Seminário, Ortega (2009), Capítulo 9 - Pesquisas em SLA.

193 visualizações

Publicada em

Estilos de aprendizagem, Aquisição de Segunda Língua, Ensino de línguas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Fontes: http://social.jrank.org/pages/147/Cognitive-Style-Field-Dependence-Field-Independence.html
    http://en.wikipedia.org/wiki/Field_dependence
    http://www.teachingenglish.org.uk/knowledge-database/field-dependent-learners
  • Seminário, Ortega (2009), Capítulo 9 - Pesquisas em SLA.

    1. 1. ORTEGA, 2009 – CAPÍTULO 9 PARTE FÁTIMA 9.6 COGNITIVE STYLES, FIELD INDEPENDENCE AND FIELD SENSITIVITY 9.7 LEARNING STYLES PROFILES
    2. 2. 9.6. ESTILOS COGNITIVOS OU DE APRENDIZAGEM • Maneiras que indivíduos preferem para colocar suas habilidades cognitivas em uso. • Não são nem bons nem maus. São dimensões bipolares com pontos fortes e fracos. • Dois estilos cognitivos: FDI • Campo-independente (Field independent) • Campo-dependente (Field dependent) • Oriundos da psicologia para a SLA • Mensurados pelo Teste de Figuras Embaralhadas (Embedded Figures Test – EFT). (Gottschaldt, 1926). • Quanto maior os pontos obtidos em menor tempo, mais independente é a pessoa.
    3. 3. Fonte: https://www.google.com/search?q=embedded+figures+test&hl=pt-PT&client=firefox-a&hs=fbN&rls=org.mozilla:pt-BR:official&prmd=imvns&tbm=isch&tbo=u&source .
    4. 4. Campo-Dependente (FD) Dificuldade relativa de distinguir detalhes de outra informação. Exemplo: encontrar um figura geométrica que esteja escondida Trabalham bem em equipes. Têm bons relacionamentos interpessoais. Têm habilidades desenvolvidas para ler dicas sociais e de comunicar abertamente seus sentimentos. Tendem a confiar na informação vinda de outro Campo-Independente (FI) Tendência em detectar detalhes de um contexto maior. Exemplo: Identificam prontamente uma figura geométrica na figura maior. Tendem a confiar menos em professores e pares para apoio. Dependem de seu conhecimento interior. Eles mesmos analisam os problemas, sem referência externa. São considerados autônomos socialmente. Descritos como impessoais e orientados para tarefas
    5. 5. PESQUISAS E DESCOBERTAS • CHAPELLE E GREEN (1992) • Examinaram 32 correlações entre EFT e proficiência em L2: uma modesta relação entre FDI e proficiência em L2. • Sternberg e Gringorenko (1997): Resultados entre FDI e EFT: • A performance é mais habilidade do que estilo cognitivo: a pontuação que reflete a avaliação “mais alta é melhor”, semelhante ao QI de 100. • Habilidade de destacar formas simples escondidas em figuras maiores é mais alta para os campo-independentes e mais baixa para os campo-dependentes. • Mas, com orientação interpessoal: o contrário • a) baixa para os campo-independentes; • b) alta para os campo-dependentes
    6. 6. • JOHNSON ET. AL (2000): Defendem na aprendizagem de L2 • Campo-independentes terão sucesso em detectar padrões de input de L2; em lidar com gramática; e serem auto-monitores durante a produção de L2. • Campo-dependentes podem facilitar sua aprendizagem via memorização e aprender através da comunicação com outros, pegando dicas sociais e pragmáticas. • Em performance oral: • Campo-dependente associado com mais altas habilidades comunicativas. Talvez, por fortalecer a aprendizagem de formulas padronizadas e expressão.
    7. 7. • ERHMAN E LEAVER (2003): Dividiu o FDI em dois pólos: • Campo-independência: • A habilidade de detectar e separar informação importante de um contexto • Campo-sensibilidade: • A habilidade de manter de uma visão panorâmica do contexto inteiro, registrando a presença de diferentes elementos. • Exemplo: Floresta: flora, fauna, mudanças no meio ambiente. • Bom aprendiz de L2: • Pode aprender novo material tanto de dentro como de fora do contexto. • Esperado a ter altos pontos no campo-independência e também no campo-sensibilidade.
    8. 8. 9.7 PERFIS DE ESTILOS DE APRENDIZAGEM •Estilos de aprendizagem: Estudados em SLA com pequeno sucesso •WILLING (1988, AUSTRÁLIA) • usou escalas e modelos de estilos de aprendizagem desenvolvidos na psicologia • Entrevistou : 40 professores, 25 aprendizes adultos de ESL • Fez levantamento com mais 517 aprendizes • Quatro perfis: Convergentes, Divergentes, Acomodadores, Assimiladores. • Encaminhou riscas recomendações para política educacional de imigrantes e desenvolvimento de pessoal e material • Teve pouco impacto teórico em SLA, por ser muito prático.
    9. 9. REID (1995) • Estilos de aprendizagem de ESL e EFL • Visual, auditivo, cenestésicos/tátil, grupal/individualista • Outras pesquisas não conseguiram validar isto. • EHRMAN E LEAVER (2003) • O modelo mais promissor • Contínuum binário: dimensão sinopse/éctase • Grau de controle consciente de aprendizagem desejada ou necessária. • Mensurado via 10 subescalas, sendo 3 itens cada, no total de 30 itens. • Rica caracterização dos modos que a informação é processada. • Relativas à habilidade diferencial de notar novas características de L2 •
    10. 10. SINOPSE SINOPSE oPercepção holística da informação: oPercepção holística da informação: ‘at a glance’ (panorâmica). ‘at a glance’ (panorâmica). oAprendizes sinópticos se oAprendizes sinópticos se desenvolvem com abordagens de desenvolvem com abordagens de aprendizagem subconscientes, aprendizagem subconscientes, porque são intuitivos. porque são intuitivos. oRelativas aos aprendizes com oRelativas aos aprendizes com domínio do hemisfério direito. domínio do hemisfério direito. ÉCTASE  Neologismo de ectasis (do grego),significando ‘alongamento’, “diástole”  Preferência pelo detalhes na nova informação  Aprendizes ectênicos:  Controle consciente de sua aprendizagem  Metódicos Relativo a aprendizes com dominância do hemisfério esquerdo.
    11. 11. • DÖRNYEI (2005) • O modelo de Ehrman e Leaver (2003) promete muito. • Adverte: precisa ser testado e modificado por meio de um leque de contextos e dos aprendizes. • • • • Fontes: http://social.jrank.org/pages/147/Cognitive-Style-Field-Dependence-Field-Independence.html http://en.wikipedia.org/wiki/Field_dependence http://www.teachingenglish.org.uk/knowledge-database/field-dependent-learners
    12. 12. (ver tabela 9.3, p.207)
    13. 13. Teoria geral da Gestalt : Vemos as coisas dentro de um conjunto de relações Como nos fenômenos de ilusão ótica nas formas geométricas . Movimento
    14. 14. A primeira sensação já é de formas Já é o global e unificada A primeira vista não vemos pontos isolados, mas relações Fonte: http://www.joaogomes.com.br/7%20%202011%20TEORIA%20GERAL%20&%20LEIS %20DA%20GESTALT.pdf
    15. 15. MEU ENTENDIMENTO •INTERPRETAÇÃO CARTESIANA: DUAL (feio-bonito, forte-fraco, geral-particular) DEDUÇÃO •Partindo de princípios reconhecidos como verdadeiros e inquestionáveis (premissa maior), o pesquisador estabelece relações com uma proposição particular (premissa menor) para, a partir de raciocínio lógico, chegar à verdade daquilo que propõe (conclusão). •O método dedutivo surgiu na Grécia antiga, com o silogismo do filósofo Aristóteles e também foi desenvolvido por Descartes, Spinoza e Leibniz •Exemplo: Todo metal conduz eletricidade O mercúrio é um metal. Logo, o mercúrio conduz eletricidade. •Tomar cuidado com o sofismo. Sofismo é um raciocínio falso Exemplo: As galinhas tem dois pés, Homens têm dois pés, logo homens são galinhas. fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Método_dedutivo.
    16. 16. INDUÇÃO •As premissas proporcionam somente alguma fundamentação da conclusão, mas não uma fundamentação conclusiva. •Raciocinar indutivamente é partir de premissas particulares, na busca de uma lei geral, universal, por exemplo: Exemplo: O ferro conduz eletricidade O ferro é metal O ouro conduz eletricidade O ouro é metal O cobre conduz eletricidade O cobre é metal Logo os metais conduzem eletricidade. Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Racioc%C3%ADnio_indutivo

    ×