SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
UNEB-CAMPUS II
Profª Cláudia Regina Teixeira de Souza
Email:claudiareginasou@yahoo.com.br
MULTIDISCIPLINARIDADE
1º Passo
Ausência total de
Integração
Objetivos propostos
simultaneamente sem
vinculaçãoComunicação:
Mínima
Ausência:
• Trabalho
• Cooperativo
•Coordenação
Justaposição,
aproximação
Diferentes conteúdos
Diferentes disciplinas
Intenção:
Esclarecer alguns elementos comuns
Busca de informações (ajuda) em várias disciplinas.
PLURIDISCIPLINARIDADE
Comunicação:
sutil
Objetivos propostos
simultaneamente sem
vinculação
Monólogo
coletivo
Pequena:
Cooperação
Intuitiva
Ausência
Coordenação
Justaposição, aproximação
Disciplinas PRÓXIMAS
2º passo
Intenção:
Mera troca de informações
Acúmulo de conhecimentos
INTERDISCIPLINARIDADE
Especialistas:
Intensa
comunicação
Objetivos múltiplos de
âmbito mais coletivo
Diálogo dos
interessados
Real:
Cooperação
Coordenação
Intencional Interação de duas ou mais
disciplinas: Unificação
Reciprocidade
Mutualismo
Intenção:
Dar significado aos conteúdos
Contexto geral
Intercomunicação e enriquecimento
Interdisciplinaridade
Princípios
•Evitar a compartimentalização
•Abordagem relacional
Na perspectiva escolar, a interdisciplinaridade não tem a
pretensão de criar novas disciplinas ou saberes, mas de utilizar
os conhecimentos de várias disciplinas para resolver um
problema concreto ou compreender um determinado fenômeno
sob diferentes pontos de vista.
A
LP
G
C
M
H
A) Título: Interdisciplinaridade
B) Objeto: Modo de pesquisar a realidade, em todas as suas relações e
interconexões, através de um método de investigação conjunta, onde o
conhecimento nasça integralmente que ele não seja apenas justaposto
mecanicamente, depois de gerado fragmentariamente.
C) Finalidade
A priori promover a unificação do
objeto de estudo.
- Conseguir melhor formação geral e
profissional;
- Incentivar a formação de
pesquisadores e de pesquisas;
- Educar permanentemente
- Superar a dicotomia ensino-pesquisa;
- Compreender e modificar o mundo
E) Método:
Propor as atividades à medida que o
objeto de estudo vai colocando
necessidade e questionamento novos
que precisam ser desvendados ou
aprofundados, envolvendo alunos e
professores.
D) Justificativa / Fundamento
Visar à recuperação da unidade
humana através da passagem de uma
subjetividade, recuperando a idéia
primeira de cultura, o papel da escola
e o papel do homem.
F) Recursos
Professores que tenham bem claro o
que seja um trabalho interdisciplinar e
que tenha abertura na forma de
conceber a educação e compreender a
cultura.
TRANSDISCIPLINARIDADE
Piaget: “SONHO”
Fazenda: “UTOPIA”
Objetivos comuns
Ideal de unificação
Desaparecem
os limites
Cooperação
Coordenação
INTEGRAL
Grau máximo das relações
TODAS as disciplinas
Intenção: Construir uma ciência que explique a realidade sem
parcelamento
O que é interdisciplinaridade?
O que é contextualização?
Os conteúdos
intercruzados e
aqueles unificadores
de temas constituem
a mola mestra de
interdisciplinaridade.
O inter-relacionamento
entre os conteúdos das
disciplinas configura a
interdisciplinaridade.
Os conteúdos
impregnados da (s)
realidade (s) do aluno
demarcam o significado
pedagógico da
contextualização.
A contextualização
imprime significados
e relevância aos
conteúdos escolares.
A
interdisciplinarida
de explicita
conteúdos
contextualizados.
Ambos são princípios
pedagógicos estruturadores
do currículo.
Cidadania e trabalho formam
a base mais importante do
currículo.
Tratamento dos conteúdos
Curriculares
Interdisciplinaridade
(conhecimento em rede)
Contextualização
Envolvimento das disciplinas em
Projetos
levando em consideração a realidade do aluno.
Reestruturação do Ensino Médio
MODULARIZAÇÃO
•Modularização é uma estratégia de
organização dos componentes curriculares sem
a linearidade que caracteriza a tradicional
estruturação das disciplinas.
•A modularização instiga os docentes à
discussão permanente sobre as interligações
entre os temas de ensino e constitui vínculos
duradouros entre as áreas de conhecimentos.
PROJETOS
Pedagogia de Projetos
Construção do Projeto onde:
O professor e aluno observem
Os aspectos
interativos
Os objetivos – o que?
A avaliação e os
critérios
As etapas sucessivas –
como?
PEDAGOGIA DE PROJETOS
Um projeto percorre várias fases
Escolha do
objetivo central
Formulação
dos
problemas Planejamento
Execução Avaliação
Divulgação dos
trabalhos
PEDAGOGIA DE PROJETOS
Desenvolvimento de Projeto
PROBLEMATIZAÇÃO
Detonador
Organização
do Projeto
Conhecimentos Prévios
Expectativas / objetivos
Do grupo
DESENVOLVIMENTO
Estratégias para
atingir objetivos
Realização do
projeto
Pesquisas
Entrevistas
Debates
Bibliografia
Campo
SÍNTESE
Novas
aprendizagens ao
longo do processo
•Conceitos, valores, procedimentos
construídos;
•Informações adquiridas;
•Questões esclarecedoras;
•Novos problemas a serem
resolvidos.
PEDAGOGIA DE PROJETOS
•Aprender deixa de ser um simples ato de memorização e ensinar não
significa mais repassar conteúdos prontos.
•Todo conhecimento é construído em estreita relação com o contexto
em que é utilizado – é impossível separar os aspectos cognitivos,
emocionais e sociais presentes nesse processo.
•A formação dos alunos é um processo global e complexo – conhecer e
intervir no real não se encontram dissociados.
UM PROJETO É UMA
ATIVIDADE
INTENCIONAL
NUM PROJETO, A
RESPONSABILIDADE E A
AUTONOMIA DOS ALUNOS
SÃO ESSENCIAIS
O envolvimento do aluno
é uma característica
chave do trabalho de
projetos.
Os alunos são co-responsáveis
pelo trabalho e pelas escolhas ao
longo do desenvolvimento do
projeto.
PEDAGOGIA DE PROJETOS
Conhecimento
escolar
Conhecimento
da disciplina
Concepção dos
alunos
Interesse dos
alunos
Problemas
contemporâneos
A Pedagogia de Projetos se coloca como uma das expressões dessa
globalizante que permite aos alunos os problemas, as situações e
os acontecimentos dentro de um contexto em sua globalidade.
PEDAGOGIA DE PROJETOS
Para o aluno é fundamental transpor a visão passiva e compreender
a sua AUTONOMIA, através:
Do conhecimento
dos objetivos;
Da aprendizagem do
planejamento de seus
trabalhos
Da interação com os
colegas, confrontando
e melhorando suas
produções
Do comprometimento
com o trabalho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Inter-Multi-Trans-Disciplinaridade
Inter-Multi-Trans-DisciplinaridadeInter-Multi-Trans-Disciplinaridade
Inter-Multi-Trans-Disciplinaridade
Jomari
 
Grupo Musica
Grupo MusicaGrupo Musica
Grupo Musica
silsiane
 
11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao
Mariana Correia
 
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
emíliapignata
 
Interdisciplinaridade power point
Interdisciplinaridade power pointInterdisciplinaridade power point
Interdisciplinaridade power point
Ana Vanessa Paim
 
Interdisciplinaridade 21-03-2011
Interdisciplinaridade 21-03-2011Interdisciplinaridade 21-03-2011
Interdisciplinaridade 21-03-2011
Procambiental
 

Mais procurados (20)

Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Diálogo sobre Transdisciplinaridade e Rede de Aprendência, outubro 2013
Diálogo sobre Transdisciplinaridade  e Rede de Aprendência,  outubro 2013Diálogo sobre Transdisciplinaridade  e Rede de Aprendência,  outubro 2013
Diálogo sobre Transdisciplinaridade e Rede de Aprendência, outubro 2013
 
Inter-Multi-Trans-Disciplinaridade
Inter-Multi-Trans-DisciplinaridadeInter-Multi-Trans-Disciplinaridade
Inter-Multi-Trans-Disciplinaridade
 
Carta da Transdisciplinaridade: Que Universidade para o amanhã?
Carta da Transdisciplinaridade: Que Universidade para o amanhã?Carta da Transdisciplinaridade: Que Universidade para o amanhã?
Carta da Transdisciplinaridade: Que Universidade para o amanhã?
 
Transdisciplinaridade
TransdisciplinaridadeTransdisciplinaridade
Transdisciplinaridade
 
Grupo Musica
Grupo MusicaGrupo Musica
Grupo Musica
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Interdisciplinaridade escola
Interdisciplinaridade escolaInterdisciplinaridade escola
Interdisciplinaridade escola
 
Interdisciplinaridade Nancy Alcântara
Interdisciplinaridade Nancy AlcântaraInterdisciplinaridade Nancy Alcântara
Interdisciplinaridade Nancy Alcântara
 
11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao11 tc niveis_de_interacao
11 tc niveis_de_interacao
 
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinarFormação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
Formação Escola Tereza Francescutti - Níveis de Interação disicplinar
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
INTERDISCIPLINARIDADE
INTERDISCIPLINARIDADEINTERDISCIPLINARIDADE
INTERDISCIPLINARIDADE
 
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Interdisciplinaridade e sua metodologia paulo
Interdisciplinaridade e sua metodologia   pauloInterdisciplinaridade e sua metodologia   paulo
Interdisciplinaridade e sua metodologia paulo
 
Interdisciplinaridade power point
Interdisciplinaridade power pointInterdisciplinaridade power point
Interdisciplinaridade power point
 
Interdisciplinaridade 21-03-2011
Interdisciplinaridade 21-03-2011Interdisciplinaridade 21-03-2011
Interdisciplinaridade 21-03-2011
 

Semelhante a Multi, pluri, inter....

Parâmetros curriculares nacionais
Parâmetros curriculares nacionaisParâmetros curriculares nacionais
Parâmetros curriculares nacionais
familiaestagio
 
PITEC Elaboração de Projetos - Beti Prado
PITEC Elaboração de Projetos - Beti PradoPITEC Elaboração de Projetos - Beti Prado
PITEC Elaboração de Projetos - Beti Prado
Fabiano Sulligo
 
Slide do pitec
Slide do pitecSlide do pitec
Slide do pitec
SEDUC - MT
 
Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...
Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...
Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...
Seminário Latino-Americano SLIEC
 
Unidade 6 projetos
Unidade 6   projetosUnidade 6   projetos
Unidade 6 projetos
Elia Rejany
 
Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01
Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01
Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01
Kelly Arduino
 
Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...
Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...
Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...
ANGRAD
 
Metodologias
MetodologiasMetodologias
Metodologias
jmpg2011
 
Didática Modular I
Didática Modular I  Didática Modular I
Didática Modular I
Karina Tafre
 

Semelhante a Multi, pluri, inter.... (20)

Parâmetros curriculares nacionais
Parâmetros curriculares nacionaisParâmetros curriculares nacionais
Parâmetros curriculares nacionais
 
PITEC Elaboração de Projetos - Beti Prado
PITEC Elaboração de Projetos - Beti PradoPITEC Elaboração de Projetos - Beti Prado
PITEC Elaboração de Projetos - Beti Prado
 
Slide do pitec
Slide do pitecSlide do pitec
Slide do pitec
 
Curriculo por projetos
Curriculo por projetos   Curriculo por projetos
Curriculo por projetos
 
Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...
Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...
Como planejar projetos para colaboração entre professores para uma abordagem ...
 
Informatica na educação
Informatica na educação Informatica na educação
Informatica na educação
 
Apresentação currículo para o curso PAA e PA
Apresentação currículo para o curso PAA e PAApresentação currículo para o curso PAA e PA
Apresentação currículo para o curso PAA e PA
 
pedagogia de projetos
pedagogia de projetospedagogia de projetos
pedagogia de projetos
 
Competências Digitais na Educação
Competências Digitais na EducaçãoCompetências Digitais na Educação
Competências Digitais na Educação
 
Unidade 6 projetos
Unidade 6   projetosUnidade 6   projetos
Unidade 6 projetos
 
Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01
Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01
Unidade6 projetos-131010153909-phpapp01
 
Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...
Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...
Como construir um projeto pedagógico que alinhe as práticas às tendências - P...
 
Projeto e sequencia ano 2
Projeto e sequencia ano 2Projeto e sequencia ano 2
Projeto e sequencia ano 2
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
Integracao Curricular
Integracao CurricularIntegracao Curricular
Integracao Curricular
 
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para elaboração de projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de PiratubaOrientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
Orientações para projetos na rede municipal de ensino de Piratuba
 
Metodologias
MetodologiasMetodologias
Metodologias
 
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade iPerspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
 
Didática Modular I
Didática Modular I  Didática Modular I
Didática Modular I
 

Mais de familiaestagio

Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
familiaestagio
 
Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
familiaestagio
 
Planos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigidoPlanos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigido
familiaestagio
 
Planos de aulas o correto
Planos de aulas  o corretoPlanos de aulas  o correto
Planos de aulas o correto
familiaestagio
 
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meirelesPlano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viiiPlano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viii
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
familiaestagio
 
Plano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes ivPlano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes iv
familiaestagio
 

Mais de familiaestagio (20)

Portfólio ulisses
Portfólio   ulissesPortfólio   ulisses
Portfólio ulisses
 
Portfólio daniel
Portfólio   danielPortfólio   daniel
Portfólio daniel
 
Plano de aula 05
Plano de aula 05Plano de aula 05
Plano de aula 05
 
Plano de aula 04
Plano de aula 04Plano de aula 04
Plano de aula 04
 
Plano de aula 04
Plano de aula 04Plano de aula 04
Plano de aula 04
 
Plano de aula_03[1]
Plano de aula_03[1]Plano de aula_03[1]
Plano de aula_03[1]
 
Plano de aula 02
Plano de aula 02Plano de aula 02
Plano de aula 02
 
Plano de aula 01
Plano de aula 01Plano de aula 01
Plano de aula 01
 
Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
 
Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
 
Cronograma
CronogramaCronograma
Cronograma
 
Planos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigidoPlanos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigido
 
Planos de aulas o correto
Planos de aulas  o corretoPlanos de aulas  o correto
Planos de aulas o correto
 
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meirelesPlano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
 
Plano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viiiPlano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viii
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
 
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
 
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
 
Plano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes ivPlano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes iv
 

Último

Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Dirceu Resende
 

Último (9)

[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
O futuro e o impacto da tecnologia nas salas de aulas
O futuro e o impacto da tecnologia  nas salas de aulasO futuro e o impacto da tecnologia  nas salas de aulas
O futuro e o impacto da tecnologia nas salas de aulas
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 

Multi, pluri, inter....

  • 1. UNEB-CAMPUS II Profª Cláudia Regina Teixeira de Souza Email:claudiareginasou@yahoo.com.br
  • 2. MULTIDISCIPLINARIDADE 1º Passo Ausência total de Integração Objetivos propostos simultaneamente sem vinculaçãoComunicação: Mínima Ausência: • Trabalho • Cooperativo •Coordenação Justaposição, aproximação Diferentes conteúdos Diferentes disciplinas Intenção: Esclarecer alguns elementos comuns Busca de informações (ajuda) em várias disciplinas.
  • 4. INTERDISCIPLINARIDADE Especialistas: Intensa comunicação Objetivos múltiplos de âmbito mais coletivo Diálogo dos interessados Real: Cooperação Coordenação Intencional Interação de duas ou mais disciplinas: Unificação Reciprocidade Mutualismo Intenção: Dar significado aos conteúdos Contexto geral Intercomunicação e enriquecimento
  • 5. Interdisciplinaridade Princípios •Evitar a compartimentalização •Abordagem relacional Na perspectiva escolar, a interdisciplinaridade não tem a pretensão de criar novas disciplinas ou saberes, mas de utilizar os conhecimentos de várias disciplinas para resolver um problema concreto ou compreender um determinado fenômeno sob diferentes pontos de vista. A LP G C M H
  • 6. A) Título: Interdisciplinaridade B) Objeto: Modo de pesquisar a realidade, em todas as suas relações e interconexões, através de um método de investigação conjunta, onde o conhecimento nasça integralmente que ele não seja apenas justaposto mecanicamente, depois de gerado fragmentariamente. C) Finalidade A priori promover a unificação do objeto de estudo. - Conseguir melhor formação geral e profissional; - Incentivar a formação de pesquisadores e de pesquisas; - Educar permanentemente - Superar a dicotomia ensino-pesquisa; - Compreender e modificar o mundo E) Método: Propor as atividades à medida que o objeto de estudo vai colocando necessidade e questionamento novos que precisam ser desvendados ou aprofundados, envolvendo alunos e professores. D) Justificativa / Fundamento Visar à recuperação da unidade humana através da passagem de uma subjetividade, recuperando a idéia primeira de cultura, o papel da escola e o papel do homem. F) Recursos Professores que tenham bem claro o que seja um trabalho interdisciplinar e que tenha abertura na forma de conceber a educação e compreender a cultura.
  • 7. TRANSDISCIPLINARIDADE Piaget: “SONHO” Fazenda: “UTOPIA” Objetivos comuns Ideal de unificação Desaparecem os limites Cooperação Coordenação INTEGRAL Grau máximo das relações TODAS as disciplinas Intenção: Construir uma ciência que explique a realidade sem parcelamento
  • 8. O que é interdisciplinaridade? O que é contextualização? Os conteúdos intercruzados e aqueles unificadores de temas constituem a mola mestra de interdisciplinaridade. O inter-relacionamento entre os conteúdos das disciplinas configura a interdisciplinaridade. Os conteúdos impregnados da (s) realidade (s) do aluno demarcam o significado pedagógico da contextualização. A contextualização imprime significados e relevância aos conteúdos escolares. A interdisciplinarida de explicita conteúdos contextualizados. Ambos são princípios pedagógicos estruturadores do currículo. Cidadania e trabalho formam a base mais importante do currículo.
  • 9. Tratamento dos conteúdos Curriculares Interdisciplinaridade (conhecimento em rede) Contextualização Envolvimento das disciplinas em Projetos levando em consideração a realidade do aluno.
  • 10. Reestruturação do Ensino Médio MODULARIZAÇÃO •Modularização é uma estratégia de organização dos componentes curriculares sem a linearidade que caracteriza a tradicional estruturação das disciplinas. •A modularização instiga os docentes à discussão permanente sobre as interligações entre os temas de ensino e constitui vínculos duradouros entre as áreas de conhecimentos. PROJETOS
  • 11. Pedagogia de Projetos Construção do Projeto onde: O professor e aluno observem Os aspectos interativos Os objetivos – o que? A avaliação e os critérios As etapas sucessivas – como?
  • 12. PEDAGOGIA DE PROJETOS Um projeto percorre várias fases Escolha do objetivo central Formulação dos problemas Planejamento Execução Avaliação Divulgação dos trabalhos
  • 13. PEDAGOGIA DE PROJETOS Desenvolvimento de Projeto PROBLEMATIZAÇÃO Detonador Organização do Projeto Conhecimentos Prévios Expectativas / objetivos Do grupo
  • 14. DESENVOLVIMENTO Estratégias para atingir objetivos Realização do projeto Pesquisas Entrevistas Debates Bibliografia Campo
  • 15. SÍNTESE Novas aprendizagens ao longo do processo •Conceitos, valores, procedimentos construídos; •Informações adquiridas; •Questões esclarecedoras; •Novos problemas a serem resolvidos.
  • 16. PEDAGOGIA DE PROJETOS •Aprender deixa de ser um simples ato de memorização e ensinar não significa mais repassar conteúdos prontos. •Todo conhecimento é construído em estreita relação com o contexto em que é utilizado – é impossível separar os aspectos cognitivos, emocionais e sociais presentes nesse processo. •A formação dos alunos é um processo global e complexo – conhecer e intervir no real não se encontram dissociados. UM PROJETO É UMA ATIVIDADE INTENCIONAL NUM PROJETO, A RESPONSABILIDADE E A AUTONOMIA DOS ALUNOS SÃO ESSENCIAIS O envolvimento do aluno é uma característica chave do trabalho de projetos. Os alunos são co-responsáveis pelo trabalho e pelas escolhas ao longo do desenvolvimento do projeto.
  • 17. PEDAGOGIA DE PROJETOS Conhecimento escolar Conhecimento da disciplina Concepção dos alunos Interesse dos alunos Problemas contemporâneos A Pedagogia de Projetos se coloca como uma das expressões dessa globalizante que permite aos alunos os problemas, as situações e os acontecimentos dentro de um contexto em sua globalidade.
  • 18. PEDAGOGIA DE PROJETOS Para o aluno é fundamental transpor a visão passiva e compreender a sua AUTONOMIA, através: Do conhecimento dos objetivos; Da aprendizagem do planejamento de seus trabalhos Da interação com os colegas, confrontando e melhorando suas produções Do comprometimento com o trabalho