Vygotsky

9.683 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Vygotsky

  1. 1. VygotskyPsicologia Sócio-Histórica 1
  2. 2. Objetivos e Estrutura: Definir e Entendera Psicologia Sócio-Histórica O que é a Psicologia Sócio-Histórica? Princípios da Psicologia Sócio-Histórica. As noções básicas da Psicologia Sócio-Histórica no Brasil. 2
  3. 3. O que é a Psicologia Sócio-Histórica?  Surgimento  A proposta de Vygotsky 3
  4. 4. Princípios da Psicologia Sócio-Histórica  A compreensão das funções superiores do homem não pode ser alcançada pela psicologia animal, pois os animais não têm vida social e cultural.  As funções superiores do homem não podem ser vistas apenas como resultado da maturação de um organismo que já possui, em potencial, tais capacidades.  A linguagem e o pensamento humano têm origem social. A cultura faz pare do desenvolvimento humano e deve ser integrada ao estudo e à explicação das funções superiores. 4
  5. 5. Princípios da Psicologia Sócio-Histórica  A consciência e o comportamento são aspectos integrados de uma unidade, não podendo ser isolados pela Psicologia.  Todos os fenômenos devem ser estudados como processos em permanente movimento e transformação.  O homem constitui-se e transforma-se ao atuar sobre a natureza com sua atividade e seus instrumentos. 5
  6. 6. Princípios da Psicologia Sócio-Histórica  Não se pode construir qualquer conhecimento a partir do aparente, pois não se captam as determinações que são constitutivas do objeto. Ao contrário, é preciso rastrear a evolução dos fenômenos, pois estão em sua gênese e em seu movimento as explicações para sua aparência atual.  A mudança individual tem sua raiz nas condições sociais de vida. Assim, não é a consciência do homem que determina as formas de vida, mas é a vida que se tem que determina a consciência. 6
  7. 7. As noções básicas da Psicologia Sócio-Histórica no Brasil Não existe natureza humana. Existe a condição humana. O homem é criado pelo homem. O homem concreto é objeto de estudo da psicologia. Subjetividade social e subjetividade individual 7
  8. 8. Bibliografia ARANTES, Valéria Amorim (org). Afetividade na escola alternativas teóricas e práticas. 2. ed. São Paulo, SP: Cimos, 2003. BOOCK, Ana Mêres Bahia. Psicologias : Uma introdução ao estudo da psicologia. http://afolena.vilabol.uol.com.br/vygotsky.htm 8

×