SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
2 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO

   Poesia                                                                              Marina Gold
Poeta sonhador                                  Apenas um suspiro bailando no ar
                                                                                                                                          Divulgação

                                                                                                                                                           15
Tu, poeta sonhador                              Poeta, tu chegaste à loucura
A ti que importa a mágica beleza                Feriste teu coração
Dos verdes prados                               Por sobre sonhos navegas
Se a razão só brota                             No planalto da imaginação
De um amor não correspondido                    Teu coração pedindo trégua
Se o fogo o coração aflige                      Dos sonhos na amplidão
Com teus brados                                 Tu estás equivocado, vaticinador
Às vezes paira acima do real                    profeta                                                                                                Sensitiva e
As asas se abrem no horizonte                   Por um amor indevido                                                                                   vidente estreia
Silêncio total                                  Dentre juras e promessas                                                                               no time de
Explode eletrizante no peito do                 Não foste correspondido                                                                                colunistas
sonhador                                        Desabafa, conta comigo                                                                                 escrevendo
Um grito no ar                                  Poeta sonhador                                                                                         sobre os
                                                                                                                                                       caminhos
Tu és visionário, esteta                        Que importam juras e promessas
                                                                                                                                                       para se atingir
Sem eco, sem nada, a doce palavra               Tu murmuras suspirando                                                                                 bem-estar e
Na garganta engasgada                           Teus sonhos por lágrimas cobertos                                                                      felicidade
Isolado nessa mudez                             Por um amor não correspondido
Não te iludas, porém, talvez chegue a           Tu vives sonhando ilusões sem fim
                                                                                       Televisão
                                                                                                                                                           18
chorar                                          Ainda te ouço pelas noites minhas
No teatro dos sonhos, a luz da ribalta          E tu nem te lembras de mim
Tudo se ilumina                                          Margarida Gôngora Mantovani   No ar com o personagem Petrus, de “Cordel Encantado”,
                                                                                       ator Felipe Camargo fala sobre seus 25 anos de carreira
                                                                                                                                             Pedro Paulo Figueiredo/Divulgação

   Editorial



Verdades do corpo
   Se o corpo não fosse esse instrumento de comunicação
poderoso (tão eficaz e às vezes até mais do que a boca),
como explicar o sentimento sublime diante de um
espetáculo de dança contemporânea ou de butô - a
tradicional e silenciosa dança japonesa em que nada se
fala mas tanto se diz? É claro que nosso corpo tem “voz”, e
quando nos referimos à linguagem corporal dos
apaixonados, tema da reportagem de capa desta edição da
revista Bem-Estar, esses sinais aparecem - mais ou menos                               Turismo
evidentes de acordo com a argúcia do observador. Entre
duas pessoas que se amam, o olhar é diferente, o abraço é
diferente, até o posicionamento dos pés é outro. E todos
                                                                                       O Vale do Loire, na França, tem mais coisas para se
                                                                                       apreciar além dos seus históricos castelos. E na região
                                                                                                                                                           24
esses gestos ocorrem de maneira praticamente                                           de Champagne, a colheita da uva vai ser antecipada
                                                                                                                                                              Agência O Globo
involuntária. Por isso, observe. É no “corpo a corpo” que
está muito da verdade de um relacionamento.


   Pensamentos

“A ausência diminui as paixões pequenas e aumenta as grandes, porque o vento
apaga velas e ventila um incêndio.” (François de La Rochefoucauld)

“As paixões são como as ventanias que incham as velas do navio. Algumas vezes
o afundam, mas sem elas não se pode navegar.” (Voltaire)

“Consciência é a voz da alma; as paixões são a voz do corpo.”
(Jean-Jacques Rousseau)
DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 3

DIÁRIO DA REGIÃO                            Carreira




 Editor-chefe
 Fabrício Carareto
                                                           BOM DE PAPO
                                                     Curso em Rio Preto ensina técnicas para se comunicar melhor. Saber se
 fabricio.carareto@diarioweb.com.br

 Editora-executiva
 Rita Magalhães
                                                     expressar é fundamental para a obtenção do sucesso na vida profissional
 rita.magalhaes@diarioweb.com.br

 Coordenação
 Ligia Ottoboni                         Jéssica Reis                            rativa do Cegente, explica que       de quem está ouvindo.                      serão usados como auxílio.
 ligia.ottoboni@diarioweb.com.br        jessica.reis@diarioweb.com.br
                                                                                a comunicação é um dos cami-             Segundo Ana Carolina,
 Editor de Bem-Estar e TV                                                       nhos para ter sucesso profissio-     uma pequisa norte-americana                     Curso
 Igor Galante
 igor.galante@diarioweb.com.br              Falar bem não é para qual-          nal. “A comunicação é impor-         revelou que hoje um dos maio-
                                        quer um. A boa comunicação              tante para todos, porque esta-       res medos das pessoas é de falar               Sobre este assunto, Vivien
 Editora de Turismo
 Cecília Demian                         exige conhecimento e técnicas           mos o tempo todo vendendo            em público, pois quando há es-             Chivalski, consultora organiza-
 cecilia.demian@diarioweb.com.br        que podem ser adquiridas com            ideias por meio da comunica-         sa necessidade elas não sabem              cional e jornalista especializa-
 Editor de Arte                         treino ou cursos.                       ção”, afirma.                        como devem se comportar.                   da em Marketing e Comunica-
 César A. Belisário
                                            No mundo dos negócios, es-              A especialista ressalta que o        Para que a comunicação se-             ção Organizacional pela USP,
 cesar.belisario@diarioweb.com.br
                                        sa “arte” é tão importante co-          profissional deve estar atento       ja eficiente e atinja o objetivo           estará em Rio Preto para minis-
 Diretora Superintendente                                                                                                                                       trar um curso no qual irá apre-
 Rosana Polachini                       mo para quem trabalha com as            com o público que está lidando       de “vender” uma ideia, Ana Ca-
                                                                                                                                                                sentar técnicas e dicas de comu-
 rosana.polachini@diarioweb.com.br      palavras. Isso porque o profis-         e saber diferenciar o tipo de lin-   rolina diz que o principal é que           nicação e tipos de linguagem
 Pesquisa de fotos                      sional tem a necessidade de se          guagem que deve ser usada.           o profissional conheça o seu pú-           que devem ser usadas de acor-
 Mara Lúcia de Sousa
                                        comunicar com os colaborado-            “Falar bem não é usar palavras       blico e entenda sobre o assunto            do com o público. I
 Diagramação                            res e demais pessoas que fazem          rebuscadas, é falar corretamen-      que vai falar, para poder se ex-
 Cristiane Magalhães
                                        parte do seu meio de trabalho.          te para que todos entendam”,         pressar da maneira correta. “É             Serviço
 Foto capa                              E para estar sempre a frente é          complementa.                         necessário ter planejamento”,              Curso “Comunicação Oral Eficaz”. Dia
 Hamilton Pavan                                                                                                                                                 6 de agosto, das 8 às 17 horas, na
                                        preciso saber se expressar.                 A boa comunicação deve           afirma. Se for uma apresenta-              empresa Um Investimentos, Rio Preto.
 Agradecimento                              Ana Carolina Verdi Braga,           ser clara e sem ruídos que pos-      ção, por exemplo, é preciso tam-           Informações www.cegente.com.br ou
 Clube Monte Libano
 Carol Alves                            especialista em educação corpo-         sam interferir na interpretação      bém conhecer os recursos que               (17) 3227-8549/3227-3188
 Guilherme Purini Nardi

 Tratamento de Imagens
 Silvio Coleti e Yan Desidério

 Matérias:
 Agência Estado
 Agência O Globo
                                                                            Curso “Síndrome do Pânico”
 TV Press
                                      Agenda                                         Em Rio Preto
                                                                                  Das 9 às 13 horas
                                                                            No Salão Nobre da Acirp (rua
                                                                             Silva Jardim, 3099, Centro)
                                                                                 Investimento: R$ 50
                                                                                     Informações                                                2ª Health Ingredients South
                                                                                     e inscrições:                                                    America (HiSA)
                                                          27 de           karina@psicologosdobem.com.br                                                Em São Paulo
                                                                                                                                                  No Novotel Center Norte
                                                          agosto          e (17) 3016-6340 e 3216-5992
                                                                                                                                              Conferência: das 9 às 18 horas
                                                                                                                                              Exposição: das 11 às 19 horas
                                                                                                                     9 e 10 de             Informações: www.hi-events.com.br
                                                                                                                      agosto                            Inscrições:
                                                                                                                                             http://www.hi-events.com.br/hi/
                                                                           2º Congresso de Análise                                           conferencias/grade-de-palestras
                                                                           Transacional - “O Poder
                                                                             da Consciência nas
                                                                            Conexões Humanas”
                                                                                 Em Curitiba                                                                                  As notas para a
                                                                              No campus da PUC                                                                              agenda podem ser
                                                  18 a 20               Promovido pela União Nacional                                                                      enviadas para Gisele
                                                                         dos Analistas Transacionais                                                                        Bortoleto no e-mail
                                                 de agosto                Informações e inscrições:                                                                          gisele.bortoleto@
                                                                           www.unat.org.br/conbrat                                                                           diarioweb.com.br
                                                                                                                                                                                ou pelo fone
                                                                                                                                                                              (17) 2139-2084
4 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO

    O corpo fala




         A LINGUAGEM
Jéssica Reis
jessica.reis@diarioweb.com.br



    Viver com os pensamentos
nas nuvens, sentir o coração
acelerado e uma vontade
imensa de estar com o ou-
tro são algumas caracterís-
ticas dos apaixonados.
Mas a maneira como se
comportam por meio de
gestos também mostra o
que estão sentindo - é a
linguagem corporal dos
apaixonados.
    Assim como na pa-
quera, em que o menino e
a menina apresentam ges-
tos específicos para de-                                                                     Do abraço mais forte ao olhar mais
monstrar que um está inte-
ressado no outro - por exem-                                                                  profundo, especialistas a pontam
plo, a mulher quando mexe
nos cabelos e os homens quan-                                                               quais são os sinais que indicam se um
do estufam o peito -, entre um
casal apaixonado isso não é dife-                                                           casal está mais ou menos apaixonado
rente. É possível perceber quan-
do duas pessoas estão realmen-
te “caídas de amor” pela outra
pelo simples gesto do abraço ou
pelos olhares.                                e mais
    Isso porque, segundo Paulo                evidente.
Sérgio de Camargo, especialis-                    Camargo
ta em linguagem corporal e                    explica que o
grafólogo, de São Paulo, a lin-               abraço é diferente
guagem corporal dos apaixona-                 para os homens e
dos é a mesma em qualquer lu-                 mulheres. O homem
gar do mundo. “O apaixonado                   apaixonado, por exemplo,                                                                                    Enquanto os apaixonados
quer o objeto da paixão único e               não tem medo de agarrar, de                                                                             só têm olhos para o parceiro, os
exclusivamente para ele. En-                  trazer a amada para perto dele.      S    e                                                             casais que não estão apaixona-
tão, vão aparecer o que chama-                Ele quer abraçar, beijar e mos-      eles real-                                                         dos ficam mais alertas e se preo-
mos de sinais de possessão.                   trar que gosta dessa pessoa.         mente estão                                                        cupam com o que acontece ao
Quando o apaixonado vai abra-                 “Na mulher, o abraço é mais          apaixonados, é                                                     redor, além de expressarem me-
çar, o abraço dele é em forma                 afetuoso, existe muito mais en-      possível perceber                                                  nos afetividade um pelo outro.
de entrega, ele abraça, fecha os              trega de encolhimento, ela é         que a postura dos dois é                                               Estar apaixonado, para Ca-
olhos e esquece o mundo ao seu                abraçada e se encolhe. A mu-         a mesma. Por exemplo, eles                                         margo, só traz benefícios.
redor”, define.                               lher tende a ficar mais afetuo-      podem cruzar os braços ao                                          “Quando a pessoa está apaixo-
    O especialista diz que um                 sa, a se encolher e aceitar o        mesmo tempo. Esse comporta-        apaixonado.                     nada, ela se sente melhor, me-
homem apaixonado só tem                       abraço do rapaz com mais for-        mento é chamado de “sintoni-          Eles se conheceram por       lhora a pele, melhora a postura,
olhos para a parceira, e vice e               ça”, explica.                        zação”.                            meio de amigos e depois de um   melhora a saúde”, afirma.
versa. Camargo afirma que os                      Outro sinal apontado pelo            Guilherme Purini Nardi,        ano começaram a namorar. Des-       Para Marcelle Vecchi, psico-
apaixonados têm a necessida-                  especialista é chamado de            22, e Carol Alves, 18 (que ilus-   de então, não se separam.       terapeuta comportamental neu-
de de mostrar o que estão sen-                “comportamento espelho”,             tram a capa desta edição), na-     “Quando estamos juntos, sem-    rolinguística, nosso corpo fala
tindo - é por isso que o abra-                que começa, por exemplo,             moram há dois anos e são um        pre estamos abraçados ou de     constantemente. “Quando há
ço do apaixonado é mais forte                 quando um casal está junto.          belo exemplo do que é um casal     mãos dadas”, revelam.           um interesse, nossa mente in-
DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 5




DA PAIXÃO
ternamente fica focada nos sen-
tidos visuais, auditivos e sensi-
                                        Bem-Estar - O abraço dos
                                    apaixonados é diferente, é
                                                                        se, nossa mente internamente fi-
                                                                        ca focada nos sentidos visuais, au-
                                                                                                               de 3 meses, após esse período, ou
                                                                                                               o casal avança para um sentimen-
                                                                                                                                                           são mais ostensivos, pois são reali-
                                                                                                                                                           zados com o intuito de impressio-
tivos do nosso parceiro, deixan-    mais caloroso?                      ditivos e sensitivos do nosso par-     to mais nobre, que é o amor, ou se          nar. Na paixão, ocorre uma neces-
do para segundo plano quais-            Marcelle - Esse é um abraço     ceiro, deixando para segundo pla-      separa, pois após esse tempo o cé-          sidade maior de cativar - os gestos
quer acontecimentos exter-          daqueles que não dá vontade de      no quaisquer acontecimentos ex-        rebro começa a perceber as dife-            são mais ponderados e sua aten-
nos”, explica.                      largar, diferente de um abraço      ternos. Há também uma necessi-         renças e os “defeitos” do outro             ção está no outro e não somente
    Segundo a psicoterapeuta, a     social, em que a duração é bem      dade interna de agradar e ser acei-    com mais facilidade, enquanto na            em si.
linguagem corporal é a mais         menor. No abraço apaixonado,        to, o que conduz às gentilezas es-     paixão há uma névoa que não                     Bem-Estar - A maneira co-
verdadeira e pode demonstrar        há também mais contato peito-       peciais. Nosso interesse numa          deixa o cérebro processar esses             mo as pessoas se comportam
os diversos estados emocionais      ral e abdominal; num abraço so-     conversa é mais no sentido de en-      pontos.                                     (por gestos, olhares...) pode
pelo qual uma pessoa passa, co-     cial, às vezes, só se encostam os   tender o outro do que de falar a           Bem-Estar - Os gestos de                realmente dizer se estão ou
mo raiva, medo, amor, paixão,       ombros.                             nosso respeito o tempo todo. A         um apaixonado são os mes-                   não apaixonadas?
depressão, ansiedade, dor, en-          Bem-Estar – E como é o          voz se torna mais aveludada, há        mos da paquera?                                 Marcelle - A linguagem cor-
tre outros.                         olhar dos apaixonados?              um brilho na face diferente, o ma-         Marcelle - Não, na paquera              poral das pessoas evidencia inú-
    Em entrevista à revista Bem-        Marcelle - O olhar é o espe-    xilar fica relaxado, nossa tempera-    há uma necessidade urgente de               meros estados emocionais, como
Estar, Marcelle Vecchi fala         lho da alma, podemos transmi-       tura corporal aumenta na presen-       se mostrar atraente e conquistar.           a raiva, o medo, o amor, a paixão,
mais sobre a linguagem corpo-       tir várias mensagens através        ça do outro.                           Nessa etapa, a pessoa tende a falar         a depressão, a ansiedade, a dor, en-
ral dos apaixonados.                dos olhares. Em caso de paixão          Bem-Estar - Como é o com-          mais sobre si mesma e mostrar               fim, essa é a linguagem mais ver-
    Revista Bem-Estar - Como        ou amor, os olhos ficam tran-       portamento do casal que não            seus atrativos físicos, intelectuais,       dadeira que há, pois é automática,
é a linguagem corporal dos          quilos quando estão olhando o       está apaixonado? É possível            amorosos, familiares, etc. A con-           não passa por nenhum processo
apaixonados?                        outro, não há muita agitação        perceber por meio também de            versa, nessa etapa, é uma represen-         inibidor ou racional. Os gestos fa-
    Marcelle Vechi - Nosso cor-     ocular. Também percebe-se a         sinais?                                tação dos pontos positivos e dimi-          lam por si só, o que se passa em
po fala constantemente, basta       paixão pela profundidade do             Marcelle - A paixão já foi estu-   nuição dos negativos. A paixão é            nosso interior, sem máscaras ou
estar atento para perceber os si-   olhar, é quando parece que o ou-    dada por ciências que estudam          a etapa seguinte. Os gestos de um           falsas representações. As mensa-
nais. Geralmente, quando duas       tro está atravessando nossa         processos cerebrais e foi constata-    apaixonado são mais sutis que os            gens corporais são as mais verda-
pessoas estão em pé, se houver      mente com os olhos.                 do que uma paixão dura em torno        da paquera: na paquera, os gestos           deiras e confiáveis.
interesse entre as partes seus          Bem-Estar - Quais as princi-
corpos estarão levemente volta-     pais diferenças que podemos
dos para o outro, seus olhares      observar em um casal apaixo-
são mais constantes, os pés esta-   nado e um casal que não está
rão na direção do outro. Se o       apaixonado?
homem estiver com a mão no              Marcelle - Num casal apai-
bolso e ele tiver interesse se-     xonado, a atenção de um está
xual pela parceira, os dedos es-    voltada para o outro, e não para
tarão apontados para os órgãos      acontecimentos externos, por
sexuais dele.                       exemplo. Quando há um interes-
6 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO


                                                                           SAIBA MAIS
                                                                           SINAIS QUE DEMONSTRAM QUE
                                                                           O CASAL ESTÁ APAIXONADO:




                                                                                               O olhar dos apaixonados é
                                                                                          mais profundo, demonstra
                                                                                          tranquilidade, pois não há
                                                                                          agitação ocular. Segundo
                                                                                          especialistas, os apaixonados só
                                                                                          têm olhos para o companheiro e
                                                                                          não prestam atenção ao que
                                                                                          acontece ao redor




                                                                          Os apaixonados têm a
                                                                    necessidade de agradar e, por
                                                                    isso, demonstram gentilezas
                                                                    especiais. A voz fica mais
                                                                    aveludada, há brilho no olhar e
                                                                    no rosto, o maxilar fica
                                                                    relaxado e a temperatura
                                                                    corporal aumenta na presença
                                                                    do amado ou amada




                                               O abraço de um casal
                                          apaixonado é mais afetuoso e
                                          mais forte. O abraço
                                          demonstra a entrega de um ao
                                          outro, além de ser um abraço
                                          com mais contato peitoral. O
                                          homem abraça a mulher com
                                          mais força, enquanto ela se
                                          sente acolhida e se encolhe
                                          nos braços do companheiro




                                                               Quando há interesse
                                                          entre um homem e uma
                                                          mulher, seus corpos estarão
                                                          levemente voltados para o
                                                          outro, os olhares mais
                                                          constantes e os pés na
                                                          direção do outro I
DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 7

    Fisioterapia




Corrija a postura
   Especialistas mostram como evitar lesões decorrentes de posições incorretas no ambiente de trabalho
Jéssica Reis
jessica.reis@diarioweb.com.br                                                                                                                                                            Divulgação



    Trabalhar o dia todo sentado em
                                                   Saiba mais
frente a um computador requer muitos
                                                        Muitas pessoas podem pensar que para manter a postura
cuidados, principalmente com a manei-              correta é necessário ter móveis adequados. A médica fisiatra do
ra como se posiciona na cadeira. A má              Hospital Sírio-Libanês Christina May Moran de Brito garante que o
postura no ambiente de trabalho é mui-             ideal é ter uma cadeira que você consiga ajustar a altura para
to comum, por isso é de extrema im-                adequar com a mesa e manter os pés apoiados. Para apoiar os
portância que a pessoa, ao perceber                pés, caso não consiga pela altura, a alternativa é usar um apoio
que está sentada de maneira inade-                 ergonômico. “Os pés devem estar apoiados, os joelhos a 90
quada, corrija imediatamente a postu-              graus, não cruzados, a lombar também deve estar bem apoiada e
ra para não ter problemas futuros                  encaixada na cadeira”, recomenda Christina
com a coluna.                                           O fisioterapeuta Paulo Haddad, de Rio Preto, orienta como
    O fisioterapeuta Paulo Haddad,                 deve ser a postura diante do computador para que o trabalho não
de Rio Preto, diz que a má postura no              se torne doloroso no fim do dia. Segundo o especialista, a cabeça
trabalho pode causar várias dores e                deve estar em posição natural, que não obrigue a pessoa a
diagnósticos diferentes nas pessoas.               abaixar, levantar ou rodar a cabeça para nenhum dos lados. O
“Um profissional fisioterapeuta que                monitor deve ser posicionado de forma que a visão esteja
trabalha com ergonomia tem um                      direcionada para o horizonte
grande embasamento postural para                         “Os membros superiores, desde ombro, cotovelo, punho e
deixar tudo em ordem, nas diversas                 mão, devem estar em posições de descanso e não com sensações
posturas e funções em todos os tipos               de pesos. Deve-se deixar o ombro fechado com o cotovelo
de postos de trabalhos”, recomenda.                encostado no corpo e apoiado, como também o punho, e estar
    Christina May Moran de Brito,                  sobre um apoio confortável para a digitação”, explica o
médica fisiatra, coordenadora do ser-              fisioterapeuta
viço de reabilitação do Hospital Sírio-
Libanês, em São Paulo, orienta as pessoas
que estão em uma atividade contínua a fa-
zer uma ou mais pausas após um determi-             Telefone no ombro                        po, mas que também traz danos ao cor-            sejáveis, o que melhora muito quando
nado período de trabalho. “Não é somente                                                     po. Essa posição também é incorreta.             esse vício imperceptível passa a ser
parar de fazer o trabalho do momento, pre-           O telefone toca, você atende e preci-   Segundo Haddad, esta postura causa               abandonado pelas pessoas”, explica o fi-
cisa parar, relaxar e alongar aqueles múscu-     sa anotar ou digitar uma informação         um grande estresse na coluna vertebral           sioterapeuta Haddad.
los que estão em atividade.” A especialista      que está sendo passada. O ombro é a al-     lombar. Christina diz que ao sentar-se
diz que a má postura pode levar a casos do-      ternativa para apoiar o telefone e fazer    na ponta da cadeira a pessoa perde a re-              Em pé e apoiado
lorosos crônicos, mais pela sobrecarga, não      as duas atividades ao mesmo tempo. Pa-      ferência do encosto para a posição da co-
só da coluna, mas sobretudo dos músculos         ra os especialista, essa postura é inade-   luna. “Se você fica sentado mais para                Jogar o peso do corpo para uma das
e tendão.                                        quada. Christina lembra que no caso do      frente, apoiado adequadamente com a              pernas é confortável, mas contraindica-
                                                 trabalho exigir o uso constante do tele-    coluna ereta, não é problema, mas é difí-        do por especialistas. Haddad explica
     Pernas cruzadas                             fone é necessário usar fone de ouvido.      cil a pessoa ter essa disciplina”, lembra        que a postura pode causar dores na lom-
                                                 Os ombros precisam estar relaxados,         a especialista.                                  bar e nos quadris pela descarga de peso,
    Você está sentado e cruza as pernas, a po-   não podem estar muito deprimidos e                                                           sendo jogada totalmente para um local.
sição parece ser muito confortável, mas tam-     nem muito elevados. Haddad explica              Sentar-se sobre a perna                      “O ideal, quando em pé, é revesar a des-
bém pode trazer danos a sua coluna. Segun-       que essa posição provoca um desvio na                                                        carga de peso, apoiando um pé de cada
do Paulo Haddad, essa postura estimula o         região do pescoço, mais especificamen-          “Além de correr o risco de compri-           vez em um banco pequeno da altura de
aparecimento de dores nas regiões dos qua-       te na coluna cervical.                      mir algum nervo da região, provocando            um degrau de escada, assim você conse-
dris e da coluna lombar. “O ideal é não cru-                                                 sensações de formigamentos, as articula-         gue descansar os membros inferiores
zar as pernas, mantendo-as com apoio total          Sentar-se na ponta                       ções não suportam muito tempo uma                em forma de revesamento”, afirma o fi-
no chão ou em um apoio personalizado da al-                                                  mesma posição contrária à habitual.              sioterapeuta. Christina lembra que essa
tura que os quadris fiquem em 90º em rela-          Já é quase fim do dia, bate aquele       Nesse caso, a perna que estiver por bai-         dica é importante para um cirurgião,
ção aos joelhos”, explica Haddad. Christina      cansaço e de repente você se vê quase       xo sofre uma rotação externa da articula-        por exemplo, ou uma pessoa que fica
May também lembra que a posição pode             deitado na cadeira, em uma postura          ção do quadril, favorecendo o apareci-           muito tempo em pé passando roupa ou
comprometer a circulação.                        confortável por um determinado tem-         mento de processos inflamatórios inde-           lavando louça. I
8 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO

     Visão




O FUTURO
DO AMOR
Bem-Estar entrevista o conferencista Adjiedj Bakas,
autor de previsões polêmicas sobre como serão os
relacionamentos amorosos nos próximos anos
Cecília Dionizio                               maneira de vê-lo. De repente,           era uma realidade por toda a       Toda essa informação chegou a        em especial as mulheres, que ti-
cecilia.dionizio@diarioweb.com.br
                                               ele se transformará em um ho-           Europa: 50% dos clientes dos fi-   mim em um período muito cur-         nham menos oportunidades e
                                               mem atraente e você poderá re-          sioterapeutas só os procuram       to, então foi aí que decidi incor-   menos poder econômico. Na ju-
    Prepare-se para uma nova vi-               novar sua vida amorosa com              porque ninguém lhes tocava.        porá-las num livro. Imediata-        ventude da minha avó, você
são do amor. É o que prenuncia                 ele novamente. Não é formidá-               Nessa ocasião, conversei       mente, minha obra se tornou          não estaria livre para casar com
o conferencista Adjiedj Bakas,                 vel? Isso evitará muitos divór-         com um policial que fiscalizava    um best-seller na Europa.            a pessoa amada. Até 1850, as
que se especializou em projetar                cios”, diz, em entrevista exclu-        portais de atividades sexuais e        Bem-Estar – Que tipo de re-      pessoas morriam por volta dos
cenários para o futuro. É autor                siva à revista Bem-Estar.               portais de namoro na internet,     lação as pessoas querem ter,         40 anos de idade. Se você en-
de cinco livros sobre o assunto e                  Revista Bem-Estar - O que           que me disse existirem muitos      ainda que não envolva os re-         contrasse o seu grande amor,
um deles, em especial, trata do                o levou a escrever sobre o              jovens que já não conseguem        cursos tecnológicos?                 vocês ficariam juntos por uns
amor para os próximos anos.                    amor no futuro?                         mais ter um orgasmo ou mes-            Bakas - As pessoas procu-        15 anos, o que era normal. Na-
    Algumas posições de Bakas                      Adjiedj Bakas - Eu dou cer-         mo uma ereção durante uma re-      ram, principalmente, por inti-       queles tempos, as pessoas viaja-
sobre o tema são controversas e                ca de 200 palestras para cerca          lação sexual normal com uma        midade. Por alguém em quem           vam cerca de 8 quilômetros por
difíceis até de aceitar.                       de 200 mil pessoas por ano. Du-         outra pessoa, pois preferem        possam confiar, dividir segre-       ano em média apenas. Conhe-
    Em “O futuro do Amor”                      rante as palestras, e através de con-   conversar e se masturbar em        dos e fazer carinho. O sexo po-      ciam muito menos pessoas. E
(Ed. A Girafa), cuja capa mos-                 versas com a plateia após essas pa-     um mundo pornográfico vir-         de vir junto com a intimidade,       elas tinham muito menos infor-
tra uma mulher abraçada a um                   lestras, notei que muitas pessoas       tual. Foi então que decidi fazer   mas este não é, estritamente,        mação e menos coisas novas
robô (como forma de mostrar                    se sentiam afastadas demais             pesquisas neste campo e consta-    necessário. Porém, a sexualida-      em suas vida para lidar. Atual-
que hoje a tecnologia invadiu a                umas das outras, mas estavam à          tei que o policial estava certo:   de sim e o ato de acariciar um       mente, experimentamos mui-
vida das pessoas não apenas                    procura de intimidade, calor hu-        muitos jovens, hoje em dia, fin-   ao outro é muito importantes.        tas coisas em nossas vidas, que
nos planos mais subjetivos,                    mano, amor e, principalmente,           gem o orgasmo numa relação         Ambas ações geram energia e          nos fazem mudar muito mais
mas nos principais campos de                   de pessoas em quem pudessem             sexual com outro ser humano        nos fazem felizes.                   rápido. Alguém por quem você
suas vidas), Bakas afirma, por                 confiar. Quando o meu fisiotera-        porque acham o sexo virtual            Bem-Estar - O que, em sua        se apaixonou aos 20 anos se tor-
exemplo, que em 10 anos as pes-                peuta me disse que 50% dos seus         muito mais excitante. Em algu-     opinião, afetou a forma de           na uma pessoa totalmente dife-
soas vão poder usar lentes de                  clientes o procuravam para fazer        mas cidades, conheci muitos        amar nos dias de hoje, de for-       rente quando chega aos 35, e o
contato especiais para mudar a                 uma massagem porque, do con-            migrantes vindos da zona rural     ma irrevogável, graças às no-        mesmo também ocorre com vo-
forma de enxergar o outro.                     trário, ninguém lhes tocaria -          que se mudaram para elas dei-      vas formações familiares?            cê. Por isso, hoje em dia, está
    “Se você olhar para o mes-                 pois desejavam ser tocados por          xando para trás familiares e           Bakas - Nos velhos tempos,       mais difícil amar um ao outro
mo marido durante 20 anos,                     outro ser humano - fiquei surpre-       amigos. Eles também me disse-      você não casaria, necessaria-        por toda uma vida. Acontecem
com as lentes, você mudará a                   so. Mais tarde, descobri que esta       ram que se sentiam solitários.     mente, com quem você amava,          muitas mudanças em sua perso-
DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 9


                                                                                                                                             Escolhas
                                                                                                                                             sensatas
                                                                                                                                                 Nascido no Suriname em 1963,
                                                                                                                                             Adjiedj Bakas, que hoje vive na Ho-
                                                                                                                                             landa, é uma figura conhecida
                                                                                                                                             mundialmente graças a sua astúcia
                                                                                                                                             em orientar empresários e pessoas
                                                                                                                                             a fim de que adotem atitudes basea-
                                                                                                                                             das em suas previsões sobre o futu-
                                                                                                                                             ro em todas as suas instâncias.
                                                                                                                                                 Bakas alerta que a solidão é o
                                                                                                                                             que mais tem afetado a vida na Ter-
                                                                                                                                             ra. Ele afirma que um em cada qua-
                                                                                                                                             tro holandeses se dizem solitários,
                                                                                                                                             e que 30% dos norte-americanos
                                                                                                                                             têm menos amigos do que há 20
                                                                                                                                             anos - e o mais triste é que 20% dos
                                                                                                                                             norte-americanos já não têm qual-
                                                                                                                                             quer amigo considerado íntimo.
                                                                                                                                                 Ao mesmo tempo otimista,
                                                                                                                                             Bakas aponta que a felicidade pode
                                                                                                                                             ser construída e, para tanto, basta
                                                                                                                                             que façamos escolhas sensatas. Em
                                                                                                                                             seus livros, elese coloca como um
                                                                                                                                             pesquisador das populações e traz
                                                                                                                                             para a realidade de cada população
                                                                                                                                             um pouco da história e de como a
                                                                                                                                             evolução tem influenciado suas vi-
                                                                                                                                             das, seja em relação ao amor, a
                                                                                                                                             Deus, às finanças e a todas as ou-
                                                                                                                                             tras formas de se viver.        (CD)




nalidade e em seu                                                         havia muitas guerras e lutas.   alguém que acha ser bom parti-              do físico real e isso pode mudar o
caráter, há muito                                                        Felizmente, nós preferimos a     do, só que ele é muito gordo, as            jeito com que eles buscam o
mais opções de possí-                                                    paz nos dias de hoje.            lentes irão mudar a maneira de              amor. Mas eu tenho certeza que
veis amantes e, consequen-                                                  Bem-Estar - Quais as chan-    vê-lo e ele lhe parecerá esporti-           eles vão aprender a lidar com is-
temente, vemos as forma-                                                ces de se encontrar um amor       vo e magro. Se você olhar para              so e encontrar a felicidade de
                                                                                                                                                      uma forma que se encaixa aos
ções de novas famílias aconte-                                          sem ter de recorrer à tecnolo-    o mesmo marido durante uns                  seus estilos de vida.
cerem. Por volta dos 40, você já                                        gia nos dias de hoje, ou isso     20 anos, com as lentes, você                     Bem-Estar - Como são re-
pode ter de um a três ex-parcei-                                        já não é mais possível?           mudará a maneira de vê-lo. De               cebidas pelas pessoas suas
ros com quem você provavel-                                                 Bakas - Sim, claro que é.     repente, ele se transformará                observações sobre o futuro
mente possa ter filhos. Você                                            Você pode conhecer alguém         em um homem atraente e você                 do amor?
ainda tem amizade com eles e,                                           em seu local de trabalho, nas     poderá renovar sua vida amoro-                   Bakas - As pessoas ficam fas-
possivelmente, você tem um no-       ça que nos                         ruas ou em uma festa e se apai-   sa com ele novamente. Não é                 cinadas com o livro e as apresen-
vo amante, com quem convive          tempos dos                 gre-    xonar. Não se esqueça de que a    formidável? Isso evitará mui-               tações sobre o assunto. Dei pales-
em harmonia. Você pode amar          gos não era es-          se pa-    forma como as pessoas exalam      tos divórcios!                              tras em Porto Alegre e Recife e a
                                                             não!                                                                                     plateia ficou algumas vezes cho-
alguém do outro ou do mesmo          raíso todo                         seu cheiro é um fator decisivo.       Bem-Estar – Existem al-                 cada, mas acabou por identificar
sexo ao mesmo tempo, a               Na época, as          mulhe-       No cheiro de uma pessoa, você     guns ganhos para as novas ge-               o que eu disse e escrevi. Terei
bisexualização do amor é mais        res eram consi-      deradas       sente o cheiro dos hormônios      rações com estas novas con-                 muito prazer em dar palestras no-
aceita do que era antes. As crian-   inferiores aos      homens.        e, ao se juntar aos seus          dutas diante da tecnologia?                 vamente sobre meu livro no Bra-
ças estão acostumadas a convi-       A bissexualidade era mais tole-    feromônios (substâncias quí-          Bakas - Algumas coisas nun-             sil. O livro está sendo publicado
ver com mais padrastos e cofa-       rada, ou era mais comum. Mas       micas naturais afrodisíacas), e   ca mudam. Pessoas de todas as               na Suécia e na Noruega, e lá tam-
miliares. E isso é bom.              as pessoas morriam por volta       se combinarem, pronto, você       gerações procuram o amor, a                 bém as reações estão sendo mui-
    Bem-Estar - Existe alguma        dos 22 anos de idade, muitas       se apaixona. Mas em uns 10        amizade, o carinho e a intimida-            to positivas. As pessoas gostam
chance de um dia voltarmos           pessoas morreram bem jovens        anos vamos ter lentes de conta-   de. Os jovens são iguais aos da ve-         do fato de que este tema está, fi-
                                     e não chegaram a experimentar                                                                                    nalmente, sendo abordado, uma
ao amor mais conhecido co-                                              to especiais que ao serem colo-   lha geração. Mas, para muitos jo-           vez que elas acham que esse as-
mo amor-romântico, como no           a maturidade que experimenta-      cadas nos olhos vão mudar a       vens, as drogas (sintéticas ile-            sunto é muito ignorado. I
tempo dos gregos?                    mos hoje. Sem dizer que a socie-   forma como enxergamos al-         gais) e a internet trazem um
    Bakas - Não. E não se esque-     dade grega era muito violenta,     guém. Por exemplo, se você vê     mundo superficial para o mun-               Tradução de Sandra Bernacer
10 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO

    Comportamento




Faça sua escolha
Escolher é um privilégio. O problema está no fato de
que toda decisão implica em renúncia. Para saber que
caminho seguir, considere o benefício da troca
Gisele Bortoleto                                                vem ser pautadas em nossa motivação. O
gisele.bortoleto@diarioweb.com.br                               comprometimento e a dedicação verdadeira
                                                                nos direcionam com tranquilidade dentro do
    Escolher talvez seja uma das coisas a que                   caminho escolhido, sem que fiquemos nos co-
o homem mais se dedique na vida. Todas as                       brando e nos censurando por não haver empe-
nossas ações diárias sempre são pautadas por                    nho na nossa meta”, diz Caprio.
escolhas. Escolhemos levantar ou ficar na ca-                       A escolha é sempre um privilégio. O gran-
ma, tomar ou não um café, comer ou não uma                      de problema é ter de abrir mão de outra coi-
barra de chocolate, sair ou não sair com os                     sa. Quando a escolha é simples e parece não
amigos.                                                         haver grandes implicações, tudo bem. Mas,
    “Nossas escolhas sempre são fundamenta-                     muitas vezes, podemos lidar com essa situa-
das por um ganho, uma motivação”, diz Ale-                      ção de renunciar a algo e saber que essa re-
xandre Caprio, psicólogo cognitivo-compor-                      núncia pode ser definitiva.
tamental. Escolhemos levantar da cama por-                          Caprio tranquiliza: a renúncia nunca é
que precisamos trabalhar e ganhar dinheiro;                     completa. Sempre renunciamos em prol de al-
escolhemos não comer uma barra de chocola-                      go. A troca sempre deve nos trazer um benefí-
te para manter a boa forma física, ou escolhe-                  cio maior. O que ocorre é que muitas vezes re-
mos sair com os amigos para trocar ideias e                     nunciamos a um ganho imediato para um
nos descontrair. Todas as vezes que abrimos                     bem maior que virá.
mão de algo, entendemos que fazemos isso                            Mais uma vez, a arte de fazer escolhas pas-
                                                                sa pelo autoconhecimento. “As pessoas preci-
em prol de um ganho maior.
                                                                sam se autoconhecer, ou seja, é preciso conhe-
    Na maioria das vezes, fazemos escolhas
                                                                cer suas reais necessidades e escolher o que
simples, como decidir se comemos ou não
                                                                vem ao encontro do seu jeito de ser e de
um chocolate. Mas, e na hora de decidir, por                    existir, pois as escolhas serão feitas a vida
exemplo, que vestibular fazer - decisão que                     toda e a qualidade da vida estará em jogo”,
pode influenciar o restante das nossas vidas?                   diz a psicóloga clínica e organizacional In-
    Caprio explica que, diante de escolhas                      grid Bergamo.
mais complexas, devemos considerar o que                            Por isso, antes de fazer uma escolha que, a
queremos de melhor para nós e não o que os                      princípio, não nos parece tão simples, deve-
outros querem que façamos. Muitas vezes,                        mos fazer estas pergunta: “O que essa escolha
nossa insegurança nos faz pensar que as ou-                     irá interferir em minha vida, e o quanto irá
tras pessoas sabem o que é melhor para nossa                    afetá-la?”
vida. Se tomarmos nossas decisões com o ob-                         “É preciso aprender a reconhecer em si
jetivo de agradar aos outros para conseguir                     aquilo que tem mais a sua cara. Escolher mes-
aprovação, poderemos ser infelizes na profis-                   mo sabendo que enfrentará situações inusita-
são, no amor ou em qualquer outra atividade.                    das”, diz Ingrid.
    “Muitas pessoas seguem carreiras que os                         “Somos iludidos a pensar que, quanto
pais querem. Formam-se e exercem uma pro-                       mais escolhas, melhor”, diz a psicóloga Ma-
fissão que não gostam. Isso faz com que o dia                   ria Amélia Mussi. É comum as pessoas pensa-
a dia se torne sofrível e que tudo seja mais                    rem que a existência de mais opções leva a
complicado do que realmente poderia ser”,                       uma escolha melhor e, portanto, a um maior
garante o psicólogo.                                            bem-estar.
    Como passamos a vida toda tomando deci-                         “O dogma aceito é o de que mais escolhas
sões, muita gente não percebe que o momen-                      maximizam a nossa liberdade. Mas, por mais
to da escolha é muitas vezes também de ansie-                   paradoxal que pareça, é a profusão de esco-
dade. Para reduzi-la, deve haver preparo, e é                   lhas que, na verdade, diminui nossa satisfa-
algo que também requer um real empenho                          ção”, explica Maria Amélia. Muitas escolhas
do indivíduo. “Por isso, nossas escolhas de-                    causam paralisia em vez de libertação.
DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 11




É sua oportunidade
    Muito pior do que a ansieda-           disso depois, nem culpar os ou-
de gerada por uma escolha é                tros por escolhas que deveriam
não ter a oportunidade de esco-            ser nossas”, diz ainda.
lher. É muito comum ouvir-                     Abrir mão de nossas esco-
mos pessoas, principalmente                lhas é abrir mão de nossos so-
mais velhas, se queixarem de al-           nhos e nossa liberdade. É pre-
guma coisa justamente porque               ciso lembrar que as escolhas
não tiveram a possibilidade de             pressupõem responsabilida-
escolha em muitas questões pes-            des. Porém, é muito bom po-
soais: “Na minha época, tínha-             dermos escolher o que fazer da
mos de casar com o primeiro                nossa vida.
namorado”, “eu não tive a opor-                “O conflito existe para que
tunidade de estudar”, e assim              possamos ter a oportunidade
por diante.                                de dar valores semelhantes pa-
    Hoje é diferente, todos te-            ra duas coisas e ponderar que
mos o direito de escolha. Mas o            dor irá doer menos”, diz a psi-
                                           cóloga Ingrid Bergamo. Por
que acontece quando nos recu-
                                           exemplo: casar ou ficar soltei-
samos a exercer esse direito?
                                           ro, mudar de país ou ficar, dei-
Quando não escolhemos, os ou-              xar um emprego ou buscar ou-
tros escolhem por nós. “Quan-              tro, etc.
do não definimos o nosso cami-                 A importância do conflito é
nho, ele é definido de forma               ponderar o que irá ao encontro
aleatória, através de outros jul-          das necessidades interiores de
gamentos”, diz o psicólogo Ale-            cada pessoa. Por isso, ninguém
xandre Caprio.                             deve interferir em escolhas e
    Muitas vezes, acabamos in-             nem dar conselhos, pois cada
do em uma direção que não                  um tem uma necessidade.
queremos ir. Somos empurra-                “Existem pessoas que têm
dos. “Quando você deixa a vida             verdadeira resistência a esco-
te levar, como canta nosso caris-          lhas, entretanto, só mesmo
mático Zeca Pagodinho, pode-               ela poderá fazer esta viagem
mos acabar em qualquer lugar.              interior e se descobrir”, ex-
E não poderemos nos queixar                plica Ingrid.              (GB)




  Esteja preparado
      Escolher nos dá a sensa-             co é direcionado e sua men-
  ção de poder exercer nossa li-           te passa a criar métodos e
  berdade. Mas, para isso, pre-            soluções para superar o ob-
  cisamos nos preparar. “Co-               jetivo definido.
  mo disse Renato Russo, dis-                  “Cabe aos pais criarem
  ciplina é liberdade. Temos               os filhos com mais autono-
  que saber para onde quere-               mia e, desde a infância, per-
  mos ir para traçar nossos pas-           mitirem que escolham suas
  sos”, diz o psicólogo Alexan-            próprias roupas, cores ou sa-
                                           patos, partindo das escolhas
  dre Caprio. Quando traça-
                                           simples para mais comple-
  mos uma linha entre nós e o              xas”, diz Ingrid Bergamo.
  ponto que queremos chegar,               Porém, se a pessoa já cresceu
  a escolha torna-se mais fácil.           e não aprendeu a escolher por-
      É preciso definir uma                que alguém sempre fez a parte
  lista de objetivos e um pra-             que cabia a ela, infelizmente,
  zo para o cumprimento de                 não há o que fazer: terá de assu-
  cada um. Tendo meta e pra-               mir a responsabilidade e os ris-
  zo, ressalta Caprio, seu fo-             cos sozinha.                (GB)
12 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO

    Estudo




FERRAMENTA NATURAL
DE TRANSFORMAÇÃO
Pesquisadores da USP e da Califórnia testam eficácia da meditação
no tratamento de quem sofre de transtorno obsessivo compulsivo (TOC)
Gisele Bortoleto                               conjunto com a Universidade          sam ter redução dos sintomas,      da oncologia. Estudo feito na
gisele.bortoleto@diarioweb.com.br
                                               da Califórnia, nos Estados Uni-      melhora nas escalas clínicas de    Universidade de Brasília pelo
                                               dos, através do mestre David         avaliação e melhora na qualida-    psiquiatra Juarez Iório Cas-
    A autora norte-americana                   Shannahoff-Khalsa.                   de de vida.                        tellar investigou os efeitos do
Kathleen diz em seu livro “Co-                     O projeto foi aceito pelo Co-                                       método em 80 pacientes com
mo Meditar: Um Guia Práti-                     mitê de Ética e Pesquisa e está         Alternativa                     histórico de câncer de mama.
co” (ed. Pensamento) que do-                   na fase de recrutamento dos pa-                                         Castellar pediu às participan-
mar a mente e trazê-la à com-                  cientes. Serão aceitas 50 pes-           Não é de hoje que a ciência    tes que preenchessem questio-
preensão da realidade não é um                 soas com diagnóstico estabele-       e a medicina fazem pesquisas       nários para medir a qualidade
trabalho fácil. “Requer um pro-                cido de TOC, com idades entre        para comprovar a eficácia da       de vida. Por meio da coleta de
cesso lento e gradual de ouvir e               18 e 65 anos, de ambos os se-        meditação como coadjuvante         amostras de sangue e saliva an-
ler explicações sobre a nature-                xos. As práticas serão gratuitas     no tratamento de algumas           tes e depois dos exercícios me-
za das coisas; pensar e analisar               e conduzidas semanalmente            doenças e transtornos mentais.     ditativos, ele acompanhou as
cuidadosamente esta informa-                   por médicos que apresentam           O cardiologista norte-america-     variações hormonais que indi-
ção; e finalmente transformar                  experiência com as práticas de       no Herbert Benson, da Univer-      cavam a situação da doença.
a mente através da meditação.”                 meditação.                           sidade de Harvard, nos Esta-       Já nos primeiros resultados
    Transformar a mente usan-                      Por rigor científico, os no-     dos Unidos, fez uma pesquisa       foi constatado que a medita-
do a meditação para ajudar no                  mes das técnicas de medita-          com grupos de pacientes que        ção reduziu os efeitos colate-
tratamento do transtorno ob-                   ção não podem ser divulgados         sofriam de problemas cardía-       rais da quimioterapia, como
sessivo compulsivo (TOC) de-                   para que os grupos sejam dis-        cos, hipertensão, infertilidade,   náuseas, vômitos, insônia e
ve ser a ferramenta da pesquisa                tribuídos de forma aleatória,        depressão e enxaquecas. Ele        inapetência.
que o médico radiologista Ro-                  sem que um saiba o conteúdo          conseguiu provar que os pa-            A meditação também tem
drigo Yacubian Fernandes,                      do outro.                            cientes que praticaram medita-     apresentado bons resultados
professor de Kundalini Yoga e                      “Há trabalhos publicados         ção por 20 minutos duas vezes      em pesquisas que avaliam seu
Meditação, irá iniciar nos pró-                na literatura médica realizados      ao dia tiveram taxas de recupe-    impacto nas doenças mentais.
ximos dias no Instituto de Psi-                na Universidade da Califórnia        ração superiores aos do grupo      Na Universidade de Exeter, na
quiatria do Hospital das Clíni-                demonstrando bons resulta-           que não meditava.                  Inglaterra, o pesquisador Wil-
cas de São Paulo (HCFMUSP).                    dos”, diz. O projeto atual pre-          Cientistas de Harvard, em      lem Kuyken verificou que
    O TOC é um transtorno                      tende ser mais amplo, ter            2000, também usaram equipa-        o método é uma opção
mental, algo gerado pela ansie-                maior número de pacientes e          mentos de última geração para      concreta para auxiliar
dade, que se manifesta no com-                 maior rigor científico.              realizar testes neurológicos       no controle da de-
portamento por meio de com-                        O tempo para que os resulta-     em monges tibetanos. E desco-      pressão a longo
pulsões ou rituais, repetições e               dos sejam sentidos, ainda se-        briram que o lado esquerdo da      prazo. As pesqui-
evitações. No pensamento, é ca-                gundo Fernandes, depende             região frontal do cérebro, res-    sas compara-
racterizado por obsessões, co-                 muito da pessoa, da aplicação e      ponsável pela compaixão, ale-      ram a evolu-
mo dúvidas, preocupações em                    disciplina nas práticas, mas em      gria e entusiasmo, entrava em      ção de pacien-
excesso e, por fim, emoções                    algumas semanas costumam             alta atividade elétrica durante    tes que medita-
que causam desconforto físico                  ser sentidos por aquele que pra-     a meditação.                       vam e tomavam re-
e emocional, medo, aflição, de-                tica regularmente.                       Um estudo feito pela Uni-      médios com a apre-
pressão e sentimento de culpa.                     Os trabalhos serão inicia-       versidade de Cambridge, na In-     sentada por aqueles que ape-
    Fernandes diz que, a convi-                dos assim que forem escolhi-         glaterra, comprovou que pa-        nas usavam os antidepressivos.
te do professor Eurípedes Cons-                dos os 50 participantes que          cientes com depressão crônica      Após 15 meses de testes, os
tantino Miguel Filho, chefe do                 preencherem os critérios de in-      que praticaram meditação regu-     cientistas constataram que cri-
Departamento de Psiquiatria                    clusão na pesquisa. A duração        larmente tiveram redução de        ses mais sérias ocorreram em
da Faculdade de Medicina da                    prevista é de 12 a 16 meses.         até 50% nas recaídas.              47% dos pacientes que medita-
Universidade de São Paulo, foi                     Com o tratamento, o médi-            Também há evidência de         vam, enquanto entre os outros
desenvolvido um projeto em                     co espera que os pacientes pos-      eficácia da meditação na área      o índice foi de 60%.
DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 13

Benefícios da                                               Compreenda com a alma
meditação
                                                                Como a meditação funciona,        saudade, ressentimento, mágoa,              mostram que, quando entramos
NA SAÚDE                                                    e como é possível que cure uma        nostalgia, ansiedade ou medo. “E            em estado meditativo, liberamos
                                                            doença ou traga benefícios para       isso tudo é motivo de muito es-             endorfina e serotonina. A endorfi-
             Diminuição do estresse
                                                            nossa vida profissional e pessoal?    tresse e desequilíbrio. É como se           na é um poderoso analgésico na-
             Fortalecimento do sistema imunológico          “A verdade é que não dá para          tivéssemos um véu na nossa fren-            tural, o que faz com que a medita-
                                                            compreender tudo com o cére-          te e víssemos o mundo e lidásse-            ção seja usada em hospitais, inclusi-
             Redução da pressão arterial
                                                            bro, há coisas que só se compreen-    mos com ele através desse véu e             ve no Brasil, como coadjuvante no
             Melhora da qualidade do sono                   de com a alma e em silêncio”, diz     não como realmente as coisas                tratamento de câncer ou dores crô-
                                                            a escritora Sandra Rosenfeld, tera-   são”, diz.                                  nicas; e a serotonina dá a sensação
             Alívio da enxaqueca                                                                       Quando entramos nessa for-             de bem-estar. “Por isso, as pessoas
                                                            peuta em qualidade de vida como
             Auxílio no tratamento da depressão             instrutora de meditação, coach        ma de desequilíbrio, temos ten-             que praticam meditação são mais
                                                            pessoal e palestrante, e autora de    dência a adoecer com mais facili-           felizes, riem mais e começam a ver
     Coadjuvante no tratamento e sintomas                                                         dade. A meditação traz equilí-              o lado positivo das coisas e das pes-
de doenças cardíacas                                        “Durma Bem e Acorde para a Vi-
                                                            da” e “O que é Meditação”.            brio: os batimentos cardíacos di-           soas”, explica Sandra.
    Redução significativa nos quadros de                        Sandra lembra que a medita-       minuem, relaxamos naturalmen-                    “A meditação é uma técnica
dores em geral                                              ção já foi comprovada por pes-        te e, por meio de técnicas específi-        que faz com que entremos em
                                                                                                  cas, conseguimos ter um controle            contato com nós mesmos e, geral-
NA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL                              quisas médicas e científicas co-
                                                                                                  sobre os pensamentos, diminuir              mente, quando você está em um
                                                            mo a melhor ferramenta natu-
             Aumento da criatividade                                                              o ritmo deles e nos manter no pre-          estado de consciência de vigília,
                                                            ral para transformar nossa vi-
                                                                                                  sente. E isso promove uma série             fica com a atenção voltada para as
             Estimulação da memória                         da, trazer a paz interior que tan-    de transformações.                          atividades de fora”, diz Salvador
                                                            to buscamos, mas a maioria                 Parece milagre? Sandra Ro-             Hernandes, coach e instrutor de
             Maior poder de atenção e concentração
                                                            não sabe como chegar lá.              senfeld garante que não. Somos              ioga e meditação.
    Ampliação do discernimento para lidar                       “Através da meditação, ao         um tripé: ser, fazer e ter, e no Oci-            A meditação, ainda segundo
com situações de estresse                                   mesmo tempo em que relaxa-            dente somos valorizados pelo que            Hernandes, permite que o prati-
             Aumento da autoestima
                                                            mos, desenvolvemos a atenção          fazemos e pelo que temos, mas               cante tenha um funcionamento
                                                            e a concentração, e aprende-          pouco pelo que somos. “Infeliz-             mais adequado do organismo.
             Maior equilíbrio emocional                     mos a viver no momento pre-           mente, a maioria das pessoas não            “Se você tem um período de me-
                                                            sente”, diz a terapeuta.              sabe fazer essa parada para ter es-         ditação que acalma seu corpo e
               Melhora nas relações interpessoais
                                                                Na maior parte do tempo, nos-     se contato consigo mesmo, para              sua mente, seu corpo passa a fun-
                 Autoconhecimento                           sa mente está ou no passado ou        encontrar as respostas que preci-           cionar melhor, sem aquela exigên-
                                                            no futuro e, com isso, trazemos       sa”, explica.                               cia do estresse muito comum nos
                     Maior aceitação de si mesmo e
                   do outro                                 para o presente emoções como               Pesquisas científicas também           dias de hoje”, afirma.          (GB)

                         Maior alegria na rotina diária
                          Paz e tranquilidade

                       Fonte: Sandra Rosenfeld, terapeuta
                                                              Medite sempre
                        e escritora                                                                                    das narinas, o caminho que ele faz de ida e volta
                                                                   Você pode sentar-se numa cadeira, no sofá,
                                                              na cama ou no chão. Em qualquer dos locais               aos pulmões e conte cada expiração. Inspire e,
                                                              que escolha é importante que mantenha a                  ao expirar, conte mentalmente “Um”, inspire e,
                                                              coluna ereta para que haja um bom fluxo de               ao expirar, conte mentalmente “Dois”, e assim
                                                              energia e da respiração. As pernas podem estar           sucessivamente, até “Dez”. Toda vez que se
                                                              apoiadas no chão (no caso da cadeira) ou                 envolver nos pensamentos, retorne ao número
                                                              cruzadas (no caso do sofá, cama ou chão).                “Um”. A concentração na respiração e a
                                                                                                                       contagem são importantíssimas para que você
                                                              Tanto a cama como o sofá devem ser duros o
                                                                                                                       não se deixe envolver pelos pensamentos
                                                              suficiente para que você mantenha uma boa
                                                              postura                                                       A contagem é um grande auxílio para que
Divulgação




                                                                                                                       você se mantenha concentrado. Perceba seus
                                                                    Apoie as mãos, voltadas para baixo,                pensamentos como um observador, sem se
                                                              delicadamente sobre as coxas. Incline o queixo           envolver com eles. Através da prática da
                                                              levemente em direção ao peito. Mantenha a                meditação, tomamos as rédeas de nossa vida. É
                                                              atenção na postura, que deve estar ereta, mas            natural que no início a mente reclame e os
                                                              relaxada, ou seja, observe mentalmente face,             pensamentos sejam incessantes, bem como o
                                                              tronco, pescoço, ombros, braços, pernas para             corpo também reclame da posição, afinal
                                                              que estejam relaxados. Você pode encostar                nenhum dos dois está acostumado a ficar
                                                              suas costas. No caso de optar sentar no chão,            quieto, imóvel. Mas, com o tempo, todos esses
                                                              utilize uma pequena almofada com                         incômodos vão passando. É importante lembrar
                                                              aproximadamente 10 a 15 centímetros de altura            que o tempo varia de pessoa para pessoa,
                                                                                                                       portanto, não se cobre ou se imponha metas.
                                                                   Feche os olhos, apoie a língua levemente            Apenas continue praticando diariamente, 20
                                                              no céu da boca (reduz a salivação) e                     minutos, duas vezes ao dia, pela manhã e à
                                                              concentre-se na respiração. Antes de iniciar,            noite. Aos poucos, a mente irá se aquietando e
                                                              respire lentamente de três a seis vezes, sem             os pensamentos silenciando I
                                                              pressa, apenas para relaxar. Depois, respire
                                                              normalmente. Perceba o ar entrando e saindo              Fonte: Livro “O Que é Meditação” (ed. Nova Era)
14 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO

   Saúde




Comissão de frente
     Aspecto das unhas, como formato, coloração e textura, pode revelar se o corpo todo está saudável
                                                                                                                                             Divulgação
Agência Estado

    Unhas saudáveis, corpo in-                                                                                                                            Mitos e
teiro protegido. Mudanças na
coloração, formato e textura                                                                                                                              verdades
das unhas podem indicar al-
guns problemas de saúde, co-                                                                                                                                    A cutícula pode ser
mo anemia, micoses, dermati-                                                                                                                              retirada? Não. Ela serve para
tes e até mesmo doenças renais                                                                                                                            proteger a matriz da unha e
ou pulmonares. E tudo isso po-                                                                                                                            impedir o surgimento de
de ser detectado por meio de                                                                                                                              infecções ou micoses. Elas
                                                                                                                                                          devem ser empurradas e nunca
um simples autoexame, garan-                                                                                                                              removidas
tem os especialistas ouvidos pe-
la reportagem.                                                                                                                                                  Usar esmalte
    “As unhas dão sinais e eles                                                                                                                           constantemente pode
servem de alerta”, afirma a der-                                                                                                                          prejudicar as unhas? Sim. O
                                                                                                                                                          uso frequente pode ocasionar
matologista Fátima Rabay,                                                                                                                                 alergias. É preciso deixar que as
membro da Sociedade Brasilei-                                                                                                                             unhas “respirem”, dizem os
ra de Dermatologia - Regional                                                                                                                             especialistas
São Paulo (SBD-SP). “Várias
doenças dermatológicas ou                                                                                                                                        Existem produtos que
                                                                                                                                                          fortalecem as unhas? Alguns.
sistêmicas podem ter repercus-                                                                                                                            Os médicos afirmam que,
são nas lâminas ungueais                                                                                                                                  quando o problema nas unhas
(unhas). É por esse motivo que                                                                                                                            surge em decorrência do uso de
alguns médicos costumam olhá-                                                                                                                             medicamentos ou da baixa
las no exame clínico”, ressalta                                                                                                                           resistência, alguns produtos
Joaquim Mesquita Filho, der-                                                                                                                              podem ajudar. Mas é
matologista membro da Socie-                                                                                                                              necessário observar a presença
                                                                                                                                                          de formol e a concentração de
dade Brasileira de Cirurgia                                                                                                                               vitamina E
Dermatológica (SBCD).
    Para detectar problemas                                                                                                                                     É mais higiênico levar o
nas unhas, contudo, é preciso                                                                                                                             próprio kit de manicure ao salão
conhecer qual é o padrão de                                                                                                                               de beleza? Com certeza. A
normalidade delas. “São rosa-                                                                                                                             medida é ideal para ajudar a
                                                                                                                                                          evitar doenças, como hepatite e
das nas pessoas mais claras e es-                                                                                                                         micoses
curecidas em morenos e ne-               dem indicar anemia, carência          alterações provocadas pela dia-      te para proteger as extremida-
gros. Têm textura rígida e com-          de zinco e proteínas, alergias        bete e por doenças pulmonares,       des ósseas de traumatismos”,          SAIBA MAIS
pacta, sendo arredondadas na             ou psoríase”, informa Mesqui-         por exemplo, são bastante pare-      diz o dermatologista. Por últi-              A unha é formada por
base e curvas nas pontas”, lista         ta Filho. Daí a necessidade de        cidas. “Em ambas, as unhas exi-      mo, é necessário observar o for-      queratina, a mesma proteína
a médica. “Há também caracte-            observar com cuidado todas as         bem uma coloração ou man-            mato. “Ele sofre variações tam-       presente nos fios de cabelo e
rísticas que estão ligadas à ida-        alterações.                           chas amareladas.”                    bém pelo corte errado das             na pele. A parte visível é
de. Nos jovens, ela é lisa. Nos                                                    Para quem deseja experi-         unhas”, diz Fátima. Mantê-las         denominada lâmina, que é
mais velhos, costuma descamar                De olho                           mentar o autoexame, os especia-      quadradas é a dica dos médicos        contornada por uma pele
                                                                               listas aconselham um teste fei-      para evitar o encravamento. “A        (cutícula). Abaixo da lâmina está
e pode até mesmo ficar áspera                                                                                                                             o leito - pele que sustenta a raiz
                                                                               to em três etapas. Primeiro, é       lâmina deve crescer sem resis-
depois dos 50 anos - ou da me-               O diagnóstico de problemas                                                                                   da unha e também a lâmina
                                                                               preciso identificar mudanças         tência nas laterais”, completa
nopausa, nas mulheres, segun-            de saúde por meio das unhas re-       na coloração. “Por exemplo, se       Mesquita Filho.
do os dermatologistas.                   quer sutileza. “Para diferenciar                                                                                        Escondida sob a cutícula
                                                                               o leito (pele que fica abaixo da         O crescimento médio sema-         está a matriz ungueal, local em
    Algumas alterações são con-          as doenças, é importante que o        lâmina) estiver escuro, é sinal      nal das unhas das mãos é de 2 a       que as células queratinosas se
sideradas normais, como as tí-           médico não inicie o tratamento        de que o sangue não está circu-      3 milímetros, diz a dermatolo-        proliferam e asseguram o
picas manchinhas esbranquiça-            imediatamente. É necessário           lando”, afirma Fátima.               gista da SBD-SP. “Esse cresci-        crescimento das unhas. Já a
das. “Na grande maioria das              descobrir qual é causa real da-           Observar a textura é o se-       mento é mais rápido do que            meia-lua branca na base do
pessoas, essas manchas brancas           quela alteração nas unhas”, afir-     gundo passo da vistoria casei-       nas unhas dos pés. Nas mulhe-         dedo, chamada de lúnula, surge
são traumas e desaparecem em             ma Fátima.                            ra. “A unha é uma capa proteto-      res, o processo é ainda mais len-     das proteínas de queratina I
pouco tempo. Mas também po-                  Mesquita Filho lembra que         ra. Precisa ser rígida e resisten-   to”, completa Fátima.
DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 15

Marina Gold
      Sensitiva
                  Divulgação




                               SOBRE ESTAR
                               BEM E SER FELIZ
                               Pouco se interessa a espiritualidade por uma Ferrari. Felicidade é questão
                               qualitativa: amor, amizade, introspecção, convivência, descobertas
                                                                                                                                                                                     Divulgação

                                   Com alguma frequência,
                               confundimos bem-estar e felici-
                               dade. Com razão, pois são situa-
                               ções que se aproximam, divi-
                               dem certas afinidades, vizi-
                               nhas, aparentadas, dois lados
                               da mesma moeda - como se
                               diz! -, impossível separar. Enga-
                               no pensar se tratar exatamente
                               da mesma coisa. Distinções im-
                               portantes devem ser indicadas,
                               separações que auxiliam enxer-
                               gar com maior nitidez os con-
                               tornos e singularidades de cada
                               uma dessas realidades desafia-
                               doras para o ser humano. Colo-
                               quemos as coisas no lugar:
                               quando se fala de bem-estar, es-
                               tamos nos domínios das neces-
                               sidades de sobrevivência, das
                               realizações materiais. Os mone-
                               taristas adoram essa palavra. A
                               venda de geladeiras ou garrafas
                               de vinho pode ser quantificada,
                               mensurada e acaba derivando
                               para o PIB (Produto Interno Bru-
                               to), pouco significativo para os
                               mortais, mas importantíssimo pa-
                               ra os banqueiros e financistas.
                               Por sua vez, a felicidade se relacio-
                               na a outro tipo de satisfação, uma
                               autorrealização que transcende a
                               posse de qualquer objeto ou bem
                               de consumo. Daí a aparentemen-
                               te contraditória e paradoxal des-
                               coberta de um imenso time de
                               economistas: o aumento da ri-           quantitativos, mas não funcio-      namentos férteis, coisas que               riores. Ela enxerga as posses
                               queza não puxa o da felicidade.         na como fator determinante pa-      não custam nada, que justifi-              materiais como continhas colo-
                               A fortuna é cega. Uma bolsa             ra a felicidade. Afinal, não se     cam, celebram e trazem senti-              ridas dentro de um caleidoscó-
                               Bottega Veneta, um relógio              pode calcular quanto ela custa.     do para a vida, fazendo dela um            pio. Refletidas no espaço espe-
                               Breguet, um telefone Bang &             Felicidade é questão qualitati-     exercício renovado de esplendo-            lhado da alma, podem criar
                               Olufsen, cosméticos La Prai-            va.     Amor,       amizade,        res. Pouco se interessa a espiri-          uma miríade de possibilidades.
                               rie, tudo isso é lindo, indica po-      introspecção, convivência, des-     tualidade por uma Ferrari, mas             Essa é uma outra conversa. Fi-
                               der e dinheiro, realiza desejos         cobertas... atividades e relacio-   muito por esses aspectos ante-             ca para uma próxima. I
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional
Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cogito – antologia poética Vol II
Cogito – antologia poética Vol IICogito – antologia poética Vol II
Cogito – antologia poética Vol IIAc Libere
 
"Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade""Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade"MiguelavRodrigues
 
E-book O Mosaico dos Raros
E-book O Mosaico dos Raros E-book O Mosaico dos Raros
E-book O Mosaico dos Raros Lara Utzig
 
O Romance De Uma Sombra
O Romance De Uma SombraO Romance De Uma Sombra
O Romance De Uma SombraAndre Lima
 
Jornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemasJornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemasMaria Franco
 
Boletim bib 3 2011-2012
Boletim bib 3  2011-2012Boletim bib 3  2011-2012
Boletim bib 3 2011-2012gracabib
 
Antologia de Poesia
Antologia de PoesiaAntologia de Poesia
Antologia de PoesiaBiblioteia
 
Arlequim, pierrot, colombina1
Arlequim, pierrot, colombina1Arlequim, pierrot, colombina1
Arlequim, pierrot, colombina1V
 
Boletim 2.2012.13.01
Boletim 2.2012.13.01Boletim 2.2012.13.01
Boletim 2.2012.13.01BIBESC
 
Antologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de InspiraçãoAntologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de InspiraçãoRoberto Dalmo
 
Folhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
Folhetim Literário Desiderata n 1 - SonhosFolhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
Folhetim Literário Desiderata n 1 - SonhosJosé Feldman
 
Toma lá poesia 2009-2010 - 5 sentidos
Toma lá poesia   2009-2010 - 5 sentidosToma lá poesia   2009-2010 - 5 sentidos
Toma lá poesia 2009-2010 - 5 sentidosSão Ludovino
 
Arcadismo no brasil - autores e obras
Arcadismo no brasil  - autores e obrasArcadismo no brasil  - autores e obras
Arcadismo no brasil - autores e obrasCynthia Funchal
 

Mais procurados (18)

Cogito – antologia poética Vol II
Cogito – antologia poética Vol IICogito – antologia poética Vol II
Cogito – antologia poética Vol II
 
"Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade""Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade"
 
E-book O Mosaico dos Raros
E-book O Mosaico dos Raros E-book O Mosaico dos Raros
E-book O Mosaico dos Raros
 
O Romance De Uma Sombra
O Romance De Uma SombraO Romance De Uma Sombra
O Romance De Uma Sombra
 
Jornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemasJornal íntimo mariajoaofranco poemas
Jornal íntimo mariajoaofranco poemas
 
Boletim bib 3 2011-2012
Boletim bib 3  2011-2012Boletim bib 3  2011-2012
Boletim bib 3 2011-2012
 
Antologia de Poesia
Antologia de PoesiaAntologia de Poesia
Antologia de Poesia
 
Arlequim, pierrot, colombina1
Arlequim, pierrot, colombina1Arlequim, pierrot, colombina1
Arlequim, pierrot, colombina1
 
Boletim 2.2012.13.01
Boletim 2.2012.13.01Boletim 2.2012.13.01
Boletim 2.2012.13.01
 
Cinema e Video
Cinema e VideoCinema e Video
Cinema e Video
 
Antologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de InspiraçãoAntologia Poética de um Segundo de Inspiração
Antologia Poética de um Segundo de Inspiração
 
Sobre as Asas
Sobre as AsasSobre as Asas
Sobre as Asas
 
Folhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
Folhetim Literário Desiderata n 1 - SonhosFolhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
Folhetim Literário Desiderata n 1 - Sonhos
 
Toma lá poesia 2009-2010 - 5 sentidos
Toma lá poesia   2009-2010 - 5 sentidosToma lá poesia   2009-2010 - 5 sentidos
Toma lá poesia 2009-2010 - 5 sentidos
 
Arcadismo no brasil - autores e obras
Arcadismo no brasil  - autores e obrasArcadismo no brasil  - autores e obras
Arcadismo no brasil - autores e obras
 
EMBRULHO DE LETRAS
EMBRULHO DE LETRASEMBRULHO DE LETRAS
EMBRULHO DE LETRAS
 
EMBRULHO DE LETRAS
EMBRULHO DE LETRASEMBRULHO DE LETRAS
EMBRULHO DE LETRAS
 
Mina renata bomfim
Mina renata bomfimMina renata bomfim
Mina renata bomfim
 

Semelhante a Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional

Passageiro de Um Falso Lugar
Passageiro de Um Falso LugarPassageiro de Um Falso Lugar
Passageiro de Um Falso LugarPaulo Maia
 
Poemas de Amor
Poemas de AmorPoemas de Amor
Poemas de AmorBE ESGN
 
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusDesejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusRaquel Alves
 
Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -frodemandacaru
 
Denotação e conotação
Denotação e conotaçãoDenotação e conotação
Denotação e conotaçãoRaika Barreto
 
Toma lá poesia folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...
Toma lá poesia   folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...Toma lá poesia   folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...
Toma lá poesia folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...São Ludovino
 
Livro do Poeta Daniel Amaral - O Floral Poético
Livro do Poeta Daniel Amaral - O Floral PoéticoLivro do Poeta Daniel Amaral - O Floral Poético
Livro do Poeta Daniel Amaral - O Floral PoéticoDaniel Amaral
 
LIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICO
LIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICOLIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICO
LIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICODaniel Amaral
 
O Instante do Sentido
O Instante do SentidoO Instante do Sentido
O Instante do SentidoPaulo Maia
 
Caderno de músicas da aliança
Caderno de músicas da aliançaCaderno de músicas da aliança
Caderno de músicas da aliançayuridc
 
Orgasmo dos deuses e outros poemas
Orgasmo dos deuses e outros poemasOrgasmo dos deuses e outros poemas
Orgasmo dos deuses e outros poemasJulio Carrara
 
Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012
Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012
Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012Fernanda Caprio
 

Semelhante a Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional (20)

Sonho
SonhoSonho
Sonho
 
Sonho
SonhoSonho
Sonho
 
Passageiro de Um Falso Lugar
Passageiro de Um Falso LugarPassageiro de Um Falso Lugar
Passageiro de Um Falso Lugar
 
Poemas de Amor
Poemas de AmorPoemas de Amor
Poemas de Amor
 
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeusDesejos Obscuros- livro VI- O adeus
Desejos Obscuros- livro VI- O adeus
 
Antologia livro
Antologia   livroAntologia   livro
Antologia livro
 
Análise de poemas
Análise de poemasAnálise de poemas
Análise de poemas
 
31
3131
31
 
Fernando pessoa poema
Fernando pessoa   poemaFernando pessoa   poema
Fernando pessoa poema
 
Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -Cancioneiro - Fernando Pessoa -
Cancioneiro - Fernando Pessoa -
 
Fernando pessoa
Fernando pessoaFernando pessoa
Fernando pessoa
 
Sonhos
SonhosSonhos
Sonhos
 
Denotação e conotação
Denotação e conotaçãoDenotação e conotação
Denotação e conotação
 
Toma lá poesia folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...
Toma lá poesia   folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...Toma lá poesia   folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...
Toma lá poesia folhetos de promoção do concurso literário 2008-2009 - escol...
 
Livro do Poeta Daniel Amaral - O Floral Poético
Livro do Poeta Daniel Amaral - O Floral PoéticoLivro do Poeta Daniel Amaral - O Floral Poético
Livro do Poeta Daniel Amaral - O Floral Poético
 
LIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICO
LIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICOLIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICO
LIVRO DE POESIAS DE DANIEL D'AMARAL - O FLORAL POÉTICO
 
O Instante do Sentido
O Instante do SentidoO Instante do Sentido
O Instante do Sentido
 
Caderno de músicas da aliança
Caderno de músicas da aliançaCaderno de músicas da aliança
Caderno de músicas da aliança
 
Orgasmo dos deuses e outros poemas
Orgasmo dos deuses e outros poemasOrgasmo dos deuses e outros poemas
Orgasmo dos deuses e outros poemas
 
Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012
Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012
Bem estar deixe o amor entrar - 09-23-2012
 

Mais de Fernanda Caprio

Artigo "Contagem de votos"
Artigo "Contagem de votos"Artigo "Contagem de votos"
Artigo "Contagem de votos"Fernanda Caprio
 
Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...
Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...
Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...Fernanda Caprio
 
Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...
Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...
Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...Fernanda Caprio
 
Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...
Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...
Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...Fernanda Caprio
 
Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016
Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016
Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016Fernanda Caprio
 
Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...
Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...
Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...Fernanda Caprio
 
Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016
Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016
Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016Fernanda Caprio
 
Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...Fernanda Caprio
 
Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...
Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...
Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...Fernanda Caprio
 
Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...
Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...
Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...Fernanda Caprio
 
Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...Fernanda Caprio
 
Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...
Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...
Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...Fernanda Caprio
 
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...Fernanda Caprio
 
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...Fernanda Caprio
 
Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015
Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015
Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015Fernanda Caprio
 
Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...
Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...
Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...Fernanda Caprio
 
Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...
Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...
Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...Fernanda Caprio
 
Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...
Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...
Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...Fernanda Caprio
 
Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...
Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...
Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...Fernanda Caprio
 
Palestra Participação da Mulher na Política 2017
Palestra Participação da Mulher na Política 2017Palestra Participação da Mulher na Política 2017
Palestra Participação da Mulher na Política 2017Fernanda Caprio
 

Mais de Fernanda Caprio (20)

Artigo "Contagem de votos"
Artigo "Contagem de votos"Artigo "Contagem de votos"
Artigo "Contagem de votos"
 
Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...
Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...
Artigo "O que é ser pré-candidato" (Fernanda Caprio), Revista Conceito Jurídi...
 
Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...
Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...
Artigo "Da reforma do Estado à crise Temer" (Fernanda Caprio) Revista Conceit...
 
Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...
Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...
Artigo "A interferência do direito eleitoral no resultado das eleições" (Fern...
 
Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016
Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016
Artigo "Captação de recursos" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agosto/2016
 
Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...
Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...
Artigo "Regras para contratação de militância remunerada" (Fernanda Caprio) R...
 
Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016
Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016
Artigo "Convenções partidárias" (Fernanda Caprio) Revista Republicana junho/2016
 
Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "É hora de planejar sua campanha" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
 
Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...
Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...
Artigo "Prestação de Contas Anual Partidária" (Fernanda Caprio) Revista Repub...
 
Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...
Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...
Artigo "Desincompatibilização" (Fernanda Caprio) Revista Republicana fevereir...
 
Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
Artigo "Limite de gastos para campanhas" (Fernanda Caprio) Revista Republican...
 
Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...
Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...
Artigo "Internet na campanha eleitoral" (Fernanda Caprio) Revista Republicana...
 
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana novembro...
 
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...
Artigo "Reforma Política 2015" (Fernanda Caprio) Revista Republicana outubro/...
 
Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015
Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015
Artigo "Cota para mulheres" (Fernanda Caprio) Revista Republicana setembro/2015
 
Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...
Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...
Artigo "Qual o papel da política?" (Fernanda Caprio) Revista Republicana agos...
 
Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...
Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...
Artigo "Dupla filiação partidária" (Fernanda Caprio) Revista Republicana maio...
 
Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...
Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...
Artigo "Mandato pertence ao partido e não ao eleito" (Fernanda Caprio) Revist...
 
Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...
Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...
Artigo Quem rouba uma caneta, rouba um país (Fernanda Caprio) Revista Republi...
 
Palestra Participação da Mulher na Política 2017
Palestra Participação da Mulher na Política 2017Palestra Participação da Mulher na Política 2017
Palestra Participação da Mulher na Política 2017
 

Curso ensina técnicas de comunicação para obter sucesso profissional

  • 1.
  • 2. 2 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO Poesia Marina Gold Poeta sonhador Apenas um suspiro bailando no ar Divulgação 15 Tu, poeta sonhador Poeta, tu chegaste à loucura A ti que importa a mágica beleza Feriste teu coração Dos verdes prados Por sobre sonhos navegas Se a razão só brota No planalto da imaginação De um amor não correspondido Teu coração pedindo trégua Se o fogo o coração aflige Dos sonhos na amplidão Com teus brados Tu estás equivocado, vaticinador Às vezes paira acima do real profeta Sensitiva e As asas se abrem no horizonte Por um amor indevido vidente estreia Silêncio total Dentre juras e promessas no time de Explode eletrizante no peito do Não foste correspondido colunistas sonhador Desabafa, conta comigo escrevendo Um grito no ar Poeta sonhador sobre os caminhos Tu és visionário, esteta Que importam juras e promessas para se atingir Sem eco, sem nada, a doce palavra Tu murmuras suspirando bem-estar e Na garganta engasgada Teus sonhos por lágrimas cobertos felicidade Isolado nessa mudez Por um amor não correspondido Não te iludas, porém, talvez chegue a Tu vives sonhando ilusões sem fim Televisão 18 chorar Ainda te ouço pelas noites minhas No teatro dos sonhos, a luz da ribalta E tu nem te lembras de mim Tudo se ilumina Margarida Gôngora Mantovani No ar com o personagem Petrus, de “Cordel Encantado”, ator Felipe Camargo fala sobre seus 25 anos de carreira Pedro Paulo Figueiredo/Divulgação Editorial Verdades do corpo Se o corpo não fosse esse instrumento de comunicação poderoso (tão eficaz e às vezes até mais do que a boca), como explicar o sentimento sublime diante de um espetáculo de dança contemporânea ou de butô - a tradicional e silenciosa dança japonesa em que nada se fala mas tanto se diz? É claro que nosso corpo tem “voz”, e quando nos referimos à linguagem corporal dos apaixonados, tema da reportagem de capa desta edição da revista Bem-Estar, esses sinais aparecem - mais ou menos Turismo evidentes de acordo com a argúcia do observador. Entre duas pessoas que se amam, o olhar é diferente, o abraço é diferente, até o posicionamento dos pés é outro. E todos O Vale do Loire, na França, tem mais coisas para se apreciar além dos seus históricos castelos. E na região 24 esses gestos ocorrem de maneira praticamente de Champagne, a colheita da uva vai ser antecipada Agência O Globo involuntária. Por isso, observe. É no “corpo a corpo” que está muito da verdade de um relacionamento. Pensamentos “A ausência diminui as paixões pequenas e aumenta as grandes, porque o vento apaga velas e ventila um incêndio.” (François de La Rochefoucauld) “As paixões são como as ventanias que incham as velas do navio. Algumas vezes o afundam, mas sem elas não se pode navegar.” (Voltaire) “Consciência é a voz da alma; as paixões são a voz do corpo.” (Jean-Jacques Rousseau)
  • 3. DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 3 DIÁRIO DA REGIÃO Carreira Editor-chefe Fabrício Carareto BOM DE PAPO Curso em Rio Preto ensina técnicas para se comunicar melhor. Saber se fabricio.carareto@diarioweb.com.br Editora-executiva Rita Magalhães expressar é fundamental para a obtenção do sucesso na vida profissional rita.magalhaes@diarioweb.com.br Coordenação Ligia Ottoboni Jéssica Reis rativa do Cegente, explica que de quem está ouvindo. serão usados como auxílio. ligia.ottoboni@diarioweb.com.br jessica.reis@diarioweb.com.br a comunicação é um dos cami- Segundo Ana Carolina, Editor de Bem-Estar e TV nhos para ter sucesso profissio- uma pequisa norte-americana Curso Igor Galante igor.galante@diarioweb.com.br Falar bem não é para qual- nal. “A comunicação é impor- revelou que hoje um dos maio- quer um. A boa comunicação tante para todos, porque esta- res medos das pessoas é de falar Sobre este assunto, Vivien Editora de Turismo Cecília Demian exige conhecimento e técnicas mos o tempo todo vendendo em público, pois quando há es- Chivalski, consultora organiza- cecilia.demian@diarioweb.com.br que podem ser adquiridas com ideias por meio da comunica- sa necessidade elas não sabem cional e jornalista especializa- Editor de Arte treino ou cursos. ção”, afirma. como devem se comportar. da em Marketing e Comunica- César A. Belisário No mundo dos negócios, es- A especialista ressalta que o Para que a comunicação se- ção Organizacional pela USP, cesar.belisario@diarioweb.com.br sa “arte” é tão importante co- profissional deve estar atento ja eficiente e atinja o objetivo estará em Rio Preto para minis- Diretora Superintendente trar um curso no qual irá apre- Rosana Polachini mo para quem trabalha com as com o público que está lidando de “vender” uma ideia, Ana Ca- sentar técnicas e dicas de comu- rosana.polachini@diarioweb.com.br palavras. Isso porque o profis- e saber diferenciar o tipo de lin- rolina diz que o principal é que nicação e tipos de linguagem Pesquisa de fotos sional tem a necessidade de se guagem que deve ser usada. o profissional conheça o seu pú- que devem ser usadas de acor- Mara Lúcia de Sousa comunicar com os colaborado- “Falar bem não é usar palavras blico e entenda sobre o assunto do com o público. I Diagramação res e demais pessoas que fazem rebuscadas, é falar corretamen- que vai falar, para poder se ex- Cristiane Magalhães parte do seu meio de trabalho. te para que todos entendam”, pressar da maneira correta. “É Serviço Foto capa E para estar sempre a frente é complementa. necessário ter planejamento”, Curso “Comunicação Oral Eficaz”. Dia Hamilton Pavan 6 de agosto, das 8 às 17 horas, na preciso saber se expressar. A boa comunicação deve afirma. Se for uma apresenta- empresa Um Investimentos, Rio Preto. Agradecimento Ana Carolina Verdi Braga, ser clara e sem ruídos que pos- ção, por exemplo, é preciso tam- Informações www.cegente.com.br ou Clube Monte Libano Carol Alves especialista em educação corpo- sam interferir na interpretação bém conhecer os recursos que (17) 3227-8549/3227-3188 Guilherme Purini Nardi Tratamento de Imagens Silvio Coleti e Yan Desidério Matérias: Agência Estado Agência O Globo Curso “Síndrome do Pânico” TV Press Agenda Em Rio Preto Das 9 às 13 horas No Salão Nobre da Acirp (rua Silva Jardim, 3099, Centro) Investimento: R$ 50 Informações 2ª Health Ingredients South e inscrições: America (HiSA) 27 de karina@psicologosdobem.com.br Em São Paulo No Novotel Center Norte agosto e (17) 3016-6340 e 3216-5992 Conferência: das 9 às 18 horas Exposição: das 11 às 19 horas 9 e 10 de Informações: www.hi-events.com.br agosto Inscrições: http://www.hi-events.com.br/hi/ 2º Congresso de Análise conferencias/grade-de-palestras Transacional - “O Poder da Consciência nas Conexões Humanas” Em Curitiba As notas para a No campus da PUC agenda podem ser 18 a 20 Promovido pela União Nacional enviadas para Gisele dos Analistas Transacionais Bortoleto no e-mail de agosto Informações e inscrições: gisele.bortoleto@ www.unat.org.br/conbrat diarioweb.com.br ou pelo fone (17) 2139-2084
  • 4. 4 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO O corpo fala A LINGUAGEM Jéssica Reis jessica.reis@diarioweb.com.br Viver com os pensamentos nas nuvens, sentir o coração acelerado e uma vontade imensa de estar com o ou- tro são algumas caracterís- ticas dos apaixonados. Mas a maneira como se comportam por meio de gestos também mostra o que estão sentindo - é a linguagem corporal dos apaixonados. Assim como na pa- quera, em que o menino e a menina apresentam ges- tos específicos para de- Do abraço mais forte ao olhar mais monstrar que um está inte- ressado no outro - por exem- profundo, especialistas a pontam plo, a mulher quando mexe nos cabelos e os homens quan- quais são os sinais que indicam se um do estufam o peito -, entre um casal apaixonado isso não é dife- casal está mais ou menos apaixonado rente. É possível perceber quan- do duas pessoas estão realmen- te “caídas de amor” pela outra pelo simples gesto do abraço ou pelos olhares. e mais Isso porque, segundo Paulo evidente. Sérgio de Camargo, especialis- Camargo ta em linguagem corporal e explica que o grafólogo, de São Paulo, a lin- abraço é diferente guagem corporal dos apaixona- para os homens e dos é a mesma em qualquer lu- mulheres. O homem gar do mundo. “O apaixonado apaixonado, por exemplo, Enquanto os apaixonados quer o objeto da paixão único e não tem medo de agarrar, de só têm olhos para o parceiro, os exclusivamente para ele. En- trazer a amada para perto dele. S e casais que não estão apaixona- tão, vão aparecer o que chama- Ele quer abraçar, beijar e mos- eles real- dos ficam mais alertas e se preo- mos de sinais de possessão. trar que gosta dessa pessoa. mente estão cupam com o que acontece ao Quando o apaixonado vai abra- “Na mulher, o abraço é mais apaixonados, é redor, além de expressarem me- çar, o abraço dele é em forma afetuoso, existe muito mais en- possível perceber nos afetividade um pelo outro. de entrega, ele abraça, fecha os trega de encolhimento, ela é que a postura dos dois é Estar apaixonado, para Ca- olhos e esquece o mundo ao seu abraçada e se encolhe. A mu- a mesma. Por exemplo, eles margo, só traz benefícios. redor”, define. lher tende a ficar mais afetuo- podem cruzar os braços ao “Quando a pessoa está apaixo- O especialista diz que um sa, a se encolher e aceitar o mesmo tempo. Esse comporta- apaixonado. nada, ela se sente melhor, me- homem apaixonado só tem abraço do rapaz com mais for- mento é chamado de “sintoni- Eles se conheceram por lhora a pele, melhora a postura, olhos para a parceira, e vice e ça”, explica. zação”. meio de amigos e depois de um melhora a saúde”, afirma. versa. Camargo afirma que os Outro sinal apontado pelo Guilherme Purini Nardi, ano começaram a namorar. Des- Para Marcelle Vecchi, psico- apaixonados têm a necessida- especialista é chamado de 22, e Carol Alves, 18 (que ilus- de então, não se separam. terapeuta comportamental neu- de de mostrar o que estão sen- “comportamento espelho”, tram a capa desta edição), na- “Quando estamos juntos, sem- rolinguística, nosso corpo fala tindo - é por isso que o abra- que começa, por exemplo, moram há dois anos e são um pre estamos abraçados ou de constantemente. “Quando há ço do apaixonado é mais forte quando um casal está junto. belo exemplo do que é um casal mãos dadas”, revelam. um interesse, nossa mente in-
  • 5. DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 5 DA PAIXÃO ternamente fica focada nos sen- tidos visuais, auditivos e sensi- Bem-Estar - O abraço dos apaixonados é diferente, é se, nossa mente internamente fi- ca focada nos sentidos visuais, au- de 3 meses, após esse período, ou o casal avança para um sentimen- são mais ostensivos, pois são reali- zados com o intuito de impressio- tivos do nosso parceiro, deixan- mais caloroso? ditivos e sensitivos do nosso par- to mais nobre, que é o amor, ou se nar. Na paixão, ocorre uma neces- do para segundo plano quais- Marcelle - Esse é um abraço ceiro, deixando para segundo pla- separa, pois após esse tempo o cé- sidade maior de cativar - os gestos quer acontecimentos exter- daqueles que não dá vontade de no quaisquer acontecimentos ex- rebro começa a perceber as dife- são mais ponderados e sua aten- nos”, explica. largar, diferente de um abraço ternos. Há também uma necessi- renças e os “defeitos” do outro ção está no outro e não somente Segundo a psicoterapeuta, a social, em que a duração é bem dade interna de agradar e ser acei- com mais facilidade, enquanto na em si. linguagem corporal é a mais menor. No abraço apaixonado, to, o que conduz às gentilezas es- paixão há uma névoa que não Bem-Estar - A maneira co- verdadeira e pode demonstrar há também mais contato peito- peciais. Nosso interesse numa deixa o cérebro processar esses mo as pessoas se comportam os diversos estados emocionais ral e abdominal; num abraço so- conversa é mais no sentido de en- pontos. (por gestos, olhares...) pode pelo qual uma pessoa passa, co- cial, às vezes, só se encostam os tender o outro do que de falar a Bem-Estar - Os gestos de realmente dizer se estão ou mo raiva, medo, amor, paixão, ombros. nosso respeito o tempo todo. A um apaixonado são os mes- não apaixonadas? depressão, ansiedade, dor, en- Bem-Estar – E como é o voz se torna mais aveludada, há mos da paquera? Marcelle - A linguagem cor- tre outros. olhar dos apaixonados? um brilho na face diferente, o ma- Marcelle - Não, na paquera poral das pessoas evidencia inú- Em entrevista à revista Bem- Marcelle - O olhar é o espe- xilar fica relaxado, nossa tempera- há uma necessidade urgente de meros estados emocionais, como Estar, Marcelle Vecchi fala lho da alma, podemos transmi- tura corporal aumenta na presen- se mostrar atraente e conquistar. a raiva, o medo, o amor, a paixão, mais sobre a linguagem corpo- tir várias mensagens através ça do outro. Nessa etapa, a pessoa tende a falar a depressão, a ansiedade, a dor, en- ral dos apaixonados. dos olhares. Em caso de paixão Bem-Estar - Como é o com- mais sobre si mesma e mostrar fim, essa é a linguagem mais ver- Revista Bem-Estar - Como ou amor, os olhos ficam tran- portamento do casal que não seus atrativos físicos, intelectuais, dadeira que há, pois é automática, é a linguagem corporal dos quilos quando estão olhando o está apaixonado? É possível amorosos, familiares, etc. A con- não passa por nenhum processo apaixonados? outro, não há muita agitação perceber por meio também de versa, nessa etapa, é uma represen- inibidor ou racional. Os gestos fa- Marcelle Vechi - Nosso cor- ocular. Também percebe-se a sinais? tação dos pontos positivos e dimi- lam por si só, o que se passa em po fala constantemente, basta paixão pela profundidade do Marcelle - A paixão já foi estu- nuição dos negativos. A paixão é nosso interior, sem máscaras ou estar atento para perceber os si- olhar, é quando parece que o ou- dada por ciências que estudam a etapa seguinte. Os gestos de um falsas representações. As mensa- nais. Geralmente, quando duas tro está atravessando nossa processos cerebrais e foi constata- apaixonado são mais sutis que os gens corporais são as mais verda- pessoas estão em pé, se houver mente com os olhos. do que uma paixão dura em torno da paquera: na paquera, os gestos deiras e confiáveis. interesse entre as partes seus Bem-Estar - Quais as princi- corpos estarão levemente volta- pais diferenças que podemos dos para o outro, seus olhares observar em um casal apaixo- são mais constantes, os pés esta- nado e um casal que não está rão na direção do outro. Se o apaixonado? homem estiver com a mão no Marcelle - Num casal apai- bolso e ele tiver interesse se- xonado, a atenção de um está xual pela parceira, os dedos es- voltada para o outro, e não para tarão apontados para os órgãos acontecimentos externos, por sexuais dele. exemplo. Quando há um interes-
  • 6. 6 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO SAIBA MAIS SINAIS QUE DEMONSTRAM QUE O CASAL ESTÁ APAIXONADO: O olhar dos apaixonados é mais profundo, demonstra tranquilidade, pois não há agitação ocular. Segundo especialistas, os apaixonados só têm olhos para o companheiro e não prestam atenção ao que acontece ao redor Os apaixonados têm a necessidade de agradar e, por isso, demonstram gentilezas especiais. A voz fica mais aveludada, há brilho no olhar e no rosto, o maxilar fica relaxado e a temperatura corporal aumenta na presença do amado ou amada O abraço de um casal apaixonado é mais afetuoso e mais forte. O abraço demonstra a entrega de um ao outro, além de ser um abraço com mais contato peitoral. O homem abraça a mulher com mais força, enquanto ela se sente acolhida e se encolhe nos braços do companheiro Quando há interesse entre um homem e uma mulher, seus corpos estarão levemente voltados para o outro, os olhares mais constantes e os pés na direção do outro I
  • 7. DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 7 Fisioterapia Corrija a postura Especialistas mostram como evitar lesões decorrentes de posições incorretas no ambiente de trabalho Jéssica Reis jessica.reis@diarioweb.com.br Divulgação Trabalhar o dia todo sentado em Saiba mais frente a um computador requer muitos Muitas pessoas podem pensar que para manter a postura cuidados, principalmente com a manei- correta é necessário ter móveis adequados. A médica fisiatra do ra como se posiciona na cadeira. A má Hospital Sírio-Libanês Christina May Moran de Brito garante que o postura no ambiente de trabalho é mui- ideal é ter uma cadeira que você consiga ajustar a altura para to comum, por isso é de extrema im- adequar com a mesa e manter os pés apoiados. Para apoiar os portância que a pessoa, ao perceber pés, caso não consiga pela altura, a alternativa é usar um apoio que está sentada de maneira inade- ergonômico. “Os pés devem estar apoiados, os joelhos a 90 quada, corrija imediatamente a postu- graus, não cruzados, a lombar também deve estar bem apoiada e ra para não ter problemas futuros encaixada na cadeira”, recomenda Christina com a coluna. O fisioterapeuta Paulo Haddad, de Rio Preto, orienta como O fisioterapeuta Paulo Haddad, deve ser a postura diante do computador para que o trabalho não de Rio Preto, diz que a má postura no se torne doloroso no fim do dia. Segundo o especialista, a cabeça trabalho pode causar várias dores e deve estar em posição natural, que não obrigue a pessoa a diagnósticos diferentes nas pessoas. abaixar, levantar ou rodar a cabeça para nenhum dos lados. O “Um profissional fisioterapeuta que monitor deve ser posicionado de forma que a visão esteja trabalha com ergonomia tem um direcionada para o horizonte grande embasamento postural para “Os membros superiores, desde ombro, cotovelo, punho e deixar tudo em ordem, nas diversas mão, devem estar em posições de descanso e não com sensações posturas e funções em todos os tipos de pesos. Deve-se deixar o ombro fechado com o cotovelo de postos de trabalhos”, recomenda. encostado no corpo e apoiado, como também o punho, e estar Christina May Moran de Brito, sobre um apoio confortável para a digitação”, explica o médica fisiatra, coordenadora do ser- fisioterapeuta viço de reabilitação do Hospital Sírio- Libanês, em São Paulo, orienta as pessoas que estão em uma atividade contínua a fa- zer uma ou mais pausas após um determi- Telefone no ombro po, mas que também traz danos ao cor- sejáveis, o que melhora muito quando nado período de trabalho. “Não é somente po. Essa posição também é incorreta. esse vício imperceptível passa a ser parar de fazer o trabalho do momento, pre- O telefone toca, você atende e preci- Segundo Haddad, esta postura causa abandonado pelas pessoas”, explica o fi- cisa parar, relaxar e alongar aqueles múscu- sa anotar ou digitar uma informação um grande estresse na coluna vertebral sioterapeuta Haddad. los que estão em atividade.” A especialista que está sendo passada. O ombro é a al- lombar. Christina diz que ao sentar-se diz que a má postura pode levar a casos do- ternativa para apoiar o telefone e fazer na ponta da cadeira a pessoa perde a re- Em pé e apoiado lorosos crônicos, mais pela sobrecarga, não as duas atividades ao mesmo tempo. Pa- ferência do encosto para a posição da co- só da coluna, mas sobretudo dos músculos ra os especialista, essa postura é inade- luna. “Se você fica sentado mais para Jogar o peso do corpo para uma das e tendão. quada. Christina lembra que no caso do frente, apoiado adequadamente com a pernas é confortável, mas contraindica- trabalho exigir o uso constante do tele- coluna ereta, não é problema, mas é difí- do por especialistas. Haddad explica Pernas cruzadas fone é necessário usar fone de ouvido. cil a pessoa ter essa disciplina”, lembra que a postura pode causar dores na lom- Os ombros precisam estar relaxados, a especialista. bar e nos quadris pela descarga de peso, Você está sentado e cruza as pernas, a po- não podem estar muito deprimidos e sendo jogada totalmente para um local. sição parece ser muito confortável, mas tam- nem muito elevados. Haddad explica Sentar-se sobre a perna “O ideal, quando em pé, é revesar a des- bém pode trazer danos a sua coluna. Segun- que essa posição provoca um desvio na carga de peso, apoiando um pé de cada do Paulo Haddad, essa postura estimula o região do pescoço, mais especificamen- “Além de correr o risco de compri- vez em um banco pequeno da altura de aparecimento de dores nas regiões dos qua- te na coluna cervical. mir algum nervo da região, provocando um degrau de escada, assim você conse- dris e da coluna lombar. “O ideal é não cru- sensações de formigamentos, as articula- gue descansar os membros inferiores zar as pernas, mantendo-as com apoio total Sentar-se na ponta ções não suportam muito tempo uma em forma de revesamento”, afirma o fi- no chão ou em um apoio personalizado da al- mesma posição contrária à habitual. sioterapeuta. Christina lembra que essa tura que os quadris fiquem em 90º em rela- Já é quase fim do dia, bate aquele Nesse caso, a perna que estiver por bai- dica é importante para um cirurgião, ção aos joelhos”, explica Haddad. Christina cansaço e de repente você se vê quase xo sofre uma rotação externa da articula- por exemplo, ou uma pessoa que fica May também lembra que a posição pode deitado na cadeira, em uma postura ção do quadril, favorecendo o apareci- muito tempo em pé passando roupa ou comprometer a circulação. confortável por um determinado tem- mento de processos inflamatórios inde- lavando louça. I
  • 8. 8 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO Visão O FUTURO DO AMOR Bem-Estar entrevista o conferencista Adjiedj Bakas, autor de previsões polêmicas sobre como serão os relacionamentos amorosos nos próximos anos Cecília Dionizio maneira de vê-lo. De repente, era uma realidade por toda a Toda essa informação chegou a em especial as mulheres, que ti- cecilia.dionizio@diarioweb.com.br ele se transformará em um ho- Europa: 50% dos clientes dos fi- mim em um período muito cur- nham menos oportunidades e mem atraente e você poderá re- sioterapeutas só os procuram to, então foi aí que decidi incor- menos poder econômico. Na ju- Prepare-se para uma nova vi- novar sua vida amorosa com porque ninguém lhes tocava. porá-las num livro. Imediata- ventude da minha avó, você são do amor. É o que prenuncia ele novamente. Não é formidá- Nessa ocasião, conversei mente, minha obra se tornou não estaria livre para casar com o conferencista Adjiedj Bakas, vel? Isso evitará muitos divór- com um policial que fiscalizava um best-seller na Europa. a pessoa amada. Até 1850, as que se especializou em projetar cios”, diz, em entrevista exclu- portais de atividades sexuais e Bem-Estar – Que tipo de re- pessoas morriam por volta dos cenários para o futuro. É autor siva à revista Bem-Estar. portais de namoro na internet, lação as pessoas querem ter, 40 anos de idade. Se você en- de cinco livros sobre o assunto e Revista Bem-Estar - O que que me disse existirem muitos ainda que não envolva os re- contrasse o seu grande amor, um deles, em especial, trata do o levou a escrever sobre o jovens que já não conseguem cursos tecnológicos? vocês ficariam juntos por uns amor para os próximos anos. amor no futuro? mais ter um orgasmo ou mes- Bakas - As pessoas procu- 15 anos, o que era normal. Na- Algumas posições de Bakas Adjiedj Bakas - Eu dou cer- mo uma ereção durante uma re- ram, principalmente, por inti- queles tempos, as pessoas viaja- sobre o tema são controversas e ca de 200 palestras para cerca lação sexual normal com uma midade. Por alguém em quem vam cerca de 8 quilômetros por difíceis até de aceitar. de 200 mil pessoas por ano. Du- outra pessoa, pois preferem possam confiar, dividir segre- ano em média apenas. Conhe- Em “O futuro do Amor” rante as palestras, e através de con- conversar e se masturbar em dos e fazer carinho. O sexo po- ciam muito menos pessoas. E (Ed. A Girafa), cuja capa mos- versas com a plateia após essas pa- um mundo pornográfico vir- de vir junto com a intimidade, elas tinham muito menos infor- tra uma mulher abraçada a um lestras, notei que muitas pessoas tual. Foi então que decidi fazer mas este não é, estritamente, mação e menos coisas novas robô (como forma de mostrar se sentiam afastadas demais pesquisas neste campo e consta- necessário. Porém, a sexualida- em suas vida para lidar. Atual- que hoje a tecnologia invadiu a umas das outras, mas estavam à tei que o policial estava certo: de sim e o ato de acariciar um mente, experimentamos mui- vida das pessoas não apenas procura de intimidade, calor hu- muitos jovens, hoje em dia, fin- ao outro é muito importantes. tas coisas em nossas vidas, que nos planos mais subjetivos, mano, amor e, principalmente, gem o orgasmo numa relação Ambas ações geram energia e nos fazem mudar muito mais mas nos principais campos de de pessoas em quem pudessem sexual com outro ser humano nos fazem felizes. rápido. Alguém por quem você suas vidas), Bakas afirma, por confiar. Quando o meu fisiotera- porque acham o sexo virtual Bem-Estar - O que, em sua se apaixonou aos 20 anos se tor- exemplo, que em 10 anos as pes- peuta me disse que 50% dos seus muito mais excitante. Em algu- opinião, afetou a forma de na uma pessoa totalmente dife- soas vão poder usar lentes de clientes o procuravam para fazer mas cidades, conheci muitos amar nos dias de hoje, de for- rente quando chega aos 35, e o contato especiais para mudar a uma massagem porque, do con- migrantes vindos da zona rural ma irrevogável, graças às no- mesmo também ocorre com vo- forma de enxergar o outro. trário, ninguém lhes tocaria - que se mudaram para elas dei- vas formações familiares? cê. Por isso, hoje em dia, está “Se você olhar para o mes- pois desejavam ser tocados por xando para trás familiares e Bakas - Nos velhos tempos, mais difícil amar um ao outro mo marido durante 20 anos, outro ser humano - fiquei surpre- amigos. Eles também me disse- você não casaria, necessaria- por toda uma vida. Acontecem com as lentes, você mudará a so. Mais tarde, descobri que esta ram que se sentiam solitários. mente, com quem você amava, muitas mudanças em sua perso-
  • 9. DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 9 Escolhas sensatas Nascido no Suriname em 1963, Adjiedj Bakas, que hoje vive na Ho- landa, é uma figura conhecida mundialmente graças a sua astúcia em orientar empresários e pessoas a fim de que adotem atitudes basea- das em suas previsões sobre o futu- ro em todas as suas instâncias. Bakas alerta que a solidão é o que mais tem afetado a vida na Ter- ra. Ele afirma que um em cada qua- tro holandeses se dizem solitários, e que 30% dos norte-americanos têm menos amigos do que há 20 anos - e o mais triste é que 20% dos norte-americanos já não têm qual- quer amigo considerado íntimo. Ao mesmo tempo otimista, Bakas aponta que a felicidade pode ser construída e, para tanto, basta que façamos escolhas sensatas. Em seus livros, elese coloca como um pesquisador das populações e traz para a realidade de cada população um pouco da história e de como a evolução tem influenciado suas vi- das, seja em relação ao amor, a Deus, às finanças e a todas as ou- tras formas de se viver. (CD) nalidade e em seu havia muitas guerras e lutas. alguém que acha ser bom parti- do físico real e isso pode mudar o caráter, há muito Felizmente, nós preferimos a do, só que ele é muito gordo, as jeito com que eles buscam o mais opções de possí- paz nos dias de hoje. lentes irão mudar a maneira de amor. Mas eu tenho certeza que veis amantes e, consequen- Bem-Estar - Quais as chan- vê-lo e ele lhe parecerá esporti- eles vão aprender a lidar com is- temente, vemos as forma- ces de se encontrar um amor vo e magro. Se você olhar para so e encontrar a felicidade de uma forma que se encaixa aos ções de novas famílias aconte- sem ter de recorrer à tecnolo- o mesmo marido durante uns seus estilos de vida. cerem. Por volta dos 40, você já gia nos dias de hoje, ou isso 20 anos, com as lentes, você Bem-Estar - Como são re- pode ter de um a três ex-parcei- já não é mais possível? mudará a maneira de vê-lo. De cebidas pelas pessoas suas ros com quem você provavel- Bakas - Sim, claro que é. repente, ele se transformará observações sobre o futuro mente possa ter filhos. Você Você pode conhecer alguém em um homem atraente e você do amor? ainda tem amizade com eles e, em seu local de trabalho, nas poderá renovar sua vida amoro- Bakas - As pessoas ficam fas- possivelmente, você tem um no- ça que nos ruas ou em uma festa e se apai- sa com ele novamente. Não é cinadas com o livro e as apresen- vo amante, com quem convive tempos dos gre- xonar. Não se esqueça de que a formidável? Isso evitará mui- tações sobre o assunto. Dei pales- em harmonia. Você pode amar gos não era es- se pa- forma como as pessoas exalam tos divórcios! tras em Porto Alegre e Recife e a não! plateia ficou algumas vezes cho- alguém do outro ou do mesmo raíso todo seu cheiro é um fator decisivo. Bem-Estar – Existem al- cada, mas acabou por identificar sexo ao mesmo tempo, a Na época, as mulhe- No cheiro de uma pessoa, você guns ganhos para as novas ge- o que eu disse e escrevi. Terei bisexualização do amor é mais res eram consi- deradas sente o cheiro dos hormônios rações com estas novas con- muito prazer em dar palestras no- aceita do que era antes. As crian- inferiores aos homens. e, ao se juntar aos seus dutas diante da tecnologia? vamente sobre meu livro no Bra- ças estão acostumadas a convi- A bissexualidade era mais tole- feromônios (substâncias quí- Bakas - Algumas coisas nun- sil. O livro está sendo publicado ver com mais padrastos e cofa- rada, ou era mais comum. Mas micas naturais afrodisíacas), e ca mudam. Pessoas de todas as na Suécia e na Noruega, e lá tam- miliares. E isso é bom. as pessoas morriam por volta se combinarem, pronto, você gerações procuram o amor, a bém as reações estão sendo mui- Bem-Estar - Existe alguma dos 22 anos de idade, muitas se apaixona. Mas em uns 10 amizade, o carinho e a intimida- to positivas. As pessoas gostam chance de um dia voltarmos pessoas morreram bem jovens anos vamos ter lentes de conta- de. Os jovens são iguais aos da ve- do fato de que este tema está, fi- e não chegaram a experimentar nalmente, sendo abordado, uma ao amor mais conhecido co- to especiais que ao serem colo- lha geração. Mas, para muitos jo- vez que elas acham que esse as- mo amor-romântico, como no a maturidade que experimenta- cadas nos olhos vão mudar a vens, as drogas (sintéticas ile- sunto é muito ignorado. I tempo dos gregos? mos hoje. Sem dizer que a socie- forma como enxergamos al- gais) e a internet trazem um Bakas - Não. E não se esque- dade grega era muito violenta, guém. Por exemplo, se você vê mundo superficial para o mun- Tradução de Sandra Bernacer
  • 10. 10 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO Comportamento Faça sua escolha Escolher é um privilégio. O problema está no fato de que toda decisão implica em renúncia. Para saber que caminho seguir, considere o benefício da troca Gisele Bortoleto vem ser pautadas em nossa motivação. O gisele.bortoleto@diarioweb.com.br comprometimento e a dedicação verdadeira nos direcionam com tranquilidade dentro do Escolher talvez seja uma das coisas a que caminho escolhido, sem que fiquemos nos co- o homem mais se dedique na vida. Todas as brando e nos censurando por não haver empe- nossas ações diárias sempre são pautadas por nho na nossa meta”, diz Caprio. escolhas. Escolhemos levantar ou ficar na ca- A escolha é sempre um privilégio. O gran- ma, tomar ou não um café, comer ou não uma de problema é ter de abrir mão de outra coi- barra de chocolate, sair ou não sair com os sa. Quando a escolha é simples e parece não amigos. haver grandes implicações, tudo bem. Mas, “Nossas escolhas sempre são fundamenta- muitas vezes, podemos lidar com essa situa- das por um ganho, uma motivação”, diz Ale- ção de renunciar a algo e saber que essa re- xandre Caprio, psicólogo cognitivo-compor- núncia pode ser definitiva. tamental. Escolhemos levantar da cama por- Caprio tranquiliza: a renúncia nunca é que precisamos trabalhar e ganhar dinheiro; completa. Sempre renunciamos em prol de al- escolhemos não comer uma barra de chocola- go. A troca sempre deve nos trazer um benefí- te para manter a boa forma física, ou escolhe- cio maior. O que ocorre é que muitas vezes re- mos sair com os amigos para trocar ideias e nunciamos a um ganho imediato para um nos descontrair. Todas as vezes que abrimos bem maior que virá. mão de algo, entendemos que fazemos isso Mais uma vez, a arte de fazer escolhas pas- sa pelo autoconhecimento. “As pessoas preci- em prol de um ganho maior. sam se autoconhecer, ou seja, é preciso conhe- Na maioria das vezes, fazemos escolhas cer suas reais necessidades e escolher o que simples, como decidir se comemos ou não vem ao encontro do seu jeito de ser e de um chocolate. Mas, e na hora de decidir, por existir, pois as escolhas serão feitas a vida exemplo, que vestibular fazer - decisão que toda e a qualidade da vida estará em jogo”, pode influenciar o restante das nossas vidas? diz a psicóloga clínica e organizacional In- Caprio explica que, diante de escolhas grid Bergamo. mais complexas, devemos considerar o que Por isso, antes de fazer uma escolha que, a queremos de melhor para nós e não o que os princípio, não nos parece tão simples, deve- outros querem que façamos. Muitas vezes, mos fazer estas pergunta: “O que essa escolha nossa insegurança nos faz pensar que as ou- irá interferir em minha vida, e o quanto irá tras pessoas sabem o que é melhor para nossa afetá-la?” vida. Se tomarmos nossas decisões com o ob- “É preciso aprender a reconhecer em si jetivo de agradar aos outros para conseguir aquilo que tem mais a sua cara. Escolher mes- aprovação, poderemos ser infelizes na profis- mo sabendo que enfrentará situações inusita- são, no amor ou em qualquer outra atividade. das”, diz Ingrid. “Muitas pessoas seguem carreiras que os “Somos iludidos a pensar que, quanto pais querem. Formam-se e exercem uma pro- mais escolhas, melhor”, diz a psicóloga Ma- fissão que não gostam. Isso faz com que o dia ria Amélia Mussi. É comum as pessoas pensa- a dia se torne sofrível e que tudo seja mais rem que a existência de mais opções leva a complicado do que realmente poderia ser”, uma escolha melhor e, portanto, a um maior garante o psicólogo. bem-estar. Como passamos a vida toda tomando deci- “O dogma aceito é o de que mais escolhas sões, muita gente não percebe que o momen- maximizam a nossa liberdade. Mas, por mais to da escolha é muitas vezes também de ansie- paradoxal que pareça, é a profusão de esco- dade. Para reduzi-la, deve haver preparo, e é lhas que, na verdade, diminui nossa satisfa- algo que também requer um real empenho ção”, explica Maria Amélia. Muitas escolhas do indivíduo. “Por isso, nossas escolhas de- causam paralisia em vez de libertação.
  • 11. DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 11 É sua oportunidade Muito pior do que a ansieda- disso depois, nem culpar os ou- de gerada por uma escolha é tros por escolhas que deveriam não ter a oportunidade de esco- ser nossas”, diz ainda. lher. É muito comum ouvir- Abrir mão de nossas esco- mos pessoas, principalmente lhas é abrir mão de nossos so- mais velhas, se queixarem de al- nhos e nossa liberdade. É pre- guma coisa justamente porque ciso lembrar que as escolhas não tiveram a possibilidade de pressupõem responsabilida- escolha em muitas questões pes- des. Porém, é muito bom po- soais: “Na minha época, tínha- dermos escolher o que fazer da mos de casar com o primeiro nossa vida. namorado”, “eu não tive a opor- “O conflito existe para que tunidade de estudar”, e assim possamos ter a oportunidade por diante. de dar valores semelhantes pa- Hoje é diferente, todos te- ra duas coisas e ponderar que mos o direito de escolha. Mas o dor irá doer menos”, diz a psi- cóloga Ingrid Bergamo. Por que acontece quando nos recu- exemplo: casar ou ficar soltei- samos a exercer esse direito? ro, mudar de país ou ficar, dei- Quando não escolhemos, os ou- xar um emprego ou buscar ou- tros escolhem por nós. “Quan- tro, etc. do não definimos o nosso cami- A importância do conflito é nho, ele é definido de forma ponderar o que irá ao encontro aleatória, através de outros jul- das necessidades interiores de gamentos”, diz o psicólogo Ale- cada pessoa. Por isso, ninguém xandre Caprio. deve interferir em escolhas e Muitas vezes, acabamos in- nem dar conselhos, pois cada do em uma direção que não um tem uma necessidade. queremos ir. Somos empurra- “Existem pessoas que têm dos. “Quando você deixa a vida verdadeira resistência a esco- te levar, como canta nosso caris- lhas, entretanto, só mesmo mático Zeca Pagodinho, pode- ela poderá fazer esta viagem mos acabar em qualquer lugar. interior e se descobrir”, ex- E não poderemos nos queixar plica Ingrid. (GB) Esteja preparado Escolher nos dá a sensa- co é direcionado e sua men- ção de poder exercer nossa li- te passa a criar métodos e berdade. Mas, para isso, pre- soluções para superar o ob- cisamos nos preparar. “Co- jetivo definido. mo disse Renato Russo, dis- “Cabe aos pais criarem ciplina é liberdade. Temos os filhos com mais autono- que saber para onde quere- mia e, desde a infância, per- mos ir para traçar nossos pas- mitirem que escolham suas sos”, diz o psicólogo Alexan- próprias roupas, cores ou sa- patos, partindo das escolhas dre Caprio. Quando traça- simples para mais comple- mos uma linha entre nós e o xas”, diz Ingrid Bergamo. ponto que queremos chegar, Porém, se a pessoa já cresceu a escolha torna-se mais fácil. e não aprendeu a escolher por- É preciso definir uma que alguém sempre fez a parte lista de objetivos e um pra- que cabia a ela, infelizmente, zo para o cumprimento de não há o que fazer: terá de assu- cada um. Tendo meta e pra- mir a responsabilidade e os ris- zo, ressalta Caprio, seu fo- cos sozinha. (GB)
  • 12. 12 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO Estudo FERRAMENTA NATURAL DE TRANSFORMAÇÃO Pesquisadores da USP e da Califórnia testam eficácia da meditação no tratamento de quem sofre de transtorno obsessivo compulsivo (TOC) Gisele Bortoleto conjunto com a Universidade sam ter redução dos sintomas, da oncologia. Estudo feito na gisele.bortoleto@diarioweb.com.br da Califórnia, nos Estados Uni- melhora nas escalas clínicas de Universidade de Brasília pelo dos, através do mestre David avaliação e melhora na qualida- psiquiatra Juarez Iório Cas- A autora norte-americana Shannahoff-Khalsa. de de vida. tellar investigou os efeitos do Kathleen diz em seu livro “Co- O projeto foi aceito pelo Co- método em 80 pacientes com mo Meditar: Um Guia Práti- mitê de Ética e Pesquisa e está Alternativa histórico de câncer de mama. co” (ed. Pensamento) que do- na fase de recrutamento dos pa- Castellar pediu às participan- mar a mente e trazê-la à com- cientes. Serão aceitas 50 pes- Não é de hoje que a ciência tes que preenchessem questio- preensão da realidade não é um soas com diagnóstico estabele- e a medicina fazem pesquisas nários para medir a qualidade trabalho fácil. “Requer um pro- cido de TOC, com idades entre para comprovar a eficácia da de vida. Por meio da coleta de cesso lento e gradual de ouvir e 18 e 65 anos, de ambos os se- meditação como coadjuvante amostras de sangue e saliva an- ler explicações sobre a nature- xos. As práticas serão gratuitas no tratamento de algumas tes e depois dos exercícios me- za das coisas; pensar e analisar e conduzidas semanalmente doenças e transtornos mentais. ditativos, ele acompanhou as cuidadosamente esta informa- por médicos que apresentam O cardiologista norte-america- variações hormonais que indi- ção; e finalmente transformar experiência com as práticas de no Herbert Benson, da Univer- cavam a situação da doença. a mente através da meditação.” meditação. sidade de Harvard, nos Esta- Já nos primeiros resultados Transformar a mente usan- Por rigor científico, os no- dos Unidos, fez uma pesquisa foi constatado que a medita- do a meditação para ajudar no mes das técnicas de medita- com grupos de pacientes que ção reduziu os efeitos colate- tratamento do transtorno ob- ção não podem ser divulgados sofriam de problemas cardía- rais da quimioterapia, como sessivo compulsivo (TOC) de- para que os grupos sejam dis- cos, hipertensão, infertilidade, náuseas, vômitos, insônia e ve ser a ferramenta da pesquisa tribuídos de forma aleatória, depressão e enxaquecas. Ele inapetência. que o médico radiologista Ro- sem que um saiba o conteúdo conseguiu provar que os pa- A meditação também tem drigo Yacubian Fernandes, do outro. cientes que praticaram medita- apresentado bons resultados professor de Kundalini Yoga e “Há trabalhos publicados ção por 20 minutos duas vezes em pesquisas que avaliam seu Meditação, irá iniciar nos pró- na literatura médica realizados ao dia tiveram taxas de recupe- impacto nas doenças mentais. ximos dias no Instituto de Psi- na Universidade da Califórnia ração superiores aos do grupo Na Universidade de Exeter, na quiatria do Hospital das Clíni- demonstrando bons resulta- que não meditava. Inglaterra, o pesquisador Wil- cas de São Paulo (HCFMUSP). dos”, diz. O projeto atual pre- Cientistas de Harvard, em lem Kuyken verificou que O TOC é um transtorno tende ser mais amplo, ter 2000, também usaram equipa- o método é uma opção mental, algo gerado pela ansie- maior número de pacientes e mentos de última geração para concreta para auxiliar dade, que se manifesta no com- maior rigor científico. realizar testes neurológicos no controle da de- portamento por meio de com- O tempo para que os resulta- em monges tibetanos. E desco- pressão a longo pulsões ou rituais, repetições e dos sejam sentidos, ainda se- briram que o lado esquerdo da prazo. As pesqui- evitações. No pensamento, é ca- gundo Fernandes, depende região frontal do cérebro, res- sas compara- racterizado por obsessões, co- muito da pessoa, da aplicação e ponsável pela compaixão, ale- ram a evolu- mo dúvidas, preocupações em disciplina nas práticas, mas em gria e entusiasmo, entrava em ção de pacien- excesso e, por fim, emoções algumas semanas costumam alta atividade elétrica durante tes que medita- que causam desconforto físico ser sentidos por aquele que pra- a meditação. vam e tomavam re- e emocional, medo, aflição, de- tica regularmente. Um estudo feito pela Uni- médios com a apre- pressão e sentimento de culpa. Os trabalhos serão inicia- versidade de Cambridge, na In- sentada por aqueles que ape- Fernandes diz que, a convi- dos assim que forem escolhi- glaterra, comprovou que pa- nas usavam os antidepressivos. te do professor Eurípedes Cons- dos os 50 participantes que cientes com depressão crônica Após 15 meses de testes, os tantino Miguel Filho, chefe do preencherem os critérios de in- que praticaram meditação regu- cientistas constataram que cri- Departamento de Psiquiatria clusão na pesquisa. A duração larmente tiveram redução de ses mais sérias ocorreram em da Faculdade de Medicina da prevista é de 12 a 16 meses. até 50% nas recaídas. 47% dos pacientes que medita- Universidade de São Paulo, foi Com o tratamento, o médi- Também há evidência de vam, enquanto entre os outros desenvolvido um projeto em co espera que os pacientes pos- eficácia da meditação na área o índice foi de 60%.
  • 13. DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 13 Benefícios da Compreenda com a alma meditação Como a meditação funciona, saudade, ressentimento, mágoa, mostram que, quando entramos NA SAÚDE e como é possível que cure uma nostalgia, ansiedade ou medo. “E em estado meditativo, liberamos doença ou traga benefícios para isso tudo é motivo de muito es- endorfina e serotonina. A endorfi- Diminuição do estresse nossa vida profissional e pessoal? tresse e desequilíbrio. É como se na é um poderoso analgésico na- Fortalecimento do sistema imunológico “A verdade é que não dá para tivéssemos um véu na nossa fren- tural, o que faz com que a medita- compreender tudo com o cére- te e víssemos o mundo e lidásse- ção seja usada em hospitais, inclusi- Redução da pressão arterial bro, há coisas que só se compreen- mos com ele através desse véu e ve no Brasil, como coadjuvante no Melhora da qualidade do sono de com a alma e em silêncio”, diz não como realmente as coisas tratamento de câncer ou dores crô- a escritora Sandra Rosenfeld, tera- são”, diz. nicas; e a serotonina dá a sensação Alívio da enxaqueca Quando entramos nessa for- de bem-estar. “Por isso, as pessoas peuta em qualidade de vida como Auxílio no tratamento da depressão instrutora de meditação, coach ma de desequilíbrio, temos ten- que praticam meditação são mais pessoal e palestrante, e autora de dência a adoecer com mais facili- felizes, riem mais e começam a ver Coadjuvante no tratamento e sintomas dade. A meditação traz equilí- o lado positivo das coisas e das pes- de doenças cardíacas “Durma Bem e Acorde para a Vi- da” e “O que é Meditação”. brio: os batimentos cardíacos di- soas”, explica Sandra. Redução significativa nos quadros de Sandra lembra que a medita- minuem, relaxamos naturalmen- “A meditação é uma técnica dores em geral ção já foi comprovada por pes- te e, por meio de técnicas específi- que faz com que entremos em cas, conseguimos ter um controle contato com nós mesmos e, geral- NA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL quisas médicas e científicas co- sobre os pensamentos, diminuir mente, quando você está em um mo a melhor ferramenta natu- Aumento da criatividade o ritmo deles e nos manter no pre- estado de consciência de vigília, ral para transformar nossa vi- sente. E isso promove uma série fica com a atenção voltada para as Estimulação da memória da, trazer a paz interior que tan- de transformações. atividades de fora”, diz Salvador to buscamos, mas a maioria Parece milagre? Sandra Ro- Hernandes, coach e instrutor de Maior poder de atenção e concentração não sabe como chegar lá. senfeld garante que não. Somos ioga e meditação. Ampliação do discernimento para lidar “Através da meditação, ao um tripé: ser, fazer e ter, e no Oci- A meditação, ainda segundo com situações de estresse mesmo tempo em que relaxa- dente somos valorizados pelo que Hernandes, permite que o prati- Aumento da autoestima mos, desenvolvemos a atenção fazemos e pelo que temos, mas cante tenha um funcionamento e a concentração, e aprende- pouco pelo que somos. “Infeliz- mais adequado do organismo. Maior equilíbrio emocional mos a viver no momento pre- mente, a maioria das pessoas não “Se você tem um período de me- sente”, diz a terapeuta. sabe fazer essa parada para ter es- ditação que acalma seu corpo e Melhora nas relações interpessoais Na maior parte do tempo, nos- se contato consigo mesmo, para sua mente, seu corpo passa a fun- Autoconhecimento sa mente está ou no passado ou encontrar as respostas que preci- cionar melhor, sem aquela exigên- no futuro e, com isso, trazemos sa”, explica. cia do estresse muito comum nos Maior aceitação de si mesmo e do outro para o presente emoções como Pesquisas científicas também dias de hoje”, afirma. (GB) Maior alegria na rotina diária Paz e tranquilidade Fonte: Sandra Rosenfeld, terapeuta Medite sempre e escritora das narinas, o caminho que ele faz de ida e volta Você pode sentar-se numa cadeira, no sofá, na cama ou no chão. Em qualquer dos locais aos pulmões e conte cada expiração. Inspire e, que escolha é importante que mantenha a ao expirar, conte mentalmente “Um”, inspire e, coluna ereta para que haja um bom fluxo de ao expirar, conte mentalmente “Dois”, e assim energia e da respiração. As pernas podem estar sucessivamente, até “Dez”. Toda vez que se apoiadas no chão (no caso da cadeira) ou envolver nos pensamentos, retorne ao número cruzadas (no caso do sofá, cama ou chão). “Um”. A concentração na respiração e a contagem são importantíssimas para que você Tanto a cama como o sofá devem ser duros o não se deixe envolver pelos pensamentos suficiente para que você mantenha uma boa postura A contagem é um grande auxílio para que Divulgação você se mantenha concentrado. Perceba seus Apoie as mãos, voltadas para baixo, pensamentos como um observador, sem se delicadamente sobre as coxas. Incline o queixo envolver com eles. Através da prática da levemente em direção ao peito. Mantenha a meditação, tomamos as rédeas de nossa vida. É atenção na postura, que deve estar ereta, mas natural que no início a mente reclame e os relaxada, ou seja, observe mentalmente face, pensamentos sejam incessantes, bem como o tronco, pescoço, ombros, braços, pernas para corpo também reclame da posição, afinal que estejam relaxados. Você pode encostar nenhum dos dois está acostumado a ficar suas costas. No caso de optar sentar no chão, quieto, imóvel. Mas, com o tempo, todos esses utilize uma pequena almofada com incômodos vão passando. É importante lembrar aproximadamente 10 a 15 centímetros de altura que o tempo varia de pessoa para pessoa, portanto, não se cobre ou se imponha metas. Feche os olhos, apoie a língua levemente Apenas continue praticando diariamente, 20 no céu da boca (reduz a salivação) e minutos, duas vezes ao dia, pela manhã e à concentre-se na respiração. Antes de iniciar, noite. Aos poucos, a mente irá se aquietando e respire lentamente de três a seis vezes, sem os pensamentos silenciando I pressa, apenas para relaxar. Depois, respire normalmente. Perceba o ar entrando e saindo Fonte: Livro “O Que é Meditação” (ed. Nova Era)
  • 14. 14 / São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 DIÁRIO DA REGIÃO Saúde Comissão de frente Aspecto das unhas, como formato, coloração e textura, pode revelar se o corpo todo está saudável Divulgação Agência Estado Unhas saudáveis, corpo in- Mitos e teiro protegido. Mudanças na coloração, formato e textura verdades das unhas podem indicar al- guns problemas de saúde, co- A cutícula pode ser mo anemia, micoses, dermati- retirada? Não. Ela serve para tes e até mesmo doenças renais proteger a matriz da unha e ou pulmonares. E tudo isso po- impedir o surgimento de de ser detectado por meio de infecções ou micoses. Elas devem ser empurradas e nunca um simples autoexame, garan- removidas tem os especialistas ouvidos pe- la reportagem. Usar esmalte “As unhas dão sinais e eles constantemente pode servem de alerta”, afirma a der- prejudicar as unhas? Sim. O uso frequente pode ocasionar matologista Fátima Rabay, alergias. É preciso deixar que as membro da Sociedade Brasilei- unhas “respirem”, dizem os ra de Dermatologia - Regional especialistas São Paulo (SBD-SP). “Várias doenças dermatológicas ou Existem produtos que fortalecem as unhas? Alguns. sistêmicas podem ter repercus- Os médicos afirmam que, são nas lâminas ungueais quando o problema nas unhas (unhas). É por esse motivo que surge em decorrência do uso de alguns médicos costumam olhá- medicamentos ou da baixa las no exame clínico”, ressalta resistência, alguns produtos Joaquim Mesquita Filho, der- podem ajudar. Mas é matologista membro da Socie- necessário observar a presença de formol e a concentração de dade Brasileira de Cirurgia vitamina E Dermatológica (SBCD). Para detectar problemas É mais higiênico levar o nas unhas, contudo, é preciso próprio kit de manicure ao salão conhecer qual é o padrão de de beleza? Com certeza. A normalidade delas. “São rosa- medida é ideal para ajudar a evitar doenças, como hepatite e das nas pessoas mais claras e es- micoses curecidas em morenos e ne- dem indicar anemia, carência alterações provocadas pela dia- te para proteger as extremida- gros. Têm textura rígida e com- de zinco e proteínas, alergias bete e por doenças pulmonares, des ósseas de traumatismos”, SAIBA MAIS pacta, sendo arredondadas na ou psoríase”, informa Mesqui- por exemplo, são bastante pare- diz o dermatologista. Por últi- A unha é formada por base e curvas nas pontas”, lista ta Filho. Daí a necessidade de cidas. “Em ambas, as unhas exi- mo, é necessário observar o for- queratina, a mesma proteína a médica. “Há também caracte- observar com cuidado todas as bem uma coloração ou man- mato. “Ele sofre variações tam- presente nos fios de cabelo e rísticas que estão ligadas à ida- alterações. chas amareladas.” bém pelo corte errado das na pele. A parte visível é de. Nos jovens, ela é lisa. Nos Para quem deseja experi- unhas”, diz Fátima. Mantê-las denominada lâmina, que é mais velhos, costuma descamar De olho mentar o autoexame, os especia- quadradas é a dica dos médicos contornada por uma pele listas aconselham um teste fei- para evitar o encravamento. “A (cutícula). Abaixo da lâmina está e pode até mesmo ficar áspera o leito - pele que sustenta a raiz to em três etapas. Primeiro, é lâmina deve crescer sem resis- depois dos 50 anos - ou da me- O diagnóstico de problemas da unha e também a lâmina preciso identificar mudanças tência nas laterais”, completa nopausa, nas mulheres, segun- de saúde por meio das unhas re- na coloração. “Por exemplo, se Mesquita Filho. do os dermatologistas. quer sutileza. “Para diferenciar Escondida sob a cutícula o leito (pele que fica abaixo da O crescimento médio sema- está a matriz ungueal, local em Algumas alterações são con- as doenças, é importante que o lâmina) estiver escuro, é sinal nal das unhas das mãos é de 2 a que as células queratinosas se sideradas normais, como as tí- médico não inicie o tratamento de que o sangue não está circu- 3 milímetros, diz a dermatolo- proliferam e asseguram o picas manchinhas esbranquiça- imediatamente. É necessário lando”, afirma Fátima. gista da SBD-SP. “Esse cresci- crescimento das unhas. Já a das. “Na grande maioria das descobrir qual é causa real da- Observar a textura é o se- mento é mais rápido do que meia-lua branca na base do pessoas, essas manchas brancas quela alteração nas unhas”, afir- gundo passo da vistoria casei- nas unhas dos pés. Nas mulhe- dedo, chamada de lúnula, surge são traumas e desaparecem em ma Fátima. ra. “A unha é uma capa proteto- res, o processo é ainda mais len- das proteínas de queratina I pouco tempo. Mas também po- Mesquita Filho lembra que ra. Precisa ser rígida e resisten- to”, completa Fátima.
  • 15. DIÁRIO DA REGIÃO São José do Rio Preto, 31 de julho de 2011 / 15 Marina Gold Sensitiva Divulgação SOBRE ESTAR BEM E SER FELIZ Pouco se interessa a espiritualidade por uma Ferrari. Felicidade é questão qualitativa: amor, amizade, introspecção, convivência, descobertas Divulgação Com alguma frequência, confundimos bem-estar e felici- dade. Com razão, pois são situa- ções que se aproximam, divi- dem certas afinidades, vizi- nhas, aparentadas, dois lados da mesma moeda - como se diz! -, impossível separar. Enga- no pensar se tratar exatamente da mesma coisa. Distinções im- portantes devem ser indicadas, separações que auxiliam enxer- gar com maior nitidez os con- tornos e singularidades de cada uma dessas realidades desafia- doras para o ser humano. Colo- quemos as coisas no lugar: quando se fala de bem-estar, es- tamos nos domínios das neces- sidades de sobrevivência, das realizações materiais. Os mone- taristas adoram essa palavra. A venda de geladeiras ou garrafas de vinho pode ser quantificada, mensurada e acaba derivando para o PIB (Produto Interno Bru- to), pouco significativo para os mortais, mas importantíssimo pa- ra os banqueiros e financistas. Por sua vez, a felicidade se relacio- na a outro tipo de satisfação, uma autorrealização que transcende a posse de qualquer objeto ou bem de consumo. Daí a aparentemen- te contraditória e paradoxal des- coberta de um imenso time de economistas: o aumento da ri- quantitativos, mas não funcio- namentos férteis, coisas que riores. Ela enxerga as posses queza não puxa o da felicidade. na como fator determinante pa- não custam nada, que justifi- materiais como continhas colo- A fortuna é cega. Uma bolsa ra a felicidade. Afinal, não se cam, celebram e trazem senti- ridas dentro de um caleidoscó- Bottega Veneta, um relógio pode calcular quanto ela custa. do para a vida, fazendo dela um pio. Refletidas no espaço espe- Breguet, um telefone Bang & Felicidade é questão qualitati- exercício renovado de esplendo- lhado da alma, podem criar Olufsen, cosméticos La Prai- va. Amor, amizade, res. Pouco se interessa a espiri- uma miríade de possibilidades. rie, tudo isso é lindo, indica po- introspecção, convivência, des- tualidade por uma Ferrari, mas Essa é uma outra conversa. Fi- der e dinheiro, realiza desejos cobertas... atividades e relacio- muito por esses aspectos ante- ca para uma próxima. I