Sistema endócrino veterinária - Tireoide

6.356 visualizações

Publicada em

Glândula Tireoide - Surgimento, localização, diferenciação entre as espécies, características histológicas e fisiologia

Publicada em: Educação
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.356
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
115
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema endócrino veterinária - Tireoide

  1. 1. Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA Sistema Endócrino: Glândula Tireoide Discentes: Ana Beatriz Gabriela Corrêa Felipe Damshi Paulo Augusto Valberson Oliveira
  2. 2. Glândulas Endócrinas: • Glândulas endócrinas secretam seus produtos no sangue. • SN pode fornecer ao endócrino informações sobre o meio externo e assim o endócrino regula o organismo em resposta a essas informações. • Hormônios trópicos; nos vertebrados os principais são produzidos pela hipófise • Hormônio trópicos que atua sobre a tireoide: tireoidetrópico.
  3. 3. Origem e formação da glândula tireoide • Identificada em 1656 por Thomas Wharton. • Primeira glândula a ser formada. 1-Espessamento do endoderma da faringe primitiva: 2-Diverticulo tireoidiano:
  4. 4. Origem e formação da glândula tireoide 3-Migração para o pescoço; permanece ligada à língua pelo tudo tireoglosso:
  5. 5. Origem e formação da glândula tireoide 4-Diverticulo tireoidiano se divide em dois lobos posteriormente se encontrando na forma e posição definitivas: 5-Degeneração do tubo tireoglosso:
  6. 6. Características anatômicas Entre as primeiras glândulas a desenvolver nos mamíferos; Em humanos, coelhos e suínos é funcional na metade da gestação. Origem endodérmica, se desenvolve na porção cefálica do tubo digestivo. Pesa entre 15 e 30g. Revestido por cápsula fibrosa Liga-se à cartilagem cricóide e anéis traqueais denso. por tecido conjuntivo
  7. 7. Características histológicas É formada por folículos tireoidianos, que são pequenas esferas de tec. epitelial simples. São preenchidas por Coloide.
  8. 8. Características histológicas • Entre folículos estão células parafoliculares:
  9. 9. Localização da Tireoide • Esta situada nos animais domésticos, junto aos primeiros anéis traqueais, um pouco mais profundamente, na região cervical. • É composta de um lobo direito e outro esquerdo, unidos no seu polo caudal por meio de um istmo conjuntivo. Exceção: SU
  10. 10. Glândula tireoide - Gato - Lobos em forma de fusos planos, unidos por um istmo de 1 a 2 mm. - Posicionam-se dorsolateralmente na traqueia; - Entre 7 a 10 aneis traqueais.
  11. 11. Glândula Tireoide - Cão • Lobos ovais e longos; • Dorsolateralmente posicionados sobre a traqueia, entre 5º a 9º anel traqueal.
  12. 12. Glândula tireoide – Suíno • A tireoide é uniforme, posicionando-se ventralmente à traqueia. • Superfície do órgão é lobulada, com lobos irregulares, com formato de triangulo ou quadrado. • Lobos unidos por um amplo istmo de cerca de 1cm, situado caudalmente ao 2° anel traqueal.
  13. 13. Glândula tireoide - Equino • Lobos arredondados (tamanho de ameixa)situamse lateralmente à traqueia, ao nível do segundo e terceiro anéis traqueais. • Possuem consistência e cor marrom escura. • Os Lobos estão ligados por um istmo fino.
  14. 14. Glandula tireoide – Bovino: • Os lobos estão conectados por um amplo istmo de tecido parenquimatoso; • Superfície do órgão lobulada, apresentando lobos irregulares.
  15. 15. • Peq. Ruminante: Os lobos têm forma de fusos ou cilindros posicionam-se lateralmente sobre a traqueia, ao nível dos primeiros anéis traqueais. Na maioria das vezes o istmo está ausente.
  16. 16. Vascularização • Artéria tireóidea cranial • Artéria tireóidea caudal • Veia tireóidea cranial • Veia tireóidea média
  17. 17. Inervação • Gânglio cervical cranial • N. laríngeo cranial e caudal
  18. 18. Formação dos hormônios •Folículo: T3 e T4 •Células parafoliculares: Calcitonina
  19. 19. Hormônios tireoidianos • T3 • T4 • Calcitonina
  20. 20. Função e mecanismo de controle • ↑[ ] T3 E T4 ↑ taxa metabólica • Regulação da liberação • ↓[ ] de T3 e T4  liberação de TSH pela hipófise (Adenohipófise)  Tireoide estimulada  ↑[ ] T3 E T4  Níveis de normalidade estabelecidos
  21. 21. T3 e T4 Feedback
  22. 22. Hipofunção ou hiperfunção Hipotireoidismo Hipertireoidismo
  23. 23. Níveis de Cálcio • Calcitonina • Produção: interstício células C • Homeostase do cálcio. • Tireoide : ↓[ ] de cálcio. • Paratireoide ↑[ ] de cálcio. • * (PTH ou paratormônio) • Fonte de cálcio  Ossos. Hipocalcemia puerperal
  24. 24. Feedback Calcitonina e PTH.

×