SlideShare uma empresa Scribd logo
#movingbr - By Fernanda Ferreira
Automação de Teste de
Software com Selenium e BDD
(foco no Front-end).
SOBRE A
APRESENTAÇÃO
▪ Não é sobre blá, blá, blá;
▪ Nem lavagem cerebral sobre Teste
automatizado;
2
▪ É sobre trabalhar com mais qualidade;
▪ É sobre usar ferramentas simples e ao
mesmo tempo poderosas;
▪ É sobre cliente satisfeito;
▪ É sobre gostar do que fazemos.
PODE
ACREDITAR!!!!
3
SOBRE O
WORKSHOP
PRÁTICO
4
Fornecer conhecimento sobre automação de testes (end
to end) para aplicações Angular e não-Angular com,
Selenium, Protractor, WebdriverIO, TypeScript,
PageObject e Cucumber. A ideia é conhecer alguns
conceitos básicos sobre HTML, CSS, XPath e evoluir
incrementalmente para resolver os mais diversos
problemas relacionados a automação de testes de UI,
com as ferramentas, padrões e frameworks citados.
Praticar FixarIntrodução
ROAD MAP
5
Salada de “D’s”
Ágil
Foco na Regra de
Negócio
Teste de Aceitação
Visão do Todo
6
FALAR DE ÁGIL, NÃO É FALAR DE UM
NOVO BIG BEN!
1.
ÁGIL
ÁGIL
7
Pode ser apenas uma forma simples e
prática de criar produtos orientado a
testes, valor e comportamento!
ÁGIL
8
Mas afinal, que perguntas queremos
responder com o Ágil?
Por que projetos “orientados a planos” falham?
É possível testar primeiro se o produto não foi
desenvolvido?
É possível aprender sobre o produto sem ter manuais?
Como saber se estou fazendo o certo?
Como saber se há valor no que estou fazendo?
Usar Scrum ou qualquer outro framework leva a empresa ao
sucesso?
ÁGIL
9
Por que projetos “orientados
a planos” falham?
Poderia ser por mal planejamento, demanda
maior que a capacidade de atendimento, etc?
ÁGIL
10
É possível testar primeiro se o
produto não foi desenvolvido?
É DIFÍCIL!
Mas..., e se a HISTÓRIA a ser desenvolvida,
descrevesse, através de cenários CLAROS e
OBJETIVOS, o comportamento desejado de
cada funcionalidade?
ÁGIL
11
É possível aprender sobre o
produto sem ter manuais?
SIM,
porém a documentação deve ser VIVA.
Como poderíamos? mantendo a
documentação sobre o código atualizada,
através de um agente estratégico na criação
do conhecimento.
BASTA RODAR E APRENDER!
ÁGIL
12
Como saber se estou fazendo
o certo?
Feedbacks constantes de todos os envolvidos
no ciclo de desenvolvimento.
ÁGIL
13
Como saber se há valor no
que estou fazendo?
Necessidade, gera valor!
Cliente puxa a produção!
Entregar o mínimo produto viável - MVP!
Não empurrar o produto que o cliente não
deseja!
ÁGIL
14
Mas como descobrir e validar
a necessidade?
ÁGIL
15
Receita de Bolo?
16
ÁGIL
Teste Continuo
Entregas Frequentes
Muito Feedback
Envolva o TIME
Valores ágeis
ÁGIL
17
Usar Scrum ou outros, leva a
empresa ao sucesso?
“...estamos surpreendidos quando, por
exemplo, a complexidade reafirma-se, e
fazendo toda a nossa organização a adotar o
Scrum, na verdade não nos permite fornecer
software como nós pensávamos que seria”
Liz Keogh, Lunivore
ÁGIL
18
Ciclo de vida de projetos orientado a Alice
Ciclo de vida de projetos orientado à incertezas
2.
SALADA DE
“D’S”
19
TDD / BDD
20
TDD / BDD
21
Qual a dificuldade dos
Programadores c/ TDD?
▫ Por onde começar?
▫ O que testar?
▫ O que não testar?
Tem dificuldade...
TDD / BDD
22
Solução BDD?
● Por onde começar?
Então...
➢ Outside-in
(fora/para dentro);
➢ User Story;
● O que não testar? ➢ O resto.
● O que testar?
TDD / BDD
23
outside-in
Interface do usuário Interface do usuário
Back-end (código) Back-end (código)
24
3.
FOCO NA REGRA
DE NEGÓCIO
Foco na REGRA de
Negócio
(User Story)
25
Mas como?
Uma melhor
Comunicação
entre
Cliente
(Negociês) X
Programador
(Técniquês)
O que muda
do Teste
Tradicional
para o Teste
Ágil?
26
Desafio do
Teste de
Software
Manual em
ambiente ágil
27
O que muda
do Teste
Tradicional
para o Teste
Ágil?
28
EQUIPAMENTO
S
E
SISTEMA
OPERACIONAL
29
30
EQUIPAMENTO
S
E
SISTEMA
OPERACIONAL
31
EQUIPAMENTO
S
E
SISTEMA
OPERACIONAL
32
EQUIPAMENTO
S
E
SISTEMA
OPERACIONAL
33
EQUIPAMENTO
S
E
SISTEMA
OPERACIONAL
34
Bom Almoço!
4.
TESTE DE
ACEITAÇÃO
5.
VISÃO DO
TODO
35
Bora Começar?
4.
TESTE DE
ACEITAÇÃO
5.
VISÃO DO
TODO
4.1.
HTML / CSS
36
4.1.
HTML / CSS
37
Estrutura Básica HTML
4.1.
HTML / CSS
38
Estrutura Básica CSS
Dentro do HTML
Arquivo separado .css
39
4.2.
XPATH
XPath, a XML Path Language, é uma
linguagem de consulta (Query Language)
para selecionar nós de um documento
XML. Ademais, XPath pode ser usada
para computar valores (por exemplo,
strings, números ou valores booleanos)
do conteúdo de um documento XML.
XPath foi definido pelo World Wide Web
Consortium (W3C).
40
4.2.
XPATH
41
Estrutura Básica XPath
Absoluto
Relativo
4.2.
XPATH
4.3
INSPEÇÃO
DE
ELEMENTOS
42
FERRAMENTAS P/ INSPECIONAR
▪ WebDriver Element Locator for Firefox;
▪ CSS Selector Helper for Chrome;
▪ Copy Css Selector for Chrome
▪ Firebug - Firefox;
▪ FirePath - Firefox;
▪ XPath Checker.
4.3
MÃO NA
MASSA?
43
4444
WebDriver BuilderIDE
4.4
SELENIUM
45
4.5
BDD
&
CUCUMBER
4646
O que devo saber?
▪ #: Utilizado para escrever comentário;
▪ @: Simbologia para marcar tags;
▪ Feature/Funcionalidade: Descrição de alto nível de
um recurso de software;
▪ Scenario/Cenário: utiliza um conjunto de dados para
executar os nossos exemplos descritos no escopo;
▪ Passos/Steps: Um passo geralmente começa com
“Given/Dado”, “When/Quando” ou “Then/Entao”;
▪ " ": Informando que o valor é uma string.
4.5
BDD
&
CUCUMBER
4747
O que devo saber?
1. Dado: É utilizado para descrever um contexto inicial do
cenário. Quando o Cucumber executa a palavra-chave
“Dado”, espera-se que o cenário esteja em um estado
definido;
2. Quando: Utilizado para descrever um evento ou ação.
Pode-se descrever, por exemplo, uma pessoa interagindo
com o sistema ou pode ser um evento desencadeado por
um sistema;
3. Entao: É utilizado para descrever um resultado
esperado.
4.5
BDD
&
CUCUMBER
4848
Exemplo
4.5
BDD
&
CUCUMBER
49
Top 5 - Frameworks para teste
End-to-End (e2e)
4.6
FRAMEWORKS
E2E
50
4.6.1
PROTRACTOR
5151
4.6.2
WEBDRIVERIO
52
4.7
PARA
COMEÇAR
Pré-requisitos:
● NodeJS;
● GIT;
● JAVA;
● Navegador: Chrome e Firefox;
● Editor de Texto (VSCode)
○ Plugins: Cucumber Gherkin (Steve
Purves) / vscode-icons (Roberto
Huertas).
5353
Node.js Gigantes da indústria de Internet tem adotado a
plataforma, seja como uma ferramenta auxiliar, seja como
sua principal tecnologia.
Node.js é uma tecnologia assíncrona que trabalha em
uma única thread de execução.
Node.js não é uma linguagem de programação, sua
máquina virtual V8 faz etapas de pré-compilação e
otimização antes do código entrar em operação.
Node.js não é um framework Javascript. Essa VM é a
mesma que o Google utiliza para executar Javascript no
browser Chrome.
4.7.1
NODEJS
5454
Quais as vantagens?
▪ Node.js usa Javascript;
▪ Node.js permite Javascript full-stack;
▪ Node.js é muito leve e é multiplataforma.
Para quê serve?
▪ Serve para fazer o que você quiser, desde sites à scripts
de automação;
▪ Node.js serve para fazer APIs;
▪ Node.js serve para fazer backend de jogos, IoT e apps de
mensagens;
▪ Node.js serve para fazer aplicações de tempo real.
4.7.1
NODEJS
4.7.1
VAMOS
INSTALAR?
55
5656
O TypeScript possibilita que você escreva código
JavaScript na forma que foi acostumado quando aprendeu
Orientação a Objetos. Você lembra dessas aulas, em criar
métodos que retornassem um valor com tipo definido, em
criar classes e mais classes para o seu programa, em criar
interfaces para desacoplar tudo que quisesse, entre diversas
outras técnicas.
4.7.2
TYPESCRIPT
5757
GIT é um sistema de controle de versão de arquivos. Através
deles podemos desenvolver projetos na qual diversas pessoas
podem contribuir simultaneamente no mesmo, editando e
criando novos arquivos e permitindo que os mesmos possam
existir sem o risco de suas alterações serem sobrescritas.
4.7.3
GIT
4.7.4
VAMOS
INSTALAR?
58
4.7.5
VAMOS
INSTALAR?
59
4.7.6
VAMOS
INSTALAR?
60
https://ftp.mozilla.org/pu
b/firefox/releases/
4.7.7
VAMOS
INSTALAR?
61
○ Plugins: Cucumber Gherkin (Steve
Purves) / vscode-icons (Roberto
Huertas).
6262
4.8
PROMPT
BASH
6363
4.8
PROMPT
BASH
6464
4.8
MÃO NA
MASSA!!!!
5
VISÃO DO
TODO
65
6666
5
QUANDO
AUTOMATIZAR?
6767
5
O QUE
AUTOMATIZAR?
6868
5
7 PASSOS P/
AUTOMAÇÃO
1° Passo: Busque apoio da liderança;
2° Passo: Planejamento de escopo e prazo;
3° Passo: Escolha da Ferramenta;
4° Passo: Definição da linguagem de script;
5° Passo: Definição da estrutura de script;
6° Passo: Treinamento;
7° Passo: Inclusão da automação no ciclo
de desenvolvimento;
Obrigada pela presença
de todos!
69
Onde me achar?
@fcffc1
https://github.com/fcffc/
fernanda-camila-ferreira
fcffc1
https://slack.devmt.com.br/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Boa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java EnterpriseBoa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Oziel Moreira Neto
 
E so mais um campinho na tela
E so mais um campinho na telaE so mais um campinho na tela
E so mais um campinho na tela
Vandre Ramos, MSc, MBA, CSM
 
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian FerrariDrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
Taller Negócio Digitais
 
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
Thiago Ganzarolli
 
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOpsQuebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
José Alexandre Macedo
 
Introdução a Modelagem
Introdução a ModelagemIntrodução a Modelagem
Introdução a Modelagem
Rodrigo Branas
 
IFSP 2015 - Cultura DevOps
IFSP 2015 - Cultura DevOpsIFSP 2015 - Cultura DevOps
IFSP 2015 - Cultura DevOps
Leonardo Comelli
 
Java+DDD+BDD+TDD=Sucesso Total
Java+DDD+BDD+TDD=Sucesso TotalJava+DDD+BDD+TDD=Sucesso Total
Java+DDD+BDD+TDD=Sucesso Total
Eduardo Bregaida
 
Testando uma aplicação AngularJS utilizando o Karma
Testando uma aplicação AngularJS utilizando o KarmaTestando uma aplicação AngularJS utilizando o Karma
Testando uma aplicação AngularJS utilizando o Karma
Henrique Limas
 
WTM - Workshop Agile Testing
WTM - Workshop Agile TestingWTM - Workshop Agile Testing
WTM - Workshop Agile Testing
Samanta Cicilia
 
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBMO que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
Felipe Freire
 
Vamos falar de DevOps?
Vamos falar de DevOps?Vamos falar de DevOps?
Vamos falar de DevOps?
Karini Rodrigues Magalhaes
 
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
tdc-globalcode
 
Não deixe seu projeto só nas mãos do framework
Não deixe seu projeto só nas mãos do frameworkNão deixe seu projeto só nas mãos do framework
Não deixe seu projeto só nas mãos do framework
Giuseppe Lopes
 
Cultura DevOps - Integração entre infra e devel
Cultura DevOps - Integração entre infra e develCultura DevOps - Integração entre infra e devel
Cultura DevOps - Integração entre infra e devel
Jose Augusto Carvalho
 
ASP.NET MVC 5.x
ASP.NET MVC 5.xASP.NET MVC 5.x
ASP.NET MVC 5.x
Waldyr Felix
 
Desenvolva uma app Java web em poucos passos, com o Forge
Desenvolva uma app Java web em poucos passos, com o ForgeDesenvolva uma app Java web em poucos passos, com o Forge
Desenvolva uma app Java web em poucos passos, com o Forge
Eder Magalhães
 
ATC BSB - Agile Testing
ATC BSB - Agile Testing ATC BSB - Agile Testing
ATC BSB - Agile Testing
Samanta Cicilia
 
TDC 2015 Florianopolis
TDC 2015 FlorianopolisTDC 2015 Florianopolis
TDC 2015 Florianopolis
João Paulo Cercal
 
Java virtual machine quantas linguas fala a jvm2
Java virtual machine   quantas linguas fala a jvm2Java virtual machine   quantas linguas fala a jvm2
Java virtual machine quantas linguas fala a jvm2
Josenaldo de Oliveira Matos Filho
 

Mais procurados (20)

Boa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java EnterpriseBoa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
Boa Práticas no Desenvolvimento Java Enterprise
 
E so mais um campinho na tela
E so mais um campinho na telaE so mais um campinho na tela
E so mais um campinho na tela
 
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian FerrariDrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
 
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
 
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOpsQuebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
 
Introdução a Modelagem
Introdução a ModelagemIntrodução a Modelagem
Introdução a Modelagem
 
IFSP 2015 - Cultura DevOps
IFSP 2015 - Cultura DevOpsIFSP 2015 - Cultura DevOps
IFSP 2015 - Cultura DevOps
 
Java+DDD+BDD+TDD=Sucesso Total
Java+DDD+BDD+TDD=Sucesso TotalJava+DDD+BDD+TDD=Sucesso Total
Java+DDD+BDD+TDD=Sucesso Total
 
Testando uma aplicação AngularJS utilizando o Karma
Testando uma aplicação AngularJS utilizando o KarmaTestando uma aplicação AngularJS utilizando o Karma
Testando uma aplicação AngularJS utilizando o Karma
 
WTM - Workshop Agile Testing
WTM - Workshop Agile TestingWTM - Workshop Agile Testing
WTM - Workshop Agile Testing
 
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBMO que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
 
Vamos falar de DevOps?
Vamos falar de DevOps?Vamos falar de DevOps?
Vamos falar de DevOps?
 
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
 
Não deixe seu projeto só nas mãos do framework
Não deixe seu projeto só nas mãos do frameworkNão deixe seu projeto só nas mãos do framework
Não deixe seu projeto só nas mãos do framework
 
Cultura DevOps - Integração entre infra e devel
Cultura DevOps - Integração entre infra e develCultura DevOps - Integração entre infra e devel
Cultura DevOps - Integração entre infra e devel
 
ASP.NET MVC 5.x
ASP.NET MVC 5.xASP.NET MVC 5.x
ASP.NET MVC 5.x
 
Desenvolva uma app Java web em poucos passos, com o Forge
Desenvolva uma app Java web em poucos passos, com o ForgeDesenvolva uma app Java web em poucos passos, com o Forge
Desenvolva uma app Java web em poucos passos, com o Forge
 
ATC BSB - Agile Testing
ATC BSB - Agile Testing ATC BSB - Agile Testing
ATC BSB - Agile Testing
 
TDC 2015 Florianopolis
TDC 2015 FlorianopolisTDC 2015 Florianopolis
TDC 2015 Florianopolis
 
Java virtual machine quantas linguas fala a jvm2
Java virtual machine   quantas linguas fala a jvm2Java virtual machine   quantas linguas fala a jvm2
Java virtual machine quantas linguas fala a jvm2
 

Semelhante a #Moving br workshop

Xamarin UI Test + BDD Specflow
Xamarin UI Test + BDD SpecflowXamarin UI Test + BDD Specflow
Xamarin UI Test + BDD Specflow
Cleiton Felipe Moraes
 
Apresentacao dev ops
Apresentacao dev opsApresentacao dev ops
Apresentacao dev ops
Carlos Wagner Costa
 
Machine Learning Black Boxes
Machine Learning Black BoxesMachine Learning Black Boxes
Machine Learning Black Boxes
Denis Wilson Souza Rosa
 
TDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho Duro
TDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho DuroTDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho Duro
TDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho Duro
tdc-globalcode
 
Matando web forms e modernizando um grande varejista
Matando web forms e modernizando um grande varejistaMatando web forms e modernizando um grande varejista
Matando web forms e modernizando um grande varejista
José Roberto Araújo
 
Testes automatizados.pptx
Testes automatizados.pptxTestes automatizados.pptx
Testes automatizados.pptx
Carlos Gonzaga
 
Lidando com Equipes de Desenvolvimento
Lidando com Equipes de DesenvolvimentoLidando com Equipes de Desenvolvimento
Lidando com Equipes de Desenvolvimento
4Soft
 
Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?
Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?
Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?
Cristiano Schwening
 
Integração do Zabbix com Testes Automatizados
Integração do Zabbix com Testes AutomatizadosIntegração do Zabbix com Testes Automatizados
Integração do Zabbix com Testes Automatizados
Robert Silva
 
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
Apresentação de BDD com SpecFlow e Selenium
Apresentação de BDD com SpecFlow e SeleniumApresentação de BDD com SpecFlow e Selenium
Apresentação de BDD com SpecFlow e Selenium
Rafael Cruz, MCT, MBA
 
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
André Dias
 
Começando errado com php
Começando errado com phpComeçando errado com php
Começando errado com php
Marcelo Felipe Santiago Diniz
 
Sonarqube
SonarqubeSonarqube
Sonarqube
CDS
 
Test day 2012
Test day 2012Test day 2012
Test day 2012
Wellington Marion
 
Webinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWS
Webinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWSWebinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWS
Webinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWS
Amazon Web Services LATAM
 
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
tdc-globalcode
 
Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011
Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011
Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011
Frederico Maia Arantes
 
Caipira agil automacao front end selenium
Caipira agil automacao front end seleniumCaipira agil automacao front end selenium
Caipira agil automacao front end selenium
Qualister
 
Django
DjangoDjango

Semelhante a #Moving br workshop (20)

Xamarin UI Test + BDD Specflow
Xamarin UI Test + BDD SpecflowXamarin UI Test + BDD Specflow
Xamarin UI Test + BDD Specflow
 
Apresentacao dev ops
Apresentacao dev opsApresentacao dev ops
Apresentacao dev ops
 
Machine Learning Black Boxes
Machine Learning Black BoxesMachine Learning Black Boxes
Machine Learning Black Boxes
 
TDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho Duro
TDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho DuroTDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho Duro
TDC2016SP - Machine Learning Black Boxes - Terceirizando o Trabalho Duro
 
Matando web forms e modernizando um grande varejista
Matando web forms e modernizando um grande varejistaMatando web forms e modernizando um grande varejista
Matando web forms e modernizando um grande varejista
 
Testes automatizados.pptx
Testes automatizados.pptxTestes automatizados.pptx
Testes automatizados.pptx
 
Lidando com Equipes de Desenvolvimento
Lidando com Equipes de DesenvolvimentoLidando com Equipes de Desenvolvimento
Lidando com Equipes de Desenvolvimento
 
Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?
Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?
Muita gestão e pouca engenharia, por onde anda o XP?
 
Integração do Zabbix com Testes Automatizados
Integração do Zabbix com Testes AutomatizadosIntegração do Zabbix com Testes Automatizados
Integração do Zabbix com Testes Automatizados
 
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
 
Apresentação de BDD com SpecFlow e Selenium
Apresentação de BDD com SpecFlow e SeleniumApresentação de BDD com SpecFlow e Selenium
Apresentação de BDD com SpecFlow e Selenium
 
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
Utilizando metologias ágeis com VSTS: Scrum e XP, YES WE CAN! (ALM204)
 
Começando errado com php
Começando errado com phpComeçando errado com php
Começando errado com php
 
Sonarqube
SonarqubeSonarqube
Sonarqube
 
Test day 2012
Test day 2012Test day 2012
Test day 2012
 
Webinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWS
Webinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWSWebinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWS
Webinar: Introdução à Distribuição Contínua na AWS
 
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
TDC2017 | Florianopolis - Trilha DevOps How we figured out we had a SRE team ...
 
Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011
Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011
Visão Geral do Java para Iniciantes - FLISOL 2011
 
Caipira agil automacao front end selenium
Caipira agil automacao front end seleniumCaipira agil automacao front end selenium
Caipira agil automacao front end selenium
 
Django
DjangoDjango
Django
 

#Moving br workshop