Nee hiperatividade jessica fer

292 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nee hiperatividade jessica fer

  1. 1. Necessidades Educativas Especiais Hiperatividade
  2. 2. O que é a Hiperatividade? O É conhecida com um Transtorno do Deficit de Atenção. É uma patologia genética de origem neurobiológica, mais frequente durante a infância. Durante a primeira infância, a Hiperatividade é considerada como um sintoma, pois, normalmente, está associada a outras doenças. "Até aos cinco anos, o cérebro ainda esta em desenvolvimento. Por isso antes dessa idade, raramente o TDAH é diagnosticado como doença...“
  3. 3. ● A criança hiperativa é uma criança agitada, inquieta, desatenta, com fortes reações emocionais e com comportamento impulsivo. Estes são sinais que podem ser encontradas neste deficit de atenção conhecido como Hiperatividade. A Hiperatividade inicia-se logo na primeira fase da infância, antes dos 7 anos de idade. Os estudos indicam que 3% a 6% das crianças são hiperativas. Este problema está mais presente nas crianças do sexo masculino do que no sexo feminino, mas ainda assim não se explica tal facto.
  4. 4. O Características de classificação! O Tem várias características, o que permite que ela seja classificada entre 3 tipos diferentes: o Tipo Desatento, o Tipo Hiperativo e o Tipo Misto. O O Tipo Desatento, apresenta dificuldade em manter-se concentrado, tem dificuldade em seguir instruções, não tem organização. O Tipo Hiperativo possui como característica a inquietação, não se mantem sentado, sobe e desce todos os lugares que alcança, fala o tempo todo. O O Tipo Misto combina com todos os sintomas dos tipos acima. Se alguma criança apresenta pelo menos 6 dos sintomas seguintes, há um forte indicio que seja hiperativa. O 1. Agitados e inquietos; O 2. Mãos e pés não param de se mexer; O 3. Não conseguem ficar sentados por muito tempo; O 4. Possuem alto grau de distração; O 5. Respondem antes de a questão ser elaborada completamente; O 6. Não se concentram nas atividades, mesmo que sejam lúdicas ;
  5. 5. O 7. Não terminam as suas tarefas, atividades e brincadeiras; O 8. Tem problemas em se organizar; O 9. Não prestam atenção aos detalhes; O 10. Interrompe as outras pessoas; O 11. As brincadeiras são sempre agitadas; O 12. Correm muito, mesmo que não saibam para onde; O 13. Falam muito; O 14. Aparentam não escutar ou não escutam os que outros falam; O 15. Perdem objetos; O 16. Esquecem de realizar atividades do dia-a-dia; O 17.Magoam-se muito no desenvolver de uma atividade; O 18.Não seguem instruções e ordens; O 19.Não conseguem esperar pela sua vez.
  6. 6. O Como tratar? O O tratamento será indicado de acordo com o caso de cada paciente, levando em conta os outros profissionais envolvidos, como o psicólogo, que pode obter mais sucesso na resolução da hiperatividade. O No que o TDAH prejudica a criança? O "O grande impacto na hiperatividade está na fase escolar, pois a criança não consegue aprender. Por consequência, pode haver problemas de socialização. O O futuro de uma criança com TDAH que não seja tratada pode, mais tarde, levar a que se envolva com drogas ou em ter problemas psiquiátricos. O Como a família pode colaborar para a resolução deste transtorno? O A criança hiperativa deve ser educada dentro de um ambiente organizado, com rotinas e horários. Um hiperativo tem um a grande dificuldade em se organizar, por isso, é importante que os pais compreendam a doença, e que a ordem familiar faça parte do tratamento comportamental da TDAH.
  7. 7. Sites: - http://pt-br.informedica.wikia.com/wiki/Hiperatividade - http://www.itodas.com.br/mae/seu-filho-e-hiperativo Trabalho realizado por: - Jéssica Nunes - Fernanda Esteves

×