Seminario Pé - pediatrico

10.371 visualizações

Publicada em

seminario sobre: calcaneo valgo, talus vertical, metatarso varo, pe cavo

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
53
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
114
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Seminario Pé - pediatrico

    1. 1. Ortopedia e Traumatologia Seminário R2 <ul><li>Fagner Athayde </li></ul><ul><li>Calcâneo valgo </li></ul><ul><li>Pé talo vertical, </li></ul><ul><li>Pé cavo e </li></ul><ul><li>Metatarso varo </li></ul>Hospital das Clínicas - UFPE
    2. 2. Calcâneo valgo <ul><li>Hiperdorsiflexão </li></ul><ul><li>Deformidade posicional </li></ul><ul><li>Wynne-Davies et al. 1:1000 </li></ul><ul><li>Mulheres > Homens </li></ul><ul><li>Contratura na ausência de deformidade congênita ou luxação </li></ul><ul><li>Diag. Diferencial... </li></ul>
    3. 3. Pé talo vertical <ul><li>Navicular é luxado dorso-lateralmente a cabeça do tálus </li></ul><ul><li>Graus variados de: retropé equino; desvio dorsal do cubóide e contratura de partes moles de compartimento anterior </li></ul><ul><li>Bilateral em 50% sem predileção por sexo </li></ul><ul><li>Anomalia isolada em 50% </li></ul>
    4. 4. Pé talo vertical <ul><li>Contratura do tibial anterior, extensor longo e curto do hálux, fibulares e Aquiles </li></ul><ul><li>Cabeça do talus permanece saliente </li></ul><ul><li>Calcâneo rodado externo e em eversão com hipoplasia do sustentáculo do tálus e da faceta anterior da art subtalar </li></ul>
    5. 5. Pé talo vertical <ul><li>Superfície plantar rígida e convexa com retropé em equino (contratura do t. aquiles) e um antepé hipoplásico e lateralizado. </li></ul><ul><li>Talo vertical  oblíquo (R-x perfil com flexão plantar) tto. conservador com gesso e orteses para elevação do arco plantar </li></ul>
    6. 6. <ul><li>Pé talo vertical flexão e extensão  </li></ul><ul><li>Pé normal em flexão e extensão  </li></ul>Pé talo vertical
    7. 7. <ul><li>Gesso </li></ul><ul><li>Talectomia (1939) </li></ul><ul><li>Reconstrução de 1 estágio vs. 2 estágios (em menores de 2 anos) 1 °- alonga// dorsolateral + liberação capsular (redução médio sobre retro-pé); 2° liberação posterolateral + alongamento de Aquiles e fibulares. </li></ul>Pé talo vertical
    8. 8. <ul><li>Recomendado: procedimento em 1 estágio a via dorsal associa-se com < tempo operató-rio e < complicações. </li></ul>Pé talo vertical
    9. 9. <ul><li>Acima de 2-3 anos: encurtamento da coluna medial e alongamento da coluna lateral são medidas que devem ser tomadas </li></ul><ul><li>Naviculectomia </li></ul><ul><li>Diagnóstico e tratamento precoces </li></ul><ul><li>Ocasionalmente reportam-se casos de artrodese subtalar ou tripla artrodese (proc de salvamento) </li></ul>Pé talo vertical
    10. 10. <ul><li>Tratamento com órteses e gesso é ineficaz => tratamento cirúrgico </li></ul>Pé talo vertical Seta = navicular Naviculectomia
    11. 11. Metatarso varo <ul><li>É a deformidade mais comum em crianças </li></ul><ul><li>Formas mais bran- das tem resolução espontânea – sem rigidez; formas mais graves em geral requerem tratamento </li></ul><ul><li>1:1000 nascidos vivos – maior incid. em pac. com histórico familiar </li></ul>
    12. 12. Metatarso varo <ul><li>Alt. Cuneiforme medial (+) metatar- sos aduzidos (-) subluxação ( Morcuende e Ponseti ) </li></ul><ul><li>Subluxação tarso-metatársica + alt cuneiforme ( Reimann e Werner ) </li></ul><ul><li>Contraturas musculares; desequilíbrio entre tend tibial anterior e posterior; inserção TA </li></ul>
    13. 13. Metatarso varo <ul><li>Aspectos clínicos : </li></ul><ul><ul><li>Medialização de antepé </li></ul></ul><ul><ul><li>Proeminência de 5o. Mtt (proximal) </li></ul></ul><ul><ul><li>Classificações de Bleck </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Flexibilidade e bissetriz do calcâneo </li></ul></ul></ul>
    14. 14. Metatarso varo <ul><li>Radiografia: (em geral, desnecessária) </li></ul><ul><ul><li>Indicada p/ deformidade persistente; </li></ul></ul><ul><ul><li>Incidências em pé ou com simulação de carga </li></ul></ul><ul><ul><li>Cuneiforme medial de for-mato trapezoidal e medialização de mtt`s </li></ul></ul>
    15. 15. Metatarso varo <ul><li>Tratameto : </li></ul><ul><ul><li>Correção expontânea </li></ul></ul><ul><ul><li>Gesso tem melhor resulta- do em 6m-1ano (risco de retropé valgo e “skewfoot”); </li></ul></ul><ul><ul><li><6m: exercícios suaves, orteses, sapatos de Bebax – p/ manter correção </li></ul></ul>
    16. 16. Metatarso varo <ul><li>Tratameto : </li></ul><ul><ul><li>Cirurgia = >3-4anos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Deformidade persistente com déficit funcional; </li></ul></ul><ul><ul><li>Combinação de osteotomia de subtração do cubóide e de adição do cuneiforme; </li></ul></ul><ul><ul><li>Osteotomia de bases de 2o.-4o. MTT’s </li></ul></ul>
    17. 17. Pé cavo <ul><li>Desequilíbrio entre mm intrínsecos ou extrínsecos opositores; </li></ul><ul><li>Desordem neurológica; </li></ul>
    18. 18. Pé cavo <ul><li>Flexão plantar de ante-pé do primeiro raio »» lateralização da carga do peso corporal »» varização do retro-pé. </li></ul><ul><li>Fraqueza m. TA, sobrecarga do ELH ou contratura de intrínsecos. </li></ul>
    19. 19. Pé cavo <ul><li>Insuf de mm gastro-sólea »» dorsiflexão do calcâneo »» aumento compensatório da ação do flexor dos artelhos; </li></ul><ul><li>Qq. Alteração no eixo contribui c/ deform. </li></ul><ul><li>Bilateralidade  acom. sistêmico </li></ul>
    20. 20. Pé cavo
    21. 21. CAUSES OF CAVUS FOOT DEFORMITY Bilateral Charcot-Marie-Tooth disease Friedreich ataxia Dejerine-Sottas interstitial hypertrophic neuritis Polyneuritis Roussy-Levy syndrome Spinal muscular atrophy Myelomeningocele Syringomyelia Spinal cord tumor Diastematomyelia Spinal dysraphism (tethered cord) Muscular dystrophy Cerebral palsy paraparesis or quadriparesis (although usually planus deformities) Familial (consider Charcot-Marie-Tooth disease) Clubfoot/recurrent clubfoot Idiopathic cause (diagnosis of exclusion) Unilateral Traumatic injury of a peripheral nerve or spinal root nerve Poliomyelitis Syringomyelia Lipomeningocele Spinal cord tumor Diastematomyelia Spinal dysraphism (tethered cord) Tendon laceration Overlengthened Achilles tendon Cerebral palsy hemiparesis Clubfoot/recurrent clubfoot Compartment syndrome of the leg Severe burn of the leg Crush injury of the leg
    22. 22. Pé cavo <ul><li>Clínica: </li></ul><ul><ul><li>Dor (cabeças dos mtt salintes, calosidades, mal alinhamento...) </li></ul></ul><ul><ul><li>Instabilidade – fraqueza muscular </li></ul></ul><ul><ul><li>A flex excessiva do 1o. Raio altera a dist do tripé... </li></ul></ul>
    23. 23. Pé cavo
    24. 24. Pé cavo <ul><li>Â de Meary </li></ul><ul><li>Â de Hibb </li></ul><ul><li>“ calcaneal pitch” </li></ul>
    25. 25. Pé cavo <ul><li>Tratamento: </li></ul><ul><ul><li>Pouco espaço p/ tto conser-vador; deform progressiva </li></ul></ul><ul><ul><li>Alongamento de contra- turas + fortalecimento de musc dorsiflexora </li></ul></ul><ul><ul><li>Brace, AFO... </li></ul></ul><ul><ul><li>Palmilhas com arco, apoio metatarsal </li></ul></ul>
    26. 26. Pé cavo <ul><li>Equinismo raro, deformidades no calcâneo e varo do retro-pé são frequentes; </li></ul><ul><li>Flexibilidade  proced. Balanceamento tend vs. osteotomia </li></ul>
    27. 27. Pé cavo <ul><li>Osteotomias: </li></ul><ul><ul><li>1o. Cuneiforme </li></ul></ul><ul><ul><li>Metatarsos </li></ul></ul><ul><ul><li>Medio-pé </li></ul></ul><ul><li>Tríplice artrodese </li></ul>

    ×