O COMPORTAMENTO INFORMACIONAL DOS
ALUNOS DE FONOAUDIOLOGIA
DA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS.

Felipe Augusto Arakaki
L...
Sumário
➢ Introdução
➢ Problema
➢ Justificativa
➢ Objetivos
➢ Metodologia
➢ Análise do resultados
➢ Considerações
➢ Referê...
INTRODUÇÃO
Desde antiguidade, a biblioteca é o maior centro onde reúne
diversas obras que concentram todo conhecimento já ...
Nesse sentido, os Estudos de usuários são investigações e “[...]
possibilita a identificação das necessidades dos usuários...
O QUE É COMPORTAMENTO INFORMACIONAL?
“O comportamento informacional é uma área dentro do
comportamento de estudos de usuár...
Segundo Wilson (2000, apud Martínez-Silveira; Oddone, 2007,
p. 121), “[o] comportamento informacional é todo comportamento...
GRUPO ESTUDADO
O curso de Fonoaudiologia foi fundado em 1989, e desde então
têm se destacado pela estrutura curricular cap...
PROBLEMA

Tendo em vista que a pesquisa e a realização de trabalhos
pelos discentes de Fonoaudiologia são processos ineren...
JUSTIFICATIVA

Este trabalho foca os alunos de Fonoaudiologia, pois, a área da
saúde vive em constante atualização.

Acred...
OBJETIVOS

•
•
•
•

Identificar quais as fontes de informação utilizadas pelos
graduandos de Fonoaudiologia;
Identificar o...
METODOLOGIA
Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que busca entender em
quais lugares (bases de dados, internet) os alunos...
Antes da aplicação do questionário aos alunos de
Fonoaudiologia, foi realizado um pré-teste com alunos da área de
Terapia ...
ANÁLISE DOS RESULTADOS
Questão 1
Questão 2
Questão 3
Questão 4
Idiomas
Questão 5
Questão 6
Questão 7
Questão 8
Questão 9
Questão 10
CONSIDERAÇÕES
Com esse estudo, foi possível identificar quais tipos e
fontes de informação, os lugares, o tipo de suporte ...
Outro dado importante foi que eles não pedem auxílio para
utilização referentes as fontes de informação, isso é outro pont...
REFERÊNCIAS
MARTÍNEZ-SILVEIRA, Martha; ODDONE, Nanci. Necessidades e comportamento informacional: conceituação e
modelos. ...
OBRIGADO!
fe.araki@marilia.unesp.br
lauriele.mlopes@gmail.com
suzi@marilia.unesp.br
vivisilva@marilia.unesp.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O COMPORTAMENTO INFORMACIONAL DOS ALUNOS DE FONOAUDIOLOGIA DA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS

380 visualizações

Publicada em

Trabalho final entregue à disciplina Estudos de Usuário ministrada pela docente Helen de Castro ao 3° ano de Biblioteconomia.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
380
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O COMPORTAMENTO INFORMACIONAL DOS ALUNOS DE FONOAUDIOLOGIA DA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS

  1. 1. O COMPORTAMENTO INFORMACIONAL DOS ALUNOS DE FONOAUDIOLOGIA DA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS. Felipe Augusto Arakaki Lauriele Martins Lopes Suzi Martins Ferreira Viviane Silva de Oliveira Disciplina: Estudo de Usuário Docente: Helen de Castro 3º ano de Biblioteconomia Marília-SP 2014
  2. 2. Sumário ➢ Introdução ➢ Problema ➢ Justificativa ➢ Objetivos ➢ Metodologia ➢ Análise do resultados ➢ Considerações ➢ Referências
  3. 3. INTRODUÇÃO Desde antiguidade, a biblioteca é o maior centro onde reúne diversas obras que concentram todo conhecimento já registrado. A partir da década de 90, com a ascensão da Internet e da produção científica, uma pessoa que deseja ou necessita de alguma informação, não recorre mais exclusivamente à biblioteca para localizar a informação que queira. Tendo em vista este cenário, um ramo da biblioteconomia busca entender entre outras coisas as questões inerentes como o usuário busca informação, em que ambientes ele percorre para recuperar informação, como ele usa novos sistemas de informação para busca de informação que estão de certa forma ligados aos Estudos de usuários.
  4. 4. Nesse sentido, os Estudos de usuários são investigações e “[...] possibilita a identificação das necessidades dos usuários, [...] fornece[ndo] subsídios para o planejamento de produtos e serviços mais ajustados a sua comunidade [...]” (OLIVEIRA, 2010, p. 15). Há várias tipologias de estudos de usuários possíveis de serem aplicados, o que aplicado neste trabalho foi o de Comportamento Informacional.
  5. 5. O QUE É COMPORTAMENTO INFORMACIONAL? “O comportamento informacional é uma área dentro do comportamento de estudos de usuários que tem sido assunto de muitas pesquisas e debates na Biblioteconomia e Ciência da Informação [...]” (SILVA, 2007, p. 26), tem se desenvolvido nos últimos anos, e está relacionado com a maneira de como os indivíduos são influenciados e como eles se comportam em relação aos sistemas de informação disponíveis.
  6. 6. Segundo Wilson (2000, apud Martínez-Silveira; Oddone, 2007, p. 121), “[o] comportamento informacional é todo comportamento humano relacionado às fontes e canais de informação, incluindo a busca ativa e passiva de informação e o uso da informação.” Ou seja, é a ação executada pelo indivíduo para satisfazer suas necessidades informacionais, seja ela de aspecto social ou particular.
  7. 7. GRUPO ESTUDADO O curso de Fonoaudiologia foi fundado em 1989, e desde então têm se destacado pela estrutura curricular capaz de interagir com distintas áreas do conhecimento em diversos momentos o curso recebeu as maiores notas em avaliações como do MEC e ENADE. (UNESP, 2013). As aulas do curso são distribuídas ao longo do dia, oferece 35 novas vagas por ano, atualmente a relação candidato/vaga é de 5/9, com duração de 4 anos, ao término do curso a formação do aluno é em bacharel.
  8. 8. PROBLEMA Tendo em vista que a pesquisa e a realização de trabalhos pelos discentes de Fonoaudiologia são processos inerentes não apenas ao trabalho de conclusão de curso como também de formação e nível intelectual, questiona-se onde eles estão realizando suas buscas para realização de suas pesquisas escolares?
  9. 9. JUSTIFICATIVA Este trabalho foca os alunos de Fonoaudiologia, pois, a área da saúde vive em constante atualização. Acredita que este estudo auxiliará nas atividades da biblioteca da faculdade em questão, pois revelará o comportamento informacional de um grupo específico de usuários e assim eles poderão melhor se adequar as necessidades informacionais desse grupo.
  10. 10. OBJETIVOS • • • • Identificar quais as fontes de informação utilizadas pelos graduandos de Fonoaudiologia; Identificar o suporte que tem preferência (impresso ou digital); Verificar quais os locais em que realizam as buscas; Apontar os critérios utilizados no momento da busca.
  11. 11. METODOLOGIA Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que busca entender em quais lugares (bases de dados, internet) os alunos de fonoaudiologia localizam a informação que necessitam. O universo da pesquisa se propõe a estudar o comportamento informacional desses alunos totalizando cerca de 140 estudantes. A coleta de dados foi realizada por meio de um questionário com 10 perguntas de múltipla escolha, direcionando a pesquisa para responder os questionamentos desse trabalho.
  12. 12. Antes da aplicação do questionário aos alunos de Fonoaudiologia, foi realizado um pré-teste com alunos da área de Terapia Ocupacional pela semelhança do perfil dos alunos de Fonoaudiologia. Foram respondidos e analisados 56 questionários do primeiro ao quarto ano de Fonoaudiologia.
  13. 13. ANÁLISE DOS RESULTADOS
  14. 14. Questão 1
  15. 15. Questão 2
  16. 16. Questão 3
  17. 17. Questão 4
  18. 18. Idiomas
  19. 19. Questão 5
  20. 20. Questão 6
  21. 21. Questão 7
  22. 22. Questão 8
  23. 23. Questão 9
  24. 24. Questão 10
  25. 25. CONSIDERAÇÕES Com esse estudo, foi possível identificar quais tipos e fontes de informação, os lugares, o tipo de suporte de que forma eles buscam informações para realização de suas pesquisas. Dessa forma, os estudos revelaram que os alunos de Fonoaudiologia da UNESP de Marília utilizam em grande parte, fontes primárias para realizar suas pesquisas como a maioria de livros e artigos.
  26. 26. Outro dado importante foi que eles não pedem auxílio para utilização referentes as fontes de informação, isso é outro ponto a ser explorado, de identificar o por quê desse grande número de usuários não pedem auxílio em sua utilização. Por fim, o trabalho proporcionou ao grupo viver algumas dificuldades que poderemos enfrentar no futuro, tanto na abordagem de pessoas, como na importância estruturar um estudo de usuário de um grupo e assim mapear o comportamento informacional.
  27. 27. REFERÊNCIAS MARTÍNEZ-SILVEIRA, Martha; ODDONE, Nanci. Necessidades e comportamento informacional: conceituação e modelos. Ciência da Informação, Brasília, v. 36, n. 2, maio/ago. 2007, p. 118-127. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ci/v36n2/12.pdf>. Acesso em: 04 nov. 2013. OLIVEIRA, Etiene Siqueira de. Comportamento Informacional de pós-graduandos de Educação: estudo sobre as variáveis intervenientes. 2010. 76 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Biblioteconomia) – Faculdade de Filosofia e Ciências – UNESP. Marília, 2010. SILVA, Marli Vitor da. O comportamento informacional de professores de pós-graduação das reas de Ciência Humanas e Sociais. 2007. 72 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Biblioteconomia) – Faculdade de Filosofia e Ciências – UNESP. Marília, 2007.
  28. 28. OBRIGADO! fe.araki@marilia.unesp.br lauriele.mlopes@gmail.com suzi@marilia.unesp.br vivisilva@marilia.unesp.br

×