O slideshow foi denunciado.

FEDERALISMO E A QUESTÃO REGIONAL DO RS - Tomás Fiori

46 visualizações

Publicada em

Apresentação do economista Tomás Fiori realizada no Painel FEE "O Rio Grande do Sul no contexto da Crise".
Data: 15/08/2017
Local: FEE

Publicada em: Governo e ONGs
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

FEDERALISMO E A QUESTÃO REGIONAL DO RS - Tomás Fiori

  1. 1. FEDERALISMO E A QUESTÃO REGIONAL DO RS Tomás Pinheiro Fiori Núcleo de Desenvolvimento Regional Centro de Estudos Econômicos e Sociais
  2. 2. “BOLO” TRIBUTÁRIO NACIONAL 2015 Estados Municípios Cota "fatia" Cota "fatia" Próprias 19,29% 11,27% ICMS 75% 15,42% 25% 5,14% IPVA 50% 0,94% 50% 0,94% ITCD 100% 0,34% - - IPTU - - 100% 1,60% ITBI - - 100% 0,58% ISS - - 100% 3,01% Outros - 2,59% - - Transferências 4,57% 4,86% IR 21,50%* 3,81% 23,50% 4,17% IPI 29%* 0,72% 26% 0,65% CIDE Comb. 21,75% 0,04% 7,25% 0,01% ITR - - 50% 0,03% Total 23,86% 16,13% * Incluída a parcela do IPI-exportação e excluída a parcela de 3% para os fundos constitucionais.
  3. 3. Distribuição da população em intervalos de PIB per capita municipal* Norte Nordeste C-O Sudeste Sul RS 1º 16,3% 7,2% 61,3% 63,7% 67,3% 61,9% 2º 30,1% 27,9% 19,8% 17,7% 23,2% 28,7% 3º 20,9% 16,7% 13,4% 13,2% 8,1% 7,4% 4º 19,0% 23,5% 4,7% 4,2% 1,4% 2,0% 5º 13,7% 24,8% 0,7% 1,2% 0,0% 0,0% * Intervalos em ordem decrescente de PIBpc, contendo 1114 municípios cada antes da estratificação por macrorregião e soma das populações.
  4. 4. NDR/CEES/FEE Coordenador Tomás Pinheiro Fiori tomas@fee.tche.br Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser Rua Duque de Caxias, 1691 Centro Histórico, Porto Alegre CEP: 90010-283 (51) 3216.9000 Muito obrigado!

×