As principais formações vegetais

2.471 visualizações

Publicada em

É muito bom para o 8ºano

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.471
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As principais formações vegetais

  1. 1. AS PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS
  2. 2. A biosfera é a componente da Terra onde os seres vivos – animais e vegetais – podem realizar as suas funções vitais. A biosfera é constituída por diversos biomas, que são comunidades de plantas e animais que formam uma unidade ecológica regional cuja dimensão é subcontinental; são regiões determinadas por um clima característico, bem como por determinados tipos de solos. Assim, as diferentes formações vegetais do nosso planeta estão associadas a biomas e climas distintos. Cada bioma pode ser caracterizado a partir da vegetação que neles se encontra.
  3. 3. AS FORMAÇÕES VEGETAIS DOS SEGUINTES BIOMAS Floresta equatorial;  Floresta tropical;  Savana;  Deserto quente;  Bosque mediterrânico;  Pradaria e estepe;  Floresta caducifólia;  Taiga;  Tundra;  Deserto frio. 
  4. 4. É também conhecida por floresta virgem, ou sempre verde, sendo a mais compacta e densa de todas as florestas e na qual existe a maior diversidade e riqueza de espécies. FLORESTA EQUATORIAL 
  5. 5. Caracteriza-se pela abundância e densidade da vegetação e riqueza animal, que apenas é ultrapassada no seu carácter luxuriante pela floresta equatorial. FLORESTA TROPICAL 
  6. 6. Trata-se de um espaço resultante da degradação da floresta tropical e que se caracteriza pela exuberante vida animal, apresentando um vegetação herbácea com algumas árvores dispersas. SAVANA 
  7. 7. As condições de vida animal e vegetal são quase impossíveis devido às elevadas amplitudes térmicas diárias e à ausência de precipitação, pelo que apenas espécies adaptadas a estas rigorosas condições sobrevivem neste bioma – vegetação xerófila. DESERTO QUENTE 
  8. 8. Apesar de se encontrar quase extinta (está reduzida a pequenos bosques pouco densos), a floresta mediterrânica é constituída por espécies bem adaptadas à secura. Em seu lugar existem formações arbustivas de alguma densidade que se denominam maquis ou garrigue. BOSQUE MEDITERRÂNICO 
  9. 9. É constituída por árvores de folhagem caduca e predomina nas áreas marítimas da zona temperada. A queda das folhas no outono e o seu nascimento na primavera são os mais importantes fenómenos de adaptação e que mais influenciam a vida animal. FLORESTA CADUCIFÓLIA 
  10. 10. GARRIGUE Garrigue refere-se a uma zona com vegetação densa, constituída por arbustos, maquis e gramíneas principalmente localizadas entre o fim das planícies costeiras típicas da região do Magreb e o começo de montanhas pertencentes à Cordilheira do Atlas, encontradas no litoral do nortenoroeste da África e sul da Europa onde predomina o clima mediterrâneo com verões quentes e secos e invernos frios (entre 0ºC a 15ºC) que variam conforme a altitude.
  11. 11. MAQUIS Maquis, também aportuguesado para maqui, é uma formação vegetal da região do Mediterrâneo que em geral se estabelece em solos siliciosos. Corresponde a uma fase de degradação de áreas onde predominava o sobreiro. É composto por arbustos muito densos e de difícil penetração.
  12. 12. São formadas por grandes extensões cobertas de vegetação herbácea e arbustiva, que têm como aspeto dominante a ausência quase total de árvores. Localizam-se no interior dos continentes da zona temperada. PRADARIA E ESTEPE 
  13. 13. É constituída por grandes florestas de coníferas situadas nas altas altitudes ( nomeadamente, o abeto, o pinheiro e o larício). Relativamente à tundra, tem verões um pouco mais quentes, ventos menos fortes e maior abundância de água. TAIGA 
  14. 14. Região extensa que circunda o oceano Glacial Ártico, caracteriza-se por um clima frio e seco e uma vegetação constituída por musgos e líquenes, sem árvores. Também existe na alta montanha de latitudes mais baixas TUNDRA 
  15. 15. Devido à fraca insolação recebida durante todo o ano, e em particular no inverno, estas regiões são permanentemente frias e cobertas de gelo. Desta forma, a vida vegetal e animal fica muito condicionada, sendo a vegetação escassa. DESERTO FRIO 

×