SlideShare uma empresa Scribd logo

Comunicação Efetiva com a Escola

Este documento fornece informações sobre comunicação efetiva entre pais e escolas. Ele discute a importância da comunicação, métodos de comunicação, como estabelecer e manter uma comunicação positiva e opções quando houver desacordos. O documento também fornece exercícios práticos para ajudar os pais a melhorar suas habilidades de comunicação.

1 de 34
INFORMANDO, EDUCANDO, CAPACITANDO FAMILIAS
617-236-7210 | www.fcsn.org | fcsninfo@fcsn.org
Comunicação Efetiva com a Escola
Centro de Treinamento e Informação para pais
The contents of this workshop were developed under a grant from the US Department of Education, #H328M140014. However, the contents
do not necessarily represent the policy of US Department of Education; you should not assume endorsement by the federal government.
A Federação para Crianças com
Necessidades Especiais promove
educação de qualidade, participação dos
pais e acesso a serviços de saúde de
qualidade para todas as crianças,
especialmente aquelas com deficiência.
O Centro de Treinamento e Informação para
Pais é um projeto da Federação. Ele fornece
informações gratuitas, suporte, assistência
técnica e workshops acessíveis para famílias
que têm crianças com deficiência e os
profissionais que trabalham com elas.
Quem Somos
The contents of this workshop were developed under a grant from the US Department of Education, #H328M140014.
However, the contents do not necessarily represent the policy of US Department of Education; you should not assume
endorsement by the federal government.
Metas do Workshop
I. O que é comunicação efetiva?
II. Por que é importante ter uma
comunicação efetiva com a escola
III. Métodos de comunicação
IV.Como estabelecer e manter uma
comunicação efetiva com a escola
V. Suas opções quando não consegue
resolver desacordos
I. O que é comunicação efetiva?
Comunicação efetiva é:
Escutar com todos os sentindos
Clarificar
Refletir no que você ouviu
Empatizar e reconhecer os
sentimentos dos outros
Estar ciente dos objetivos da
pessoa que esta falando
80% da Comunicação Efetiva
Envolve Ouvir Activamente
Esteja totalmente no momento
Escreva suas preocupações
com antecedência
Coloque-se nos sapatos da
pessoa falando
Faça perguntas claras
Não interrompa
Leia mais sobre como aumentar
suas habilidades de ouvir
activamente
O que é Ouvir Activamente?
Não é Apenas Ouvir Palavras!

Recomendados

Slide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaSlide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaRosana Leite
 
Desenvolvendo comunicação efetiva
Desenvolvendo comunicação efetivaDesenvolvendo comunicação efetiva
Desenvolvendo comunicação efetivaCarlos Hoyos
 
O papel da família na educação dos filhos
O papel da família na educação dos filhosO papel da família na educação dos filhos
O papel da família na educação dos filhosMarta Lemos
 
A importância da Família no Processo de Educar
A importância da Família no Processo de EducarA importância da Família no Processo de Educar
A importância da Família no Processo de EducarClaudia Dutra
 
A importância da parceria família e escola(chico mendes)
A importância da parceria família e escola(chico mendes)A importância da parceria família e escola(chico mendes)
A importância da parceria família e escola(chico mendes)Isabela Rodrigues
 
Desenvolvimento de competências socioemocionais
Desenvolvimento de competências socioemocionaisDesenvolvimento de competências socioemocionais
Desenvolvimento de competências socioemocionaisGrasiela Dourado
 
Rotina para quê
Rotina para quêRotina para quê
Rotina para quêAnaí Peña
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointNatalia Pina
 
Motivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaMotivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaRoselene Rocha
 
Familia_Escola
Familia_EscolaFamilia_Escola
Familia_Escolasimpala
 
Rotina da educação infantil
Rotina da educação infantilRotina da educação infantil
Rotina da educação infantilDennyse Azevedo
 
A família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralA família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralDianaricardo28
 
Família, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeFamília, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeLuúh Reis
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincarJakeline Lemos
 
Indisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slidesIndisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slidesDeise Delf
 
Plano de aula slides
Plano de aula slidesPlano de aula slides
Plano de aula slidesMarinaGLD
 
Escola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra normaEscola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra normaFabiola Sampaio
 
Indisciplina escolar
Indisciplina escolarIndisciplina escolar
Indisciplina escolarCarla Choffe
 
Habilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficinaHabilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficinaAnaí Peña
 
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...Editora Moderna
 
Como participar da vida escolar dos filhos
Como participar da vida escolar dos filhosComo participar da vida escolar dos filhos
Como participar da vida escolar dos filhosFatinha Bretas
 

Mais procurados (20)

Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
 
Motivação em sala de aula
Motivação em sala de aulaMotivação em sala de aula
Motivação em sala de aula
 
Indisciplina escolar
Indisciplina escolarIndisciplina escolar
Indisciplina escolar
 
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e InovadorasEducação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
 
Familia_Escola
Familia_EscolaFamilia_Escola
Familia_Escola
 
Rotina da educação infantil
Rotina da educação infantilRotina da educação infantil
Rotina da educação infantil
 
A família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integralA família e a escola na formação integral
A família e a escola na formação integral
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
Família, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeFamília, Escola e Comunidade
Família, Escola e Comunidade
 
A importancia do brincar
A importancia do brincarA importancia do brincar
A importancia do brincar
 
Indisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slidesIndisciplina x disciplina apresentação em slides
Indisciplina x disciplina apresentação em slides
 
Plano de aula slides
Plano de aula slidesPlano de aula slides
Plano de aula slides
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Escola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra normaEscola e família em parceria palestra norma
Escola e família em parceria palestra norma
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Indisciplina escolar
Indisciplina escolarIndisciplina escolar
Indisciplina escolar
 
Habilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficinaHabilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficina
 
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
“Educação socioemocional em sala de aula: o que é, como fazer e em que medida...
 
Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aulaGestão de sala de aula
Gestão de sala de aula
 
Como participar da vida escolar dos filhos
Como participar da vida escolar dos filhosComo participar da vida escolar dos filhos
Como participar da vida escolar dos filhos
 

Semelhante a Comunicação Efetiva com a Escola

Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfDesafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfbelacorsim
 
Comunicação familiar
Comunicação familiarComunicação familiar
Comunicação familiarREGINA LACERDA
 
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filhoRaquel Crisóstomo
 
2. Deixe-se conduzir pelo seu filho
 2. Deixe-se conduzir pelo seu filho 2. Deixe-se conduzir pelo seu filho
2. Deixe-se conduzir pelo seu filhoRaquel Crisóstomo
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Netto Paes
 
"Pais apoiantes, filhos brilhantes!"
"Pais apoiantes, filhos brilhantes!""Pais apoiantes, filhos brilhantes!"
"Pais apoiantes, filhos brilhantes!"Myzer
 
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.Lucimara Lopes França
 
Educaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e InfânciaEducaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e Infânciapsimais
 
Ser empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAPSer empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAPAndreia Nogueira
 
Modelo de des prog son rise
Modelo de des prog son riseModelo de des prog son rise
Modelo de des prog son risemaria joana
 
10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docx
10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docx10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docx
10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docxLENIRAMOURALUTZ
 
01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdf
01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdf01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdf
01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdfPatrciaDaSilvaGaldin1
 
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos ILiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos Iguest06a00c
 

Semelhante a Comunicação Efetiva com a Escola (20)

Foldem encontro de pais
Foldem encontro de paisFoldem encontro de pais
Foldem encontro de pais
 
12 erros que os pais cometem
12 erros que os pais cometem12 erros que os pais cometem
12 erros que os pais cometem
 
12 erros que os pais cometem
12 erros que os pais cometem12 erros que os pais cometem
12 erros que os pais cometem
 
Webquest terezinha
Webquest terezinhaWebquest terezinha
Webquest terezinha
 
Webquest terezinha
Webquest terezinhaWebquest terezinha
Webquest terezinha
 
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfDesafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
 
Comunicação familiar
Comunicação familiarComunicação familiar
Comunicação familiar
 
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
1. Saiba mais sobre a Comunicação de seu filho
 
2. Deixe-se conduzir pelo seu filho
 2. Deixe-se conduzir pelo seu filho 2. Deixe-se conduzir pelo seu filho
2. Deixe-se conduzir pelo seu filho
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1
 
"Pais apoiantes, filhos brilhantes!"
"Pais apoiantes, filhos brilhantes!""Pais apoiantes, filhos brilhantes!"
"Pais apoiantes, filhos brilhantes!"
 
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
 
Educaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e InfânciaEducaçãoo Positiva e Infância
Educaçãoo Positiva e Infância
 
Ser empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAPSer empreendedor é-PowerPoint PAP
Ser empreendedor é-PowerPoint PAP
 
Modelo de des prog son rise
Modelo de des prog son riseModelo de des prog son rise
Modelo de des prog son rise
 
Como educar e apoiar o estudo
Como educar e apoiar o estudoComo educar e apoiar o estudo
Como educar e apoiar o estudo
 
10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docx
10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docx10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docx
10 maneiras de ajudar seu filho ser bem sucedido na escola e na vida.docx
 
01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdf
01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdf01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdf
01Livro Como conversar com crianças e pais sobre Necessidades Especiais.pdf
 
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos ILiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
 
Dicas
DicasDicas
Dicas
 

Mais de Federation for Children with Special Needs

Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre...
 Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre... Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre...
Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre...Federation for Children with Special Needs
 
Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...
Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...
Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...Federation for Children with Special Needs
 
Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre...
 Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre... Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre...
Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre...Federation for Children with Special Needs
 
Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...
Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...
Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...Federation for Children with Special Needs
 

Mais de Federation for Children with Special Needs (20)

Basic rights understanding the IEP
Basic rights understanding the IEPBasic rights understanding the IEP
Basic rights understanding the IEP
 
Basic rights transition planning
Basic rights transition planningBasic rights transition planning
Basic rights transition planning
 
Basic rights evaluation and eligibility
Basic rights evaluation and eligibilityBasic rights evaluation and eligibility
Basic rights evaluation and eligibility
 
Suspension and Discipline in Special Education (2019)
Suspension and Discipline in Special Education  (2019)Suspension and Discipline in Special Education  (2019)
Suspension and Discipline in Special Education (2019)
 
Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre...
 Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre... Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre...
Tài nguyên cho trẻ em có nhu cầu đặc biệt | Vietnamese Resources for Childre...
 
Hiểu các quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệt
Hiểu các quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệtHiểu các quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệt
Hiểu các quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệt
 
Quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệt
 Quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệt Quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệt
Quyền cơ bản trong giáo dục đặc biệt
 
Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...
Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...
Dwa Debaz nan Edikasyon Espesyal (Basic Rights in Special Education: Haitian ...
 
Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre...
 Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre... Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre...
Konprann Pwosesis Planifikasyon Tranzisyon (Transition Planning: Haitian Cre...
 
Turning Three Essentials
Turning Three EssentialsTurning Three Essentials
Turning Three Essentials
 
Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...
Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...
Invisible Families: Supporting Undocumented Families of Children with Special...
 
Como Tener Comunicación Efectiva con la Escuela de su Hijo
Como Tener  Comunicación Efectiva con la Escuela de su HijoComo Tener  Comunicación Efectiva con la Escuela de su Hijo
Como Tener Comunicación Efectiva con la Escuela de su Hijo
 
School Discipline and Restraint Laws (Spanish)
School Discipline and Restraint Laws (Spanish)School Discipline and Restraint Laws (Spanish)
School Discipline and Restraint Laws (Spanish)
 
Direitos Básicos na Educação Especial
Direitos Básicos na Educação EspecialDireitos Básicos na Educação Especial
Direitos Básicos na Educação Especial
 
Introdução ao Planejamento de Transição
Introdução ao Planejamento de TransiçãoIntrodução ao Planejamento de Transição
Introdução ao Planejamento de Transição
 
Derechos Básicos en Educación Especial
 Derechos Básicos en Educación Especial Derechos Básicos en Educación Especial
Derechos Básicos en Educación Especial
 
Understanding Basic Rights In Special Education: 2017
Understanding Basic Rights In Special Education: 2017Understanding Basic Rights In Special Education: 2017
Understanding Basic Rights In Special Education: 2017
 
Understanding My Child's Learning Style
Understanding My Child's Learning StyleUnderstanding My Child's Learning Style
Understanding My Child's Learning Style
 
An IEP for My Child
An IEP for My ChildAn IEP for My Child
An IEP for My Child
 
Creating a Post-Secondary Vision
Creating a Post-Secondary VisionCreating a Post-Secondary Vision
Creating a Post-Secondary Vision
 

Último

ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024excellenceeducaciona
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...azulassessoriaacadem3
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 

Último (20)

ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
QUESTÃO 2 Com base nas informações sobre Matheus (Perfil 1), calcule a carga ...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 

Comunicação Efetiva com a Escola

  • 1. INFORMANDO, EDUCANDO, CAPACITANDO FAMILIAS 617-236-7210 | www.fcsn.org | fcsninfo@fcsn.org Comunicação Efetiva com a Escola Centro de Treinamento e Informação para pais The contents of this workshop were developed under a grant from the US Department of Education, #H328M140014. However, the contents do not necessarily represent the policy of US Department of Education; you should not assume endorsement by the federal government.
  • 2. A Federação para Crianças com Necessidades Especiais promove educação de qualidade, participação dos pais e acesso a serviços de saúde de qualidade para todas as crianças, especialmente aquelas com deficiência. O Centro de Treinamento e Informação para Pais é um projeto da Federação. Ele fornece informações gratuitas, suporte, assistência técnica e workshops acessíveis para famílias que têm crianças com deficiência e os profissionais que trabalham com elas. Quem Somos The contents of this workshop were developed under a grant from the US Department of Education, #H328M140014. However, the contents do not necessarily represent the policy of US Department of Education; you should not assume endorsement by the federal government.
  • 3. Metas do Workshop I. O que é comunicação efetiva? II. Por que é importante ter uma comunicação efetiva com a escola III. Métodos de comunicação IV.Como estabelecer e manter uma comunicação efetiva com a escola V. Suas opções quando não consegue resolver desacordos
  • 4. I. O que é comunicação efetiva? Comunicação efetiva é: Escutar com todos os sentindos Clarificar Refletir no que você ouviu Empatizar e reconhecer os sentimentos dos outros Estar ciente dos objetivos da pessoa que esta falando
  • 5. 80% da Comunicação Efetiva Envolve Ouvir Activamente Esteja totalmente no momento Escreva suas preocupações com antecedência Coloque-se nos sapatos da pessoa falando Faça perguntas claras Não interrompa Leia mais sobre como aumentar suas habilidades de ouvir activamente
  • 6. O que é Ouvir Activamente? Não é Apenas Ouvir Palavras!
  • 7. II. Por que é importante ter uma comunicação efetiva com a escola Posiciona você para aprender o que está acontecendo na escola Permite-lhe detectar e resolver problemas com antecedência Permite que os pais dêem continuedade em casa É a melhor maneira para você e a escola trabalhar juntos para desenvolver um plano educacional para o seu aluno
  • 8. O que pode acontecer se você não tiver uma comunicação efetiva A escola pode apenas dar-lhe a informação que eles são obrigados a lhe dar Você pode não aprender sobre problemas até que se tornem crise Pode ser difícil para você conhecer as necessidades do seu filho A confiança entre você e a escola pode diminuir Pode ser difícil conseguir que a escola aceite sua contribuição Pode ser difícil para você aceitar a contribuição da escola
  • 9. Bloqueios para comunicação efetiva • Declarações e ações hostis • Linguagem corporal negativa • Temas inesperados • Fazer suposições ao invés de pedir esclarecimentos respeitosamente • Interromper ou ser desrespeitoso • Levar as coisas para o lado pessoal • Fazer acusações pessoais • Guardar rancor • Não estar aberta para um feedback
  • 10. II. Os Métodos de Comunicação A. Comunicação verbal - falando com outra pessoa 1. Em pessoa 2. Pelo telefone 3. Programas de bate-papo ao vivo B. Comunicação não-verbal - a impressão que transmitimos aos outros pela linguagem corporal 1. Expressão facial 2. Postura corporal 3. Gestos C. Comunicação escrita - os pensamentos que colocamos no papel ou nas comunicações eletrônicas 1. E-mail, Mensagem de texto 2. Social Media Post, Blogs, Tweets
  • 11. O que é comunicação verbal? Como podemos comunicar verbalmente de forma mais eficaz com a escola?
  • 12. Fatores que podem afetar a comunicação efetiva • Contexto cultural / étnico • Idioma nativo diferente do inglês • Experiência de vida • Desafios auditivos • Falta de informação sobre direitos do estudantes, escolas ou educação. • Diferentes perspectivas
  • 13. Comunicação não defensiva  Seja clara sobre o que vc pensa, sente, ou quer  Evite culpar ou atacar outros Use “Eu” e afirmações, e não “Você” e afirmações - “Eu vejo diferente”. Ao invés de: “Você está errado”. “Eu não acho que vc esteja me ouvindo”. Ao invés de: “Você não está me ouvindo”.  Faça perguntas que necessitem de maiores explições “Como que esse programa ajudará o meu filho alcançar os objetivos do IEP?”
  • 14. Exercício de comunicação verbal # 1 Sua filha esteve em um programa de leitura por um ano. Agora, no final da 4ª série, ela ainda não consegue ler. Na reunião anual do IEP, a equipe está propondo prosseguir no mesmo programa de leitura por mais um ano. Você não concorda. Quais são suas preocupações? Como irá esclarecer suas dúvidas com a equipe de IEP?
  • 15. Exercício de comunicação verbal # 2 Quando o líder da equipe cumprimenta você para levá-la à reunião do IEP, ele diz que ele só tem 45 minutos para a reunião. Não há tempo suficiente para cobrir todos as suas preocupações. Como você vai responder? Quais medidas você pode tomar para garantir que o tempo seja usado de forma eficiente?
  • 16. O que é a comunicação não-verbal? • Expressões faciais • Movimentos do corpo / postura • Gestos • Contato visual • Toque • Espaço físico • Tom de voz • Silêncios e Pausas Helpguide.org http://www.helpguide.org/articles/relationships/nonverbal-communication.htm
  • 17. Como você está se comunicando de forma não-verbal nas reuniões do IEP? Você está sorrindo? Você está fazendo contato visual? Você está afirmando e reconhecendo está sendo dito? A sua comunicação não-verbal está te ajudando a atingir as metas pro seu filho?
  • 18. O que Está Sendo a Comunicação Abaixo?
  • 19. C. Comunicação Escrita Mensagem escrita: • Poderão ser considerados comunicações formais, e muitas vezes são levados mais a sério, especialmente se forem entregues por correio ou a mão • Cria um registro se a relação se deteriorar • Pode esclarecer exatamente o que você quer transmitir, se você escrevê-lo e editá-lo cuidadosamente antes de enviar MAS Também pode: • Ser mal interpretado se não for escrito com precisão • Envia a mensagem de que você espera que um desacordo aconteça
  • 20. Quando se Deve Pôr por Escrito Quando você está tendo problemas para se expressar; A escrita permite que você revise sua redação para ser mais claro e menos conflituoso Comunicação de rotina, especialmente se o professor prefere o e-mail ou se há detalhes específicos ou números que a escola precisa ter Para documentar, deixar a escola saber sobre uma preocupação ou provar que você respondeu à sua comunicação Para ter um registro para que você saiba quando e o que você disse à escola sobre um assunto específico
  • 21. Exercício de Comunicação Escrita Seu filho na segunda série tem TDAH. Você aprende que ele não teve recreio em semanas por causa de seu comportamento disruptivo na sala de aula. Você está preocupado que não deixando ele brincar, só piora as coisas. Ele precisa de mais oportunidades para gastar energia reprimida, não menos. Isso melhoraria seu comportamento na classe, bem como sua auto-estima. Coloque-se nos sapatos da professora; O que você acha que ela está tentando realizar, tirando o recreio? Escreva uma nota para a professora. Como você transmitirá suas preocupações?
  • 22. III. Como Estabelecer e Manter Comunicação Efetiva com a Escola Respeite o tempo dos outros: use o bom senso quando for fazer várias ligações e/ou emails sobre problemas pequenos Leia as comunicações da escola e entre em contato com o professor ou administrador da forma solicitada Seja cordial em sua comunicação com professores e administradores Faça perguntas claras: às vezes as pessoas bem intencionadas não pensaram nos resultados lógicos de um plano Obtenha um tom positivo, especialmente quando for abordar problemas; Fale com o professor ou administrador com a expectativa de que ele / ela quer ajudar seu filho; Relacionamentos positivos ajudarão a definir o tom para as reuniões da equipe
  • 23. Faça a sua tarefa! Conheça as leis e procedimentos de Educação Especial Pesquise as deficiências do seu filho para entender suas necessidades Pense sobre o que precisa realizar na reunião de IEP baseada na sua pesquisa e no conhecimento do seu filho Você é um membro importante da equipe de IEP. Pense em como você vai guarantir de forma respeitosa se sua voz foi ouvida?
  • 24. Se Prepare para a Reunião de IEP • Revise o IEP atual, avaliações, relatórios de progresso e comunicações • Prepare suas preocupações dos pais e declaração de visão para inclusão no IEP • Faça uma lista de perguntas para a equipe • Presuma intenções positivas • Planeje em respeitar as diferenças • Esteja bem descansado • Mantenha suas emoções em controle • Traga apoio, se você precisar
  • 25. Durante a Reunião • Indique claramente seus objetivos e expectativas • Escolha suas batalhas; O que é mais importante? • Considere ensaios: "Vamos tentar por 2 semanas e rever os dados" • Faça um brainstorm com a escola sobre como resolver suas preocupações: "Estou disposto a fazer o seu módo, se eu souber que meu filho estará seguro; Como podemos fazer isso acontecer? " • Às vezes, as questões não serão resolvidas em uma reunião, você pode precisar deixar um problema até a próxima reunião • Deixe a reunião com uma compreensão clara das próximas etapas e cópias do resumo da reunião e da folha de atendimento
  • 26. Se Desacordos Acontecer Mantenha o foco em atender as necessidades do seu filho Repita com suas próprias palavras respeitosamente, para se certificar de que compreende a posição da equipe: "Se eu te entender corretamente, você está dizendo ... Isso está certo?" Peça esclarecimentos: "Isso está escrito em algum lugar, para que eu possa verificar?" Mantenha-se composta Evite ataques e acusações pessoais Mantenha um bom relacionamento profissional Discorde respeitosamente - concorde em discordar
  • 27. IV. Suas opções quando você não pode resolver desentendimentos Opções Locais • Solicite outra reunião de IEP, uma reunião com diretor da escola, Diretor e/ou Superintendente de Educação Especial Opções Alternativas de Resolução de Disputas • Reunião de IEP facilitada: uma pessoa neutra auxilia as escolas e os pais a conversar um com o outro em uma reunião de equipe • Mediação: um mediador neutro ajuda as partes a alcançar uma solução Veja http://www.mass.gov/anf/hearings-and- appeals/bureau-of-special-education-appeals-bsea
  • 28. Opções Formais Para Resolver Desentendimentos Os pais têm certos direitos sob a lei federal e estadual. Os direitos do devido processo incluem opções adicionais para pais e distritos escolares para resolver suas diferenças. Direitos dos Pais/Estudante • Consentimento bem informado • Direito à Notificação Escrita • Direito ao consentimento / rejeição • Direitos de "Stay Put" • Linhas do tempo • Registros confidenciais • Observação de sala de aula / programa • Avaliações independentes • Intérprete (se necessário) • Documentos traduzidos (se necessário) Direitos do Due Process • Problem Resolution System (PRS) • Office of Civil Rights (OCR) • BSEA Hearing (Audiência) • BSEA Resolution Meeting (reunião com a escola após a apresentação de documentos na corte)
  • 29. Obrigada pela Participação Por favor complete os seguintes formúlarios: 1. Coleta de Dados Demográficos e 2. Avaliação do Workshop O Centro de Treinamento e Informação para pais é financiado por uma subvenção federal. Para continuar recebendo o subsídio, precisamos coletar as informações nos formulários abaixo. Por favor, devolva os formulários preenchidos ao apresentador do workshop.
  • 30. Recursos em Inglês Fisher, Roger, and William Ury. Getting to Yes, Houghton Mifflin Company, 1981. Listening, Your Most Used Communication Skill from Toastmasters International http://414.toastmastersclubs.org/listeningskill.html Tuning In: Improving Your Listening Skills (Wall Street Journal 7.22.2014) http://www.wsj.com/articles/tuning-in-how-to- listen-better-1406070727 Helping Parents Communicate Better with Schools by the Harvard Family Research Project: http://www.hfrp.org/publications-resources/browse-our- publications/helping-parents-communicate-better-with- schools
  • 31. Recursos em Inglês How to Give Constructive Criticism: 6 Helpful Tips: http://personalexcellence.co/blog/constructive-criticism/ Conversation, Not Confrontation: One Mom’s Advice on Parent-Teacher talks: http://www.greatschools.org/gk/articles/parent-teacher-talks/ Tips on non-verbal communication: http://www.helpguide.org/articles/relationships/nonverbal- communication.htm Parents’ Top Tips for Partnering with Your Child’s Teacher: http://www.greatschools.org/gk/articles/partnering-with-your- childs-teacher/
  • 32. • Call Center - envie suas perguntas por e-mail através do nosso site: www.fcsn.org/ptic; ou ligue: (617) 236-7210 (413) 323-0681 Western MA • Webinars de educação especial e fichas informativas de interesse para pais e profissionais • Conferência Anual de Março, Visões da Comunidade • Leia nosso boletim trimestral, Newsline • Outros workshops oferecidas em todo o estado: • Direitos básicos • Um IEP para meu filho • Introdução ao planejamento de transição • Criando uma visão pós- secundária • Veja nosso site www.fcsn.org • Curta nossas páginas dop Facebook, Twitter, and YouTube A Federação está empenhada em servir famílias de crianças com necessidades especiais
  • 33. Determine seu Quociente de Audição com Witt Communications Quiz • Responda SIM ou NÃO às seguintes perguntas: • Eu antecipo o que as pessoas vão dizer enquanto falam. • Eu constantemente julgo o mérito do que as pessoas dizem desde a primeira frase. • Eu desconto com o que outras pessoas dizem, se eles não concordam com minhas opiniões e valores. • Eu raramente presto atenção às pistas não verbais das pessoas (linguagem corporal e expressões faciais). • Eu deixo meus preconceitos e opiniões afetar minha capacidade ou vontade de ouvir o que algumas pessoas dizem. • Eu preparo o que eu vou dizer enquanto a outra pessoa está falando. • Muitas vezes, interrompo as pessoas para acelerar uma conversa ou para injetar minha opinião. • Se eu discordar das pessoas, eu as interrompo imediatamente para que saibam o que penso. • Na maioria das vezes, estou pronta com uma resposta quando a outra pessoa deixa de falar. • Se a outra pessoa fala muito ou muito monótona, eu deixo de ouvir. • Quando paro de prestar atenção a alguém, tento parecer que estou ouvindo de qualquer maneira. • Quando eu sei o que as pessoas vão dizer, não espero que elas finalizem, mas respondo imediatamente. • http://www.wittcom.com/listening_quiz.htm
  • 34. INFORMANDO, EDUCANDO, CAPACITANDO FAMILIAS 617-236-7210 | www.fcsn.org | info@fcsn.org