Boletim Ideias & Negócios, Nº 29 - Jan_Fev 2014

637 visualizações

Publicada em

Esta edição do Boletim Ideais & Negócios da CCISS, tem como destaques o Encontro Empresarial com a Ministra das Finanças, a participação da CCISS na FIDAK 2013 (com os resultados da missão).

Também faz referência ao protocolo assinado entre a CCISS e a Associação Empresarial de Viana, de Angola.
Na rubrica Perfil Empresarial do Mês a Itom Distribuidora, Lda é a empresa escolhida. E por último é apresentado o calendário das Missões Empresariais da CCISS para o 1º Semestre.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
637
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim Ideias & Negócios, Nº 29 - Jan_Fev 2014

  1. 1. Encontro Empresarial com a Ministra das Finanças e as Direcções Gerais CCISS na FIDAK 2013 Feira Internacional de DAKAR CCISS assina Protocolo com AEV de Angola Perfil Empresarial do Mês: Itom Distribuidora, Lda Guia de Serviços a um passo da Certificação Conheça o Calendário das Missões Empresariais do 1º Semestre - 2014
  2. 2. EDITORIAL É com grande satisfação que recebemos os nossos novos Associados, que com sua força particular, vêm reforçar a representatividade da CCISS. Recebam as nossas boas-vindas e, para tudo o que necessitarem da vossa Câmara de Comércio, estamos sempre ao vosso dispor. Eleonora Maria Teixeira Da Costa Santiago - Tarrafal Contactos: 927.6519 FCTurismo Sector: Turismo e Artesanato Santiago - Praia Contactos: 262.1181/991.5077 Email: nandacriola@hotmail.com/fcturimo10@yahoo.com Caro Empresário, A tendência para a crescente globalização da concorrência e dos mercados, o número cada vez mais vasto de sectores e de actividades e a explosão da Internet fazem com que a internacionalização faça parte integrante das preocupações estratégicas da CCISS e das Ekotravel S.A Santiago - Praia, Plateau Contactos: 260.3750/996.5444 Email: ekotravel.sergio@gmail.com Atelier Via Eventos Santiago - Praia, ASA Contactos: 262.7288/998.2984 Email: dinandreia@gmail.com Gestcv - Sociedade Unipessoal, Lda Santiago - Praia, Fazenda Contactos: 262.9134/ 983.6363 Email: seluis.calvario@gestcv.com Site: www.gestcv.com Office D & L, Lda Santiago - Praia, ASA Sector: Comercio Material de Escritório Contactos: 260.3060/590.7076 EmaiL: david.officedl@gmail.com Fátima Fernandes Silva Santiago - Tarrafal Sector: Comério de Produtos Alimentares Contactos: 991.2226 Electrorock, Lda Santiago - Praia, Achada São Felipe Sector: Canalização/comercio de materiais de construção Contactos: 997.5720 Cerâmica, Asfalto e Betões, SA Santiago - Praia, Achada Grande Trás Sector: Industria de Betões e Inertes Contactos: 263.4315/973.2165 Email: mmartins@cab.cv 2 empresas caboverdeanas. Na nova envolvente internacional, elas são obrigadas a enfrentar novos desafios, porque a internacionalização já não é essencialmente uma questão de conquista de novos mercados, mas um desafio para a globalização das funções das organizações. No caso de Cabo Verde essa internacionalização põe-se de forma mais eloquente devido á pequenez do nosso mercado e á inexistência de ganhos possiveis com economias de escala. Para a CCISS o ano de 2014 apresenta-se como crucial para o volte-face das empresas caboverdianas e para a aposta definitiva na conquista de mercados externos. CEDEAO, Guiné Equatorial e Angola são as nossas legitimas prioridades. Para que todo este processo funcione eficazmente, é necessário prepararmos devidamente as nossas empresas e definirmos com clareza uma estratégia sustentável. A CCISS põe á disposição dos seus associados todo o tipo de informações necessárias para esta nova etapa. Jorge Daniel Spencer Lima Presidente da CCISS Página - 3 CCISS na FIDAK 2013 Feira Internacional de DAKAR Página - 4/5 Encontro Empresarial com a Ministra das Finanças e as Direcções Gerais CCISS assina Protocolo com AEV de Angola Página - 6/7 Entrevista Perfil: Itom Distruidora, Lda Guia de Serviços a um passo da Certificação Página - 8 Conheça o Calendário das Missões Empresariais do 1º Semestre - 2014
  3. 3. Boletim da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Sotavento Eventos CCISS A Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Sotavento, participou ao mais alto nível na 21ª Edição da FIDAK - 2013, Feira Internacional de Dakar, na Capital Senegalesa de 27 de Novembro a 11 de Dezembro de 2013, como convidado de honra, sob o lema “Problemática da Energia na África do Oeste: Desafios e Perspectivas das Energias Renováveis”. O objectivo particular da Missão foi criar possibilidades de cooperação mais estreita entre os dois paises e um ambiente que facilite às empresas Cabo-verdianas e Senegalesas a trabalharem em conjunto. Durante a feira, foi assinado um protocolo de parceria e cooperação entre a CCISS e a CICES – Centre International du Commerce Extérieur du Sénégal. A missão foi liderada pelo Ministro do Turismo, Indústria e Energia, Dr. Humberto Brito, que pronunciou sobre a importância de criar uma agenda futura de trabalho, Senegal e Cabo Verde, o que propiciará um ambiente de desenvolvimento de parcerias estratégicas. O Presidente da CCISS, Dr. Jorge Spencer Lima, encabeçou a comitiva empresarial, que contou com mais de duas dezenas de empresas nacionais, além do CCISS na FIDAK 2013 Feira Internacional de DAKAR Delelgação Empresarial Cabo-verdiana na FIDAK Presidente de Cabo Verde Investimentos e o Director Geral do da Energia. O relançamento das relações com a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) foi um dos grandes ganhos desta missão, que será reforçada com a missão empresarial à CEDEAO, que se realizará no mês de Março. No quadro desta missão, de carácter multissectorial, durante quatro dias, os participantes conheceram in loco as poten- cialidades do país e não só, pesquisaram oportunidades de negócio participando em encontros B2B, com objetivo de gerar parcerias e negócios. Durante a feira o interesse demonstrado pelos visitantes nos produtos Cabo-verdianos foi, principalmente nos produtos comercializados pela Itom, Inpharma, Iogurel e Frescomar e outros que fizeram exposição dos seus produtos no Stand de Cabo Verde. Retrospectiva dos Eventos na CCISS, com a Nova Direcção Setembro • • Capacitação Técnica em Procurement Tomada de Posse dos Novos Órgãos Sociais da CCISS Outubro • • • Encontro de Auscultação dos Operadores da Região e a Apresentação dos Novos Órgãos Sociais da CCISS O B2B Networking & Expo Event Cabo Verde – USA Apresentação do Green Projects Awards Cabo Verde Novembro • • Orçamento do Estado para 2014. Uma Leitura Empresarial e os Desafios do Presente Futuro Formação Gestão de Cobranças Dezembro • • Sealink Roadshow - “Fórum de Sensibilização sobre a Ligação Marítima na Sub-região Oeste Africana” Encontro Empresarial na Ilha do Fogo Siga-nos em: www.facebook.com/camaracomerciodesotavento http://www.linkedin.com/pub/cciss-sotavento/55/532/ba1 cciss.blogs.sapo.cv 3
  4. 4. Encontro Empresarial com a Ministra das Finanças e as Direcções Gerais No passado dia 14 de Janeiro, a CCISS organizou um encontro empresarial, com a Ministra das Finanças e as Direcções Gerais dos Serviços Centrais, tendo se convidado a Enapor, para juntos tentar encontrar soluções das preocupações da classe empresarial. O relacionamento com os serviços das alfândegas, o horário de funcionamento dos serviços, principalmente entre a Enapor e a Alfândega, o impedimento na desalfandegagem de mercadorias, a lentidão nos mecanismos de reembolso do IVA, o atraso na liquidação do IUR das empresas foram alguns dos tópicos abordados no encontro. O Presidente da CCISS, Dr. Jorge Spencer Lima, firmou a pertinência e o peso que a Administração Pública tem na resolução das dificuldades apontadas pelos empresários: “É importante que a administração fiscal esteja sensibilizada para as questões que afectam a vida dos empresários e para melhoria do ambiente de negócios que se vive no país. Por isso é necessário resolver os efeitos internos, que dependem do relacionamento existente entre os empresários e o Estado”. A Ministra das Finanças, Dra. Cristina Duarte, manifestou o interesse e a disponibilidade do seu Ministério e de todas as direcções gerais em trabalharem em sintonia com o sector empresarial, com o propósito de resolver as dificuldades das empresas. Para isso, foi acordado a criação de 5 grupos de trabalho, que irão trabalhar nas questões específicas levantadas durante encontro: 1. Direcção Geral das Contribuições e Impostos 2. Coordenação dos serviços da Alfandega, ENAPOR, Ministério da Agricultura, (fitossanitário), Guarda Fiscal, Ministério do Ambiente 3. Patrimônio 4. Centro Internacional de negócios e imposto de selo nas transacções financeiras 5. Taxa Ecológica A constituição desses grupos permitirá uma melhoria do ambiente de negó- 4 cio em Cabo Verde. Os grupos de trabalho serão constituidos por representantes do governo e do sector privado. Ficou também acordada, entre Presidente da CCISS e a Minstra das Finanças a calendarização das sessões de trabalho, na CCISS, para debater sobre o código dos benefícios fiscais, e outros encontros entre o Presidente da CCISS e a Ministra das Finanças para debater sobre o Fundo de Internacionalização das empresas e o Fundo para o Incremento das actividades empresariais e a linha de crédito para expansão de negócios. Os empresários por sua vez reconhecem o dinamismo no diálogo com o governo, da nova equipa directiva de gestão da CCISS. As partes envolvidas acordaram que é importante haver este tipo de encontro, posteriormente, para resolver questões fiscais com mais precisão, onde será necessário debater e analisar a taxa ecológica, questões praticas da Direcção Geral das Contribuições e Impostos e também analisar a eficácia do Centro Internacional de Negócios.
  5. 5. Boletim da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Sotavento CCISS assina protocolo com AEV - Associação Empresarial de Viana/Angola Os dois Presidentes a celebrarem a assinatura A CCISS e a Associação Empresarial de Viana - AEV de Angola assinaram um protocolo de cooperação, a 4 de Fevereiro, que visa intensificar as relações bilaterais de cooperação empresarial entre Cabo Verde e Angola, considerando a necessidade de facilitação empresarial e reciprocidade para intercâmbio e negócios, entre Angola e Cabo Verde O Presidente da CCISS, Jorge Spencer Lima realçou o beneficio que os empresários dos dois países podem tirar dessa parceria. “Essa parceria poderá ser uma mais-valia para o desenvolvimento do país. Estamos no mesmo caminho e temos objectivos comuns, que é fazer que tanto os empresários Angolanos como Cabo-verdianos possam tirar proveito e se beneficiar dessa parceria.” O protocolo rubricado dá um enquadramento a oportunidades de negócios e possibilidades de cooperação empresarial que vai ser reforçada na Feira Internacional de Angola (FILDA), no mês de Junho, onde haverá uma bolsa de negócios entre os empresários dos dois países. Francisco Viana, Presidente da Associação dos Empresários de Viana destaca a posição estratégica de Cabo Verde, em relação aos novos mercados emergentes em África. “Os investidores angolanos poderão estar interessados em fazer negócios com empresários do arquipélago e expandir as suas actividades para determinados mercados, a partir daqui.” O protocolo irá fortalecer a cooperação empresarial entre os dois países, através da realização de algumas acções como: Criação de um Plano de Cooperação Empresarial Angola / Cabo Verde , Organização de  uma Bolsa de negócios para promover o “matching” entre empresas Angolanas e Cabo-verdianas, Participação em missões conjuntas de prospecção dos mercados da CEDEAO e da África Central, promover parcerias entre empresas Caboverdianas e Angolanas com vista a aceder a outros mercados preferenciais nomeadamente a Europa e os EUA. A cerimónia que decorreu na sede da CCISS, contou com a presença do Presidente da Câmara de Comércio de Angola acompanhado pelo Administrador de Viana e pela Embaixadora de Angola em Cabo Verde, o Presidente, o Vice-presidente e o Secretário-Geral da CCISS; o Presidente da Câmara de Santa Cruz e os restantes membros da Delegação Angolana. Agenda de Formações - Fevereiro e Março Formações para Março Dominie a Negociação Coaching Para mais informações contacte a CCISS, através do seu Departamento de Desenvilvimento Empresarial, pelo 260 37 94. 5
  6. 6. Entrevista Perfil: ITOM Distribuidora Lda Formada em 2002, com a sua primeira loja em São Vicente, a ITOM Distribuidora Lda, surgiu através de uma outra empresa de distribuição de géneros alimentícios no Brasil. Com uma boa rede de distribuição dos seus produtos, atualmente possui 3 representações em Cabo Verde, uma em São Vicente, onde tem a sua sede, uma na Cidade da Praia e outra em Santo Antão. Já com os passos assentes na internacionalização, a ITOM tem uma representação na Guiné Bissau, embora que suspensa pelo clima de instabilidade vivida naquele país. Quando é que iniciaram as atividades? A ITOM começou a funcionar em 2002, com sede em São Vicente. Veio na sequência de uma empresa que eu tenho no Brasil, porque eu percebi no mercado brasileiro muitos produtos que se adequavam aos hábitos dos consumidores caboverdianos, e achei que se seria interessante fazer a promoção desses produtos aqui. Comecei a fazer a distribuição destes produtos, que são da todos da área alimentar. Hoje nossa participação no mercado é bastante significativa. Quem tem sido os vossos clientes? Os nossos clientes tem sido as lojas, os atacadista, redes de supermercados, temos camiões de entregas para pontos de vendas em várias zonas. Basicamente trabalhamos com massas alimentícias, arroz, biscoitos, agias, leites de cocos, sumos de frutas, goiabadas entre outros. Qual é a vossa estratégia empresarial e que análise faz do mercado atualmente? Temos sede em São Vicente com representação na Cidade da Praia e Santo Antão e nas demais ilhas temos parceiros que compram os nossos produtos fazem a distribuição. Os nossos principais obstáculos são os condicionalismos e características do próprio mercado, que é um mercado peque- 6 Irineu Morais - Proprietário e Gerente da ITOM Distribuidora Lda no, com uma grande concorrência. Nós é que temos de adaptar ao mercado e trabalharmos para estarmos mais firmes no mercado. Já em 2013 sentimos uma retração no consumo, por isso decidimos apostar em trazer produtos novos. Como avalia o papel da CCISS como representante do sector privado? Tem tido uma posição bastante atuante. Com a entrada do novo presidente, Jorge Spencer Lima, começou a sentir-se uma outra dinâmica. Antes podemos dizer que os empresários estavam menos protegidos, hoje já estamos a sentir que as coisas estão caminhando melhor, principalmente no diálogo com o governo. Nos encontros já realizados, nos quais eu participei, fiquei animado e confiante para uma melhoria do ambiente empresarial. No encontro realizado no mês de Janeiro, com a Ministra das Finanças, percebi que existe uma abertura e um querer aproximar por parte do governo aos empresários. Como foi percorrer o caminho para a In- ternacionalização? Nós já tínhamos iniciado a nossa atividade na Guiné Bissau, em 2011, com exportações, distribuição e chegamos a enviar 5 contentores. Entretanto com o golpe militar tudo ficou parado. Esperamos retomar as atividades depois das eleições, após tudo estar normalizado. Pois penso que este país é um grande mercado que temos de explorar, dado às facilidades de acesso que temos a este mercado. A nossa internacionalização começou com uma missão empresarial realizada pela CCISS àquele país, e eu fiz um estudo de prospecção de mercado que se traduziu numa boa oportunidade de investimento. Estas missões são de extrema importância. É mais fácil chegar nos contactos fazerem as coisas acontecerem quando as coisas acontecem com a CCISS. A CCISS tem as portas abertas e nós temos de aproveitar isso. ITOM Distribuidora Lda Telefone Praia: 261 1036 Telefone São Vicente: 232 9557 Email: itom@cvtelecom.cv
  7. 7. Boletim da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Sotavento Guia de Serviços a um passo da Certificação Fundada em 2007 como sociedade unipessoal, a Guia de Serviços visa disponibilizar um alargado leque de serviços à classe empresarial, dando resposta às necessidade e satisfazer um nicho específico de mercado, que é de colocar jovens no mercado e nesse contexto proporcionar-lhes uma formação que lhes conferisse uma capacitação. Com dezenas de clientes, a nível nacional e um conjunto de 55 colaboradores, a Guia de Serviços centra as suas actividades em formações, cedências de pessoal numa vasta área de serviços, gestão de recursos humanos, realização de eventos e planos de marketing. Quando foi é que se apercebeu da necessiade de um Sistema de Gestão da Qualidade - SGQ? A necessidade de ter um SGQ Sistema de Gestão da Qualidade, surgiu no sentido de melhorarmos as condições de trabalho, prestação de serviço, garantindo um serviço de qualidade e garantir a satisfação do cliente. Que melhorias o SGQ traz para a Guia de Serviços e para os seus clientes? Uma vez que estamos no inicio da implementação dos modelos e processos, a nosso ver, o SGQ, está trazendo e irá trazer melhorias significativas para a Guia, uma vez que foram criados modelos, processos e procedimentos para todas as áreas do nosso negócio. Pretendemos que os serviços passarão a ser feitas sob a mesma lógica de acordo com o objectivo da empresa, contribuindo substancialmente para melhoria dos serviços prestados aos nossos clientes. Um outro aspecto que consideramos importante é que com esse projecto consideramos estar minimamente preparado para obter a Certificação ISO 9001:2008 e obter com isso um reconhecimento internacional do sistema de gestão da qualidade da Guia de Serviços, previsto ainda para Março deste ano. O FCC é um instrumento ao dispor de empresas Cabo-verdianas. Como avalias estes fundo de apoio? Avaliamos o fundo de uma forma positiva. È uma iniciativa louvável visto que ajuda as empresas na concretização de projectos, tanto a nível financeiro, através da comparticipação dos custos, como a nível da estruturação da organização. Teve alguma dificuldade em aceder ao fundo? Se sim, quais foram e que suges- Da esquerda para direita: Neusa Silva da Guia de Serviços - GS, Mónica Vicente - CCISS e Ana Rodrigues - GS Neusa Silva - Gerente da Guia de Serviços tões faz para que haja uma melhoria no acesso ao fundo? Não tivemos dificuldades em aceder ao fundo. Sugestões de melhorias: serem mais céleres na avaliação das candidaturas e para que as empresas não percam o fôlego se possível apoiar no processo de certificação. Email: info@guiadeservicos.cv Telefone: +238 261 25 00/ + 238 261 96 45 Fax: +238 261 95 00 Chã de Areia, Rua da Alfândega, Praia, Santiago C.P. 679 7
  8. 8. Missões Empresariais do 1º Semestre Missão Empresarial da Nigéria 28 Fevereiro a 4 Março Praia Feira Internacional do Gana 27 Fevereiro a 10 de Março Acra Encontro Empresarial Madrid Março - 13 Madrid Missão Holandesa Março - 24 a 25 Praia Missão empresarial aos países da CEDEAO (Senegal, Gâmbia, Guiné Bissau, Guiné Conakry, Serra Leoa, Costa do Marfim, Gana e Nigéria) – 26 de Maio a 5 Junho Missão Empresarial à Guiné Equatorial e São Tomé e Principe - Maio - 12 Malabo Missão Empresarial da Tunísia Maio Praia Missão Empresarial à Africa do Sul Junho - 12 Joanesburgo Missão Empresarial da Turquia Junho Praia FILDA - Feira Internacional de Luanda Feira Multissectorial Julho - 15 a 20 Luanda Para mais informações, contacte o serviço de Missões e Feiras Empresariais da CCISS pelos telefones: 261 5352 / 260 3793 Propriedade: Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Sotavento - CCISS Direcção: CCISS - Conteúdo, Edição & Paginação: Rosindo Cardoso Distribuição: Gratuita Colaboradores: Lisia Ramos, Rosindo Cardoso Impressão: Tipografia Santos Tiragem: 1000 exemplares Contactos: Av. Oua, nº 39, CP 105 - Achada de Santo António - Praia - Cabo Verde / info@cciss.cv / + 238 261 5352 8

×