Dispositivos de armazenamento

402 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre dispositivos de armazenamento, realizada para o Curso Técnico em Informática. Instituição Evangélica de Novo Hamburgo, 2011.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dispositivos de armazenamento

  1. 1. DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO Bruna Chinot Felipe Reis Turma IN1K-A Novo Hamburgo, maio de 2011.
  2. 2. DISCO RÍGIDO • É um periférico cuja função é armazenar dados salvos em um computador ou outro dispositivo. • Pode ser considerada uma memória não-volátil, pois não perde os arquivos que já estão salvos. • Trabalha com dois tipos principais de gravação: a gravação magnética e a gravação por meio de circuitos semicondutores.
  3. 3. HISTÓRIA • O primeiro disco rígido a ser criado foi o 305 RAMAC, desenvolvido pela IBM em 1957. Media 1m² e permitia até 5 MB de dados. Além disso, custava 25 mil dólares por ano. • Em 1973, a IBM lançou o modelo 3340 “Winchester”, com dois pratos de 30 megabytes. O termo foi inspirado na espingarda Winchester, e foi muito utilizado para designar HDs de qualquer espécie.
  4. 4. • Ainda na década de 80, os HDs eram muitos caros e modelos de 10 MB custavam algo em torno de 2 mil dólares. Em comparação, hoje compramos modelos de 160 GB ou mais por menos de 100 dólares. • Estes periféricos tornaram-se populares na década de 90, quando a preocupação com a segurança e a eficiência dos dados era maior. Houve uma explosão nas vendas e novos modelos surgiram em pouco tempo.
  5. 5. FUNCIONAMENTO Apesar da tecnologia ter avançado bastante, o método de gravação e leitura que os HDs possuem é praticamente o mesmo de décadas atrás: • O prato (ou platter) é o local onde os dados estão armazenados. Nele, há os setores, locais definidos onde há determinados tipos de arquivo e as trilhas, pequenos sulcos que são subdivisões dos primeiros. • O motor localiza-se no centro do disco, e é o que faz o HD girar. As rotações são variáveis, dependendo da tecnologia e também da capacidade do dispositivo. Alguns modelos podem girar a 7500 RPM. • A cabeça de leitura e gravação é o dispositivo que entra em contato com o disco quando é necessária a leitura dele. Permite manipular os dados quando necessário. Se conecta ao braço, que posiciona os cabeçotes sobre o disco. • O atuador é o responsável por mover os braços sobre a superfície, e assim permitir que os dados sejam lidos. Transfere estes dados para uma memória cache que se localiza próxima a ele, para que sejam interpretados pela placa- mãe.
  6. 6. Partes de um HD
  7. 7. OUTROS TIPOS As interfaces pelas quais o HD se comunica com a placa-mãe são variadas; entre elas temos: • IDE/ATA • SATA • SCSI • Fibre Channel • SAS (ou SASCSI) Há, ainda, outros tipos de dispositivos de armazenamento, como disquetes, CDs, DVDs, discos SSD, entre outros.
  8. 8. COMPARATIVO
  9. 9. COMPARATIVO Cabos IDE e SATA Cabo SCSI Cabo SAS 29 pinos
  10. 10. MAIORES FABRICANTES • 1º: • 2º: • 3º: Fundação: EUA, em 1979 Empregados: 52.600 Faturamento em 2010: US$ 1,7 bilhões Fundação: Coreia do Sul, em 1938 Empregados: 187.800 Faturamento em 2010: US$ 8,33 bilhões Fundação: EUA, em 1970 Empregados: 62.500 Faturamento em 2010: US$ 1,5 bilhões
  11. 11. IMAGENS 305 RAMAC, o pioneiro Moto HD: criação de Miguel Rivera Disco rígido de 1 GB de 1982 comparado com um atual
  12. 12. REFERÊNCIAS • Disco rígido. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Disco_rigido>. Acesso em: 10/05/2011. • Conhecendo o disco rígido (HD) – Parte 1. Disponível em: <http://www.infowester.com/hds1.php>. Acesso em: 10/05/2011. • Disco rígido. Disponível em: <http://www.fortunecity.com/skyscraper/static/511/Disco_Rigido/Disco_R igido.html>. Acesso em: 10/05/2011.

×