DISTRIBUIÇÃO DA RENDA, CONFIANÇA E  CIVISMO: UMA AVALIAÇÃO CRÍTICA DE    COMUNIDADE E DEMOCRACIA, DE            ROBERT PUT...
Origem do questionamento   A problemática da pesquisa origina-se dosestudos desenvolvidos por Paiva (2004) e Ramose Mariño...
Problema de pesquisa  Qual a relação da distribuição equitativa darenda na comunidade cívica, no desempenhoinstitucional  ...
Hipótese  A distribuição equitativa da renda, dapropriedade e o capital humano conduzem aodesenvolvimento de uma comunidad...
Objetivo geral  Apresentar e avaliar criticamente a teoria dedesenvolvimento regional de Putnam propondoum novo padrão de ...
O estudo de Robert Putnam    A questão central no estudo de Putnam(2005, p.19-22) foi “por que alguns governosdemocráticos...
Instituições  As instituições são mecanismos para alcançarpropósitos, não apenas para alcançar acordos(PUTNAM, 2005, p. 24...
Desempenho institucional- o projeto institucional, em “Considerações sobre o governo representativo” de John Stuart Mill.-...
Desempenho institucional  É explicado apresentando a tese de Platão evários contemporâneos seus que concluíram queo êxito ...
Comunidade cívica   Uma comunidade cívica é caracterizada pelointeresse e participação de seus indivíduos nas questõespúbl...
Virtuais interações do CC, DE e DI   Civismo                            Desenvolvimento socioeconômicodécada de 1900      ...
Reais interações CC, DE e DI   Civismo                                  Desenvolvimento socioeconômicoDécada de 1900      ...
Crítica teórica da obra de Putnam1) não está claro em seu estudo a origem da confiança           tradições   cívicas.2) a ...
Crítica categorial das variáveis utilizadas por   Putnam1) Indicadores CC e DI são muito próximos em    suas medidas2) CC ...
Crítica metodológico-estatístico do trabalho dePutnam Análise fatorial Imputação de dados MAUP - problema das unidades de ...
O impacto das dimensões econômicas na   comunidade    cívica e no  desempenho   institucionalKnack e Keefer (1997) - Does ...
Técnica estatística de regressão linear commétodo setpwiseVariável dependente: ConfMédiaInstPúbVariáveis independentes pot...
Resultados dos testes de regressãoR² ajustado = 0,659(1) ConfMédiaInstPúb = 0,648 ConfGrandEmp +  0,281 TxvarPNB + 0,190 T...
R² ajustado = 0,584(4) TxvarPNB = - 1,120 ReconvKista - 0,534  PNBpercapinper – 0,518 Civic (2005) - 0,457  GiniNetSolt80-...
Considerações finais  Há       problemas     teóricos,     categoriais      emetodológicos/estatísticos   observados    no...
Contribuições dessa tese1) sua originalidade já que retesta uma teoria, utilizando  um padrão teórico diferente de análise...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rosa Valentim - Distribuição da Renda, Confiança e Civismo.

483 visualizações

Publicada em

Avaliação do desenvolvimento regional de Putnam, incorporando informações sobre distribuição da propriedade, desigualdade de renda e capital humano.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
483
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rosa Valentim - Distribuição da Renda, Confiança e Civismo.

  1. 1. DISTRIBUIÇÃO DA RENDA, CONFIANÇA E CIVISMO: UMA AVALIAÇÃO CRÍTICA DE COMUNIDADE E DEMOCRACIA, DE ROBERT PUTNAM Rosa Valentim Orientador: Prof Dr. Carlos A. N. PaivaCo-orientadora: Profª Drª. Marília P. Ramos
  2. 2. Origem do questionamento A problemática da pesquisa origina-se dosestudos desenvolvidos por Paiva (2004) e Ramose Mariño (2004). PAIVA, Carlos A. N. Capital social, comunidade, democracia e oplanejamento no RS: uma avaliação de suas possibilidades à luz da história.In: WITTMANN, M. L.; RAMOS, M. P. (Org) Desenvolvimento regional:capital social, redes e planejamento. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004. RAMOS, Marília P.; MARIÑO, Juan Mario F. Condicionantes históricos dodesenvolvimento capitalista global em nível regional. In: WITTMANN, M. L.;RAMOS, M. P. (Org.) Desenvolvimento regional: capital social, redes eplanejamento. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004.
  3. 3. Problema de pesquisa Qual a relação da distribuição equitativa darenda na comunidade cívica, no desempenhoinstitucional e, consequentemente, nodesenvolvimento socioeconômico?
  4. 4. Hipótese A distribuição equitativa da renda, dapropriedade e o capital humano conduzem aodesenvolvimento de uma comunidade cívicaque, por sua vez, leva ao desempenhoinstitucional e ao desenvolvimentosocioeconômico.
  5. 5. Objetivo geral Apresentar e avaliar criticamente a teoria dedesenvolvimento regional de Putnam propondoum novo padrão de determinação teórico-analítica, incorporando informações sobredistribuição da propriedade, desigualdade derenda e capital humano.
  6. 6. O estudo de Robert Putnam A questão central no estudo de Putnam(2005, p.19-22) foi “por que alguns governosdemocráticos têm bom desempenho e outrosnão? Quais são as condições necessárias paracriar instituições fortes , responsáveis eeficazes? “
  7. 7. Instituições As instituições são mecanismos para alcançarpropósitos, não apenas para alcançar acordos(PUTNAM, 2005, p. 24). Demandas sociais → interação política →governo → opção de política → implementação
  8. 8. Desempenho institucional- o projeto institucional, em “Considerações sobre o governo representativo” de John Stuart Mill.- os fatores sócio-econômicos, em “A política” de Aristóteles.- os fatores sócio-culturais, em “A República” de Platão.
  9. 9. Desempenho institucional É explicado apresentando a tese de Platão evários contemporâneos seus que concluíram queo êxito ou fracasso das instituições livresdependia do caráter dos cidadãos, ou seja, desua “virtude cívica”.
  10. 10. Comunidade cívica Uma comunidade cívica é caracterizada pelointeresse e participação de seus indivíduos nas questõespúblicas, no bem-estar coletivo em detrimento dointeresse puramente individual e particular. A cidadania,em uma comunidade cívica, implica igualdade política,solidariedade, confiança e tolerância. “Tal comunidadeserá tanto mais cívica quanto mais a política seaproximar do ideal de igualdade política entre cidadãosque seguem as regras de reciprocidade e participam dogoverno” (PUTNAM, 2005, p. 102).
  11. 11. Virtuais interações do CC, DE e DI Civismo Desenvolvimento socioeconômicodécada de 1900 Década de 1900 Civismo Desenvolvimento socioeconômicoDécada de 1970 Década de 1970 Desempenho Institucional Década de 1980
  12. 12. Reais interações CC, DE e DI Civismo Desenvolvimento socioeconômicoDécada de 1900 Década de 1900 Civismo Desenvolvimento socioeconômicoDécada de 1970 Década de 1970 Desempenho Institucional Década de 1980
  13. 13. Crítica teórica da obra de Putnam1) não está claro em seu estudo a origem da confiança tradições cívicas.2) a falta de uma relação teórica clara entre o conceito de comunidade cívica e as variáveis testadas em sua pesquisa.3) não aprofunda em seus estudos a discussão em termos das categorias de desenvolvimento socioeconômico modernidade socioeconômica4) visão de desenvolvimento socioeconômico medido pela industrialização e grau de urbanização das regiões utilizada por Putnam é uma perspectiva viesada da categoria de desenvolvimento e democracia em Aristóteles
  14. 14. Crítica categorial das variáveis utilizadas por Putnam1) Indicadores CC e DI são muito próximos em suas medidas2) CC foi medida quase no mesmo período de tempo (exceção VP)3) a igualdade política e a confiança foram abstraídas de suas medidas (TC, CC e DE)
  15. 15. Crítica metodológico-estatístico do trabalho dePutnam Análise fatorial Imputação de dados MAUP - problema das unidades de áreamodificáveis
  16. 16. O impacto das dimensões econômicas na comunidade cívica e no desempenho institucionalKnack e Keefer (1997) - Does Social Capital Have an Economic Payoff? A Cross-Country InvestigationBase de dados - World Value Survey - WVS (2005-2006) - European Value Survey - EVS (2000)
  17. 17. Técnica estatística de regressão linear commétodo setpwiseVariável dependente: ConfMédiaInstPúbVariáveis independentes potenciais: TxvarPNB,PNBpercapinper, GiniNetSolt80-85,GiniGrosSolt80-05, ReconvKista ,ConfGrandEmp, TrComp, ExGanGan, Trust(2005), Civic (2005), Gruperten05,Grupativo05, P-GrupKK05, O-GrupKK05,Analf15anos80
  18. 18. Resultados dos testes de regressãoR² ajustado = 0,659(1) ConfMédiaInstPúb = 0,648 ConfGrandEmp + 0,281 TxvarPNB + 0,190 Trust (2005)R² ajustado = 0,457(2) Trust (2005) = - 0,737 GiniNetSolt80-85 - 0,430 ReconvKistaR² ajustado = 0,614(3) ConfGrandEmp = 0,716 ConfMédiaInstPúb + 0,256 GiniNetSolt80-85
  19. 19. R² ajustado = 0,584(4) TxvarPNB = - 1,120 ReconvKista - 0,534 PNBpercapinper – 0,518 Civic (2005) - 0,457 GiniNetSolt80-85 - 0,275 Grupativo05R² ajustado = 0,396(5) TxvarPNB = - 0,733 ReconvKista - 0,556 PNBpercapinper - 0,403 GiniNetSolt80-85
  20. 20. Considerações finais Há problemas teóricos, categoriais emetodológicos/estatísticos observados no estudorealizado por Putnam nas regiões italianas, que tornamseus argumentos não totalmente suficientes parafundamentar sua tese. Os resultados obtidos nessa tese negam a pertinênciada oposição entre “determinações cívico-culturais”(hipótese platônica) e determinações “socioeconômicas”(hipótese aristotélica). O civismo, a confiança generalizada, a confiança nasinstituições públicas e privadas mostram-sefundamentais. Mas elas não podem ser tomadas, nemcomo ponto de partida, nem como variável suficiente daexplicação para o desenvolvimento socioeconômico.
  21. 21. Contribuições dessa tese1) sua originalidade já que retesta uma teoria, utilizando um padrão teórico diferente de análise, de natureza mais econômica daquela proposta por Putnam;2) o rigoroso reteste das análises de Putnam utilizando um banco de dados mundial e mais contemporâneo que o usado pelo autor;3) uma explicação alternativa para o desenvolvimento regional, levando-se em conta os fatores socioeconômicos na determinação do desempenho institucional e, consequentemente, do desenvolvimento das diversas regiões. Além de original e inovadora, acredita-se que essa tese possa proporcionar um ponto de partida para futuros estudos em outros contextos.

×