SlideShare uma empresa Scribd logo

Tendência do mercado de academias

Felippe Toledo
Felippe Toledo
Felippe ToledoGestor de Esporte e Lazer em SESI (Serviço Social da Indústria)

Tendência do mercado de academias

1 de 2
Baixar para ler offline
felippet oledo.com
              http://www.felippetoledo.com/2012/07/tendencia-do-mercado-de-academias.html?pfstyle=wp




Tendência do Mercado de Academias


                                  As academias e outros centros especializados em exercícios
                                  físicos surgiram como espaços alternativos para as pessoas
                                  se manterem fisicamente ativas, nos grandes centros
                                  urbanos, onde as áreas verdes e livres são cada vez menores.
                                  Sua popularização ocorreu nos últimos vinte anos.

                                  Pessoas sedentárias, apressadas, estressadas e debilitadas
pelo modo de vida moderno buscam o idílio de paz e saúde proporcionado pela prática regular
de exercícios físicos. Nos últimos anos, as academias tiveram um grande crescimento,
alavancado também por campanhas de conscientização sobre a importância do
comportamento saudável. Muitas outras modalidades foram criadas e introduzidas como
variação das atividades oferecidas.

Muitas novidades são divulgadas em feiras e congressos, que se propõem a apresentar
inovações, sobretudo, de ordem técnica. Os gestores das academias procuram investir em
novos equipamentos e serviços diferenciados. Embora seja importante para ampliar as opções
de serviços, esse aspecto pode ter um resultado efêmero. Muitas dessas novidades não duram
mais do que uma estação.

Um exemplo de programa de vida curta foi o slide, uma plataforma em que o aluno desliza de
um lado para outro. Trata-se de um produto que pode ser interessante para integrar uma aula
de circuito. No entanto, uma aula inteira sobre o slide se revelou monótona e pouco segura.

Outras inovações são mais consistentes, como a aula de bike indoor, uma das principais
modalidades das academias, de fácil execução, mas que requer muita atenção dos
professores, especialmente nos quesitos de segurança biomecânica e controle da intensidade.

As inovações estão presentes em todo o mercado de academias. Entretanto, para que as
inovações de países estrangeiros sejam bem-sucedidas, precisam ser adaptadas à nossa
realidade. Corre-se o risco de fazer apenas uma cópia malsucedida. É preciso entender a
realidade do mercado local e adequá-las.

A responsabilidade por esse filtro é do gestor e, também, do profissional de Educação Física.
Esses profissionais precisam ter espírito crítico rigoroso para diferenciar o que traz realmente
avanço e constitui uma real tendência de mercado do que não passa simplesmente de
modismo. Então, é possível tomar uma decisão mais consistente para absorver ou recusar
novidades.
Atualmente, duas fortes tendências se destacam: a segmentação de mercado e o treinamento
individualizado. Cada um deles pode se ramificar em inúmeras outras possibilidades.
Entretanto, cabe salientar que foge do escopo desse trabalho esse detalhamento.

Dentro do processo de segmentação, um dos nichos de maior crescimento são os centros
para prática esportiva instalados em clínicas e locais para atendimento de pessoas com
problemas de saúde (cardiopatas, obesos, estressados, pacientes que precisam de
reabilitação) e às várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos e idosos).

Esses centros esportivos trabalham com um tipo de cliente que requer acompanhamento
especial. Os exercícios físicos bem feitos podem acelerar a recuperação e favorecer o controle
do quadro. Nesses centros, o cliente tende a ser orientado por uma equipe multidisciplinar não
só familiarizada com a sua condição atual, mas também possuidora de conhecimento técnico
específico, o que lhe dá mais segurança para aderir ao programa.

Para o profissional de Educação Física, que dispõe de recursos limitados e que sonha com o
negócio próprio, abrir um centro de treinamento personalizado ou uma clínica para grupos
especiais, em parceria com outros profissionais da área da saúde, talvez seja uma maneira
interessante de entrar no mercado.

Outras formas de segmentação nesse mercado, que têm surgido nos últimos anos, são os
centros para a prática de exercícios físicos em hotéis, spas, condomínios, universidades,
empresas e escolas.

Há também serviços nos moldes dos promovidos pelo SESC (Serviço Social do Comércio), SESI
(Serviço Social da Indústria) e ACM (Associação Cristã de Moços), que oferecem programas de
exercício físico de ótima qualidade a baixo custo, em locais bem projetados.

Por Fabio Saba e Marco Túlio Pimenta

Marcadores: Gestão e Marketing de Academias

Recomendados

Diferença entre musculação e exercícios funcionais quais
Diferença entre musculação e exercícios funcionais  quaisDiferença entre musculação e exercícios funcionais  quais
Diferença entre musculação e exercícios funcionais quaisJoe Pinheiro
 
Precor indoor cycling-ebook PTI
Precor indoor cycling-ebook PTIPrecor indoor cycling-ebook PTI
Precor indoor cycling-ebook PTIPrecor
 
Aula ginásticas de academia
Aula ginásticas de academiaAula ginásticas de academia
Aula ginásticas de academiaJunior Oliveira
 
Precor indoor cycling-ebook PTB
Precor indoor cycling-ebook PTBPrecor indoor cycling-ebook PTB
Precor indoor cycling-ebook PTBPrecor
 
Mba gp t01 academia de ginática stylus gym
Mba gp t01 academia de ginática stylus gymMba gp t01 academia de ginática stylus gym
Mba gp t01 academia de ginática stylus gymAngelo Peres
 
Apostila Sebrae para Personal trainer
Apostila Sebrae para Personal trainerApostila Sebrae para Personal trainer
Apostila Sebrae para Personal trainermarcelosilveirazero1
 
Movement PDV - Antes da tranformação pela PreziBR
Movement PDV - Antes da tranformação pela PreziBRMovement PDV - Antes da tranformação pela PreziBR
Movement PDV - Antes da tranformação pela PreziBRJunior Crocco
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Tendência do mercado de academias

Construção de marca
Construção de marcaConstrução de marca
Construção de marcaAlan Alves
 
Cetao news 09
Cetao news 09Cetao news 09
Cetao news 09CETAO
 
Aula 2 academia de ginática stylus 2012.1
Aula 2   academia de ginática stylus 2012.1Aula 2   academia de ginática stylus 2012.1
Aula 2 academia de ginática stylus 2012.1Angelo Peres
 
ESTAGIO II BACHAREL.pdf
ESTAGIO II BACHAREL.pdfESTAGIO II BACHAREL.pdf
ESTAGIO II BACHAREL.pdfArlenoFavacho2
 
Apresentação sport bro's (plano de projecto)
Apresentação sport bro's (plano de projecto)Apresentação sport bro's (plano de projecto)
Apresentação sport bro's (plano de projecto)Vasco Tereno
 
Aula 2 avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2
Aula 2   avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2Aula 2   avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2
Aula 2 avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2Angelo Peres
 
Apresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptx
Apresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptxApresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptx
Apresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptxComunidadeAlumniInsp
 
Aula 4 academia de ginática stylus
Aula 4   academia de ginática stylusAula 4   academia de ginática stylus
Aula 4 academia de ginática stylusAngelo Peres
 
Startup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negócios
Startup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negóciosStartup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negócios
Startup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negóciosPaulo Carneiro
 
UFCD-366- plano marketing.ppt
UFCD-366- plano marketing.pptUFCD-366- plano marketing.ppt
UFCD-366- plano marketing.pptNome Sobrenome
 
Manual do Aluno - Academia Empreender Jovem
Manual do Aluno - Academia Empreender JovemManual do Aluno - Academia Empreender Jovem
Manual do Aluno - Academia Empreender JovemPlataforma Empreendedor
 
Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)
Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)
Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)Zé Maria
 
A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...
A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...
A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...Felipe Guedes Pinheiro
 
RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA
RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA
RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA Nailson Morais
 
CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...
CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...
CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...marcelosilveirazero1
 
Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78 Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78 SINDIMETAL RS
 

Semelhante a Tendência do mercado de academias (20)

Construção de marca
Construção de marcaConstrução de marca
Construção de marca
 
Cetao news 09
Cetao news 09Cetao news 09
Cetao news 09
 
Aula 2 academia de ginática stylus 2012.1
Aula 2   academia de ginática stylus 2012.1Aula 2   academia de ginática stylus 2012.1
Aula 2 academia de ginática stylus 2012.1
 
ESTAGIO II BACHAREL.pdf
ESTAGIO II BACHAREL.pdfESTAGIO II BACHAREL.pdf
ESTAGIO II BACHAREL.pdf
 
Apresentação sport bro's (plano de projecto)
Apresentação sport bro's (plano de projecto)Apresentação sport bro's (plano de projecto)
Apresentação sport bro's (plano de projecto)
 
Aula 2 avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2
Aula 2   avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2Aula 2   avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2
Aula 2 avaliaco de empresas - academia stulus 2012.2
 
Apresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptx
Apresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptxApresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptx
Apresentação Comitê Alumni de Gestão de Saúde - AD.pptx
 
Aula 4 academia de ginática stylus
Aula 4   academia de ginática stylusAula 4   academia de ginática stylus
Aula 4 academia de ginática stylus
 
Startup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negócios
Startup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negóciosStartup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negócios
Startup - COSPORTS - ODS3 - Modelo de negócios
 
UFCD-366- plano marketing.ppt
UFCD-366- plano marketing.pptUFCD-366- plano marketing.ppt
UFCD-366- plano marketing.ppt
 
Como montar uma ótica
Como montar uma óticaComo montar uma ótica
Como montar uma ótica
 
Manual do Aluno - Academia Empreender Jovem
Manual do Aluno - Academia Empreender JovemManual do Aluno - Academia Empreender Jovem
Manual do Aluno - Academia Empreender Jovem
 
Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)
Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)
Trabalho AAA (análise de mercados consumidores)
 
A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...
A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...
A importância da empresa junior no ensino da engenharia de engenharia de prod...
 
RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA
RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA
RHYTMUS ASSESSORIA ESPORTIVA
 
NEWSLETTER ILGC - julho 2015
NEWSLETTER ILGC - julho 2015 NEWSLETTER ILGC - julho 2015
NEWSLETTER ILGC - julho 2015
 
CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...
CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...
CREF4 SP - Guia de orientação técnica e profissional aplicada a ginastica lab...
 
Macroambiente
MacroambienteMacroambiente
Macroambiente
 
Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78 Espaço SINDIMETAL 78
Espaço SINDIMETAL 78
 
Mkt Esportivo
Mkt EsportivoMkt Esportivo
Mkt Esportivo
 

Tendência do mercado de academias

  • 1. felippet oledo.com http://www.felippetoledo.com/2012/07/tendencia-do-mercado-de-academias.html?pfstyle=wp Tendência do Mercado de Academias As academias e outros centros especializados em exercícios físicos surgiram como espaços alternativos para as pessoas se manterem fisicamente ativas, nos grandes centros urbanos, onde as áreas verdes e livres são cada vez menores. Sua popularização ocorreu nos últimos vinte anos. Pessoas sedentárias, apressadas, estressadas e debilitadas pelo modo de vida moderno buscam o idílio de paz e saúde proporcionado pela prática regular de exercícios físicos. Nos últimos anos, as academias tiveram um grande crescimento, alavancado também por campanhas de conscientização sobre a importância do comportamento saudável. Muitas outras modalidades foram criadas e introduzidas como variação das atividades oferecidas. Muitas novidades são divulgadas em feiras e congressos, que se propõem a apresentar inovações, sobretudo, de ordem técnica. Os gestores das academias procuram investir em novos equipamentos e serviços diferenciados. Embora seja importante para ampliar as opções de serviços, esse aspecto pode ter um resultado efêmero. Muitas dessas novidades não duram mais do que uma estação. Um exemplo de programa de vida curta foi o slide, uma plataforma em que o aluno desliza de um lado para outro. Trata-se de um produto que pode ser interessante para integrar uma aula de circuito. No entanto, uma aula inteira sobre o slide se revelou monótona e pouco segura. Outras inovações são mais consistentes, como a aula de bike indoor, uma das principais modalidades das academias, de fácil execução, mas que requer muita atenção dos professores, especialmente nos quesitos de segurança biomecânica e controle da intensidade. As inovações estão presentes em todo o mercado de academias. Entretanto, para que as inovações de países estrangeiros sejam bem-sucedidas, precisam ser adaptadas à nossa realidade. Corre-se o risco de fazer apenas uma cópia malsucedida. É preciso entender a realidade do mercado local e adequá-las. A responsabilidade por esse filtro é do gestor e, também, do profissional de Educação Física. Esses profissionais precisam ter espírito crítico rigoroso para diferenciar o que traz realmente avanço e constitui uma real tendência de mercado do que não passa simplesmente de modismo. Então, é possível tomar uma decisão mais consistente para absorver ou recusar novidades.
  • 2. Atualmente, duas fortes tendências se destacam: a segmentação de mercado e o treinamento individualizado. Cada um deles pode se ramificar em inúmeras outras possibilidades. Entretanto, cabe salientar que foge do escopo desse trabalho esse detalhamento. Dentro do processo de segmentação, um dos nichos de maior crescimento são os centros para prática esportiva instalados em clínicas e locais para atendimento de pessoas com problemas de saúde (cardiopatas, obesos, estressados, pacientes que precisam de reabilitação) e às várias faixas etárias (crianças, adolescentes, adultos e idosos). Esses centros esportivos trabalham com um tipo de cliente que requer acompanhamento especial. Os exercícios físicos bem feitos podem acelerar a recuperação e favorecer o controle do quadro. Nesses centros, o cliente tende a ser orientado por uma equipe multidisciplinar não só familiarizada com a sua condição atual, mas também possuidora de conhecimento técnico específico, o que lhe dá mais segurança para aderir ao programa. Para o profissional de Educação Física, que dispõe de recursos limitados e que sonha com o negócio próprio, abrir um centro de treinamento personalizado ou uma clínica para grupos especiais, em parceria com outros profissionais da área da saúde, talvez seja uma maneira interessante de entrar no mercado. Outras formas de segmentação nesse mercado, que têm surgido nos últimos anos, são os centros para a prática de exercícios físicos em hotéis, spas, condomínios, universidades, empresas e escolas. Há também serviços nos moldes dos promovidos pelo SESC (Serviço Social do Comércio), SESI (Serviço Social da Indústria) e ACM (Associação Cristã de Moços), que oferecem programas de exercício físico de ótima qualidade a baixo custo, em locais bem projetados. Por Fabio Saba e Marco Túlio Pimenta Marcadores: Gestão e Marketing de Academias