O rapaz do pijama às riscas ricardo

24.940 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.940
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
233
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O rapaz do pijama às riscas ricardo

  1. 1. Olá a todos, eu chamo-me Ricardo Carvalho e sou o nº 24do 8ºA. No âmbito da disciplina de Língua Portuguesa eufiz um trabalho sobre o livro O Rapaz do pijama ásriscas. Espero que todos gostem.
  2. 2. •O autor•O livro•As personagens•A história de cada personagem•Imagens•Reação pessoal•Conclusão
  3. 3. Jonh Boyle nasceu no ano de 1971 em Dublin,na Irlanda onde reside até hoje. Estudou, ainda jovem, literatura inglesa e "redação criativa" (ou LiteraturaCriativa) na Universidade do Leste da Anglia. A sua obra mais famosa, O Menino do Pijama ás Riscas - que vendeu maisde quatro milhões de cópias em todo o mundo -, passou 76 semanas comolivro mais vendido na Irlanda, foi o livro mais vendido na Espanha nos anosde 2007 e 2008 e o número um, também, no Reino Unido, na Austrália e emmuitos outros países . Além disso, em Novembro de 2008, alcançou oprimeiro lugar dentre os Bestsellers do New York Times.Jonh Boyle ---------------------------->
  4. 4. O título original é The Boy in the Striped Pijamas. Este livro narra a história deBruno, um rapaz alemão de 9 anos, que um dia vê-se obrigado a mudar-se dasua mansão em Berlim para uma casa numa zona desértica. Bruno tem umairmã mais velha, chamada Gretel que se apaixona pelo tenente Kotler, um doshomens que trabalham para o seu pai. Um dia Bruno vê da janela do seu quartouma vedação sem fim. Do outro lado haviam vários barracões iguais, soldados epessoas vestidas com um estranho pijama ás riscas. Numa tarde, quando Brunonão tinha nada para fazer, decide ir fazer uma expedição lá fora. Ele começa aseguir a vedação. Uma hora depois, Bruno vê um pontinho que setransformou numa pinta que se transformou numa mancha que setransformou num vulto que se transformou num rapaz. É nesse momentoque Bruno conhece Shmuel, um rapaz judeu posto num campo deconcentração. Bruno e Shmuel ficaram muito amigos pois nenhum dos doistinha mais amigos ali e porque nasceram no mesmo dia, do mesmo mês, domesmo ano ,ou seja, tinham os dois 9 anos.O pai de Bruno trabalhava comoComandante para o Fúria.
  5. 5. Nesta obra existem várias personagens, mas eu irei dizer as maisimportantes:Bruno-Personagem principalShmuel-Personagem principalKotler-Jovem tenente pelo qual Gretel se apaixonouGretel-É a irmã mais velha de Bruno à qual ele chama “Caso Perdido”.Ficou apaixonada por Kotler algumas semanas depois de ele chegarem aAcho-Vil.Herr Liszt-Professor de História e Geografia de Bruno e GretelPavel- Criado da casa. Curou o ferimento de Bruno quando ele caiu deum baloiço-pneuMaria- Criada da casa, uma das mais antigas.Mãe- XPai- Trabalha como comandante para o Fúria.Fúria- Fúria era na verdade Hitler.
  6. 6. Bruno- Bruno é um rapaz alemão de 9 anos cujo o seu maior sonho é serexplorador. Ele vivia numa mansão em Berlim.A mansão tinha 5 andares. Bruno via Berlim no último quarto da mansão. Tinha-se de pôr em bicos-dos-pés e apoiar-se na janela para ver. Uma dasbrincadeiras de Bruno era descer no corrimão das escadas, desde o 4º ao 1ºandar. Bruno adorava andar pelas ruas de Berlim, vendo as bancas de legumes e dasfrutas, apreciando a paisagem e as pessoas a beber o seus batidos comchantily até ao topo, conversando e rindo alto. Bruno tinha 3 melhores amigos:Martin, Karl e Daniel. Infelizmente com o passar do tempo em Acho-vil (nomeda casa onde ele foi viver), Bruno foi-se esquecendo dos seus melhoresamigos, até apenas saber dois dos nomes e que um era ruivo. Depoisesqueceu-se das caras e de dois nomes. Por fim só sabia que tinha trêsmelhores amigos.
  7. 7. Shmuel- Shmuel é um jovem de 9 anos, tal como Bruno, que é judeu.Shmuel vivia com a sua mãe, o seu pai e o seu irmão Josef num pequenoapartamento por cima da loja de relógios do seu pai. Eram muito felizes atéque um dia, quando Shmuel chegou da escola, a sua mãe estava a fazerumas braçadeiras feitas com um tecido especial e a desenhar um estrela emcada uma. A sua mãe avisou que sempre que saíssem de casa tinham deusar essa braçadeira. Shmuel usou as braçadeiras alguns meses até que amãe disse-lhe que não poderiam viver mais ali. Mudaram-se então para outraparte da Cracóvia, onde os soldados tinham construído um muro enorme.Shmuel e a sua família tiveram então de viver num quarto que dividiam comoutra família, da qual não gostavam nada. O filho mais velho da outra famíliaagredia várias vezes Shmuel. Meses se passaram e as coisas voltaram amudar. Certo dia os soldados chegaram com camiões que os levaram paraum comboio que cheirava mal e onde não se podia respirar. Quandoparou, fazia muito frio lá fora e tiveram de ir a pé até ao campo deconcentração. Shmuel e o irmão foram separados dos seus pais.NOTA:Quando Bruno e Shmuel falavam das braçadeiras, Bruno tambémmostrou a que o seu pai usava.
  8. 8. Desenho da faixa das Estrela das braceletesbraceletes nazis judaicas
  9. 9. Gretel- Gretel ou “Caso perdido” para Bruno, era uma rapariga de 13 anos.Adorava bonecas e estava sempre a endireitá-las e muitas vezes falava comelas. Gretel era maioria do tempo, má para Bruno. Quando semudaram, Gretel levou toda a sua coleção de bonecas. Quando chegaram aAcho-Vil, minutos depois todo o quarto de Gretel estava repleto de bonecas.Tudo mudou quando Gretel conheceu o tenente Kotler, um jovem soldadoque trabalhava para o seu pai. Era mau e muito bruto. Gostava de chamar aBruno “Homenzinho”, o que fazia Bruno se enervar com ele. Não demoroumuito até Gretel se apaixonar por ele. Alguns meses depois o quarto debonecas de Gretel tinha-se transformado num escritório de algum geólogo.As bonecas foram deitadas fora e substituídas por mapas-mundo repletos depionés que eram mudados cada vez que Gretel lia o jornal. Desde então elapassou a ler o jornal várias vezes ao dia. Quem gostava disso era HerrLiszt, professor particular de Gretel e Bruno que ensinava prioritariamenteHistória e Geografia.
  10. 10. Pavel- Pavel é um dos servos de Acho-Vil. Bruno sempre pensou que Pavelera um mero empregado até ao dia em que Bruno faz um baloiço-pneu ecai, fazendo um corte profunda no joelho. Pavel socorreu Bruno, pois antesde ser criado, Pavel foi um médico na sua cidade. Pavel levou Bruno aocolo, sentando-o num banco de cozinha. Desinfetou a ferida e cobriu a feridacom uma pasta verde que ardeu. As coisas complicaram-se quando numjantar, Paveld deixou cair uma garrafa de vinho, fazendo derramar o vinhopara o colo do tenente Kotler que o espancou e matou, fazendo Gretelempalidecer e Bruno chorar.Tenente Kotler- Kotler é um jovem soldado que tem entre os 17 e os 19anos. É um rapaz bruto, insolente e que gosta de chamar a Bruno“Homenzinho”. Kotler tem sangue frio pois certo dia, um cão aproxima-se davedação e começa a ladrar muito alto, Kotler aproxima-se e dispara contra ocão, matando-o. No jantar especial, o pai de Bruno perguntou a Kotler sobrea sua família e depois perguntou especificadamente sobre o seu pai, fazendoKotler ficar desorientado com as respostas que daria e com o que havia depensar naquele momento.
  11. 11. Este livro ensina várias coisas e uma delas é o preconceito entre paísese religiões. Os objetivos de Hitler era “exterminar” todas as pessoas quenão eram puras. Para serem puras tinham de :ser alemãs, loiras, olhosazuis, pele branca. Hitler achava esta seria “A raça”! Mas o que muitasvezes não se diz é que Hitler não era puro. O livro explica uma dasconsequências desse preconceito e guerra. É um livro muito emotivo eque posso dizer que marca. Aconselho a sua leitura.
  12. 12. O Rapaz do pijama ás riscas é um livro que nos faz pensar nasconsequências das guerras pois o produto delas é morte, infelicidadee destruição. Gostei de ler este livro e de fazer este trabalho. Esperoque também tenham gostado. Aconselho a ler este livro.

×