O BRASIL E O MERCOSUL
Prof. Dr. André Luiz Reis da Silva (UFRGS)
Dezembro 2015
•
Bases do Mercosul
• Pensado e articulado nos anos 1980
• Idéia de um espaço de articulação contra a
marginalização no sist...
Bases e crononologia do Mercosul
• 1985 – Declaração de Iguaçu – Brasil Argentina
• 1991 – Entra em vigor Zona de Livre Co...
• 2006 – Ingresso da Venezuela no Mercosul
(dependia de aprovação)
• 2007 – Instituído Parlamento do Mercosul
• 2007 – Ini...
Tamanho do Mercosul
• 270 milhões de habitantes e um PIB em
torno de US$ 3 trilhões, o que representa
cerca de 83% do PIB ...
Avaliação do Mercosul: Negativa
• distintas visões de relações exteriores minaram a
negociação coletiva;
• a falta de coor...
Avaliação do Mercosul: Positiva
• empatia entre a inteligência brasileira e argentina
(com a multiplicação de encontros e ...
América Latina:
crise do neoliberalismo
Venezuela – Hugo Chavez (1998) reeleito (2000, 2006 e 2012- Maduro
2013)
Brasil – ...
A crise do neoliberalismo e a
ascensão da esquerda
• Com a vitória de governos de oposição, cujas campanhas
políticas se h...
Principais temas difíceis da Agenda
sul-americana do Brasil
• Agendas internas interagindo com temas de integração
• Integ...
A ALCA E OS NOVOS PROJETOS
• 2005- “Fim da ALCA”
• EUA- Acordos bilaterais e CAFTA-DR
• México – Plano Puebla Panamá
• Bra...
Venezuela e ALBA
(Aliança bolivariana para os povos de nossa América)
• Países: Venezuela (2004),
Cuba (2004), Bolívia
(20...
Estados Unidos
Tratados de Livre
Comércio (TLC)
Chile (2003)
Peru (Dez 2005)
Colômbia (Fev. 2006)
CAFTA (Acordo de Livre
C...
Aliança do Pacífico: concorrente?
• Peru, Chile, México e Colômbia + Costa
Rica
• Vários países observadores e em
processo...
Parceria Transpacífico (TPP)
• Brunei, Chile,
Nova
Zelândia,
Singapura,Singapura,
Austrália,
Canadá,
Japão,
Malásia,
Méxic...
Mais críticas ao Mercosul...
• Paradigma autonomista do Brasil não investiu
na supranacionalidade
• Brasil como “global pl...
Finalizando...
• O Mercosul potencializa o Brasil?
• O Mercosul é um importante espaço de
articulação regionalarticulação ...
• Obrigado!
Produto Interno Bruto
Reservas de Petróleo
Reservas comprovadas
petróleo América Sul
Gastos militares
América do Sul
Gastos Militares
O Mercosul potencializa o Brasil - André Reis
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Mercosul potencializa o Brasil - André Reis

333 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada durante o Painel “25 anos de Mercosul: implicações para além da economia”

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
333
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Mercosul potencializa o Brasil - André Reis

  1. 1. O BRASIL E O MERCOSUL Prof. Dr. André Luiz Reis da Silva (UFRGS) Dezembro 2015
  2. 2.
  3. 3. Bases do Mercosul • Pensado e articulado nos anos 1980 • Idéia de um espaço de articulação contra a marginalização no sistema internacional • Passagem da rivalidade à cooperação entre Brasil e ArgentinaBrasil e Argentina • Espaço da diplomacia “realista” nos anos 1990
  4. 4. Bases e crononologia do Mercosul • 1985 – Declaração de Iguaçu – Brasil Argentina • 1991 – Entra em vigor Zona de Livre Comércio (Tratado de Assunção) • 1995 – Entra e vigor processo de União Aduaneira (Protocolo Ouro Preto –1994) • 1995 – Acordo Marco de Cooperação com a UE• 1995 – Acordo Marco de Cooperação com a UE • 1996 – Associação do Chile e Bolívia • 1999 – crise do Mercosul • 2000 – lançamento do projeto IIRSA • 2003 – Associação do Peru • 2004 – Associação Colômbia e Equador • 2004 – Estabelecido o FOCEM
  5. 5. • 2006 – Ingresso da Venezuela no Mercosul (dependia de aprovação) • 2007 – Instituído Parlamento do Mercosul • 2007 – Inicio da criação da UNILA- Universidade Federal da Integração Latino-Americana • 2007 – criação da UNASUL• 2007 – criação da UNASUL • 2012- Paraguai suspenso do Mercosul – Venezuela ingressa no Mercosul • 2013 – Congresso paraguaio aceita ingresso Venezuela Mercosul (dezembro) • 2013- Dezembro: anunciado retorno Paraguai ao Mercosul
  6. 6. Tamanho do Mercosul • 270 milhões de habitantes e um PIB em torno de US$ 3 trilhões, o que representa cerca de 83% do PIB sul-americano e 70%cerca de 83% do PIB sul-americano e 70% da população da América do Sul.
  7. 7. Avaliação do Mercosul: Negativa • distintas visões de relações exteriores minaram a negociação coletiva; • a falta de coordenação comum nas políticas macroeconômicas e nas negociações nos fóruns multilaterais; • o processo não foi erigido sobre o fortalecimento dos• o processo não foi erigido sobre o fortalecimento dos núcleos econômicos nacionais, mas sobre o comércio; • não criou mecanismos de superação das desigualdades entre os membros; • a incompatibilidade das políticas cambiais provocou desconfianças e inúmeros contenciosos; • processo negociador muito complexo, sendo necessário acionar a cada decisão quatro processos decisórios autônomos
  8. 8. Avaliação do Mercosul: Positiva • empatia entre a inteligência brasileira e argentina (com a multiplicação de encontros e demolição de preconceitos) • a criação de uma zona de paz no Cone Sul; • a ampliação do comércio intrazonal;• a ampliação do comércio intrazonal; • a elevação do Mercosul a sujeito de direito internacional pelo protocolo de Outro Preto; • a produção de uma imagem positiva; • o fortalecimento da idéia de América do Sul.
  9. 9. América Latina: crise do neoliberalismo Venezuela – Hugo Chavez (1998) reeleito (2000, 2006 e 2012- Maduro 2013) Brasil – Lula (2002) reeleito 2006, Dilma (2010) (reeleita 2014) Argentina – Nestor kischner (2003) Cristina Kischner (2007) reel. (2011)- Macri- 2015Macri- 2015 Uruguai – Tabaré Vasquez – (2004) Pepe Mujica (2009) Tabaré (2014) Bolivia – Evo Morales (2005) reeleito (2009) (reeleito 2014) Equador – Rafael Correa (2006) Reeleito (2009, Nova Const.) Nicarágua – Daniel Ortega (2006) Reeleito (2011) Paraguai – Fernando Lugo (2008 – Golpe 2012- Franco até 2013) – Horácio Cartes 2013- colorado) El Salvador – Mauricio Funes (2009) Sanchez Cerén (2014) Peru: Olanta Humalla (2011)
  10. 10. A crise do neoliberalismo e a ascensão da esquerda • Com a vitória de governos de oposição, cujas campanhas políticas se haviam assentado na crítica ao neoliberalismo, a opinião pública avaliava negativamente a década neoliberal.neoliberal. • A nova América Latina, que emerge nos últimos anos, se encaminha para propostas reformistas, com diferentes gradações de intensidade, mas que tem como laço em comum a retomada da capacidade operativa do Estado no âmbito econômico, bem como do uso intenso de políticas sociais para combater a pobreza • Convergência pela integração
  11. 11. Principais temas difíceis da Agenda sul-americana do Brasil • Agendas internas interagindo com temas de integração • Integração – integração física, aduaneira e energética • Crise gás Bolívia (2006) – Nacionalização • Crise Eletricidade Paraguai (2009) – Renegociação preços • “Regionalização” do conflito colombiano; presença de tropas norte-americanas (Colômbia) • Militarização/securitização de temas sul-americanos • Assimetrias estruturais (tema do Mercosul) • TLCs com os EUA –TLCs+ (Peru, Colômbia e Chile) • Aliança do Pacífico- Área de Integração Profunda (Peru, Colômbia e Chile México) • Barganha diplomática com o Brasil – Uruguai e Argentina • Articulação Eixos Brasil-Argentina/Brasil-Venezuela/Argentina - Venezuela
  12. 12. A ALCA E OS NOVOS PROJETOS • 2005- “Fim da ALCA” • EUA- Acordos bilaterais e CAFTA-DR • México – Plano Puebla Panamá • Brasil- Mercosul, UNASUL• Brasil- Mercosul, UNASUL • Venezuela – ALBA • Aliança do Pacífico: • 2008- CALC :Cúpula da América Latina e do Caribe sobre Integração e desenvolvimento • 2010 – CELAC:Comunidade dos Estados Latino- americanos e Caribenhos (CELAC)
  13. 13. Venezuela e ALBA (Aliança bolivariana para os povos de nossa América) • Países: Venezuela (2004), Cuba (2004), Bolívia (2006), Nicarágua (2007) Dominica (2008), Honduras (2008-2009); Equador (2009) Antigua eEquador (2009) Antigua e Barbuda (2009); São Vicente e Granadinas (2009) • Havia expectativa de entrada do Paraguai, El Salvador e Peru
  14. 14. Estados Unidos Tratados de Livre Comércio (TLC) Chile (2003) Peru (Dez 2005) Colômbia (Fev. 2006) CAFTA (Acordo de Livre Comércio da América Central e República Dominicana) EUA, Costa Rica, El Salvador, Nicarágua, Honduras, Guatemala e República Dominicana
  15. 15. Aliança do Pacífico: concorrente? • Peru, Chile, México e Colômbia + Costa Rica • Vários países observadores e em processo de adesão. • Criado em 2012
  16. 16. Parceria Transpacífico (TPP) • Brunei, Chile, Nova Zelândia, Singapura,Singapura, Austrália, Canadá, Japão, Malásia, México, Peru, Estados Unidos e Vietnã - Verde escuro: Membros - Verde Claro: Anunciou interesse de aderir - Azul Futuros membros potenciais?
  17. 17. Mais críticas ao Mercosul... • Paradigma autonomista do Brasil não investiu na supranacionalidade • Brasil como “global player” desprestigiou o MercosulMercosul • Unasul teria secundado o Mercosul • Não desenvolveu a complementaridade econômica e redução de assimetrias • Crise econômicas teria priorizado agendas domésticas
  18. 18. Finalizando... • O Mercosul potencializa o Brasil? • O Mercosul é um importante espaço de articulação regionalarticulação regional • Protege as economias da região, principalmente a indústrias brasileiras • Colabora para dificultar o assédio das grandes potências na região • Fortalece o papel de liderança brasileira e de projeção global
  19. 19. • Obrigado!
  20. 20. Produto Interno Bruto
  21. 21. Reservas de Petróleo Reservas comprovadas petróleo América Sul
  22. 22. Gastos militares América do Sul Gastos Militares

×