Assessoria de Imprensa - aula 02

3.150 visualizações

Publicada em

Conceitos básicos sobre Assessoria de Imprensa: rotinas, ferramentas e estratégias da Assessoria de Imprensa, tipos de mídia, relacionamento assessor - assessorado, media training e gestão de crises.
Material elaborado para disciplina de Assessoria de Imprensa do curso técnico em Publicidade do Senac - Jaú Julho - 2011.
Mais sobre mim: http://about.me/fernandaelle

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.150
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
158
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Em geral os profissionais concentram os trabalhos de clipping e rádio escuta pela manhã, assim como a realização de uma entrevista coletiva, por exemplo. À tarde é reservada para a redação e envio dos press releases, pois é a hora que a maior parte dos jornalistas concentram-se nas redações.
  • Assessoria de Imprensa - aula 02

    1. 1. ASSESSORIA DEIMPRENSA Por Fernanda Élle Curso Técnico em Publicidade SENAC – Jaú 2011
    2. 2. Bate-papo sobre a aula 011. Considerações sobre os conteúdos abordados anteriormente;2. Socialização da tarefa.
    3. 3. Rotinas, ferramentas e estratégias Exemplo de Rotina Diária1. Leitura e clipping de jornais, revistas, sites e publicações dirigidas;2. Escutas de rádio e televisão (quando houver);3. Notícias publicadas hoje podem gerar: pauta, release de opinião, nota oficial, comunicado, nota para a agenda, entrevistas em rádio e TV, evento especial, informação para clientes, etc.;4. Atendimento à Imprensa e atualização dos relatórios de atendimento.
    4. 4. Rotinas, ferramentas e estratégias• As ferramentas Informativo/boletim; utilizadas pelas AIs Informativo digital; contemplam a oferta Jornal (house organ); de produtos e serviços Newsletter; voltados tanto para o Mural; público interno da Intranet; empresa (diretoria, Revista; funcionários) quanto CD-ROM; externo (clientes, Programa de TV/vídeo; público e Imprensa). Programa de rádio;
    5. 5. Rotinas, ferramentas e estratégiasPodcast; Clipping e análise doOutdoor; noticiário;Entrevista coletiva; Banco de dados;Apoio a eventos; Banco de pautas;Acompanhamento de Concursos de reportagem; entrevistas com membros da equipe; Mailing list atualizada;Redação e envio de Press-kit; artigos, notas, Media Training; comunicados e press Visitas dirigidas à releases, além de gerir e empresa; alimentar o conteúdo do Relatório e avaliação de site da empresa; resultados.
    6. 6. Rotinas, ferramentas e estratégias• Etapas do processo de projeção das atividades de uma Assessoria de Imprensa: • Qual a diferença entre planejamento, política, plano e estratégia?
    7. 7. Rotinas, ferramentas e estratégias• “Planejamento é o ato de relacionar e avaliar informações e atividades de forma ordenada e com lógico encadeamento entre si, a serem executadas num prazo definido, visando à consecução de objetivos predeterminados.• É um processo abrangente, que define metas, objetivos, públicos-alvo da instituição e, acima de tudo, as políticas de comunicação a serem adotadas.” (Chinem, 2003).
    8. 8. Rotinas, ferramentas e estratégias• “Essas políticas podem ser definidas como conjunto de normas em que se fundamenta a atividade de comunicação institucional ou organizacional. As perspectivas da política devem ser traçadas dentro de um objetivo que seja a meta de todas as atividades e contra o qual existam poucos argumentos contrários.” (Chinem, 2003).
    9. 9. Rotinas, ferramentas e estratégias• “Todo planejamento será constituído por diversos planos, que são providências a serem tomadas para se atingir as metas estabelecidas. Geralmente indicam o onde, o como e o porquê.• Os planos, em síntese, são documentos que, partindo daquilo que foi estabelecido no planejamento, definem que tipo de atitudes será adotado normalmente para prestar bons serviços de assessoria de imprensa à instituição.” (Chinem, 2003)
    10. 10. Rotinas, ferramentas e estratégias• “As estratégias seriam aquelas táticas que precisam ser aplicadas inesperadamente quando determinada situação envolve o assessorado e exige ações especiais por parte do profissional, seja ele jornalista, relações-públicas ou publicitário. Por exemplo, organizar uma entrevista coletiva no começo da tarde para que o cliente responda a acusações feitas à instituição, detectadas na leitura de jornais pela manhã.” (Chinem, 2003)
    11. 11. Tipos de MídiasExiste uma grande variedade de mídias.→ Cada tipo de mídia define um determinadosuporte, ou seja: papel, som, vídeo,radiodifusão ou teledifusão eletrônicas, além desites, blogs e redes sociais.
    12. 12. Tipos de Mídias MÍDIA VEÍCULOS Impresso jornais, revistas portais, websites, CD-ROM, Digital boletins por e-mail, vídeos para sites rádio (emissoras de rádio, Eletrônica webrádios) e televisão (emissoras e redes de TV)
    13. 13. Tipos de Mídias Por que é importante conhecer os diferentes tipos de mídia? Porque é em função do suporte (meio) que a mensagem é adaptada para atingir determinado público. PLANEJAMENTO: PLANOS + POLÍTICAS SERVIÇO + FERRAMENTA + ESTRATÉGIA
    14. 14. Relacionamento Assessor - Imprensa• É extremamente importante que o profissional de AI conheça o trabalho e a estrutura dos diferentes veículos de comunicação com que lida, especialmente a rotina de seus jornalistas. Qual o melhor horário para se marcar uma entrevista coletiva? Devo enviar o press release pela manhã ou à tarde? Posso dar a resposta ao seu questionamento amanhã?
    15. 15. • Reflexão:• “Podemos estar em diferentes lados do „balcão comunicativo‟, mas trabalhamos no mesmo „barco‟.” (Élle, 2011)• “O Jornalismo de hoje dificilmente existiria sem as AIs.” (Lorenzon, 2009)
    16. 16. Relacionamento Assessor - Assessorado→ Casamento à vista:• “Boa parte do êxito profissional, e, portanto, da felicidade no trabalho depende da relação entre chefe e empregado. No caso específico dos assessores, entre assessorado e assessor.” (Milhomem, 2008) Mais tapas Felizes para do que sempre beijos
    17. 17. Relacionamento Assessor - Assessorado• Quem é o assessorado?• “O assessorado é o cliente. É quem contata e paga o assessor e define, a priori, o que tem interesse ou não em divulgar na imprensa. O assessor fará, portanto, o trabalho de divulgação conforme os interesses do cliente.”• “A informação é o objeto de divulgação eleito pelo assessorado. Essa informação poderá ser notícia ou não. Se for, tanto melhor. Se não for, o cliente e seu assessor de imprensa terão dificuldades pela frente.” (Milhomem, 2008)
    18. 18. Relacionamento Assessor - Assessorado• A imagem junto à imprensa e à opinião pública em geral obedece à seguinte soma: Dirigente e empresa competentes divulgação positiva Dirigente competente e empresa medíocre divulgação oscilante Dirigente medíocre e empresa de sucesso divulgação oscilante Dirigente e empresas medíocres divulgação negativa (Milhomem, 2008)
    19. 19. Media Training e Gestão de Crises • “Media training é um treinamento elaborado por uma Assessoria de Imprensa ou empresa por ela contratada, dirigido a executivos, políticos e lideranças. Visa desenvolver competências comunicativas para lidar com a mídia impressa e eletrônica (jornais, revistas, tevê e rádio)...” “Um media training visa discutir o papel social e político da imprensa e seus limites éticos e jurídicos. Analisa o funcionamento da mídia numa economia de mercado. Prepara os participantes para mudanças comportamentais com a mídia. Instrumentaliza os participantes para a exposição nos meios de comunicação.” (Chinem, 2003)
    20. 20. Media Training e Gestão de Crises• “Qualquer situação que escape ao controle da empresa e que ganhe visibilidade pública pode ser considerada uma crise: um acidente, uma denúncia, uma violação de produto, uma greve, um as salto, uma crise envolvendo empregador e seus empregados, um processo judicial, uma concordata, uma reclamação dos clientes nos meios de comunicação e assim por diante.” (Chinem, 2003)Como planejar a comunicação corporativa diante de cenários em constantes mudanças?A reputação de uma pessoa é como a credibilidade de uma organização, o seu maior patrimônio.
    21. 21. Media Training e Gestão de Crises• O bom trabalho do profissional de AI e seu conhecimento do contexto de atuação da empresa e/ou assessorado podem minorar os efeitos de uma crise.• Antecipação: comitê de gestão de crises;• Eleição de porta-voz com credibilidade;• Postura transparente e dizer “tudo de uma vez” para evitar especulações;• Ação proativa para solução do caso (prestação de socorro, indenização de vítimas, etc.).
    22. 22. O importante é... “... procurar acertar sempre, transformando os erros em conhecimento para novos acertos.” “Só não erra quem nunca tentou.” Obrigada pela presença. fer.assessoria@gmail.com @fernandaelle
    23. 23. Referências• CHINEM, Rivaldo. Assessoria de imprensa: como fazer. São Paulo, Summus: 2003.• DUARTE, Jorge Antonio Menna (org.). Assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia: teoria e técnica. 2ª ed., São Paulo, Atlas: 2008.• FENAJ. Manual de Assessoria de Comunicação. 4ª ed., São Paulo, FENAJ: 2007.• LOPES, Boarnerges. O que é Assessoria de Imprensa. SP: Brasiliense, 1995.• LORENZON, Gilberto e MAWAKDYE, Alberto. Manual de Assessoria de Imprensa. 2ª ed., Campos do Jordão: Mantiqueira, 2002.• VIVEIROS, Ricardo e EID, Marco Antonio. Osigno da verdade: assessoria de imprensa feita por jornalistas. São Paulo, Summus: 2007.

    ×