O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Chico bento moço ed.05

9.175 visualizações

Publicada em

Primeira semana na faculdade... Sempre tem nervosismo, vamos ler cartas do Chico ao longo da edição

Publicada em: Diversão e humor
  • Seja o primeiro a comentar

Chico bento moço ed.05

  1. 1. *a 9 ¡WK L 5:: k ' 77/777? BEM' , Jud BY ÉÍJA ra na EIBII (Í-L/ ?Fk . .ÇÍ ' #Li x'- 'x 5*. w l
  2. 2. o : :uma oo CORONEL só cRz-: sceu EM TAMAN ARROGÃNCIA. Así: : com 49 mas P09 SER RICO 'i E SEU PA¡ TER MUITAS posses ROSINHA TEM 47 M405. É UMA¡ MOÇA MIJ| TO LINDA. W AINDA _ EQmÂAEMENTE HOJE ELA E A DIRETORA no COLÉGIO DE ' N m PELO VILA ABOSRINHA E sem: MU| TD ORGULHO APAIÊÉIC? ) , Emmy no TRABALHO QUE TEVE NA EDUCAÇÃO D06 SEUS EX-ALUNOS. DE QUEM É A 5EU 50NH0 É 559 GRANDE AMIGA E 'A5 vezes CONSELHEIRA. VETERINÃROA. CURSO QUE VAI ESTUDAR NA CIDADE DE w CAMPO5 VERDES. ' mr¡ VAI CURSAR Paoaszêü °“7^°E DE Ptzssnoem-E NE5TE MAPA, VOCÊ PODE TER UMA IDEIA MELHOÊ DAS _ FONSECA. seu O|5TÂNC| A5 ou: NOSSA e Vou-M, ¡ SUA ¡URMA PERCORRE o: CIDADE F CIDADE e Mama¡ E Em CIDADE, E ONDE E QUE t mam o ¡Nswo E5TUDAM E V| VEM HOJE EM ¡ DA escuto, sseuwpo um, vamos VIAJAR JUNTOS? › Os PAssos p¡ SUA Ex_ e só SEGUIR o MAPA. pnmsssm M9006. A - CAMPOS vaazoes B - NOVA ESPERANÇA C - V| LA ABOBRWHA D - PRESIDENTE FONSECA
  3. 3. a Hnumnunm mmmwmm Querido; mãe &pa; Na Edição Anterior. .. Rosinha começa a sua nova vida na cidade, onde vai , estudar Veterinária. São muitas surpresas e desaños que ela terá que enfrentar, além de aprender a conviver com a saudade do Chico! vwmcto DE SOUSA PHODUÇOES ~ sms-L / zon
  4. 4. “Laura/ n pra. contar como foi 4 »sin/ va primata ; emana da aula! " iv' li¡ f »a ll! à | _Igglllllllu_ 4 L 'ÍIWÍVIÉÍW' "W/ J 'i "E como ira. um outro pai» fttaruma I_ g_ , _ Ú rrâW-*t-ii' DA CIDADE NÂO amem woman:
  5. 5. -* '“"°°°4' ' 'L sosrou É 'f oo MEU NÂO! NÂO! HÁ! HÁ! _ GALO PREFIRO o CADÉ o seu senso . , DQQNE? Aszusnossi DE HUMOR? . En, ZECA. .. QUEM eszA A TAL DA 'GISEROA' COM QUEM o CHICO SONHAVA? CARA. QUE "g7 'W MAUS FALAR âALislTAAüE ESTIMAÇÃO ! . z . 'p . . . ._, W °^°É V 'com murro If - s. › i t oeEu ' " Ma" - . ÍÊÍKÉÊÉEÉESÉ z a . . vrzAuMANiMAu '- . f ñ A¡ i a ; ã _ v¡ « . .E t r : '40 É! DESPERTADOR REMOTO ADAPTADO USANDO SENSOR NTERNO ORIGINAL! AGORA, ME DEIXA TOMAR UM BANHO! r vocês 'nto DE BOA? NAA- somos PARENTES! zoAMos um COM o oLmzo osso:
  6. 6. BOM_ f” ›_v. ií_. . : u.f_v. .__-_-, .v_7.. › ; . z. v. . _› _ ; AH voüs MELHORA 17/6 _. ,. . . 6ENTEIR›NÉ› -éa _. ' _ , _ ux/ uxiancuo ESTÊÊÃÀQÊNW 'V *' ' 4 A' n A' A ' ' P” “ma” CALOURO NEV O5 DO SITIO! 'V PROVAVELMEN-; a o NAQUELA ÉPOCA. ESTUDAR mma . Emo. vao em UM PRIVILEGIO! E os que °^5 UNWERSW^°ES “Tãfàlü ? LWÉÊTÊÊIM MEDIEVAIS! QUE JA ESTUDAVAM LA_ MELHOR DEIXAR O CHAPÉU! E MUITO M100! a (n: n. / ^ ', __ III . . .. LFARA o ¡_¡_o , M crvu. vo. , / EIX ! ZA . ê PRIMEIRO DIA. NE1 BOA some, BICHO! . A ' ( POSANO$7OV : í» ( _e . 1 vo Q @A A 'E
  7. 7. r' O QUE ORIGINOU o costume DE CORTAR o cAaELo DOS NOVATOÊ. ATÉ HOJE! E A5 BRINCADEIRAS -. eesrAs VIRARAM o more: PODE DAR UMA V_ CARONA me ' PRIMO CAIPIRÃO. . ¡ GUARDEOS OVOS! _z_ ~, _ ISUARDEOS OVOS! UMA GOIABA¡ anjo, LWA VALEU, JÃCOMIOI PRA VIAGEM! ! v. .. e_ _qi LEE¡ OBRIGADO POR A5, ag v2- , I EI, CHICO! NÂO ME DEIXAR USAR o I¡ DISPONHAI , : : .j VAI TOMAR CAFE? seu COMPUTADOR! I 9* .
  8. 8. HÁ! NK! você ERA MUITO BICHO ao MATO! 1 VERDEU A 'j CHANCE DE UMA BOA E você, encuo DA CIDADE, QUE TINHA MEDO DE CAVALO! 7 _p - »A ITM! _hjf/ À¡ . ODIAVAI Eli! ! EU NÃo sou ''! I MAIS nano¡ TENHO BOAS LEMBRANCAS E ME ORGULHO DELA! Fo¡ UMA INFÂNCIA BOA I IGUAL A ! R AO SHOPPING COM você, NA PRIMEIRA vez_
  9. 9. U 'ILRSID/ DE - ERAL DE AGRUNUIHIA . ..PORQUE EU TENHO oszsumo o: QUEM você se TORNOU! "o . à? " j». a” Aa V . Pçíâr w_ N. w . u. . l ÉIÉÇ '1 ' 1 Hx . à › à ¡ x : à uíHvl
  10. 10. "O nosso ¡Emóoto íximpu¡ z baum! Um tal/ m, 7a. : roprzunm a Macacão z o wnhtcámcnm z o tríya, ;na reprcxenm a tam». 4 a agronomia! 434mm! " "Rank/ ut, É t! »andando ampliam pm wcê Ver como a/ 'acubtada a' marmo/ Ma¡ ! zm áamznta ver-dz, aninuaíg_ Me mu» : m 5444!! " @IFA u/ vivaksmff* ¡ÍÉDERAIFD/ ?E AGRO/ MMM' "Foi uma Jaime acolheu¡ Em: anta/ anima [a »win/ m um! " "E359 e' a meu carão (IFA - ESTUDANTE, que m4 da' daycomúu zm amam miami» áíétéaum da campux, rasmumntz univerxibíría. . 50m dtmaisñl" "Ati Mmpru' uma/ gata “uma, aqui ; w sampa». Para: : 444142143 ameriammy/ HE! l-/ â/ Ma. ; aqui na cidade fa; mai¡ fria, n67" 30
  11. 11. _ _ ” À MAs ROLAM UMAS "Mas dum eu t: ;ng ou¡ A , D005 N_ _ V MEU NOME e › : seus LEGAIS, Cantu' como foram Vocesu_ GUILHERMO BRIGIO _ 4, “um, M”- E sou numeros: - - › Vinda¡ DA UFA'! 7 . _ um aceno om A5 BOAS-VINDAS A T0005 DA NOSSA FAMÍLIA Quem¡ 55,¡ UFANISTA NESTE NOVO ANO COSMONAUTA LEITWO! (N60.. . LETIVO! o ; Nsmo AQU¡ TEMOS OS MELHORES E serasa: : ouso. .. PROFESSORES PARA Sema* : emma os MELHORE5 monssxonmss: ' s: você AwoA ulo SABE, UFA E A UNIVERSIDADE FEDERAL DE AGRONOMIA,
  12. 12. OLÁ! SOU CERES LEAO E REIToRA 5°” FW* E sou REITORA m( JOVEM? ISSO “U5” E 59"? ” . .MAS sAo TERRAs QUE. EM BREVE, FARAo PARTE DO seu DIA A D| A E oA suA HISTÓRIA! DENTRO E FORA OA UNIVERSIDADE! sE voces SE EsEoRcAREM, _ COLHERÂO os MELHORES . .USANDO suA ¡ ' muros DE suAs VIDAS. . INTELIGÊNCIA, DETERMINAÇÃO E CAPACIDADE! . .E ouERo CONVIDÃ- N -- a LOS A EMEARcAR NEsTA . . LONGE DE CASA! ~ NOVA JORNADA POR TERRAs PRECISANDO. ESTAMOS DESCONHECIDAS. . Al. PRA CONVERSARI E NÃO sauEcAM . V - ' o LEMA oA um . ~ s: coNHEcE CRMDO POR NOSSO n: ;JR EXFRUC 'v PELOS FRUTDSI' . . , T uNos( x um”
  13. 13. m? (M7 M' . V HORA os * SEPARAR . . . › v S¡ AR au é! ? A. 1 . | A! VAMO rj E VAMO¡ v . PAZ! SE LIGA V a NO LANCE! "~ x _ 'V' , 1 _ 4 CATORZEI É A MESMA QUE * , -. . . . v, › ' W a . , . A MINHA! PPR-VER' ' MEU NOME ' o aus voces 7 r -. QUEREM? . * ' . ' 1 V _ * › . . _ p : . - '. . . › . x ê 'ñâíàgg ver - vnzsuwo
  14. 14. SEUGUARDA. CCI' OCÉNÂOÊ 'IÍ MORE! NUM sim e QUEQ| AM DAR . . . SEÉURANCA DO . . CONHEÇO BICHO. . o more NA j : ; ; j , . ..E eu NÃO so - VEJVLFRANC “ s n; 4g MME : :à - ff 'h r' J a# . . UUM! IS! ! A ! › : a FÀLE UE ER MA CÁDA t YA: : u: 4¡ J a Í ü 'w _ l l V, . se.
  15. 15. OI! EU SOU YASMIN, MAS ME CHAMAM _ . NÂO VA¡ TALVEZ ' , V . .. .E VERGONHA < g J sgguwfz_ _f DOER NADA! MACHUOUEEÓ OU RAIVA? GALERAJBICHO', ' ° seu E60' ' n f? ? su¡ now. PRECISA ser: V ' / ' r › “GEM- . N N N . ' 1 é . , V' L . ' ' . k "E/ oi um» yu; za Aguaí/ í ; uz mais! ! #ou da tem fupo 55m; Eu IA vu: E dawún' que, um: [cout, DE °H^PE“- bdo Mundâ ; a can/ nc: pulo¡ apeüdox. " "E/ bi MMM, Roux/ oa, que, ao¡ poupa, mt can/ oceania mtu¡ Iwvo¡ amigo¡ do chi-Ju. . Bic/ tax da alva/ ía-"
  16. 16. AWWNN. .. GDlABENTO. .. HI! HI! HI! "Mas can/ kun que, na hora de zntrar na "Como Andar de avião pata. ,brincam vez. " . . PERAÍ! NÂO ERA FRANCIS? POR QUE vuaou FRAN? "A prima/ u Vaz »na asmda manta. "
  17. 17. "Dona. Maraca» uniu/ ea Matra. . Nam; primaíra. nmamz, 44a ; rm con/ wear um pouca mai¡ do¡ meu¡ uma: pro/ assorcy/ @me o: alunos, ele: úzlnáów tim apelédos/ Como um 1545.9514 you conmr. " AQUI, GOIABENTO! m** m' ¡KMIWHTIIUIÍ x 4 ' . - 1 «s í é¡ Q "E : lua 515o contêm , . , magnum-um- - "' amorzinho! " N» pa¡ ~ . u à . . BOM DM! ! M uma, _V 1,1., / 1' ' «r a” k í' m ¡Humm- aumummwmumgu : um ISAAC BARNABE TUFD › v MouRo RAMOS NA TUREZA
  18. 18. ¡ PERAÍ. .. E NOME, SOBRENOME POSSO SABER O MOTIVO DO COCHICHO? OU APELIDO 7 Ax FIÍWWW-LH' 1 wx~. x: J íllllmllllnnrmnuwnyn. .., _- NADA, NÂO. seu CÁ . Z NATUREZA: TA 'ruoo INTRoou o ESGLARECIDO! A ENsENuARus. AGRONÔMICA DINÂMICA! NA VERDADE, NÂO! 'NATUREZA' E APELIool MEU NOME E MOURO E, NA MINHA AULÀ. osstcuosvofpsên_ ¡ coMoEo 'f " '“ _~ GUARDAÊPÉ” U- NOME DELE. ¡ ( NA-ruREzAz N; H -H - MESMO? / v
  19. 19. "Max nada ! igual ao ; ue ; , em ; uz exeold, 4! em Via: , . Aáoárán/ va/ E bem eú/ erente. ” É II r E AÍ1 E VERGONHA ou RAIVAT M¡ . › O . ..QUE TAL NOS CONTAR SOBRE SUA JA QUE o sENuOR BONIFKCIO E TAO DIVERTIDD. .. ACHO QUE TIVE UM BODE COM MOTIVAÇÃO ESSE NOME! PRO CURSO? "Muy um Beam não uma, ni, feuara? Ten/ w rua-ih a. aprender e _ maia: #15507121 pra eonúzrl" r "Édéver-aw, m4; : un-aim e' ; mw E ninguém das: que iria. ser/ ííeél. .."
  20. 20. AH, DESCULPAI E Í' NAO Tó ACOSTUMADO A sea cIIAMADo DE FRANCISCO, NÂO TENHAM MEDO OU VERGONHA! 'I'M/ IOS JUNTOS, GARDECJDOI 1 I T¡ TU” BEM- m” “zm DIGG. .. OBRIGADO, CHICO! ToDOs ALGO QUE TEMos APELIDOS! V^LE PARA ' TODOS. .. NO COMEÇO, FICAMOS MEIO PERDIDOS MESMO. .. MAS, SE NÂO ENTENDER ALGO, PERGUNTE! ã. ?- I g 'I 40
  21. 21. MERCI BEAUCDUPI' . o FILÓSOFO GREGO TEOFRASTO PE ERESÕ, DISCIPULO DE ARISTÕTELES, É CONSIDERADO POR MUITOS o PAI DA BOTANICA. . ____. _ 1 VALEU, FRANCIS ! ñl/ . _ “ IIIIIIII a | ILIIIE_
  22. 22. "A : cn/ tara nao" mu' Landim# Emi Jâuüdnz? " 2-4 ? @QR/ f . "Exbu dando aula¡ dapormgui¡ (uma yhdán/ w-a, x4 verdade) ara. dois 644494¡ aitrungtéms. um ruim a uma / rancuxa/ Exwu adorando pp aja/ Ar! " "Quem diria. , hai», ' 2 ' 1" #nora Obi-agudo VEJO QUEO ÀSDRÚBÀL TROUXE UM TROMBONE¡ QUE oszeuuco os você. cunounuuo_
  23. 23. DE MÚEICA, MAIS NUM NA MÚSICA TEM »new-cam MATEMÁTICA. .. ATE cneNcwx GAROTINHO DA SUA IDADE QUE, ÀS VEZES, ERA REBELDE COM O5 ORA, MAs PARA APRENDER MÚSICA, e PRECISO ESTUDAR, . .MAS ELE LEVOU A SÉRIO! ESTUDOU. .. E HOJE, ESTÁ VOANDO ÀYRÃS DOS SEUS AVOANDOI PAI DO ceu! MÚSlCA só . DEPOIS DA AULA, à EU NÃO vou TIRAR O SEU TROMBONE com UMA CONWCÂO. .. NÂO! HOJE, ELE ESTUDA NA FACULDADE DE NOVA ESPERANÇA! SEMPRE VENDO COISAS l Í ESTÁ DISPENSADO. ASDRÚBAL!
  24. 24. "Expzro yu: afã/ am á em de saúde! Eu : nba 55ml / nguar 4 um mm! H5, ! vê A-â" ARA! SERA GU! ELE TÁ Sl ALIMENTANDO "Ganhando tem a min/ va mia, ¡ií don &lázr s: ptrgunâuwfo ; z ea : :wa me aumanmuda ta», nã; é dou. an» "A/ ía ; a prtocaps, mãe! Aqui nafaculdada ; Lia ; z mam ; ía/ wma do xaázr. " BORA ALMOCAR, GALERA! O TEMPO NA ROÇA PARECE QUE PASSA MAIS DEVAGAR. .. você NÂO ESTÁ MAIS No KANsAs. TOTÓ!
  25. 25. El, 'aaa-tow NÂO PoDE 'nRAR Mfãêâê z, CINEMATOGRÃFICA AOORO clNzMAz, ESTÃ EÉTÁ FÍLÀ! DE ONDE Eu VENHO, COMER DE CHAPÉU E FALTA DE EDUCAÇÃO! MANDOU sem, somaE/ vro/ 'MEU DEUSHEM Russo) 50
  26. 26. F'“""A= l vEreaAuos _ É ~ ' um 'eIcHo' sE NA FRENTE! ' - v v _ _ pAssANpo po¡ “ VET, Ne, VESPA? 155a Mo FICA ASSIM! sou DE UMA FAM/ LIA ' ' NA MINHA TERRA, V ' , ~ ~, , ancuo oeEDEcE PoRQuE ORA, SEU. .. você . r l / MP2 ¡Ascsaâoüe e ffzAfApo COM g SABE COM QUEM 3' ' ELE ams DIZER¡ RESPEITO! ' ESTA' FALANDO? .. .a
  27. 27. JA V| U O SUCO DE HOJE, "Vau dizer, más. .. 4 somada, aqui (não ; a compara. à 1nd. , claro) ímuiw boa o ¡aáarvml" "A gut: compra uma canta; especial daqui a ; na úülrr do graça. ;w rekéñrío! Saí/ ay a uma! "
  28. 28. AGORA, ESTÁ A CERTO! LUGAR l cura! ! NAo PREosA FALAR o MEU NDME › você so¡ oesnsuwo PARA ME AJUDAR com o / GADO, NA AULA PRATICA! K ALTO, PROFESSOR. .. › FOI SÓ O ZUM ZUM ' DE UM MOSOUFTO QUE SE ACHA VESPA!
  29. 29. "A/ tio ía 1m», ;um a. ¡náremaa na. a [rum da zxmçaü. .. Pau, mêsmâ, são A¡ um: annézaáê¡ que ea fa; aqui! " , , IMA, a. , H rm. - - , . É HA 'i ¡Em! GOIABENTO! ! I: '~x ISSO TEM VOLTA. . g GDIABENTOI . r f AHHH. . MEU ' HA? HA? CHIQUINHO. .. . NA FOTO' ' VAMO DRUMI, TONICO? "Paty é pm' o mãe. . a »uma 47144' t' mai# boa, ma; 546o a que édacz? "
  30. 30. ow eu sw IIIIIIII I ISAAC BARNABE, › MAE¡ T0005 ME I CONHECEM _ ZOOTECNIA E UMA CIÊNCIA QUE VISA APROVEITAR AS "Ara, zé Lou; primia. . cad', pena , aa n caépíris pura. " ETTAI CARTA bow, ;E : é 4/4440 à meça L' inn' Ata "Falauda im- anámar, ma. uma aula qm: ao¡ ia gashi' V¡ wma' ¡mu! com¡ qu: : pá. " NA NATUREZA TUDO SE REAPROVEITA DE ! SEJAM ELES DOM E51_ ou - FORMA CONSCIENTEI DOMESTICÁVEIS l
  31. 31. O7 ISSO E A NATUREZA, MEUS AMIGOS! R E H C O m 5 _H : . ' QUAL E A COISA MAIS LEGAL QUE o , GADO N05 DA? VAMOS ADUBAR UM POUCO A TERRA I BALDINNOS E LUVAS PARA ATE OUE E DIVERTIDOI
  32. 32. EITA QUI O CHICO TA' 5¡ SINTINDO »à "0 din/ vo iquí, ai; yalz, a; aula ; ia éumyatada, 247/ [mio, Zum mrdé corre' deux: u' bi L' ; Lya pra : ata da. otra aula. .." vAMos FALAR DAs REACÕES QUÍMICAS INORGÂNICASI VAMOS FALAR ZOOTECNIA PEC¡ E ESTUDAR CA UMA D E5 PECIES DE ANIMA! DOMESTICOS. .. r b. ., -.¡(: ›__, -_ ~ *I eu REAÇÃO DE slNTEsE, ' ~ », ~' «v3 E' w 'e SIMPLES TROCA, ~~ ARGI-lI-IH! ! DUPLA TROCA E. .. " r'
  33. 33. QUE REACÂO " _ « * _ ' K A , . 'e ISSO, ze_ | TEM _ É 555k_ _ ' * UMA COISA ou¡ EU FESSORA ? _f . ~* ~ QUIRIA PIDL. NHO, NHÕ, NHÓ. .." PESSOAR! o CHICO MANPÓ LEMBRANÇAS! TA aOMI MAs T E ABRAM As SENTEM No JANELAsI VALEU¡ BLONDII
  34. 34. "Hiroshi, meu amigo ¡aje- CAFUFAI! HÁ! HÁ! HÁ! "Eu su', você; devem. exúzr rindo, pai; (entraram da namorada/ m de Ze' Lelê', ne? Ma» ! Ã no nono : :entre acadêmica, acontecem mim¡ legais "WW 95°¡ “ V544 4'” ' MIM dtáamt, palestra¡- E) : m: semana, teye Aguia. " Prexcdente Fonuea. ? Precisam; reunir a. galera dia deve! , numa A roda aqui nt corrida, úzmáím. . E emr. semana ea con/ vtec' a "ca h", centra amanda/ tuna» a'. Univerxidade FederaideAgr-anemiax'
  35. 35. "Nona centra audíméw, além. de fumar gaüaçãe: para o¡ problema¡ da; aba-ox, realiza 445:; wmaninínk; intzgrando nona faculdade a comanúútdlJ" / bnut impresso e um. oniing. " ESSA IDEIA DA QMPANHA DO AGASALHO E VAMOS FALAR COM A GALERA, Nosso cAMPus NAO TEM PARQUE, MAS PODEMOS TIRAR ANIMAIS DA RUAI
  36. 36. "Busca, min/ va ma' querida. . Cama a ; en/ nora pode Ver, :xwu nxando ; Sem a mneàt. que »ue/ oi dada. .." E* F, "Eu : ei que pode VESPA! o CHICO TA ÇONTANDO HISTÓRIAS óTIMAs parecer wnw da carne/ tinha, BAN! TUDO LOROTA! o QUE ELE TEM QUE EU NAO TENHO? 'Cio' a. Sen/ tora pode entander cem: : wixax. " UM DESENHISTA Da= EN50RRE5 DA FAMOSO coNuEcEU M47¡ É onMó¡ NA ROÇA ELE CRIANCA E FEz KRASIWYI UM GIBI CoM ELEI
  37. 37. vocês T0005 55710 sem CHAPEUS! ! NÃO mecnsAz EU Luserza, no35¡ NÂO sAelA 7 E. .. seu PAI E UM meo FAZENDEIRO, MAS você NÃO TEM @nau BICHO TEM QUE USAR CHAPÉU! É REGRA! VOU DENUNCIK-LOS A0 ZIP E. .. VA| vsrz, ELE TAVA CARREGANDO ssrsaco. NA HORA, NÉ. ano? MAIS POPULAR DO QUE EU! E PRA SUA INFORMAÇÃO, É ESTRUME E NÃO ESTERCO! NOVATO AÍ VAI DAR YRABALHO !
  38. 38. 76 EU SEL KING! PQECISO DESCOBRIR O PONYO FRACO ÚELE. .. A CONVERSA TÁ BOA, MAS PRECISO IR, TURMA! TALVEZ, UM GRANDE AMOR. .. . ..EU PO$SA DESTRUIR! e BOM ESSE GOIABENTD OLHAR murro BEM POR ONDE ANDA! . em aus : campo com _ : L5 NAo ou: FANTOME 0 FANTASMA/ I ' -. r 7 ' OUVIU. .. VOCÊ FALA. YOT CREDO! MEDO ORA. .. DO FUNDADOR ' MEU PEUS!
  39. 39. esóuMA _ ~- . ' . A ÉIACHAQUEA V' ' ' LENDA, FRANCIS! - @sure n¡ ONDE7 ›' cmcoô! ! NUM sua: : "Mas ea mm tange. . da #shine/ A e u; /myzmauwy ; obra a. primata xammm. .." ÉMTURMA NOVA, PROFESSORES . ..E UM LUGAR DANADO DE BONITO PRA ESTUDAR!
  40. 40. EU! 0 FANTASMA DE MARCELLUS CASSAROTFO! *¡§'” ou: BOM! FÍCO FELIZ! CONHECER NOSSO FUNDADOR! AkA/ ausm _ _ FALOU/ Sâo? u
  41. 41. MINHA PRIMEIRA ñ_ . - APARICAO EM É ' _ EU sou UM J - CINCO ANOS E voc _ NA VERDADE, FANTASMA¡ l . - NEM se Assusnv _, _ eu SORVO A QUER QUE EU GRITE? OU INIMAGI- NÃVEIS! O6RIGADO! ALU(5.. . _ ' _ r Í? ” y FANTASMA comer . ~ ' , r r ~ . . ASSOMBRACÃO, r' ' * " , . " k QUANDO cIzIANcAI _ x. _ A_ passivas
  42. 42. TENHO MEDO DE AssOMsRAcAoI NA vazoíoe, EU AINDA ACOSWÉAE E . * PORQUE o 5m EMTASMA, _ SENHOR AINDA - n( AOuw ; nmnxmwq ~ ; ygA g J ' I ' . . ax r . E I »
  43. 43. L EU GOSTO DAQUI. .. E SINCERAMENTE, ACHO . ~ QUE MEU TRABALHO AOuI I 7 AINDA NÂO TazMINOuI "~ l ' . ' . 4;, GIsERDA, UM PORGO -^ VEJO OuE você VEM *w . r DE UMA CIDADEZINHA , .. '- ; r T°““E5'^° E “m” " DISTANTE E GOSTA MUITO DA TERRA_ ' ? mv *aaa* . Í? NOssAI cOMo voce 5ABE TUDO ISSO?
  44. 44. ' _E Nos seus GIBIS v** n ç ¡ . I . zh. 1 7 ' y A' _ TAVA FALANDO m. , _ › . . SOZINHOT 'sega I _ ' / "ese "â .9 . ~, _ . x , k ' ~, ^' ~ x» ›. .;. ~. ~- Í "Ji " »pm
  45. 45. . o mw mw . m. mw. MON DIEU! você V| U o FANToMEr COM A ESTATUA? VEM! Eu LEVO VOCE ATE suA REPÚBLICA E. .
  46. 46. MAS VAMOS EMBORA QUE AMANHA E OUTRO DIA. .. QUE VIM DA FRRANCAI nã? DE . .J ¡ oLHONEssE . * . RAPAZ_ cuIDANDO AssIM DA NAwwzEzA. ELE FAZ VALER A PENA o LEMA DESTA INSTITUIÇÃO_ 'ARBOR EXFRUCTU COGNOSCIYURI' "A Ãrwrz ; z aonhxo pelo¡ frabi. ”
  47. 47. NÂO! E MINHA¡ I Ã I I ESSA úkl-'MA AcHEI QUE IA , J , me NUM FICAR LEGAL! _. ACORDOU? V _ . E I-EWA 9° ' ' ' . I, Í 'a A' "Poa Ning: : E. .. u / hlou gua i4 ; ar fêícéL. " . VOU PASSAR "É. Eu adw qu. : : ':í “° 50mm” ara : lua que ta. “ bin/ uz pm w/ çútn! " PRIMEIRO. .. amigos, piauí): â Maib extuda! " ; uz üxko dê tada um de : mai: é muíb grande! "
  48. 48. ARAI! PIU PRA VOCE TAMBEMI CHICO QUER MATAR A sAUDADE Do PEssoAL DA ROCA, CONTAR COISAS DO sEU DIA A DIA DE EsTuDANTE, 'A BAsE DE CAK I A5. HABITO PREsENTE EM MUITOs CANTOs DO Nosso E')I? ›. ›IL (E Do MUNDOI, APEsAR DO AVANCO DA TECNOLC/ Ijvíú. , Dos E-MAILs, DAs DIVERsAs E AVANcADAs FORMA: : DL COMUNICAÇÃO. E LA' se VÃO BELAs cRóNICAs, BEM sENTIDAs, EMoCIoNADAs E EMoCIONANTEs, JA' COM LETRINHA BONITA, PARA A ROsINHA, PARA os PAIs, PARA A FEssoRA, AMIGOS, ATÉ PARA A VÓ DITA. LEVANDO E Ao MEsMO TEMPO CAVOUCANDO PEDACINHOs DE sAUDADEs. Nos CORAÇÕES. .. LA E CA'. CARTINHAs DEVORADAs PELOs oLHos BRILHANTEs, MAREJADOs, DA ROsINHA. LIDA5 E RELIDAs PELO PAI E PELA MAE, sEMPRE PREOCUPADA. AVALIADAs COM GOSTO PELA PROFEssoRA. PARA A Vó DITA, A CARTA CONTA UM cAsO EsTRANHO DE AssOMBRAcÃo. PARA os AMIoOs HIROsHI E zE DA ROCA, VÃO sueEsTóEs soBRE CENTROs ACADÊMICOs. NA CARTA AO zE LELE, CHICO VOLTA AO GOSTOSO CAIPIRÊS. ENFIM, A VELHA CARTA sERVINDo DE PONTE PARA UM JOVEM sAUDosO CHEGAR AOs sEUs ENTEs OUERIDOs. CARTA QUE E LIDA E GUARDADA COMO UM PEDAco FísICo DE LEMBRANCAs INEsQUECívEIs. UM OBJETO ORGÂNICO. COM ALMA E TUDO. ACEssívEL A QUALQUER MOMENTO, AO sEU BEL-PRAZER, PARA REAVALIACOEs DE EMOcóEs. QUE TAL EscREVER MAIS”. NO PAPEL? NADA CONTRA O5 PRATICos E-MAILs. MAs. .. AH, o PAPEL BEBENDO sUAs FRAsEs, CAPTANDO seus sENTIMENTOs, GUARDANDO PARA sEMPRE sUA HIsTORIA. NADA sE COMPARA.
  49. 49. »swomszumamm : um : ›Drmh«2loço*wwmw: wn rum: : FLDmmUA-MJ meu Guaru . s mu». n (meu. !rw › m» un n» r Hwmsvan A7» . m m. ” ~ um uma Au ASSNANÍE ! I'M-u canina" ¡uno- (Human Inunnn (ay-mma uma: IHU-msm : mm (muum rum-w» (uu-mau ! naun ; mama : um ¡wuuvuu 1 as. .. ¡unmuss ' uma m: »um we num-aum¡ na una-sam Chico recebe a notícia¡ de que o aluguel do apartamento onde_ mor com os amigos' vai aumentar. Preocupad em não dar mais despesa aos pais, 'ele parte em busca de u novo loca/ l, mais em conta, para morar. Sã' as famosas república estudantis! Como ser que ele vai encarar essa novidade? -
  50. 50. !SFN ? E-ESHELC-CSÉ-k

×