SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
PIB Municipal 2010


FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais

http://www.fee.rs.gov.br                         Porto Alegre, 12 de dezembro de 2012
Variação nominal do PIB e setores do RS (2010-2009)
Estatísticas dos municípios do RS em 2010:


 Principal atividade

   o Agropecuária: 84 (16,94%)

   o Indústria: 37 (7,46%)

   o Serviços: 375 (75,60%)

 Crescimento acima da média do RS: 223 (44,96%)

 Crescimento abaixo da média do RS: 273 (55,04%)

 Variação negativa no PIB: 40 (8,06%)
MAPAS
 PIB total

 Agropecuária

 Indústria

 Serviços

 PIB per capita


                           Novembro/20
PIB Municipal 2010
               Maiores e Menores Crescimentos




FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais
PIB Municipal 2010 - Municípios com maior e menor crescimento vs Rio Grande do Sul
                           Participação por Setor (2009)
                                                          PIB Per Capita (2009) % Participação no PIB do RS (2010)
                         Agropecuária Indústria Serviços
   Rio Grande do Sul          9,86%      29,21% 60,93%        R$ 19.778,39                    100%
10 maiores crescimentos      25,78%      22,40% 51,82%        R$ 15.597,90                    1,14%
10 menores crescimentos      55,23%       3,57% 41,20%        R$ 22.951,80                    0,32%



                                            10 Maiores Crescimentos                  10 Menores Crescimentos
            RS
PIB Municipal 2010
                            Destaques




FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais
Participação dos 40 maiores PIBs municipais no
PIB do Rio Grande do Sul - 2010
Crescimento do PIB nos dez destaques positivos
10 Destaques Positivos – 2010


Município       Part. % PIB Δ% Agro. (10/09) Δ% Ind. (10/09) Δ% Serv. (10/09)   Δ% PIB (10/09)
São Gabriel           0,69%           10,46%         135,59%          30,07%               49,5%
Vacaria               0,72%           -3,64%          35,77%          48,59%               39,3%
Cachoeirinha          2,49%           -8,54%          27,22%          22,03%               32,9%
Carazinho             0,68%            9,81%          40,42%          27,59%               29,6%
Sapucaia do Sul       1,32%           -8,90%          29,79%          26,65%               28,9%
Caxias do Sul         8,95%           -6,70%          29,92%          25,44%               27,9%
São Leopoldo          2,35%            0,09%          32,29%          19,55%               23,7%
Santa Rosa            0,90%            5,16%          31,52%          20,15%               23,1%
Guaíba                1,41%           -9,85%          16,75%          22,57%               23,1%
Montenegro            1,03%            7,52%          25,38%          18,98%               22,8%
Crescimento do PIB nos dez destaques negativos
10 Destaques Negativos – 2010


Município         Part. % PIB   Δ% Agro. (10/09)     Δ% Ind. (10/09) Δ% Serv. (10/09) Δ% PIB (10/09)
Canoas                  6,55%               -0,17%            -7,42%           6,04%           1,9%
Santa Cruz do Sul       1,91%               -3,69%            -7,06%          13,78%           7,0%
Venâncio Aires          0,72%               -4,48%            -4,00%          24,09%           7,9%
Camaquã                 0,44%              -12,11%             5,19%          15,21%           8,2%
Cruz Alta               0,68%              -26,71%            21,61%           9,96%           8,6%
Marau                   0,50%               14,14%             3,23%          17,86%          10,3%
Alegrete                0,50%               16,95%           -10,21%          17,11%          10,5%
Triunfo                 2,29%              -11,60%             7,75%          22,38%          10,8%
Esteio                  1,02%               13,51%            24,60%           8,51%          11,2%
Cachoeira do Sul        0,54%              -17,33%            19,39%          16,43%          11,2%
Municípios com Maior e Menor PIB per capita – 2010

       Município        Part. % PIB PIB per capita (em R$)
       Triunfo                2,29%             223.848,22
       Pinhal da Serra        0,06%              76.834,61
       Muitos Capões          0,09%              72.353,72
       Garruchos              0,09%              68.672,25
       Aratiba                0,15%              59.575,17
       RS                  100,00%               23.606,36
       Barra do Guarita       0,01%               8.570,92
       Redentora              0,03%               8.236,63
       Itati                  0,01%               8.085,73
       Alvorada               0,58%               7.528,20
       Caraá                  0,02%               7.019,43
Ranking dos 10 Maiores PIBs do RS
      2009        Posição        2010        Posição Mudança 2009/2010
Porto Alegre         1    Porto Alegre           1          0
Canoas               2    Canoas                 2          0
Caxias do Sul        3    Caxias do Sul          3          0
Rio Grande           4    Rio Grande             4          0
Gravataí             5    Gravataí               5          0
Triunfo              6    Triunfo                6          0
Novo Hamburgo        7    Novo Hamburgo          7          0
Santa Cruz do Sul    8    Santa Cruz do Sul      8          0
Pelotas              9    Pelotas                9          0
Passo Fundo         10    Passo Fundo           10          0
10 Maiores PIBs do RS - 2010

                                                                                                    Δ% PIB PIB per capita
Posição      Município        Part. % PIB Part. % Agropecuária Part. % Indústria Part. % Serviços
                                                                                                    (10/09)   (em R$)
  1       Porto Alegre          17,05%           0,12%               8,75%            22,28%         16,7%     30.524,80
  2       Canoas                 6,55%           0,02%               8,34%             6,48%          1,9%     51.070,03
  3       Caxias do Sul          6,22%           0,85%               9,53%             5,18%         27,9%     36.034,46
  4       Rio Grande             3,06%           0,88%               3,07%             2,54%         21,4%     39.228,07
  5       Gravataí               2,80%           0,08%               5,25%             1,89%         22,2%     27.689,00
  6       Triunfo                2,29%           0,29%               6,15%             0,79%         10,8%    223.848,22
  7       Novo Hamburgo          2,14%           0,09%               2,01%             2,31%         18,2%     22.568,63
  8       Santa Cruz do Sul      1,91%           0,59%               2,78%             1,40%          7,0%     40.671,53
  9       Pelotas                1,81%           0,70%               1,24%             2,39%         17,5%     13.925,47
  10      Passo Fundo            1,80%           0,38%               1,07%             2,42%         21,3%     24.618,50
Ranking do 11º ao 20º Maior PIB do RS
       2009     Posição       2010        Posição Mudança 2009/2010
Santa Maria       11 Cachoeirinha            11          2
São Leopoldo      12 São Leopoldo            12          0
Cachoeirinha      13 Santa Maria             13          -2
Bento Gonçalves   14 Bento Gonçalves         14          0
Esteio            15 Uruguaiana              15          1
Uruguaiana        16 Esteio                  16          -1
Erechim           17 Erechim                 17          0
Guaíba            18 Guaíba                  18          0
Viamão            19 Sapucaia do Sul         19          2
Lajeado           20 Viamão                  20          -1
PIB Municipal 2010


FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais

http://www.fee.rs.gov.br                         Porto Alegre, 12 de dezembro de 2012

Mais conteúdo relacionado

Destaque

São Paulo em números
São Paulo em númerosSão Paulo em números
São Paulo em números
esjunior
 
“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...
“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...
“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...
ciespbrag_22
 
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadasFicha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Carla Teixeira
 
Crescimento económico parte 1
Crescimento económico  parte 1Crescimento económico  parte 1
Crescimento económico parte 1
Carla Teixeira
 
Produção e crescimento econômico
Produção e crescimento econômicoProdução e crescimento econômico
Produção e crescimento econômico
Luciano Pires
 

Destaque (17)

São Paulo em números
São Paulo em númerosSão Paulo em números
São Paulo em números
 
PIB Brasil 2014
PIB Brasil 2014PIB Brasil 2014
PIB Brasil 2014
 
“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...
“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...
“CRISE INTERNACIONAL, OPORTUNIDADES E DESAFIOS PARA A RETOMADA DO CRESCIMENTO...
 
Aula 1 Cresicmento E Desenvolvimento
Aula 1   Cresicmento E DesenvolvimentoAula 1   Cresicmento E Desenvolvimento
Aula 1 Cresicmento E Desenvolvimento
 
Printhandler
Printhandler Printhandler
Printhandler
 
Teorias de Crescimento Económico (Aulas do Mestrado de Marketing Research da ...
Teorias de Crescimento Económico (Aulas do Mestrado de Marketing Research da ...Teorias de Crescimento Económico (Aulas do Mestrado de Marketing Research da ...
Teorias de Crescimento Económico (Aulas do Mestrado de Marketing Research da ...
 
Crescimento economico
Crescimento economicoCrescimento economico
Crescimento economico
 
A economia brasileira em 2015
A economia brasileira em 2015A economia brasileira em 2015
A economia brasileira em 2015
 
Pib brasil 4º tri 2012
Pib brasil 4º tri 2012Pib brasil 4º tri 2012
Pib brasil 4º tri 2012
 
Economia pib - brasil
Economia   pib - brasilEconomia   pib - brasil
Economia pib - brasil
 
Crescimento econômico e a pobreza/desigualdade brasileira: 1995-2009
Crescimento econômico e a pobreza/desigualdade brasileira: 1995-2009Crescimento econômico e a pobreza/desigualdade brasileira: 1995-2009
Crescimento econômico e a pobreza/desigualdade brasileira: 1995-2009
 
Histórico da economia brasileira- da colonização até aos dias de hoje. 2014
Histórico da economia brasileira- da colonização até aos dias de hoje. 2014Histórico da economia brasileira- da colonização até aos dias de hoje. 2014
Histórico da economia brasileira- da colonização até aos dias de hoje. 2014
 
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadasFicha 1  cultura da catedral- sociedade e cruzadas
Ficha 1 cultura da catedral- sociedade e cruzadas
 
Crescimento económico parte 1
Crescimento económico  parte 1Crescimento económico  parte 1
Crescimento económico parte 1
 
Produção e crescimento econômico
Produção e crescimento econômicoProdução e crescimento econômico
Produção e crescimento econômico
 
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
 
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do BrasilEconomia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
Economia Brasileira - Aula 01 - Formação Econômica do Brasil
 

Semelhante a PIB Municipal RS/2010

Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2
Arteris S.A.
 
Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11
Arteris S.A.
 
Apresentação teleconferência 2 t11
Apresentação teleconferência 2 t11Apresentação teleconferência 2 t11
Apresentação teleconferência 2 t11
Arteris S.A.
 
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Arteris S.A.
 
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t1230 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
sonaeri
 
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t1230 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
sonaeri
 

Semelhante a PIB Municipal RS/2010 (20)

PIB Municipal 2012
PIB Municipal 2012PIB Municipal 2012
PIB Municipal 2012
 
PECS - 2030 - Planejamento Estratégico de Crescimento Sustentável
PECS - 2030 - Planejamento Estratégico de Crescimento SustentávelPECS - 2030 - Planejamento Estratégico de Crescimento Sustentável
PECS - 2030 - Planejamento Estratégico de Crescimento Sustentável
 
Mercado Brasileiro de Seguros - Garantias - janeiro de 2015, por Luiz Roberto...
Mercado Brasileiro de Seguros - Garantias - janeiro de 2015, por Luiz Roberto...Mercado Brasileiro de Seguros - Garantias - janeiro de 2015, por Luiz Roberto...
Mercado Brasileiro de Seguros - Garantias - janeiro de 2015, por Luiz Roberto...
 
Palestra una 2016
Palestra una 2016Palestra una 2016
Palestra una 2016
 
PIB Municipal RS 2013
PIB Municipal RS 2013PIB Municipal RS 2013
PIB Municipal RS 2013
 
MPI 2010 - Perspectivas 2011 - Paulo Francini, Depecon/Fiesp
MPI 2010 - Perspectivas 2011 - Paulo Francini, Depecon/FiespMPI 2010 - Perspectivas 2011 - Paulo Francini, Depecon/Fiesp
MPI 2010 - Perspectivas 2011 - Paulo Francini, Depecon/Fiesp
 
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua ImportânciaO Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
O Crescimento do Mercado de Seguros e sua Importância
 
Apresentacao FIERGS - Julho de 2010. Por onde andam as finanças publicas do RS?
Apresentacao FIERGS - Julho de 2010. Por onde andam as finanças publicas do RS?Apresentacao FIERGS - Julho de 2010. Por onde andam as finanças publicas do RS?
Apresentacao FIERGS - Julho de 2010. Por onde andam as finanças publicas do RS?
 
Panorama tuístico (Fecomércio) - Audiência da Comissão de Turismo
Panorama tuístico (Fecomércio) - Audiência da Comissão de TurismoPanorama tuístico (Fecomércio) - Audiência da Comissão de Turismo
Panorama tuístico (Fecomércio) - Audiência da Comissão de Turismo
 
Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2Apres call 2_t10_v2
Apres call 2_t10_v2
 
Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11Apresentação 2 t11
Apresentação 2 t11
 
Apresentação teleconferência 2 t11
Apresentação teleconferência 2 t11Apresentação teleconferência 2 t11
Apresentação teleconferência 2 t11
 
Apimec resultados do 3 t03
Apimec   resultados do 3 t03Apimec   resultados do 3 t03
Apimec resultados do 3 t03
 
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
Apres call 1_t10_v2_correção tabela ebitda cv [modo de compatibilidade]
 
1 t10
1 t101 t10
1 t10
 
Um diagnóstico do rpps no rio grande do sul por que nossa insuficiencia de re...
Um diagnóstico do rpps no rio grande do sul por que nossa insuficiencia de re...Um diagnóstico do rpps no rio grande do sul por que nossa insuficiencia de re...
Um diagnóstico do rpps no rio grande do sul por que nossa insuficiencia de re...
 
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t1230 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
 
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t1230 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
30 06-2012 - divulgação de resultados 2 t12
 
Exportações do Rio Grande do Sul - Fevereiro de 2015
Exportações do Rio Grande do Sul - Fevereiro de 2015Exportações do Rio Grande do Sul - Fevereiro de 2015
Exportações do Rio Grande do Sul - Fevereiro de 2015
 
Fórum de debate PEC 241- Geraldo Biasoto Jr
Fórum de debate PEC 241- Geraldo Biasoto JrFórum de debate PEC 241- Geraldo Biasoto Jr
Fórum de debate PEC 241- Geraldo Biasoto Jr
 

Mais de Fundação de Economia e Estatística

Mais de Fundação de Economia e Estatística (20)

Idese 2015
Idese 2015Idese 2015
Idese 2015
 
O significado da retomada do crescimento em 2017
O significado da retomada do crescimento em 2017O significado da retomada do crescimento em 2017
O significado da retomada do crescimento em 2017
 
Evolução estrutural da indústria de transformação do RS — 2007-15
Evolução estrutural da indústria de transformação do RS — 2007-15Evolução estrutural da indústria de transformação do RS — 2007-15
Evolução estrutural da indústria de transformação do RS — 2007-15
 
Condições do mercado de trabalho foram mais severas para as mulheres em 2017
Condições do mercado de trabalho foram mais severas para as mulheres em 2017Condições do mercado de trabalho foram mais severas para as mulheres em 2017
Condições do mercado de trabalho foram mais severas para as mulheres em 2017
 
Desempenho do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre e...
Desempenho do mercado de trabalho  da Região Metropolitana de  Porto Alegre e...Desempenho do mercado de trabalho  da Região Metropolitana de  Porto Alegre e...
Desempenho do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre e...
 
Expectativas inflacionárias e política monetária
Expectativas inflacionárias e política monetáriaExpectativas inflacionárias e política monetária
Expectativas inflacionárias e política monetária
 
Taxa de desistência no ensino superior gaúcho atinge 64,1%
Taxa de desistência no ensino superior gaúcho atinge 64,1%Taxa de desistência no ensino superior gaúcho atinge 64,1%
Taxa de desistência no ensino superior gaúcho atinge 64,1%
 
Estimativas para a população flutuante do Litoral Norte do RS
Estimativas para a população flutuante do Litoral Norte do RSEstimativas para a população flutuante do Litoral Norte do RS
Estimativas para a população flutuante do Litoral Norte do RS
 
Desaceleração cíclica ou estrutural no comércio mundial?
Desaceleração cíclica ou estrutural no comércio mundial?Desaceleração cíclica ou estrutural no comércio mundial?
Desaceleração cíclica ou estrutural no comércio mundial?
 
PIB TRIMESTRAL DO RS 3.° trim./2017
PIB TRIMESTRAL DO RS 3.° trim./2017PIB TRIMESTRAL DO RS 3.° trim./2017
PIB TRIMESTRAL DO RS 3.° trim./2017
 
Informe PED-RMPA (Novembro/2017)
Informe PED-RMPA (Novembro/2017)Informe PED-RMPA (Novembro/2017)
Informe PED-RMPA (Novembro/2017)
 
Mercado formal de trabalho do RS estagna após forte retração
Mercado formal de trabalho do RS estagna após forte retraçãoMercado formal de trabalho do RS estagna após forte retração
Mercado formal de trabalho do RS estagna após forte retração
 
PIB Trimestral do RS 2º trimestre 2017
PIB Trimestral do RS 2º trimestre 2017PIB Trimestral do RS 2º trimestre 2017
PIB Trimestral do RS 2º trimestre 2017
 
Elevação do nível ocupacional reduz a taxa de desemprego
Elevação do nível ocupacional reduz a taxa de desempregoElevação do nível ocupacional reduz a taxa de desemprego
Elevação do nível ocupacional reduz a taxa de desemprego
 
FEDERALISMO E A QUESTÃO REGIONAL DO RS - Tomás Fiori
FEDERALISMO E A QUESTÃO  REGIONAL DO RS - Tomás FioriFEDERALISMO E A QUESTÃO  REGIONAL DO RS - Tomás Fiori
FEDERALISMO E A QUESTÃO REGIONAL DO RS - Tomás Fiori
 
A economia do RS no atual ciclo recessivo: já chegamos ao fundo do poço? - Je...
A economia do RS no atual ciclo recessivo: já chegamos ao fundo do poço? - Je...A economia do RS no atual ciclo recessivo: já chegamos ao fundo do poço? - Je...
A economia do RS no atual ciclo recessivo: já chegamos ao fundo do poço? - Je...
 
O Rio Grande do Sul no cenário nacional: há perda de dinamismo? - Cecília Hoff
O Rio Grande do Sul no cenário nacional: há perda de dinamismo? - Cecília HoffO Rio Grande do Sul no cenário nacional: há perda de dinamismo? - Cecília Hoff
O Rio Grande do Sul no cenário nacional: há perda de dinamismo? - Cecília Hoff
 
Principais atividades no Valor Adicionado dos municípios do RS
Principais atividades no Valor Adicionado dos municípios do RSPrincipais atividades no Valor Adicionado dos municípios do RS
Principais atividades no Valor Adicionado dos municípios do RS
 
As barreiras e os novos desafios para inovar
As barreiras e os novos desafios para inovarAs barreiras e os novos desafios para inovar
As barreiras e os novos desafios para inovar
 
Informe PED Especial - Jovens
Informe PED Especial - Jovens Informe PED Especial - Jovens
Informe PED Especial - Jovens
 

PIB Municipal RS/2010

  • 1. PIB Municipal 2010 FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais http://www.fee.rs.gov.br Porto Alegre, 12 de dezembro de 2012
  • 2. Variação nominal do PIB e setores do RS (2010-2009)
  • 3.
  • 4. Estatísticas dos municípios do RS em 2010:  Principal atividade o Agropecuária: 84 (16,94%) o Indústria: 37 (7,46%) o Serviços: 375 (75,60%)  Crescimento acima da média do RS: 223 (44,96%)  Crescimento abaixo da média do RS: 273 (55,04%)  Variação negativa no PIB: 40 (8,06%)
  • 5. MAPAS  PIB total  Agropecuária  Indústria  Serviços  PIB per capita Novembro/20
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. PIB Municipal 2010 Maiores e Menores Crescimentos FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais
  • 12.
  • 13.
  • 14. PIB Municipal 2010 - Municípios com maior e menor crescimento vs Rio Grande do Sul Participação por Setor (2009) PIB Per Capita (2009) % Participação no PIB do RS (2010) Agropecuária Indústria Serviços Rio Grande do Sul 9,86% 29,21% 60,93% R$ 19.778,39 100% 10 maiores crescimentos 25,78% 22,40% 51,82% R$ 15.597,90 1,14% 10 menores crescimentos 55,23% 3,57% 41,20% R$ 22.951,80 0,32% 10 Maiores Crescimentos 10 Menores Crescimentos RS
  • 15. PIB Municipal 2010 Destaques FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais
  • 16. Participação dos 40 maiores PIBs municipais no PIB do Rio Grande do Sul - 2010
  • 17.
  • 18. Crescimento do PIB nos dez destaques positivos
  • 19. 10 Destaques Positivos – 2010 Município Part. % PIB Δ% Agro. (10/09) Δ% Ind. (10/09) Δ% Serv. (10/09) Δ% PIB (10/09) São Gabriel 0,69% 10,46% 135,59% 30,07% 49,5% Vacaria 0,72% -3,64% 35,77% 48,59% 39,3% Cachoeirinha 2,49% -8,54% 27,22% 22,03% 32,9% Carazinho 0,68% 9,81% 40,42% 27,59% 29,6% Sapucaia do Sul 1,32% -8,90% 29,79% 26,65% 28,9% Caxias do Sul 8,95% -6,70% 29,92% 25,44% 27,9% São Leopoldo 2,35% 0,09% 32,29% 19,55% 23,7% Santa Rosa 0,90% 5,16% 31,52% 20,15% 23,1% Guaíba 1,41% -9,85% 16,75% 22,57% 23,1% Montenegro 1,03% 7,52% 25,38% 18,98% 22,8%
  • 20.
  • 21. Crescimento do PIB nos dez destaques negativos
  • 22. 10 Destaques Negativos – 2010 Município Part. % PIB Δ% Agro. (10/09) Δ% Ind. (10/09) Δ% Serv. (10/09) Δ% PIB (10/09) Canoas 6,55% -0,17% -7,42% 6,04% 1,9% Santa Cruz do Sul 1,91% -3,69% -7,06% 13,78% 7,0% Venâncio Aires 0,72% -4,48% -4,00% 24,09% 7,9% Camaquã 0,44% -12,11% 5,19% 15,21% 8,2% Cruz Alta 0,68% -26,71% 21,61% 9,96% 8,6% Marau 0,50% 14,14% 3,23% 17,86% 10,3% Alegrete 0,50% 16,95% -10,21% 17,11% 10,5% Triunfo 2,29% -11,60% 7,75% 22,38% 10,8% Esteio 1,02% 13,51% 24,60% 8,51% 11,2% Cachoeira do Sul 0,54% -17,33% 19,39% 16,43% 11,2%
  • 23.
  • 24. Municípios com Maior e Menor PIB per capita – 2010 Município Part. % PIB PIB per capita (em R$) Triunfo 2,29% 223.848,22 Pinhal da Serra 0,06% 76.834,61 Muitos Capões 0,09% 72.353,72 Garruchos 0,09% 68.672,25 Aratiba 0,15% 59.575,17 RS 100,00% 23.606,36 Barra do Guarita 0,01% 8.570,92 Redentora 0,03% 8.236,63 Itati 0,01% 8.085,73 Alvorada 0,58% 7.528,20 Caraá 0,02% 7.019,43
  • 25. Ranking dos 10 Maiores PIBs do RS 2009 Posição 2010 Posição Mudança 2009/2010 Porto Alegre 1 Porto Alegre 1 0 Canoas 2 Canoas 2 0 Caxias do Sul 3 Caxias do Sul 3 0 Rio Grande 4 Rio Grande 4 0 Gravataí 5 Gravataí 5 0 Triunfo 6 Triunfo 6 0 Novo Hamburgo 7 Novo Hamburgo 7 0 Santa Cruz do Sul 8 Santa Cruz do Sul 8 0 Pelotas 9 Pelotas 9 0 Passo Fundo 10 Passo Fundo 10 0
  • 26. 10 Maiores PIBs do RS - 2010 Δ% PIB PIB per capita Posição Município Part. % PIB Part. % Agropecuária Part. % Indústria Part. % Serviços (10/09) (em R$) 1 Porto Alegre 17,05% 0,12% 8,75% 22,28% 16,7% 30.524,80 2 Canoas 6,55% 0,02% 8,34% 6,48% 1,9% 51.070,03 3 Caxias do Sul 6,22% 0,85% 9,53% 5,18% 27,9% 36.034,46 4 Rio Grande 3,06% 0,88% 3,07% 2,54% 21,4% 39.228,07 5 Gravataí 2,80% 0,08% 5,25% 1,89% 22,2% 27.689,00 6 Triunfo 2,29% 0,29% 6,15% 0,79% 10,8% 223.848,22 7 Novo Hamburgo 2,14% 0,09% 2,01% 2,31% 18,2% 22.568,63 8 Santa Cruz do Sul 1,91% 0,59% 2,78% 1,40% 7,0% 40.671,53 9 Pelotas 1,81% 0,70% 1,24% 2,39% 17,5% 13.925,47 10 Passo Fundo 1,80% 0,38% 1,07% 2,42% 21,3% 24.618,50
  • 27. Ranking do 11º ao 20º Maior PIB do RS 2009 Posição 2010 Posição Mudança 2009/2010 Santa Maria 11 Cachoeirinha 11 2 São Leopoldo 12 São Leopoldo 12 0 Cachoeirinha 13 Santa Maria 13 -2 Bento Gonçalves 14 Bento Gonçalves 14 0 Esteio 15 Uruguaiana 15 1 Uruguaiana 16 Esteio 16 -1 Erechim 17 Erechim 17 0 Guaíba 18 Guaíba 18 0 Viamão 19 Sapucaia do Sul 19 2 Lajeado 20 Viamão 20 -1
  • 28. PIB Municipal 2010 FEE / Centro de Informações Estatísticas / Núcleo de Contas Regionais http://www.fee.rs.gov.br Porto Alegre, 12 de dezembro de 2012