Técnica+cirúrgica

4.938 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.938
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
169
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Técnica+cirúrgica

  1. 1. TÉCNICA CIRÚRGICA Operações Fundamentais
  2. 2. DIÉRESE Toda manobra que visa criar descontinuidade de tecidos, ou seja, uma via de acesso.Pode ser na forma de uma:• Incisão - usando bisturi, raios laser,etc.
  3. 3. • Punção – com uso de • Divulsão: Separação de instrumentos perfurantes, tecidos com pinça, como o trocarte, agulha de tesoura, etc. Veres. • Serração
  4. 4. • Secção: Corte utilizando • Dilatação: Aumentar tesoura, serra, bisturi, etc. diâmetro de canais, orifícios - vela de hegar Vela de Hegar Tesoura Mayo
  5. 5. Na escolha da via de acesso considerar:• Via que confere boa visibilidade do campo, sem a realização de incisões extensas;• Deve ter bordas nítidas;• Atravessar tecidos respeitando anatomia regional, um plano de cada vez;• Acompanhar, de preferência, as linhas de força da pele.
  6. 6. HEMOSTASIA Toda manobra destinada a evitar ou estancar hemorragias.Benefícios também pós-operatório: favorece evolução normal da ferida, evita infecções e deiscência.
  7. 7. Classificada em :• Temporária, corretiva ou preventivaQue engloba ações como pinçamento, garroteamento, ação farmacológica, etc.• Definitiva, corretiva ou preventivaQue engloba: ligadura, cauterização, sutura, tamponamento, etc.
  8. 8. Exemplos de instrumentos:• Pinça Kelly • Rochester
  9. 9. SÍNTESE Aproximação correta das bordas dos tecidos para facilitar cicatrizaçãoNó cirúrgico: Entrelaçamento ordenado e lógico feito com as extremidades livres do fio cirúrgico com o objetivo de uní-las e fixá-las.
  10. 10. Ponto cirúrgico: Segmento compreendido entre dois locais consecutivos de apoio do fio cirúrgico no tecido.Sutura cirúrgica: É o ponto ou conjunto de pontos aplicados no tecido, com o objetivo de união, fixação e sustentação deste, durante o processo de cicatrização.
  11. 11. Tipos de suturas:• Em pontos separados – vantagens: afrouxamento de um nó não interfere na sutura toda; menor quantidade de corpo estranho no ferimento cirúrgico; pontos menos isquemiantes.• Contínua
  12. 12. Instrumentos utilizados Agulhas• Curvas ou retas • Traumáticas ou atraumáticas
  13. 13. • Cilíndricas ou • Seleção depende da triangulares acessibilidade e do tipo de tecido • O objetivo é produzir mínima lesão tecidual.
  14. 14. Porta agulhas Oferece melhor condução da agulha curva• Porta-agulha de Hegar • Porta-agulha de Mathieu
  15. 15. FIOS Podem ser:• Monofilamentares ou trançados• Absorvíveis: serão absorvidos pelo organismo** Categute simples e cromado – biológico – absorção por fagocitose - usado em suturas gastrointestinais,vasos, tecido subcutâneo, cirurgias ginecológicas,etc.
  16. 16. ** Poligalactina (Vicryl*) - sintético – absorção por hidrólise – cirurgias gastrointestinais, ofltalmológicas,etc** Polidioxanona - sintético – absorção por hidrólise – ciurgia cardiopediátrica, gastrointestinal, fascia aponeurótica, capsulas articulares, etc.
  17. 17. • Inabsorvíveis –serão encapsulados pelo organismo. Classificados em:• Biodegradáveis :** Mononáilon - sintético – degradado enzimaticamente ao longo de dois a cinco anos. Usado na vascular, plástica, neurocirurgia, etc.** Seda – biológico – absorção por fagocitose em torno de dois anos. Pode ser usado na oftalmologia, gastroenterologia, plástica,etc..
  18. 18. ** Linho – biológico – absorção por fagocitose em menos de um ano.• Não biodegradáveis :** Polipropileno – sintético – fica encapsulado- cardiovascular, plástica, oftalmologia, etc.** Poliéster – sintético – cirurgia cardiovascular, gastrointestinal, etc** Aço inox – origem mineral – fica encapsulado – indicado em bucomaxilofacial e fechamento de esterno.
  19. 19. Fatores a considerar na escolha do fio:• Baixo custo;• Adequada resistência tênsil;• Maleabilidade;• Mínima reação tecidual;• Tipo de tecido a ser suturado.
  20. 20. Exemplos de escolha:• PELE: fios inabsorvíveis, tipo nylon ou poliéster;• TELA SUBCUTÂNEA: absorvíveis, categute;• APONEUROSE: inabsorvíveis, como nylon oupoliester;• TECIDO MUSCULAR: Absorvíveis• VASOS E NERVOS: Inabsorvíveis, como nylon ou poliéster.
  21. 21. Instrumentos auxiliares das operações fundamentais• Pinças de dissecação, • Afastadores – dinâmicos tração e preensão e estáticos

×