SlideShare uma empresa Scribd logo
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




                                    Módulo II
       1.   Dicas importantes para evitar agravos a saúde e melhorar a qualidade de vida no trabalho
       2.   Orientação para sentar-se e levantar-se da cadeira
       3.   Ginástica laboral
       4.   Tipos de alongamento



1.   DICAS IMPORTANTES PARA EVITAR AGRAVOS À SAÚDE E MELHORAR A QUALIDADE DE
     VIDA DO TRABALHO


       De acordo com estatísticas atuais é cada vez maior o número de pessoas com alterações, desvios
 posturais e dores na coluna. Quando o indivíduo não se mantém em boa postura, ocorre uma
 sobrecarga adicional na musculatura vertebral.
       Um stress é adicionado à coluna vertebral, devido ao prolongamento da postura sentada e, se a
 má postura é permanente poderá provocar impactos e agravos á saúde.
       As alterações na anatomia da coluna conduzem a situações de estresse e tensões mecânicas que
 produzem dores e impotência funcional, principalmente as pessoas que trabalham em terminais de
 computadores, executando tarefas que requerem muita precisão ou que passam maior parte do tempo
 sentados.
       Na posição sentada os vasos sanguíneos e nervos que estão localizados dentro dos músculos
 podem ser comprimidos, nas regiões lombar e dos membros inferiores (pernas)ocasionando falta de
 nutrientes, de oxigênio e de remoção de resíduos do trabalho muscular, o que provoca alteração dos

LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                    1
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I



 nervos e dos músculos, podendo incluir modificações nas articulações. Todas estas condições podem
 resultar em dor nas costas, e outros problemas como dor de cabeça, deficiência da respiração e fadiga.
     Neste espaço vamos repassar algumas informações, dicas, publicadas no Portal Uniso sobre a
 orientação postural no trabalho com valorosas imagens para conscientizar os trabalhadores sobre as
 posturas adequadas e principalmente alertar as más posturas. Para maior aprofundamento e leitura
 completa do texto pesquisar no site:
 https://portal.uniso.br/.../estrutura.../apresentação%20postural.ppt




LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                      2
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




2.     ORIENTAÇÕES SOBRE AS POSIÇÕES CORRETAS E INCORRETAS DURANTE O USO DO
     COMPUTADOR




LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                          3
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-   4
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




ORIENTAÇÃO PARA SENTAR-SE E LEVANTAR-SE DA CADEIRA

      A cadeira deve ser de encosto alto e firme;
      Ao sentar-se, mantenha a sua coluna ereta e as nádegas a cerca de 04 dedos do encosto;,
      joelhos dobrados a 90 graus, pés apoiados no chão ou em um banquinho (se possível, não
      cruzar as pernas);

      Os braços apoiados nas coxas ou nos braços da cadeira. Permanecer com a cabeça ereta,
      acompanhando o corpo;

      Para levantar-se, coloque um pé à frente, e o outro, próximo à cadeira; incline discretamente
      o tronco para frente, contraindo o abdômen; apóie firmemente as mãos nas coxas, eleve os
      quadris, estenda os joelhos e fique de pé;

      Para sentar-se, mantenha um pé à frente do outro, apóie as mãos nas coxas, inclinando
      ligeiramente o tronco, contraia o abdômen e deslize as mãos nas coxas, abaixando o quadril e
      dobrando os joelhos até sentar-se.


COMO PODEMOS NOS CUIDAR PARA COMBATER ÀS DORES DE COLUNA:

      Realizando consulta e acompanhamento médico com especialistas em áreas da:
      traumo-ortopedia, reumatologia, neurologia, dependendo de sua queixa, sintoma...

LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                  5
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I



       Uso de analgésicos e antiinflamatórios, recomendados pelo médico.

       Fisioterapia convencional com exercícios localizados; Pilates, RPG (Reeducação Postural Global),
       Massoterapia e Acupuntura; Quiropraxia;

       Terapia ocupacional funcional com técnicas de relaxação; expressão corporal; massagem
       relaxante e estimulação sensorial;

       Rotina de exercícios físicos monitorados por educador físico em academias;

       Alongamento com foco sobre os músculos extensores da coluna e alongamentos para o
       aquecimento e relaxamento muscular antes da caminhada realizada pelo menos dois dias na
       semana;

       Intervenção cirúrgica quando necessário em casos mais graves, como hérnia de disco.


A IMPORTÂNCIA DO AUTO-EXAME POSTURAL

Ao longo da vida é possível avaliar de forma sistematizada. Descreveremos abaixo como realizar o
exame da coluna é muito simples. Esta informação você poderá pesquisar com maior profundidade no
Fonte: http://www.quiropraxia.tv.br/ma-postura-e-responsavel-pela-temida-dor-na-coluna-      Guine vere
Medicina.


FAÇA O TESTE: COMO ESTÁ A SUA COLUNA? EM FRENTE AO ESPELHO:

     1. Ombro e orelhas
     Fique com o corpo ereto e, de perfil, verifique se a ponta da orelha está alinhada com o ombro. Se
     ela estiver para frente ou para trás da linha do ombro, existe algum problema provocado pela má
     postura.

     2. Barra da calça
     Verifique a barra da calça. Dobre-a dos dois lados. Se tiver que dobrar um lado mais que o outro,
     pode haver um desnível, também provocado pela postura errada da coluna.

     3. Glúteos
     Veja se um glúteo está mais saliente que o outro. Se o corpo estiver desnivelado, a parte do glúteo
     que está sendo “forçada” acaba ficando maior que a outra, indicando desvio na coluna.

     4. Sola gasta
     Observe se o solado de seu sapato está gasto igualmente nos dois pés. Quando a coluna está fora
     do lugar, há desgaste maior em um dos solados.

     5. Quadris
     Fique de pé e, com a coluna ereta, verifique se os seus quadris estão na mesma altura. Quando
     existe algum problema na coluna, geralmente um lado do quadril fica mais alto que o outro.

     6. Mobilidade
     Verifique sua mobilidade. Tente agachar e levantar. Se notar dificuldades de mobilidade e falta de
     equilíbrio, isso indica problemas na coluna.

     7. Pescoço
     Vire o pescoço para a direita e para esquerda, e observe se há dificuldade na hora de realizar os
     movimentos. Problemas na coluna podem limitar os movimentos do pescoço.


LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                       6
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I



     Resultado
     Se você se identificou com alguma das situações acima, procure um médico o mais rápido possível
     para que ele possa fazer o diagnóstico e indicar o tratamento ideal.

                               Baseado nestas informações
   Peça que um colega para fotografar você em sua mesa de trabalho... Mas, não faça pose
                                          hem...

                      Observe o que você tem de má postura e se reeduque..

                                               Sucesso!!!



3. O QUE É GINÁSTICA LABORAL

     A Ginástica Laboral (Ginástica de Pausa) nada mais é do que a prática da atividade física, com a
finalidade de colocar previamente cada pessoa da equipe ou grupo de trabalho bem preparadas para o
exercício do trabalho diário. orientada e dirigida durante o horário do expediente e no local de trabalho,
isto é, existe uma pausa para que possam ser realizados exercícios físicos que visam benefícios pessoais
e no trabalho. Tem como principal objetivo minimizar os impactos negativos oriundos do sedentarismo
na vida e na saúde do trabalhador (CARVALHO, 2004).


A GINÁSTICA LABORAL, importante arte que mescla a ginástica, alongamentos, massagem e acima de
tudo conscientização sobre o corpo, proporcionando ao trabalhador, bem estar; diversão, relaxamentos,
controle respiratório adequado, alívio das tensões diárias, além do preparo da musculatura frente ao
esforço repetitivo, garantindo diversos benefícios para a empresa e para o funcionário.




                     FASE AQUECIMENTO

                     É realizada antes da jornada de trabalho prepara o funcionário para iniciar sua
                     atividade diária, é composta de exercícios físicos que irão aquecer e preparar a
                     musculatura que será exigida durante a atividade, levando ao despertar do corpo
                     e da mente, tendo a duração de 10 a 15 minutos.


                     A adesão desta modalidade pode diminuir as chances de ocorrência de erros e
                     acidentes de trabalho ocasionados pela falta de atenção e disposição.




LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                         7
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




                    FASE COMPENSATÓRIA

                    É realizada durante a jornada de trabalho, provoca uma pausa ativa, compensando
                    posturas inadequadas e esforços repetitivos de baixa intensidade exigidos pela
                    função operacional, tem a duração de 10 a 15 minutos, sendo indicada para funções
                    que exigem movimentos repetitivos, necessidade de concentração prolongada,
                    constante atendimento ao público externo e cargos de responsabilidade e decisões.
                    Serão realizados então exercícios de alongamento e relaxamento adequando e
                    moldando a volta às atividades.




                     FASE DE RELAXAMENTO

                     É realizada após o expediente, tem como objetivo principal o de recuperar o
                     trabalhador do desgaste sofrido, fazendo com que o mesmo retorne ao seu
                     convívio pessoal descansado e em condições de aproveitar melhor o seu lazer.


                     Tem duração de 10 a 15 minutos e é indicado para todas as funções
                     principalmente aquelas exercidas no período noturno




OS OBJETIVOS DA GINÁSTICA LABORAL:

    •   Prevenir a fadiga muscular
    •   Diminuir riscos de acidente no trabalho, por falha humana
    •   Corrigir vícios posturais com exercícios e dicas
    •   Prevenir as doenças por traumas acumulativos
    •   Promover sociabilidade
    •   Melhorar o condicionamento físico geral
    •   Promover o alto conhecimento corporal e postural
    •   Diminuir o absenteísmo,afastamentos e a procura pelo ambulatório médico da empresa
    •   Aumentar o ânimo e a disposição para o trabalho
    •   Aumentar a produtividade individual e coletiva com menos fadiga
    •   Melhorar a concentração através da melhor oxigenação no cérebro Melhorar a qualidade de
        vida do funcionário de forma geral
    •   Melhora integração social e clima organizacional


,



LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                    8
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I



BENEFÍCIOS PARA A ORGANIZAÇÃO:


• Mais um benefício oferecido pela empresa para o empregado.
• Melhora do Ambiente de Trabalho na relação patrão - empregado.
• Valorização da Empresa pelo próprio funcionário, gerando uma boa imagem no mercado.



BENEFÍCIOS PARA OS EMPREGADOS

   •     Diminuição de acidente de trabalho devido à melhora de reflexos, conscientização corporal, maior
         flexibilidade das articulações e dos músculos.
   •     Diminui a insônia, melhora do sono.
   •     Prevenção e tratamento da osteoporose.
   •     Promove integração e sociabilização entre os funcionários.


BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA


         O ser humano vive constantemente em desenvolvimento, e em relação a essa afirmação a CIF
(classificação internacional de funcionalidade e saúde), descreve a mobilidade como “movimento pela
alteração da posição ou localização do povo ou pela transferência de um lugar para o outro, pelo
carregar, movimentar e manipular objetos, pelo andar, correr ou subir e pelo uso de varias formas de
transporte” (OMS, 2001, apud MCLNTYRE e ATWAL, 2007, p. 167).


       Até mesmo exercícios que exijam poucos movimentos, resultam em grandes benefícios,
principalmente em se tratando de pessoas sedentárias ou que permaneçam muito tempo numa mesma
posição. Portanto percebemos que a inatividade é um dos fatores de risco mais importantes para
desencadear doenças crônicas associado com perdas funcionais dos músculos que ficam aprisionados,
comprimidos devido ao prolongamento de determinadas posturas.


       Vitta (2000), afirma que: “atividade física feita regularmente, não somente favorece a capacidade
física, a resistência e a flexibilidade, como aumentam a velocidade psicomotora e o desempenho
neuropsicológico”. A pratica de atividade física regular, sistemática e bem orientada ocasiona diversos
benefícios, como aponta Mazo et al (2004), Okuma (1998), Gonçalves e Vilarta (2004):


  Melhora o bem estar funcional;
  Reduz as taxas de morbidade e mortalidade, pois a atividade física terá efeitos importantes na
  prevenção de doenças crônicas advindas do envelhecimento;
  Melhora a capacidade fisiológica em portadores de doenças crônicas;
  Melhora a função cardiovascular;
  Diminui o risco de desenvolver pressão alta;
  Diminui tanto o colesterol total quanto os triglicerídeos, e eleva o bom colesterol HDL;

LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                        9
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I



    Prevenção do declínio cognitivo – melhora a atenção, concentração e memória;
    Ajuda a construir e manter articulações, músculos e ossos saudáveis, reduzindo a frequência de
    quedas e fraturas;
    Diminui a adiposidade, que está associada a doenças crônica, a saber doenças cardiovasculares,
    diabetes mellitus tipo II e alguns tipos de câncer.
    Manter a massa óssea já existente, diminuindo a sua perda que está associada ao envelhecimento
    Mantém a independência e autonomia.
    Traz benefícios psicológicos como aumento da autoestima, dos contatos sociais, melhora a atenção e
    concentração, memória e raciocínio lógico;
    Reduz os sentimentos de depressão e ansiedade, promovendo o bem-estar psicológico;
    Reduz o estresse no ambiente de trabalho.


.


4. ALONGAMENTOS NA CADEIRA – UM MATERIAL DE PESQUISA IMPORTANTE VEJA NO SITE:
www.ache.com.br

    Os alongamentos são exercícios que estimulam o aumento da flexibilidade muscular, promovem o
estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento, ou seja,
quando realizamos um alongamento muscular alcançamos a maior amplitude de uma determinada
articulação. Significa que quanto mais alongamos um músculo, maior será a sua flexibilidade.
     Essa reação maior amplitude e maior flexibilidade, ocorre            porque ao alongar um determinado
músculo, provoca-se o aumento de temperatura da fibra muscular. Esta por sua vez, produz pequenas
distensões na camada de tecido conjuntivo que os reveste. Após o alongamento o músculo volta
naturalmente ao mesmo cumprimento característica própria que chamamos de elasticidade.
    Essa característica do tecido muscular nos deixa à vontade para exercitarmos o alongamento de
forma coordenada e organizada em todos os músculos evitando assim, o desalinhamento ou sobrecarga
que fatalmente produzem músculos tensos ou encurtados, prejudicando a amplitude normal de
movimentos, a circulação sangüínea, além de causar desconfortos e até dores.
    A atividade administrativa desenvolvida em escritórios ou empresas públicas têm alguns fatores
comuns como a manutenção prolongada da posição sentada, manuseio intenso de terminais de
computadores e o uso potencial de determinados movimentos repetitivos dos músculos dos braços e das
mãos para o exercício da profissão, principalmente nos casos de digitadores, programadores ou àqueles
que trabalham diretamente no atendimento ao cliente externo. Esse, tipo de posto de trabalho com
essas peculiaridades podem levar agravos à saúde do trabalhador,daí a importância das pausas e dos
exercícios de alongamento.
Citaremos abaixo um conjunto de alongamentos publicados pelo site www.ache.com.br - Dicas de um
projeto Ergonômico onde eles apresentam alguns exemplos de alongamentos simples e fácil de ser
executado    durante     sua   jornada   de   trabalho.   Para   maior   aprofundamento   pesquisar   no   site:
www.ache.com.br.

LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                               10
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




                                         Fonte: www.ache.com.br-


Exercite na própria cadeira ou na postura bípede (de Pé) os movimentos dos braços espreguice-se com
movimentos para frente, acima da cabeça. Para o tronco, espreguice-se (flexão para trás), dobre-se
(flexão para frente) e incline-se flexionando lateralmente. Faça os movimentos de forma harmoniosa,
neste caso faço-o na posição de pé é mais confortável.




                                         Fonte: www.ache.com.br-


Na posição bípede (de Pé) exercite os ombros com movimentos de elevação (levar os ombros em direção
a cabeça), sua projeção para frente e para trás ajudam. Para o pescoço, flexione-o para frente e para
trás, também de um lado para o outro e por fim um grande movimento circular da cabeça (circundução).
Aproveite a posição e coloque as mãos juntas à gente do corpo com os cotovelos dobrados e de forma
harmoniosa conduza os dedos em direção para baixo e para cima.




                                         Fonte: www.ache.com.br-




LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                    11
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




                                        Fonte: www.ache.com.br-

Objetivos do Alongamento

   •   Promover o relaxamento muscular
   •   Prevenir tensões, rigidez e o encurtamento dos grupos musculares
   •   Restaurar, manter a amplitude articular
   •   Proteger os tecidos musculares, tendões
   •   Aumentar a amplitude de movimento
   •   Restaurar e manter a integridade das articulações
   •   Reduzir o risco de lesões músculo-tendinosas




LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                      12
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




Muito bem. Espero que tenha sido proveitoso esses momentos de estudo.
Aproveite o máximo destas informações e busque seu bem estar
Sempre que possível - Repita a série de exercícios, aqui exemplificados...;

   •   Todos os dias faça a série oito vezes, quatro pela manhã e quatro à tarde.....;
   •   Participe dos programas de qualidade de vida de sua empresa;
   •   Faça mensagens em sua agenda virtual ou no celular para lembrá-la(o) dos exercícios.



                 Cuide de sua saúde !!!!



ATENÇÃO

Agora que você aprendeu que é possível melhorar sua postura e prevenir os agravos á saúde
poderá também entender sobre a importância dos programas de qualidade de vida no ambiente
de trabalho.

Baseado neste estudo você está preparado para entender como a participação consciente nos
programas de prevenção de sua empresa faz a diferença em sua vida pessoal e profissional.

Sucesso!!!!



REFERÊNCIAS:

   •   CARVALHO,       S.H.F.     Ginástica     Laboral      (Portal    da      saúde).     Disponível    em
       http://www.df.trf1.gov.br/portalsaude.

   •   LIDA, Itiro. Ergonomia: Projeto e Produção. 4.ed. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda., 1997.

   •   LEHRER, Robert N. Simplificação do Trabalho: o Pensamento Criador nos Problemas do Trabalho. 3. ed.
       Traduzido por Joaquim Gervasio Figueiredo. São Paulo: IBRASA, 1973. Tradução de: Work Simplification
       – Creative Thinking About Work Problems.

   •   MARÇAL, Marcio Alves; MAZZONI, Cláudia Ferreira; MORAES, Éder Ricardo et al. Estudo da Sobrecarga
       na Coluna Lombar em Agricultores de Hortaliças. In: Congresso da Associação Brasileira de Ergonomia.
       Anais. Recife: UFPE, 2002.

   •   McGINNIS, Peter M. Biomecânica do Esporte e Exercício. Traduzido por Jacques Vissoky e Maria da Graça
       Figueiró da Silva. Porto Alegre: Artmed, 2002. Tradução de: Biomechanics of sport and exercise.

   •   MENDES, Luciane Frizo; CASAROTTO, Raquel Aparecida; PÁSSARO, Anice de Campos et al. Avaliação da
       Sobrecarga Lombar Através do Método NIOSH e Observações Sistemáticas dos Postos de Trabalho de
       um Almoxarifado. In: X Congresso da Associação Brasileira de Ergonomia – ABERGO. Anais. 2000.


       SITES:
       http://vsites.unb.br/ip/labergo/sitenovo/imgens/siteergonomia1/Aula3ErgonomiadaAtividadeIden
       tidade.pdf
       Orientação Postural no Trabalho
       https://portal.uniso.br/universidade/estrutura.../apresentação%20postural.ppt
       Fisiologia do sentar http://www.newflex.ind.br/ergonomia.pdf
       www.ache.com.br – dicas de um projeto ergonômico
       http://blog.atualcard.com.br/ergonomia-postura-e-fundamental.htm
       www.sogab.com.br/floresdias/prevencaocoluna.htm
       http://www.alongamentos.com/

LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-                                                           13
Mestre em Educação em Saúde
CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I




LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional-   14
Mestre em Educação em Saúde

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guia DE Blitzpostural
Guia DE BlitzposturalGuia DE Blitzpostural
Guia DE Blitzpostural
julianasoaresb
 
Educação postural 2015
Educação postural 2015Educação postural 2015
Educação postural 2015
aluisiobraga
 
Orientações posturais
Orientações posturaisOrientações posturais
Orientações posturais
Maryanne Guimarães
 
Postura correta slides
Postura correta slidesPostura correta slides
Postura correta slides
Juliana Póvoa
 
28483727 trabalho-sentado
28483727 trabalho-sentado28483727 trabalho-sentado
28483727 trabalho-sentado
Jose Manuel Moura
 
Postura corporal
Postura corporal Postura corporal
Postura corporal
Aon Brasil
 
Postura Corporal Palestra.
Postura Corporal Palestra.Postura Corporal Palestra.
Postura Corporal Palestra.
Fernando Marlon Pilger Gradaschi
 
Cuidados com a coluna
Cuidados com a colunaCuidados com a coluna
Cuidados com a coluna
CLESIOANDRADE
 
Guia de posturas
Guia de posturasGuia de posturas
Guia de posturas
Joao Miguel Silva
 
Postura
PosturaPostura
Postura
thabatastein
 
07 desvios-posturais
07 desvios-posturais07 desvios-posturais
07 desvios-posturais
taniamendonca
 
O captor podal
O captor podalO captor podal
O captor podal
Junio Alves
 
Coluna Lombar
Coluna LombarColuna Lombar
Coluna Lombar
Dani Souto
 
Ergonomia – transporte manual de cargas
Ergonomia – transporte manual de cargasErgonomia – transporte manual de cargas
Ergonomia – transporte manual de cargas
Bruno Godoi
 
MovimentaçãO Manual
MovimentaçãO ManualMovimentaçãO Manual
MovimentaçãO Manual
fabriciosfreitas
 
Ergonomia postura slides
Ergonomia postura slidesErgonomia postura slides
Ergonomia postura slides
Mercia Lourencon
 
Ergonomia Postura
Ergonomia PosturaErgonomia Postura
Ergonomia Postura
Grupo Centroflora
 
Ergonomia no manuseio de materiais
Ergonomia no manuseio de materiaisErgonomia no manuseio de materiais
Ergonomia no manuseio de materiais
Dhony Silva
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...
Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...
Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...
UNB
 

Mais procurados (20)

Guia DE Blitzpostural
Guia DE BlitzposturalGuia DE Blitzpostural
Guia DE Blitzpostural
 
Educação postural 2015
Educação postural 2015Educação postural 2015
Educação postural 2015
 
Orientações posturais
Orientações posturaisOrientações posturais
Orientações posturais
 
Postura correta slides
Postura correta slidesPostura correta slides
Postura correta slides
 
28483727 trabalho-sentado
28483727 trabalho-sentado28483727 trabalho-sentado
28483727 trabalho-sentado
 
Postura corporal
Postura corporal Postura corporal
Postura corporal
 
Postura Corporal Palestra.
Postura Corporal Palestra.Postura Corporal Palestra.
Postura Corporal Palestra.
 
Cuidados com a coluna
Cuidados com a colunaCuidados com a coluna
Cuidados com a coluna
 
Guia de posturas
Guia de posturasGuia de posturas
Guia de posturas
 
Postura
PosturaPostura
Postura
 
07 desvios-posturais
07 desvios-posturais07 desvios-posturais
07 desvios-posturais
 
O captor podal
O captor podalO captor podal
O captor podal
 
Coluna Lombar
Coluna LombarColuna Lombar
Coluna Lombar
 
Ergonomia – transporte manual de cargas
Ergonomia – transporte manual de cargasErgonomia – transporte manual de cargas
Ergonomia – transporte manual de cargas
 
MovimentaçãO Manual
MovimentaçãO ManualMovimentaçãO Manual
MovimentaçãO Manual
 
Ergonomia postura slides
Ergonomia postura slidesErgonomia postura slides
Ergonomia postura slides
 
Ergonomia Postura
Ergonomia PosturaErgonomia Postura
Ergonomia Postura
 
Ergonomia no manuseio de materiais
Ergonomia no manuseio de materiaisErgonomia no manuseio de materiais
Ergonomia no manuseio de materiais
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Ergonomia
 
Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...
Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...
Palestra Extensão - Dr. Dario Palhares - Exercícios corretivos: do nascimento...
 

Destaque

10 cd al
10 cd al10 cd al
10 cd al
Michele Silva
 
Programa de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º A
Programa de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º APrograma de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º A
Programa de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º A
juanjoreverte
 
Exercicios De Alongamento
Exercicios De AlongamentoExercicios De Alongamento
Exercicios De Alongamento
JNR
 
Prof. da costura. 1º e 2° aula. completa.
Prof. da costura.   1º e 2° aula. completa.Prof. da costura.   1º e 2° aula. completa.
Prof. da costura. 1º e 2° aula. completa.
Bruno Ledo
 
Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]
EquipePrecision
 
CBTO- 2013 Mario Battisti
CBTO- 2013 Mario Battisti CBTO- 2013 Mario Battisti
CBTO- 2013 Mario Battisti
Abrato-SC
 
Terapia ocupacional no esporte
Terapia ocupacional no esporteTerapia ocupacional no esporte
Terapia ocupacional no esporte
Mayara Silveira
 
Marketing pessoal uniceuma - terapia ocupacional
Marketing pessoal   uniceuma - terapia ocupacionalMarketing pessoal   uniceuma - terapia ocupacional
Marketing pessoal uniceuma - terapia ocupacional
Sergio Queiroz
 
Aula 1 reabilitação física (emma)
Aula 1   reabilitação física (emma)Aula 1   reabilitação física (emma)
Aula 1 reabilitação física (emma)
Marcos vieira
 
Fisioterapia
FisioterapiaFisioterapia
6 Boletim CBTO - Stella Wit
6 Boletim CBTO -  Stella Wit 6 Boletim CBTO -  Stella Wit
6 Boletim CBTO - Stella Wit
Abrato-SC
 
Residencia HU-UFMA
Residencia HU-UFMAResidencia HU-UFMA
Residencia HU-UFMA
Sergio Queiroz
 
Recursos terapêuticos na escola
Recursos terapêuticos na escolaRecursos terapêuticos na escola
Recursos terapêuticos na escola
ROSE CRISTINA BELLO
 
Seminário de Ginecologia
Seminário de GinecologiaSeminário de Ginecologia
Seminário de Ginecologia
Ana Carolina Miranda Rosa
 
4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz
4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz
4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz
Christiane Queiroz
 
Atualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização PrecoceAtualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização Precoce
Mariana Biason
 
Síndrome do Imobilismo
Síndrome do ImobilismoSíndrome do Imobilismo
Síndrome do Imobilismo
Danyllo Lucas
 
Síndrome de down
Síndrome de downSíndrome de down
Síndrome de down
kittymust
 
1 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 2013
1 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 20131 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 2013
1 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 2013
Lindalva Araujo
 
ginastica de conscientizacao corporal
ginastica de conscientizacao corporalginastica de conscientizacao corporal
ginastica de conscientizacao corporal
Alessandra Pereira
 

Destaque (20)

10 cd al
10 cd al10 cd al
10 cd al
 
Programa de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º A
Programa de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º APrograma de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º A
Programa de higiene postural de Jacobo, alumno de 5º A
 
Exercicios De Alongamento
Exercicios De AlongamentoExercicios De Alongamento
Exercicios De Alongamento
 
Prof. da costura. 1º e 2° aula. completa.
Prof. da costura.   1º e 2° aula. completa.Prof. da costura.   1º e 2° aula. completa.
Prof. da costura. 1º e 2° aula. completa.
 
Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]Avaliação e análise postural [compatibility mode]
Avaliação e análise postural [compatibility mode]
 
CBTO- 2013 Mario Battisti
CBTO- 2013 Mario Battisti CBTO- 2013 Mario Battisti
CBTO- 2013 Mario Battisti
 
Terapia ocupacional no esporte
Terapia ocupacional no esporteTerapia ocupacional no esporte
Terapia ocupacional no esporte
 
Marketing pessoal uniceuma - terapia ocupacional
Marketing pessoal   uniceuma - terapia ocupacionalMarketing pessoal   uniceuma - terapia ocupacional
Marketing pessoal uniceuma - terapia ocupacional
 
Aula 1 reabilitação física (emma)
Aula 1   reabilitação física (emma)Aula 1   reabilitação física (emma)
Aula 1 reabilitação física (emma)
 
Fisioterapia
FisioterapiaFisioterapia
Fisioterapia
 
6 Boletim CBTO - Stella Wit
6 Boletim CBTO -  Stella Wit 6 Boletim CBTO -  Stella Wit
6 Boletim CBTO - Stella Wit
 
Residencia HU-UFMA
Residencia HU-UFMAResidencia HU-UFMA
Residencia HU-UFMA
 
Recursos terapêuticos na escola
Recursos terapêuticos na escolaRecursos terapêuticos na escola
Recursos terapêuticos na escola
 
Seminário de Ginecologia
Seminário de GinecologiaSeminário de Ginecologia
Seminário de Ginecologia
 
4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz
4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz
4ºano ciencias tema1_christiane_queiroz
 
Atualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização PrecoceAtualização em Mobilização Precoce
Atualização em Mobilização Precoce
 
Síndrome do Imobilismo
Síndrome do ImobilismoSíndrome do Imobilismo
Síndrome do Imobilismo
 
Síndrome de down
Síndrome de downSíndrome de down
Síndrome de down
 
1 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 2013
1 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 20131 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 2013
1 oficina de auto cuidado com o pé policlinica 2013
 
ginastica de conscientizacao corporal
ginastica de conscientizacao corporalginastica de conscientizacao corporal
ginastica de conscientizacao corporal
 

Semelhante a Cartilha curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word

Guia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para Gestantes
Guia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para GestantesGuia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para Gestantes
Guia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para Gestantes
Isabel Teixeira
 
Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9
Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9
Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9
juraecari
 
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
Pelo Siro
 
Ergonomia.pptx
Ergonomia.pptxErgonomia.pptx
Ergonomia.pptx
RaquelAlcntara6
 
SLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptxSLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptx
LeilaLima41
 
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica LaboralFisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
Universidade Norte do Paraná
 
guia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto seniorguia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto senior
Ana Santos
 
Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG
Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG
Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG
Dr. Samuel Wesley Rocha
 
Atividade FíSica E SaúDe
Atividade FíSica E SaúDeAtividade FíSica E SaúDe
Atividade FíSica E SaúDe
Silvia Arrelaro
 
Alongamento Muscular
Alongamento MuscularAlongamento Muscular
Alongamento Muscular
Matotrevas
 
Comece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdf
Comece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdfComece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdf
Comece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdf
GiseleSantos378007
 
Condicionamento físico
Condicionamento físicoCondicionamento físico
Condicionamento físico
NatanaelMoreiraAmori
 
Tarefa #3
Tarefa #3Tarefa #3
Tarefa #3
Gabriela Bruno
 
Ginástica laboral
Ginástica laboralGinástica laboral
Ginástica laboral
Jaqueline de Paulo
 
Guia de posturas
Guia de posturasGuia de posturas
Guia de posturas
Joao Miguel Silva
 
Saúde Ocupacional e Ergonomia
Saúde Ocupacional e ErgonomiaSaúde Ocupacional e Ergonomia
Saúde Ocupacional e Ergonomia
MariliaStruzziatto
 
Autocuidado Lombar
Autocuidado LombarAutocuidado Lombar
Autocuidado Lombar
AmandaMarasca1
 
Sistema max pump
Sistema max pump Sistema max pump
Sistema max pump
Matheus Dutra
 
A importância dos alongamentos
A importância dos alongamentosA importância dos alongamentos
A importância dos alongamentos
LUCIANO OSORIO
 
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial AlunoRevista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Clínica Crefte
 

Semelhante a Cartilha curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word (20)

Guia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para Gestantes
Guia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para GestantesGuia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para Gestantes
Guia de Orientações Básicas de Terapia Ocupacional para Gestantes
 
Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9
Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9
Guia de-ocupao-para-gestantes-1217461367265858-9
 
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
1188255227 384.medidas de_proteccaoo_e_prevencao
 
Ergonomia.pptx
Ergonomia.pptxErgonomia.pptx
Ergonomia.pptx
 
SLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptxSLIDES DO LIVRO.pptx
SLIDES DO LIVRO.pptx
 
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica LaboralFisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
Fisioterapia na Saúde do Trabalhador - Ergonomia e Ginástica Laboral
 
guia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto seniorguia de recomendações para desporto senior
guia de recomendações para desporto senior
 
Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG
Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG
Ebook Um Guia de Cuidados Com a Coluna | Fisioterapia em Pouso Alegre - MG
 
Atividade FíSica E SaúDe
Atividade FíSica E SaúDeAtividade FíSica E SaúDe
Atividade FíSica E SaúDe
 
Alongamento Muscular
Alongamento MuscularAlongamento Muscular
Alongamento Muscular
 
Comece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdf
Comece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdfComece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdf
Comece Certo: 10 Exercícios Essenciais para Iniciantes em Fitness.pdf
 
Condicionamento físico
Condicionamento físicoCondicionamento físico
Condicionamento físico
 
Tarefa #3
Tarefa #3Tarefa #3
Tarefa #3
 
Ginástica laboral
Ginástica laboralGinástica laboral
Ginástica laboral
 
Guia de posturas
Guia de posturasGuia de posturas
Guia de posturas
 
Saúde Ocupacional e Ergonomia
Saúde Ocupacional e ErgonomiaSaúde Ocupacional e Ergonomia
Saúde Ocupacional e Ergonomia
 
Autocuidado Lombar
Autocuidado LombarAutocuidado Lombar
Autocuidado Lombar
 
Sistema max pump
Sistema max pump Sistema max pump
Sistema max pump
 
A importância dos alongamentos
A importância dos alongamentosA importância dos alongamentos
A importância dos alongamentos
 
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial AlunoRevista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
Revista Pilates - Clínica Creftae - Especial Aluno
 

Cartilha curso - orientacao postural - posicao sentada - modulo ii - word

  • 1. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I Módulo II 1. Dicas importantes para evitar agravos a saúde e melhorar a qualidade de vida no trabalho 2. Orientação para sentar-se e levantar-se da cadeira 3. Ginástica laboral 4. Tipos de alongamento 1. DICAS IMPORTANTES PARA EVITAR AGRAVOS À SAÚDE E MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHO De acordo com estatísticas atuais é cada vez maior o número de pessoas com alterações, desvios posturais e dores na coluna. Quando o indivíduo não se mantém em boa postura, ocorre uma sobrecarga adicional na musculatura vertebral. Um stress é adicionado à coluna vertebral, devido ao prolongamento da postura sentada e, se a má postura é permanente poderá provocar impactos e agravos á saúde. As alterações na anatomia da coluna conduzem a situações de estresse e tensões mecânicas que produzem dores e impotência funcional, principalmente as pessoas que trabalham em terminais de computadores, executando tarefas que requerem muita precisão ou que passam maior parte do tempo sentados. Na posição sentada os vasos sanguíneos e nervos que estão localizados dentro dos músculos podem ser comprimidos, nas regiões lombar e dos membros inferiores (pernas)ocasionando falta de nutrientes, de oxigênio e de remoção de resíduos do trabalho muscular, o que provoca alteração dos LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 1 Mestre em Educação em Saúde
  • 2. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I nervos e dos músculos, podendo incluir modificações nas articulações. Todas estas condições podem resultar em dor nas costas, e outros problemas como dor de cabeça, deficiência da respiração e fadiga. Neste espaço vamos repassar algumas informações, dicas, publicadas no Portal Uniso sobre a orientação postural no trabalho com valorosas imagens para conscientizar os trabalhadores sobre as posturas adequadas e principalmente alertar as más posturas. Para maior aprofundamento e leitura completa do texto pesquisar no site: https://portal.uniso.br/.../estrutura.../apresentação%20postural.ppt LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 2 Mestre em Educação em Saúde
  • 3. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I 2. ORIENTAÇÕES SOBRE AS POSIÇÕES CORRETAS E INCORRETAS DURANTE O USO DO COMPUTADOR LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 3 Mestre em Educação em Saúde
  • 4. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 4 Mestre em Educação em Saúde
  • 5. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I ORIENTAÇÃO PARA SENTAR-SE E LEVANTAR-SE DA CADEIRA A cadeira deve ser de encosto alto e firme; Ao sentar-se, mantenha a sua coluna ereta e as nádegas a cerca de 04 dedos do encosto;, joelhos dobrados a 90 graus, pés apoiados no chão ou em um banquinho (se possível, não cruzar as pernas); Os braços apoiados nas coxas ou nos braços da cadeira. Permanecer com a cabeça ereta, acompanhando o corpo; Para levantar-se, coloque um pé à frente, e o outro, próximo à cadeira; incline discretamente o tronco para frente, contraindo o abdômen; apóie firmemente as mãos nas coxas, eleve os quadris, estenda os joelhos e fique de pé; Para sentar-se, mantenha um pé à frente do outro, apóie as mãos nas coxas, inclinando ligeiramente o tronco, contraia o abdômen e deslize as mãos nas coxas, abaixando o quadril e dobrando os joelhos até sentar-se. COMO PODEMOS NOS CUIDAR PARA COMBATER ÀS DORES DE COLUNA: Realizando consulta e acompanhamento médico com especialistas em áreas da: traumo-ortopedia, reumatologia, neurologia, dependendo de sua queixa, sintoma... LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 5 Mestre em Educação em Saúde
  • 6. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I Uso de analgésicos e antiinflamatórios, recomendados pelo médico. Fisioterapia convencional com exercícios localizados; Pilates, RPG (Reeducação Postural Global), Massoterapia e Acupuntura; Quiropraxia; Terapia ocupacional funcional com técnicas de relaxação; expressão corporal; massagem relaxante e estimulação sensorial; Rotina de exercícios físicos monitorados por educador físico em academias; Alongamento com foco sobre os músculos extensores da coluna e alongamentos para o aquecimento e relaxamento muscular antes da caminhada realizada pelo menos dois dias na semana; Intervenção cirúrgica quando necessário em casos mais graves, como hérnia de disco. A IMPORTÂNCIA DO AUTO-EXAME POSTURAL Ao longo da vida é possível avaliar de forma sistematizada. Descreveremos abaixo como realizar o exame da coluna é muito simples. Esta informação você poderá pesquisar com maior profundidade no Fonte: http://www.quiropraxia.tv.br/ma-postura-e-responsavel-pela-temida-dor-na-coluna- Guine vere Medicina. FAÇA O TESTE: COMO ESTÁ A SUA COLUNA? EM FRENTE AO ESPELHO: 1. Ombro e orelhas Fique com o corpo ereto e, de perfil, verifique se a ponta da orelha está alinhada com o ombro. Se ela estiver para frente ou para trás da linha do ombro, existe algum problema provocado pela má postura. 2. Barra da calça Verifique a barra da calça. Dobre-a dos dois lados. Se tiver que dobrar um lado mais que o outro, pode haver um desnível, também provocado pela postura errada da coluna. 3. Glúteos Veja se um glúteo está mais saliente que o outro. Se o corpo estiver desnivelado, a parte do glúteo que está sendo “forçada” acaba ficando maior que a outra, indicando desvio na coluna. 4. Sola gasta Observe se o solado de seu sapato está gasto igualmente nos dois pés. Quando a coluna está fora do lugar, há desgaste maior em um dos solados. 5. Quadris Fique de pé e, com a coluna ereta, verifique se os seus quadris estão na mesma altura. Quando existe algum problema na coluna, geralmente um lado do quadril fica mais alto que o outro. 6. Mobilidade Verifique sua mobilidade. Tente agachar e levantar. Se notar dificuldades de mobilidade e falta de equilíbrio, isso indica problemas na coluna. 7. Pescoço Vire o pescoço para a direita e para esquerda, e observe se há dificuldade na hora de realizar os movimentos. Problemas na coluna podem limitar os movimentos do pescoço. LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 6 Mestre em Educação em Saúde
  • 7. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I Resultado Se você se identificou com alguma das situações acima, procure um médico o mais rápido possível para que ele possa fazer o diagnóstico e indicar o tratamento ideal. Baseado nestas informações Peça que um colega para fotografar você em sua mesa de trabalho... Mas, não faça pose hem... Observe o que você tem de má postura e se reeduque.. Sucesso!!! 3. O QUE É GINÁSTICA LABORAL A Ginástica Laboral (Ginástica de Pausa) nada mais é do que a prática da atividade física, com a finalidade de colocar previamente cada pessoa da equipe ou grupo de trabalho bem preparadas para o exercício do trabalho diário. orientada e dirigida durante o horário do expediente e no local de trabalho, isto é, existe uma pausa para que possam ser realizados exercícios físicos que visam benefícios pessoais e no trabalho. Tem como principal objetivo minimizar os impactos negativos oriundos do sedentarismo na vida e na saúde do trabalhador (CARVALHO, 2004). A GINÁSTICA LABORAL, importante arte que mescla a ginástica, alongamentos, massagem e acima de tudo conscientização sobre o corpo, proporcionando ao trabalhador, bem estar; diversão, relaxamentos, controle respiratório adequado, alívio das tensões diárias, além do preparo da musculatura frente ao esforço repetitivo, garantindo diversos benefícios para a empresa e para o funcionário. FASE AQUECIMENTO É realizada antes da jornada de trabalho prepara o funcionário para iniciar sua atividade diária, é composta de exercícios físicos que irão aquecer e preparar a musculatura que será exigida durante a atividade, levando ao despertar do corpo e da mente, tendo a duração de 10 a 15 minutos. A adesão desta modalidade pode diminuir as chances de ocorrência de erros e acidentes de trabalho ocasionados pela falta de atenção e disposição. LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 7 Mestre em Educação em Saúde
  • 8. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I FASE COMPENSATÓRIA É realizada durante a jornada de trabalho, provoca uma pausa ativa, compensando posturas inadequadas e esforços repetitivos de baixa intensidade exigidos pela função operacional, tem a duração de 10 a 15 minutos, sendo indicada para funções que exigem movimentos repetitivos, necessidade de concentração prolongada, constante atendimento ao público externo e cargos de responsabilidade e decisões. Serão realizados então exercícios de alongamento e relaxamento adequando e moldando a volta às atividades. FASE DE RELAXAMENTO É realizada após o expediente, tem como objetivo principal o de recuperar o trabalhador do desgaste sofrido, fazendo com que o mesmo retorne ao seu convívio pessoal descansado e em condições de aproveitar melhor o seu lazer. Tem duração de 10 a 15 minutos e é indicado para todas as funções principalmente aquelas exercidas no período noturno OS OBJETIVOS DA GINÁSTICA LABORAL: • Prevenir a fadiga muscular • Diminuir riscos de acidente no trabalho, por falha humana • Corrigir vícios posturais com exercícios e dicas • Prevenir as doenças por traumas acumulativos • Promover sociabilidade • Melhorar o condicionamento físico geral • Promover o alto conhecimento corporal e postural • Diminuir o absenteísmo,afastamentos e a procura pelo ambulatório médico da empresa • Aumentar o ânimo e a disposição para o trabalho • Aumentar a produtividade individual e coletiva com menos fadiga • Melhorar a concentração através da melhor oxigenação no cérebro Melhorar a qualidade de vida do funcionário de forma geral • Melhora integração social e clima organizacional , LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 8 Mestre em Educação em Saúde
  • 9. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I BENEFÍCIOS PARA A ORGANIZAÇÃO: • Mais um benefício oferecido pela empresa para o empregado. • Melhora do Ambiente de Trabalho na relação patrão - empregado. • Valorização da Empresa pelo próprio funcionário, gerando uma boa imagem no mercado. BENEFÍCIOS PARA OS EMPREGADOS • Diminuição de acidente de trabalho devido à melhora de reflexos, conscientização corporal, maior flexibilidade das articulações e dos músculos. • Diminui a insônia, melhora do sono. • Prevenção e tratamento da osteoporose. • Promove integração e sociabilização entre os funcionários. BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA O ser humano vive constantemente em desenvolvimento, e em relação a essa afirmação a CIF (classificação internacional de funcionalidade e saúde), descreve a mobilidade como “movimento pela alteração da posição ou localização do povo ou pela transferência de um lugar para o outro, pelo carregar, movimentar e manipular objetos, pelo andar, correr ou subir e pelo uso de varias formas de transporte” (OMS, 2001, apud MCLNTYRE e ATWAL, 2007, p. 167). Até mesmo exercícios que exijam poucos movimentos, resultam em grandes benefícios, principalmente em se tratando de pessoas sedentárias ou que permaneçam muito tempo numa mesma posição. Portanto percebemos que a inatividade é um dos fatores de risco mais importantes para desencadear doenças crônicas associado com perdas funcionais dos músculos que ficam aprisionados, comprimidos devido ao prolongamento de determinadas posturas. Vitta (2000), afirma que: “atividade física feita regularmente, não somente favorece a capacidade física, a resistência e a flexibilidade, como aumentam a velocidade psicomotora e o desempenho neuropsicológico”. A pratica de atividade física regular, sistemática e bem orientada ocasiona diversos benefícios, como aponta Mazo et al (2004), Okuma (1998), Gonçalves e Vilarta (2004): Melhora o bem estar funcional; Reduz as taxas de morbidade e mortalidade, pois a atividade física terá efeitos importantes na prevenção de doenças crônicas advindas do envelhecimento; Melhora a capacidade fisiológica em portadores de doenças crônicas; Melhora a função cardiovascular; Diminui o risco de desenvolver pressão alta; Diminui tanto o colesterol total quanto os triglicerídeos, e eleva o bom colesterol HDL; LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 9 Mestre em Educação em Saúde
  • 10. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I Prevenção do declínio cognitivo – melhora a atenção, concentração e memória; Ajuda a construir e manter articulações, músculos e ossos saudáveis, reduzindo a frequência de quedas e fraturas; Diminui a adiposidade, que está associada a doenças crônica, a saber doenças cardiovasculares, diabetes mellitus tipo II e alguns tipos de câncer. Manter a massa óssea já existente, diminuindo a sua perda que está associada ao envelhecimento Mantém a independência e autonomia. Traz benefícios psicológicos como aumento da autoestima, dos contatos sociais, melhora a atenção e concentração, memória e raciocínio lógico; Reduz os sentimentos de depressão e ansiedade, promovendo o bem-estar psicológico; Reduz o estresse no ambiente de trabalho. . 4. ALONGAMENTOS NA CADEIRA – UM MATERIAL DE PESQUISA IMPORTANTE VEJA NO SITE: www.ache.com.br Os alongamentos são exercícios que estimulam o aumento da flexibilidade muscular, promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento, ou seja, quando realizamos um alongamento muscular alcançamos a maior amplitude de uma determinada articulação. Significa que quanto mais alongamos um músculo, maior será a sua flexibilidade. Essa reação maior amplitude e maior flexibilidade, ocorre porque ao alongar um determinado músculo, provoca-se o aumento de temperatura da fibra muscular. Esta por sua vez, produz pequenas distensões na camada de tecido conjuntivo que os reveste. Após o alongamento o músculo volta naturalmente ao mesmo cumprimento característica própria que chamamos de elasticidade. Essa característica do tecido muscular nos deixa à vontade para exercitarmos o alongamento de forma coordenada e organizada em todos os músculos evitando assim, o desalinhamento ou sobrecarga que fatalmente produzem músculos tensos ou encurtados, prejudicando a amplitude normal de movimentos, a circulação sangüínea, além de causar desconfortos e até dores. A atividade administrativa desenvolvida em escritórios ou empresas públicas têm alguns fatores comuns como a manutenção prolongada da posição sentada, manuseio intenso de terminais de computadores e o uso potencial de determinados movimentos repetitivos dos músculos dos braços e das mãos para o exercício da profissão, principalmente nos casos de digitadores, programadores ou àqueles que trabalham diretamente no atendimento ao cliente externo. Esse, tipo de posto de trabalho com essas peculiaridades podem levar agravos à saúde do trabalhador,daí a importância das pausas e dos exercícios de alongamento. Citaremos abaixo um conjunto de alongamentos publicados pelo site www.ache.com.br - Dicas de um projeto Ergonômico onde eles apresentam alguns exemplos de alongamentos simples e fácil de ser executado durante sua jornada de trabalho. Para maior aprofundamento pesquisar no site: www.ache.com.br. LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 10 Mestre em Educação em Saúde
  • 11. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I Fonte: www.ache.com.br- Exercite na própria cadeira ou na postura bípede (de Pé) os movimentos dos braços espreguice-se com movimentos para frente, acima da cabeça. Para o tronco, espreguice-se (flexão para trás), dobre-se (flexão para frente) e incline-se flexionando lateralmente. Faça os movimentos de forma harmoniosa, neste caso faço-o na posição de pé é mais confortável. Fonte: www.ache.com.br- Na posição bípede (de Pé) exercite os ombros com movimentos de elevação (levar os ombros em direção a cabeça), sua projeção para frente e para trás ajudam. Para o pescoço, flexione-o para frente e para trás, também de um lado para o outro e por fim um grande movimento circular da cabeça (circundução). Aproveite a posição e coloque as mãos juntas à gente do corpo com os cotovelos dobrados e de forma harmoniosa conduza os dedos em direção para baixo e para cima. Fonte: www.ache.com.br- LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 11 Mestre em Educação em Saúde
  • 12. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I Fonte: www.ache.com.br- Objetivos do Alongamento • Promover o relaxamento muscular • Prevenir tensões, rigidez e o encurtamento dos grupos musculares • Restaurar, manter a amplitude articular • Proteger os tecidos musculares, tendões • Aumentar a amplitude de movimento • Restaurar e manter a integridade das articulações • Reduzir o risco de lesões músculo-tendinosas LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 12 Mestre em Educação em Saúde
  • 13. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I Muito bem. Espero que tenha sido proveitoso esses momentos de estudo. Aproveite o máximo destas informações e busque seu bem estar Sempre que possível - Repita a série de exercícios, aqui exemplificados...; • Todos os dias faça a série oito vezes, quatro pela manhã e quatro à tarde.....; • Participe dos programas de qualidade de vida de sua empresa; • Faça mensagens em sua agenda virtual ou no celular para lembrá-la(o) dos exercícios. Cuide de sua saúde !!!! ATENÇÃO Agora que você aprendeu que é possível melhorar sua postura e prevenir os agravos á saúde poderá também entender sobre a importância dos programas de qualidade de vida no ambiente de trabalho. Baseado neste estudo você está preparado para entender como a participação consciente nos programas de prevenção de sua empresa faz a diferença em sua vida pessoal e profissional. Sucesso!!!! REFERÊNCIAS: • CARVALHO, S.H.F. Ginástica Laboral (Portal da saúde). Disponível em http://www.df.trf1.gov.br/portalsaude. • LIDA, Itiro. Ergonomia: Projeto e Produção. 4.ed. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda., 1997. • LEHRER, Robert N. Simplificação do Trabalho: o Pensamento Criador nos Problemas do Trabalho. 3. ed. Traduzido por Joaquim Gervasio Figueiredo. São Paulo: IBRASA, 1973. Tradução de: Work Simplification – Creative Thinking About Work Problems. • MARÇAL, Marcio Alves; MAZZONI, Cláudia Ferreira; MORAES, Éder Ricardo et al. Estudo da Sobrecarga na Coluna Lombar em Agricultores de Hortaliças. In: Congresso da Associação Brasileira de Ergonomia. Anais. Recife: UFPE, 2002. • McGINNIS, Peter M. Biomecânica do Esporte e Exercício. Traduzido por Jacques Vissoky e Maria da Graça Figueiró da Silva. Porto Alegre: Artmed, 2002. Tradução de: Biomechanics of sport and exercise. • MENDES, Luciane Frizo; CASAROTTO, Raquel Aparecida; PÁSSARO, Anice de Campos et al. Avaliação da Sobrecarga Lombar Através do Método NIOSH e Observações Sistemáticas dos Postos de Trabalho de um Almoxarifado. In: X Congresso da Associação Brasileira de Ergonomia – ABERGO. Anais. 2000. SITES: http://vsites.unb.br/ip/labergo/sitenovo/imgens/siteergonomia1/Aula3ErgonomiadaAtividadeIden tidade.pdf Orientação Postural no Trabalho https://portal.uniso.br/universidade/estrutura.../apresentação%20postural.ppt Fisiologia do sentar http://www.newflex.ind.br/ergonomia.pdf www.ache.com.br – dicas de um projeto ergonômico http://blog.atualcard.com.br/ergonomia-postura-e-fundamental.htm www.sogab.com.br/floresdias/prevencaocoluna.htm http://www.alongamentos.com/ LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 13 Mestre em Educação em Saúde
  • 14. CURSO POSIÇÃO SENTADA – ANO 2010 – VERSAO I LEIDISMAR FERNANDES NALASCO – Terapeuta Ocupacional- 14 Mestre em Educação em Saúde