Projetomidias

284 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projetomidias

  1. 1. A educação integra as correntes pedagógicas que atendem as demandas detransformação social que envolvem a ciência e a tecnologia. Uma educação parasolidariedade, equânime que atenda as necessidades emancipatórias do exercício dacidadania , para o consumo ecologicamente sustentável . Além disso, na utilização deestratégias adequadas a contemporaneidade que contribuam sobremaneira para maioreficiência no processo ensino aprendizagem. Contudo, cada vez mais a relação escola, sociedade, tecnologia devedesenvolver competências e habilidades inter-relacionadas a alfabetização digital etecnológica como estratégia de ensino sensível a construção de uma consciênciaecológica. Abordar a temática dos resíduos sólidos em um “blog”, por exemplo, sepode trazer uma integração educomunicativa a projetos desenvolvidos na escola.Fortalecendo o espirito democrático, atendendo as necessidades e expectativas deuma comunidade escolar aprendente digital e tecnologicamente.
  2. 2. Consiste na utilização das mídias como estratégia de alfabetização digital etecnológica dos alunos considerando : Metodologia que explore as vantagens do blog sob critério educomunicativo e interdisciplinar sob parâmetro de temas transversais e que contribua para melhor eficiência no processo ensino - aprendizagem. Fortalecer a política inclusiva de alfabetização digital e tecnológica nas escolas publicas estaduais .
  3. 3.  Atingir o a comunidade escolar e local acerca da importância da gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos Criar um blog na escola que contemple de maneira interdisciplinar e transversal a temática resíduos sólidos desenvolver competências e habilidades requeridas a o processo ensino aprendizagem de alunos do 5º 9º ano do Ensino Fundamental Ciclo II sob enfoque da sensibilização dos impactos ambientais causados pela problemática dos resíduos sólidos solicitar a construção do conhecimento acerca da temática incluindo uma reflexão crítica Construção de uma consciência ecológica através de uma pratica educativa que vise a educação para solidariedade, equânime que atenda as necessidades emancipatórias do exercício da cidadania , para o consumo ecologicamente sustentável e cuidado com o meio ambiente
  4. 4.  Trata-se de metodologia teórico-empírica . Primeiramente foi levantadoo referencial teórico. Após, foi criado um blog pelos desenvolvedores doprojeto disponível em : http://digtecedu.blogspot.com.br/ que tem comoobjetivo principal a elaboração do projeto, a divulgação científica desituações de aprendizagens interdisciplinares como jogos interativosquestionários (tecnologia google docs) vídeos, textos e hipertextos inter-relacionados a alfabetização digital e tecnológica de maneira interdisciplinarque transcende diversas disciplinas. Além disso, integração de outro blog tendo como referência o anteriormente citado que envolve a temática sobre resíduos sólidos no projeto da escola intitulado “Pequenas ações x grandes benefícios” em desenvolvimento na E.E. Jardim cruzado – Ibaté – SP. Disponível em: http://facienciadigtec.blogspot.com.br/
  5. 5. Considerando o objetivo deste projeto e sob o enfoque do conceito deeducomunicação que utiliza o ensino multimídia interdisciplinar e colaborativo paraformação de sujeitos protagonistas de suas vidas. Além disso, promove o acesso àcultura e a informação de maneira crítica e autônoma.Cabe destacar que como estratégia de alfabetização digital e tecnológica a ideia deeducomunicação. Segundo SOARES (2004) a ideia consiste em “criar e fortalecerecossistemas comunicativos em espaços educativos (o que significa criar e rever asrelações de comunicação na escola, entre direção, professores e alunos, bem comoda escola para com a comunidade, criando sempre ambientes abertos edemocráticos)” que é essencial e também condição necessária para melhoria doensino uma vez que lidamos com uma geração que cada vez mais interage com ouniverso virtual e digital. É importante destacar que esse acesso ainda não atinge amaioria dos alunos e projetos que fortaleçam a tecnocracia sob enfoque(alfabetização digital e tecnológica) é fundamental para dialogar com os alunosutilizando da mesma linguagem de maneira transversal e interdisciplinar.
  6. 6. Bibliografia consultada :http://www.usp.br/nce/wcp/arq/textos/27.pdfANDRADE, Álvaro. Revolução digital: Internet democratiza acesso à informação. Software Livre Brasil, 22 out. 2007. Disponível em: Web . Acesso em: 9 jun. 2009.CIA. DOS LIVROS. Sinopse. [2009?]. Sinopse do livro: HEWITT, Hugh. Blog: entenda a revolução que vai mudar seu mundo. [S.l.]: Thomas Nelson, 2007. Disponívelem: Web . Acesso em: 9 jun. 2009.DAVIS, Claudia; NUNES, Marina M. R.; NUNES, Cesar A. A. Metacognição e sucesso escolar: articulando teoria e prática. Cadernos de Pesquisa. São Paulo, v. 35, n. 125,maio/ago. 2005. Disponível em: Web . Acesso em: 9 jun. 2009.FREIRE, Paulo; GUIMARÃES, Sérgio. Aprendendo com a própria história. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.KOMESU, Fabiana Cristina. Blogs e as práticas de escrita sobre si na Internet. In: MARCUSCHI, Luiz Antonio; XAVIER, Antonio Carlos dos Santos (Org.). Hipertexto egêneros digitais: novas formas de construção do sentido. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004, p. 110-119.OROFINO, Maria Isabel. Mídias e mediação escolar: pedagogia dos meios, participação e visibilidade. São Paulo: Cortez, 2005.PELLANDA, Nize Maria Campos. Auto-narrativas e hipertextos: dispositivos digitais de construção de sujeito/conhecimento. In: CONGRESSO DA SOCIEDADEBRASILEIRA DE COMPUTAÇÃO, 26; WORKSHOP DE INFORMÁTICA NA ESCOLA, 12, 2006, Campo Grande, MS, Anais... Campo Grande, MS: Sociedade Brasileirade Computação, 2006. p. 77-84. Disponível em: Web . Acesso em: 8 jun. 2009.SCHITTINE, Denise. Blog: comunicação e escrita íntima na Internet. São Paulo: Record, 2004.SILVA, Marco. Um convite à interatividade e à complexidade: novas perspectivas comunicacionais para a sala de aula. In: GONÇALVES, Maria Alice Rezende (Org.).Educação e cultura: pensando em cidadania. Rio de Janeiro: Quartet, 1999, p. 135-167.BARBOSA, Eduardo Fernandes et al. Inovações pedagógicas em educação profissional: uma experiência de utilização do método de projetos na formação de competências.Boletim Técnico do SENAC: a revista da educação profissional. Rio de Janeiro, v. 30, n. 2, não paginado, maio/ago. 2004. Disponível em: . Acesso em: 2 jun. 2009.BAUMAN, Zygmunt. Globalização: as conseqüências humanas. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1999.DAMBROSIO, Ubiratan; BARROS, J. P. D. Computadores, escola e sociedade. São Paulo: Scipione, 1988.DAVIS, Claudia; OLIVEIRA, Zilma. Psicologia da educação. São Paulo: Cortez, 1991.FONSECA, Renata Almeida. e-ProInfo: o ambiente de aprendizagem virtual do MEC. Boletim EAD (on-line), Campinas, n. 79, 1 fev. 2006. Disponível em: . Acesso em: 2MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Brasília: UNESCO, 2000.OLIVA, Alexandre. Síndrome de Peter Pan Digital. Revista Espírito Livre, Liberdade e Informação, [S.l.], n. 1, p. 9-10, abr. 2009. Disponível em: . Acesso em: 3 jun. 2009.PAPERT, Seymour. A máquina das crianças. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.SALES, Marcia B. et al. Informática para a terceira idade. Goiânia: R&F, 2007.SALTO PARA O FUTURO. Trabalhando com projetos: texto básico para a discussão de todos os programas da série. [S.l.]: TVE Brasil, 2002. Texto base para a série deprogramas Cardápio de projetos, de 2002. Disponível em: . Acesso em: 3 jun. 2009.SILVEIRA, Sérgio Amadeu da. Exclusão digital: a miséria na era da informação. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2001.TORRESINI, Ederson. Software livre como alternativa ética para a informática na educação brasileira. Texto em fase de elaboração, direitos de uso cedidos pelo autor

×