma explica-se o método de ensaio a aplicar.
  11. 11. É um dever de todos e um direito do paciente. Demonstração de respeito

×