EMPREGO DOMÉSTICO NO MERCADO
DE TRABALHO DA REGIÃO
METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE
Convênio: FEE, FGTAS, PMPA, DIEESE, SEADE...
Emprego doméstico na RMPA em 2013
• Com a aprovação da Emenda Constitucional nº 72,
de abril de 2013, que amplia os direit...
Emprego doméstico na RMPA em 2013
• São analisadas as informações das mulheres no emprego
doméstico, como uma maneira de m...
As empregadas domésticas na Região
Metropolitana de Porto Alegre
• Participação dos serviços domésticos no total de ocupad...
Gráfico 1
Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na
ocupação, RMPA – 2012 e 2013
Gráfico 2
Índices do nível de ocupação das mulheres empregadas domésticas,
por posição na ocupação, RMPA – 2012 e 2013
Gráfico 3
Estimativas das mulheres empregadas domésticas
RMPA – 2012 e 2013
Trabalho e local de moradia
• Em 2013, 32,1% das empregadas domésticas da RMPA residiam no
município de Porto Alegre e 67,...
Tabela 1
Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na
ocupação, segundo região de moradia, RMPA – 2012 ...
Tabela 2
Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na
ocupação, segundo região de moradia e de trabalho...
Jornada de trabalho e rendimentos
Gráfico 4
Jornada média semanal trabalhada no trabalho principal pelas
mulheres empregadas domésticas, por posição na ocup...
Gráfico 5
Rendimento médio real por hora das mulheres empregadas
domésticas, por posição na ocupação, RMPA – 2012 e 2013
V...
Proteção Social
Tabela 4
Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na
ocupação, segundo contribuição para a Previdência...
Considerações Finais
• Em 2013, diminuiu o número de empregadas domésticas na Região
Metropolitana de Porto Alegre.
• Redu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Emprego doméstico no mercado de trabalho da região metropolitana de porto alegre

2.092 visualizações

Publicada em


Emprego doméstico na Região Metropolitana de Porto Alegre em 2013
Publicado em 24/04/2014

Em 2013, diminuiu o número de empregadas domésticas na Região Metropolitana de Porto Alegre. Elevou-se o rendimento médio real por hora das diaristas e das mensalistas com carteira de trabalho. Mais de 80% das mensalistas sem carteira assinada e de 70% das diaristas não contribuem para a Previdência Social.

Publicada em: Notícias e política
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.092
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
95
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Emprego doméstico no mercado de trabalho da região metropolitana de porto alegre

  1. 1. EMPREGO DOMÉSTICO NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE Convênio: FEE, FGTAS, PMPA, DIEESE, SEADE-SP, MTE/FAT Abril de 2014 Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre PED-RMPA
  2. 2. Emprego doméstico na RMPA em 2013 • Com a aprovação da Emenda Constitucional nº 72, de abril de 2013, que amplia os direitos dos empregados domésticos, criou-se expectativa a respeito dos rumos dessa ocupação no Brasil. • Mesmo que alguns direitos não sejam imediatamente aplicáveis, pois ainda precisam de regulamentação, é possível perceber mudanças nas características do emprego doméstico, ocupação que vem sendo investigada, desde 1992, pela Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de
  3. 3. Emprego doméstico na RMPA em 2013 • São analisadas as informações das mulheres no emprego doméstico, como uma maneira de melhor entender esse segmento em situações típicas, uma vez que os homens, além de comporem uma parcela muito pequena, costumam exercer atividades com características bastante distintas das desempenhadas pelas mulheres, como as de motorista e de jardineiro. • O período investigado é o de 2012 e 2013, com dados sobre forma de contratação, região de moradia e de trabalho, jornada média de trabalho, rendimento médio real por hora e contribuição para a Previdência Social.
  4. 4. As empregadas domésticas na Região Metropolitana de Porto Alegre • Participação dos serviços domésticos no total de ocupados, em 2013, era de 5,1% • As mulheres representavam 96,6% dos ocupados inseridos neste segmento (87 mil trabalhadoras) • A parcela relativa de ocupadas no emprego doméstico apresentou redução de 11,4% na ocupação total feminina em 2012 para 10,7% em 2013.
  5. 5. Gráfico 1 Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na ocupação, RMPA – 2012 e 2013
  6. 6. Gráfico 2 Índices do nível de ocupação das mulheres empregadas domésticas, por posição na ocupação, RMPA – 2012 e 2013
  7. 7. Gráfico 3 Estimativas das mulheres empregadas domésticas RMPA – 2012 e 2013
  8. 8. Trabalho e local de moradia • Em 2013, 32,1% das empregadas domésticas da RMPA residiam no município de Porto Alegre e 67,9% nos demais municípios da RMPA. • Como parcela importante das empregadas domésticas mora fora do Município de Porto Alegre, a questão do deslocamento é um tema relevante na análise desta ocupação.
  9. 9. Tabela 1 Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na ocupação, segundo região de moradia, RMPA – 2012 e 2013
  10. 10. Tabela 2 Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na ocupação, segundo região de moradia e de trabalho, RMPA – 2012 e 2013
  11. 11. Jornada de trabalho e rendimentos
  12. 12. Gráfico 4 Jornada média semanal trabalhada no trabalho principal pelas mulheres empregadas domésticas, por posição na ocupação, RMPA – 2012 e 2013
  13. 13. Gráfico 5 Rendimento médio real por hora das mulheres empregadas domésticas, por posição na ocupação, RMPA – 2012 e 2013 Valores em R$ de nov./13
  14. 14. Proteção Social
  15. 15. Tabela 4 Distribuição das mulheres empregadas domésticas, por posição na ocupação, segundo contribuição para a Previdência Social, RMPA – 2012 e 2013
  16. 16. Considerações Finais • Em 2013, diminuiu o número de empregadas domésticas na Região Metropolitana de Porto Alegre. • Redução da jornada de trabalho, principalmente, entre as mensalistas. • Elevou-se o rendimento médio real por hora das diaristas e das mensalistas com carteira assinada. • Mais de 80% das mensalistas sem carteira assinada e de 70% das diaristas não contribuem para a Previdência Social.

×