Fernanda Bernardo
O que é?
● Plataforma de serviço em nuvem (PAAS)
● Suporte a diversas linguagens
Vantagens
● Baixo custo inicial para teste de aplicações
● Abstrai a parte de configuração de máquinas
● Rápido e fácil de...
Curiosidades - Arquitetura
● Tem como base Linux(Ubuntu)
● Usa a infraestrutura da Amazon
● As aplicações podem ser compos...
Curiosidades - Dynos
● Container leve para rodar a aplicação em um
ambiente isolado e seguro
1. Web Dynos: requisições web...
Curiosidades - Números
https://www.heroku.com/what
Subindo uma aplicação
1. Escolha uma linguagem (Ruby, Java, Node.js...)
2. Procfile (configurar o comando para subir aplicação)
ou framework (Ra...
4. Add-ons (opcional)
● Para serviços de banco de dados, emails, cache…
https://elements.heroku.
Na prática
Node.js
1. Criar uma conta
2. Escolher uma linguagem
3. Instalar Heroku Toolbelt
● Heroku Client - criar e
gerenciar apps
● Git - controle de
revisão e push Heroku
4. Entrar no heroku linha de comando
5. Preparar o app
6. Deploy
7. Abrir aplicação
8. Ver logs
9. Escalar aplicação
10. Rodar heroku local
11. Adicionar add-ons
12. Iniciar um console
One-off
Dyno
13. Configurações Globais
Referências Bibliográficas
● https://www.heroku.com/
● https://devcenter.heroku.com/
● http://imasters.com.br/box/ferramen...
Heroku
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Heroku

210 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre o que é o heroku e como usá-lo

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
210
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Heroku

  1. 1. Fernanda Bernardo
  2. 2. O que é? ● Plataforma de serviço em nuvem (PAAS) ● Suporte a diversas linguagens
  3. 3. Vantagens ● Baixo custo inicial para teste de aplicações ● Abstrai a parte de configuração de máquinas ● Rápido e fácil de subir uma aplicação - deploy contínuo
  4. 4. Curiosidades - Arquitetura ● Tem como base Linux(Ubuntu) ● Usa a infraestrutura da Amazon ● As aplicações podem ser compostas por várias dynos
  5. 5. Curiosidades - Dynos ● Container leve para rodar a aplicação em um ambiente isolado e seguro 1. Web Dynos: requisições web 2. Worker Dynos: background 3. One-Off Dynos: tarefa eventual e logo são destruidos
  6. 6. Curiosidades - Números https://www.heroku.com/what
  7. 7. Subindo uma aplicação
  8. 8. 1. Escolha uma linguagem (Ruby, Java, Node.js...) 2. Procfile (configurar o comando para subir aplicação) ou framework (Rails, Django, Node.js) 3. Deploy: Git (principal) ou Dropbox
  9. 9. 4. Add-ons (opcional) ● Para serviços de banco de dados, emails, cache… https://elements.heroku.
  10. 10. Na prática Node.js
  11. 11. 1. Criar uma conta
  12. 12. 2. Escolher uma linguagem
  13. 13. 3. Instalar Heroku Toolbelt ● Heroku Client - criar e gerenciar apps ● Git - controle de revisão e push Heroku
  14. 14. 4. Entrar no heroku linha de comando 5. Preparar o app
  15. 15. 6. Deploy
  16. 16. 7. Abrir aplicação
  17. 17. 8. Ver logs 9. Escalar aplicação
  18. 18. 10. Rodar heroku local 11. Adicionar add-ons
  19. 19. 12. Iniciar um console One-off Dyno 13. Configurações Globais
  20. 20. Referências Bibliográficas ● https://www.heroku.com/ ● https://devcenter.heroku.com/ ● http://imasters.com.br/box/ferramenta/heroku/ ● http://www.devmedia.com.br/primeiros-passos- em-paas-com-heroku/29465

×