SlideShare uma empresa Scribd logo
A indústria
Existem vários tipos de indústria...
Classificação da indústria 
segundo o nível de 
utilização dos produtos... 
Bens de Equipamento 
Exemplos: 
Siderurgia, química de base, 
construções mecânicas, máquinas 
e material de transporte. 
Bens de Consumo 
Exemplos: 
Agro-alimentar, têxtil, eléctrica e 
electrónica, automóvel.
Classificação da indústria segundo o nível 
tecnológico... 
Tradicional 
Exemplos: 
Alimentação e bebidas, têxtil, 
siderurgia, construção naval. 
“de ponta” ou “high tech” 
Exemplos: 
Aeroespacial, farmacêutica, 
informática.
Classificação da indústria segundo o grau de 
utilização dos factores de produção... 
Intensiva em capital 
Exemplos: 
Construção naval, siderurgia, 
aeronáutica. 
Intensiva em mão-de-obra 
Exemplos: 
Têxtil, vestuário e calçado, 
alimentar.
Classificação da indústria por ramos e sub-ramos 
(tendo em conta o domínio da actividade, os produtos 
elaborados e as técnicas utilizadas)... 
Extractiva 
Exemplos: 
Extracção mineira (de carvão, de 
petróleo, etc.). rochas ornamentais 
e industriais. 
Transformadora 
Exemplos: 
Têxtil, química, produção e 
distribuição de energia.
Outras classificações da indústria... 
Segundo a dimensão dos 
estabelecimentos e o 
volume dos investimentos 
Pequena indústria 
Grande indústria 
Segundo a posição da (ou a montante) 
indústria nos processos 
Segundo a natureza dos 
produtos utilizados 
Indústria de Base 
Indústria a jusante 
de fabrico 
Indústria pesada 
Indústria ligeira 
Exemplos 
Óptica, joalharia, 
gráfica, confecção 
Automóvel, construção 
naval, pasta para papel 
Extractiva, metalurgia, 
petroquímica 
Electrónica, mobiliário, 
brinquedos 
Siderurgia, máquinas e 
material de transporte 
Eléctrica e electrónica, 
têxtil, alimentar
Principais áreas industriais no Mundo
Existem situações muito diversas...
As trocas comerciais no mundo não param de aumentar...
O processo produtivo desenvolve-se à escala 
do Planeta...
Os grandes construtores automóveis 
organizam-se à escala mundial...
As dinâmicas de localização industrial
A influência dos custos de produção na 
localização da indústria... 
Custo médio de um operário na indústria de manufactura
A influência dos custos de produção na 
localização da indústria... 
O exemplo da indústria têxtil
Os factores de localização industrial 
Matérias-primas 
Mercados 
Transportes 
Matérias-primas 
Mão-de-obra 
Capitais 
Tecnologias
A deslocalização da indústria 
Por que decidem as empresas deslocalizar 
segmentos da sua produção: 
- Mão-de-obra abundante e barata; 
- Incentivos ao investimento estrangeiro; 
- Menor exigência com os direitos dos trabalhadores; 
- Reduzido controlo dos impactos ambientais; 
- Desenvolvimento dos transportes e das TIC.
As Empresas Transnacionais (ETN) são: 
entidades que produzem ou comercializam bens ou 
serviços, através da instalação de diversos 
estabelecimentos no território de vários Estados, por entre 
os quais repartem os recursos disponíveis, de forma a 
realizarem de forma concertada uma parte (segmentos) das 
suas actividades à escala local.
Deslocalização das Empresas Transnacionais 
… impactos nos países onde se instalam: 
Vantagens 
Criação de Empregos; 
Transferência de Tecnologia; 
Entrada de divisas; 
Criação de Pólos de Crescimento; 
Crescimentos das Exportações. 
Problemas/Desvantagens 
Falência de algumas empresas locais; 
Aumento das assimetrias regionais; 
Êxodo Rural; 
Transferência dos lucros para o país 
onde se encontra a sede das ETN; 
Maior dependência externa.
Deslocalização das Empresas Transnacionais 
… impactos nos países de onde saem: 
Problemas: 
Abandono das áreas industriais; 
Desemprego; 
Insegurança social; 
Dependência económica.
Alguns países estão a adaptar-se aos 
processos de deslocalização industrial... 
... melhorando a qualificação da mão-de-obra; 
... procurando a proximidade dos mercados consumidores; 
... investindo em tecnologia de ponta; 
... promovendo incentivos fiscais; 
... criando tecnopólos, nos quais se concentram as indústrias 
High Tech (Silicon Valley,).
O que está por detrás de … 
TTrraabbaallhhoo iinnffaannttiill
Outros problemas provocados pela actividade industrial… 
A poluição atmosférica e as chuvas ácidas
Fim

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Caderno do aluno eja volume i
Caderno do aluno eja volume iCaderno do aluno eja volume i
Caderno do aluno eja volume i
Genario Sousa
 
Ficha de trabalho 8º ano
Ficha de trabalho 8º anoFicha de trabalho 8º ano
Ficha de trabalho 8º ano
SSSAV
 
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do SubsoloGeografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Raffaella Ergün
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
Mayjö .
 
Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.
Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.
Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.
Paula Lima
 
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migraçõesFicha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migrações
Linda Pereira
 
A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
Mayjö .
 
Testes 8º ano
Testes 8º anoTestes 8º ano
Testes 8º ano
Teresa Guimaraes
 
A produção industrial
A produção industrialA produção industrial
A produção industrial
Rosária Zamith
 
Pecuária
PecuáriaPecuária
Pecuária
Mayjö .
 
1º teste set - 8ºano
1º teste   set - 8ºano1º teste   set - 8ºano
1º teste set - 8ºano
Mayjö .
 

Destaque (11)

Caderno do aluno eja volume i
Caderno do aluno eja volume iCaderno do aluno eja volume i
Caderno do aluno eja volume i
 
Ficha de trabalho 8º ano
Ficha de trabalho 8º anoFicha de trabalho 8º ano
Ficha de trabalho 8º ano
 
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do SubsoloGeografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
Geografia A 10 ano - Recursos do Subsolo
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
 
Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.
Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.
Teste 8º 9º indústria, comércio, turismo, transportes.
 
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migraçõesFicha de avaliação   estrutura etária, distribuição e migrações
Ficha de avaliação estrutura etária, distribuição e migrações
 
A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
 
Testes 8º ano
Testes 8º anoTestes 8º ano
Testes 8º ano
 
A produção industrial
A produção industrialA produção industrial
A produção industrial
 
Pecuária
PecuáriaPecuária
Pecuária
 
1º teste set - 8ºano
1º teste   set - 8ºano1º teste   set - 8ºano
1º teste set - 8ºano
 

Semelhante a Iindustria

A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
turma8bjoaofranco
 
5 alterações na industria
5  alterações na industria5  alterações na industria
5 alterações na industria
Mayjö .
 
indústria_21.pptx
indústria_21.pptxindústria_21.pptx
indústria_21.pptx
SlviaRodrigues25
 
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Edu Gonzaga
 
Nanotecnologia Bens de Capital
Nanotecnologia Bens de CapitalNanotecnologia Bens de Capital
Nanotecnologia Bens de Capital
Ipdmaq Abimaq
 
Tendências de mercado para automação industrial
Tendências de mercado para automação industrialTendências de mercado para automação industrial
Tendências de mercado para automação industrial
cictec
 
Santos rosacristinatiritillidos tcc
Santos rosacristinatiritillidos tccSantos rosacristinatiritillidos tcc
Santos rosacristinatiritillidos tcc
Peroxidos do Brasil Ltda
 
Classificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústriasClassificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústrias
magdacostaa
 
Informação, tecnologia e globalização
Informação, tecnologia e globalizaçãoInformação, tecnologia e globalização
Informação, tecnologia e globalização
Leonardo Moraes
 
Apostila qi
Apostila qiApostila qi
Apostila qi
Alexandre Asada
 
Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)
Ministério da Educação
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
flaviocosac
 
www.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvido
www.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvidowww.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvido
www.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvido
Vídeo Aulas Apoio
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenv...
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenv... www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenv...
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenv...
Aulas De Geografia Apoio
 
Geografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço IndustrialGeografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço Industrial
Irla Bonfim
 
MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional
MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional
MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional
Fiesp Federação das Indústrias do Estado de SP
 
11 industria
11  industria11  industria
11 industria
Mayjö .
 
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
LilianMilena
 
Industrialização.pdf
Industrialização.pdfIndustrialização.pdf
Industrialização.pdf
MeninoMimoso
 
www.aulasapoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenvolvido
www.aulasapoio.com - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenvolvidowww.aulasapoio.com - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenvolvido
www.aulasapoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenvolvido
Aulas Apoio
 

Semelhante a Iindustria (20)

A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
 
5 alterações na industria
5  alterações na industria5  alterações na industria
5 alterações na industria
 
indústria_21.pptx
indústria_21.pptxindústria_21.pptx
indústria_21.pptx
 
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
Industrias Professor Edu Gonzaga 2015.
 
Nanotecnologia Bens de Capital
Nanotecnologia Bens de CapitalNanotecnologia Bens de Capital
Nanotecnologia Bens de Capital
 
Tendências de mercado para automação industrial
Tendências de mercado para automação industrialTendências de mercado para automação industrial
Tendências de mercado para automação industrial
 
Santos rosacristinatiritillidos tcc
Santos rosacristinatiritillidos tccSantos rosacristinatiritillidos tcc
Santos rosacristinatiritillidos tcc
 
Classificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústriasClassificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústrias
 
Informação, tecnologia e globalização
Informação, tecnologia e globalizaçãoInformação, tecnologia e globalização
Informação, tecnologia e globalização
 
Apostila qi
Apostila qiApostila qi
Apostila qi
 
Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
 
www.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvido
www.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvidowww.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvido
www.CentroApoio.com - Vídeo Aula - Geografia - Mundo Desenvolvido
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenv...
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenv... www.AulasDeGeografiaApoio.com  - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenv...
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenv...
 
Geografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço IndustrialGeografia: Espaço Industrial
Geografia: Espaço Industrial
 
MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional
MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional
MPI 2010 - Paulo Okamotto, SEBRAE Nacional
 
11 industria
11  industria11  industria
11 industria
 
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
Modelo de investimento da Companhia Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig)
 
Industrialização.pdf
Industrialização.pdfIndustrialização.pdf
Industrialização.pdf
 
www.aulasapoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenvolvido
www.aulasapoio.com - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenvolvidowww.aulasapoio.com - Geografia -  Mundo desenvolvido e subdesenvolvido
www.aulasapoio.com - Geografia - Mundo desenvolvido e subdesenvolvido
 

Mais de Fátima Cunha Lopes

Os climas da terra
Os climas da terraOs climas da terra
Os climas da terra
Fátima Cunha Lopes
 
Ficha de trabalho sobre a pressão atmosférica
Ficha de trabalho sobre a pressão atmosféricaFicha de trabalho sobre a pressão atmosférica
Ficha de trabalho sobre a pressão atmosférica
Fátima Cunha Lopes
 
Madeira sérgio e pedro fernandes
Madeira sérgio e pedro fernandesMadeira sérgio e pedro fernandes
Madeira sérgio e pedro fernandes
Fátima Cunha Lopes
 
Açores
Açores  Açores
Desemprego power point geografia[1]
Desemprego   power point geografia[1]Desemprego   power point geografia[1]
Desemprego power point geografia[1]
Fátima Cunha Lopes
 
Radiação solar beatriz e margarida
Radiação solar   beatriz e margaridaRadiação solar   beatriz e margarida
Radiação solar beatriz e margarida
Fátima Cunha Lopes
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
Fátima Cunha Lopes
 
REDE E BACIAS
REDE E BACIASREDE E BACIAS
REDE E BACIAS
Fátima Cunha Lopes
 
Turismo geografia
Turismo   geografiaTurismo   geografia
Turismo geografia
Fátima Cunha Lopes
 
Areas rurais[2]
Areas rurais[2]Areas rurais[2]
Areas rurais[2]
Fátima Cunha Lopes
 
Convocatória do planetário 2015 final
Convocatória do planetário 2015 finalConvocatória do planetário 2015 final
Convocatória do planetário 2015 final
Fátima Cunha Lopes
 
Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]
Fátima Cunha Lopes
 
Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]
Fátima Cunha Lopes
 
Planoaula0611[2]
Planoaula0611[2]Planoaula0611[2]
Planoaula0611[2]
Fátima Cunha Lopes
 
Cidades
CidadesCidades
Cidades
CidadesCidades
Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)
Fátima Cunha Lopes
 
Vazios
VaziosVazios
Poluição do solo 2
Poluição do solo 2Poluição do solo 2
Poluição do solo 2
Fátima Cunha Lopes
 
Poluição atmosférica (2)
Poluição atmosférica (2)Poluição atmosférica (2)
Poluição atmosférica (2)
Fátima Cunha Lopes
 

Mais de Fátima Cunha Lopes (20)

Os climas da terra
Os climas da terraOs climas da terra
Os climas da terra
 
Ficha de trabalho sobre a pressão atmosférica
Ficha de trabalho sobre a pressão atmosféricaFicha de trabalho sobre a pressão atmosférica
Ficha de trabalho sobre a pressão atmosférica
 
Madeira sérgio e pedro fernandes
Madeira sérgio e pedro fernandesMadeira sérgio e pedro fernandes
Madeira sérgio e pedro fernandes
 
Açores
Açores  Açores
Açores
 
Desemprego power point geografia[1]
Desemprego   power point geografia[1]Desemprego   power point geografia[1]
Desemprego power point geografia[1]
 
Radiação solar beatriz e margarida
Radiação solar   beatriz e margaridaRadiação solar   beatriz e margarida
Radiação solar beatriz e margarida
 
Recursos hídricos
Recursos hídricosRecursos hídricos
Recursos hídricos
 
REDE E BACIAS
REDE E BACIASREDE E BACIAS
REDE E BACIAS
 
Turismo geografia
Turismo   geografiaTurismo   geografia
Turismo geografia
 
Areas rurais[2]
Areas rurais[2]Areas rurais[2]
Areas rurais[2]
 
Convocatória do planetário 2015 final
Convocatória do planetário 2015 finalConvocatória do planetário 2015 final
Convocatória do planetário 2015 final
 
Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]
 
Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]Plantas de cidades[1]
Plantas de cidades[1]
 
Planoaula0611[2]
Planoaula0611[2]Planoaula0611[2]
Planoaula0611[2]
 
Cidades
CidadesCidades
Cidades
 
Cidades
CidadesCidades
Cidades
 
Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)Funções urbanas (2)
Funções urbanas (2)
 
Vazios
VaziosVazios
Vazios
 
Poluição do solo 2
Poluição do solo 2Poluição do solo 2
Poluição do solo 2
 
Poluição atmosférica (2)
Poluição atmosférica (2)Poluição atmosférica (2)
Poluição atmosférica (2)
 

Último

05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 

Último (20)

05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 

Iindustria

  • 2.
  • 3.
  • 4. Existem vários tipos de indústria...
  • 5. Classificação da indústria segundo o nível de utilização dos produtos... Bens de Equipamento Exemplos: Siderurgia, química de base, construções mecânicas, máquinas e material de transporte. Bens de Consumo Exemplos: Agro-alimentar, têxtil, eléctrica e electrónica, automóvel.
  • 6. Classificação da indústria segundo o nível tecnológico... Tradicional Exemplos: Alimentação e bebidas, têxtil, siderurgia, construção naval. “de ponta” ou “high tech” Exemplos: Aeroespacial, farmacêutica, informática.
  • 7. Classificação da indústria segundo o grau de utilização dos factores de produção... Intensiva em capital Exemplos: Construção naval, siderurgia, aeronáutica. Intensiva em mão-de-obra Exemplos: Têxtil, vestuário e calçado, alimentar.
  • 8. Classificação da indústria por ramos e sub-ramos (tendo em conta o domínio da actividade, os produtos elaborados e as técnicas utilizadas)... Extractiva Exemplos: Extracção mineira (de carvão, de petróleo, etc.). rochas ornamentais e industriais. Transformadora Exemplos: Têxtil, química, produção e distribuição de energia.
  • 9. Outras classificações da indústria... Segundo a dimensão dos estabelecimentos e o volume dos investimentos Pequena indústria Grande indústria Segundo a posição da (ou a montante) indústria nos processos Segundo a natureza dos produtos utilizados Indústria de Base Indústria a jusante de fabrico Indústria pesada Indústria ligeira Exemplos Óptica, joalharia, gráfica, confecção Automóvel, construção naval, pasta para papel Extractiva, metalurgia, petroquímica Electrónica, mobiliário, brinquedos Siderurgia, máquinas e material de transporte Eléctrica e electrónica, têxtil, alimentar
  • 12. As trocas comerciais no mundo não param de aumentar...
  • 13. O processo produtivo desenvolve-se à escala do Planeta...
  • 14. Os grandes construtores automóveis organizam-se à escala mundial...
  • 15. As dinâmicas de localização industrial
  • 16. A influência dos custos de produção na localização da indústria... Custo médio de um operário na indústria de manufactura
  • 17. A influência dos custos de produção na localização da indústria... O exemplo da indústria têxtil
  • 18. Os factores de localização industrial Matérias-primas Mercados Transportes Matérias-primas Mão-de-obra Capitais Tecnologias
  • 19. A deslocalização da indústria Por que decidem as empresas deslocalizar segmentos da sua produção: - Mão-de-obra abundante e barata; - Incentivos ao investimento estrangeiro; - Menor exigência com os direitos dos trabalhadores; - Reduzido controlo dos impactos ambientais; - Desenvolvimento dos transportes e das TIC.
  • 20. As Empresas Transnacionais (ETN) são: entidades que produzem ou comercializam bens ou serviços, através da instalação de diversos estabelecimentos no território de vários Estados, por entre os quais repartem os recursos disponíveis, de forma a realizarem de forma concertada uma parte (segmentos) das suas actividades à escala local.
  • 21. Deslocalização das Empresas Transnacionais … impactos nos países onde se instalam: Vantagens Criação de Empregos; Transferência de Tecnologia; Entrada de divisas; Criação de Pólos de Crescimento; Crescimentos das Exportações. Problemas/Desvantagens Falência de algumas empresas locais; Aumento das assimetrias regionais; Êxodo Rural; Transferência dos lucros para o país onde se encontra a sede das ETN; Maior dependência externa.
  • 22. Deslocalização das Empresas Transnacionais … impactos nos países de onde saem: Problemas: Abandono das áreas industriais; Desemprego; Insegurança social; Dependência económica.
  • 23. Alguns países estão a adaptar-se aos processos de deslocalização industrial... ... melhorando a qualificação da mão-de-obra; ... procurando a proximidade dos mercados consumidores; ... investindo em tecnologia de ponta; ... promovendo incentivos fiscais; ... criando tecnopólos, nos quais se concentram as indústrias High Tech (Silicon Valley,).
  • 24. O que está por detrás de … TTrraabbaallhhoo iinnffaannttiill
  • 25. Outros problemas provocados pela actividade industrial… A poluição atmosférica e as chuvas ácidas
  • 26. Fim