Reencarnação Cap IV ESE

2.978 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a reencarnação, a partir do capítulo 4 do Evangelho Segundo o Espiritismo.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.978
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reencarnação Cap IV ESE

  1. 1. Evangelho Segundo o Espiritismo Capítulo IVCapítulo IV ““Ninguém poderá ver o reino de Deus seNinguém poderá ver o reino de Deus se não nascer de novo”não nascer de novo”
  2. 2. O Mito da CavernaO Mito da Caverna ““A República”A República” de Platão.de Platão.
  3. 3. ““ ... O antro subterrâneo é o mundo visível.... O antro subterrâneo é o mundo visível. O fogo que o ilumina é a luz do sol.O fogo que o ilumina é a luz do sol. O cativo que sobe à região superior e aO cativo que sobe à região superior e a contempla é a alma que se eleva aocontempla é a alma que se eleva ao mundomundo inteligívelinteligível.”.”
  4. 4. “ …“ … é este, pelo menos, oé este, pelo menos, o meu modo de pensar, quemeu modo de pensar, que só Deus sabe se ésó Deus sabe se é verdadeiro.”verdadeiro.”
  5. 5. ““Nos extremos limites doNos extremos limites do mundo inteligívelmundo inteligível estáestá a ideia do bema ideia do bem, a qual só com muito, a qual só com muito esforço se pode conhecer, mas que,esforço se pode conhecer, mas que, conhecida,conhecida, se impõe à razãose impõe à razão como causacomo causa universal de tudo o que é belo e bom,universal de tudo o que é belo e bom, criadoracriadora da luz e do solda luz e do sol no mundo visívelno mundo visível,, autoraautora da inteligência e da verdadeda inteligência e da verdade nono mundo invisívelmundo invisível, e sobre a qual, por isso, e sobre a qual, por isso mesmo, cumpre ter os olhos fixos para agirmesmo, cumpre ter os olhos fixos para agir com sabedoria nos negócios particulares ecom sabedoria nos negócios particulares e públicos.”públicos.” Extraído de “A República”, de Platão. p. 287-291, 6ª ed.Extraído de “A República”, de Platão. p. 287-291, 6ª ed. Editora Atena: 1956.Editora Atena: 1956.
  6. 6. O Mito da CavernaO Mito da Caverna uma atualizaçãouma atualização
  7. 7. Obrigado!!! FÁBIO PAIVAFÁBIO PAIVA flcpaiva@hotmail.comflcpaiva@hotmail.com ““Novas ideias sempre encontramNovas ideias sempre encontram resistência, mas quando são verdades,resistência, mas quando são verdades, nada pode impedir que prevaleçam,nada pode impedir que prevaleçam, ainda que demore séculos.”ainda que demore séculos.” (Allan Kardec)(Allan Kardec)

×