Deputado Federal Aureo
MOMENTO REFLEXÃO
Coluna da Professora Benedita
Distribuição Gratuita e Circulação Dirigida para Púb...
PEDRAS NO CAMINHO - CONTOS - APRESENTAÇÃO
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 02
EXPEDIENTE
JORNAL NO COMPASS...
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 03
MOMENTO REFLEXÃO
Existem três tipos de rique-
zas que um homem poderá...
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 04
A e q u i p e d o J o r n a l N o
Compasso de Magé se sente
muito honr...
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 05
OJornalNoCompassodeMagé
agradece o Apoio de nossos
Patrocinadores, Au...
Página 06 JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.
Nossa equipe parabeniza o Sr.
Prefeito Nestor Vidal pela
escolha da S...
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 07
Assistência Médico – Sanitária
O
primeiro nosocômio de Magé, era, man...
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 08
MEUS IRMÃOS MAGEENSES
Meus irmãos é muito comum
ouvirmos quando estamo...
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 9
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 10
Onde o poder público não chega, pode sim chegar a solidariedade
Deputa...
Inaugurado em setembro de 1982,
o Horto Municipal de Piabetá, no
sexto distrito, completa 31 anos.
O local já foi o viveir...
Página 12 JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.
TROCA DE COMANDO DO 2º GSFMA.
No dia 13 de agosto de 2013 ocorreu a t...
Página 13JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.
No dia 11 de setembro foi anun-
ciado pelo prefeito Nestor Vidal
e o v...
Página 14 JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.
No dia 14 de setembro, na Paróquia
de São José, no Fragoso, nossa equ...
Página 15JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.
A Equipe do Jornal No Compasso
de Magé parabeniza o Secretário
Municip...
JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 16
“Tico & Teco Laticinios” Comemora Mais um
Aniversário no Mês de Outubr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal no Compasso de Magé - Edição V - Outubro 2013

808 visualizações

Publicada em

Um Jornal que fala sobre Magé, Trazendo Notícias e Informação. Aqui o povo pode reivindicar.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
808
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal no Compasso de Magé - Edição V - Outubro 2013

  1. 1. Deputado Federal Aureo MOMENTO REFLEXÃO Coluna da Professora Benedita Distribuição Gratuita e Circulação Dirigida para Público Pré-selecionado - Outubro de 2013 - Circulação: Magé/RJ - 5.000 exemplares Ano I - V Edição - OUTUBro 2013. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ 2631-0624 Por DEUS, pela PÁTRIA e pela FAMÍLIA. Pg 02 Troca de Comando de 2º GSFMA (Segundo Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente) Na Foto: Fernando Holmes e o Srº Tenente Coronel Bombeiro Militar Vanderlei Carvalho Alonso Junior Pg 03 SECRETÁRIA DE GOVERNO RECEBE NOSSA EQUIPE. ELA FEZ E FAZ POR MECERER. Pg 04 5º Capítulo: Histórico do Município de Magé Pg 06 Pg 07 MEUSIRMÃOSMAGEENSESPg 08 Pg 10 PREFEITURA DE MAGÉ Pg 11 BIOGRAFIADA PROFª EDITH PIERIPg 12 34° BPM EM AÇÃOPg 13 Mauá receberá Obras do Programa Bairro Novo Casamento de Felipe e Vanda na Paróquia de São José em Fragoso Pg 13 Pg 14
  2. 2. PEDRAS NO CAMINHO - CONTOS - APRESENTAÇÃO JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 02 EXPEDIENTE JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ EDILEUZA ALVES EDITORA DE JORNAIS CNPJ: 17.997.692/0001-97 INSCRIÇÃO MUNICIPAL: 240860 EDITOR RESPONSÁVEL: FERNANDO HOLMES BURCHTEIN EDITOR DE JORNAIS CNPJ: 18.158.932/0001-22 END: RUA ALBANO, 902 IMPERADOR MAUÁ MAGÉ TEL: 2631-0624 / 8534-5412 Email: jornalnocompassodemage@gmail.com ASSESSORIA JURÍDICA: DR. JORGE DA S. NEVES JÚNIOR OAB/RJ 141.158 DRª. MARIA TEREZA FERREIRA DA SILVA OAB/RJ Nº 134.089 COLABORADORES: DR. JOSÉ GOMES SOBRINHO DA SILVA “AMIGO ZÉ” EVERALDO TEIXEIRA BENEDITO JOSÉ DA SILVA L.S. SOUZA - MANUT. DE ELEVADORES Impresso na Gráfica Tribuna de Petrópolis. As matérias vinculadas nesta mídia não refletem necessariamente a opnião deste jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Não me interessa, em pri- meiro plano, a pessoa com seus “canudos’ escolares, nem os cargos que, me en- volvo na pessoas de bem, amistosa, simpática, sempre de palavra pronta de aju- da. Assim é a Benedita: há uma auréola de bondade, de confiança, de franca ca- maradagem. Durante estes anos, que não são poucos , a Benedita se mostrou cons- tante na amizade , sempre ao dispor, tal como criança ainda sem maldade. Gosto de lhe chamar “minha mi- úda” porque ela é mesmo uma sã criança. Depois olho suas aptidões como literata e me mara- vilho, tanto pela qualidade como pela quantidade: este cérebro está sempre efer- vescente, sempre se lançan- do para a obra seguinte, sua imaginação não tem limi- tes! Ao ver mais este trabalho, me foi impossível conter minha apreciação da pessoa que é, visto que como críti- co não tenho conhecimento para tal! Outros que se con- siderem habilitados que o façam. Henrique Lacerda Ramalho Coronel de Infantaria/ re- formado – Portugal Obs.: Enviei meus contos para serem publicados no Portal CEM – Portugal. Quando recebi a página fui surpreendida com esta apreciação de meu amigo Henrique. Ao publicar os contos na versão impressa, pedi autorização para usar na apresentação. COLUNA DA PROFESSORA BENEDITA MEMBROS EFETIVOS Cadeira Nº 1- Guilherme de Almeida - BENEDITA AZEVEDO Cadeira Nº 2 - Alfredo Volpi - DENEIR MARTINS Cadeira Nº 3 - Walter da Costa Moreira - DEMÉTRIO SENA Cadeira Nº 4 - Samuel Hahnemann - JANE SILVA DE AZEVEDO Cadeira Nº 5 - Haroldo R. de Castro - ROBERTO DA SILVA Cadeira Nº 6 - Pascoal Carlos Magno - JOÃO DE ALMEIDA FIÚZA Cadeira Nº 7 - Roberto Burle Marx - SÔNIA MONTEIRO Cadeira Nº 8 - Heitor Villa-Lobos - IRAÍ VERDAN Cadeira Nº 9 - Reinaldo José Ferreira - Ma- riângela Yanase Cadeira Nº 10 - Plácido Agra Neto - LENIR SOBREIRA Cadeira N° 11- Heraldo Miranda Teles - TELMA SOARES BARRETO Cadeira Nº 12 - Rui Barbosa - JOSUÉ DELZE PROENÇA Cadeira Nº 13 - Dário Navarro - MARIA HELENA COZZOLINO Cadeira Nº 14 – Anita Malfatti - Maria Vilany de Oliveira Biegler Cadeira Nº 15 - Lígia Clark - ANA MARIA DE SOUSA CadeiraNº16-AlcécioCarvalho-TIMBUCA - EDUARDO DE SOUZA RIBEIRO Cadeira Nº 17- Pierre Auguste Renoir- SOLANGE DE OLIVEIRA MARQUES Cadeira Nº 18 - Walmir Ayale - DEIZE GARCIA DE SOUSA Cadeira Nº 19 - Emiliano Di Cavalcanti - EMILSON DA SILVA CARVALHO Cadeira Nº 20- Candido Portinari – Carlos Eduardo Augusto da Silva Cadeira Nº21- Anita Garibaldi - Josete da Costa Esquincalha Cadeira Nº22 - Samuel Wainer - Paulo Cezar dos Santos Cadeira Nº23 - Camille Pissarro - Adalto de Paula Cadeira Nº 24- Augusto dos Anjos - Ivana Country Dias da Silva Oliveira Cadeira Nº 25 - Ney Alberto de Barros - Reginaldo Francisco de Oliveira Cadeira Nº 26 - Joel Pereira Rabello – Antônio Barbosa Cadeira Nº 27 - Francisco Alves – Pedro Omena Esteves Cadeira Nº 28 - Armanda Álvaro Alberto - Claudina Nunes de Sousa Oliveira ALA Jovem Escritor Cadeira Nº 41 - Carlos Drumond de Andrade - Gerson Monteiro Cadeira Nº 42 - Raul de Leoni - Rafael Valladão Rocha MEMBROSFUNDADORESHONORÁRIOS Eliane Mariath Dantas: Presidente da FALARJ Dr. Abílio Kac - Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores - RJ Marilza de Castro: Presidente do ImBrasCI Gilson Nazaré: Presidente do Site João do Rio Roberto Del’ Secchi - Vassouras: Organizador das Antologia Del’Secchi Mauro Modesto - Presidente da Federação das Academias de Letras e Artes do Acre Maria Nascimento S. Carvalho - Presidente da União Brasileira de Trovadores – RJ ALDO CARRACENA MEMBRO BENEMÉRITO Christian Roberto Ferreira Davis A ACLAM será composta por 40 mem- bros efetivos adultos e 10 Membros efetivos (jovens Escritores) Praia do Anil, Magé - RJ, 21 de abril de 2013 Benedita Silva de Azevedo PRESIDENTE A ACLAM DÁ POSSE A MAIS 05 MEMBROS EFETIVOS, no dia 21 de setembro de 2013, Cadeiras Nº 14, 20, 25, 28 e 42. ACADEMIA DE CIENCIAS LETRAS E ARTES DE MAGÉ ACLAM Casa de Ney de Lima e Aluisio Azevedo Fundação em 24 de setembro de 2011 Na foto: Reginado, Claudina, Benedita, Maria Vilany, Rafael e Carlos Eduardo PROPAGANDA É A ALMA DO NEGÓCIO. ANUNCIE CONOSCO. 2631-0624
  3. 3. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 03 MOMENTO REFLEXÃO Existem três tipos de rique- zas que um homem poderá pos- suir, possui ou poderá perder. A primeira delas é a utilizada por cada um, pois, é ela que mantem o vigor espiritual e estimula a prosseguir no tempo, com coragem, determinação e a vontade de vencer os obstáculos que se transpassem em seu caminho. Atéaquifaleidosefeitosdetaisriquezas, sem no entanto citá-las, como também falarei outros efeitos e causas como se fosse num círculo vicioso que mantém o ego humano em movimento continuo em busca de melhores oportunidades e conhecimentos que sirvam de apoio e alavancas que lhes facilitam alcan- çar o que quer que desejem alcançar. Poderia eu falar sobre tais riquezas por muitas e muitas folhas sem con- tudo determinar quais riquezas são estas, mas por uma questão de tran- quilidade e prazer em ler tais informa- ções, citarei quais são as três riquezas. Observando-se que nenhuma riqueza é composta única e exclusivamente de valores iguais que soma-los tornam- se uma fortuna ou grandeza em volu- mes e tem mais, tais riquezas podem ser divididas e aproveitadas por todos que entrem em contato com elas, mes- mo não sendo seus donos absolutos. O que importa em quaisquer riquezas é o bem que elas proporcionam, não importando o quanto ela lhe beneficie. Falemos agora das rique- zas propriamente ditas: A Vida é a primeira delas. Porque sem vida não existiriam as outras. A Fé e a segunda, pois que sem ela es- taríamos como que adormecidos para a vida e portanto nada faríamos a não ser estar vivo e estagnados no tempo. A Consciência, a terceira delas. Porque sem consciência a vida teria seu curso, mas nada poderia ser realizado e a fé deixaria de produzir outras riquezas. Vale aqui observar que atributos não são considerados riquezas, mas partes inte- grantes de riquezas menores que pro- porcionam outras riquezas e atributos que são conquistados pelo ser humano. Se lhe fosse dado o direito de dominar todas as outras pessoas existentes no mundo certamente não irias suportar o peso de tamanha responsabilidade. A fé não é algo que se possa dominar, nem um objeto que se possa usar a seu bel-prazer. A fé determina o que você poderá fazer ou impedir que você faça aquilo que você não desejaria fazer. Esta mensagem foi escrita pelo saudoso e mestre Natan Felipe Holmes Burchtein, falecido em 22/12/2012.
  4. 4. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 04 A e q u i p e d o J o r n a l N o Compasso de Magé se sente muito honrada, pois no dia 20 de setembro fomos recebidos pela Secretária de Governo a Sr.ª Sônia de Oliveira Sthoffel no qual tivemos o prazer de conversar assuntos pertinentes a melhoria da nosso município e ouvimos da mesma que mu it a coisa se fez, mas muitas coisas serão realizadas em todas as áreas de nosso município e pedindo um pouco de paciência e tempo para as novas realizações que virão. A secretária Sônia aproveita para agradecer a equipe que compõe o governo do Exmo. Prefeito Sr. Nestor Vidal e a todos os funcionários que vem se dedicando ao bom atendimento para com o povo mageense. Um abraço Fraternal Equipe Jornal No Compasso de Magé Secretária de Governo recebe nossa equipe Nossa Senhora Aparecida, aqui tendes, diante de vossa imagem, o vosso Brasil, o Brasil que vem novamente consagrar-se à vossa maternal proteção. Escolhendo-vos por especial padroeira e advogada de nossa Pátria, nós queremos que ela seja inteiramente vossa. Que seja vossa a sua natureza exuberante, vossas as suas riquezas, vossos os campos e as montanhas, os vales e os rios, vossas as cidades e as indústrias, vossa a socieda- de, os lares e seus habitantes com tudo o que possuem, vosso, enfim, todo o Brasil. Sim, Senhora da Conceição Aparecida, o Brasil é vosso. Por vossa intercessão temos recebido todos os bens que Deus nos prodigalizou e muitos ainda esperamos receber. Obrigado por tudo, Virgem Mãe Aparecida. Abençoai, Senhora, o Brasil que vos agradece, o Brasil que vos ama, o Brasil que é vosso. Protegei a Santa Igreja, preservai a nos- sa fé, defendei o Santo Padre, os nossos bispos, santificai o nosso clero, amparai o nosso povo, esclareceionosso governo,guiai a nossa mente no caminho do bem e da verdade. Rainha do Brasil, mãe de todos os brasileiros, venha a nós o amoroso rei- no do Pai. Por vossa media- ção, venha à nossa pátria o Reino de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. Amém. 12 DE OUTUBRO SALVE A PADROEIRA DO BRASIL NOSSA SENHORA APARECIDA Oração da Nossa Senhora Aparecida
  5. 5. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 05 OJornalNoCompassodeMagé agradece o Apoio de nossos Patrocinadores, Autoridades e Leitores que endendem a nossa Proposta de um Magé Melhor. Muito Obrigado!
  6. 6. Página 06 JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Nossa equipe parabeniza o Sr. Prefeito Nestor Vidal pela escolha da Sr.ª Angela Lo- meu para o cargo de Secre- tária Municipal de Educação que em tão pouco tempo vem exercendo com muita dignidade e humanismo o cargo a que exerce. Sendo querida pelos funcionário e pais de alunos. Nós por co- nhece-la e tê-la como ami- ga não poderíamos esperar outro comportamento a não ser o que acima citamos. Angela Lomeu, que DEUS a abençoe rica e abundan- temente para que continue seu belíssimo trabalho, pois a educação é o futuro da nossa nação. Um abraço fraternal Equipe Jornal No Compasso de Magé Ela Fez e Faz Por Merecer. Na foto: Fernando Holmes e a Secretária de Educação Angela Lomeu Espaço Publicitário Anuncie Conosco 8534-5412
  7. 7. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 07 Assistência Médico – Sanitária O primeiro nosocômio de Magé, era, manti- do pela Associação Beneficente Hospital de Magé, com serviços de clínica médi- ca, cirúrgica e obstétrica. Contava com 40 leitos sendo 30 para atendimentos gerais, quatro para cirurgias, dois reservadores para contribuin- tes da Associação, e quatro para maternidade. Funcionou assim por várias décadas; na década de 1980, foi eleito o prefeito de Magé, o saudoso Renato Cozzolino que fez uma magnífica amplia- ção no Hospital de Magé, e transformou uma clí- nica pediátrica de Piabetá no hospital; que depois foi ampliado; o mesmo aconteceu também com o Hospital de Magé. Vale a pena lembrar, que até os anos 70 não havia “ou, tinha acabado se ouve antes”, ambulância nos hospitais de Magé; em 1979 Magid Repani, prefeito municipal, comprou uma Kombi e mandou transforma ela em ambu- lância. Hoje o município dispõe de vários carros com instalações próprias para transportar pa- cientes; adquiridos principalmente nos governos Núbia Cozzolino. O serviço Nacional de Endemias Rurais, sempre manteve em Magé, postos nos distritos de Magé e Guapimirim. Havia também um posto médico social na sede do município, e outro em Inhomirim. Tinha também um posto de combate as helmintíases, hoje, esses tratamentos helmínticos são feitos nos postos de saúde, e nos hospitais do município. Havia no município, outros serviços médicos mantidos por entidades particulares; destacando- 5º Capítulo: Histórico do Município de Magé, RJ. se; os postos; cooperativos rodoviários LTDA, que funcionavam em Magé, fábrica de andorinhas, em Santo Aleixo; CIA Fiação e Tecelagem Bezerra da Melo, em Santo Aleixo; e, América Fabril, e Pau Grande, o serviço Nacional de Endemias Rurais mantinha um Laboratório para pesquisas de he- matozoarios;(parasito encontrado no sangue ani- mal e que é aplicado ao agente etiológico do im- paludismo). A fabrica unidas de tecidos, e rendas e bordados, tinham instalado um laboratório para exames de sangue, urina, e escarro, em beneficio exclusivo dos seus empregados. Entre as décadas de 40-a-50, residiam no municí- pio de Magé, nove médicos que exerciam a profis- são. Seis eram clínicos geral, dois cardiologistas e um pediatra. Residiam em Magé, e exerciam a profissão; dois dentistas diplomados e três práti- cos. Alfabetização M agé foi e é um município preocupado com a educação. Em 1950, os mageenses de 5 a 85 anos de idade, 60% sabiam ler e escrever. O ensino possuía, em 1950, 16 escolas munici- pais com 1126 alunos matriculados; 17 escolas estaduais com 2284 alunos matriculados; 10 es- colas particulares com 1323 alunos matriculados e 5 unidades de ensino supletivo com 175 alunos matriculados. Havia 2 ginásios sendo 1 na sede municipal e 1 em santo Aleixo, totalizando 265 matriculas. A receita municipal do município tinha um aumen- to anual relativamente bom; na receita federal, na estadual e na municipal tributaria. Em 1950 foram estas as quantias arrecadadas no município: Re- ceita Federal R$7.637,00, Receita Estadual, R$ 9.728,00; Receita Municipal; no município: Re- ceita Municipal Tributaria R$ 2.394,00; Despesa Municipal R$ 2.764,00. -1951. Federal, 7.982,00; Estadual, 1.107,00; Mu- nicipal, 4.151,00; Municipal Tributaria, 2.545,00; Despesa Municipal, 3.661,00. -1952. Federal, 9.111,00; Estadual, 10.886,00 Mu- nicipal, 4.859,00; Municipal Tributaria, 2.698,00; Despesa Municipal, 3.910,00. -1953. Federal, 10.191,00; Estadual, 12.580; Mu- nicipal, 4.917,00; Municipal Tributaria Despesas de Municipal, 4.478,00. -1954. Federal, 13.372,00; Estadual, 17.836,00; Municipal, 5.192,00; Municipal Tributaria 2.961,00; Despesa Municipal, 4.581,00 -1955. Federal, 19.386,00; Estadual, 28.148,00; Municipal, 7.274,00; Municipal Tributaria, 4.055,00; Despesa Municipal, 5.930,00 -1956. Federal, 23.323,00; Estadual, 34.296,00; Municipal, 11.674,00 Municipal Tributaria, 6.610,00; Despesa Municipal, 9.272,00. Estes quadros alem de alterado tem sido modificado administrativamente e economica- mente no quantitativo da progressão gerenciativa governamentalmente do município. Continua na Próxima edição. Benedito José da Silva.
  8. 8. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 08 MEUS IRMÃOS MAGEENSES Meus irmãos é muito comum ouvirmos quando estamos em grupo, seja em filas de bancos, mercados, farmá- cias e outros lugares de uma forma geral, comentários de que o Brasil de hoje está ruim, reclamamos de mui- tas coisas; má prestação de serviços (telefone, luz, água, entre outros) salário, impostos e serviços públi- cos como saúde e educação que sempre estão à frente das reclamações; acredito de que a maioria das recla- mações são justas. Entendo que a juventude possa falar desta forma, porém os mais idosos devem se lembrar de tempos não tão distantes em que tínhamos problemas com falta de energia elétrica em alguns pontos de nossa cidade e o não atendimento a alguns bairros mais ca- rentes, coleta de lixo ina- propriada e até inexistente, transporte público de com pouca segurançae horário irregulares, ruas esburaca- das sem asfalto ou qualquer tipo de calçamento, o servi- ço de telefonia fixa era para poucos e é claro um artigo de luxo, nem vou comentar da telefonia móvel (celular). Mas hoje temos uma reali- dade bem diferente, onde não só os serviços melho- raram mas também a vida. É comum em se ver uma fa- mília de baixa renda conse- guir com muita luta, é claro, comprar eletrodomésticos, móveis e até mesmo a tão sonhada casa própria. O desenvolvimento do brasil e de seu povo está na vontade e no agir dos brasi- leiros que lutam a cada dia com determinação e a cima de tudo depositando sua fé em DEUS, pois é ele que nos mantem focados nas coisas boas e nos dá forças para superar todas as dificulda- des. Sendo assim, peço aos meus irmãos que orem a DEUS por nossos governan- tes, para que quando forem tomar decisões quanto ao futuro de nosso povo, sejam guiados pelo todo Poderoso DEUS, que nos criou e cuida com muito amor e miseri- córdia. Um grande abraço fraternal a todos os leitores e amigos que lutam e acreditam num Magé Melhor. Fernando Holmes Editor Responsável Jornal No Compasso de Magé
  9. 9. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Página 9
  10. 10. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 10 Onde o poder público não chega, pode sim chegar a solidariedade Deputado Federal Aureo Quero compartilhar com meus amigos leitores uma visita que fiz ao projeto Cristolândia Mira- cema-Santo Antônio de Pádua, da Junta de Missões Nacionais (JMN) da Igreja Batista. O proje- to atende em torno de 30 internos que estão recebendo tratamento contra a dependência química. Nossa intenção, além de conhe- cer o projeto era unir as duas cidades e as autoridades locais, através de parcerias, com a res- ponsabilidade de ajudar a Insti- tuição que vem realizando um belíssimo trabalho na restauração de vidas e reabilitação social. Jo- vens que viviam excluídos da so- ciedade e de suas famílias devido ao vício do álcool ou das drogas. Muitos até com passagens pela polícia, mas que agora agrade- cem a Deus por estarem vivos e terem suas vidas transformadas. Não há como não se emocionar! O atendimento se inicia na Mis- são Batista Cristolândia com a abordagem, triagem dos aten- didos e uma série de ações que contribuem para melhoria da qualidade de saúde física e no resgate da autoestima. Fazem parte do acolhimento diagnóstico psicossocial, regularização civil, resgate de vínculos familiares, tratamento de saúde, terminando com capacitação profissional e reinserção social, com encami- nhamento para estágio e primeiro emprego. A nova Lei de Sistema Nacional de Políticas sobre Drogas, cuja Comissão de elaboração fiz parte, será um grande avanço Esta foi votada na Câmara dos Deputados e aguarda votação no Senado. Um dos pontos mais importantes é o reconhecimento do trabalho das Comunidades Terapêuticas através de investimentos e apoio. Claro que este apoio deve ser acompanhado de uma fiscali- zação rigorosa e eficiente. Mas não tenho dúvidas que projetos como Cristolândia são exemplos do que precisamos para combater essa verdadeira epidemia social. O governo federal fez um levan- tamento do índice de recuperação que o Projeto Crack é Possível Vencer, lançado no ano passado, tem alcançado na luta contra a dependência química. O índice de retorno ao vício é assustador. De cada 100 pessoas tratadas, so- mente 5%, ou seja, cinco pessoas têm suas vidas transformadas. Os outros 95%, infelizmente, retor- nam ao vício. No projeto Cristolândia acontece o inverso: as vidas são recupera- das e voltam para sociedade cura- das mentalmente, fisicamente e espiritualmente. O trabalho lide- rado pelo Pastor Fernando Bran- dão – Diretor Executivo da Junta de Missões Nacionais da Igreja Batista, pode servir de exemplo e ponto de partida para outros que têm o mesmo desejo de engajar- se nessa verdadeira missão. Assim, como deputado, cidadão e cristão estarei ao lado, lutando pelo trabalho de Comunidades Terapêuticas sérias, que alcan- çam muitas vidas, muitas famí- lias. Onde o Poder Público não chega, pode chegar sim, o amor ao próximo, a solidariedade e a vontade de resgatar a dignidade humana. Basta separarmos o joio do trigo. Sem, contudo, inviabili- zar àqueles que querem e sabem como fazer dar certo. Parabéns ao Projeto Cristolândia, estendendo também a tantos outros Projetos que merecem nosso respeito. Fonte: http://www.deputadoaureo.com.br
  11. 11. Inaugurado em setembro de 1982, o Horto Municipal de Piabetá, no sexto distrito, completa 31 anos. O local já foi o viveiro de mudas que eram espalhados pela cidade e era uma área de lazer com gran- de confluência de pessoas. Na manhã da última sexta-feira (20) foi realizado a comemoração de aniversário e o anúncio da re- vitalização de todo o espaço feito pelo prefeito Nestor Vidal. Foram realizadas atividades dire- cionadas pelos alunos da Escola Municipal Vereador Antonio Gar- cia Filho, conhecida popularmen- te como Escola do Horto, como apresentações de musicais e tea- tro. Profissionais da área de saúde ofereceram serviços de aferição de pressão e nível de glicose para os presentes. "Nós precisamos resgatar as boas histórias de Magé. O Horto Muni- cipal de Piabetá faz parte deste contexto e a reconstrução deste espaço é um pequeno passo para o muito que ainda temos que fa- zer. O caminho que era trilhado anteriormente não servia para o município. Estamos trabalhando com muito empenho, sem mági- cas, para transformar o município para as futuras gerações", disse o prefeito Nestor Vidal. O órgão responsável pela recupe- ração do Horto de Piabetá será a Secretaria de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade. O objeti- vo principal é transformar o espa- ço em mais um atrativo turístico da cidade. Serão tomadas ações como a reativação do lago, a insta- lação de sistema wi-fi, sinalização e pavimentação do Horto. Também serão promovidas atividades cultu- rais, esportivas e relacionadas ao meio ambiente. "Não temos palavras suficientes para expressar a nossa alegria de estarmos aqui e idealizar um novo Horto para a população. As raízes dos mageenses foram deixadas de lado ao longo de anos e o prefeito Nestor Vidal está aqui para recu- perar esse legado. O trabalho está sendo feito e muito mais ainda virá", afirmou a secretária de Go- verno, Sonia Sthoffel. O secretário de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade, Leandro Rodrigues, declarou que "é um de- safio colocado pelo prefeito Nestor Vidal. Vamos transformar o Horto em mais uma atração turística, e valorizar a indústria sem fumaça, o turismo ecológico". Leandro Vidal, secretário de Meio Ambiente, frisou que "uma área verde dentro do perímetro urbano é um patrimônio de grande valor. Fico feliz em saber que este lugar está sendo devolvido à popula- ção". Já o professor Luiz Carlos Carneiro, que participou da implementação do Horto, agradeceu o empenho e a coragem do prefeito Nestor Vi- dal. "Esse espaço é de suma im- portância para toda população de Magé. Agradeço ao prefeito pela sua visão e coragem de restabe- lecer o Horto para a comunidade", concluiu. Fonte:http://www.mage.rj.gov.br/Foto:MarceloDias Página 11JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. Horto de Piabetá faz aniversário e será revitalizado Mais 36 alunos do Curso de Solda se formaram nesta segunda-feira (23), no Centro de Formação do Bolsa Família, em Piabetá. Pro- movido através da parceria entre o governo municipal e o SENAI/ FIRJAN o curso faz parte das qua- lificações oferecidas pelo Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), do go- verno federal. "Com a exigência e demanda do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, o Comperj, por mão-de-o- bra qualificada, é importante que vocês agarrem essa oportunida- de", disse a secretária municipal de Trabalho, Emprego e Geração de Renda, Tânia Mara Gouvêa. Ela também destacou a necessidade da especialização local: "na minha experiência como representante do SINE - o Sistema Nacional de Emprego - vi empresas de grande porte em busca de soldadores que chegaram a trazer profissionais da Bolívia. O governo municipal está se empenhando em trazer a formação e nós queremos que os mageenses se empreguem aqui". No ano de 2013 os cinco cursos da parceria com o SENAI/FIRJAN, através do Pronatec, ofereceram 720 vagas. E segundo o professor do curso de solda, Rodrigo Santa- na, o Pré Sal promoveu um aque- cimento do mercado. "Quando eu me formei pela Faetec, em 1993, o caminho era ir pra Cingapura ou outros países para trabalhar com solda. Hoje o mercado brasileiro ter necessidade de profissionais da nossa área com o Pré-Sal. É uma oportunidade que vocês não po- dem perder, agora é pegar o cer- tificado e buscar a vaga", disse o professor de 34 anos. No curso que durou cerca de três meses, os alunos se tornaram es- pecialistas em solda no processo eletrodo revestido aço carbono e aço baixa liga, com aulas teóricas e práticas realizadas no primeiro distrito de Magé. Desde março de 2012 o Pronatec está oferecendo as capacitações para os mage- enses, contando com o trabalho conjunto realizado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Hu- manos, a Secretaria de Educação e Cultura, Secretaria de Trabalho, Emprego e Geração de Renda, e o Sistema Nacional de Emprego (SINE). Fonte: http://www.mage.rj.gov.br Foto: Jorge Luiz Duas turmas de solda se formam pelo Pronatec em Magé
  12. 12. Página 12 JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. TROCA DE COMANDO DO 2º GSFMA. No dia 13 de agosto de 2013 ocorreu a tro- ca de Comando de 2º GSFMA (Segundo Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente) onde assumiu o Comando o Srº Tenente Coronel Bombeiro Militar Vanderlei Carvalho Alonso Junior, com 21 anos de ser- viço no Corpo de Bombeiros, Oficial oriun- do do Grupamento Marítimo como chefe da seção de Mergulho e comandante do destacamento de ultraleves; do Grupamento de Operações Aéreas como piloto de avião e helicópteros, e do Comando de Bombeiros de Área VIII onde foi Chefe de Estado Maior das Atividades Especializadas. A cerimônia de posse foi presidi- da pelo Coronel Bombeiro Militar Roberto Sobral Junior Comandante das Atividades Especializadas. Ao assumir o Comando do 2º GSFMA, prometeu dar prosseguimento nas atividades de Bombeiro Militar, Meio Ambiente, Busca, Resgate e salvamento com Cães Bombeiros. ELOGIO MERECIDO A Equipe do Jornal No Compasso de Magé parabeniza o Sr. Hélio Sandro (Sandrinho) Coordenador do Serviço Público do 5º Distrito de Magé - Praia de Mauá, pois vem atendendo a todos com muito carinho e acima de tudo respeito para com os munícipes; não só ele , mas também a sua equipe de tra- balho, principalmente os trabalhadores braçais que com esforço e boa vontade, mantêm nossa cidade limpa e bem zelada. E por questão de justiça, rendemos este elogio, esperando que sempre façam por merece-lo. São funcionários como estes que elevam e engrandecem a Prefeitura Municipal de Magé. Um abraço Fraternal Fernando Holmes Jornal No Compasso de Magé Edith Pieri, nasceu no Hospital São Francisco de Assis; na cidade do Rio de Janeiro, no dia 13 de abril de 1934, sexta-feira. Seus pais biológicos foram a Sr.ª Elza e o Sr.° José; que eram chamados pe- las pessoas íntimas pelo apelido de Zeca. Quis o destino, que a menina Edith fosse adotada compassivamen- te por casal lusitano estabelecidos no Rio de Janeiro. No então Distrito Fe- deral. Edith passou a sua infância e adolescência residindo no bairro de Vila Izabel. Os seus pais adotivos foi o Sr.° Melo, e a Sr.ª Vicentina aos quais, ela chamava carinhosamente, papai Melo, e mamãe Vicentina. Aos pais biológicos, ela também tratava-os com o mesmo sentimento de Amor Filial – mamãe Elza e papai Zeca. Amando a todos com igual sentimento de amor, por igual. Edith, residiu em Vila Izabel até os 22 anos de idade. No bairro de Noel Rosa fez amizade com pessoas e famí- lias importantes; dentre elas a família Boamorte; Dr. Aluízio Boamorte e a sua esposa; Prof.ª Gizelda Botelho Chaves Rodrigues Boamorte e Jane filha do casal. Dr. Marcelino Vicente Prado, sua esposa Sr.ª Maria Antonie- ta dos Reis Prado e a filha do casal; Maria Antonieta dos Reis Prado Filha, que formou-se em advocacia. A famí- lia Marcilack: Dr. Jorge e Dr. Alfredo, Professora Eunice, Izabel, e Elza fon- tes Marcilack. A Edith teve a felicidade de adquirir a sua formação no Colé- gio Nossa Senhora da Misericórdia, e Luíza Marcilack. A professora Luíza Marcilack pertenceu ao matriarcado da família Marcilack. Muitos mem- bros dessa família moravam, e ainda moram em Vila Izabel, Na Rua Torres Homem. Edith Pieri também foi amiga de outras famílias de Vila Izabel. Den- tre elas, destaca-se: a família Alair de Oliveira Lourenço, a família, João Jorge Pádbure. _ A família, Adulzinda Vaz Siqueira. _ A família, Maria Anto- nieta Fraga Bastos. _ A família, Arthur César de Meneses Soares. _ A família Aristides Rezende Motta. _ A família, Colatina Aguiar dos Santos. _ A famí- lia, Francisco de Felizardo Vasconce- los. _ a família, Antonio Viana. Aos 22 anos Edith contraiu matrimô- nio; desta união conjugal, nasceram quatro filhos; Elvira, Edith, Olga e An- tonio (falecido), depois Edith contraiu novo casamento com Miguel Luiz Cos- ta, do segundo casamento nasceu-lhe apenas uma filha, a Vanessa. Todas as filhas de Edith, São formadas em pe- dagogia, ela, além de pedagoga tinha outras formações nas áreas de psicolo- gia e sociologia; voltada para a tota- lidade igualitária com vislumbramento socráticos. Edith Pieri, Preocupava-se muito com boas amizades, em Copacabana ela ti- nha bons amigos: dentre eles o Sr. Luiz Adolfo Josét, o Sr. Abrahão Medina, o promotor Costa Marques, o poeta J.G. de Araújo Jorge, e a dona Renata dire- tora de fiscalização do IAPI, e IAPC. A dona Renata, e o Dr. Líncoln Geraldo de Carvalho, um certo dia apresenta- ram a Edith ao presidente Juscelino Kubitschek que impressionado com a desenvoltura da Edith convidou-a para ser sua secretária particular. O tempo passou, e a Edith veio pa- rar em Mauá aqui chegando, morou por algum tempo perto da Avenida do Imperador. Ao perceber as dificulda- des na educação do 5° Distrito, Edith resolveu instalar um colégio para pro- porcionar uma educação qualificativa ao povo Mageense, fundou o Colégio Nossa Senhora da Guia em cujo es- paço cultural, alfabetizou adultos e crianças, os quais, eram educados, pagando ou não as mensalidades. Pois a dona Edith, jamais deixou sem edu- cação os filhos de pais que não tinham como pagar pela educação dos filhos. Edith havia herdado dos pais, e das pessoas com quem se relacionou o sen- timento pelo direito igualitário e o hu- manismo. A sua dispensa esteve sem- pre cheia, e franqueada para servir a todos que não tinham em casa o que comer. Ela dizia: se eu não for digna de matar a fome do meu irmão, não sou digna de viver. Quis o destino, que ela fosse arreba- tada deste mundo e do nosso convívio antes de completar a sua missão auxi- liadora. Deus sabe o que faz; no fatí- dico dia cinco de outubro de 2002 às 15:00 horas aos 68 anos a dona Edith Pieri faleceu, o seu biológico voltou ao pó e o seu espírito retornou as mãos de Deus onde aguardará o dia do juízo fi- nal; Quando ela será ressuscitada por Nosso Senhor Jesus Cristo, e ficará a serviço d’ele no reino dos eleitos para servir a Deus. Homenagemminúsculadoínfimoamigo Benedito José da Silva EDITH PIERI, HISTÓRICO BIOGRÁFICO.
  13. 13. Página 13JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. No dia 11 de setembro foi anun- ciado pelo prefeito Nestor Vidal e o vice-governador e coorde- nador de Infraestrutura do Es- tado, Luiz Fernando Pezão, o início das obras do Programa Bairro Novo, que, inicialmente em uma primeira fase, contem- plará 13 ruas no quinto distrito (Mauá). Ao total, serão atendidas 94 ruas em dois barros (Mauá e Centro), com intervenções como drenagem, pavimentação, sinalização, calçadas para pe- destres e arborização. As vias que serão reformadas são: Avenida do Imperador; Rua Alberto Maia; Rua Maestro Ca- lil José; Rua 55, Rua da Sabema; Rua Maria José de Campos; Rua 57; Rua Eloy Alonso; Rua Pro- fessora Maria Luiza Vieira; Rua Alberto Augusto; Rua Irineu Theóphilo; Rua Santo Antônio e Rua João José de Campos. Diante do anunciado, nós do Jornal no Compasso de Magé como ato de boa fé e visionários que somos agradecemos ante- cipadamente pelas obras que serão realizadas como também pelas obras que já foram. Fernando Holmes Edileuza Alves Jornal no Compasso de Magé MauáreceberáObrasdoProgramaBairroNovo 34° BPM EM AÇÃO " Policiais do D/2, em Piabetá, no dia 15/09/2013, quando em patrulhamen- to pela área, abordaram o veículo da marca Fiat Uno, placa LQL 7250, de cor preta. Ao realizarem consulta no sistema, obtiveram a informação de que o veículo era fruto de roubo na área da 16ªDP, de RO 8140, na data de 03/09/2013. Contra o suspeito, o na- cional CARLOS HENRIQUE HARA- DA DOS SANTOS, de 30 anos de ida- de, também constava um mandado de prisão da 2ª Vara Criminal de Belford Roxo também por receptação, onde foi autuado no Artigo 180 do CP e ficou acautelado na 62ª DP." A Guarnição do PATAMO II, em Piabetá, após denúncia anônima, chegou Rua "C" Lt. 28 Q.07 - Pqe. Santana - Piabetá/RJ, na residên- cia do cidadão de nome ROBER- TO CAMPOS DOS SANTOS, 46 anos, que estaria vendendo CNH, falsas, pela quantia de R$ 1.500,00, fazendo contato com o próprio, que franqueou a entrada na resi- dência e após a revista, em cima da comoda foi encontrada uma pasta azul contendo 79 envelopes com documentos de terceiros, que segundo o suspeito, seria para confecção das CNH,ainda durante a revista também fora encontrado um REVÓLVER, da marca Taurus, cal. 38, nº HE28937, Junção 7827, 05 tiros, com 03 munições intac- tas e uma CNH pronta para ser entregue. Foi encontrado ainda R$1800,00 em espécie, um Note- book CCE, um impressora Canon e Pendrive. Segundo o acusado, ele preparava a documentação para confecção da CNH e entregava a um amigo de nome Julio Cesar, que supostamente seria de Cam- pos dos Goytacazes, que vinha buscar a documentação e parte do dinheiro, e após três meses Julio Cesar trazia as CNH falsas pron- tas e pegava o restante do dinheiro com o suspeitp e que dava ao mes- mo o valor de R$ 100,00 por CNH vendida. O suspeito informou ain- da que seria ex-policial RG 60.390 e ofereceu cerca de R$ 10.000,00 para guarnição para não ser preso. Diante do fato, o nacional foi pre- so em flagrante e conduzido à 66 ª DP para apreciação da Autoridade Policial. R.O.n.3857/66 DP e B.O. PM 0301526. CARRO RECUPERADO ESTELIONATÁRIO É PRESO EM PIABETÁ A PATAMO I do 34º BPM em patrulhamento avistou cinco in- divíduos em atitude suspeita na Vila Inca - Magé, sendo encon- trado com os mesmos 14 table- tes de maconha hidropônica. Foram presos dois indivíduos de 19 anos e apreendidos três adolescentes de 17 anos: Leonardo Vieira Câmara - 19 anos; e, Maxsuel Maicon Correa da Silva - 19 anos. Foi apreendi- do com os indivíduos 14 Table- tes de maconha e dois celulares. A Ocorrência foi encaminhada para a 65ª DP - Magé. APREENSÃOEMMAGÉ REIVINDICAÇÃO Nosso leitor e amigo Beto nos pediu que fizéssemos a reivindicação para a Casa Lotérica Portal da Sorte, situada no Bairro Figueira – Praia de Mauá, para que seja feito se possível, uma cobertura em frente a mes- ma, pois quando chove ou o sol é muito intenso os usuá- rios ficam expostos ao tempo aguardando seu atendimen- to. Está é uma reivindicação e não uma reclamação, pois o objetivo de nosso jornal é a melhoria para a nossa comunidade. Esperamos ser- mos atendidos o mais breve possível. Desde já agradecemos Jornal No Compasso de Magé. ATENÇÃO Você Profissional: Soldador, Pedreiro, Carpinteiro, Pintor, Eletricista, Polidor de Aço, Motorista, Serralheiro eAjudante. Para Maiores Informações 2631-0643 / 8649-1170 Falar com Srª Laila
  14. 14. Página 14 JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. No dia 14 de setembro, na Paróquia de São José, no Fragoso, nossa equipe registrou um grande acontecimento inesquecível. Nos referimos ao enlace matrimonial dos jovens Felipe e Vanda. Com beleza e doçura encantaram e emocionaram a todos os presentes, principalmente quando o noivo cantou em homena- gem a Nossa Senhora um lindo louvor inclusive a nós que a muitos e muitos anos não assistíamos uma união tão linda, não podemos deixar de falar da recepção que foi oferecida a todos os convidados que abrilhantaram a ceri- mônia. Observamos a alegria que estava transparecendo nos rostos dos pais de Felipe (Miguelangelo Peligrino e Marília Peligrino) e Vanda (Reinaldo Lopes e Janete Almeida). Assim sendo, nossa equipe sentiu-se muito honrada por ter sido convidada a participar não só como Repórteres, mas também como amigos. Deseja- mos a este casal todas as felicidades do mundo e esperamos que tenham lindos filhos e que todos sejam aben- çoados com muito amor, paz e saúde. Parabéns. Fernando e Edileuza Jornal No Compasso de Magé Casamento de Felipe e Vanda em Fragoso NOSSA SENHORA APARECIDA NOS PROTEGEI. MISSA EM AÇÃO DE GRAÇAS CONVIDAMOS VOCÊ E SUA FAMÍLIA PARA PARTICIPAR DE MISSA CAMPAL DIA: 12/10/2013 ÀS 09:00 HS NA PRAIA DA COROA EM FRENTE AO MAGAZINE DA COROA COORDENAÇÃO: WALNEY / MACARRÃO / DALVA / LENY AGRADECEM PELA ATENÇÃO, CARINHO E ALEGRIA COM QUE O PADRE CALOS LOPES CARIDADE ATEN- DEU NOSSO CONVITE. PEDIMOS AQUELES QUE POSSAM E QUEIRAM, TRAGAM FLORES PARA SEREM BENZIDAS APOIO: JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ
  15. 15. Página 15JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013. A Equipe do Jornal No Compasso de Magé parabeniza o Secretário Municipal de Segurança Pública de Magé – Tenente Sergio Venâncio, desde que assumiu o cargo de se- cretário vem implementando uma política de ordem e disciplina junto com o comandante da Guarda Mu- nicipal – Tenente Robson. Isto se torna visível pela postura, educa- ção e respeito com que os guardas tratam a todos os mageenses. Seja no transito, postos de Saúde, Hos- pitais e nos prédios pertencentes a Prefeitura. Citamos como exemplo o guarda Sergio Clem que trabalha no saguão do Prédio da Prefeitura e com carinho e dedicação trata a to- dos com igualdade e respeito, fato este comprovado pela nossa equi- pe. Parabéns ao Sr. Prefeito Nestor Vidal pela escolha do Sr. Secretário e o Sr. Comandante da Guarda. Um Abraço Fraternal EquipeJornalNoCompassodeMagé acima:SecretáriodeSegurançaPúblicaSergioVenâncioeFernandoHolmes acima:GuardaMunicipalSergioClemeFernandoHolmes Guarda Municipal de Magé é orgulho. 12 DE OUTUBRO DIA DAS CRIANÇAS QUE NESTE DIA TODAS AS CRIANÇAS SEJAMABENÇOADAS PORDEUSEQUENÃOGANHEM APENAS BRINQUEDOS, E SIM O QUE ELAS MAIS NECESSITAM: AMOR, CARINHO E O EXEMPLO DE SEUS PAIS OU RESPONSÁVEIS,PARAQUE CRESÇAM E SE TORNEM PESSOAS CORRETAS. E QUE A PUREZA DAS CRIANÇAS ESTEJA PRESENTE EM NOSSOS CORAÇÕES. E DISSE O MESTRE: DEIXAI VIR A MIM AS CRIANCINHAS. PORQUE DELAS É FEITO O REINO DO CÉU. FELIZ DIA DAS CRIANÇAS.
  16. 16. JORNAL NO COMPASSO DE MAGÉ - OUTUBRO 2013.Página 16 “Tico & Teco Laticinios” Comemora Mais um Aniversário no Mês de Outubro com Muitas Novidades para os Clientes e Amigos. TICO & TECO Laticinios VENDO A NECESSIDADE DE alguns PRODUTOS EM NOSSA REGIÃO, FEZ A BUSCA DE VÁRIOS FORNECEDORES PARA OFERECER UM LUGAR AGRADÁVEL E COMPLETO, COM UM MIX BASTANTE VARIADO PARA QUE SE ENCONTRE TUDO EM UM SÓ LUGAR. TRABALHAMOS COM BARES, RESTAURANTES, PIZZARIAS, PADARIAS, PRODUTOS PARA AÇAÍ, HAMBURGUER, HOT-DOG, BOLOS E ETC... FAZEMOS ENTREGAS. LIGUE E FAÇA UMA PESQUISA DE PREÇOS. TEREMOS ORGULHO EM ATENDÊ-LO. QUALIDADE E BOM ATENDIMENTO É NOSSA FILOSOFIA. VENHA NOS FAZER UMA VISITA, ESTAMOS LHE AGUARDANDO.

×