DOSIMETRIA DE RUÍDO
No Brasil quando falamos em dosimetria de ruído temos que levar em
consideração duas normas a NR 15 e ...
Vamos interpretar o q = 5:
Se você for na tabela acima, verificamos que o LT para 8 horas de exposição é 85
dB(A), então s...
Obs: a tabela esta resumida, para obter a tabela consulte a NHO 01 que esta
disponível no link acima.
Vamos interpretar o ...
O que podemos conluir com isso?
CONCLUSÃO
Vamos resumir as duas tabelas para que possamos fazer as comparações:

Podemos v...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dosimetria de ruído incremento de duplicidade q

582 visualizações

Publicada em

ruído

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
582
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dosimetria de ruído incremento de duplicidade q

  1. 1. DOSIMETRIA DE RUÍDO No Brasil quando falamos em dosimetria de ruído temos que levar em consideração duas normas a NR 15 e seu Anexo 01 e a NHO 01 da Fundacentro. Você sabe quando usar o Anexo 1 da NR 15 ou NHO 01 da Fundacentro? É bem simples: Quando falamos em NR 15 a exigência é do Ministério do Trabalho, ou seja, para fazer PPRA, PCMAT e Laudo de Insalubridade. Quando falamos NHO 01 a exigência é do Ministério da Previdência, ou seja, para elaborar LTCAT e PPP. Mas você sabe a diferença de um para o outro? Você já ouviu falar de incremento de Duplicação de Dose (q)? Se não, ta na hora de você entender a dosimetria de ruído. DOSIMETRIA NR 15 Para se realizar uma dosimetria de ruído pela NR 15, o dosimetro digital tem que estar configurado com o incremente de duplicação de dose q = 5, ou seja, deve se usar a tabela de Limite de Tolerância da NR 15 (disponível emhttp://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080812BE914E6012BEF2FA9E54BC6/nr_ 15_anexo1.pdf). Segue a tabela:
  2. 2. Vamos interpretar o q = 5: Se você for na tabela acima, verificamos que o LT para 8 horas de exposição é 85 dB(A), então se somar mais 5 dB(A) o LT cai pela metade, ou seja, para uma exposição de 4 horas o LT é de 90 dB(A). E assim por diante some mais 5 dB(A) e o LT cai novamente pela metade, 2 horas o LT é de 95 dB(A). DOSIMETRIA NHO 01 Para se realizar uma dosimetria de ruído pela NHO 01, o dosimetro digital tem que estar configurado com o incremente de duplicação de dose q = 3, ou seja, deve se usar a tabela de Limite de Tolerância da NHO 01 (diponível emhttp://www.fundacentro.gov.br/dominios/ctn/anexos/Publicacao/NHO01.pdf). Segue a tabela:
  3. 3. Obs: a tabela esta resumida, para obter a tabela consulte a NHO 01 que esta disponível no link acima. Vamos interpretar o q = 3: Se você for na tabela acima, verificamos que o LT para 8 horas ou 480 minutos de exposição é 85 dB(A), então se somar mais 3 dB(A) o LT cai pela metade, ou seja, para uma exposição de 4 horas ou 240 minutos o LT é de 88 dB(A). E assim por diante some mais 3 dB(A) e o LT cai novamente pela metade, 2 horas ou 120 minutos o LT é de 91 dB(A).
  4. 4. O que podemos conluir com isso? CONCLUSÃO Vamos resumir as duas tabelas para que possamos fazer as comparações: Podemos verificar que na tabela a exposição para 8 horas o LT para as duas normas são iguais, ou seja, 85 dB(A), a partir daíjá muda completamente o LT de uma para outra. Para uma exposição de 2 horas o LT da NR é de 95 dB(A) e da NHO 01 é de 91 dB(A). Podemos concluir então que a NHO 01 protege muito mais que a NR 15 que é uma legislação antiga. Porém todas as empresas tem que fazer as duas dosimetrias. Quando você for fazer uma dosimetria no ambiente de trabalho faça as duas legislação, não existe formula para fazer a transformação, então utilize um aparelho que consiga fazer as duas ao mesmo tempo (q = 5 e q = 3), ou use dois dosímetros, um configurado com o q = 5 e o outro com o q = 3.

×