JORNAL INFORMATIVO–TRABALHO DA DISCIPLINA ESTÉTICA - “FACULDADES COC” / RIBEIRÃO PRETO Nº01 - 2009                        ...
Projetada (fig.1) pelo arquiteto ucraniano     Gregori Warchavchik em 1927 e     inaugurada em 1931 durante uma mostra    ...
Portinari, o maior expoente da arte modernista foi e éfortemente venerado por suas obras. O pintor demonstrou emseus traba...
Jornal expositivo "Tempos Modernos"
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal expositivo "Tempos Modernos"

427 visualizações

Publicada em

Projeto de minijornal feito em 2009 no 1° ano da faculdade de jornalismo. A aula era de história da arte, por isso o tema. Até então não tínhamos tido aulas de diagramação. O arquivo foi feito no word.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
427
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal expositivo "Tempos Modernos"

  1. 1. JORNAL INFORMATIVO–TRABALHO DA DISCIPLINA ESTÉTICA - “FACULDADES COC” / RIBEIRÃO PRETO Nº01 - 2009 “Mãos escrevendo-se” Esta obra é de Maurits Cornelis Esta disciplina tem nos mostrado – Escher, foi feita em de diferentes formas – que a história 1948. Nesta tela, das artes é sim muito influenciadora Escher, mistura de do tempo ao qual vivemos. É forma genial, importante dizer que não só o objetos a duas e modernismo, mas outros períodos três dimensões criando a ilusão que tiveram uma frente de mudanças duas mãos saem da além de artísticas, sociais. tela desenhando-se Toda essa influência é refletida na mutuamente. pintura, na arquitetura, na fotografia IRREVERÊNCIA e nos meios de comunicação. A sua vasta obra é Esta edição tem o intuito de fazer um MODERNA marcada por uma obsessão pela apanhado de informações sobre o estrutura e pelo estilo Moderno, sem nenhuma espaço, pelo restrição, visto que toda a ideologia recurso a formas modernista não apreciava padrões geométricas, pela e/ou determinações. Apreciem com criação de padrões repletos de vida e, modernização! sobretudo pelos seus desenhos impossíveis e pela capacidade de criar ilusões espaciais. Não teve formação em matemática, sendo majoritariamente umEste símbolo foi usado pelo movimento autodidata nestemodernista europeu. Baseado no símbolo campo.usado pela Força Aérea Britânica durante aSegunda Guerra Mundial, lembra um alvo.
  2. 2. Projetada (fig.1) pelo arquiteto ucraniano Gregori Warchavchik em 1927 e inaugurada em 1931 durante uma mostra de arquitetura, a primeira casa com características do Modernismo no Brasil foi construída em 1928, na Vila Mariana no Rio de Janeiro. Uma inclinação do terreno propiciou uma forma diferente de projeção até então inusitada (fig.2). A casa Norchild foi demolida na década de 1990 para dar lugar a um edifício de apartamentos. F1 F2 Abaporu (F3) é um símbolo do modernismo brasileiro. O quadro mais importante da obra de Tarsila do Amaral era um presente para o escritor Oswald de Andrade, seu marido na época. Quando viu a tela, assustou-se e chamou seu amigo, o também escritor Raul Bopp. Ficaram olhando aquela figura estranha e acharam que ela representava algo de excepcional. Com base no dicionário tupi-guarani o batizaram de Abaporu (o homem que come). Foi aí que Oswald escreveu o Manifesto Antropófago e criaram o Movimento Antropofágico, com a intenção de "deglutir" a cultura européia e transformá-la em algo bem brasileiro. Este Movimento, apesar de radical, foi muito importante para a arte brasileira e significou uma síntese do Movimento Modernista no país.F3
  3. 3. Portinari, o maior expoente da arte modernista foi e éfortemente venerado por suas obras. O pintor demonstrou emseus trabalhos vários aspectos positivos da vida, asbrincadeiras de sua infância, como por exemplo, no quadro“Pipas” (F4). Por outro lado sua visão crítica quanto àrealidade da classe pobre no Brasil sempre esbarra com o jeito F4humano – sensível ao mundo - com que ele pintava. Podemoscitar alguns quadros como “Retirantes” (F5), no qual se fazpresente todo o aspecto social gritante sobre a seca nordestinae o desafio dessas pessoas para procurar uma vida melhor.Alguns de seus quadros também evidenciam o trabalho braçal,nos quais Portinari retrata os trabalhadores rurais –emcolheitas, por exemplo- de uma maneira extremamenterepresentativa e verdadeira ao mesmo tempo. Os homens dalavoura têm pés, mãos e ombros bastante fortes edesproporcionais ao restante do corpo, o que nos indica o quãoesforçado é este tipo de trabalho. Para elaborarmos uma ideiade sua repercussão, a sede da ONU é especialmente decoradacom suas obras, cujo tema é Guerra e Paz.Portinari morreu em 1962, vítima das tintas que usava.*Falar deste grande artista moderno é um grande desafio, poisnunca conseguimos elaborar algo completo sobre seustrabalhos e nem chegar à exatidão de toda sua ideologia epensamentos. F5 EXPEDIENTE Jornal Tempos Modernos Faculdades COC 1° semestre Comunicação Social 2009 Profª Rita Alunas: Cíntia Fanny Isabela Larissa Tiragem: Um exemplar.

×