Reformas religiosas

503 visualizações

Publicada em

Aula de História para o 9º ano do EF, trata das reformas religiosas do século XVI, surgimento do protestantismo e contrarreforma católica.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
503
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reformas religiosas

  1. 1. Reformas Religiosas LUTERANISMO, CALVINISMO, ANGLICANISMO E REAÇÃO CATÓLICA
  2. 2. Reformas Religiosas do século XVI Movimentos religiosos que provocaram a quebra do monopólio católico sobre o cristianismo na Europa Ocidental, dando origem a novas religiões cristãs (prostentantismo).
  3. 3. CAUSAS Crise moral do clero  Riqueza da Igreja X Ensinamento de Jesus  Cobrança de indulgências (perdão)  Venda de funções eclesiásticas e comércio de relíquias (simonia)  Vida desregrada de muitos integrantes do clero
  4. 4. CAUSAS Crise Intelectual do Clero  Despreparo de muitos integrantes do clero  Renascimento cultural e científico (humanismo)  Falta de respostas objetivas para as calamidades (guerra, fome e epidemias)  Invenção da imprensa
  5. 5. CAUSAS Crise Teológica do Clero  Desgaste da autoridade moral e espiritual, desde o século XIII, com as heresias (Pe João Wyclef e Pe João Huss).  Agostinianismo (salvação pela fé, predestinação) versus Tomismo (salvação pela fé e pelas obras e livre-arbítrio)
  6. 6. CAUSAS Questões políticas e econômicas  Surgimento dos Estados Nacionais X Ingerências do papado nos governos  Cobiça pelas riquezas da Igreja e reação à cobrança de tributos para o Papa  Ideais burgueses X “preço justo”
  7. 7. Reforma Luterana (Alemanha, 1517-1555)  Martinho Lutero (monge agostiniano)  Crítica à salvação pelas obras e à interferência da religião nas questões políticas (excomunhão)  Obra: 95 teses (salvação pela fé e livre interpretação da Bíblia)  Apoio da nobreza e Paz de Augsburgo
  8. 8. Reforma Calvinista (Suíça, 1525-1557)  Zwínglio e o francês João Calvino  Crítica ao livre-arbítrio e defesa da predestinação (Indícios de salvação: vocação e prosperidade)  Obra: Instituições da religião Cristã (Vida austera e acúmulo de riquezas)  Apoio da burguesia e controle político  França (huguenotes), Inglaterra (puritanos) e Escócia (presbiterianos).
  9. 9. Reforma Anglicana (Inglaterra, 1534)  Rei Henrique VIII (Caso Ana Bolena)  Ato de Supremacia (subordinação do clero ao rei e criação de nova religião)  Confisco das terras da igreja católica  Rainha Elizabeth: Lei dos 39 artigos (aspectos católicos e calvinistas)
  10. 10. Reforma Católica 1545-1563  Concílio de Trento (Papa Paulo III)  Reafirmação dos dogmas católicos (seminários, Vulgata e catecismo)  Retomada da inquisição (Tribunal do Santo Ofício)  Index Librorum Prohibitorum (livros proibidos)  Companhia de Jesus (jesuítas – soldados de Cristo)

×