Exemplos reais
Um caso extremo de bullying foi o de Curtis Taylor, que foi vítima de bullying contínuo por três anos, o que incluía alcun...
Exemplo disso foi o que se passou com Jeremy Wade Delle.  Jeremy suicidou-se em 8 de Janeiro de 1991, aos 15 anos de idade...
Alguns casos nos EUA A menina, após ser agredida, vivia isolada, não conversava com ninguém. Essa violência tornou-a uma p...
Trabalho realizado por: Inês Maltinha Inês Silveira Iuri Cardoso
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

casosreais1

1.571 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.571
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.125
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

casosreais1

  1. 1. Exemplos reais
  2. 2. Um caso extremo de bullying foi o de Curtis Taylor, que foi vítima de bullying contínuo por três anos, o que incluía alcunhas jocosas, ser espancado num vestiário, ter a camisa suja com leite achocolatado e os pertences vandalizados. Tudo isso acabou por o levar ao suicídio em 21 de Março de 1993.
  3. 3. Exemplo disso foi o que se passou com Jeremy Wade Delle. Jeremy suicidou-se em 8 de Janeiro de 1991, aos 15 anos de idade, dentro da sala de aula e em frente de 30 colegas e da professora de inglês, como forma de protesto pelos actos de violência que sofria constantemente. Os que sofrem o bullying acabam por desenvolver problemas psíquicos muitas vezes irreversíveis, que podem até levar a atitudes extremas.
  4. 4. Alguns casos nos EUA A menina, após ser agredida, vivia isolada, não conversava com ninguém. Essa violência tornou-a uma praticante do bullying. Brendha, que um dia tinha sido uma menina dedicada e estudiosa, revoltou-se e suicidou-se, atirando-se de um prédio. Brendha, no colégio que frequentava, não tinha amigos, sofria preconceitos, boatos e diversos apelidos. O grupo de “Patricinhas” tinha o prazer de praticar o bullying.
  5. 5. Trabalho realizado por: Inês Maltinha Inês Silveira Iuri Cardoso

×