SlideShare uma empresa Scribd logo

Como reativar a economia do brasil

Para reativar o crescimento econômico, enfrentar a guerra comercial em curso na economia mundial e impedir que o País sofra as consequências da inevitável explosão da bomba da dívida mundial, é preciso substituir o modelo econômico neoliberal que vem devastando a economia brasileira desde 1990 e, sobretudo, após 2014, pelo modelo nacional desenvolvimentista de abertura seletiva da economia brasileira que deveria ser posto em prática com base na planificação da economia nacional que assegurasse o crescimento econômico e o desenvolvimento do País em bases sustentáveis. Sem a adoção dessas medidas, o Brasil caminhará rumo à inevitável ruína econômica e social com graves repercussões de natureza política.

1 de 4
Baixar para ler offline
1
COMO REATIVAR A ECONOMIA DO BRASIL
Fernando Alcoforado*
O Brasil sempre foi carente de decisões racionais na economia por parte do governo ao
longo da história. O Brasil sempre se caracterizou pela irracionalidade econômica de
seus governos desde o período colonial ao republicano até 1929 quando adotaram o
modelo econômico agroexportador dependente dos mercados externos, quando
promoveram a industrialização do País com um atraso de 200 anos em relação à 1ª
Revolução Industrial na Inglaterra, quando abandonaram o modelo nacional
desenvolvimentista adotado pelo governo Getúlio Vargas ao substituí-lo pelo modelo de
desenvolvimento capitalista dependente de capitais e tecnologia estrangeiros desde o
governo Juscelino Kubitschek até o governo José Sarney e quando adotaram o modelo
neoliberal com a subordinação da economia nacional ao capitalismo globalizado desde
o governo Fernando Collor em 1990 até o momento atual. A decisão racional do
governo na economia deve ser orientada no sentido de escolher as opções que implicam
em maior benefício para a sociedade, fato este que não vem ocorrendo ao longo da
história do Brasil. Lamentavelmente, o governo Bolsonaro é irracional, também, porque
seu foco tem sido o de lidar com questões que não produzem nenhum efeito imediato
sobre a economia brasileira como, por exemplo, a reforma da Previdência Social que é
colocada falsamente como imprescindível para equilibrar as contas públicas e reativar a
economia brasileira.
O governo Bolsonaro não age racionalmente pelo fato de não adotar nenhuma estratégia
que contribua efetivamente para: 1) promover a retomada do crescimento econômico do
País; 2) enfrentar a guerra comercial em curso na economia mundial; e, 3) adotar
medidas para impedir que o País sofra as consequências da inevitável explosão da
dívida mundial que poderá ocorrer a qualquer momento. A prioridade número 1 do
governo deveria ser o de promover a retomada do crescimento econômico para,
reativando a economia, que está em recessão há 4 anos, elevar a arrecadação do setor
público e reduzir rapidamente o déficit público e os níveis de desemprego. A prioridade
número 2 do governo deveria ser o de reduzir a dependência do País das exportações
promovendo o desenvolvimento do País com ênfase no mercado interno para minimizar
os efeitos da guerra comercial em curso na economia mundial sobre o Brasil. A
prioridade número 3 do governo seria a de fortalecer a economia brasileira que poderá
ser afetada pela guerra comercial em curso na economia mundial e pela inevitável
explosão da dívida mundial pelo fato de o Brasil ter um sistema econômico
extremamente fragilizado pela crise que eclodiu em 2014 e, também, por ter adotado
desde 1990 o modelo econômico neoliberal que fez com que ele se tornasse mais
vulnerável aos impactos de crises econômicas globais.
Para reativar o crescimento econômico, enfrentar a guerra comercial em curso na
economia mundial e impedir que o País sofra as consequências da inevitável explosão
da bomba da dívida mundial, é preciso substituir o modelo econômico neoliberal que
vem devastando a economia brasileira desde 1990 e, sobretudo, após 2014, pelo modelo
nacional desenvolvimentista de abertura seletiva da economia brasileira cuja política
econômica deveria apresentar as características descritas a seguir:
1) Elaboração de programa de obras de infraestrutura econômica (energia, transporte e
comunicações) e social (educação, saúde, habitação, saneamento básico e meio
ambiente)
2
2) Realização de parceria público/ privada na execução de obras de infraestrutura
econômica e social
3) Elaboração de programa de desenvolvimento industrial substitutiva de importações
para atender o mercado interno e para exportações visando reativar a economia
brasileira
4) Elaboração de programa de desenvolvimento científico e tecnológico centrado na
política industrial incentivadora do desenvolvimento de indústrias substitutivas de
importações e de expansão das exportações
5) Elevação da poupança pública com o aumento da arrecadação pública e a redução
dos custos do governo para que disponha de recursos para investir na infraestrutura
econômica e social
6) Aumento da arrecadação pública com a taxação das grandes fortunas, dos
dividendos de pessoas físicas e dos bancos
7) Redução dos custos do governo com a diminuição dos encargos com o pagamento
da dívida pública, a eliminação de gastos supérfluos em todos os poderes da
República e a redução de órgãos públicos e de pessoal comissionado
8) Adoção imediata de auditoria da dívida pública seguida de renegociação do
pagamento dos juros da dívida interna pública do país visando a redução dos
encargos para elevar a poupança pública para investimento
9) Redução drástica das taxas de juros bancárias para incentivar o investimento
privado em obras de infraestrutura econômica e social, na indústria e na economia
em geral
Adicionalmente, o governo federal deveria adotar as medidas descritas a seguir:
1) Importação seletiva de matérias-primas e produtos essenciais do exterior para reduzir
os dispêndios em divisas do País
2) Adoção da política de câmbio fixo em substituição à de câmbio flutuante em vigor
para proteger a indústria nacional e controlar a inflação
3) Reintrodução da reserva de mercado em áreas consideradas estratégicas para o
desenvolvimento nacional
4) Nacionalizar empresas estatais privatizadas consideradas estratégicas para o
desenvolvimento nacional
5) Aumento da poupança pública e privada visando elevar as taxas de investimento da
economia brasileira
6) Realização de investimentos estrangeiros preferencialmente nas áreas voltadas para
as exportações e naquelas em que as empresas nacionais não tiverem condições de
suprir o mercado interno
7) Maximização das exportações brasileiras para expandir as receitas de divisas do país
e alavancar o crescimento da economia nacional
8) Controle do fluxo de entrada e saída de capitais para evitar a evasão de divisas e
restringir o acesso de capitais especulativos no país visando reduzir a vulnerabilidade
externa do Brasil
9) Concessão de incentivos fiscais para a atração de investimentos privados em regiões
menos desenvolvidas do Brasil
3
10) Incentivo e reforço das atividades de pesquisa e desenvolvimento e do sistema
educacional do País
11) Redução das desigualdades sociais contemplando a adoção de programas que
contribuam para o atendimento das necessidades básicas da população em termos de
alimentos, vestuário, habitação, serviços de saúde e emprego, e uma melhor qualidade
de vida
Todo este conjunto de medidas deveria ser posto em prática com base na planificação da
economia nacional que assegurasse o crescimento econômico e o desenvolvimento do
País em bases sustentáveis. É importante observar que o maior alavancador econômico
do Brasil continua sendo o setor de infraestrutura. Há a necessidade de o Brasil investir
2,5 trilhões em infraestrutura. Segundo o Instituto de Logística e Supply Chain, os
investimentos necessários no Brasil em portos (R$ 42,9 bilhões), ferrovias (R$ 130,8
bilhões) e rodovias (R$ 811,7 bilhões) totalizam R$ 985,4 bilhões. Acrescentando este
valor aos investimentos necessários a hidrovias e portos fluviais (R$ 10,9 bilhões),
aeroportos (R$ 9,3 bilhões), setor elétrico (R$ 293,9 bilhões), petróleo e gás (R$ 75,3
bilhões), saneamento básico (R$ 270 bilhões) e telecomunicações (R$ 19,7 bilhões)
totalizam R$ 1.664,5 bilhões. O setor de educação requer investimentos de R$ 83
bilhões por ano, o de saúde R$ 54 bilhões por ano e o de habitação popular requer R$
68 bilhões para eliminar o déficit habitacional. Somando o total de investimento
requerido em infraestrutura econômica (energia, transportes e comunicações) como o de
infraestrutura social (educação, saúde, saneamento básico e habitação) totalizaria R$
1.869,5 bilhões, isto é, quase R$ 2 trilhões. O programa de infraestrutura econômica e
social a ser adotado a curto prazo deveria atingir estes objetivos.
Ao invés de adotar as medidas acima descritas, o governo Bolsonaro coloca a reforma
da Previdência Social como imprescindível para reativar a economia brasileira,
contando com o apoio dos grandes empresários que esperam reduzir seus custos com
sua contribuição à Previdência e dos banqueiros que esperam ganhar dinheiro com a
proposta de capitalização da Previdência. Sem a adoção das medidas acima descritas, o
Brasil caminhará rumo à inevitável ruina econômica e social com graves repercussões
de natureza política. Para fazer com que o governo Bolsonaro reverta sua irracional
política econômica neoliberal, é preciso que o povo brasileiro se mobilize através de
seus representantes no Parlamento e de suas organizações da Sociedade Civil no sentido
de exigir a adoção das medidas acima descritas em defesa do progresso econômico do
País e do bem estar da população brasileira.
*Fernando Alcoforado, 79, detentor da Medalha do Mérito da Engenharia do Sistema CONFEA/CREA,
membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento Territorial e
Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor nas áreas
de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de
sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a
FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o
Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia
(Tese de doutorado. Universidade de Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003),
Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século
XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The
Necessary Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM
Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e
Catástrofe Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia
Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica,
Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico
e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática
4
Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015), As Grandes Revoluções Científicas,
Econômicas e Sociais que Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016), A Invenção de um novo
Brasil (Editora CRV, Curitiba, 2017) e Esquerda x Direita e a sua convergência (Associação Bahiana de
Imprensa, Salvador, 2018, em co-autoria).

Recomendados

As estratégias para o brasil enfrentar a crise econômic atual
As estratégias para o brasil enfrentar a crise econômic atualAs estratégias para o brasil enfrentar a crise econômic atual
As estratégias para o brasil enfrentar a crise econômic atualFernando Alcoforado
 
O futuro do brasil pós impeachment de dilma rousseff
O futuro do brasil pós impeachment de dilma rousseffO futuro do brasil pós impeachment de dilma rousseff
O futuro do brasil pós impeachment de dilma rousseffFernando Alcoforado
 
Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...Fernando Alcoforado
 
O fiasco econômico do governo temer
O fiasco econômico do governo temerO fiasco econômico do governo temer
O fiasco econômico do governo temerFernando Alcoforado
 
A falta de visão estratégica sobre o futuro do país dos candidatos à presidên...
A falta de visão estratégica sobre o futuro do país dos candidatos à presidên...A falta de visão estratégica sobre o futuro do país dos candidatos à presidên...
A falta de visão estratégica sobre o futuro do país dos candidatos à presidên...Fernando Alcoforado
 
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasil
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasilComo retomar o desenvolvimento econômico do brasil
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasilFernando Alcoforado
 
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasilComo superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasilFernando Alcoforado
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseffComo reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseffFernando Alcoforado
 
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer Fernando Alcoforado
 
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasilPec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasilFernando Alcoforado
 
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasilPec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasilFernando Alcoforado
 
Os nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasil
Os nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasilOs nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasil
Os nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasilFernando Alcoforado
 
Como mudar os rumos da economia do brasil
Como mudar os rumos da economia do brasilComo mudar os rumos da economia do brasil
Como mudar os rumos da economia do brasilFernando Alcoforado
 
Economia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temer
Economia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temerEconomia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temer
Economia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temerFernando Alcoforado
 
Governabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasilGovernabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasilFernando Alcoforado
 
Não ao ajuste econômico recessivo do governo michel temer
Não ao ajuste econômico recessivo do governo michel temerNão ao ajuste econômico recessivo do governo michel temer
Não ao ajuste econômico recessivo do governo michel temerFernando Alcoforado
 
Governo lula 2007 2010
Governo lula 2007 2010Governo lula 2007 2010
Governo lula 2007 2010Amanda Ulrich
 
Governo Lula-Dilma: Uma análise Econômica do período
Governo Lula-Dilma: Uma análise Econômica do períodoGoverno Lula-Dilma: Uma análise Econômica do período
Governo Lula-Dilma: Uma análise Econômica do períodoManoel Romão
 
20 anos do estatuto da criança e do adolescente
20 anos do estatuto da criança e do adolescente20 anos do estatuto da criança e do adolescente
20 anos do estatuto da criança e do adolescenteDeputado Paulo Rubem - PDT
 
Relatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos Federais
Relatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos FederaisRelatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos Federais
Relatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos FederaisMinistério da Economia
 
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)Portal Canal Rural
 
O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...
O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...
O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...Fernando Alcoforado
 
O inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffO inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffFernando Alcoforado
 

Mais procurados (18)

Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseffComo reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
 
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
O brasil falido com o governo neoliberal de michel temer
 
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasilPec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
 
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasilPec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
 
Os nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasil
Os nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasilOs nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasil
Os nefastos efeitos do governo neoliberal de michel temer sobre o brasil
 
Como mudar os rumos da economia do brasil
Como mudar os rumos da economia do brasilComo mudar os rumos da economia do brasil
Como mudar os rumos da economia do brasil
 
Economia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temer
Economia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temerEconomia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temer
Economia brasileira ameaçada pelo ajuste fiscal do governo michel temer
 
Governabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasilGovernabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasil
 
Brasil país sem rumo
Brasil país sem rumoBrasil país sem rumo
Brasil país sem rumo
 
Não ao ajuste econômico recessivo do governo michel temer
Não ao ajuste econômico recessivo do governo michel temerNão ao ajuste econômico recessivo do governo michel temer
Não ao ajuste econômico recessivo do governo michel temer
 
Governo lula 2007 2010
Governo lula 2007 2010Governo lula 2007 2010
Governo lula 2007 2010
 
Gasto público
Gasto públicoGasto público
Gasto público
 
Governo Lula-Dilma: Uma análise Econômica do período
Governo Lula-Dilma: Uma análise Econômica do períodoGoverno Lula-Dilma: Uma análise Econômica do período
Governo Lula-Dilma: Uma análise Econômica do período
 
20 anos do estatuto da criança e do adolescente
20 anos do estatuto da criança e do adolescente20 anos do estatuto da criança e do adolescente
20 anos do estatuto da criança e do adolescente
 
Relatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos Federais
Relatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos FederaisRelatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos Federais
Relatório de Análise Econômica dos Gastos Públicos Federais
 
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
 
O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...
O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...
O insuficiente pacote econômico do governo michel temer para retomar o cresci...
 
O inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffO inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseff
 

Semelhante a Como reativar a economia do brasil

COMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdf
COMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdfCOMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdf
COMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdfFaga1939
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesFernando Alcoforado
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesRoberto Rabat Chame
 
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasilPec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasilFernando Alcoforado
 
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseffComo reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseffFernando Alcoforado
 
A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...
A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...
A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...Roberto Rabat Chame
 
Os desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasil
Os desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasilOs desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasil
Os desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasilFernando Alcoforado
 
LULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdf
LULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdfLULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdf
LULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdfFaga1939
 
O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...
O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...
O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...Fernando Alcoforado
 
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasilNeoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasilFernando Alcoforado
 
Rotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberana
Rotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberanaRotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberana
Rotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberanaFernando Alcoforado
 
Livro a invenção de um novo brasil2
Livro a invenção de um novo brasil2Livro a invenção de um novo brasil2
Livro a invenção de um novo brasil2Fernando Alcoforado
 
O brasil falido tem futuro sombrio
O brasil falido tem futuro sombrioO brasil falido tem futuro sombrio
O brasil falido tem futuro sombrioFernando Alcoforado
 
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONAROO DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONAROFernandoAlcoforado1
 
Os cenários do futuro governo do brasil de michel temer
Os cenários do futuro governo do brasil de michel temerOs cenários do futuro governo do brasil de michel temer
Os cenários do futuro governo do brasil de michel temerFernando Alcoforado
 
Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...
Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...
Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...Fernando Alcoforado
 

Semelhante a Como reativar a economia do brasil (20)

COMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdf
COMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdfCOMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdf
COMO ELIMINAR O DESEMPREGO NO BRASIL.pdf
 
Visões sobre pec 241
Visões sobre pec 241Visões sobre pec 241
Visões sobre pec 241
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
 
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasilPec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
Pec 241 ameaça o desenvolvimento do brasil
 
Como inventar um novo brasil
Como inventar um novo brasilComo inventar um novo brasil
Como inventar um novo brasil
 
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseffComo reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
Como reerguer o brasil pós impeachment de dilma rousseff
 
A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...
A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...
A falta de visao estrategica sobre o futuro do pais dos candidatos a presiden...
 
O brasil sem rumo
O brasil sem rumoO brasil sem rumo
O brasil sem rumo
 
Os desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasil
Os desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasilOs desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasil
Os desastrosos governos neoliberais e antinacionais do brasil
 
LULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdf
LULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdfLULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdf
LULA PRESIDENTE E SEUS DESAFIOS DE GOVERNAR.pdf
 
O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...
O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...
O brasil não superará a crise atual sem o abandono do modelo econômico neolib...
 
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasilNeoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
 
Rotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberana
Rotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberanaRotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberana
Rotas da engenharia para o desenvolvimento de uma nação soberana
 
Livro a invenção de um novo brasil2
Livro a invenção de um novo brasil2Livro a invenção de um novo brasil2
Livro a invenção de um novo brasil2
 
O brasil falido tem futuro sombrio
O brasil falido tem futuro sombrioO brasil falido tem futuro sombrio
O brasil falido tem futuro sombrio
 
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONAROO DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
 
Os cenários do futuro governo do brasil de michel temer
Os cenários do futuro governo do brasil de michel temerOs cenários do futuro governo do brasil de michel temer
Os cenários do futuro governo do brasil de michel temer
 
Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...
Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...
Como enfrentar as crises global, estrutural e de gestão que afetam o desenvol...
 
Brasil rumo a depressao em 2015
Brasil rumo a depressao em 2015Brasil rumo a depressao em 2015
Brasil rumo a depressao em 2015
 

Mais de Fernando Alcoforado

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO Fernando Alcoforado
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENFernando Alcoforado
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?Fernando Alcoforado
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...Fernando Alcoforado
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHFernando Alcoforado
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...Fernando Alcoforado
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALFernando Alcoforado
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGEFernando Alcoforado
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALFernando Alcoforado
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 Fernando Alcoforado
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...Fernando Alcoforado
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...Fernando Alcoforado
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...Fernando Alcoforado
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...Fernando Alcoforado
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDFernando Alcoforado
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE Fernando Alcoforado
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOFernando Alcoforado
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...Fernando Alcoforado
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELFernando Alcoforado
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILFernando Alcoforado
 

Mais de Fernando Alcoforado (20)

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
 

Último

a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023
ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023
ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023AcademiaDlassessoria
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024AssessoriaDl1
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfliliandlm20
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Prime Assessoria
 
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDJoefersonDelfino2
 
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...leonardodl361
 
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...Prime Assessoria
 
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...dl assessoria 8
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024DL assessoria 29
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...dl assessoria 8
 
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...Prime Assessoria
 
Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...
Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...
Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...DL assessoria 31
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...DlAssessoriaacadmica2
 
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...AgnesVitoriano
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024AaAssessoriadll
 
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...dl assessoria9
 

Último (17)

a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
a) Cite e Explique os princípios doutrinários/éticos e organizacionais que re...
 
ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023
ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023
ATIVIDADE 1 - MENTALIDADE CRIATIVA E EMPREENDEDORA - 51/2023
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdfATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
ATIVIDADE 1 - PRÁTICA PEDAGÓGICA SABERES DIGITAIS - 512024.pdf
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
 
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MEDELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
ELETIVA II.pptxSEGUNDO ANO DO ENSINO MED
 
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
Um País na América do Sul foi denunciado por violação a direitos humanos pelo...
 
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
1) Explique o caminho percorrido pelo espermatozoide dentro do trato reprodut...
 
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
Em 26 de janeiro de 2024, a Agência Petrobras fez o seguinte comunicado: Petr...
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
ATIVIDADE 1 - GESTÃO INTEGRADA DA QUALIDADE ( QSSMA) - 51/2024
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
f) No caso clínico relatado nesta atividade, o paciente apresentou atrofia mu...
 
Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...
Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...
Demora na entrega e altas taxas são as principais reclamações de usuários de ...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 05-2024 - 17º SALÃO DO ARTESANATO - RAÍZES BR...
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
 
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
Presente nas discussões de quase todas as áreas das atividades humanas, a Bio...
 

Como reativar a economia do brasil

  • 1. 1 COMO REATIVAR A ECONOMIA DO BRASIL Fernando Alcoforado* O Brasil sempre foi carente de decisões racionais na economia por parte do governo ao longo da história. O Brasil sempre se caracterizou pela irracionalidade econômica de seus governos desde o período colonial ao republicano até 1929 quando adotaram o modelo econômico agroexportador dependente dos mercados externos, quando promoveram a industrialização do País com um atraso de 200 anos em relação à 1ª Revolução Industrial na Inglaterra, quando abandonaram o modelo nacional desenvolvimentista adotado pelo governo Getúlio Vargas ao substituí-lo pelo modelo de desenvolvimento capitalista dependente de capitais e tecnologia estrangeiros desde o governo Juscelino Kubitschek até o governo José Sarney e quando adotaram o modelo neoliberal com a subordinação da economia nacional ao capitalismo globalizado desde o governo Fernando Collor em 1990 até o momento atual. A decisão racional do governo na economia deve ser orientada no sentido de escolher as opções que implicam em maior benefício para a sociedade, fato este que não vem ocorrendo ao longo da história do Brasil. Lamentavelmente, o governo Bolsonaro é irracional, também, porque seu foco tem sido o de lidar com questões que não produzem nenhum efeito imediato sobre a economia brasileira como, por exemplo, a reforma da Previdência Social que é colocada falsamente como imprescindível para equilibrar as contas públicas e reativar a economia brasileira. O governo Bolsonaro não age racionalmente pelo fato de não adotar nenhuma estratégia que contribua efetivamente para: 1) promover a retomada do crescimento econômico do País; 2) enfrentar a guerra comercial em curso na economia mundial; e, 3) adotar medidas para impedir que o País sofra as consequências da inevitável explosão da dívida mundial que poderá ocorrer a qualquer momento. A prioridade número 1 do governo deveria ser o de promover a retomada do crescimento econômico para, reativando a economia, que está em recessão há 4 anos, elevar a arrecadação do setor público e reduzir rapidamente o déficit público e os níveis de desemprego. A prioridade número 2 do governo deveria ser o de reduzir a dependência do País das exportações promovendo o desenvolvimento do País com ênfase no mercado interno para minimizar os efeitos da guerra comercial em curso na economia mundial sobre o Brasil. A prioridade número 3 do governo seria a de fortalecer a economia brasileira que poderá ser afetada pela guerra comercial em curso na economia mundial e pela inevitável explosão da dívida mundial pelo fato de o Brasil ter um sistema econômico extremamente fragilizado pela crise que eclodiu em 2014 e, também, por ter adotado desde 1990 o modelo econômico neoliberal que fez com que ele se tornasse mais vulnerável aos impactos de crises econômicas globais. Para reativar o crescimento econômico, enfrentar a guerra comercial em curso na economia mundial e impedir que o País sofra as consequências da inevitável explosão da bomba da dívida mundial, é preciso substituir o modelo econômico neoliberal que vem devastando a economia brasileira desde 1990 e, sobretudo, após 2014, pelo modelo nacional desenvolvimentista de abertura seletiva da economia brasileira cuja política econômica deveria apresentar as características descritas a seguir: 1) Elaboração de programa de obras de infraestrutura econômica (energia, transporte e comunicações) e social (educação, saúde, habitação, saneamento básico e meio ambiente)
  • 2. 2 2) Realização de parceria público/ privada na execução de obras de infraestrutura econômica e social 3) Elaboração de programa de desenvolvimento industrial substitutiva de importações para atender o mercado interno e para exportações visando reativar a economia brasileira 4) Elaboração de programa de desenvolvimento científico e tecnológico centrado na política industrial incentivadora do desenvolvimento de indústrias substitutivas de importações e de expansão das exportações 5) Elevação da poupança pública com o aumento da arrecadação pública e a redução dos custos do governo para que disponha de recursos para investir na infraestrutura econômica e social 6) Aumento da arrecadação pública com a taxação das grandes fortunas, dos dividendos de pessoas físicas e dos bancos 7) Redução dos custos do governo com a diminuição dos encargos com o pagamento da dívida pública, a eliminação de gastos supérfluos em todos os poderes da República e a redução de órgãos públicos e de pessoal comissionado 8) Adoção imediata de auditoria da dívida pública seguida de renegociação do pagamento dos juros da dívida interna pública do país visando a redução dos encargos para elevar a poupança pública para investimento 9) Redução drástica das taxas de juros bancárias para incentivar o investimento privado em obras de infraestrutura econômica e social, na indústria e na economia em geral Adicionalmente, o governo federal deveria adotar as medidas descritas a seguir: 1) Importação seletiva de matérias-primas e produtos essenciais do exterior para reduzir os dispêndios em divisas do País 2) Adoção da política de câmbio fixo em substituição à de câmbio flutuante em vigor para proteger a indústria nacional e controlar a inflação 3) Reintrodução da reserva de mercado em áreas consideradas estratégicas para o desenvolvimento nacional 4) Nacionalizar empresas estatais privatizadas consideradas estratégicas para o desenvolvimento nacional 5) Aumento da poupança pública e privada visando elevar as taxas de investimento da economia brasileira 6) Realização de investimentos estrangeiros preferencialmente nas áreas voltadas para as exportações e naquelas em que as empresas nacionais não tiverem condições de suprir o mercado interno 7) Maximização das exportações brasileiras para expandir as receitas de divisas do país e alavancar o crescimento da economia nacional 8) Controle do fluxo de entrada e saída de capitais para evitar a evasão de divisas e restringir o acesso de capitais especulativos no país visando reduzir a vulnerabilidade externa do Brasil 9) Concessão de incentivos fiscais para a atração de investimentos privados em regiões menos desenvolvidas do Brasil
  • 3. 3 10) Incentivo e reforço das atividades de pesquisa e desenvolvimento e do sistema educacional do País 11) Redução das desigualdades sociais contemplando a adoção de programas que contribuam para o atendimento das necessidades básicas da população em termos de alimentos, vestuário, habitação, serviços de saúde e emprego, e uma melhor qualidade de vida Todo este conjunto de medidas deveria ser posto em prática com base na planificação da economia nacional que assegurasse o crescimento econômico e o desenvolvimento do País em bases sustentáveis. É importante observar que o maior alavancador econômico do Brasil continua sendo o setor de infraestrutura. Há a necessidade de o Brasil investir 2,5 trilhões em infraestrutura. Segundo o Instituto de Logística e Supply Chain, os investimentos necessários no Brasil em portos (R$ 42,9 bilhões), ferrovias (R$ 130,8 bilhões) e rodovias (R$ 811,7 bilhões) totalizam R$ 985,4 bilhões. Acrescentando este valor aos investimentos necessários a hidrovias e portos fluviais (R$ 10,9 bilhões), aeroportos (R$ 9,3 bilhões), setor elétrico (R$ 293,9 bilhões), petróleo e gás (R$ 75,3 bilhões), saneamento básico (R$ 270 bilhões) e telecomunicações (R$ 19,7 bilhões) totalizam R$ 1.664,5 bilhões. O setor de educação requer investimentos de R$ 83 bilhões por ano, o de saúde R$ 54 bilhões por ano e o de habitação popular requer R$ 68 bilhões para eliminar o déficit habitacional. Somando o total de investimento requerido em infraestrutura econômica (energia, transportes e comunicações) como o de infraestrutura social (educação, saúde, saneamento básico e habitação) totalizaria R$ 1.869,5 bilhões, isto é, quase R$ 2 trilhões. O programa de infraestrutura econômica e social a ser adotado a curto prazo deveria atingir estes objetivos. Ao invés de adotar as medidas acima descritas, o governo Bolsonaro coloca a reforma da Previdência Social como imprescindível para reativar a economia brasileira, contando com o apoio dos grandes empresários que esperam reduzir seus custos com sua contribuição à Previdência e dos banqueiros que esperam ganhar dinheiro com a proposta de capitalização da Previdência. Sem a adoção das medidas acima descritas, o Brasil caminhará rumo à inevitável ruina econômica e social com graves repercussões de natureza política. Para fazer com que o governo Bolsonaro reverta sua irracional política econômica neoliberal, é preciso que o povo brasileiro se mobilize através de seus representantes no Parlamento e de suas organizações da Sociedade Civil no sentido de exigir a adoção das medidas acima descritas em defesa do progresso econômico do País e do bem estar da população brasileira. *Fernando Alcoforado, 79, detentor da Medalha do Mérito da Engenharia do Sistema CONFEA/CREA, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática
  • 4. 4 Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015), As Grandes Revoluções Científicas, Econômicas e Sociais que Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016), A Invenção de um novo Brasil (Editora CRV, Curitiba, 2017) e Esquerda x Direita e a sua convergência (Associação Bahiana de Imprensa, Salvador, 2018, em co-autoria).