INSTITUIÇÃO: UNEB          SUPERVISORA: CLÁUDIA REGINA         ESTAGIÁRIO: JOÃO HIPÓLITO        REGENTE: JACILENA ALMEID...
2: OBSERVAÇÃO INICIO: 22/09/2010 FIM: 29/09/2010 4  AULAS COMENTÁRIOS:  As aulas que eu observei não foram muito boas; os ...
3: REGÊNCIA INICIO: 06/10/2010 FIM: 08/12/2010 20  AULAS Comentários:  A princípio tive um pouco de dificuldade para minis...
Planos:  Foram elaborados de acordo com as normas estabelecidas pela professora do estágio supervisionado II; Algumas veze...
<ul><li>Técnicas de Ensino:  Nas aulas foram utilizadas as seguintes técnicas de ensino:  </li></ul><ul><li>Aula Expositiv...
Mansetto (1994, p.46) destaca que o bom relacionamento dos elementos que participam do processo de ensino aprendizagem é q...
Organização da classe:  A sala era organizada em filas indianas separando aqueles alunos que conversam; fazendo com que a ...
Dia em que fui observado:  A primeira vez que fui observado foi dia 03 de novembro, pela professora Cláudia Regina, foi um...
Relação com os alunos:  Um dos fatos que eu julguei se mais importante e que vou levar como um grande aprendizado desse es...
4: REFERÊNCIAS <ul><li>MANSETTO, Marcos.  DIDÁTICA: A AULA COMO CENTRO . São Paulo: FTD, 1994. </li></ul><ul><li>PILETTI, ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação vivências do estagio ii

2.735 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.735
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação vivências do estagio ii

  1. 3. INSTITUIÇÃO: UNEB        SUPERVISORA: CLÁUDIA REGINA       ESTAGIÁRIO: JOÃO HIPÓLITO       REGENTE: JACILENA ALMEIDA      TURMA: 1º TMA1     COLÉGIO: CETEPA 1: IDENTIFICAÇÃO
  2. 4. 2: OBSERVAÇÃO INICIO: 22/09/2010 FIM: 29/09/2010 4 AULAS COMENTÁRIOS: As aulas que eu observei não foram muito boas; os alunos reclamavam bastante que a professora distribuía vários textos para eles lêem e quase não se dava assunto, demonstrando uma técnica de ensino ultrapassada e mecanicista.
  3. 5. 3: REGÊNCIA INICIO: 06/10/2010 FIM: 08/12/2010 20 AULAS Comentários: A princípio tive um pouco de dificuldade para ministrar as aulas de regência; a escola dispunha de recursos didáticos, como tv Pendrive e retroprojetor, porém, só tinha um controle para atender toda a demanda do colégio que era muito grande; e quanto ao retroprojetor tinha toda um burocracia para reservá-lo; uma vez que tinha que ir em outro bloco do colégio para poder fazer isso. no geral o período de regência foi positivo, tentei ao máximo aplicar os objetivos almejados no estágio que era passar o conhecimento de uma forma sucinta; com textualizada com o dia-dia, que envolvesse os alunos os fizesse aprender mais. isso foi feito.
  4. 6. Planos: Foram elaborados de acordo com as normas estabelecidas pela professora do estágio supervisionado II; Algumas vezes fez-se necessário seguir outra sequência didática em detrimento de alguns feriados e a não disponibilização dos recursos necessários para a execução das aulas. 4: METODOLOGIA APLICADA NA REGÊNCIA
  5. 7. <ul><li>Técnicas de Ensino: Nas aulas foram utilizadas as seguintes técnicas de ensino: </li></ul><ul><li>Aula Expositiva </li></ul><ul><li>Ensino em Pequenos Grupos </li></ul><ul><li>Estudo de Caso </li></ul><ul><li>Todas essas técnicas foram contextualizadas de uma forma dialógica, permitindo aos alunos relacionarem o que está aprendendo com os conhecimentos e experiências que já possui, permitindo também que entre em contato com situações concretas de sua vida fora da escola. Além disso, possibilita transferir o que aprende na escola para outras circunstâncias e situações de sua vida. </li></ul>4: METODOLOGIA APLICADA NA REGÊNCIA
  6. 8. Mansetto (1994, p.46) destaca que o bom relacionamento dos elementos que participam do processo de ensino aprendizagem é que embasa a aprendizagem. Assim, deve haver diálogo, colaboração e participação entre alunos e professores. Trata-se de um conjunto, onde todas as variáveis do paradigma influenciam para os resultados desejados. Avaliações: Foram feitas através da realização exercícios, estudo dirigido, Quadro comparativo, Mini-teste e o Teste da unidade. 4: METODOLOGIA APLICADA NA REGÊNCIA
  7. 9. Organização da classe: A sala era organizada em filas indianas separando aqueles alunos que conversam; fazendo com que a visão dos alunos se volte apenas para a explicação do professor. O livro didático: O livro utilizado pela escola é o Biologia. Volume único. Editora Ática, 2007 . É muito bom; os assuntos são bem elaborados e com uma linguagem de fácil compreensão pelos alunos; os exercícios propostos são muito bom também; com questões que fazem com que os alunos reflitam bastante na hora de responder, tem um espaço reservado para as questões de vestibular, que são bem interessantes, já que os alunos estão no ensino médio e servirá como um mecanismo para prepara-los para o Enem e o vestibular. 4: METODOLOGIA APLICADA NA REGÊNCIA
  8. 10. Dia em que fui observado: A primeira vez que fui observado foi dia 03 de novembro, pela professora Cláudia Regina, foi um dia de aplicação de mini-teste sobre o assunto Diversidade dos seres vivos. Fiquei um tanto nervoso com a presença da professora, pois até então só haveria a aplicação do mini-teste, e a professora pediu que eu desse uma revisão antes. De fato não estava preparado para tal. Foi um desastre!! Porém não serviu de parâmetro para a avaliação. Foi então que a professora solicitou que a monitora da disciplina Camila filmasse a aula para que a professora me avaliasse. Foi tranquilo, o assunto proposto foi dado; apesar de alguns alunos ficarem um pouco agitados com a presença da minha colega de classe. 5: COMENTANDO...
  9. 11. Relação com os alunos: Um dos fatos que eu julguei se mais importante e que vou levar como um grande aprendizado desse estágio, foi a amizade que eu fiz com os alunos. Eles demonstraram um grande carinho pelo estagiário, e mesmo sendo avaliados de forma profissional, onde alguns alunos não conseguiram alcançar a média para passar na IVª unidade; estes não deixaram esse fato interceder na relação professor-aluno. O que prova que o professor, pode ter uma relação amigável com o aluno sem que falte a cumplicidade de ambos na construção do conhecimento. 5: COMENTANDO...
  10. 12. 4: REFERÊNCIAS <ul><li>MANSETTO, Marcos. DIDÁTICA: A AULA COMO CENTRO . São Paulo: FTD, 1994. </li></ul><ul><li>PILETTI, Claudino. DIDÁTICA ESPECIAL . 15.ª ed. São Paulo: Editora Ática, 1998. </li></ul>

×